O fim de uma era de calúnias no jornalismo

dez 11, 2010 by     155 Comentários    Postado em: Atualidades

diogo-mainardi

A Veja desta semana vem com a despedida de Diogo Mainardi de sua coluna. Primeiro passou a escrever quinzenalmente, e agora anuncia que escreverá apenas um artigo mensal.

Na verdade esta deve ser a “saída honrosa” da revista para seu colunista mais polêmico, que aproveitou o espaço semanal para aprontar de tudo em matéia de lixo jornalístico.

Mainardi é o que podemos chamar de talento desperdiçado. De vez em quando tinha boas sacadas, mas aproveitou seu espaço para difamar loucamente os adversários da Editora Abril, e agora chegou a hora de pagar o preço do desvairio.

Diogo Mainardi já estava morando fora do Brasil, pois aqui corria o risco de ser preso, pois dezenas de processos estavam chegando a seu final, como por exemplo o que Paulo Henrique Amorim move contra ele.

Sua coluna era a mais lida da Revista Veja, e Mainardi era o representante máximo do jornalismo de baixo nível que tomou conta da revista.

Já vai tarde.

155 Comentários + Add Comentário

  • Daniel Dantas vai sentir saudades…

    • O problema mais grave do Dogão é que ele se achava acima do bem e do mal. A convivência com Paulo Francis o fez pensar que ele era o natural substituto do grande colunista que era o Paulo. E o pior: a Veja só publicava a carta dos leitores que apoiavam o Dogão. Será que ele era mesmo tão querido assim? Não faz falta nenhuma. A não ser para quem gosta de excrementos literários.

    • http://cartacapitalwikileaks.wordpress.com/

      mais uma bomba do wikileaks….
      Serra envolvido.

  • É o clássico: os ratos abandonam o navio…

    • É a turma do PIG fugindo da justiça.

  • AH!!!!!!Carapuça Caiu!!!!!!!
    VC DEVE SER MAIS UM ALIENADO DA QUADRILHA DO PT

    • E você uma viúva de plantão…

      Tampa de garrafa é “rôlha” e realização de prego é o martelo.

    • surtou. pega a doida!

    • Lucia, fazer parte de quadrilha é crime.

      Em vez da covardia de de chamar quem faz parte do PT de quadrilha, entre logo com uma ação no Ministério Público dizendo que o PT é formado por criminosos.

      Só como lhe falta coragem e covardia, em vez em agredir o maior partido do pais entre com a ação.

      Mais uma, sofrendo com a derrota do seu candidato.

      • Antônio Lyra Filho,

        A providência que você sugere a Lúcia já foi adotada pelo Procurador-Geral da República, Antonio Fernando Barros e Silva de Souza, na denúncia oferecida ao STF em face do escândalo do mensalão petista. Tendo qualificado o grupo denunciado como complexa organização criminosa, ainda vez consignar:

        “Os denunciados operacionalizaram desvio de recursos públicos, concessões de benefícios indevidos a particulares em troca de dinheiro e compra de apoio político, condutas que caracterizam os crimes de quadrilha, peculato, lavagem de dinheiro, gestão fraudulenta, corrupção e evasão de divisas.”
        [...]
        “Como dirigentes máximos, tanto do ponto de vista formal quanto material, do Partido dos Trabalhadores, os denunciados, em conluio com outros integrantes do partido, estabeleceram um engenhoso esquema de desvio de recursos de órgãos públicos e de empresas estatais e também de concessões de benefícios diretos ou indiretos a particulares em troca de ajuda financeira.”

        • Gilson Oliveira,
          Então você acredita que o ex-Presidente da Câmara, João Paulo, que é do PT e não vota, recebeu dinheiro para aprovar matéria de interesse do governo; que Luizinho, ex-lider do governo na Câmara e filiado ao PT, recebeu dinheiro para aprovar matéria de interesse do governo, etc.etc.etc.

          Então, você acredita em Papai Noel, mula-sem-cabeça, saci pererê…

        • A denuncia foi feita. Onde está o julgamento? Como o processo não andou, você deveria entrar com outro para mandar o prender. Só que falta você combinar com o povo.
          Prove o que você diz. Mas lhe falta coragem para isto, pois os covardem agem desta forma. Usam o mesmo esquema da mídia, denunciam, julgam e codenam. A resposta já foi dada nas urnas.
          Vocês tem é de sofrer, por tentar ser contra este governo.
          Iventaram de tudo, ele continua ai como o melhor e ainda elegeu uma incompetente como dizem. em cima de uma candidato competente e que teve a ajuda da mídia. Esta vitória foi dupla.

          Te cala que é melhor.

        • Como anda o mesalão de Azeredo?A denuncia já foi aceita.Além do mais Lula não foi citado. Deixe de ser burro.

          Só que o golpe não deu certo. Entre você com uma nova ação. Mas falta coragem.
          Escrever em um blog, mas sem agir, mostra o como é covarde.
          O ressentimento da derrota ainda está dentro desta gente manipulada pela mídia.Depois da derrota, ainda geram o ódio com um presidente que vai sair do governo com mais de 80%de aprovação.
          Agora é Dilma para a sua tristeza.

        • Antônio Lyra Filho e Gilson Raslan,

          A patologia ideológica de que vocês padecem lhes tolda o discernimento.
          João Paulo Cunha (lembra-se da desculpa esfarrapada de pagamento de TV a cabo?) e Professor Luizinho, segundo consta dos autos processuais, foram pilhados com valores do esquema. O próprio José Dirceu, ao fazer a defesa deles, não utiliza esse seu argumento infantil, Gilson.
          Quem afirma que há plausibilidade de prática de ilícito penal por João Paulo Cunha e Professor Luizinho foi o STF, ao aceitar a denúncia contra eles. Gilson, onde foi que você viu que no rol dos denunciados somente estão pessoas que receberam dinheiro para votar de acordo com os interesses do governo? Um exemplo típico de acusado que não se enquadra nesse figuro é José Dirceu!
          Se o órgão do Judiciário aceita a denúncia é por que há, quando menos, um mínimo de razoabilidade da inicial acusatória. Vejam o que diz o Professor Mirabete: “É realmente necessário que a inicial venha acompanhada de um mínimo de prova para que a ação penal tenha condições de viabilidade, caso contrário não há justa causa para o processo”. (MIRABETE, Julio Fabrini. Código de Processo Penal Comentado. 10 ed. São Paulo : Atlas. 2003. p. 2008)
          Consultem os arts. 41 e 43 do Código de Processo Penal e verão que, tendo a denúncia sido recebida pelo STF, é porque há, pelo menos, um lastro fático-probatório que imputa a prática de delito a TODOS os denunciados.
          Antônio, você está redondamente equivocado. O processo do mensalão está tramitando no STF. Está na fase da oitiva das testemunhas arroladas. Antônio, embora você não saiba, todo processo encerra em si um procedimento (=conjunto de atos) que deve ser observado. Não é feito a toque de caixa, não deságua de logo na sentença, como você inocentemente acredita.
          Para finalizar, vocês se mostram péssimos advogados de defesa dos mensaleiros!

