Por que reativar o Acerto de Contas

mai 27, 2015 by     18 Comentários    Postado em: Atualidades

Outro dia fui enviar um encomenda pelos Correios e o atendente falou: “Você era do Acerto de Contas, né?!”. Em outra ocasião, um funcionário do aeroporto me abordou no raio-x: “Mas, rapaz, por que o blog acabou? Eu lia todo dia”. No Facebook, do nada, uma moça me mandou uma mensagem dizendo “adoro homens inteligentes, seus textos no blog eram divinos”. Pois é, o Acerto (ou o seu fim, sei lá) transformou a mim e a Pierre Lucena (acho que mais a ele) numa espécie de semicelebridades. Dinheiro, nunca rendeu, é verdade. Mas houve um certo reconhecimento público pelo trabalho e algumas amizades surgiram. As inimizades… ah, essas se multiplicaram – o que apenas deixava o blog mais relevante e atraente.

O Acerto de Contas nasceu despretenciosamente no dia 3 de janeiro de 2007 e faleceu sem grandes pompas a 30 de setembro de 2013. Azinimiga da grande imprensa se roíam de inveja das centenas de milhares de visitas que recebíamos diariamente, mas nunca sacaram que o grande segredo do blog estava na simplicidade. Na maneira de falar, de agir, na conversa franca com os frequentadores do espaço. A gente sempre achou que, se o sujeito perdia seu tempo entrando no blog, o mínimo que a educação mandava era respondê-lo. Nem que fosse pra gozar da cara dele… hehehehe.

Pois bem… Desativar o blog foi uma decisão matutada. Um novo espaço surgiria para substituir esse, pensávamos. Não surgiu. Vimos nascer novos blogs. Vimos outros continuarem. Mas nenhum que mantivesse o botão do “foda-se” ligado 24 horas por dia. Nenhum que trouxesse opiniões tão divergentes (inclusive das nossas) e que ao mesmo tempo os leitores pudessem comentar sem ter seus textos “avaliados” antes de irem ao ar. Nenhum que colocasse o pingos nos is apesar das ameaças (algumas cumpridas) de processo.

O país indo pro buraco, amizades se desfazendo por conta de disputas eleitorais, a cidade em chamas pela celeuma de um movimento que não se sabe se ocupa ou se é ocupado… e nada de um substituto.

O Acerto de Contas fazia falta. Não apenas aos outros, fazia falta a nós.

Apesar disso, a ressurreição do Acerto não será pra suprir qualquer carência nossa. Convivo bem com a condição de ex-semicelebridade (seja lá o que isso queira dizer). Não sinto falta de ser reconhecido na rua nem de levar cantadas nas redes sociais.

Daí que a forma encontrada foi ressuscitar o morto colocando alma nova. Convocamos Pedro Jácome e Jairo Lima para subir no ringue. É deles agora a missão. Novos surgirão…

E se der tudo certo, o Acerto de Contas viverá para sempre, tal qual o Palhaço Chocolate – reencarnado em novo corpo a cada geração. Porque rir é fácil, difícil é vestir a roupa do palhaço.

18 Comentários + Add Comentário

  • Pois é senhores, este “espaço” deixado pelo Acerto nunca foi preenchido. Fico feliz com o retorno do blog, temas polêmicos não faltarão, ou melhor, estão sobrando!

  • Feliz demais com a reativação do blog!!

    Sou um dos visualizadores no período de inatividade. É sempre uma delícia percorrer pelos arquivos do Acerto e matar a saudade de criaturas como Propagandalf, ALF, Martins et caterva.

    Ficava revendo a luta de Pierre contra os zumbis da Telexfree. Por sinal, essa luta foi uma das maiores vitórias “sociais” do blog. O que Pierre e cia limitada fizeram pelo povo merece total reconhecimento.

    Agora é hora de novos debates e novas caras.

    Viva o AC!!

  • Muito legal esse retorno!!! Lembro das tantas discussões aqui travadas, que iam desde a polêmicas de bolhas imobiliárias e pirâmides financeiras até o polêmico artigo “Está faltando homem no Recife” (veio feminista até de Nárnia pra comentar aqui) hahahaha

  • É sempre bom termos mais e mais espaços para expressarmos o que pensamos em vários temas. Que venha para sempre. Forte abraço

  • Gostaria de parabenizar os dois jornalistas.

    Pierre, reitor da FG, já anunciou que não vai escrever nada sobre ensino superior privado, Gostaria de saber se o jornalista, e autoproclamado semicelebridade, Marcos Bahé vai escrever sobre a assuntos relacionados a Prefeitura do Recife, já que é diretor criativo da Dois Comunicação, uma das empresas que faz a publicidade da prefeitura.

