Compesa e Celpe são as empresas de pior atendimento do país, segundo IBRC

mai 9, 2011 by     10 Comentários    Postado em: Atualidades

image
Nem a Oi Velox foi páreo para a
dupla do terror pernambucana

O Instituto Brasileiro de Relacionamento com o Cliente(IRBC) fez um ranking de atendimento com o cliente, observando 100 empresas que mantém call center.

Pois se você pensou (eu confesso que também pensei) que o pior atendimento disparado seria a da Oi Velox, se enganou. A pior operadora do mundo, Oi Velox, ficou em 98º lugar.

As duas empresas de pior atendimento do Brasil são a Celpe (99º) e a Compesa (100º de 100 empresas).

Pernambuco que gosta de ostentar títulos de maior do Brasil, já pode se orgulhar dessa dobradinha de horrores.

As duas piores empresas em atendimento ao cliente do Brasil.

O melhor atendimento ficou com o Bradesco, seguido da Porto Seguro e da Boticário. As emrpesas telefônicas estão todas lá embaixo no ranking.

Veja o ranking completo aqui.

10 Comentários + Add Comentário

  • Esqueceram do atendimento do Judiciário, cujo lentidão é culpa única e exclusivamente dos MAGISTRADOS. De 5 mil processos que tramitam em uma vara, 4 mil estão conclusos a espera de um despacho, decisão ou sentença por parte do juiz.

    Agora o TJPE está de todas as formas tentando impedir um direito dos servidores através de ameaça de corte do ponto, desconto dos salários e até ameaça de exoneração/demissão.

    Segue novamente o que os nobres desembargadores fazem com o dinheiro público, enquanto os servidores, meros vassalos, ficam tentando tirar Pernambuco da lista dos piores judiciários do país.

    Quando o blog quiser informações sobre a Greve do judiciário, ficarei feliz em mostrar os desmandos da aristocracia do TJ para com seus vassalos, os servidores.

    Vejam essa dispensa de licitação:

    A SECRETÁRIA DE ADMINISTRAÇÃO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE PERNAMBUCO, STELA MARIA TORRES DE MELO ROLIM, EXAROU EM DATA DE 04/05/2011 A SEGUINTE DECISÃO:

    PROCESSO ADMINISTRATIVO RP Nº 041121/2011.
    PARECER Nº 041/2011 – CPL/OSE
    INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO Nº 034/2011 – CPL/OSE
    RATIFICAÇÃO DE INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO

    Reconheço e ratifico a Inexigibilidade de Licitação mediante as razões do Parecer nº 041/2011, da Comissão Permanente de Licitação – CPL/ OSE e Parecer nº 041/2011-CJ, da Consultoria Jurídica, para contratar o artista plástico RICARDO CAVANI ROSAS, CPF Nº 053.095.494-04, RG 920.694 SSP/PE, objetivando a confecção de uma série de três desenhos, 51cm x 37cm, em bico de pena, do Palácio da Justiça e de suas dependências, com a respectiva cessão dos direitos autorais para reprodução, e confecção de três retratos, um de cada um dos Desembargadores que compõem a atual Mesa Diretora do Tribunal de Justiça, em bico de pena, bem como uma ilustração, também em bico de pena, para o cartão de Natal institucional, conforme documentos de (fls. 02 e 24), Proposta Comercial (fl. 25), com valor global de R$ 56.965,14 (cinqüenta e seis mil novecentos e sessenta e cinco reais e quatorze centavos) e Dotação Orçamentária (fl. 28-v), argumentos que se fundam no art. 25, inciso III da Lei nº 8666/93 e redações posteriores, Publique-se. Remeta-se à Comissão de Licitação/OSE para cadastro no sistema corporativo E-Fisco. Empenhem-se.

    Stela Maria Torres de Melo Rolim
    Secretária de Administração

    ________________________________________________

    Acreditem se puderem.

    Abçs.

    • Sábio “Capitão Nascimento” : “O sistema não existe para resolver os problemas da população. O sistema existe para resolver os problemos do próprio sistema”.

      • goatria de denuciar a compesa
        fiz 4 ligacoes para reclamar a falta de agua no meu bairro. pois fui mal tratada pelo o atendente e nao resoverao o meu poblema fiz 4 ligacoes e nenhua foi resolvida
        quando nao desligava o telefone colocavam horas uma misica e depois dseligava de novo na hora de reclama sobre o poblema o tenta ver uma solucao foi mal tratada e depois nao tinha nenhu resultado

  • Não pode. Tudo em pernambuco é o mais grandioso da america latina. É preciso que esse ranking seja em nível de América Latina.

  • Uma empresa pública, outra privada, igualmente ruins.

    Isso serve pra mostrar que não existe fórmula mágica.

  • E o governo jura de pés juntos que a COMPESA é uma “excelencia” em atendimento e prestação de serviço e que a CELPE é o proprio demônio privatizado.

  • Que o atendimento da Celpe é péssimo, não tenho dúvidas. Um dia desses eu tentei ligar para lá para informar de uma falta de luz, mas apenas ouvia uma mensagem de que se eu era de Chã Grande ou região (o que não era o caso), que a Celpe já sabia do problema e iria resolver em não sei quanto tempo. Depois disso, a ligação caía. Foram umas quatro tentativas.

    O da Compesa eu nunca precisei usar, por isso não posso falar.

