Entrevista com o Princípe Dom Bertrand de Orleans e Bragança

Por Pedro Jácome

Ontem, eu tive o prazer de conversar com Dom Bertrand, o Princípe de Órleans e Bragança, bisneto de Dom Pedro II.
Pedi uma entrevista a ele, mas a conversa estava tão boa, que apenas pedi que ele me deixasse gravá-la e eu extrairia as partes que mais considerasse interessante.
No texto abaixo, não está nada sobre Império e República, nem as perguntas mais pessoais que fiz a Dom Bertrand, sobre religião e cultura.
Pretendo transcrevê-las posteriormente e disponibilizá-las no meu facebook para quem tiver interesse.

O fato é que encontrei em Dom Bertrand um dos sujeitos mais preparados para discutir o Brasil. Um homem de imensa cultura e extremamente informado. Algumas falas dele podem causar certo estranhamento, é verdade. Mas a conversa de ontem foi bastante enriquecedora, tanto pelas informações, quanto por me colocar em contato com uma perspectiva diferente de mundo. Espero que vocês também aproveitem.

Como a conversa foi bem informal, dividi a entrevista por tópicos em vez de perguntas.
As respostas estão em português falado e não escrito.

 

AGRICULTURA

Quando foi proclamada a República, o Brasil tinha 12 milhões de habitantes. Quando da Independência, 4. Hoje temos 200 milhões.
Mas temos capacidade de ter muito mais. Você viaja pelo interior e vê que está tudo vazio.
Mas o Brasil tem hoje a capacidade de alimentar um bilhão de pessoas.
O Brasil, aliás, produz alimento para um bilhão de pessoas.
É por isso que nós não estamos tão afundados na crise. Por causa da agricultura.

Hoje, a cesta básica custa, para o povo, a metade do que custava 20 anos atrás.
Atualizando a moeda. Por causa do progresso da agricultura.

Eu viajo Brasil afora e vejo que há terras à vontade para serem cultivadas.

Eu passei minha infância no Paraná. O paraná tem 2,3% do território nacional. É menor que pernambuco. Tem 1/3 de agricultura, 1/3 pecuária e 1/3  de floresta, cidade,etc.

1/3 de 2,3% dá 0,8%. O Paraná produz, hoje, 20% da agricultura nacional. Se 0,8% do território dá 20% da produção, se vê que o potencial é altíssimo.

INDÚSTRIA

O problema é que o governo atual quebrou a Indústria. Destroçou a Indústria. Mantendo o dólar como estão mantendo, com todas as restrições, com o chamado Custo Brasil… Não temos portos, temos impostos colossais…

Sem contar… um automóvel, 50%, 60% custa de impostos. Uma casa popular, 49% são impostos. Feijão, vinte e tantos porcento. Gasolina, 53% de impostos.

POLÍTICA EXTERNA

A política não pode ser uma questão de governo. Não pode estar submetida a um partido que tomou o poder naquele momento. A política externa do Brasil é um desastre.
Esse apoio à Venezuela, à Bolívia.
O caso da Bolívia… o presidente da Bolívia, confiscou manus militaris as refinarias do Petrobras. Logo depois, o Lula ainda o presenteia com mais refinarias petrolíferas.
É uma política que não visa os benefícios da nação, mas uma agenda ideológica para favorecer os países bolivarianos, que são fonte de miséria.
Qual a situação de Cuba? Um desastre! Cuba produz menos açucar hoje do que produzia 50 anos atrás, ou antes de Fidel Castro.
Basta ver as fotografias dos automóveis nas ruas de Cuba, carros da década de 50.
Virou uma ilha prisão.

A Venezuela está quebrada.
O Equador, está uma revolução, por que o Correa quer impor impostos escorchantes. Quer confiscar a propriedade.

Tem uma política inteiramente ideologizada, que tem uma agenda de bolivarianismo marxista.

E o presidente Lula abriu tantas embaixadas, mas hoje várias delas não têm condição de pagar luz, telefone.

A situação dos diplomatas está muito ruim.

CRIMINALIDADE

A crise no Brasil e no mundo é muito mais moral e religiosa do que outra coisa.
Não é só escola. Olha esse pessoal do lava jato, mensalão, dólar na cueca….
Todo esse pessoal é escolarizado. Tem formação universitária.
Não é questão de alfabetização.
Sem se restaurar a moral, não há solução.

MEIO-AMBIENTE

Desde que Cabral desembarcou até hoje, segundo estudos da EMBRAPA, feitos por satélite, com precisão milimétrica, foi desbravado 16% da Amazônia, mas sobretudo Cerrado e Cerradão.
O estado do Amazonas, segundo estudo da Embrapa está em 97% (de preservação), está intacto.
69% da vegetação originária do Brasil está intacta. O Brasil é um dos países que menos polui.
O país que mais polui hoje em dia, é a China, de longe.
2o lugar é os EUA, 3o a Rússia, 4o a índia e 5o o Japão.
A China é responsável por 20 e tantos por cento.
O Brasil, o sexto maior país do mundo, atende por apenas 1,4%.

E, pra completar, falam que o problema é o gás carbônico. Imagina então que vamos combater o gás carbônico. Nós morreríamos todos.

As cidades, sim. Existem ilhas de calor e de poluição.

Hoje, nós temos estudos que provam qual foi o clima nos últimos mil anos.
É bonito porque foram num mosteiro na Suiça e os livros paroquiais franceses.
E se mostra que houve períodos muito mais quentes na idade média.
Os cientistas chamam o “ótimo periodo quente medieval”.
A Groelândia, como chama em inglês? Greenland. Terra verde. Tinha cidade, tinha bispo, tinha agropecuária.
Hoje é um pedaço de gelo.

ONU e ORGANIZAÇÕES INTERNACIONAIS

É um desastre.
Eu tenho um cunhado, princípe Belga, disse que em Bruxelas, o Parlamento Europeu, é o maior antro de corrupção da europa. São mais de mil lobbies para pagar os parlamentares, para fazer uma lei que favoreça este ou aquele grupo.

A realidade é a seguinte: assim como as plantas tiram sua fertilidade da terrafértil, a vitalidade de um povo não vem de cima pra baixo, vem de baixo pra cima.
Um governo que abstraia esse princípio, que queira reger tudo de cima pra baixo, não pode dar certo.

BUROCRACIA

Luís XIV, no começo do absolutismo, que já foi um erro, porque começou a centralizar…
Bem, ali a França tinha 25 milhões de habitantes, 15 mil funcionários públicos.
Hoje a França tem 50 e poucos milhões de habitantes, tem 1,5 milhão.
O Brasil, nem se fala, né?
A Grécia, então… nunca se viu uma coisa igual.
Cada poste tem 5 funcionários…

SERVIÇOS PÚBLICOS

São Paulo tem boas unviersidades privadas e boas universidades do estado. Um aluno da universidade do estado custa 18 vezes o da universidade privada. Um leito no hospital do estado custa 22 leitos num hospital privado.

O grande problema do Brasil é o custo dos impostos. As pessoas não têm dinheiro pra economizar.

