Vídeo com cenas chocantes de abuso policial vaza e coloca Corregedoria de SP na berlinda

fev 20, 2011 by     261 Comentários    Postado em: Atualidades

Um vídeo onde dois delegados da Corregedoria de Polícia de São Paulo retiram a roupa de uma escrivã é divulgado pela Band, e contém cenas chocantes.

Uma escrivã era investigada pela Corregedoria, em 2009, e foi presa em flagrante após receber R$ 200,00 para facilitar a vida de um preso.

O vídeo mostra um completo absurdo, quando a policial é algemada e tem a roupa retirada por policiais masculinos. No mínimo a Corregedoria deveria ter colocado policiais femininas para fazer a revista.

O pior é ver que o próprio Ministério Público arquivou o caso, sem ao menos dar uma advertência aos delegados.

A escrivã, que foi corretamente presa por corrupção, já foi expulsa da Polícia e responde pelo crime de concussão.

Mas uma coisa não justifica a outra. E o pior é o vazamento da gravação de um vídeo, que tem se tornado comum nas policias hoje em dia.

261 Comentários + Add Comentário

  • O pior de tudo é que haviam POLICIAIS FEMININAS nesta operação e os delegados da Polícia Civil, inclusive o da corregedoria se negaram a autorizar a revista da pelas PMS mulheres.

    O Código de Processo Penal é bastante claro em relação a este assunto,

    “Art. 249 – A busca em mulher será feita por outra mulher, se não importar retardamento ou prejuízo da diligência.”

    Neste caso, como já haviam PMS mulheres na delegacia, não iria nem retardar, nem dar prejuízo a diligência….

    No entanto, não deveríamos nem nos prender tanto ao CPP, a própria dignidade da pessoa humana, princípio humano (e constitucional) já vedaria tamanho ABSURDO.

    Pierre, só uma observação: este inquérito policial correu cheio de irregularidades, inclusive a defesa da ex-escrivã já solicitou a reabertura do inquérito policial….

    Até quando, hein?

    • Absurdo é uma agente do Estado, a serviço deste, onde seu soldo é infinitamente superior a propina recebida que foi pega em flagrante, trabalhar para o crime.

      • Um absurdo não justifica o outro.

        • Realmente, um absurdo não justifica o outro. A mulher deve sim, ser idiciada e a julgamento como manda a lei. A atitude tomada pelo corregedor é INADMISSÍVEL.

        • Acabei de vê o vídeo…nunca vi uma coisa assim…uma falta de respeito…isso não pode ficar impune…independente do que ela fez, não era necessário ter sua intimidade exposta(hj por todo o brasil) agredida fisicamente e moralmente. Vamos vê o desfecho dessa história.

      • A lei é clara, o artigo 249 do CPP diz: “Art. 249. A busca em mulher será feita por outra mulher, se não importar retardamento ou prejuízo da diligência.” Assim, se considerarmos friamente a letra da lei pode haver busca em mulher se importar em retardamento ou prejuízo da diligência, mas entendo que neste caso em específico não havia o item: “prejuízo da diligência”, pelo simples fato de existirem policiais femininas no local e pela concordância da funcionária infratora, assim, a busca estaria concretizada da mesma forma. Houve erro portanto. (vamos comentar e deixar nossa opinião contra os excessos, só assim teremos uma sociedade justa!)

      • concordo com vc plenamente!!

    • “se não importar retardamento ou prejuízo da diligência.”

    • vao ce ferra seus troxa lugar de bandido e na cadeia por causa desse monte de absurdo que tao falando ai.por isso a nossa lei e falha porque policial feminina a mulher e do crime organizado tem que ir pra cadeia mesmo independente de ser homem ou mulher bandido e bandidou seja bandida…kkkkkk si fudeu.

  • Esse troço vai subir de instância e vai “mudar a polaridade”…

  • Faltou dizer que a pilantra estava com cédulas de 50 reais escondidas na calcinha. Chocante também é uma policial subornada. É óbvio que os policias se precipitaram, poderiam ter esperado a presença de uma policial. Agora, não me venham com essa lorota de “dignidade humana”, pelo amor de Deus.

    • Caro Gisonaldo,

      é lamentável que você ache que a “dignidade humana” é uma lorota. Certamente pensas dessa forma ou por ser um machista ou ter uma visão errônea no conceito de dignidade.

      Se fosse uma filha, mãe, parente, seja lá o que seja sua, você de fato mudaria seu discurso…

      É vergonhoso assistir um vídeo dessa natureza e devemos preparar mais a nossa polícia judiciária. E, ademais, como constam nos demais comentários, tal conduta foi praticada contra uma colega de trabalho, imaginem como devem tratar os desamparados.

      Não estou protegendo o violador la lei, que, uma vez agindo em ilícito, deve ser penalizado… mas para chegar a tal pena, o processo deve seguir os preceitos previstos na legislação, os princípios e, sobretudo, a Constituição.

      • a polícia é parte do executivo…

        • Colega, a polícia é sim órgão do poder executivo, mas é denominada polícia civil judiciária.

        • não mudou o que eu disse…

      • Desculpe, mas seu cérebro é mais lento que o meu…

        • vc deveria saber que existe deus …

      • Por conta desses ditos preceitos, o congresso hoje abriga um bando de corruptos e corruptores !!!

        • Por conta desses dito preceitos você pode sair na rua e se reunir com quem você quiser sem ter que se submeter a tratamentos vexatórios por parte da polícia.

        • Por conta desses dito preceitos você pode sair na rua e se reunir com quem você quiser sem ter que se submeter a tratamentos vexatórios por parte da polícia. 22222222

        • Nunca teve o carro batido por um militar trêbado, que convoca os soldadinhos para lhe darem “um pau” e lhe levarem prá delegacia…

          Ou teve sua casa invadida por que sua mulher estava praticando topless em sua piscina, e o filho do vizinho “meganha” brechou. O pai indignado veio para lhe prender.

          Sua liberdade caiu em seu colo, por causa que muita gente melhor que do que você, teve a coragem de arriscar a vida.

          Valorize. Tem gente doida para tirar de novo. Se acontecer, aguente calado. A porrada (ou bala) vem junto!!!

        • Depois de ler duas vezes, entendi o que o amigo estava falando O.o.

          MAs é poraí mesmo. Os ares da ditadura e despotismo sempre circundarão qualquer sociedade.

          Ainda mais uma com instituições tão frágeis quanto as nossas.

      • Esse delegado tem que ser espuo por cometer um grade erro expondo a moral de uma humana ele tem que ser ponido por abuso de poder porque ela nao se recusou a ser revistada isto e imoral insano onde esta o direitos humanos de são paulo

        • só um comentário..enquanto mutos ficam clamando por direitos humanos, menoridades,,,, recuperação de delinquentes .. os bandidos deitam e rolam…. sou da funap e infelizmente eu vejo menor matar e humilhar e são protegidos pelo famoso diretos humanos,,,, vejo fichas de diques estrupadores que são protegidos pelos direitos humanos …… a maneira como é feita as coisas que tem que se analisar, houve malicia…. teve alguma coisa que tivesse ligação a sexo, não não houve, …ninguém fez distinção do sexo…. homem ou mulher … naquela hora a escriva não era uma mulher em si e sim uma criminosa, não foi feito nada que lembrasse que aquela criminosa fosse uma mulher … é dificil de se explicar.. a ação é feito de uma forma como estava fragando um criminoso, … não se visou o sexo femiinino ou masculino.

        • só um comentário..enquanto mutos ficam clamando por direitos humanos, menoridades,,,, recuperação de delinquentes .. os bandidos deitam e rolam…. sou da funap e infelizmente eu vejo menor matar e humilhar e são protegidos pelo famoso diretos humanos,,,, vejo fichas de diques estrupadores que são protegidos pelos direitos humanos …… a maneira como é feita as coisas que tem que se analisar, houve malicia…. teve alguma coisa que tivesse ligação a sexo, não não houve, …ninguém fez distinção do sexo…. homem ou mulher … naquela hora a escriva não era uma mulher em si e sim uma criminosa, não foi feito nada que lembrasse que aquela criminosa fosse uma mulher … é dificil de se explicar.. a ação é feito de uma forma como estava fragando um criminoso, … não se visou o sexo femiinino ou masculino.

    • você pose considerar o principio da dignidade humana uma lorata, mas é bastante relevante juridicamente.

      A corrupção que esta mulher cometeu deve ser punida, de forma exemplar, mas um erro não justifica o outro, o delegado não poderia ter afeito o que ele fez, e colheu a prova de forma notadamente ilegal, viciando o flagrante, não sei se ao ponto de influenciar decisivamente no julgamentyo dela. Mas uma coisa é certa, o delegado deveria sofrer alguma punição disciplinar.

      Já vi muitos casos de notórios criminosos que formam beneficiados durante o julgamento, devido a forma inadequada que fora conduzido o trabalho policial. O que transparece nesse video é o descontrole do delegado, incompativel com a função que exerce.

      • Concordo com vc em gênero e número. Independente do q aconteceu ou do crime cometido por esta escrivã, faltou dignidade humana. Este tipo de humilhação não se faz, nem ao pior dos bandidos. Será q nuinguém aprende? Um erro não conserta o outro.

      • Concordo plenamente tanto com Edvaldo quanto com Fernando.

        Não nos interessa um Estado bandido, fora da Lei.

    • “É óbvio que os policias se precipitaram, poderiam ter esperado a presença de uma policial”

      Não poderiam. Isso descumpriria muito claramente o artigo 249, ao *retardar* a diligência.
      O delegado da corregedoria explica por que não permitiria que ela fosse revistada apenas pelas policiais: Vanessa estava acusando a todos de plantarem evidências nela. Ele não queria que ela acusasse tb aquelas policiais. A revista teria que ser feita na frente dele, oficial da corregedoria. Não havia uma policial da corregedoria presente. E esperar por uma iria retardar a diligência. Ação impecável. É feio, claro, porque foi à força. Mas teve que ser feito, porque a suspeita não cooperava.

      • nada na lei diz que é preciso ter um oficial da corregedoria presente, muito menos um homem observando a intimidade de uma mulher, isso desrespeita no mínimo 2 incisos constitucionais. Ele queria era satisfazer as fatasias sexuais dele usando a lei como desculpa.
        O Delegado sabe tanto de lei, pq mandou prender alguém por desobediência, quando a lei não prevê isso e ainda desrespeita a súmula vinculante 11?

        • Não é notado durante todo o procedimento, nada que indique que o policial da corregedoria estaria intentando satisfazer as “fantasias sexuais” dele. Isso é de um delírio espantoso. O comentário de Ricardo Dirani é perfeito. As policiais femininas se fizessem a revista seriam acusadas, como acabaram sendo, conforme demonstra-se ao final da gravação. O serviço foi bem feito, e dentro dos preceitos legais defendidos em todos os comentários. Lamenta-se apenas, o vazamento da gravação, que certamente deve ter sido produzido pela defesa dessa meliante, a fim de obter vantagem no processo que responde.

  • Mandei um email sobre esse assunto para o André Raboni, mas ainda bem que vocês colocaram.

    É Absurdo, grotesco, Ultrajante !
    Lamentável, agiram assim com uma escrivã, imaginem com pessoas comuns?
    Independente do erro da escrivâ, todos que participaram, direta e indiretamente deveriam ser exemplarmente punidos e o MPSP, que vergonha, não tomou uma medida quando da época do fato.

    • Imagina os PPP na mão da polícia??
      Todos os servidores do Estado devem agir com respeito para puder exigi-lo.