        • Antônio Lyra Filho,

          Apenas para completar e talvez agravar o seu padecimento psicológico, eis duas informações acerca da tramitação da ação penal contra os envolvidos no chamado esquema do mensalão petista:

          Em abril/2010, Lula, ao responder ao questionário de perguntas, declarou ter sido avisado sobre o esquema pelo então deputado federal Roberto Jefferson (PTB-RJ) (http://noticias.r7.com/brasil/noticias/lula-responde-ao-stf-questionario-sobre-mensalao-federal-20100413.html).

          Em 12/08/2010, foi encerrada a oitiva das testemunhas. No total, cerca de 600 pessoas foram ouvidas. (http://noticias.uol.com.br/politica/2010/08/12/supremo-encerra-coleta-de-depoimentos-do-caso-do-mensalao-do-pt.jhtm)

      • Nao precisa ação a mais alta corte deste pais já colocou atras das grades até o fundador.
        Está provado que não é partido é quadrilha. Reclamações favor contatar o STF em Brasilia

    • A “quadrilha” do PT tem milhões de alienados. Começou com Lula… Agora Dilma, depois Dilma, depois Lula, depois Lula, depois…

      • MIlhoes… Os mesmos milhoes que subiram de classe :) A classe media serah 41% em breve…

      • Ainda bem que você reconhece que depois de Dilma Lula volta.

        É A ÚNICA QUADRILHA NO MUNDO COM O APOIO DA MAIORIA DA POPULAÇÃO.

        • ALF,

          Seria menos grave se não se utilizasse de uma frase superlativa para externar uma besteira monumental. Há exemplos não apenas de governos corruptos com maciço apoio popular, como também de governos homicidas com grande popularidade (v. Stálin e Hitler).
          Em tempos de Google, desnecessário dizer como você pode encontrar exemplos de tais governos.
          Veja este texto, publicado em http://www.relnet.com.br/blog/?p=556
          “Por que governos corruptos mantêm o apoio popular?
          Este é o título do artigo de Luigi Manzetti (Southern Methodist University, Dallas) e Carole J. Wilson (University of Texas), publicado no último número do periódico Comparative Political Studies (acesso CAPES: http://cps.sagepub.com/cgi/content/abstract/40/8/949). O objetivo dos autores é entender o porquê de cidadãos apoiarem governos corruptos.
          Usando uma análise de quatorze países, os autores encontram evidência estatística consistente com a hipótese de que a população em países onde as instituições governamentais são fracas e as relações de clientela forte são mais propensos a apoiar um líder corrupto que pode dar benefícios tangíveis. Enquanto líderes corruptos possam satisfazer suas redes de clientela por intermédio da manipulação dos recursos governamentais, terão grande probabilidade de reter apoio político. Fiquem com um trecho do artigo:

        • Invoco a Lei de Godwin.

    • Chapéu de otária é marreta! Se enxerga anta de patins!!!!!

  • Também penso assim: tchau e bencão!

    O pior é que porrada dada ninguém tira e o DIREITO DE RESPOSTA passa ao largo do DIREITO DE CALÚNIA…

    …se eu me chamasse Raimundo seria uma rima e não uma solução..

    • So para lembrar: Arraes foi difamado pela Veja e teve pagina inteira de direito de resposta.

  • Oxe, desde quando dizer a verdade é fazer jornalismo lixo?

    Se fosse algum terrorista da WikiLeaks um monte de gente já estaria falando em perseguição…

    • Para um fã de carteirinha do “jornalista” luiz carlos prates, mainardi é um doce.

    • “terrorista da wikileaks”

      hahahahaha

    • Afff maria… esse blog já foi melhor frequentado…chamar O wikileaks de terrorismo é o ápice da anta cybernética …. vai se informar cretino(a)!

  • Já vai tarde mesmo.
    Aleluia!

  • 11/12/2010
    às 0:00 \ Na revista
    Meu adeus como colunista

    “VEJA é uma Ferrari. Para poder me livrar do dilmismo, estou pronto a ceder minha vaga na escuderia. O que eu quero, neste momento, é pilotar um kart. De agora em diante, escreverei apenas um artigo mensal para VEJA”

    Esta é minha última coluna.

    Eu passei oito anos zombando do lulismo. Se agora eu passasse a zombar do dilmismo, que é uma mera pantomima do lulismo, eu me tornaria uma mera pantomima de mim mesmo.

    — Diogo é um Arlecchino! Diogo é um Pantalone! Diogo é uma Colombina!

    O lulismo queria que eu fosse embora do Brasil. Eu fui. O lulismo queria que eu me desinteressasse do presidente da República. Eu me desinteressei. O lulismo queria que eu renunciasse à minha coluna. Eu renunciei. Eu sou igual a um marido que, para poder se livrar da mulher amarga e rancorosa, cede todos os seus bens e vai morar num flat. Eu fui morar num flat mental. Eu fui morar numa kitchenette existencial. Eu sei que o lulismo está feliz de se separar de mim, mas garanto que eu estou incomparavelmente mais feliz de me separar dele.

    Rubens Barrichello compreendeu a natureza do dilmismo. Quando lhe perguntaram o nome da presidente eleita, ele respondeu sabiamente:

    — Como é que se chama a mulher?

    A partir de hoje, esse é meu lema. Eu posso falar sobre Bartolomeo Bon. Eu posso falar sobre Anco Marcio. Eu posso falar sobre Cosmè Tura. Quem mais? Eu posso falar sobre Sexto Empirico. Eu posso falar sobre Pavel Chichikov. Eu posso falar sobre Pepe Le Pew. Só a presidente eleita está proibida de entrar em meu flat mental. Sobre ela, minha resposta será sempre a mesma:

    — Como é que se chama a mulher?

    Além de compreender a natureza do dilmismo, Rubens Barrichello compreendeu também a natureza do automobilismo. Ele demonstrou que, se é para guiar devagar, ninguém precisa de uma Ferrari. VEJA é uma Ferrari. Para poder me livrar do dilmismo, estou pronto a ceder minha vaga na escuderia. O que eu quero, neste momento, é pilotar um kart. De agora em diante, escreverei apenas um artigo mensal para VEJA. Renuncio à coluna, portanto, mas continuo aqui, em marcha lenta. Milan Kundera disse que quem anda devagar contempla as “janelas de Deus”. Rubens Barrichello anda devagar e contempla as janelas de Deus. Sou bem mais modesto do que ele. Para mim, basta poder contemplar as janelas da minha kitchenette existencial.