A educação tem dois casos interessantes, duas cidades, Cuiabá e Maringá. Em Maringá, o prefeito vendo os custos da prefeitura pensou… por lei, eu não posso privatizar. Mas ele estimulou grupos de professores a formarem grupos de empresa para que assumissem as escolas, a prefeitura pagaria. Uma concessão.
Depois Cuiabá imitou.

Ele me disse: hoje, as escolas administradas desse modo custam 1/3 do que custam as escolas administradas pelo Estado.
30% dos professores da rede pública têm licença por alergia a giz. Depois tem greve, as salas de aula estão sujas.
Nessas escolas, eles têm tratos: não pode falhar, se falhar tem multa. As escolas são limpas, ordenadas….

PROTECIONISMO

Hoje, você compra no Chile um carro Toyota fabricado no Brasil, pela metade do preço que você compra no Brasil. Por quê? Por causa dos impostos.

Por exemplo, a EMBRAER, tempos atrás, a EMBRAER fabricava aviões, eu sei disso porque eu sou piloto civil, eles faziam aviões muito bons. A EMBRAER é hoje a 3a maior fabricante de aviões do mundo. Os aviões do Brasil pagavam uma carga de impostos colossal, de modo que ficava mais barato comprar aviões estrangeiros, por causa dos impostos daqui. Ou seja, é muito mais o custo do Brasil que outra coisa.

Mas no caso Chinês, os chineses têm a intenção de quebrar a economia dos outros países pra dominar o mercado. Então, isso é outro aspecto, há um certo capitalismo selvagem… tem uma fábrica no Brasil, e vamos fechar pra fazer na China, porque é muito mais barato.
Diante de uma concorrência desleal, o país tem que se proteger.

 

62 Comentários + Add Comentário

  • Excelente entrevista. Parabéns ao blog.

    Dom Bertrand como sempre muito lúcido, muito bem informado e com uma visão bastante límpida e realista do Brasil. O que mais preocupa no mundo hoje é essa onda comunista que estamos vivendo, em especial na América Latina e no Brasil, isso é muito preocupante.

    Esse pesadelo petista arruinando o Brasil, o comprometimento das gerações futuras, a decadência dos valores morais, éticos e católicos, o mundo está cada dia mais ameaçado na mão dessas almas sebosas socialistas.

    Hoje eu entendo por que a cor do inferno é o vermelho.

    • PJ, parabéns por mais esse trabalho!

      No mais, estamos tão cheios de petralhagens que existe quem queira fazer do príncipe nobre o presidente ou partir para o parlamentarismo.

      Olha, com o congresso que temos, pouco mudaria.

      O Brasil e o mundo passa por uma crise moral e ética e não vejo soluções no curto prazo.

      Quanto ao bla-bla-blá socialista, não precisa perder tempo com pesquisas, basta verificar o muro de Berlin e o que Stalin e o Chapolin fizeram.

      Entendo quem goste e os queira bem mas não é o meu caso.

      Para mim, a democracia, o capitalismo e a livre iniciativa, não obstante as tantas falhas que possuem e os erros ocorridos, ainda são o melhor sistema.

      O Olavo de Carvalho está na moda mas me parece um tanto destemperado, o que prejudica a divulgação das suas idéias.

      Ainda assim, o prefiro à também destemperada Marilena Chauí.

  • Concordo com o Príncipe em tudo, sobretudo no comentário sobre o serviço público. Temos hoje uma casta parasitária de barnabés, nababos e marajás do dinheiro público que nada produz e muito consome.

  • Nota 10 para tudo o que o Dom Bertrand falou.

    Em poucas palavras disse tudo que o povo brasileiro precisa ouvir para tomar vergonha na cara e deixar de votar em vagabundos e doentes mentais como essa Dilma terrorista dos diabos.

  • A melhor parte foi: “assim como as plantas tiram sua fertilidade da terra fértil, a vitalidade de um povo não vem de cima pra baixo, vem de baixo pra cima”.

    Um país que adota instituições inclusivas torna-se um país próspero.

    E um país que adota instituições extrativistas, ou seja, que explora uma parte da sociedade para beneficiar outra parte, torna-se estagnado. Como exemplo famoso, a Nigéria, que foi colonizada pelos ingleses e que explorava parte de seu próprio povo, como escravos.

    No Congo, as pessoas tinham preferência por morarem longe dos centros urbanos para não serem roubadas. Nesse país, nada que tinha a mão do estado funciona(va).

    O mais intrigante disso tudo é que esses países que citei NÃO são pobres por questões de falta de conhecimento por parte de seus GOVERNANTES. Na verdade, os governantes desses países pobres tem certa preferência por manter a sociedade estagnada, para continuar explorando a população e dando privilégios a aliados.
    Mobutu governou o Congo, o país dele mesmo estando numa pobreza danada, ele conseguiu fazer fortuna, lógico que explorando o povo, já que ninguém não consegue fazer nada lá! O cara tinha castelos na Europa e uma pista no quintal para pousar um concorde supersônico. Ou seja, ele para continuar a manter essas regalias, ele tinha preferência em manter o país dele do jeito que tava. Então, ele entendia que o melhor era explorar o povo.

    Políticos sabem o que estão fazendo. O problema são as preferências dos governantes, que muitas vezes preferem não desenvolver o país para continuar explorando.
    Por isso uma reforma política é tão importante, ela é a condição necessária para que possamos nos tornar um país desenvolvido. Temos que eliminar os privilégios para os amigos do “REI”. Todos devem ser capazes de criar riquezas.
    Para finalizar, essa “reforma política” que esses deputados colocaram em plenário é FAKE, não muda quase nada!

  • Horrível. Príncipe barnabé profissional. Falou uns 5% de verdades em frases bonitas e de efeitos, mas, por outro lado, uns 95% de engodos, chutes, meias verdades, informações falsas e etc. Não vou nem me dar ao trabalho de pontuar esse “brasilianista” de sangue azul. eheheheheh

    • Algum exemplo, Vossa Sapiência?

      • Mais embaixo, vosso súdito real!!! eheheheh
        Manda lembrança para a Vassalagem!!!

        • Petralha detectado

        • Crente fiel detectado. Muito muitos argumentos, inclusive. ehehehhe

    • Carlos hehehe, esse texto é apenas um resumo.Deixe de ser idiota e criticar o bom censo.Ele tem razão sobre a crise, e mais moral religiosa sim.Qualquer estupido percebe que o comunismo quer acabar com a civilização ocidental.Leia esse livro aqui do link, se não tiver um efeito positivo sobre você, então é um caso perdido!http://igreja-civilizacao.blogspot.com.br/p/livro-como-igreja-catolica-construiu.html

      • Sai para lá, CRENTE!!! Tu es uma Ovelhinha do Olavo de Carvalho. ehehehhe

        • Sou católico Calinho Hehehe, e como eu disse antes, você é um caso perdido!

        • Tudo bem, meu caro. Mas fazer apologia desse príncipe barnabé é uma verdadeira heresia. ehehhe
          Em tempo, diz o nome do livro/autor para eu ler.
          Abraço.