  • Eai como faz p/ se denunciar a Corregedoria?
    Lamentável que o órgão que possui a função de fiscalizar a ação da polícia, tenha procedimentos desta natureza.

  • Sinceramente, eu não sei pq as pessoas ainda se espantam com esse tipo de coisa. É como se espantar com um assassinato numa grande cidade brasileira.

    TODA SEMANA em algum lugar desse país aparece um “vídeo amador” mostrando atrocidades e barbaridades cometidas pela polícia no recinto das próprias delegacias de polícia. Já virou rotina há muito tempo.

    Isso é pra mostrar como estamos “protegidos”. Já não bastasse a brutal violência galopante nas cidades.

    O negócio é o cara rezar, e muito…

    • O que diferencia os bons dos maus, é a capacidade de sempre se indignar com cenas desta natureza.

      Jamais este tipo de coisa acabará enquanto achemos “comum”.

      Rezar só não vai adiantar. Abçs.

      Mas, no juízo comum, é por aí mesmo :( .

    • É verdade não tiveram respeito nem a uma colega de “farda”, imaginem se pegam cidadãos comuns como nós, o q aconteceria? Digo comuns como nós, porque há tambem inocentes na cadeia, servindo de “bode expiatório”. Alguma coisa deve ser feita!

  • “E o pior é o vazamento da gravação de um vídeo”??
    O vazamento é a expressão da verdade, Pierre.
    A verdade é mais importante que o vazamento.

    • Também estranhei essa parte Carlos. Na hora pensei: “o pior??? o melhor foi ter vazado, isso sim, senão estariam acobertados até hoje”.

      • Pois, Carrilho. Isso é um ponto relevante.

      • Pierre entende que o vazamento é ultrajante, justamente porque o vazamento é que causa o constrangimento maior, uma vez que o vídeo pode ser visto hoje por qualquer pessoa na internet. Como o processo deve correr em segredo de justiça, a não exposição do vídeo é garantia legal da própria acusada, estando disponível apenas para as partes e autoridades previstas em Lei.

  • O que tem vindo a tona é o que é filmado.

    O mais f0d@ é aquilo que rola longe dos olhos da maioria.

    Cada vez mais acredito menos na policia, onde a marginalidade esta infiltrada.

    O danado é que isso rolou em São Paulo, local onde a população “se acha” desenvolvida, primeiro mundo, etc.

    • “local onde a população “se acha” desenvolvida, primeiro mundo, etc.”

      Eu acho, assim, que isso tem um belo de um preconceito embutido.

      Mas enfim, isso acontece nos EUA. Lá eles dão graças a deus quando o policial chega na cavalice. Erros e má pessoas existem em todo lugar, não dá pra ficar querendo satanizar toda a instituição.

      Os cavalheiros do vídeo erraram e merecem punição. O respeito as leis é o que nos mantem longe da barbárie…

      • Se bem que…

        O Código de Processo Penal é bastante claro em relação a este assunto,
        “Art. 249 – A busca em mulher será feita por outra mulher, se não importar retardamento ou prejuízo da diligência.”

        “e não importar retardamento ou prejuízo da diligência.”

        E no final ela vai e diz, na cara de peroba, que foi fulaninha que tinha colocado aquele dinheiro lá…

        • Ué e o que a impede de dizer isso agora??? Dá na mesma.

        • @Carlos Carrilho: “Ué e o que a impede de dizer isso agora??? Dá na mesma”

          Não dá na mesma. Do jeito que ela queria, era a palavra dela contra a de duas policiais comuns. Do jeito que ficou, é a dela contra uma sala cheia de policiais e oficiais da Corregedoria.

          A Corregedoria existe exatamente para evitar esse imbroglio em investigações internas: de não saber quem está comprometido, o suspeito ou o investigador. Se você ouvir o audio, vai ver que falam que a revista tinha que ser assistida pela Corregedoria. Ficam um bom tempo falando que então teriam que esperar por uma policial feminina da Corregedoria. É nesse ponto que o Corregedor diz que não, que esse tipo de retardo na diligência é especificamente vedado pelo artigo 249.

          Meu, vamos usar bom senso: não é o cúmulo do cinismo protestar contra a exposição da intimidade quando se esconde provas de crime justo lá? Ela escondeu justamente para criar o constrangimento, para dificultar a busca. Corretíssimo o Corregedor, como atestou o oficial do MP que avaliou o caso à época. Vergonha do oficial da SSP que cedeu ao clamor popular agora.

        • Podes ver nas imagens que não dá pra saber se o dinheiro estava lá. Fica gente na frente da câmera na hora.

          Agora diz se ela não pode alegar que naquele momento o oficial da corregedoria não teria plantado as provas???

          Isso tudo se pode alegar. A maioria dos juízes criminais não caem nessa ladainha, não precisaria ter ocorrido como ocorreu.

          Foi como eu disse. Tirava aquele povo todo da sala. Pedia às mulheres que filmassem e procedessem à revista, pronto.

          Resolvido.

          Agora aquilo lá foi um circo.

  • Vale a pena dar uma lida nessa análise do caso, feita pelo Procurador da República Vladmir Aras:

    “Poucas vezes fiquei tão indignado com uma ação policial. Os “corajosos e destemidos” delegados que despiram na marra a escrivã V. F. S. L. produziram cenas tão vis e abjetas que me fizeram ter pena de uma corrupta. ”

    http://blogdovladimir.wordpress.com/2011/02/20/e-o-oscar-vai-para-parelheiros/

    • por mais errada que ela estivesse nada justificaria esta açao absurda e degradante nao quero defender a vanessa mais quem garante que o dinheiro estava com ela isto esta mais parecendo uma armaçao contra a vanessa que em momento algum recusou ser revistada e isto e muito feio para os nossos filhos e o nosso brasil

  • Não tinham nada que divulgar o vídeo realmente. Mas a mulher estava completamente errada. O Delegado não fez nada demais, não dava pra esperar uma policial chegar, e depois deixar as duas sozinhas para que ela fosse revistada, a revista tinha que ser feita na hora, e a vagabunda queria um pretesto pra depois alegar que o dinheiro não era dela e que colocaram lá. Ficou nua porque não quis entregar o dinheiro, parabéns ao delegado que fez a coisa certa.

    • “parabéns ao delegado que fez a coisa certa.”

      vc deve ta tirando onda com a nossa cara, né?
      existem meio LEGAIS para ser realizada a investigação. Não existem policiais e delegadas femininas no Estado de São Paulo?

      • Bicho, essa é minha opnião. Eu não estou nem um pouco preocupado com os diretos de bandido, porque pra mim ela é bandida. São graças aos direitos dos bandidos que a impunidade reina no país e que os bandidos comandam o tráfico de dentro das cadeias. Pra mim é mais um casinho pra mídia hipócrita, que fecha os olhos parante os verdadeiros problemas do país, explorar durante uma semana e depois todo mundo esquecer.

        • não acredito no que li

        • Ah tá, discordo totalmente de seu raciocínio, mas seguindo o mesmo, e o delegado não é bandido ?

        • como se o Delegado não tivesse agido como um bandido, pior estuprador, que queria satisfazer a própria lascívia..hehehe.

          sua opinião pode ser discutiva quando vocÊ a coloca em um fórum de discussão.

    • Rapaz, você tá no lugar errado deveria trabalhar naquela delegacia, faz bem seu gênero, troglodita civil judiciário com formação em desreipeitos civis e processuais!

  • “não dava pra esperar uma policial chegar”

    ???

    • Pois é,

      Parece até que as policiais ainda estavam no curso de formação e iam demorar pra chegar. uhauhauha. Só rindo de um quasímodo desses ¬¬.

      • Isso é o que dá, cadê o treinamento?!

        Primeiro que não dá pra se aceitar que um policial seja treinado em apenas 3 meses. Segundo, que é algo para ser continuo…

        • Isso não é falta de treinamento.
          É falta de humbridade.

  • Obs: TODOS os presentes cometeram crime e infrações administrativas.

    o policial, diante de uma ordem ilegal pode e deve ser negar a cumprir o determinado.

  • A divulgação do vídeo pode é gerar é uma indenização por danos morais para a “stripper”.

    Não tenho pena de bandido(a), mas indiscutível que o vídeo – e principalmente sua divulgação – mostra que não houve bom senso, apesar do excelente resultado obtido; até a gravação era feita por homem!

    Ah, sim, porque seria fácil esperar uma mulher da Corregedoria: porque as notas eram “marcadas” e ninguém ficaria com notas enfiadas nas roupas “sem sentir”.

    • no começo achei meio chocante mas ao ver a grande resistência dela, comecei a pensar ai tem, pois qem não deve não teme, se realmente ela fosse inocente ela mesma teria se oferecido para ser revistada, bem diante da câmera, (mostrando pois pior qe ficar pelada para provar a inocência, e ser chamada de corrupta e isso depois ser comprovado, isso sim foi constrangedor, por causa dessas facilitações(corrupção) é qe a criminalidade cresce cada vez mais, pois qem pode subornar não sofre represália

  • Me preocupa e indigna muito ler alguns comentários neste post.

    O Estado Democrático de Direito é depositário da confiança da sociedade, mas como a História nos ensina que o poder pode ser extremamente perigoso, esse mesmo Estado precisa seguir uma certa liturgia, no momento de agir, para que se evite abusos de poder.

    Nesse caso, a vítima era também culpada aos olhos do Estado e da sociedade, mas e se não fosse?

    Os Direitos Humanos servem justamente para garantir a dignidade das pessoas através de direitos fundamentais.

    Além disso, havia, sim, no local, duas policiais femininas e mesmo que não houvesse, não haveria prejuízo na investigação se o condutor da operação aguardasse a chegada delas.

    O vazamento, embora tenha servido para tornar público tamanho absurdo, também é condenável e ao contrário do que foi dito, temos sim que ficar indignados com este episódio de vil manipulação do poder delegado aos agentes da lei.

    “Se você é capaz de indignar-se a cada vez que uma injustiça é cometida no mundo, então somos companheiros!” (Ernesto CHE Guevara).

    • “Estado precisa seguir uma certa liturgia, no momento de agir, para que se evite abusos de poder.”

    • O amigo ia muito bem…..

      Mas precisa encerrar citando o Che guevara????

      Se as arbitrariedades e violencias praticadas pelo “companheiro” podem ser debitadas ao “calor da revolução” – embora tenham sido cometidas, na maioria dos casos, quando já detinha o Poder! – o Absurdo abuso do Delegado ( E CORREGEDOR!!!!!) podem ser postos na conta da tentaiva de proteger a sociedade contra uma funcionária corrupta….

      Assim, logo logo estaremos classificando a base de Gauntânamo de aprazivel colonia de férias que os EUA propiciam aos que são considerados – por eles – suspeitos de terrorismo.

      Há principios! Há valortes universais que devem ser observados por todos:Delegados, Presidentes, e até mesmo Revolucionários!

      • Correto, emanuel. Os caras pensam que guevera foi “o cara”. Tem outros que acham que Lula foi “o cara”, inclusive dizem: “po, mas foi o presida dos States quem falou”. ¬¬.

        Antes citassem Ghandi, ou qualquer outro que soube tratar com humanidade o ser-humano.

        • Não queiram comparar períodos históricos diferentes! Cada homem para seu tempo.

        • ai ai.

      • Revolução é igual a guerra, numa guerra, se mata ou se morre. Se está se referindo aos atos de violência num período de tomada de poder pelas vias da força, então compreende que naquele momento não existe Estado reconhecido pelo povo, que está tomando-lhe o poder por combater-lhe os abusos. O poder do Estado é proveniente do povo, que escolhe suas armas para lutar, portanto nesse caso, você está errado e o povo pode usar as armas que quiser para derrubar este Estado corrompido. É o povo quem dita as regras, amigo e se ele diz que vale a pena matar em nome de uma revolução, contra um Estado assassino como foi o de Fulgêncio Batista, nada mais justo!