    O primeiro ato de um espetáculo grotesco, como aquele encenado pelo lulismo até 2006, pode despertar algum interesse. O segundo ato é inevitavelmente mais sonolento. Mas é o terceiro e último ato, repetindo as mesmas galhofas dos anteriores, que realmente entedia e aporrinha o espectador. Foi para poupar o público desse constrangimento que resolvi sair do palco.

    — Onde está o Arlecchino? Onde está o Pantalone? Onde está a Colombina?

    (Um espectador aplaude. Outro atira um tomate. Outro ronca. Luzes.)

    Por Diogo Mainardi

    • Traduzindo o texto:

      “Vou sair enquanto eu posso”

    • Triste fim de um escroque.

      Era lido porque no pais ainda existe que gosta de ódio e sacanagem.

      Ainda tem dois espúrios na Veja, Reynaldo Azevedo e
      Augustoi Nunes, aquele que deu total apoio a ditadura e era amigo intimo dos ditadores.

      O jornalimos lixo, está a cada dia perdendo vez no pais.

      • assim, nada a favor de Mainardi, mas sobre o “era lido porque no país ainda existe que(m) gosta de ódio e sacanagem” também não serve para Paulo Henrique Amorim e seu passatempo predileto de desqualificar por apelidos?

    • Ora, as tradições desta república!

      http://www.youtube.com/watch?v=jrUVle5wdPY

    • Os maus perdedores sempre se dão as mãos…sujas de merda… mas se dão….

  • Boa, agora o próximo é o tal do Reinaldo Azevedo.

    Se bem que o direitismo patológico da Veja não tem cura.

  • Esse tipo de comemoração do blog por conta do fim da coluna de Diogo Mainardi é algo preocupante.

    É como se ninguém tivesse o direito e o dever de discordar do ‘Presidente mais bem avaliado da história do Brasil’, onde ‘nunca antes da história desse país ocorreu’.

    Caso os blogs e os meios de comunicação continuem defendendo que os críticos do governo deixem de criticar, corremos sérios riscos de uma ditadura de esquerda no Brasil.

    Toda ditadura é ruim, seja ela de esquerda ou de esquerda.

    • Isso o é Pierre querendo angariar votos pra reitor com um bando de estudantes cabeças vazias metidos a revolucionários que há na UFPE.

      • cristnaburti quer manter o pt eternizado na reitoria da ufpe???
        que surpresa!

        • por isso que a ufpe é esvaziada , ministro da saúde vêm ao recife mas não pisa no HC-UFPE que está fálido mais vai a inauguração no imip que é uma instituição privada e cobra 3 mil reais de mensalidade pelo curso de medicina aos seus alunos. salvem o HC , políticos petistas apenas de palanque , especialmente os da bancada federal , papagaios de pirata para foto quando lula vem por aqui

      • “bando de estudantes cabeças vazias e3 metidos a revolucionários”

        Pierre não precisa fazaer a caberça de ninguém.
        Os estudantes com os quais você chama de “cabeças vazias”, estão mentido em um revolução que é a igualdade social do pais.
        ntes
        Os de “cabeças cheias e inteligentes”, desejam
        a volta de uma pais para poucos.

        Esta REVOLUÇÃO é de todos e está sendo vitoriosa.
        BRASIL, UM PAIS DE TODOS.

      • Esse cara não será reitor, Krishnamurti! Mas deixa ele ficar sonhando…

    • “critico do governo”?
      mainardi é o prototipo da critica vazia e raivosa q alimentou a direita demoniaca brasileira durante todos esses anos. seu afastamento fará um bem enorme a propria direita do país. Tomara q coloquem algum “crítico do governo” de verdade na revista. Nao esse fantoche de cao raivoso metido a intelequitual.

    • Acho que hah que comemorar mesmo. Este cidadao fazia um anti-jornalismo, difamando todo mundo e o que eh pior, inventava supostas fontes estrangeiras para defender Daniel dantas e sua corja. Nassif o desmascarou e ai comecou seu fim. Vide em http://sites.google.com/site/luisnassif02/opost-itdemainardi

    • Não tem nada com ser contra Lula, mas sim a forma irresponsável como escreve algumas coisas. Merval Pereira é contra Lula, mas ninguém o processa pelo que fala.

      • O mesmo “raciocínio” pode ser levado para o Papafigo? Para o Macaco Simão?
        A evolução desta linha de raciocínio vao chegar no Nazismo.

        • Invoco novamente a Lei de Godwin.

      • OK Pierre, Merval |Pereira é contra Lula, mas faz jornalismo.

    • Onde você está vendo ditadira.Deixd de insinuações escrotas.

      Ele não criticava Lula, ele esculhambava. Existe uma grande dirença entre as duas palavras.

      Lula foi o presidente mais criticando pela mpídia deste pais. Lula saiu como o melhor presidente que já tivemos. Lula elegeu uma “incompetente” em cima de um compfrtente Serra.

      Ninguém tá fazendo censura. Existem blogs e jornalistas que criticam Lula, tanto dos blogs contra ele e de dos que lhe dão apoio. Esta semana Luiz nassi fez um critica a Lula com relação ao cambio.

      Ditadura Edmar, foi a que seu avô deu apoio.
      Tire este fatansma da sua vida.

    • Crítica ao governo Lula tem todo dia no jornal. E tem que continuar tendo.

      Mas a Veja é bandidagem pura. Tanto que Mainardi acabaria preso.

    • Concordo com você Edmar.

      Estou fazendo um esforço para continuar lende este Blog, na esperança de que ele retorne a um rumo razoável.
      Mas está ficando difícil.

    • Muitoi bem dito, Edmar

    • Meu Deus!!! edmar… criticar pode! caluniar sem fundamento…xingar só por esporte… imbecilizar os leitores só por prazer…. é que NÃO PODE!!!! PELO AMOR DE DEUS!!! CRESCE E APARECE!!!!

  • Esse Mainardi mal tem o segundo grau completo.

    • não fale isso amigo , companheiro lula têm apenas o ensino fundamental e é uma grande estrela , nem sempre o diploma demostra a qualidade. Apesar de achar que o mainarde a têm , pode-se não concordar com o conteúdo mas é inegável sua qualificação e sua capacidade de em poucas linhas transmitir a informaçào por ele desejada.