        • Não estou fazendo apologia ao príncipe, mas faço minhas as palavras dele diante da situação do país.Quanto ao livro, é só clicar nesse link que vai aparecer as informações que você pediu!http://igreja-civilizacao.blogspot.com.br/p/livro-como-igreja-catolica-construiu.html

    • Vejam só, mais um comunista mizerável! Seus dias estão contados seus vermes, em breve, com a ajuda de Deus, a monarquia será restaurada no Brasil e o Foro de São Paulo será erradicado.

      • Nunca trabalhasse na vida, rapaz. Tu queres um título de nobreza, é? heheheh
        A maior nobreza de um homem está no seu caráter… Mas, pelas palavras, acho que isso não te pertence. ehehheheh

  • A única saída para o atoleiro comunista em que o Brasil se meteu seriam as Forças Armadas e/ou a Igreja Católica. O problema é que essa praga do marxismo cultural e a tal da revolução gramsciana promoveram uma devastadora lavagem cerebral na cabeça das pessoas. Boa parte da sociedade brasileira se tornou socialista sem sequer tomar conhecimento. Muitas pessoas hoje apoiam ideias comunistas sem sequer saber que essas ideias são, na mais íntima essência, comunistas, sendo uma das principais e mais nocivas características do comunismo precisamente a conveniente camuflagem com a qual pode se revestir com o objetivo de seduzir e aliciar os desavisados. No caso do Brasil infelizmente são milhões de pessoas analfabetas e absolutamente desprovidas de qualquer educação política, o que dificulta a imunização moral, espiritual, mental e intelectual desses indivíduos contra o macabro efeito da hipnose comunista.

    O socialismo se infiltrou sorrateiramente até mesmo dentro das Forças Armadas e da Igreja Católica. Grande parte da cúpula dos militares e da Igreja Católica são comunistas enrustidos, fiéis admiradores e simpatizantes do genocida comunista Josef Stalin. Quem simpatiza com um lixo desse torna-se inapelavelmente cúmplice do brutal morticínio de, pelo menos, 180 milhões de pessoas que o “maravilhoso” e “democrático” regime soviético cometeu ao longo do século XX (tanto na Rússia como no resto do mundo).

    De algum modo, a Igreja Católica tem que primeiramente exorcizar de si própria esse espírito maligno, sombrio e diabólico chamado comunismo para só depois ajudar a purgar o mundo dessa peste que por onde passa deixa um inconfundível rastro de destruição.

    • Esse aí é um leitor de “O Mínimo Que Você Precisa Saber Para Não Ser Um Idiota” de Olavo de Carvalho.
      eheheheheh

    • Cara, o que faz você achar que estamos em um “atoleiro comunista”? Eu nunca vi ninguém na minha vida com discurso ideologico, pelo menos no Brasil, falando que pretendia colocar os fatores de produção nas mãos do governo! Se você já, por favor, explique.

      • Melo o fato de não ter pessoas por aí pregando a estatização dos meios de produção, e a tomada do poder comunista como se via na URSS, não diz muito sobre o brasileiro intrinsecamente, culturalmente, pedir por mais responsabilidade do Estado, mais proteção e por consequência, mais controle.

        Para o próprio Marx, nos países onde não vigorasse a possibilidade de uma estratégia agressiva (tomada do poder pela força), o Estado se esquivaria das responsabilidades diretas de um proprietário/guardião da coisa pública (com relação as propriedades/responsabilidades que ele já detinha), ao mesmo tempo que subjugaria os proprietários legais das propriedades privadas, por meio de controles fiscais, trabalhistas, sanitários, técnicos etc., até o ponto em que os capitalistas se tornariam simples gerentes a serviço do Estado, arcando, ao mesmo tempo, com as responsabilidades legais às quais o Estado se furtava.

        Karl Marx previra também essa possibilidade (não apenas aquela que já conhecemos, da tomada de poder pela força física), ao ensinar que a transição da propriedade da burguesia para o Estado deveria ser lenta e gradual, efetuando-se através de instrumentos indiretos como o imposto de renda progressivo.

        A colaboração foi tão estreita que a Sociedade Fabiana, a encarnação máxima da “via pacífica para o socialismo” no Ocidente, recebia instruções diretamente do governo soviético, no momento mesmo em que este, na Rússia, implantava a ferro e fogo a estatização militarizada dos meios de produção.
        Ademais, com o tempo, os adeptos da estratégia radical tiveram que acabar concordando que o crescimento e aperfeiçoamento do aparato estatal moderno de controle social e econômico, sob a inspiração, aliás, do próprio socialismo, tornava inviável a tomada do poder por via insurrecional.

        Daí por diante só seriam possíveis as “revoluções desde cima” . Ou seja, as revoluções dirigidas pelo próprio Estado, por via administrativa, legal, fiscal e policial. Que é de fato o que ocorre gradualmente no Brasil…

        • Margaret, você está dizendo que está ocorrendo uma revolução comunista de forma pacífica no Brasil! Pode dizer quais são essas medidas que estão sendo tomadas no Brasil na via administrativa, fiscal e policial?

        • Tem gente que precisa de um inimigo: o cumunismo. Mesmo que o muro de Berlin tenha caída e a URSS tenha acabado e a guerra fria Game Over… Esse pensamento é pobre intelectualmente. Toda argumentação gira em torno de um “inimigo”. Não ha proposta de construção de uma sociedade melhor, mas, sim, uma tosca perseguição a um mundo fictício qee nunca ocorrerá… Tudo baseado no MEDO. Isso mesmo, o combustível é o medo.

          Nesse linha vem os seguidores, de QI baixo, do Olavo de Carvalho. Gente que nunca leu um livro na vida com exceção de “O Mínimo Que Você Precisa Saber Para Não Ser Um Idiota”. Nesse mesmo padrão, o príncipe tosco tupiniquim. Se nossos políticos vitalícios são ruins, imaginem a nossa realeza. ehehehe

    • Eu tenho certeza de que o alto comando das Forças Armadas não tem pensamento comunista. Ocorre que as Forças Armadas vem apanhando violentamente da sociedade desde 1986. Veja só, os militares são a categoria mais mal paga de toda a administração direta, os vencimentos estão regulados por uma medida provisória (provisória ?) há mais de 15 anos. Então fica difícil querer defender a sociedade sendo que a própria sociedade não quer ser defendida pelas Forças Armadas. Para mudar essa situação a sociedade precisa deixar bem claro que deseja intervenção das Forças Armadas, e isso precisa ser uma situação geral , com dezenas de milhões de pessoas.

      • Espera uma intervenção militar. Militar quer é saber quando vai ser a próxima folga na escala. Tá nem aí pra intervenção.

        Certamente tu deve ser mais um inocente que acredita que não existe corrupção dentro das FFAA. Coitadinho.

  • O Brasil chegou num ponto tão profundo de decadência com o PT que eu acho que até uma monarquia seria melhor opção do que essa suposta “democracia republicana” em que vivemos. É difícil conseguir imaginar alguma coisa no universo mais depravada, anárquica e esculhambada que o PT. É muita putaria e avacalhação para um governo só.