        • Matar quando os inimigos já estão rendidos é crime em qualquer tempo, seja de paz seja de guerra.

          Era isso que tanto exército cubano quanto revolucionários faziam à época.

          Mas isso é papo pra outra oportuniodade ;) .

  • Isto é um fato lamentável e vergonhoso.
    Infelizmente o quadro é este mesmo. Claro
    que não são todos. Mas infelizmente uma
    minoria acaba generalizando a todos.
    Existe na corporação, policiais femininas,
    exatamente para fazer esse tipo de trabalho.
    Se o assunto é com mulheres, e precisa de ser
    passada em revista, convoca uma e não um
    policial. Ela tem que pagar pelo crime que
    comenteu, e exigir do MP que os dois
    delegados sejam também punidos por esta
    arbitrariedade. É realmente lamentável

    • “Art. 249 – A busca em mulher será feita por outra mulher, se não importar retardamento ou prejuízo da diligência.”

      O ato é, ligeiramente, autorizado por LEI.

      Veja, “SE NÃO IMPORTAR RETARDAMENTO OU PREJUÍZO DA DILIGÊNCIA”.

      O corregedor vai e diz: “vou fazer a diligência agora, se for levar ela pra corregedoria ela vai dizer que a prova foi plantada! Eu conheço essa história” (não tá ao pé da letra)

      No final, a srta. peróba vai e diz: foi fulaninha que butou.

      Aí eu mudei a opinião ao ver o art. do CPP e analisar o vídeo…

      • Mais estavam filmando e prá que existe telefone e pessoas presentes era só ligar e chamar, ela poderia alegar o que fôsse, não temos conhecimento de como foi o flagrante ou se houve? antes do video.
        Existem um contexto que precisa ser analisado, Mesmo assim a conduta foi reprovável.

        • Veja, “SE NÃO IMPORTAR RETARDAMENTO OU PREJUÍZO DA DILIGÊNCIA”. Tá na Lei.

          A Lei permite esse arbítrio…

          Se precisa de todo um contexto para tentar salvar a pele deles, também precisa-se do mesmo contexto pra condena-los…

          Lembrem-se, eu acho difícil a corregedoria ter ido bater lá na primeira vez que ela cometia o delito…

        • Forçando a barra Laccosta??? desvirutando texto de lei em proveito da própria tese???

          Coisa feia.

          Tinha mulheres no momento, as notas eram marcadas e estavam filmando. Certamente não era o caso previsto na lei de retardar ou prejudicar a diligência. Certamente não era.

        • desvirtuando*

        • Desvirtuando?!

          Então me diga, o que é retardar Carrilho, me diga lá…

      • Busca pessoal é BEM DIFERENTE de revista íntima.

        • Retardar é tudo que postergue algo que deva ser feito em determinado momento.

          Ou então:

          v.t. Fazer chegar mais tarde; tornar tardio; enfraquecer a marcha de; atrasar, demorar: o analfabetismo retarda o advento do progresso.
          Diferir, protelar, delongar, adiar, procrastinar: a insegurança retardava a partida do rapaz.

          V.pr. Chegar mais tarde; caminhar lentamente; demorar-se: os soldados retardavam-se pelas aldeias.

          A questão é que tendo mulheres presentes, nada haveria de retardo ou prejudicialidade à diligência.

          O artigo em comento vem ao encontro do que prediz a CF/88. E, por isso mesmo, a 2º parte deve ser entendida como nos casos em que REALMENTE OCORRA tais prejuízos ou retardos.

          Se você quer aplicar a mim o que disse em outro post sobre gostar de incitar a controvérsias. Desista.

          Acho muito pouco controvertido o que os corregedores fizeram. Qualquer um com o mínimo de bom senso sabe que aquilo que fizeram não se faz.

        • Não é pra vc a resposta, Rato.

        • Rapaz, o oficial, o corregedor tinha que acompanhar SIM a revista.

          No final, a santa ainda disse: foi fulaninha que botou aí!

          E tu queres que eu tenha pena?! Ou que eu invalide a previsão legal por considerar constrangedor?!

          Tanta coisa pode ser constrangedor, mas ainda assim TEM que ser feita… Se ficarmos no chororo, quem perde somos nós…

          Afinal, é constrangedor prender alguém numa cela feita para 4 pessoas com 40 outras pessoas… E mais uma infinidade de coisas…

        • Carrilho, nobre colega, tenha paciência.

          Não precisa querer arrancar as minhas tripas só porque tenho uma opinião diferente.

          A gente sempre é ensinado que cada caso é um caso.

          Não acredito que o meio pra diminuir a criminalidade é com um sistema prisional forte. Mas, também, penso como Cap. Nascimento, não que bandido bom é bandido morto, mas que a lei é uma tarefa e deve ser cumprida.

          No mais, não vi ilegalidade nenhuma. Já que o artigo é claro e deixou ao arbítrio da autoridade policial o que fazer. Retardar, como você disse, é qualquer coisa que possa atrasar a diligência… Qualquer coisa…

        • humrum. já que vc tá querendo tirar ondinha, e já que eu conheço esse tipo de postura que vc está tomando, vou me abster de ficar replicando. Afinal, se não quer ler o que eu escrevo, pra que vou escrever?

        • Tirar ondinha não, Carrilho.

          Querendo que você se acalme.

        • Ok.

  • uma coisa é clara, o caso além de configurar crime é motivo para exoneração dos Delegados e, quem sabe, de todos os presentes que participaram ou deixaram o abuso de poder ocorrer.

    no mínimo, do ponto de vista administrativo, cabe uma suspensão dos envolvidos indiretamente e exoneração dos que praticaram o arbitrariedade.

    como foi dito acima, “e se a mulher fosse inocente?”. Imaginem os abusos com desconhecidos, pobres, indefesos, mulheres pobres.

    PMs em Recife, ao lado do fórum, tentaram fazer um homem fazer sexo oral, o que não podem fazer com uma jovem pobre e bonita?

  • Se a gente não se indignar com a violência e a arbitrariedade dos policiais contra suspeitos presos, eles vão achar normal e começar a praticar violência e arbitrariedade contra outros policiais pegos com a mão na botija. Se não nos indignarmos, eles vão fazê-lo contra juízes e promotores…com qualquer um de nós…. e assim por diante.

    • Pra que tanta discussão do que está na lei, do que não está, do que é moral ou imoral?

      A lei, a constituição, as normas são rasgadas diariamente neste país.

      Isso não vai dar em por… nenhuma mesmo.

  • Sobre o ENEM de 2009, TCU:

    Ex-diretores do Inep são condenados a pagar multa pelo vazamento da prova do Enem 2009

    Roberta Lopes
    Repórter da Agência Brasil

    O ex-Diretor de Avaliação da Educação Básica Heliton Tavares e o ex-Coordenador-Geral de Exames para Certificação Dorivan Gomes, do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), foram condenados pelo Tribunal de Contas da União (TCU) a pagar multas de R$ 5 mil e R$ 3 mil, respectivamente, por falhas na fiscalização das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2009.

    A decisão determina ainda que o Inep deve dar, em 15 dias, contados a partir do conhecimento da decisão, explicações sobre os valores ressarcidos ao consórcio Connasel, na contratação emergencial para aplicação da segunda prova do Enem daquele ano.

    Segundo o documento, houve falhas na inspeção, por parte do instituto, quanto às medidas de segurança que a gráfica responsável por imprimir as provas deveria tomar. Entre elas, estavam a falta de câmeras em locais estratégicos, a não assinatura do termo de sigilo pelo pessoal da gráfica envolvido no manuseio da material, o número excessivo de pessoas envolvidas na tarefa e a não separação do pessoal que manipulava a prova do restante do pessoal da gráfica.

    O relatório informa que o acompanhamento das medidas de segurança in loco terminaram em 28 de agosto de 2009. Depois disso, houve apenas contatos telefônicos reiterando a necessidade de que as medidas de segurança fossem tomadas. O contrato entre o Inep e o consórcio previa que este era responsável pelas medidas necessárias ao sigilo dos dados relativos a prova.

    A reportagem procurou o Inep, mas até a publicação da matéria não recebeu retorno.

    Fonte: Agência Brasil

    • ???????

      • Aqui ainda não tem uma área destinada a notícias novas. Então, assim como outros fazem por aqui, inclusive você, quando tem uma reportagem que eu gostaria de compartilhar com vocês, eu trago para cá.

        • Pois é. Eu tinha visto, valews, Laccosta.

        • Beleza!

  • VEJAM DO QUE A POLICIA É CAPAZ? VEJAM TAMBÉM QUE ESTA SENHORA TEM UMA PATENTE RESPEITÁVEL DENTRO DA UNIDADE POLICIAL E QUE NÃO FOI RESPEITADA. POR OUTRO LADO, UM ERRO NÃO JUSTIFICA OUTRO, O ACONTECIDO, COM A TAL SENHORA, NOS DEIXA PERPLEXO COM TAMANHO VANDALISMO E EXCESSO DE AUTORIDADE.

    ESSE ACONTECIMENTO POLICIAL ME LEMBRA, DAS CRIANÇAS QUE FORAM OBRIGADAS A DEITAREM NO TAXO DE ÁCIDO POR ESTAREM ROUBANDO UMA MANGA PARA SE ALIMENTAREM. FATO OCORRIDO, NA AV. SUL, EM CARNAVAIS ANTERIORES.

    PRESTEM BEM ATENÇÃO NAS POLICIAS???

  • Pessoal, sinceramente…

    Eu posso estar errado – na verdade, tenho certeza de que estou! – mas, depois de ver todo esse teatro dessa atriz de quinta, confesso que estou conformado pelo meu erro.

    Dai a César o que é de César.

    Me perdoem todos.

  • Imaginem se essa mulher que foi revistada, abusada e humilhada, fosse filha de um desembargador ou de alguém da corregedoria? será que aconteceria isso? E se acontecesse, esse policial iria pra degola! Pena que o sistema judiciário no Brasil ainda caminha como nos tempos do “filho do Rei”. Pra quem é filho do rei existe dignidade humana, lei disso ou daquilo. Tenho certeza que se aquele rapaz que foi agredido na praia de Piedade, recentemente, por policiais Pernambucanos, fosse um filho de algum promotor do Ministério Público de PE, todos os policiais e seus parentes até a última geração, iriam sofrer retaliações…

    Corrupção tem que ser combatida em qualquer esfera do serviço público, mas sem uso do abuso de poder, seja civil ou militar. Ver cenas como essas me faz ter nojo do Brasil…

  • Calma, gente…

    Daqui a pouco é carnaval e tudo isso vai virar história.

    A propósito, Ivete vai fazer show em Recife?

    • Vai, junto com com Elba Ramalho no Municipal :P .

  • Tudo bem, se os delegados desconfiavam que ela estava com $$$$ escondido por trás das vestes e que queriam um flagrante, ué, porque então não mandaram as policias femeninas que estavam presentes revistar a moça como manda a lei ? estranho, muito estranho.
    É como disse o Rodrigo Galindo acima, se fosse uma filha de um desembargador, juiz ou outra qualquer, duvido que os delegados agiriam assim.

  • ESSES TARADOS CORREGEDORES QUERIAM VÊ UMA VAGINA? E PODER CONFRONTAR COM A DÁ MULHER E DA FILHA, TALVEZ AS QUE ELES TENHAM EM CASA SEJAM VERTICAL. ISTO MERECE UMA PUNIÇÃO TOTALMENTE RIGOROSA.