    • Mainardi,

      Possui, sim, o segundo grau. Inclusive ingressou na London School of Economics, mas só concluiu o primeiro ano.
      Com o Livro Malthus, Mainardi ganhou o Prêmio Jabuti em 1990.

      • Ingressou, mas não concluiu, logo, é segundo grau completo. Ele tem não um diploma, mas sim a “ficha 19″ pendurada na parede.

        • Dalto,

          Suas palavras dão a dimensão acanhada do seu pensamento.
          No que se refere à escolaridade de Mainardi, você tem razão. Todavia, incide em grave equívoco ao se prender ferrenhamente a um mero pedaço de papel como critério para definir a competência de alguém!
          Karl Marx era doutor em Filosofia, mas produziu obra fantástica no campo da Economia e da Sociologia, mesmo sem possuir diploma nessas áreas. Foi ainda Redator-Chefe da Gazeta Renana, mesmo sem ser diplomado em jornalismo.
          Antonio Gramsci, embora tenha estudado Literatura na Universidade de Turim, ainda que sem diploma, entrou para a posteridade como “o marxista das superestrutras”. Além de ter exercido o ofício de jornalista sem diploma.
          José Zanine Calda, convidado por Darcy Ribeiro, lecionou na UNB arquitetura mesmo sem possuir diploma. Posteriormente, deu aula na Escola de Arquitetura de Grenoble.
          Burle Marx foi um autodidata.
          Se fosse enumerar aqui todas as personalidades autodidatas que entraram para a história por suas obras e não pela posse formal de um diplomazinho seria um não acabar nunca!
          Ao fim e ao cabo, resta isto: diploma de curso superior não confere capacidade intelectual a ninguém.

        • Comparar Mainardi com Marx e Gramsci é o fim.

        • Dalto,
          Na ausência de argumentos, você me atribui comparar Marx com Diogo Mainardi.
          Leia novamente meu comentário e concluirá facilmente que a citação dos exemplos de Marx, Zanine etc. é um contraponto à sua fixação infantil e formalista num diplomazinho.
          Lá, está escrito: “Todavia, incide em grave equívoco ao se prender ferrenhamente a um mero pedaço de papel como critério para definir a competência de alguém!”
          Eis o eixo em torno do qual se desenvolve a minha argumentação relativamente àquelas personalidades notáveis. Insisto: os exemplos foram apenas para demonstrar a sua fragillidade argumentativa, fundada no aspecto meramente formal da diplomação. Indique onde comparo Mainardi a Marx! Pura falácia sua!
          Que Diogo Mainardi não é nenhum expoente intelectual é fato notório, que não chega sequer a gerar controvérsias. Todavia, não dá para dizer que se trata de um grande iletrado.
          Agora, Dalto, indique aí quantos prêmios Jabuti de literatura você possui!

        • Ixe, agora veio falar dos jabutis, cágados, tartatugas.

          Você deve ter um adesivo no carro dizendo “Veja, eu acredito”.

        • É muito poder de argumentação…

        • Dalto,

          Partir para a ironia esdrúxula, apenas atesta a sua debilidade intelectual. Definitivamente nem o papel de espirituoso nem o de pensador lhe vai bem.
          Sua falta de juízo, desde seu primeiro comentário, ficou mais que evidente!
          Quem se aferra num diplomazinho como critério definitivo para atestar a competência de alguém demonstra, sem mais, a “profundidade rasa” de seu pensamento.

        • Luana, você já nocauteou o rapaz.
          Ele se viu perdido, aí saiu pela tangente. Mas você, não satisfeita, foi atrás e deu-lhe outra surra intelectual.

          Em tempo, li seu primeiro comentário. Muito bom. Nem toda réplica merece uma tréplica.

        • Luana, minha linda, obrigado pelo apoio.
          Beijos. Te vejo no reveillon na Times Square.

        • Agora virou fake.

  • Já vai tarde e muito tarde

  • Eu fico entre a externar a repulsa e o nojo que esse cidadão (Isso é culpa do Brizzola! by Cidinha Campos) me desperta ou ignorá-lo…

  • mainardi alimentou por muitos anos o odio da direita brasileira. Sua saida será saudavel para essa mesma direita. quem sabe agora nao resolvem fazer uma oposicão mais qualificada…

    • direita boa mesmo é a esquerda! E quem for diferente que desapareça, vai ser “melhor” se todos pensassem iguais.

      Não acompanhava as coisas de Mainardi. Mas, ao citar PHA como jornalista sério, minhas desconfianças de que ele era só um crítico severo aumentam. Mas, os progressistas não querem isso…

    • a oposição perdeu o discurso porque lula o usurpou , a bandeira econômica ( câmbio flutuante – responsabilidade fiscal – controle da inflação com metas) nunca foi do PT e sim do PSDB , após a carta aos brasileiros ão em 2002 para ganhar a eleição neste ano , lula rasga 20 anos de programa partidário do PT e isso é incorporado fortemente ao seu discurso , problema é que a oposição permitiu essa apropriação indevida e agora o PT posa como responsável pelo descobrimento do brasil em 2003. Não é diogo que norteia a oposição é que a mesma em 3 eleições presidenciais renega o seu legado que é defender o que fez nos oito anos de fhc

  • Pierre

    Custo a acreditar, Mainardis à parte, que Paulo Henrique Amorim seja citado como jornalista sério e com link neste blog.

    Para mim, é a prova de que se saiu da Globo é santo, se é a favor de Lula é santo, etc.

    Que é que é isso…

    Vou só dar um exemplo do “caráter” de PHA: antes do primeiro turno, bem próximo, ele desandou a criticar e colocou uma denúncia de CORRUPÇÃO contra ela (por conta do jatinho que usava na campanha – “nem Obama tinha um desses na campanha”, chegou a dizer).

    Quando saiu o resultado e que haveria segundo turno e, claro, os votos de Marina seriam disputados a tapa, ele simplesmente “tirou” o link da tal denúncia (verdade seja dita, a denúncia foi feita por vários outros blogs, todos como se verdade fosse).

    Que coisa maravilhosa para um jornalista sério… depois disso, não vejo por que criticar o chatérrimo de Mainardi, que, querendo ou não, acerta várias vezes em seus artigos.

    • Concordo 100%, Paulo Henrique é um vendido, assim como Mino Carta e a sua Carta Capital !

  • A fuga diante do “inimigo” (lulismo??!! rá…rá…rá…) é um ato de pura covardia. Se todos os brasileiros que tombaram na luta por uma Nação melhor e mais justa pensassem como esse senhor, estaríamos ainda sob julgo português (ou francês, ou espanhol…).