  • Uma das melhores entrevistas já feitas pelo blog. Parabéns. Que venham mais outras esclarecedoras como esta.

    Os petistas, dilmistas, lulistas, terroristas, assaltantes de banco, traficantes, corruptos e vagabundos em geral vão odiar as palavras do Dom Bertrand.

    • Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk gente ridícula kkkkkkkkkkkkkkk FARAO EMBALSAMADO

  • Tão dizendo que putin pegou na mandioca grande e grossa da dilma.

  • Entrevista corajosa, ajudando a desmistificar a monarquia. Parabéns!

  • Parabéns ao Acerto de Contas por abrir espaço para a monarquia. A volta da monarquia é o único caminho para o Brasil se livrar desta república criada num golpe militar. República presidencialista que só deu certo nos EUA. Os outros exemplos de república presidencialista são na América Latina e África, países que não servem de exemplo para ninguém. Na época do império o Brasil era a terceira potência mundial. em 125 anos conseguiram acabar com tudo. O que começa errado só pode dar no que estamos vendo aí!

  • Não resistir em refutar esse barnabé real… vejamos.

    AGRICULTURA

    “Eu viajo Brasil afora e vejo que há terras à vontade para serem cultivadas.” Frase de peso. diz algo incontestável. Os demais dados são estranhos, não são? Por que existe terras sem cultivar? Por causa dos impostos? Claro que não, muito pelo contrário, deveria ter impostos para obrigar o cara produzir ou vender as terras.

    INDÚSTRIA

    O governo quebrou a indústria? Esse governo era totalmente Nacional Desenvolvimentista até a operação Lava Jato quebrar com tudo. eheheheh
    Custo Brasil = Impostos? Falácia total!! Custo Brasil = Impostos + excessiva Regulação estatal (inibindo a livre iniciativa) + Justiça do Trabalho + Cartórios + Juros alto da oligarquia bancária (Bradesco, Itaú, Santander, HSBC e os dois bancos estatais sebosos) + Ausência de competição das oligarquias brasileiras (O lucro aqui é o maior do mundo) + …

    Os dados que vossa majestade citou dos impostos… Alguém pode checar?! Não acredito.

    POLÍTICA EXTERNA

    Venezuela quebrada? Nenhum país membro da OPEP está quebrado. A Venezuela vive uma crise de desabastecimento, cara pálida!!
    Acho que esse príncipe andou lendo Olavo de Carvalho. eheheheh

    CRIMINALIDADE

    Só achismo.

    MEIO-AMBIENTE

    Um monte de dados… Alguns que ninguém nunca ouviu falar. Esse príncipe foi contemporâneo de Darwin? ehehehe

    ONU e ORGANIZAÇÕES INTERNACIONAIS

    Vou nem comentar. Acho que Vossa Alteza quer ser príncipe lá em Bruxelas. eheheheh

    BUROCRACIA

    Gostaria de saber os dados do Brasil, mas duvido que os próprios barnabes divulguem.

    SERVIÇOS PÚBLICOS

    Um monte de números. Claro que o custo unitário dos serviços estatais é maior. O suficiente para todos nós querermos o estado mínimo, mas esse números são verdadeiros? Um leito na rede pública custar 22 dos hospitais privados é uma falácia. Tudo nesse país quebra, inclusive plano de saúde, menos hospital privado. A internação em um hospital privado é similar a um hotel. Se o seu plano pagar em dia, os caras não te dão alta… ehehehhe Os hospitais têm meta de ocupação de leitos, cara pálida!!

    Os demais dados são divertidos, mas… Enfim, é tudo que queremos: privatização. Alguém tem que nos livrar dos barnabés. É só ver os guardas de trânsito do Recife (funcionários públicos) versus os educadores de trânsito (trabalhadores). Algum motorista civilizado quer a contratação de mais guardas?? Mais guardas implica em mais burocratização do trânsito, mais multas, mais otoridades para nos achacar.

    PROTECIONISMO

    Os preços dos nossos carros NÃO são altos em função de impostos. É o lucro Brasil. Aqui o povo GOSTA DE PAGAR CARO!! eheheh
    Ah, claro, não defendo impostos. Muito pelo contrário: quero estado mínimo e funcionários públicos NECESSARIAMENTE transitórios. Barnabés têm que ter um limite de tempo nas tetas públicas, assim como os políticos.

    As pessoas devem novamente aprender a trabalhar, em vez de viver por conta pública.” Marco Túlio Cícero – Roma, 55 a.C. Isso vale para o príncipe, os milicos, políticos, deuses do judiciário e demais barnabés.

    • Carlos, a Venezuela pode ser um país rico por conta do petróleo, mas está tudo concentrado na mão da elite bolivariana/socialista que domina o país (Maduro e a turma de empresários que ajuda Maduro a se sustentar no poder). O povão mesmo vive na miséria. Compara o padrão e a qualidade de vida de um venezuelano com um norueguês.

      Socialismo é isso: uma elite concentradora de riquezas com discurso e táticas demagógicas e o povão iludido na pobreza morando em favelas dependendo de esmolas estatais.

      Veja o caso do Brasil, somos um país rico, mas essa riqueza está altamente concentrada nas mãos da elite “operária”, “proletária”, e o povão na miséria. Enquanto Dilma fica doente vai para o Sírio Libanês, um coitado da favela do coque vai morrer em corredor de hospital público sucateado. É esse o perfeito retrato da “distribuição de renda” socialista. O PT rouba tudo, fica com tudo pra ele e distribui umas esmolas pra calar a boca do povão.

      Hugo Chavez vivia no maior luxo, tinha frota de carros importados (Bentley, Ferraris etc), iates, tudo fruto do petróleo, mas o povo vivia na miséria. E depois dizem que a culpa é dos banqueiros malvados e que Hugo Chavez era um santo distribuidor de riquezas.

      Socialismo é VIGARICE, é FARSA, é o maior trambique já inventado pela espécie humana. Estelionato puro. Ditadura disfarçada de democracia.

      • Gustavo, só complementando a sua fala, mas não é só o PT que rouba tudo! Vamos analisar na esfera municipal? Não existe um partido que se salve! Se você souber de um, por favor, me avise!

      • Gustavo, socialismo acabou. A guerra fria idem. A Venezuela vive uma crise de desabastecimento porque regula demais o mercado. O Brasil antes do PT não era uma potencia mundial. O nosso Estado sempre foi ruim. As três esferas são ineficientes e com alto índice de corrupção. Nós temos mais de 5 mil prefeitos e milhares de vereadores honestos? Nossos deputados são honestos?

        Esse lance de uma elite nababesca vivendo às custa do estado sempre existiu. Veja o nosso judiciário e os demais barnabés. Todos querem se locupletar do dinheiro da coletividade. Desconfio até que você, Gustavo, seja um funcionário público…

        As pessoas não querem produzir aqui no Brasil. O sonho brasileiro é ganhar o máximo possível, trabalhando o mínimo possível. Isso, sim, é um pensamento comunista de viver às custas do estado.

        O que precisamos é de um Estado Mínimo e funcionários públicos TRANSITÓRIOS.