    ONDE ESTÁ MARIA DA PENHA?

    QUAL A POSIÇÃO DA PRESIDENTA DILMA?

    A OAB QUE EM TUDO SE FAZ PRESENTE, QUAL SUA POSIÇÃO?

    ESTA SENHORA, VAI PRECISAR DE ACOMPANHAMENTOS
    MÉDICOS PSICOLÓGICOS, PARA SOBREVIVER FUTURAMENTE, E APOIO FAMILIAR INTEGRAL. REALMENTE CONSEGUIRAM DESMORALIZAR ESSA POLICIAL ATRAVÉS DO MAIOR VANDALISMO. ACHO QUE TAL SITUAÇÃO NÃO DEVE FICAR SOBRE RESPONSABILIDADE DE IVETE E CARNAVAL. CASOS SÉRIOS DESMORALIZAM TAMBÉM AS INSTITUIÇÕES LEGAIS.

    • Que que a lei Maria da Penha tem a ver com a história????

      E calma lá, não vamos querer santificar a bandida. O pior tipo de bandido que existe, o policial que recebe dinheiro para não fazer o seu mister.

      Um erro não justifica o outro, mas ela não vai precisar de médicos por causa da abordagem dos corregedores não, vai precisar de médico para tentar mudar a mente criminosa dela.

      Punição para todos os que se julgam acima ou à margem da lei.

  • Ao ver o vídeo tive a impressão de que policiais femininas tiram a calça da mulher e o delegado assiste e pega o dinheiro, não sei se a lei determina que a revista seja feita em recinto fechado com a presença somente de mulheres, é comum vermos mulheres policiais revistando outras mulheres na presença de policiais homens. Mesmo que a lei esteja ao lado do delegado ele poderia ter tido o bom senso de pegar uma toalha e pedir as PM femininas que fizessem uma barreira enquanto a suspeita tirasse a roupa dessa forma não haveria como ela se livrar da prova uma vez que estaria no recinto, nua mas sem exposição. É isso que dá pagar o pior salário de delegado do Brasil, só pega a restia da restia.

    • Em Sampa é o pior salário?????

      • Por incrível que pareça é o pior salário de delegado do Brasil, vi uma reportagem onde delegados que vieram do interior tinham alguns que moravam na delegacia!!!

        • LOL

  • A lei maria da penha não tem nada a ver com o caso.

    Fiquei perplexa, assim como todos, ao ver o vídeo.

    Envergonhada e assustada, mas alguns comentários me deixaram ainda mais revoltada.

    A moça foi, evidentemente, vítima.

    Mas, pelo amor de deus, isso não faz dela uma coitada, pobre e oprimida. Ela é tão corrupta quanto os demais agentes presentes na sala. Aliás, trata-se de crimes diversos e, na minha opinião, a corrupção da qual a escrivã foi participante foi capaz de me dar mais nojo do que a atitude enervada, autoritária e prepotente dos demais agentes policiais.

    Prestem atenção como ela reage às acusações, muito esperta em todas as colocações.

    Eu, como membro da polícia, ficaria revoltada ao assistir o discurso de “coitadinha” que ela fez, tentando, na verdade, se escusar das acusações e obstar o cumprimento da diligência (queria fazê-los de idiotas?!?). Não esqueçam: ela não queria tirar a roupa porque estava com vergonha, mas pura e simplesmente porque SABIA que seria presa em flagrante delito e PONTO.

    Não se enganem, não existia policial amador ali capaz de conduzir as investigações àquele ponto sem ter a certeza absoluta do crime cometido pela “acusada/vítima”.

    A lei, entretanto, existe para isso. Os policiais se excederam (e muito) e acabaram por violar garantias fundamentais da acusada (infelizmente) e, pois, deverão ser punidos por isso.

    Mas, me perdoem, não consegui sentir pena.

    • Nem eu Marcela. Mas o erro dos investigadores foi patente e não pode ser deixado de lado.

  • É assistindo uma cena dessa que constatamos o real despreparo da polícia brasileira. Como um profissional que deveria ter como principal característica a tranquilidade e o equilibrio pode agir de maneira tão grosseira e amadora? Ninguém precisa de conhecimento jurídico para saber que isso tá errado, só de usarmos o senso comum identificamos que esse delegadoo está totalmente equivocado. Eh desse jeito tá dificil delegado dando um exemplo desse.

  • Eu não conheço nada de Direito, eu não sei dizer se o policial fez a coisa certa ou errada perante a lei. Como a lei brasileira é uma porcaria, sem objetividade nenhuma, sujeita a inúmeras interpretações, cabe aos juristas discutirem isso. Minha opnião é pessoal, acho sim que o delegado fez a coisa certa, e mesmo ele pegando o dinheiro na frente das câmeras, ela ainda tentou alegar que o dinheiro não era dela. Ficou nua porque quis, bastava entregar as notas e ponto final, ela queria arrumar uma saída pra se livrar dessa. Ninguém abusou dela sexualmente, ninguém queria ver ela nua, os policiais queriam revistá-la. Não vi nada demais na ação do delegado, que estava ali tentando fazer o seu trabalho.

    • É porque ele é tratado como homem e não como uma autoridade que representa o Estado.

      Tem uma diferença aí. Tratam-no como homem e não como profissional.

      Depois de assistir ao teatro, qualquer um fica com pena de qualquer bandido…

      Seja os nardoni, seja richtofen(sei lá como escreve). O teatro é comovente…

      • Pronto, agora ele arrumou outro argumento para tentar basear sua defesa. O cara não é homem, é um representante do Estado ¬¬.

        E como os legisladores não sabiam disso, e também não possuem legitimidade para criar as leis brasileiras, INCORRETAMENTE, segunfo Laccosta, dispuseram sobre tal fato.

        “Art. 249 – A busca em mulher será feita por outra mulher, se não importar retardamento ou prejuízo da diligência.”

        É, eles estavam equivocados. Deveriam saber que nessas horas, não existe homem e mulher, apenas representantes do Estado.

        Agora quando a irmãzinha ou a priminha for pega em atitude SUSPEITA, o PM da Rocan vai deixar ela nuazinha para verificar se tá tudo bonitinho. Afinal, ele é representante do Estado.

        Faça-me um favor.

        • Pensando no prejuízo do ATRASO na diligência, ou seja, o RETARDAMENTO, o legislador incluiu isso:

          “se não importar retardamento ou prejuízo da diligência.”

          Uma condição.

        • Putz.

  • Suponhamos ela sendo uma juiza, o valor recebido fosse R$ 200.000,00 e o beneficiado uma empresa, um traficante, um banqueiro… Com certeza o tratamento seria completamente diferente. Seria mais ou menos assim — Bom dia excelentissima doutora juiza, posso ajudar em alguma coisa?
    Pior é ler comentários de alguns moleques.

    • Face o corporativismo presente nas instituições, é inacreditável que ele não tenha chamado ela de EXMA…

      • você está escrevendo o q relamente pensa, ou está tirando onda com a nossa cara?

        • E só existe corporativismo no judiciário?!

          Há 15 anos você veria algum policial sendo punido por abuso de autoridade?!

          Eu acredito que não…

          Duvido que se fosse na década de 90 eles teriam feito algo contra ela, pra início de conversa…

  • CAROS SENHORES.

    RECENTEMENTE O DESPREPARO DA POLICIA AGREDIU UM DEFICIENTE FÍSICO, POR CONTA DE EXCESSO DE AUTORIDADE.

    ATUALMENTE, OS MESMOS POLICIAIS AGRIDEM UMA SENHORA POLICIAL DE PATENTE ESCRIVÃ. SE FALO OS MESMO, É POR QUE NO MEU ENTENDER OS POLICIAIS SÃO PARA SALVAR GUARDAR TODA A SOCIEDADE E SUA INTEGRIDADE FÍSICA.

    POR NENHUM MOMENTO PASSOU EM MINHA MENTE A CONDIÇÃO DE PENA OU SENTIMENTO SEMELHANTE, SEMPRE PROCUREI TRATAR AS COISAS COM AS DEVIDAS LINGUAGEM ATUAIS. QUE É CIDADANIA?

    O IRMÃO DO DEPUTADO FEDERAL, JOSÉ GENUÍNO, ENCHEU A ZORBA DE DINHEIRO COM VALOR SUPERIOR, E NINGUÉM ALGEMOU BOTARAM AS MÃOS PARA TIRAR O DINHEIRO.

    A TAL SENHORA, REALMENTE ERROU. LIVROU-SE DO ERRO COMETIDO, QUANDO INVADIRAM SUA PRIVACIDADE DE MULHER… E LEVARAM O FILME DO VANDALISMO AOS QUATRO CANTOS DO MUNDO, ACHANDO-SE QUE CUMPRIRAM O DEVER.

  • Uma coisa é se falar em arbitrariedade, abuso ou mesmo desvio de finalidade por parte dos agentes policiais.

    Outra coisa é o caráter iminente da frustração de um flagrante em função de uma presumida arbitrariedade.

    Se a ocorrência do flagrante dependia INCONDICIONALMENTE dessa revista, não a vejo como abusiva.

    Se houvesse, no entanto, uma REMOTA suspeita do ilícito, aí sim, a conduta dos agentes teria sido ilegal ou, no mínimo, inadequada, o que, pelo visto, não foi o caso.

    Fora isso, a moça também não parece ser nenhuma Madre Teresa.

    • É, mas eles poderiam ter evitado. Bastava manter a câmera e as policiais fazendo a revista.

      Agora veja no que deu:

      http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2011/02/secretario-afasta-corregedores-que-aparecem-em-video-de-ex-escriva.html

      Laccosta, você tem muito que aprender ainda. Uma hora defende que se atue dentro da lei, outra hora aceita um absurdo desses sob o pífio argumento de que a lei deixou ao arbítrio do policial dizer se o caso seria retardar ou prejudicar a investigação. Mandou às favas os preceitos fundamentais da dignidade da pessoa humana.

      Agora ela está se fazendo de pobre coitada e pode até ganhar uma bela indenização por causa de uma atitude ilícita dos policiais.

      Parabéns para eles ¬¬.

      • Apesar de concordar em alguma coisa com esse afastamento, acredito muito, mas muito mesmo que ele tem um forte caráter político e midiático.

        O interesse do Secretário é não queimar seu próprio filme ante a imprensa e a população em geral já que a tendência em geral da população é ficar a favor da mulher num caso como esse.

        • Concordo com Eduardo Cunha.

        • É óbvio. E só quem ganha com isso é aquela marginal que foi presa em flagrante.

          Por isso que o policial tem que andar dentro da lei, jamais menos e jamais além do que a lei permite.

          Mesmo que a mulher fosse claramente culpada, caberia ao corregedor agir com cautela, com prudência.

          Viu no que deu.

        • A prudência dele foi não ter feito o que fizeram no onibus 174.

          Na minha opinião, não há celeuma aqui.
          A dignidade dela foi abalada?! Sim. Mas, sob esse argumento, ser preso pode afetar a dignidade. O que vamos fazer, acabar com as prisões?!

          Decretar algemas para os pobres, enquanto o banqueiro rico é só conduzido?!

          A imagem é chocante, sim. O teatro é o que torna as coisas piores. Ela optou pelo teatro, para sensibilizar, com isso abriu mão de sua dignidade e de sair com a cabeça erguida, pois se já tivesse se entregado evitaria o vexame.