    Mas qual o critério desse ranking? Achei muito estranho a GVT (que tem um call center muito eficiente) estar tão mal rankeada. Por outro lado, quem precisa ligar para o call center da Coca-Cola – 6º do ranking-, por exemplo?

    • A GVT pode estar mal rankeada pelas promessas que fez ao mercado da RMR de levar banda larga com qualidade melhor que a da Oi em bem menos tempo. Já se vão dois anos desde sua chegada aqui, e ainda espero por um bendito ramal dela…

  • Lentidão em prestadores de serviço em geral é algo bastante comum. Incomum é A LENTIDÃO NO PROCESSO DECISÓRIO EM SUCUPIRA DO OESTE. Vamos a algumas historinhas pendentes:

    Há mais de um mês dois ministros de estado desta pequena republiqueta centro-americana, foram às vias de fato. Isto mesmo: O Ministro das Finanças ao ser questionado é chamado de frouxo pelo Ministro de Ciência, Tecnologia e Comunicações não contou conversa mandou-lhe um sopapo no meio das fuças. Nada mais natural ter chegado a este estágio o desenrolar dos fatos. Afinal a discórdia é alimentada nesta republiqueta desde a passagem marcante do presidente anterior. E ainda foi gerada uma despesa de uma porta de vidro quebrada.
    O mais grave ainda é que até agora nenhum processo administrativo foi aberto. Nenhum inquérito e nenhuma CPI. O Congresso anda engessado ou está andando em passos de cágado, talvez motivado pela vã esperança de logo receber uns subsídios atrasados.

    Outros fatos ainda risíveis e pendentes de solução:

    a) O processo de aluguel de veículos e o aparecimento rápido de um ministro com um carrrão acima de seus vencimentos logo após o contrato fechado.
    b) Uma das embaixadas de Sucupira do Oeste está sendo construída em cima de um lixão. Este terreno foi comprado às pressas e com bastante influência de dois ministros não pertencentes aos quadros do serviço diplomático da republiqueta. E desde a compra inicial já foram feitos diversos termos aditivos ao contrato. Ou seja: o valor já está acima umas três vezes mais que o original.
    c) Ninguém sabe por que o Ministro da Defesa recebe duas ajudas alimentação. Será que ele tem duas bocas? É mais faminto que os outros?
    d) Até hoje ninguém sabe ou todos sabem quem é o verdadeiro dono da “Base Operacional e Logística de transporte de Tropas”? Aluguel e reformas estão sendo pagos com o dinheiro do contribuinte para quem mesmo?
    e) Há fortes boatos nas ruas de Sucupira que quem manda de fato não é o seu presidente. E sim sua secretaria. Ou seja; O presidente não tem poder nenhum. Pois em diversos momentos o seu Ministro Operacional Adjunto( o mesmo do carrão, viaja a Europa e do terreno da embaixada), deixou escapar que ele é apenas um fantoche. Que quem dá as cartas ainda é o presidente anterior e seus antigos assessores.

    E que bom que moramos num país adiantado e num estado bem governado onde se preza a TOTAL HARMONIA ENTRE OS PODERES. Onde o Executivo respeita totalmente a propalada independência administrativa e financeira.

    Sucupira do Oeste é apenas uma ficção. E quaisquer semelhanças mais que coincidências deveriam é ser apuradas. E se constadas que tal ver figuras graúdas entrando num camburão?

  • Não se é uma excessão, mas no meu caso que moro aqui no bairro do Praia do Janga em Paulista, pelo menos até hoje, nunca tivemos problemas com no atendimento com a Celpe ou Compesa, sempre quando precisamos de algum serviço técnico e somos atendidos diretamente por funcionários das mesmas, o resultado sempre é nota 10.
    Agora , raramente acontece o contrário, quando o atendimento do servico é realizado por algumas empresas que fazem a terceirização das mesmas.

Tem algo a dizer? Vá em frente e deixe um comentário!

XHTML: Você pdoe usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Enquetes

Em relação ao impeachment de Dilma Rousseff, qual sua posição?

Ver Resultado

Loading ... Loading ...

Frase do dia

  • A riqueza de uma nação se mede pela riqueza do povo e não pela riqueza dos príncipes.”, Adam Smith.

ARQUIVO

setembro 2018
S T Q Q S S D
« mai    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Informação com Humor

MARCO BAHÉJornalista
É formado em Jornalismo e pós-graduado em História Contemporânea e História do Nordeste do Brasil. Foi repórter da Gazeta Mercantil para os estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Também atuou como repórter do Jornal do Commercio, editor da Folha de Pernambuco e repórter especial do Diario de Pernambuco. É correspondente da revista Época no Nordeste desde 2003. Tamb´m atua com publicidade e marketing eleitoral desde 2004.
PIERRE LUCENADoutor em Finanças
É doutor em Finanças pela PUC-Rio e mestre em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco. É professor adjunto de Finanças da UFPE e foi secretário-adjunto de Educação de Pernambuco. É autor de vários trabalhos publicados no Brasil e no exterior sobre o mercado financeiro, e participa como revisor de várias revistas acadêmicas na área. É sócio-fundador da Sociedade Brasileira de Finanças. Foi comentarista de Economia do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (TV Jornal e Rádio CBN). Atualmente é coordenador do curso de administração da UFPE, e Coordenador do Núcleo de Estudos em Finanças e Investimentos do Programa de Pós-graduação em Administração da UFPE (NEFI).