      • Gustavo, socialismo acabou. A guerra fria idem. A Venezuela vive uma crise de desabastecimento porque regula demais o mercado. O Brasil antes do PT não era uma potencia mundial. O nosso Estado sempre foi ruim. As três esferas são ineficientes e com alto índice de corrupção. Nós temos mais de 5 mil prefeitos e milhares de vereadores honestos? Nossos deputados são honestos?

        Esse lance de uma elite nababesca vivendo às custa do estado sempre existiu. Veja o nosso judiciário e os demais barnabés. Todos querem se locupletar do dinheiro da coletividade. Desconfio até que você, Gustavo, seja um funcionário público…

        As pessoas não querem produzir aqui no Brasil. O sonho brasileiro é ganhar o máximo possível, trabalhando o mínimo possível. Isso, sim, é um pensamento comunista de viver às custas do estado.

        O que precisamos é de um Estado Mínimo e funcionários públicos TRANSITÓRIOS.

        • Carlos, Deus me livre ser um servidor público, enlouqueceria no meio de tanta mediocridade, comodismo e improdutividade. Nunca fui, não sou e não tenho a menor pretensão de ser. Essa “virose” do serviço público não me pegou, ela pegou muita gente, mas eu estou bem vacinado contra esse vírus hehehehehehe

          Mas, indo ao que interessa, o muro de Berlim pode ter caído, a Guerra Fria supostamente acabou, mas tudo isso é NOMINAL, a situação REAL é que o fantasma do socialismo paira pelo mundo tentando aplicar seus golpes aqui e ali.

          Quando a URSS foi extinta, a KGB (da qual Putin foi chefe) era extremamente rica e espalhou muito dinheiro pelo mundo para apoiar e financiar governos socialistas no Oriente Médio, na África, na Ásia e na América Latina.

          Reconheço que o Brasil sempre foi uma zona antes do PT, mas o PT elevou os níveis de corrupção e de imoralidade a patamares inimagináveis. São BILHÕES roubados daqui, BILHÕES desviados dali, quebraram a Petrobras, usaram o BNDES pra dar dinheiro aos amigos do PT, é por isso que falta tanto dinheiro pra segurança, educação, saúde, infraestrutura, investimento em qualidade de vida da população etc. Enquanto isso dona Dilma anda de carro blindado, seguranças militares, jatinho executivo e tem acesso à melhor medicina. Pergunto: quantos brasileiros trabalhadores e pais de família podem viver nesse luxo que essa senhora vive? Repito a plenos pulmões: socialismo é VIGARICE, é TRAMBIQUE, isso é coisa de VAGABUNDO PICARETA. Vivo dizendo isso aos jovens da minha família para eles não entrarem nessa barca furada.

          E o pior é que os órgãos de auditoria, supervisão, fiscalização e controle de contas públicas são cúmplices dessa anarquia quando fazem de conta que não estão vendo nada. Esses órgãos deveriam estar ao lado do povo no combate às mazelas do governo (afinal o povo trabalha e paga muito imposto pra sustentar esse pessoal na vida boa), mas esses órgãos preferem silenciar diante do descalabro para serem agraciados pelo PT na hora de dividir a grana. Ou seja, deixaram de ser fiscais do governo e passaram a ser sócios dele na lambança.

          O PT roubou demais. Esse partido infligiu um mal contra esse país que NUNCA será perdoado.

          Mas não se iluda que o socialismo acabou só por que derrubaram o muro. Aquilo ali foi teatro pra passar a ideia que o capitalismo vencera, mas o bom e velho socialismo tá vivo e muito bem de saúde agindo por ai, apenas ele hoje age com mais discrição.

  • Meu caro Gustavo, devo elogiá-lo pelo nível do debate, mas permita-me refuta-lo.

    Nível de corrupção.

    Os maiores e mais bem feitos casos de corrupção nunca foram descobertos. Não tem como afirmar que o PT roubou mais que seus antecessores. Isso é uma afirmação chutada pela imprensa. Veja: Serviço Público (SP) = Arrecadação(A) – Corrupção (C). Com o PT a quantidade de SP aumentou muito, houve aumento baixo de A, portanto leva a crer que C não aumentou. Diminuiu. Eu digo, “leva a crer”. De qualquer forma, não dá para afirmar que C aumentou ou diminuiu… Sejamos honestos intelectualmente.

    Petrobrás

    A Petrobrás sempre foi roubada. Isso foi dito por Cláudio Lembo (DEM-SP). Os valores depositados no exterior são estanques (somatório de vários anos) e não fluxo de um único ano (2014). Sejamos maduros, quem quebrou o sistema petroquímico foi a intervenção do judiciário. Esses barnabés, sim, não entendem porra nenhuma de economia, de negócio e etc. Sim, o roubo da Petrobrás nunca iria quebrá-la, mas diminuir sua eficiência e lucro, haja visto se tratar de um mercado monopolizado. Todos os anos, ano após ano, quem paga a conta da ineficiência da Petrobrás é a sociedade quem NUNCA teve uma gasolina barata. Solução: quebrar o monopólio do mercado e PRIVATIZAR-la posteriormente. O senador José Serra propôs isso, mas os políticos “nacionalistas” não querem. Por quê será??

    BNDES

    Não sejamos primitivos. O Brasil usou as reservas internacionais para investir em bens de capitais executados/construídos por empresas brasileiras (burguesia capitalista) nos países em desenvolvimento. Os Europeus e EUA fazem isso. A nossa elite tosta prefere pegar os dinheiro das reservas para fazer compras em Miami. Por isso esse mimimi. Em tempo, o responsável por essas reservas é o mercado exportador ligado ao agronegócios e mineradoras porque são as únicas coisas, praticamente, que exportamos. Nós só exportamos commodities, lembre-se disso: continuamos exportando matéria prima.

    Serviços públicos

    Me admira você, querendo mais serviços públicos de qualidade. Eu não quero nenhum. Quero arrecadação em um nível mínimo, tendendo a zero e estado mínimo. Tem que privatizar tudo: presídios, judiciário, educação média e universitária, aeroportos, estatais, estradas e etc. O estado não sabe gerir e o faz com ineficiência e corrupção. Sempre foi assim. Não é privilégio do PT.

    Órgãos de Controle

    Mais uma vez você com fé nos barnabés dos órgão de controle. Se privatizarmos, esses barnabés irão controlar o quê? Tem gente que é viciado em não trabalhar/produzir para ficar só “controlando”. Nós não precisamos de 9 pessoas controlando e uma fazendo. Precisamos de 10.000 fazendo e, no máximo, uma controlando. E, ainda, o controlador deve ser TRANSITÓRIO.

    O que vemos, no momento, é a nossa nobreza encastelada (Judiciário nababesco) prendendo e criminalizado a nossa Burguesia Capitalista produtiva. Trata-se da nossa revolução Gloriosa atrasada em mais de 200 anos. Na Inglaterra venceu a burguesia e houve progresso, liberdade, livre mercado e alto índice de desenvolvimento através do liberalismo. Aqui, está vencendo a burocracia, os cartórios, a regulação e o atraso feudal.