          Eu, sinceramente, não vislumbro tamanho celeuma na questão, tendo em vista a atitude da escrivã que, inclusive, sabe qual é o procedimento…

          Provavelmente estou errado, mas até agora não consegui me sensibilizar…

        • “Mesmo que a mulher fosse claramente culpada, caberia ao corregedor agir com cautela, com prudência.”

          Concordo. Mas caberia ao Carlos Carrilho determinar o que é cautela e prudência? Ou talvez… *AO MINISTÉRIO PÚBLICO*??

          Damn!

        • Caberia ao policial, mas ele não o fez.

  • Independente da lei e suas interpretações, o fato é que no Brasil somente o lado fraco é escolhido como bode expiatório e dança. Neste caso, tanto a escrivã como os “doutores” cometeram erros. Quem é o lado mais fraco ? Quem dançou?
    Há alguns dias, aqui em PE, um delegadozinho que não lembro o nome indiciou um rapaz que trabalhava em uma empresa terceirizada de call center em função da morte de duas jovens em um rombo feito pela Compesa (algo que já estão acostumados). A compesa fez o buraco, teve morador da área que ligou e a compesa foi omissa e depois que as jovens morreram o delegado afirmou que indiciou o jovem porque ele não escreveu “urgente” na solicitação. Totalmente surreal. Coisas que só acontecem no Brasil. No Brasil, apesar de toda complexidade de nossas leis, que dão margem à várias interpretações, no final a que define tudo é essa: O mais fraco é quem se fode!

    • Infelizmente, é isso mesmo.

    • “Independente da lei e suas interpretações, o fato é que no Brasil somente o lado fraco é escolhido como bode expiatório e dança. Neste caso, tanto a escrivã como os “doutores” cometeram erros. ”

      Mas aí você não está falando independentemente da lei e suas interpretações. Está falando de uma interpretação muito particular, na qual o corregedor não tinha autoridade para revistar a suspeita.

      Interpretação não partilhada pelo Ministério Público, que há época recomendou o arquivamento do caso contra os delegados.

      Só agora eles foram exonerados, pela Secretaria da Segurança Pública. Resta alguma dúvida de que a exoneração foi por critérios políticos, e não jurídicos? Este board mostra bem o custo político de apoiar a ação dos corregedores. Exonere-se os corregedores, acalme-se os experts jurídicos de fim de semana.

      • Eles não foram exonerados, foram afastados.

        E apoiar a atuação deles naquele momento (podem ser ótimos policiais, mas erraram naquele momento) só serviria par acalmar os justiceiros de plantão, que querem quem comete crimes levando tapa e sendo humilhado.

  • A atitudes dos delegados-corregedores me causam mais repulsa do que o delito da escrivã.

    Não se pode resolver um crime cometendo outro maior.

  • Prezados,

    Posso ser um pouco repetitivo em relação ao que os colegas citaram, pois não tive tempo de ler todos os posts.
    Sempre soube que na polícia houve corrupção e abusos, o que temos é maior acesso à informação.
    É louvável fazer valer a lei e fiquei orgulhoso em saber que o “lado negro” não é unanimidade dentro do sistema. Porém condeno a atitude dos mesmos, pois foram irracionais e desumanos.

  • Putz Grilla!!
    Acultura machista impera na maioria dos comentários, assim fica dificil.
    Para alguns o Membro do Ministério Público nunca erram?
    Juiz também?
    Foi constrangimento e humilhação, foi!
    Um erro não justifica o outro, faltou paciência e inteligência, sei o que é abuso de autoridade, principalmente por parte de delegado, conheço um que é truculento e arrogante e numa situação dessa, só faltava enfiar o dedo nas parte íntimas para ver se a prova do crime estava lá.
    Se isso acontecesse, muito pervertido que posta aqui iria logo para o banheiro se masturbar.
    Freud explica, a lei não!

  • Pau de arara , choque elétrico, sufocamento por saco plástico, afogamento em bacia sanitária cheia de excremento, Tonel de agua gelada, choque elétrico, despir a pessoa, etc, que mais?
    Policia inteligente é assim!

  • http://www.jornalfloripa.com.br/brasil/index1.php?pg=verjornalfloripa&id=2484

    SP: polícia confunde rapadura com crack e algema professora

    Uma professora de 26 anos foi detida pela polícia por engano, enquanto fazia uma viagem de São Paulo para a cidade de Ourinhos, no interior do Estado, na sexta-feira. Os oficiais pensaram que havia drogas na rapadura que ela carregava em uma sacola plástica, suspeita que foi desmentida após a verificação do doce.

    Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública, os policiais pararam o ônibus em que a professora estava durante uma blitz de rotina para verificar a bagagem dos passageiros. Um dos oficiais encontrou a peça de rapadura que a mulher levava e afirmou que o material consistia em vários quilos de crack em tablete do doce.

    A professora foi algemada e encaminhada para a base da Polícia Rodoviária, onde as buscas foram aprofundadas e foi verificado que não havia drogas na rapadura. A mulher foi liberada e retornou ao veículo para terminar a viagem.

    O caso foi registrado na Delegacia Seccional de Ourinhos. Mais tarde, em uma nova abordagem na estrada, uma mulher foi presa em flagrante com dois tijolos de crack.

    • Os policiais, mais uma vez, são vencidos pelo cansaço e quantidade de criminosos atuando.

      Preferiram averiguar se aquela rapadura não seria crack, em detrimento dos direitos e garantias fundamentais daquela senhora.

      Inclusive violando a súmula do STF que impede a utilização de algemas em casos em que não houver perigo à vida dos policiais e de terceiros.

      Qual seria o perigo??? ela jogar rapadura no quengo dele???

      Procê ver como seria um Estado-policial.

      • Aff CARRILHO.

        Aff…

        Então o Estado não pode deter mais ninguém para averiguação né?!

        Agora eu começo a entender a posição de um Des. do TRF 5º, professor da católica, que defende o Estado nesse tipo de coisa.

        O exemplo dele foi mais escambroso, defendeu que o Estado não devia punição por ter prendido alguém por engano, pois se não fosse possível deter ninguém, iria virar uma bagunça…

        Não vi nada demais e não vi nenhuma ferida as garantias constitucionais.

        E, como um outro professor falou, a súmula vinculante não tem poder normativo sobre o poder executivo. Então, mesmo com súmula no assunto, o executivo faz o que tem na lei. Pois a ele só é permitido fazer o que está nela e súmula, apesar do poder normativo não é lei…
        Além do que, esse é o típico caso de norma sem efetividade…

        • “Então o Estado não pode deter mais ninguém para averiguação né?!”

          Da forma como o fez, não, não pode.

          E a súmula se aplica sim ao poder executivo.

          Corrija seu nobre professor, o qual te ensinou errado ou vc entendeu errado.

          Art. 2o O Supremo Tribunal Federal poderá, de ofício ou por provocação, após reiteradas decisões sobre matéria constitucional, editar enunciado de súmula que, a partir de sua publicação na imprensa oficial, terá efeito vinculante em relação aos demais órgãos do Poder Judiciário e à administração pública direta e indireta, nas esferas federal, estadual e municipal, bem como proceder à sua revisão ou cancelamento, na forma prevista nesta Lei.

          http://www.planalto.gov.br/ccivil/_Ato2004-2006/2006/Lei/L11417.htm

          E isso é lei.

          Abçs

        • Certo, certo.

          De fato, hj de manhã fui pesquisar sobre o assunto e dei de cara com isso. De fato, súmula vinculante tem poder normativo frente a administração pública direta e indireta.

          De fato.

          Se lembra quando o STF resolveu normatizar o uso da algema?! Foi quando um grandão apareceu algemado…

          Palhaçada.

          Esse tema não cabia ao STF legislar.

          Por isso eu me borro de medo com esse poder dado ao STF.

          Me borro mesmo.

          Como te falei, eu era a favor de uma interpretação mais hermenêutica, aí vem o STF e legisla descaradamente defendendo interesses outros que não o público, e aí?! Aí que eu comecei a ver o perigo desse poder dado ao nosso STF. Se ele fosse só um tribunal que só tratasse de matéria constitucional, mas não… Esse poder legiferante de um órgão supremo, que ninguém pode revisar suas decisões além de ele mesmo, que é composto por um grupo político brasileiro, ou seja, representam os interesses mais espúrios da sociedade, é temerário.

          De qualquer forma, outro dia outro professor estava explicando porque tem lei que pega e lei que não pega. Diferenciou eficácia de efetividade. E aí, essa súmula é claramente inefetiva. Eficaz sim, efetiva, não… É isso que você vê na prática, o uso de algemas.

          Mas isso não diminui ninguém. Se isso fere a dignidade é porque nosso povo é tão mal ensinado que não sabe que a condenação só vem depois do processo regular. Tá lá na Constituição, inocente até que prove o contrário…

          Ah sim, voltando, admitindo o meu erro, mas vejo essa norma como inefetiva, como expliquei, e concordo com o uso de algemas SIM…

          E nesse caso não vi nenhuma ferida aos direitos da senhora..

        • No caso do video, tinha que algemar mesmo. E no da professora, a priori, não havia por que.

          Mas certamente, Laccosta, súmula vinculante é o maior absurdo criado em terras tupiniquins nos últimos 100 anos.

          A súmula impeditiva de recurso ainda acho errada, mas os fins são nobres. Agora, vinculante????

          é bronca.

          ainda mais sabendo como os nobres Ministros chegam a suas cadeiras. ¬¬

        • Carrilho, quanto mais a gente pensa, mais a gente se preocupa…

          Hj na aula um aluno elogiou o fundador do facebook de inteligente. Lá ele disse que uma revista considerou ele o homem do ano…

          O professor foi veemente dizendo que o cara não prestava, era um “pulha”. Outro site, mais sério, relatou que ele era o “asshole” do ano…

          Na minha opinião está corretíssimo o professor. Um cara precisa de inteligência pra passar as pernas nos outros, fato. Daí a gente TOLERAR isso e dar IBOPE pra um ladrão é uma completa inversão de valores… ainda foi eleito o homem do ano?! Agora é pra aplaudir o imoral?! Como é isso?!

          Voltando, agora que li seu comentário me lembrei que quem escreveu o prefácio do livro de Lênio-Streckt foi Luiz Fux. Ele defende o uso da hermenêutica… Vamos ver se ele vai usa-lo pra defender a sociedade ou pra justificar certas aberrações que o STF costuma cometer…

          Quanto as algemas na professora não vejo nada demais. Sabe?! O problema é que nosso estereótipo é tão estúpido que a galera condena assim que algema.

          Agora, opinião própria:
          E eu acho que se o preso tá indo de bom grado, tá cooperando, não tem pra que algemar mesmo não… Acho, também, que os policiais sempre algemam pelo baixo treinamento que tem… Basta uma reflexão pra entender pra que serve a algema e quem deve ser algemado… (foi num passado recente que eu me toquei da utilidade da algema e cheguei a essa conclusão)… A medida do STF foi só pra proteger fulano. Caso fulano seja algemado e filmado já pode garantir uma graninha do Estado…

          Ê Brasil…

          Ame-o ou deixe-o…

        • Exato. Algema é pra impedir fuga e proteger a vida dos policiais e terceiros.

          Professora com rapadura ser algemada para ver se é bandida???

          Invertemos a presunção de inocência???

  • O DELEGADO corregedor passou do limite, isso fica mais que claro. Pior é o Delegado titular da delegacia que permitiu tudo e ficou caladinho da silva. Imagina se fosse a mulher dele nessa situação ???? Ele gostaria de saber que todos os homens da delegacia viram a “piriquita” da sua mulher ? CLARO QUE NÃO. Existia mulher na sala e elas que deveriam fazer a revista retirando a roupa. Imagina se o Delegado não encontra o dinheiro, como ficaria a questão ? E mais, qualquer pessoa só é considerada culpada após o devido julgamento, até lá não. ISSO Mostra o Completo despreparo do Aparato Policial. Verifica-se no vídeo que em nenhum momento ela se negou a ser revistada, apenas exigiu o cumprimento correto da legislação. ABSURDO !! Até onde vamos com esse tipo de atitude arbitrária ?