  • Meu sincero apoio a Diogo Mainardi!!!!Não gostei do post. O Brasil precisava de tudo aquilo que foi dito na Veja em sua coluna!

    • Realmente, chamar o melhor presidente do seu pais de ANTA merece o seu apoio.

      Aproveita, a Veja estám com uma promoção, assine um ano e ganhei outro. Nela você encontra Reynaldo Azevedo (aquele que deu um calote na Nossa caixa) e Augusto Nunes, que deu apoio a “ditabranda”.

      Assine a revista, que você fica sabendo de tudo e muito mais. A promoção é de um veículo que vai bem das pernas.

      • Melhor presidente na SUA opinião ALF. E na de pesquisas que não pergunta nada a ninguém…

        • São as pesquisas que aferem a condição do melhor presidente.

    • Toda unanimidade e burra! Criticar e fundamental!
      Vida longa a Mainardi !

      • Vida longa a Mainardi (2)!

        • Obrigado, Pedro, meu amigo. Dá para perceber que você é um rapaz inteligente e bem informado.

          Não é fácil combater o Luismo.

          Precisamos de ajuda, pois Lula além de cometer a blasfêmia de fazer um governo para os pobres, diminui drasticamente a transferência de $$ para nós (donos da imprensa).

          Tetamos vários golpes, mas não conseguimos derrota-lo. Fizemos de tudo, mentimos, caluniamos, acusamos sem provas… Tudo em vão!!

    • És o Francisco José, pai da Mariane Brito, casado com a Beatriz Castro, que só faz reportagem de Fernando de Noronha para a Globo?

      :-|

  • Quantas condenações este jornalista possui? que saíba nenhuma , interpelado judicialmente quase uma centena de vezes judicialmente ganhou praticamente todas em primeira instância.

    Aí é que se vê como a liberdade de imprensa dói , principalmente nos jornalistas chapa-branca com revistas e blogs sustentados a custa da propaganda estatal e aos beneficiários do poder que contesta quem não assume a mesma linha e não aceita em hipótese alguma o contraditório.

    Democracia camarada é assim , nem sempre os donos do poder abre os jornais ou revistas para ler o que desejam.

    Nunca vi a carta capital ou a revista piauí escrever um artigo de capa sobre corrupção , estão errados? não , é sua opção editorial , mais alinhados com o poder . Democracia é assim.

    • Bom seria se a mídia opositora fosse honesta e assumida, denunciando os abusos do governo de forma limpa, mas nem isso ela é.

      O que temos é um partido golpista que recorre a táticas sujas de mau jornalismo pra desacreditar o governo.

  • Vi o Mainardi na GNT algumas vezes. Li uma ou duas vezes na VEJA.

    Não gosto do estilo dele.
    Presunçoso, Raivoso.
    Uma tentativa (vã) de imitar Paulo Francis.

    Mas é como dito acima: quem elogia PHA não deveria se dar o direito de criticar o Mainardi.

    Mas, o que fazer????
    Há que se ter paciência….

    • “Li uma ou duas vezes na VEJA.”
      Então não leu.
      o amigo deveria ler mais e escrever menos.

  • Uma pena mas certamente os corruptos do meu Brasil Varonil adorarão essa saída. Vou sentir falta das suas denúncias contra o governo do molusco e sua cambada de larápios. É realmente uma pena!!!!

  • Pierre adora que se enrosca exagerar. Talvez para tentar dar algum colorido a seus textos fraquinhos. Dizer que Diogo Mainardi foi morar no exterior com medo de uma prisão é uma tremenda falácia. Mainardi morava no exterior desde a década de 80 do século passado, muito tempo depois e voltar a residir no Brasil. Somente em 1999 começa a escrever para Veja.
    Há diversos processos cíveis (indenização por dano moral) e penais (“crimes de opinião”, isto é, injúria, calúnia e difamação). A pena máxima é a cominada no delito de calúnia e chega a três anos.
    Neste ano, o STF (decisão monocrática do Min. Dias Toffoli) negou liminar em sede de habeas corpus impetrado por Mainardi contra condenação em processo penal movido por Paulo Henrique Amorim. Ocorre, contudo, que a pena privativa de liberdade foi substituída por restritiva de direitos, sendo que o jornalista deverá pagar três salários mínimos a serem revertidos para entidade pública assistencial.
    Onde está, Pierre, o receio dele em ser preso, tendo que sair do país?
    Ainda algo que Pierre desconhece: o instituto da prescrição retroativa!

    • olha o advogado do mainardi na área!!!

      • Alexandre,

        Não se trata de advocacia, senão de restabelecer o que de fato envolve a problemática, não se permitindo engambelar por Pierre.

      • Dias tóffoli não era advogado do PT??? sinistrooooo!!!!!!!!

    • E.T.: A decisão do STF a que me refiro foi proferida no HC 103258.

    • Poderia ser por medo de morrer, isso sim, pois não é assim que age a petralhada.

      • Extermínio não é prática desconhecida por parte da direita brasileira – idolatrada pelos Mainardis da vida.

        • nem da esquerda, que no final adota as mesmas práticas..

        • De fato, Krishnamurti, vide Celso Daniel – e testemunhas/envolvidos -, Toninho…

        • Para a Polícia paulista, a morte de Celso Daniel foi crime comum. Dois delegados chegaram à mesma conclusão. Nos governos do PSDB, diga-se de passagem.

          E Toninho do PT? NADA indica que tenha sido crime político, nem que ele tenha sido morto por gente da esquerda.

        • Deve ter sido o pig pra culpar a esquerda.

    • esse ministro , Dias Tofoli , não era aquele advogado do PT , ah! Tá bom deve ter sido uma decisão muito isenta.

      só no país de lula um advogado de partido virá ministro da mais alta corte de justiça e o pior com apenas 40 anos , sem nenhuma experiência prévia na magistratura.

      • Luís,

        No site do STF, há o curriculum vitae dos ministros (exceção feita ao Min. Celso de Mello).
        É ridículo o de Dias Toffoli. Sem nada para mostrar, ele transcreve uma extensa série de medidas provisórias nas quais supostamente teve atuação. Verdadeira piada (de mau gosto)!

  • o mainardi é só um emblema. do jornalista cavalgado. Hoje temos uma legião de mainardis. tanto faz se ele está afastado ou não. o jornalismo de calúnia é mania nacional. vejam só esse factóide novo do estadão. esquentam um documento sabidamente falsificado exatamente como a veja fazia.
    o circuito” veja folha estadão globo” virou uma grande latrina. mas há quem goste de uma boa mentirinha. ô,se há!