    Um abraço.

  • Preferências políticas à parte e feita a ressalva no sentido de ser indiscutível a capacidade intelectual de D. Bertrand, a entrevista não salta aos olhos nem por seu conteúdo, nem – muito menos – pelo formato em que foi disposta. O material é, sem dúvidas, bom, mas poderia ter sido utilizado de forma mais inteligente e de maneira que valorizasse a coerência das ideias do “entrevistado”.

  • Carlos (vou ter responder por aqui, pq não consegui responder pela sua resposta ao meu comentário) não é questão de precisar de um inimigo. Posso ter me expressado mal, e por isso peço desculpas. Não pretendo dizer que o Brasil se tornará Comunista (até pq acho que o grande problema está principalmente na necessidade de muitos de usar essa nomenclatura. Isso afasta o debate). Trouxe questões importantes a serem levantadas. Apenas isso.
    Mas esclarecendo o que levantei acima, diferente da conceituação que conhecemos de tomada dos meios de produção pela força, o próprio Marx elucida a possível tomada estatal de cima, ou seja, uma diferente conceituação do que conhecemos como Comunismo.
    Com relação ao Brasil, o controle se dá pela tributação excessiva, a burocratização crescente e dificuldade cada vez maior da iniciativa privada, bem como a politização através da educação de esquerda nas escolas (o livro Maquiavel pedagogo relata muito bem isso) e a manipulação de grupos através de benefícios momentâneos (o que se fez em todos, sem exceção mesmo, países totalitários).
    Se de alguma forma te parece absurdo, ou pensamento de alguém de QI baixo etc…antes de te pedir por mais inteligência emocional no debate, indico os livros que segue. Quem sabe mesmo discordando do que penso, você não respeita um pouco mais, e não simplesmente prejulga, quem pensa diferente ne?! :)

    Segue:
    - O livro de Karl Marx sobre Simón Bolívar, esclarece bastante.
    - Carlos Moore tem um massa que chama O Marxismo e a questão racial.
    -Juan Reinaldo Sánchez escreveu acho que ano passado se não me engano, A vida Secreta de Fidel. Ele era uma espécie de segurança de Fidel e relata em detalhes o quanto Fidel e Lula eram parecidos.
    - Tuma Jr tem o Assassinato de reputações. Chocante relato sobre o assassinato de Celso Daniel.
    - Theodore Darlymple – o livro que indico é o Nossa cultura ou o que restou dela (na verdade indico praticamente tudo que ele escreve, mas esse resume melhor seu pensamento)
    - Conservadorismo para reacionários e revolucionário. João Pereira Coutinho é um cientista político português que resolveu esclarecer e desmistificar o que pensamos sobre o Conservadorismo político. Muito interessante.
    - Barbas do imperador. Lilia Moritz Schwarc (esse em especial é excelente pra desmistificar o que se pensa sobre uma monarquia presidencialista. Essa historiadora é incrível. O livro dela chamado O império em procissão também é ótimo!)
    - Pare de acreditar no governo. Bruno Garschagen (esse acabo de ser lançado, mas é fera também)
    - Escola dos ditadores de William J. Dobson é um livro que mostra várias entrevistas com os atuais ditadores do Mundo. Demais mesmo.. Cita em vários momentos, o PT e o Brasil, é claro..
    - De Olavo de Carvalho (que vc tanto gosta de citar) tem outros melhores, como Os EUA e a nova ordem mundial (que é um debate com o russo e braço direito de Putin, Alexandre Dugin) e também o Jardim das aflições.
    Maquiavel pedagogo de Pascal Bernardin é indispensável pra quem quer entender um pouco sobre doutrinação ideológica. Joia para quem acha que é papo de paranoico falar em doutrinação ideológica no sistema educacional em nível mundial.

    Cara..tem um monte de livro interessante que embasa quem discorda do seu pensamento… Antes de generalizar, legal mesmo é tentar entender ;)

    • Margaret, não quis desrespeitar com a brincadeira do QI baixo, mas, ressalto, que eu apenas citei o que o próprio Olavo de Carvalho disse sobre seus seguidores. Portanto, as palavras não são minhas.

      Sobre as tuas recomendações bibliográficas. Não se lê uma crítica a algo sem antes ler este “algo”. Tem muita citação anti-marx para que nunca leu Marx. eheheheh

      Sugiro ler um pouco de bibliografia liberal de verdade, se você se considera liberal, tal como David Ricardo, Adam Smith e até mesmo Mises.

      Com todo respeito, o que você sugere é uma monte de livro de doutrinação conservadora e não liberal. O liberalismo mesmo recomenda que se leia os dois lados e o leitor conclua. Nada de doutrinação!! O liberalismo é liberdade de pensamento político, econômico, de crença, de expressão e etc.

      Em termos de política econômica é desregulação, livre mercado, desburocratização e, consequentemente, estado mínimo.

      Sobre o pensamento de que é “indiscutível” a capacidade do príncipe. Isso é um pensamento conservador: tornar algo imutável ou indiscutível. Para um liberal de verdade nada é indiscutível. Tudo é discutível. Até a infalibilidade papal. eheheh

      Ah, para exemplificar, vejamos o nível de doutrinação dos conservadores. Eles acreditam que o Brasil era uma super-potencia antes do PT. E que o PT é o único mal desse país. eheheheh Isso é mais do que estúpido, é infantil.

      O PT, de fato, representa atraso por ser uma burocracia sindical de esquerda, mas o nosso problema maior antecede ao PT e é maior que ele. Nós temos uma cultura burocrática e servil que atrasa todo o país. Essa cultura é dominante nas instituições públicas que endorsam o atraso generalizado. E os conservadores aplaudem a solução por via judiciária ou milica. Duas instituições atrasadas e improdutivas.

      A solução, no passado, de todo mundo civilizando foi através da burguesia capitalista (liberalismo) e não da nobreza, seja ela de sangue real, de toga, fardada ou de batina (cuidado com a patozada aí). Explicando melhor, as forças do mercado, do capitalismo e da livre iniciativa são infinitamente mais transformadoras do que a vaidade, soberba e improdutividade dos deuses doutores do poder judiciário (os togados). Idem para a nossa realeza tupiniquim. Nunca produziram nada intelectualmente ou empresarialmente. Só tem, no máximo, seguidores ávidos por alguma mamata com dinheiro público. Os milicos só sabem machar. Vivem às custas do dinheiro público sem trabalhar ou produzir nada. E por fim, a pastozada. Ah, esses aí foram ungidos por deus. Tem o direito de não trabalhar e viver às custas do trabalho dos fieis.

      Portanto, não importa muito a dimensão, seguidor é tudo crente, fiel. Seja crente petista, crente Olavete, crente monarquista (esses aí querem uma boquinha real), crente jurídico-burocrático. Todos esses crentes sonham em ganhar dinheiro sem trabalhar às custas dos commodities extraído dessa província.