  • Delegado tarado tira a roupa de escrivã em um ato brutal e covarde.
    Esse torturador ainda estar solto?

  • Gente, acabei de ler que os policiais foram afastados.
    http://jc.uol.com.br/canal/cotidiano/nacional/noticia/2011/02/21/delegados-que-aparecem-em-video-de-exescriva-sao-afastados-258317.php
    Infelizmente, no Brasil, as coisas só andam quando se toma a proporção que tomou. Um absurdo!!!

  • Nesse país, que vive um momento mágico, não vai acontecer nada, nem com a galega, nem com os delegados.

    lula, o mágico (transformou o país em merda), o amigo e irmão de Kadhafi, instituiu a esculhambação e a impunidade.

    • Antes de Lula, essas coisas não existiam, né??? ai ai.

      • Ele, como bandido catedrático, apenas aperfeiçoou o sistema.

        • É muita alienação.

    • Meia volta volver… Sentido… Marcha soldado cabeça de papel quem não marcha direito vai preso pro quartel. Sargento Pincel, tu ta doido? Vôte!

  • Acabei de ler que os delegados foram afastados, mas será que se o video não fosse para net eles seriam punidos? O triste é saber que a segurança está representada por pessoas tão despreparadas. Agora provavelmente o Estado deverá pagar uma indenização a “vítima” para tentar remediar a ação equivocada dos delegados. Eu ainda não entendi como um delegado formado em direito com um amplo conhecimento jurídico faz uma coisa dessa, tem que ser muito babaca mesmo. E esses 200 reais vai ficar caro para os cofres publicos podem esperar.

    • Delegado tarado, fdp! Mas o deprimente mesmo é saber que a preocupação da galega não era a “periquita” e sim o suborno escondido na calça.

  • A cena é chocante e em tudo lembra um atentado ao pudor contra a escrivã. Mas, pra nao chover no molhado, vamos ponderar:

    a) É verdade que so os agentes da corregedoria poderiam revistar e comprovar esse crime na corporacao? Se sim, entao somente esses policiais homens poderiam mesmo revistar a suspeita. Porém, é grave saber q na corregedoria nao trabalham policiais femininas, com tantas mulheres trabalhando na polícia. A situacao tende a se repetir e o governador nao alterou a composicao do orgao como deveria.

    b) A suspeita tb jogou, pois sabia q o dinheiro seria encontrado em suas vestes intimas.

    c) A configuracao do dano moral, portanto, foi exatamente na divulgacao do video, q é ilegal, pois é prova sigilosa. Expos na rede toda a intimidade da mulher, num momento constrangedor. É como se a pessoa fosse punida duas vezes pelo mesmo crime. Nao tem como ela perder essa indenizacao, embora deva continuar a pagar pelo crime.

    d) Nao duvido q proximo ano ela seja convidada pro baile do Siri na Lata, bloco de Ivete em Salvador, destaque de escola de samba no Rio…

    • Ou BBB 12.

    • “É verdade que so os agentes da corregedoria poderiam revistar e comprovar esse crime na corporacao?”

      1) A Corregedoria existe para isso.
      2) O delegado conduzindo a diligência afirma que sim, alguém da Corregedoria tinha que testemunhar o flagrante.
      3) Já era sabido que ela estaria com o dinheiro escondido nas partes íntimas, e que ela estava alegando que haviam plantado dinheiro nela.
      4) O CPP claramente deixa o critério para quem estiver conduzindo a diligência. “SE não houver retardo ou prejuízo à diligência”. Então não sou eu nem você quem decide se a revista será feita por policial feminina, é o responsável pela diligência. Eu enfatizo a palavra *retardo*. Qualquer situação que atrase a diligência torna *imediatamente inefetiva* a regra de que a mulher tem que ser revistada por outra mulher.
      5) Ter que despir um suspeito à força é constrangedor em qualquer configuração de sexos. Que bom seria se as pessoas não escondessem coisas em suas partes íntimas. Infelizmente elas fazem, e, claramente, foi exatamente o caso da Vanessa.

      Ninguem deveria estar feliz com as cenas, mas a única responsável pelo constrangimento é a Vanessa, que 1) recebeu dinheiro por corrupção, 2) escondeu nas partes íntimas, 3) se recusou a admitir, acusando outros policiais de armarem para ela, e 4) resolveu fazer valer sua interpretação pessoal do artigo 249 do CPP.

      Dentro desse quadro, não houve absolutamente *nenhum* excesso de força ou abuso de autoridade. E me dá medo que isso não seja claro para 99% das pessoas avaliando o caso. Como os brasileiros estamos longe de entender o que é preciso para aplicar a lei e evitar a impunidade.

      • O melhor comentário deste tópico.

        Simplificando: a investigada agiu de má-fé e escondeu o dinheiro nas partes íntimas justamente para se beneficiar da regra do art. 249 do CPP (tanto que o inovocou verbalmente), regra esta que não é absoluta, pois traz em seu bojo uma exceção expressa.

        A exceção existe justamente para casos excepcionais e foi isso ocorreu no caso concreto aqui reportado. Ademais, lembremos que “A ninguém é dado tirar proveito da própria torpeza”.

        Abaixo à malandragem e aos politicamente corretos!

      • O melhor comentário.

        Lúcido, direto, claro.

        Queria ter essa objetividade.

        Parabéns…

        No Brasil a gente tem pena de bandido, daí que escolhemos eles para votarem em seus próprios salários…

      • Concordo!

  • AOS INTELECTUAIS, FILHOS DE CHOCADEIRAS?

    MELHOR SER PUNIDO NO IRÃ QUE NO BRASIL! PELO MENOS LÃ PUNEM COM RESPEITO AS PARTES INTIMAS, NO BRASIL, TODAS AS PUNIÇÕES TEM UM POUCO DE IRRESPONSABILIDADE.

    UMA CERTA VEZ, A POLICIA ABORDOU, UMA MENINA INFRATORA, E COMO PENA PRENDEU ELA JUNTO COM INÚMEROS BANDIDOS DE ALTA PERICULOSIDADE, SIMPLESMENTE; PARA SERVIR DE LANCHE SEXUAL AOS DETENTOS. NA VISÃO DA POLICIA DAQUELE LUGAR A PENA FOI PAGA.

    A LEI SÓ PODE SER INTERPRETADA DENTRO DE UM FÓRUM COM AS DEVIDAS FIGURAS JURÍDICA. O CASO DA ESCRIVÃ, FOI UMA INANIÇÃO SEXUAL… ESSA SENHORA DEVE SER MUITO LINDA… POIS PARTIRAM LOGO PRO ATAQUE E FIZERAM PLENA QUESTÃO DE FILMA E GUARDAR DE LEMBRANÇA .

  • Tem mais é que sofrer mesmo, eu fico indignado com com uma policial nojenta dessa tinha um otimo salario para se queimar por R$ 200,00, tem mais é que sofrer mesmo, para dar exemplo para que outros policiais não se corrompam e é tão cara de pau que mesmo após o dinheiro ter sido encontrado ela teve a capacidade de falar que o dinheiro havia sido colocado por uma policial na roupa dela.

    Ela tem que ser exibida nua amarrada em um poste de iluminação pública para tomar vergonha na cara.

  • Isso é uma pouca vergonha, provavelmente esse delegado que a revistou a força deve ser um frouxo frustado e corneado por sua esposa!!! Isso deve ser considerado estupro!!…Um dia ele vai pagar por seus atos repudiosos não dignos de um profissional estudado e formado.
    Queria ficar prezo em um ring com esse corno estuprador bundão metido a policial só dez minutos para ensinar boas maneiras a ele. É por culpa de profissionais assim que a população cada dia confia menos em nossa força policial. A revista por lei deveria ser feita apenas por policias femininas e não poderia ter participação desses cornos que não pensam que tem filhas e esposas deles que podem sofrer consequecias um dia por justiça divina.
    As autoridades do auto escalão da polícia deviam exonerar esse individuo e prender por estupro!!!!

  • “vamos usar bom senso: não é o cúmulo do cinismo protestar contra a exposição da intimidade quando se esconde provas de crime justo lá? Ela escondeu justamente para criar o constrangimento, para dificultar a busca. Corretíssimo o Corregedor, como atestou o oficial do MP que avaliou o caso à época. Vergonha do oficial da SSP que cedeu ao clamor popular agora.” [2]

    • Laccosta,
      Se ela escondeu, foi dinheiro e não algodão doce ou solvente, portanto poderia sim esperar por atitude mais “humana e menos constrangedora” a prova estaria lá da mesma forma. E o que uma escrivã pode fazer para ajudar um preso? Agora se fosse uma escrivã em fim de carreira, já perto de se aposentar, tu acha mesmo que estariam todos ali querendo fazer valer a justiça tirando a roupa?

      • “não é o cúmulo do cinismo protestar contra a exposição da intimidade quando se esconde provas de crime justo lá?” [3]

      • “E o que uma escrivã pode fazer para ajudar um preso?”

        Carrilho, você que, ao contrário de mim, vive a prática forense, pode responder o que isso significa?!

        Antes de mais nada, o capital próspera sobre o trabalho. Com isso eu digo que ela, uma oficial, ele um bandido(geralmente sem nem o ensino fundamental ou apesar do título, analfabeto) ela solta, na mentira, que pode ajudá-lo e ele confiando vai e dá o dinheiro pra ela. Isso não pode acontecer?!

        Não só é uma possibilidade, como é um fato. Notório nos tribunais do trabalho…

        E eu, aluno, não vivo a prática, mas imagino “n” maneiras de um escrivão contribuir pro bandido…

        • Laccosta,
          Faz sentido, mas não concordo. Pronto.

  • Ricardo Dirani e outros mais!

    Embora sua arguições sejam eivadas de argumentações jurídicas, e entendo que ela apelou até o máximo quando se viu acuada pela ação meio truculenta dos agentes do estado e era natural que ela se portasse dessa forma e como previsivel que ra os agentes do estado deveriam ser cautelosos.
    pelo que li em outra reportagem, O minstério Público e a polícia já haviam coletad provas suficientes através de escuta telefônica e resto era complemento, uma vez que a aramdilha teria sido preparada orientando a vitima de suborno que a tinha denunciado pelo crime de concussão.Houve toda uma ação planejada,para filma o momento em que ela recebia a propina, isso já acontecera em outros momentos nesse Brasil.
    Será que diante de todo esse aparato anterior naõ se podia ter chamado para a operação uama delegada e outra agente feminina?
    Mesmo que ela seja corrupata, isso fica taxativo, a ação terminou de forma desastrada e os agentes do estado entrarão na provocação da mesma, faltou paciência e inteligência.
    Foram truculentos e estupidos.
    Bastaria um pouco mais de paciência e só.

  • Luciana Frugiuele, Promotora de Justiça há 15 anos, integrante do Grupo de Ação Especial para o Controle Externo da Atividade Policial (GECEP), é quem vai coordenar as investigações sobre o comportamento dos delegados da Corregedoria da Polícia Civil de são Paulo que participaram da chamada Operação Pelada.

