O menino revolucionário de Honduras

set 30, 2009 by     11 Comentários    Postado em: Atualidades

Para vocês terem uma idéia de como está o clima de radicalização em Honduras. O menino do vídeo acima é Oscar David Montesinos, de apenas 10 anos. Segundo a descrição das imagens, domingo passado, ele fez esse discurso num show que reuniu milhares de pessoas em Tegucigalpa. A palavra mais amena que usou contra Roberto Micheletti foi assassino.

Como disse nosso amigo Rodolfo Cabral (obrigado pelo envio do vídeo), “com mais uns dez meninos desses se faz uma revolução”.

Mas alguma coisa está errada quando se colocam crianças na linha de frente de processos políticos perigosos como como o que acontece agora em Honduras. Crianças já viraram soldados no Vietnan e no Afeganistão. Ainda o são por toda a África em guerra e boa parte do Oriente Próximo.

O discurso do menino Oscar me lembrou outro discurso. A de uma socialista mirim, nos braços do presidente venezuelano Hugo Chávez (segundo vídeo). Foi usada à exaustão como propaganda pró-chavista. A oposição usou o mesmo vídeo para dizer que Chávez fazia lavagem cerebral en los ninõs.

Silvio Santos e Maisa

A seu modo, Silvio Santos faz o mesmo com a garota Maísa (acima). Só que aí a revolução é outra…

11 Comentários + Add Comentário

  • Faltaram os sem-terrinhas!

    • E os bolsinha familia… E que não vai a escola, porque o pais toma o dinheirinho de cana.

      • Talvez esse tenha sido o comentário mais preconceituoso do dia!

  • São casos diferentes. Em Honduras o menino enfrenta uma situação em que todo o seu país está inserido, de conflito, ele absorve o que existe no entorno e se torna revoltado com a situação, não foi forçado. Com os Sem-Terra é o mesmo, eles são massacrados pela política e pelos jagunços como seus pais, viram adultos rapidamente.

    Vietnã sabemos da Guerra, o que esperar? Já na África a situação é outra, são crianças forçadas a lutar por fanáticos sem escrúpulos.

    Tratar crianças como retardadas sem a capacidade de pensar e se engajar é ridículo, elas também pensam e tem opiniões. A barreira entre o que é imposto e o que é natural é que é muito tênue.

  • so faltou falar da malhação (globo),
    as novelas, etc.

    manipulação por manipulação……..

    • Maravilhoso!!!
      VIVA A REVOLUÇÃO!!!

  • Sou totalmente a favor da volta de Manuel Zelaya à presidência de Honduras e contrário à ditadura de Micheletti, dos seus lacaios militares e de seus cúmplices clericais católicos. Mas não sou, de forma alguma, a favor de que seus/suas apoiadoræs façam qualquer coisa para levantar a população hondurenha contra os golpistas.

    Nessa “qualquer coisa”, está incluída a exploração de crianças para a transmissão de discursos ideológicos. Vejam o absurdo abaixo.

    Socialistas hondurenh@s, defendam seus ideais e o presidente deposto sim. Mas não recorrendo ao ato grotesco de usar uma criança como porta-voz daquilo que provavelmente mal entende o que está falando, numa autêntica exploração de menor de idade que se assemelha à já famosa Menina Pastora. Peçam para um/a jovem crescid@ discursar, mas não uma criança!

    Depois desse vídeo, me lembro das palavras de Richard Dawkins: falar de “crianças católicas” ou de “crianças muçulmanas” é tão bizarro quanto falar de “crianças liberais” ou de “crianças socialdemocratas”, pelo fato de que crianças não têm uma noção madura da religião que são obrigadas a seguir da mesma forma de que não têm capacidade de defender com maturidade e raciocínio coerente uma corrente política. E nesse caso estamos nos deparando com uma “criança socialista”.

    http://conscienciaefervescente.blogspot.com/2009/09/exploracao-politico-ideologica-de.html

  • Róbson está 100% certo.

  • GOSTEI DA MATERIA BAHÉ, INCLUSIVE EDITAMOS UMA OUTRA EM NOSSO BLOG: ( http://www.adafe.blogspot ) que trata da evolução do processo cultura na Africa do Sul, onde as crianças tiveram uma participação importante na libertação da segregação racial, e de certo modo positiva. Mas quando se usar a guerra nesse processo de formação de cuturas em um país através de criaças é uma verdadeira implosão do sistema no futuro. Isso que está acontecendo na Venezuela é muito perigoso para a humanidade.
    Temos que criar uma cutura de paz, somente paz e trabalho e não a violência.

Tem algo a dizer? Vá em frente e deixe um comentário!

XHTML: Você pdoe usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Enquetes

Em relação ao impeachment de Dilma Rousseff, qual sua posição?

Ver Resultado

Loading ... Loading ...

Frase do dia

  • A riqueza de uma nação se mede pela riqueza do povo e não pela riqueza dos príncipes.”, Adam Smith.

ARQUIVO

dezembro 2019
S T Q Q S S D
« mai    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Informação com Humor

MARCO BAHÉJornalista
É formado em Jornalismo e pós-graduado em História Contemporânea e História do Nordeste do Brasil. Foi repórter da Gazeta Mercantil para os estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Também atuou como repórter do Jornal do Commercio, editor da Folha de Pernambuco e repórter especial do Diario de Pernambuco. É correspondente da revista Época no Nordeste desde 2003. Tamb´m atua com publicidade e marketing eleitoral desde 2004.
PIERRE LUCENADoutor em Finanças
É doutor em Finanças pela PUC-Rio e mestre em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco. É professor adjunto de Finanças da UFPE e foi secretário-adjunto de Educação de Pernambuco. É autor de vários trabalhos publicados no Brasil e no exterior sobre o mercado financeiro, e participa como revisor de várias revistas acadêmicas na área. É sócio-fundador da Sociedade Brasileira de Finanças. Foi comentarista de Economia do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (TV Jornal e Rádio CBN). Atualmente é coordenador do curso de administração da UFPE, e Coordenador do Núcleo de Estudos em Finanças e Investimentos do Programa de Pós-graduação em Administração da UFPE (NEFI).