      • Brigada pelas dicas Carlos :)
        De verdade, tirando a literatura de Mises ( a mente anticapitalista) pouco li sobre o liberalismo de maneira isolada. Me sinto mais proxima do pensamento de Oakeshott (que nem religioso era. O que é até interessante de se pensar, visto sempre se referir como um Conservador agnostico) e mais atualmente com o pensamento de JP Coutinho mesmo.
        Sobre Marx concordo totalmente que pra se contestar algo, deve-se conhecer bem o objeto. So n entendi muito sua conclusao pelo que indiquei (pq nem eu mesma me enquadro em 100% liberal ou 100% conservadora) hehe foram apenas exemplos de livros que em algum momento tratam ou do que disse anteriormente sobre Marx falar sobre o Comunismo pela “tomada por cima” ( no caso de seu livro sobre Simon Bolivar ele fala sobre isso) ou que tratam sobre a refutacao do Comunismo, e sim, tambem sobre o pensamento conservador mesmo (concordo plenamente como disse acima, q as indicacoes foram conversadoras. E não vejo problemas em se concordar com parte da doutrina.) O problema no Conservadorismo ao meu ver, é um pouco mais complexo do que “aplaudir os milicos”. Nem todos que creem em uma politica conservadora pensam assim. Acho que temos alguns exemplos do Conservadorismo ingles que distoam um pouco disso..
        Mas sinceridade? Concordo com vc com relacao a questao de todo seguidor ser crente. Na verdade tudo ao extremo é perigoso. E, na minha humilde opiniao pelo menos, até o liberalismo em sua totalidade tb o é.. :)

        • Poxa, Margaret. Manda teu e-mail. Tu es uma mulher muito inteligente. Temos muito em comum, não acha…
          Voltando ao tema, acho o liberalismo muito melhor que o conservadorismo, mas concordo plenamente sobre o conservadorismo inglês. É isso. Abraços;

  • Excelente!

    Parlamentarismo faria muito mais sentido aqui.

    Uma reforma tributaria bem feita, em 10 anos, arrumaria muita coisa. Obviamente, deveria começar por ter três impostos, somente. No início, não se reduziria a carga no primeiro ano. Somente haveria a aglutinação dos mesmos. Depois, ano a ano, haveria a redução dos atuais mais de 50% de carga tributária para ao final se ter uma carga de 25% máximo.

    É possível? Sim.

  • Vladmir Lenin cunhou a expressão “idiotas úteis”, para designar aqueles ingénuos que, nas sociedades capitalistas e democráticas, ardendo em aspirações de estratosférica utopia, eram facilmente manipulados e conduzidos à vara pelos activistas comunistas, em actividades contra os seus próprios interesses como cidadãos dos respectivos países, e que favoreciam os interesses soviéticos.
    “Idiotas” porque relativamente estúpidos, “úteis” porque a sua estupidez era aproveitável por pessoas mais espertas.
    Não se pode confundir um “idiota útil” com um traidor. Embora o “idiota útil” acabe por trair o seu país, não o faz por cálculo racional. É uma simples ovelha, acredita que está a salvar o mundo, vai para onde a conduzem e repete os estribilhos que lhe ensinam, tal como as estúpidas e crédulas ovelhas do “Animal Farm”, de Orwell.

    Desarticulado o totalitarismo soviético, os “idiotas úteis”, ficaram uns anos desamparados, sem quem os conduzisse à vara e, como patos acabado de nascer, acabaram instintivamente por se agrupar em torno de quem lhes ensinou novos slogans:
    -Os obcecados antiamericanos, fauna variegada que vai da extrema-direita nacional-socialista à extrema esquerda caviar, passando pelo islamofascismo, populismo bolivariano, etc.

    Contra o terrorismo para o qual o mundo acordou de facto em 2001, apesar de por essa altura já ser largamente conhecido o terrorismo palestiniano, aliás apoiado e justificado por uma certa Europa, os EUA decidiram desencadear uma ofensiva global.
    Foi como um toque de corneta. O rebanho espevitou as orelhas e começou a balir.
    E, devidamente espevitadas e enquadradas, lá vieram para a rua manadas de pacifistas da treta, descendentes dos “idiotas úteis” que na década de 80, davam pinotes nas ruas da Europa Ocidental em defesa do Sol do Mundo, contra os Pershing, a favor da bondade dos SS-20 que estavam apontados às suas cabeças, a favor da “paz contra a guerra” e contra o “imperialismo” e o “capitalismo” e o “complexo militar americano”, enfim, o vademecum habitual.

    Nesse tempo de guerra-fria, os “pacifistas” eram os idiotas úteis do Comintern.
    Agora são os idiotas úteis do islamofascismo. Aos terroristas, que atacaram em New York, Bali, Madrid, Beslan, Londres, Telavive, Jerusalém, Washington, Bagdad e que todos os dias matam alegremente cidadãos iraquianos, os “idiotas úteis” chamam carinhosa e respeitosamente “combatentes”, “resistentes”, “guerrilheiros”, “mártires”.
    Aos que combatem o terrorismo, os idiotas úteis chama “terroristas”.
    Quando loucos perigosos como Amadinejah ou Chavez , discursam, os idiotas úteis escutam-nos embevecidos e batem palmas.
    Combater o terrorismo implica descobrir a careca a estes “idiotas úteis” que o justificam e apoiam, por pura ignorância e imbatível imbecilidade.

    Combater o terrorismo o implica combater os “idiotas úteis” que chiam contra o reforço das medidas de segurança, e a “violação “ dos “direitos” dos terroristas que matam inocentes e que “exigem” clemência para eles, ao mesmo tempo que assobiam para o ar e ignoram as suas vítimas.

    Combater o terrorismo, implica combater a indigência intelectual deste gado ovino, que bale os estribilhos nauseabundos recuperados da lixeira dos totalitarismos.

  • Perfeito o príncipe!
    A monarquia cairia muito bem.

  • Quando alguém me diz que o comunismo é coisa do passado, que advertir contra ele é açoitar um cavalo morto, tenho às vezes uma certa suspeita de estar conversando com um canalha. Não que o sujeito o seja necessariamente. Mas, a rigor, somente um canalha descontaria 1,2 bilhão de pessoas que ainda vivem sob a tirania comunista como uma quantidade negligenciável, um infinitesimal no infinito. Somente um canalha desprezaria como irrelevantes os 40 fuzilamentos mensais de mulheres chinesas (e seus respectivos médicos) que se recusam a praticar aborto. Somente um canalha se persuadiria de que, só porque meia dúzia de firmas americanas estão ganhando dinheiro em Pequim (como se já não tivessem faturado outro tanto na Rússia de Lenin), o comunismo se tornou inofensivo como um rinoceronte de pano. Somente um canalha fingiria ignorar que, após a dissolução da URSS, nenhum torcionário da KGB foi demitido, muito menos punido, e que a maior máquina de espionagem, polícia política, terror estatal e tortura institucionalizada que já existiu no universo, com um orçamento superior ao de todos os serviços secretos ocidentais somados, continua funcionando como se nada tivesse acontecido. “

  • comecei a ler mais o camarada que diz que Pernambuco (99.312KM2) é maior que o Paraná (199.308KM2) é Culto mesmo? confirmando a sua elevada cultura o Pedro Jacome comeu bola feio na transcrição da entrevista.