    A ordem da Procuradoria-Geral é não poupar esforços para encontrar um caminho que permita a reabertura do caso. O desafio é grande. O primeiro inquérito policial foi arquivado a pedido do procurador Lee Robert Kahn da Silveira. Além de não enxergar abuso nas imagens que chocaram o País, ele ainda elogiou a atuação dos delegados (veja post sobre o assunto aqui). Como o pedido do promotor anterior foi acatado pelo juiz da Vara Distrital de Parelheiros, onde corria o inquérito, os três promotores que integram o grupo estão trabalhando em conjunto.
    MP já designou promotores para reabrir investigação da “Operação Pelada”

    http://www.pannunzio.com.br/?p=7177

    Não é difícil vislumbrar a divergência deles em relação a Kahn da Silveria. Hoje de manhã, Fernando Albuquer Souza, um dos integrantes do CEGEP postou no Facebook uma mensagem que pode sintetizar a disposição do trio. “Para aqueles que têm acompanhado as notícias do caso da escrivã de polícia que foi despida em busca do dinheiro ilegalmente recebido, informo que o inquérito policial foi arquivado a pedido da Promotoria de Parelheiros. Eu e meus colegas, integrantes do GECEP, respeitosamente discordamos desse posicionamento por entender que a busca foi contrária à lei”.

    A primeira providência, que já foi tomada, foi oficiar a Corregedoria solicitando o envio de todo o material que integrou os procedimentos administrativos. Os passos seguintes não serão divulgados porque, segundo Luciana Frugiuele, envolvem as intimidades da vítima, o sigilo a que os delegados têm direito e a privacidade de muitas outras pessoas. “Nada aqui será violado, nem em nome da contenção do clamor público”.

    “Vocês só vão saber o resultado quando todos os elementos forem colhidos e permitirem uma conclusão”. A promotora, no entanto, pede que a população confie no Ministério Público. “Nós vamos dar o máximo do nosso esforço para que seja feita justiça nesse caso”, arremata Frugiuele.

    • A essa altura, eu gostaria que a mídia estivesse escrevendo sobre o Artigo 249 do CPP: ele tem comentários explicativos? Tem uma sólida jurisprudência? Para haver interpretações tão opostas como as que estou vendo, me parece que não. Com alguma sorte, esse caso servirá para estabelecer uma boa jurisprudência e nos salvar de futuras controvérsias dessa escala.

  • ola todos os leitores, é uma vergonha esse tipo de operaçao
    policiais desqualificados exercendo a funçao….

    mais é obvio que o inesperiente delegado estar 100% afim
    de ver a suspeita despida, ele nao tem nenhum enteresce
    em faser a revista na suspeita ou em faser a prisao, ele quer
    mesmo é ver a mulher despida.

    que vergonha essa policia BR.

    s ele queria ver uma mulher despida era so acessar o sit redtub youporn e pronto matava a vontade dele.rsrrsrsrs, tarado

  • Que sera que a Presidente Dilma como mulher achou deste video, deve lembrar do doecod enfim coisas assim só podem acontecer onde esse tal de PSDB comanda, espero que o povo lembre-se desses episodios nas proximas eleições. E energia feminina deve ser protegida e até mesmo cultuada e reverenciada, não apróvo a corrupção mas em um regime corrupto como o de sâo Paulo, onde a prostituição, pirataria, jogatinas, e varios outro crimes são tolerados pelas cupulas da policia por que sacrificar funcionarios simples isoladamente só para estatisticas, os peixes grandes que pegam as grandes propinas não são presos porque?????????

    • “coisas assim só podem acontecer onde esse tal de PSDB comanda”

      E onde foi, por acaso, que numa delegacia de polícia dois detidos foram obrigados a se beijar e fazer declarações de amor um ao outro por vários minutos e essas imagens foram parar até na imprensa européia?

      Ah, sim, no super-hiper-ultra desenvolvido estado de PE onde um tal visionário Eduardo Campos (eh, aquele mesmo dos precatórios) é o GOVERNADOR.

  • è uma clara violaçao aos direitos da mulher, violaçao aos direitos do ser humano, violaçao a dignidade.

    Independente do crime cometido pela Sr.a ela havia o direito de sofrer um processo e ser julgada, neste vido posso ver,clarissimo a violaçao aos direitos da mulher, violaçao aos direitos do ser humano, violaçao a dignidade.

    Espero que em pleno ano 2011 cenas como essa nao sejam repetidas e que o governo Dilma pelo menos alfabetize os seus delegados, os ensine a ler o texto do codigo civil, os direitos do homem, e acima de tudo que faça um curso e obrigue estes ignorantes a interpretar a ler como tal.
    Ivete de alcantara ( Mantova – Italia)

  • eu vi a piriquita dela
    Blablablablablabla. Bandido tem q ser humilhado mesmo. Conversa fiada que “é por isso q vc pode reunir com quem quiser…sem ser abusado por policiais” SE FOR BANDIDO TEM Q SER REVISTADO MESMO, TEM Q SER ABUSADO MESMO. Vocês falsos moralistas, se escondem dentro de condomínios fechados, usam drogas e se borram de medo dos verdadeiros homens da lei. Um policial bandido é ainda pior que um bandido. Que esse tipo de ação seja feita em todo o Brasil pra tirar vagabundo do poder e calar a boca de protetores de meliantes.

    • Esse energúmeno no minimo sofre de perversão e gosta de dormir em cela cheia.
      Sem noção!

    • “Vocês falsos moralistas, se escondem dentro de condomínios fechados, usam drogas e se borram de medo dos verdadeiros homens da lei.”

      Droga, fui descoberto. Nunca vi alguém saber tanto sobre mim sem nem me conhecer. TErei que mudar de nome e de país. DROGA. ¬¬.

      Medo do verdadeiro homem da lei???? uhuhahuauhauha.

      Soviete???

      Isso tem a ver com soviético???

      Parei por aqui, não te darei satisfação.

  • Gente, Um erro não justifica o outro. ela errou e deve pagar, mas o simples fato de expor a escrivã ao ridiculo, deixando ela nua na frente de varios homens. acaba com o direito da pessoa. Ela não se negou tambem a ser revistada. sua intimidade foi exposta a cameras e a homens dentro da delegacia. Um absurdo!!!! Por isso vemos o que vemos nos jornais e acabamos acostumando, vira banalisação! Condeno isso!!!! Ela deve permanecer espulsa, mas o ato da revista eu condeno!!! Abuso de autoridade!

  • AGUARDO COM TAMANHA EMOÇÃO; QUE A JUSTIÇA SEJA BEM FEITA, ACREDITO NA JUSTIÇA. E TODO O CORPO PRESENTE NO ATO. SEJAM PUNIDOS RIGIDAMENTE, SE HOUVER SUPORTE NA LEI. EX PULSOS DA UNIDADE POLICIAL, FICARÁ SUB-TENDIDO QUE NÃO HÁ VAGAS NA POLICIA PARA DELINQÜENTES… E SIM CIDADÃOS?

    DOS FATOS: OS CÚMPLICES CORREGEDORES,POLICIAIS PRESENTES, DELEGADOS E ETC. DESTA FEITA FICA POR SUA VEZ CIENTE QUE O BEM VENCE O MAL. E SÃO PAULO NÃO VAI MAIS REGREDIR AOS VELHOS TEMPOS DE ROMBO O POLICIAL INFRATOR DE INSTINTO DIABÓLICO AMEAÇANDO A SOCIEDADE PAULISTA.

  • Wilson, não acho necessário espulsar os policiais da corregedoria da polícia, se eles não tivessem tirado a roupa da policial ladra eles não poderiam provar que ele estava guardando o dinheiro da extorsão na periquita, como policial não é ginecologista, então eles tiveram que tirar a roupa dela, eu faria a mesma coisa pois uma policial ladra é muito pior do que uma simples ladra, ela usava o distintivo para praticar crimes, não tenho pena dela.

  • cara acho que os policias queriam mesmo e ver a mulher pelada ,, isso é comprovado pelo video na incistencia do policíal que se diz ser o mesmo condunzindo o flagrante ,, pois se ela era errada poderia pelo menos ter sido revistada por policíais feminínas ou ele achou que ele é melhor , isso é um absurdo e acho que nenhuma providencia foi tomada e nem vai ser pois quem poderia ajudar talves tenha o rabo preso em outras questões i se fosse sua filha ou sua mulher o seu corregedor o que vc faria ?

    • Se minha filha tivesse fazendo isso, eu ia lá e dava um chute na cara dela…

      • No Japão a desonra leva ao suicídio…

        Antes da corrupção ser tão toleravel, há uns 10 anos, seria bom se os políticos pegos furtando o erário se matassem…

        • Não sobrava quase político nenhum :) .

      • dava chute nada.

      • Laccosta,
        No dia que você constituir familia lembra o que digitasse aqui, enquanto isso joga bem muito videogame e aproveita bem tua vida de solteiro.

        • Por que esse conselho?! Não conseguiste educar teus filhos foi?!

        • Laccosta,
          Não se sinta ofendido, mas olha para tuas mãos, percebesse que mesmo sendo tua os dedos não são iguais?! Muita paz para você e sua familia!

        • Não me senti ofendido não…

    • Isso funciona para os dois lados: E se fosse o teu filho o corregedor, o que é que tu farias?

  • FERA, MEUS CUMPRIMENTOS!

    ESTA É MINHA OPINIÃO, OS CORREGEDORES, POR OCUPAR UMA POSIÇÃO MAIS ELEVADA DIANTE DOS DEMAIS, ELES OU ELE, NÃO PODERIA FICAR VULNERÁVEL DIANTE DE TAMANHA BABARIA.
    VALE APENA LEMBRAR! QUE O HOMEM POLICIAL. É UM HOMEM ESPECIAL, É O HOMEM QUE TRANSMITE SEGURANÇA A TODA SOCIEDADE, ENTÃO SUA DECISÃO DEVE SER BEM ELABORA, BEM PENSADA, PARA QUE SUAS FUNÇÕES LHE TRAGA ÊXITO PROFISSIONAL, E NÃO UMA AVALIAÇÃO OU COMPARAÇÃO COM BANDIDOS. QUE POR SUA VEZ É UMA AVALIAÇÃO MUITO TRISTE. QUANTO AOS CORREGEDORES… SÃO HOMEM DE ALTO VALOR QUE TEM O PAPEL DE JULGAR E CORRIGIR, NÃO PARTICIPAR DE UMA EMPREITADA DESSE NÍVEL EXCUSO. NÃO TIVERAM O MÍNIMO DE PERSONALIDADE PARA VETAR A SITUAÇÃO DE IMEDIATO COMO AUTORIDADE POLICIAL.

    A NÍVEL DE LADRA, NINGUÉM PODE SER JULGADO LADRÃO COM QUANTIA INFERIOR AOS SEUS GANHO. NOME DO ACONTECIDO SE CHAMA FRAQUEZA MOMENTÂNEA.

    SE OLHARMOS, AS VIDAS PREGUESAS DE NOSSOS POLÍTICOS. IREMOS ENCONTRAR, TALVEZ PALAVRAS PARA SEU SIGNIFICADO; ATÉ POR QUE… ALTOS EMPRESÁRIOS BEM SITUADOS FINANCEIRAMENTE TAMBÉM SE DEIXAM LEVAR POR UMA VERBA FÁCIL.

    NÃO SEREI EU, QUEM VAI CRUCIFICAR ESSA POBRE MÃE DE FAMILIA , QUE JÁ PAGOU PELOS SEUS ERROS ANTECIPADAMENTE… TALVEZ, MESMO, ANTES DE ENTRA EM CORTE DE JUSTIÇA; PARA SE JUSTIFICAR. SÓ LAMENTO UMA PARTICULARIDADE, POR QUAL MOTIVO ESTA DELEGACIA NÃO TEM UM SERVIÇO MISTO, ENTRE: MASCULINO E FEMININO, E ONDE ESTÁ O GOVERNO DO ESTADO QUE ATÉ O PRESENTE MOMENTO DIVERSIFICOU?