  • Viva o governo dos companheiros (amigos); viva o PAC (Excelente programa de distribuição de renda pros petistas); Viva o mensalão (a esse demos um desconto; Lula não sabia)… Ôps, vou parar por aqui, pois mais a diante posso ser preso e torturado como subversivo!

  • Curiosa essa exaltação que a esquerda e alinhados hoje fazem de Paulo Henrique Amorim – PHA. O currículo dele, no entanto, confunde-se com aquilo que se chama de PIG, pois passou a maior parte da sua vida trabalhando para a revista Veja e a Rede Globo,
    Vejamos algumas investidas da Globo quando PHA labutava por lá:

    1. O caso da empresa Proconsult na apuração dos votos na eleição para Governador do Rio de Janeiro em 1982. Foi uma tentativa de prejudicar Leonel Brizola e favorecer Moreira Franco. À época dos fatos, PHA ficou caladinho no seu posto de trabalho na Globo (muito tempo depois, mais precisamente em 2005, lançou o livro Plim-Plim: A peleja de Brizola contra a fraude eleitoral. Certamente que o fez menos por amor à verdade do que por ressentimento. Não fosse assim, esse paladino da justiça e da verdade teria denunciado a falcatrua no momento apropriado e pedido demissão. Ele já era um jornalista bastante conhecido e não lhe faltaria uma vaga em outra emissora, como, aliás, aconteceu posteriormente com a sua saída da Globo, sendo logo contratado pela Bandeirantes);

    2. A perseguição implacável que a Globo fez ao Governo Brizola;

    3. A edição do último debate entre Lula e Collor do segundo turno das eleições presidenciais de 1989 veiculada no Jornal Nacional, a qual tinha o nítido objetivo de favorecer aquele último;

    4. A tentativa de associar o PT ao sequestro do empresário Abílio Diniz.

    A tudo isso e muito mais, PHA assistiu inerte, sem se rebelar. Nessa época, não se viu qualquer alusão ao PIG.
    Agora, trabalha na emissora do Bispo Edir Macedo. Inclusive, recentemente esteve à frente, no Programa Domingo Espetacular, de uma reportagem sobre a “suprema injustiça” da prisão do Bispo Edir Macedo em 1992. Quem o vê na reportagem sequer imagina que é a mesma pessoa que escreve no Blog Conversa Afiada. Um trecho da mencionada reportagem está aqui (esse trecho inicia-se com um fraterno aperto de mãos entre Edir Macedo e PHA): http://www.youtube.com/watch?v=Rrzeij0GgNg

    • José Roberto,

      Em 13/10/2005, num debate com Reinaldo Azevedo na Livraria Cultura de São Paulo, ao retrucar a afirmação de Azevedo de que nunca teve qualquer ordem da direção para que escrevesse isso ou deixasse de escrever aquilo, Paulo Henrique Amorim disse que na TV Globo Roberto Marinho mandava evitar reproduzir falas de Lula.
      É de se perguntar, então: PHA está admitindo ter incorrido na prática que hoje aparentemente abomina, visto que não se pode acreditar que ele tenha ficado longo tempo na TV Globo sem observar as ordens que vinham de cima?

      Fonte: http://www.eagora.org.br/arquivo/Debate-entre-Reinaldo-Azevedo-e-Paulo-Henrique-Amorim/

    • José Roberto

      Simplesmente perfeita sua observação.

      Foi para a “esquerda”, saiu da Globo, foi contra os EUA de qualquer forma, então presta, vira santo, só diz a verdade, luta pelo povo e etc.

      PHA é apenas um exemplo do que se vê no Brasil. E o pior é que tais opiniões vêm de gente esclarecida, ou seja, nem a desculpa de ignorância pura pode ser usada…

      Se fatos históricos são escamoteados – por exemplo, o Plano Real não foi criado em 1994 e sim pelo governo Lula… – imagine questões como opiniões pessoais e atitudes.

      • O Plano Real foi criado por Itamar e acabou em 1998.

  • [...] épico e consciente de seu relevante papel na história, o sr. Diogo de B. escreveu uma bela carta-testamento, publicada pela Revista Mais Vendida do Brasil. Apontada pelo eminente analista político, sr. [...]

    • Um doce pra quem advinhar que postou essa bosta logo acima…

      Tenho um saco de doces aqui.

  • Eu lamento pelo Mainardi. O que seria de Lula sem esse povo, Mainardi, Merval, Pierre, Magno Martins, Mírian, Reinaldo? Saibam que no gostoso pão francês, salgado, tem um pouquinho de açúcar para dar cor. Lula se fortalece com essa “racinha” da imprensa “golpista”. Eu por exemplo, votaria até numa cachorra, num verme, no mosquito da dengue, para presidente, desde que indicado por Lula, só por revolta contra essa turma da imprensa dissimulada. Esse Mainardi saindo não é bom, o jogo fica muito fácil, sem adrenalina.

  • Li a Veja algumas vezes, faz tempo, mas a coluna do Mainardi nunca lia porque sempre achei uma chatice, o cara é um mala sem alça, como dissemos aqui no Ceará, e mastiga uma sola(escreve bobagem).

  • Pierre,

    Vc está sendo muito bonzinho.

    Mainardi vendeu a pena e o seu espaço na Veja, que por interesse, permitiu.

    Agora que o pau vai comer, se livra do cara.

    Mainardi, agora tenta dar o calote no capeta…

  • É triste a guerra de egos vem ocorrendo no jornalismo político brasileiro.

  • concordo que esse já vai tarde!!

  • Pierre, e’ melhor nao comecar a comemorar. Vai que DM volta a fazer filmes, ai sim, tu vai ver o que bom para tosse. Hehehehehee

    • Verdade… Como cineasta, DM era um otimo colunista!

  • Tenho guardado comigo, e vou mandar para ele num quadro, um artigo em que ele diz “que a candidatura de DILMA, derrete como a calota polar”. Guardei para isso, mas ele foi embora. Mas não se iludam, volta a qualquer momento se precisarem de alguém para escrever lixo. O ANTA não demora!

  • Mainard, veja, folha de são paulo, catanhede, reinaldo azevedo, e mais uma turminha, cevam-se com o apoio das viúvas dos demos e tucanos invejosos, frustrados, despeitados com o sucesso do governo do Presidente Lula: só 3 % acham o seu governo ruim ou péssimo, isso no último mês do segundo mandato do Presidente. Essa minoria dos oposicionistas tem mais é que se rasgar mesmo!

  • Pierre,

    lamentável seu post.

    Diogo Mainardi sustentou, ao longo dos últimos 8 anos, a oposição jornalística a esse governo.