    Sugiro inclusive que a seção “Quem somos” seja atualizada no blog para sabermos dos interesses e compromissos de cada um.

    • Julio
      Pedro e Jairo irão assumir o blog aos poucos.
      Vamos apenas iniciar o processo.

      • Pierre, mas o diretor criativo de uma empresa de publicidade que presta serviços prefeitura vai falar de assuntos pertinentes a PCR sem fazer os “disclosures” necessários para o leitor? Como se fosse um mero jornalista?

    • Julio, acho que vc não leu o texto todo. O blog será assumido por outras pessoas. Portanto, o “Quem Somos” passará a conter as informações dos novos integrantes. Eu e Pierre assinaremos os textos de forma avulsa, como qualquer outro colaborador. Cabe a mim escolher o tema que me sinta ou não à vontade para falar. Se fizer sobre a prefeitura do Recife ou qualquer outra instituição com a qual tenha relação, não tenho problemas de assumir isso. Minha agência (da qual, infelizmente, sou minoritário) já atendeu governos do PT, PSB, PSDB, PMDB e por aí vai… Isso nunca foi problema pra mim. Sempre manifestei minhas amizades pessoais e minhas afinidades políticas publicamente. Se você acompanhou o blog no passado, sabe. Fica tranqs. Abs

  • E foi delicioso ver o Acerto ressurgindo, nesta época de #OcupeEstelita enfrentando o backlash da prefeitura dos empreiteiros e a fúria reaça dos desocupados que exigem “ocupação” dos outros.

    E em relação à imagem do post, vou adorar ver os desocupados do “ocupe-se” saindo completamente descascados do debate e procurando ocupações muito mais dignas do que propagar ódio a quem defende a democracia e abrir a cidade pra ilegalidade e pro despotismo das empreiteiras.

    • Caramba, eu tava sentindo falta do tabacudo-mor…

  • Muito bom! Vamos abolir o maniqueísmo e ressucitar o debate em outro padrão. Sucesso!

  • Digo, ressuscitar…

  • Ah, voltou…

    Pelo menos com um bom articulista pra equilibrar os textos…

    Krishnamurti

  • -Já estava cansado de ler a “Veja” ^^D

  • Pesquisas indicam que olhar Facebok nos deixa infelizes. Mas não hoje: minha timelime trouxe essa boa notícia! Bem vindos de volta! Fizeram falta. Mesmo.

  • Ótima notícia. Acompanhava o blog e fiquei órfã. Hoje leio muito o Diario do Centro do Mundo, mas o conteúdo é bem nacional. Tava sentindo falta de um bom espaço com discussões locais. Mas e André Raboni?

    • diário do cu do mundo… pqp

  • Fiquei feliz com a volta do blog, mas já estou começando a ficar com um pé atrás com o novo corpo editorial.
    Ler textos non-sense de colaboradores eventuais, tudo bem, mas de editores do blog? Jairo Lima, por enquanto, deu uma barrigada daquelas. Cartão amarelo para ele. E se for vermelho, pode virar sendo pro blog como um todo. O que é uma pena.

Tem algo a dizer? Vá em frente e deixe um comentário!

XHTML: Você pdoe usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Enquetes

Em relação ao impeachment de Dilma Rousseff, qual sua posição?

Ver Resultado

Loading ... Loading ...

Frase do dia

  • A riqueza de uma nação se mede pela riqueza do povo e não pela riqueza dos príncipes.”, Adam Smith.

ARQUIVO

agosto 2019
S T Q Q S S D
« mai    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Informação com Humor

MARCO BAHÉJornalista
É formado em Jornalismo e pós-graduado em História Contemporânea e História do Nordeste do Brasil. Foi repórter da Gazeta Mercantil para os estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Também atuou como repórter do Jornal do Commercio, editor da Folha de Pernambuco e repórter especial do Diario de Pernambuco. É correspondente da revista Época no Nordeste desde 2003. Tamb´m atua com publicidade e marketing eleitoral desde 2004.
PIERRE LUCENADoutor em Finanças
É doutor em Finanças pela PUC-Rio e mestre em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco. É professor adjunto de Finanças da UFPE e foi secretário-adjunto de Educação de Pernambuco. É autor de vários trabalhos publicados no Brasil e no exterior sobre o mercado financeiro, e participa como revisor de várias revistas acadêmicas na área. É sócio-fundador da Sociedade Brasileira de Finanças. Foi comentarista de Economia do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (TV Jornal e Rádio CBN). Atualmente é coordenador do curso de administração da UFPE, e Coordenador do Núcleo de Estudos em Finanças e Investimentos do Programa de Pós-graduação em Administração da UFPE (NEFI).