    • Muito bem, Rogério. Esse é um príncipe de araque. eheheheh
      E seus fies súditos????? Um monte de crente!!! Na verdade esse príncipe deveria abrir uma Igreja para esse rebanho tosco e inculto. ehehehehhehe

  • Realmente é o príncipe do Brasil sabe mais q nossa presidente

  • Sofri calado!

    Após uma apresentação pomposa do príncipe por parte do pretenso jornalista
    O nobre herdeiro da casa imperial do Brasil regurgita ignorância

    PS: Antes de criticar o modo como o governo brasileiro administra a nação ele deveria observar o fracasso dos governos de Portugal
    certamente ele se surpreenderia.

  • Eu pensei em pegadinha… Ai tirei uma ondinha e não refutei para não ter trabalho. Imagina: checar todos os dados que o príncipe vomitou? Dá um trabalhinho arretado. Como não trabalho de graça, mas curto muito uma tiração de onda com os crentes… Pois é,os crentes apareceram. Crentes de todos as matizes possíveis.

    Assim, resolvi tirar onda!! Crente é tudo igual, seja crente petista ou crente conservador de direita tarado nunca farda ou numa toga. ehehehehhehe

  • Está aí um bom candidato a presidência do Brasil…

  • Nunca vi uma pessoa tão bem informado e preparado como o Príncipe. Não tem nenhum político brasileiro com a visão do Brasil e do mundo como ele.

  • Gente paga pelo PT com meu dinheiro abundam pela web…. A Lava Jato destruiu a Indústria nacional…

    Deus do Céu!

    Que imundice!

  • Perfeito !!! O príncipe falou muito bem !! item por item, demonstrou conhecimento de causa. Parabéns !

  • A CADA ENTREVISTA, MAIS CONVICTO ESTOU DE QUE TEMOS QUE RESGATAR A NOSSA ORIGINALIDADE.

    MONARQUIA JÁ!

    A REPÚBLICA FRUTO DE ASSALTO E CONTINUA GERANDO ASSALTOS GERAIS, NÃO É LEGÍTIMA.

    VERGONHA AO EXÉRCITO BRASILEIRO QUE LEGITIMIZA ESSE ESTELIONATO ARMADO.

  • Simplesmente espetacular!!!! Poucos sabem mas o Brasil nunca cresceu tanto quanto no governo de Dom Pedro II. Hoje o meu sonho é o Dom Bertrand candidatar a presidente(o problema que o congresso iria sabotar ele pelo medo do Brasil deixar ser republicano obs: o que nunca foi né!). ou se mudassemos para a monarquia parlamentarista. Acho que seriaum caminho a tentar, pois do jeito que está nós não temos futuro!

  • Muito boa a entrevista apesar de ser apenas uma primeira abordagem que será estruturada. O importante é a ideia central aqui. Vou compartilhar.

    Hoje no jornal O Globo tem uma notícia que expõe o senso de sangue-sunga do brasileiro. No Maranhão, os pescadores estão revoltados porque não irão receber o bolsa família no período de interrupção da pesca proibida para que os peixes possam procriar. Poderíamos pensar que isso é injusto. O Estado, generoso com os recursos públicos, já oferece neste período o seguro defeso que é bem maior que o bolsa família. Pode uma coisa dessas? O povo tem mentalidade cleptocrata, adora um dinheirinho sem esforço. No Paraná, como mencionado, a coisa é diferente.

    Enquanto o norte e Nordeste não se tornarem adultos, vai ficar difícil este país se desenvolver. É absurdo que os que trabalham ter que sustentar marmanjos a tripa forra.

  • Se houvesse outro plebiscito nos moldes do que houve em 1993, certamente escolheria a monarquia.

    É melhor sustentar uma família real nos moldes da família real britânica do que essa PALHAÇADA que chamam de república no Brasil. Acredito que sairia muito mais barato sustentar a rainha Elizabeth e toda sua extensa família do que sustentar esses vagabundos do Lula, Dilma, Sarney, Renan Calheiros, essa patifaria toda que só faz o Brasil afundar ainda mais na lama.

    Não encaro uma hipotética vitória da monarquia como um retrocesso como muitos consideram, afinal mais avacalhado do que esse país se encontra com o PT é impossível. Com esse sistema completamente falido que temos atualmente chegamos no fundo do poço. Essa república/democracia só existe em tese, é pura fachada, na prática o PT faz o que quer, comprou o congresso durante anos (mensalão), aparelhou o STF (o judiciário é outra casta parasitária que temos que sustentar como se fossem reis) e doutrinou até as forças armadas (que hoje viraram uma legião de admiradores de Stalin, Lenin, Fidel, Che etc).

    Sem contar as gravíssimas suspeitas de fraudes nas eleições com a Smartmatic que sequer foram investigadas. Lembrando que os petistas também aparelharam o TSE, o órgão responsável pelas eleições, colocando na presidência desse tribunal o Dias Toffoli, um ex-advogado do PT e braço direito de Zé Dirceu.

    Atualmente, sustentamos coisa muito pior que uma monarquia, sustentamos o PT, esses ditadores que tomaram de assalto o Estado brasileiro e não estão dispostos a largar por nada. Pelo jeito esse PT só vai sair na bala e se depender do exército comunista brasileiro estamos fudidos, o negócio é começar a apelar para a OTAN.

  • Excelente entrevista, porém o Paraná apresenta extensão territorial 2x maior que Pernambuco e não o inverso como diz o texto!

Tem algo a dizer? Vá em frente e deixe um comentário!

XHTML: Você pdoe usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Enquetes

Em relação ao impeachment de Dilma Rousseff, qual sua posição?

Ver Resultado

Loading ... Loading ...

Frase do dia

  • A riqueza de uma nação se mede pela riqueza do povo e não pela riqueza dos príncipes.”, Adam Smith.

ARQUIVO

abril 2017
S T Q Q S S D
« mai    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Informação com Humor

MARCO BAHÉJornalista
É formado em Jornalismo e pós-graduado em História Contemporânea e História do Nordeste do Brasil. Foi repórter da Gazeta Mercantil para os estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Também atuou como repórter do Jornal do Commercio, editor da Folha de Pernambuco e repórter especial do Diario de Pernambuco. É correspondente da revista Época no Nordeste desde 2003. Tamb´m atua com publicidade e marketing eleitoral desde 2004.
PIERRE LUCENADoutor em Finanças
É doutor em Finanças pela PUC-Rio e mestre em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco. É professor adjunto de Finanças da UFPE e foi secretário-adjunto de Educação de Pernambuco. É autor de vários trabalhos publicados no Brasil e no exterior sobre o mercado financeiro, e participa como revisor de várias revistas acadêmicas na área. É sócio-fundador da Sociedade Brasileira de Finanças. Foi comentarista de Economia do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (TV Jornal e Rádio CBN). Atualmente é coordenador do curso de administração da UFPE, e Coordenador do Núcleo de Estudos em Finanças e Investimentos do Programa de Pós-graduação em Administração da UFPE (NEFI).