    Fazer oposição é salutar e necessário. Quando uma voz se cala nesse sentido, é algo de se lamentar e não de se comemorar.

    Você não concordar com as opiniões de Diogo não é novidade e nem surpreende. O que surpreende é que você negue a importância da sua coluna, veiculada na revista semanal mais lida do país.

    O que querem é a unanimidade em torno do PT?

    Pois saibam que Diogo não se calou, assim como Reinaldo Azevedo, Olavo de Carvalho e, feitas as devidas reservas, eu também não.

  • Vai tarde… e deveria ir acompanhado, pois outros crápulas como ele esculhambam o jornalismo brasileiro.

    Coisas assim continuam acontecendo:
    http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/como-o-estadao-fabricou-o-escandalo

  • Uma coisa é verdade: ele tinha estilo e escrevia bem. O problema era o conteudo. Extremamente arrogante e presunçoso, dono da verdade, mas no fundo garoto de recado dos Civita.

    E tinha uma tara em falar mal do Brasil no que quer que fosse. Lembro de uma coluna em que ele falava daquele maratonista brasileiro que foi agarrado por um manifestante irlandes. Ele disse que como o cara era brasileiro, logo no final cansaria e nao ficaria nem em quinto. O que ocorreu acabou dando-lhe novo folego para chegar em 3o e ainda notoriedade.

    Putz, que ridiculo! Para desancar o Brasil valia tudo, ate esses achismos disfarcados de tecnica medica (como se ele soubesse das condicoes tecnicas do Vanderlei Cordeiro, o maratonista).

    • Ele nao TINHA estilo nem ESCREVIA bem

      Ele TEM estilo e ESCREVE bem

      tão achando q ele morreu, é?

      • Ele escreve e escrevia muito mal! Suas frases sao repetitivas e tentava ser Paulo Francis. Mas era sempre rasteiro.
        Jah vi algumas vezes Lucas Mendes e outros colegas o enrascarem no Mannhattan Connection (outra bomba, que mesmo assim se livrou dele). A logica dele eh muito fraquinha :)

  • Precisamos defender o Diogo Mainardi. Tem muita gente de bem, gente decente e bem informada nesse espaço.

    Precisamos defender a liberdade de imprensa, jamais esses Blogs sujos da internet. A liberdade de imprensa e de expressão é privativa da imprensa brasileira. Preciso falar com Azeredo (Senador/PSDB-MG) para aprovar uma lei decente para regulamentar a internet.

    Gente decente e honesta, vamos, juntos, defender nosso Diogo. Homem honesta, trabalhador e que jamais escreveu alguma inverdade.

  • E precisamos de Mainard para concluir que Lula é uma ANTA?
    http://www.youtube.com/watch?v=eAPmTQxLKwU

    Portanto, não sei o porquê do fricote dos fiéis quanto ele chama Lula de ANTA.Quaquer um sabe disso, até os fiéis mas a fé não permite admitir.

    • Alexsandro, você é dos nossos.
      A nossa seita te treinou bem.
      Precisamos de mais Alexsandro’s.

    • “Qualquer um sabe disso”???? HAHAHAHAHAHAHAHA!

      De fato, Alexsandro vota nulo.

  • Quanto ao post, parabéns Pierre. Seu post é uma prova de que vc é um blogueiro progressista. Progressista na visão do PT, que acredita que ser progressista é fechar os olhos para as falhas do governo e achar que a “verdadeira missão” é classicar as matérias,pessoas e etc em “amigos” e “inimigos”.Os primeiros são perfeitos os segundos filhos do cão. Sua gozada com o episódio mostra o tipo de reitor que vc será. Manterá a mediocridade da UFPE com seus susseranos e vassalos onde o importante é babar a pessoa certa para chegar aos seus objetivos.

    • Comentário quase perfeito, Alexsandro. O único erro é esse pretenso vaticínio de que o Pierre será reitor. Isso não!!!

      Escreva assim:

      “(…) mostra o tipo de reitor que você ‘seria’”

  • Me contrate para o seu blog Pierre! Aqui me sinto em casa!

  • Na época que eu lia a revista veja, nunca consegui ler a coluna dele. Sentia uma sensação ruim, uma aura negativa, um ódio carregado, que deve atrair muita coisa ruim. Sem esse “peso”, pode ser até que a Veja volte a se erguer e voltar a ser o que era.

  • Vi um comentário bem interessante do “Dono de Jornal”, aí eu achei que é pertinente, porque ele diz que o governod e Lula foi pros pobres…


    Como costumo dizer aqui, Lula pode ir contando as suas inverdades que eu vou denunciando. Sem problemas. Ele não cansa. Nem eu. Abaixo, em vermelho segue uma reportagem do Portal G1. Comento em azul.

    - Notícia.
    Ao discursar durante a cerimônia de lançamento das obras da Ferrovia da Integração Oeste-Leste, em Ilhéus (BA), nesta sexta-feira (10), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez uma crítica aos que consideram que o governo “só cuida de pobres” e afirmou que a parcela “rica” da população brasileira “não precisa do Estado”.
    “As pessoas pensam que o Lula só cuida de pobre. Bolsa Família é só pobre, pobre, pobre… Primeiro, porque o Estado é para cuidar de pobre. Os ricos não precisam do Estado. Quem precisa do Estado é a parte mais pobre do país”, afirmou Lula.

    -RA.
    Ninguém diz que “Lula só cuida dos pobres”. Essa é a crítica que ele gostaria que lhe fizessem porque, obviamente, é fácil responder. Por que ele não dá nome aos críticos? Onde estão? Quem são eles?

    Mas a questão proposta pelo Babalorixá merece uma reflexão mais acurada. Eu, por exemplo, nunca disse que Lula “só cuida de pobres”. Os banqueiros jamais afirmariam uma besteira como essa. Os setores da indústria eleitos para os benefícios da renúncia fiscal também não! Os que pegaram polpudos empréstimos no BNDES a juros camaradas não entrariam nessa. Lula, vamos convir, é uma excelente surpresa para os ricos. Que eu saiba, os potentados do capital investiram mais na sua candidatura do que na de José Serra, não? Os petistas sugeriam que o tucano é que seria fonte da instabilidade para… os ricos!

    Mas é evidente que a fala de Lula tem uma base verossímil. De fato, setores médios da sociedade, que pagam um carga tributária escorchante, podem se irritar não exatamente com o Bolsa Família, mas com essa retórica pobrista. O problema é que Lula chama “companheiros” os representantes do grande capital e “ricos” esses setores médios descontentes — os que, de fato, pagam a conta de algumas generosidades.

    -Notícia
    Sob aplausos da plateia que lotou o Auditório Jorge Amado, no Centro de Convenções Luís Eduardo Magalhães, em Ilhéus, Lula disse que o governo estimula o crescimento econômico do país quando “leva R$ 10, R$ 15 na mão de um pobre”, porque, afirmou, ele “não vai comprar dólar.”
    “Quando você leva R$ 10, R$ 15 na mão de um pobre, aqueles R$ 10 se transformam num produto de crescimento econômico, porque a pessoa não vai comprar dólar. Ela vai na bodega comprar um feijãozinho e aquele dinheiro retorna ao comércio”, discursou Lula.

    -RA
    Bem, hoje em dia, as pessoas estão vendendo dólares, não é? Os “ricos” do mundo inteiro vêm ao Brasil comprar reais, que o Bolsa Juros do Apedeuta remunera como em nenhum outro lugar do mundo. As coisas não são assim porque Lula seja um homem mau, perverso. É que seu governo gasta demais. Com o Bolsa Família? Não, com o Bolsa Campanheiro.

    -Notícia
    Ainda de acordo com o presidente, o Brasil de “antes do seu governo” estava administrativamente desorientado: “Não sabia crescer sem inflação, não sabia exportar e fortalecer o mercado interno, e nós tivemos de provar que algumas coisas poderiam ser feitas concomitantemente sem uma coisa prejudicar a outra.”

    -RA
    O Brasil cresceu sem inflação, sim. E quem a domou foi o país de “antes do seu governo”. Lula não precisou provar coisa nenhuma! Os fundamentos estavam dados. O resto foi decidido pela expansão da economia mundial e pelo preço das commodities, que triplicou no seu governo.

    -Notícia
    A 21 dias do fim do seu segundo mandato, Lula foi ao Nordeste para marcar o início de etapas de obras importantes de infraestrutura, como a Ferrovia Norte-Sul. Ao lado de líderes políticos locais, o presidente ainda participará nesta sexta da Cerimônia de formatura do Programa Todos pela Alfabetização, no Centro Administrativo do Governo da Bahia.

    -RA
    Providencial! O Brasil ainda tem 14 milhões de analfabetos entre as pessoas de 15 anos ou mais, segundo o Pnad de 2009, uma taxa de 9,7%, o que é escandaloso. A meta é chegar a 6,7% em 2015, com uma redução de 3 pontos. Vamos ver. Em 2004, era de 11,5% — uma queda de apenas 1,8 ponto em cinco anos, bem abaixo dos 3 pretendidos.

    Para encerrar
    Pobre Marisa Letícia! Até Lula voltar a se encontrar com o palco e com o palanque — e não vai demorar muito, aposto! —, a Galega será sacudida à noite por crises de abstinência do maridão. Como é que ele vai suportar a ausência de uma platéia para se dedicar a seu divertimento predileto: falar bem de si mesmo? A saída?

    Deve existir por aí uma AEA, Associação dos Ególatras Anônimos. “Ah, mas Lula seria reconhecido”. Ora, ele aparece fantasiado de Alexandre, o Grande, para esconder a sua empáfia.

    Por Reinaldo Azevedo

    • Reinaldo Azevedo? HAHAHAHAHAHAHAHAHA!

      Tio Rei parece ser a única fonte de Laccosta pra criticar Lula!

      • Não, tenho outras opiniões. Mas, determinadas vezes, os textos dele caem como uma luva por aqui.

        Agora você, martins, apesar de ser o único petista doente comedido, nunca desconstroi o texto dele argumentativamente…

        • Laccosta, estou orgulhoso de você.
          Continue assim.

        • O blog de RA tem cinco “temas”.

          Um deles é “PT”.

          Isso já diz tudo.

        • Isso não diz tudo, não, aspone Martins: desenvolva seu contra-argumento.

          (Comentário editado pelo blog por conter expressão de baixo calão)

        • Moderação, por favor. O blog não deveria publicar xingamentos e ofensas como os escritos por Pedro T.

  • Lamento profundamente a ausência de dieguinhomainardinho, pois seria o suçeçor natural de mer(cdv)_al pereira na academia brasileira de filosofia… çacanajem… noços filósofos estão morrendo? Desistindo de filosofar(em)?
    Volte breve!!! Morreremos de çaudades…

  • Nunca nem li o que esse cara escrevia. Só ouvia falar o nome dele.

  • Esse calhorda do Mainardi odiava nordestino. Que vá pra bem longe! Não deixem de visitar: http://fora-diogo-mainardi.blogspot.com/

  • Esse ex-colunista da revista óia já deu o que tinha que dar….kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Veja? Que revista é essa? Ah, aquela…

  • Será que a óia vai se livrar dos “afrikaners” de fora também?

  • Eu não ia renovar mais a assinatura da Veja, mas domingo quando vi que este mala nçao vai mais excrever toda semana, resolvi renovar.Escreve ruim, e fala mais besteira do que escreve.

  • Odeio esse palhaço desde o dia que ele disse que o Brasil ia perder pra Holanda.

Tem algo a dizer? Vá em frente e deixe um comentário!

XHTML: Você pdoe usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Enquetes

Em relação ao impeachment de Dilma Rousseff, qual sua posição?

Ver Resultado

Loading ... Loading ...

Frase do dia

  • A riqueza de uma nação se mede pela riqueza do povo e não pela riqueza dos príncipes.”, Adam Smith.

ARQUIVO

agosto 2019
S T Q Q S S D
« mai    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Informação com Humor

MARCO BAHÉJornalista
É formado em Jornalismo e pós-graduado em História Contemporânea e História do Nordeste do Brasil. Foi repórter da Gazeta Mercantil para os estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Também atuou como repórter do Jornal do Commercio, editor da Folha de Pernambuco e repórter especial do Diario de Pernambuco. É correspondente da revista Época no Nordeste desde 2003. Tamb´m atua com publicidade e marketing eleitoral desde 2004.
PIERRE LUCENADoutor em Finanças
É doutor em Finanças pela PUC-Rio e mestre em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco. É professor adjunto de Finanças da UFPE e foi secretário-adjunto de Educação de Pernambuco. É autor de vários trabalhos publicados no Brasil e no exterior sobre o mercado financeiro, e participa como revisor de várias revistas acadêmicas na área. É sócio-fundador da Sociedade Brasileira de Finanças. Foi comentarista de Economia do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (TV Jornal e Rádio CBN). Atualmente é coordenador do curso de administração da UFPE, e Coordenador do Núcleo de Estudos em Finanças e Investimentos do Programa de Pós-graduação em Administração da UFPE (NEFI).