    • Cara, não precisa escrever em Caps lock, ninguém vai ler ou deixar de ler seu comentário por causa do tamanho da letra.

      Basta boa organização com orações não muito longas e devidamente espaçadas. Caps Lock na net é sinônimo de gritar. ;)

      Abçs.

  • “A legitimidade dos fins não justifica a ilegalidade ou inconstitucionalidade dos meios.”

    Ministro Celso de Mello

    • Delegado tarado e fdp; Mas o que me deprime mesmo é saber que a preocupação da galega não se restringia a exposição da “periquita”, mas ao suborno dentro da calça.

      • Teu nome é comum de dois gêneros!

  • è um abasurdo> A policia violou um dos maiores principios de direitos humanos. è urgente haver cursos pra policia em niveis internacionais.
    Isso reporta os tempos medievais> O policial usou de força dsproporcional e vai ter que pagar por isso que e crime. Ela ficou constrangida e forçada.è bom ressaltar que ela pediu varias vezes pra ser revistada por uma mulher.Isso esta no direito penal. Como um policial pode defender direitos dos outros se não conhece a lei> è um abssurdo.Se conhece bem esse policial vai ser afastado e não nunca mais se metera em servir a corporação policial
    .Deve trabalhar em outtra empresa que nção seja estatal., pois não quero pagar impostos pra ver um cara desse ttabalhando pro povo>
    .

  • ESTAMOS NO AGUARDO DA PUBLICAÇÃO DO DIÁRIO OFICIAL.

    ESSAS ALMAS DESQUALIFICADAS, MERECEM SER EXPULSOS.

    OU TRANSFERIDOS PARA O IRAQUE? LÃ TEM SERVIÇOS PARA GENTE DESSE INSTINTO DESUMANO E DIABÓLICO.

  • esses policias são um bando de filhos da putas tenq mata eles isso sim

  • olha eu acho que esse delegado levou foi um baita de um fora dessa moça que nao deu moral pra ela e quis se vingar e o mais porque ele nao filmou ela recebendo a propina e o mais qualquer cidadao do mundo pode ter 200,00 reais no bolço o onde quer que queira coloca no sapato na meia isso nao prova que esse dinheiro e de corrupiçao hora nenhuma
    isso foi covardia e armaçao desse delegado despreparado e com dor de cutuvelo,pois ela pareçe ser muito bonita e ele armou tudo isso tipo nas novela da globo ta ai a minha idiguinaçao pois seja la com quem for isso nao se fas com nenhum serhumano e abuso de poder tem que mudar isso no mundo todo

    • As notas eram marcadas, amigo :) .

      • e mais nao justifica isso que eles fiseram com ela nao agora ela pode ser ate absorvida por essa prova forçada

  • E o pior é que ele ameaça ela com dois crimes: Desobediência e resistência.

    Desobediência não pode haver prisão em flagrante, pois é crime de menor potencial ofensivo.

    Resistência. Ela não fez oposição com violência ou grave ameaça.

    Não poderia ser usada algema.

    Agora, ele cometeu uma série de crimes.

  • Caro internautas:
    Ningjuém se perguntou por que filmar a prisão em flagrante delito se o agente do público tem fé de oficio? Ou seja, bastava revistar (através de policiais feminas em recito fechado) que teríamos um belo flagrante delito inescusável. Me pergunto: Por qçntottngáitonaninie

  • Por que filmaram o flagrante delito se servidores públicos tem fé de ofício? Por que não a revistaram na presença de policiais femininas em recinto fechado? Estaria mais do que carcterizado o estado de flagrância delituosa. Por que filmaram a genitália dela? Por que a humilharam, sem em nenhum momento a escrivã se negou ser revistada por policiais femininas? Acho que o video tinha outro fim: os meganhas da corregedoria iriam se masturbar vendo tal cena…típico de pervertidos. Aqui em PE, PMs prenderam dois flanelinhas e queriam que os mesmos pagassem boquete para eles. Por último: se a escrivã fosse um dragão, os meganhas esperariam até 2030 para que chegasse um delegada para proceder a revista íntima. Esses caras são uns tarados….Pensem!!!!!!

  • ISSO E UMA FALTA DE RESPEITO ELA E MULHER KD AJUSTISA.

  • ELA ERROU NA REALIDADE, MAS NÃO JUSTIFICA A ATITUDES DESES CACHORROS DE GOVERNOS. NA FRENTE DE BANDIDO PERIGOSO DÁ ATÉ O CU. SEUS FILHOS DA PUTA.

  • Um erro não justifica o outro, houve despreparo e impaciencia em encaminhar a ação, mas este é um fato normal em bairros de periferia, não sei qual a maior indignação, se é de uma diligência sem a presença feminina ou de uma corrupta que é pagua por nós pedir para ser revista por policiais femininas do mesmo DP, vc confiaria?

  • Prender tudo bem,o criminoso que mandou tirar a roupa dela a força é só mais um safado que usa a autoridade incorretamente.Em vária delegacias existem varios desses muitas vezes forjando provas.por isso que eu sou o inimigo numero um de vcs!

  • parabéns aos dois delegados q prenderam esta bandida

  • q mulher rapariga! tem q botar ela pelada em praça publica pra todos verem a vadia q ela é

  • eu acho q devia ter chamado uma policial mulher pra revista ela porque eu acho q eles nao devia fazer isso com era so chama uma mulher pra revista ela ora bolas isso ae e muita humilhaçao pra ela

  • Os delegados só queriam vê-la pelada, aproveitaram para tirar a roupa dela e se deliciarem. Eles não fizeram essa barbaridade em cumprimento da lei, foi só para tirar proveito do corpo dela, que foi todo tocado por eles. Ela deve sim ser punida pelo erro dela, mas daí eles aproveitarem a situação para tirar suas vestes e ver suas initimidades expostas…. Eles tem que serem punidos, inclusive os corregedores que estavam no local. Todos cometeram crime contra a pessoa dela. Ela deve receber uma grande indenização deles e do estado, em reparação dos danos morais que sofreu.

  • Absurdo. Pra quem não lê ou não conhece as regras da lei, acha que o policial está certo, mas na verdade ele também deveria ser preso em flagrante pois abusou da autoridade e cometeu o crime de assédio e constrangimento pois somente quem dá revista em mulher é uma policial feminina, salvo se não a houver no local. Mesmo assim há a possibilidade de prisão preventiva para dirigir a meliante a um local que se encontra a policial.

  • nossa esses policais sao um bando de covardes! sao uns tremendos de uns safados

  • Policial corretíssimo. Bandida, Safada, ajundando a bandido, estruprador, matador na cadeia tem que ir em cana e não ter pena não. É safada igual ou pior aos presos que ela ajudou. Estava com o dinheiro destro das calças. Corretíssimo. Parabens aos policiares.

  • eram para prender esse filho da puta porra disgraçado´eu sei que a mulher tava errada mais nao pressisava fazer isso.

  • esse cara e um covarde ele queria ver ela nua mais ja q muitos falam q ele combateu a corrupçao manda esse idiota ir la em brasilia pra ver se ele tem peito de tirar as calças dos politicos vai la mostrar a funcional e dar voz de prisao pra eles rasgar tua funcional sim e esse doutor q ela chama se for o delegado dela se eu fosse vc eu me matava porq vc e tao covarde q deixou outro delegado cometer varios crimes dentro da tua delegacia e com uma de vcs vc e froxo demais se tua familia viu isso deve ter vergonha de vc ne nao0

  • e o estado nao vai punir o seu representante q ao querer punir uma escriva cometeu nao um mais varios crimes cade o estado que nao puniu esse delegago ha mais o estado so se manifesta quando a imprensa divulga e cobra esse e o brasil

  • Bem pra começar eu acho que a nossa justiça, a nossa politica e os nossos governante~são mais que podres…porque eles roubam milhões e milhões…manda o dim dim para fora do brasil e fica por isso mesmo……agora esta policial roubou apenas 200,00 e foi exposta ao brasil todo pela midia…e porque não fazem isto com os politicos tb….sabe porque não fazem?……rs…… porque os politicos compra todos…do ministerio pubulico da SSP,,,,E OS DEMAIS…….PODRES….

  • Isso foi um absurdo nos dias de hoje com leis tao rigidas policiais fazerem uma coisa dessas eu so uma pessoa comum mas pra me esses policiasi deviam sofrer uma pena de ter´passado por cima da lei mesmo sendo delegado
    se tinha policiasi femininas eles deviam ter saido e deixado elas terem feito a revista e efetuado a prisao
    achei uma falta de respeito com a justica, os policias desse deviam voltar aos principios de como se tornar um policial ou um delegado e para que ele ta ai, deve se cumprir a lei e ele passou por cima dela.
    nesse caso muitas pessoas perde a credibilidade na policia eu num confio mas em policia depois desse video ele que deviam manter a lei e eles é quem quebram ela, isso é um absurdo.
    eu ja li varios comentarios e cansei ainda quero ver o desfecho dessa historia.
    espero que cumpram a lei e der um jeito na corregedoria pois isso foi errado espero o desfecho disso.

  • primeiramente,quero dizer que prender uma suspeita é uma coisa,expo-la publicamente e outra coisa(é crime)estes delegados na vdd queria era ver a policia nua,uma vez que nunca poderam pega-la na cama.
    machistas….isto deveria no minimo te sido levado ao ministerio publico.esta ação exobirtante e exagerada.a moça ja estava presa e algemada.nao precisaria de tudo isto…quero ver eles tira a roupa dos politicos de brasilia…nossa teria que tira de 90% dos homens dos colarins brancos

  • Hey quer falar com um ladrao ou salafrario,ordinario e corrupito liga para a policia civel e o primeiro que atender o telefone.

  • As vezes e melhor encontrar um bandido no meio da madrugada quando venho de uma balada, que encontrar sertos tipos de policiais, pois os bandidos nao se sentem tão poderosos por nao ter farda, eles tem medo de ser presos, acho que tenho mais chance de chegar vivo em casa.

  • Para acabar com os ladroes, corruptos,exploradores,almas sebosas, se reunir todos eles para uma possível excursão, tem que fabricar uma bomba atómica pra dar conta!.

  • tudo bem ela foi pego em flagante, pq se vendeu por miseros 200 reais, com certeza o delegado e outros superiores roubam se nao ela nao roubaria, o problema e que o brasil so vai preso ladrao de galinha e marinheiro de primeira viagem com esta mulher, o salario que ganha os policias superiores nao permitem eles ter o que tem, creio que existe tbm pessoas honesta no meio desse bolo, mas os honestos sao os que limpam o chao o resto e tudo ladrao…

  • Acabei de ver esse ridiculo video de uma infratora recebendo um salario de um cargo de confianca e resistindo as autoridades, e ridiculo ela tira a roupa por muito pouco mas como estava recebendo dinheiro de propina deu uma de dificil, pena que nao apecereu a cara dela pra todos ver direito. E uma safadeza esse Brasil uma ‘vergonha nacional” esse deve ser a frase da nossa bandeira inves de ‘ordem e progresso’
    Que vergonha ehn vanessa se conferir o seu diploma se e que tem e falso tambem a custo de propina pra alguem falcificar o seu diploma.
    E os que acham um absurdo do que fizeram com ela e pq deve ser da mesma farinha do mesmo saco.

  • é quem tinha que revista la é claro a policia feminina .mas este shom só porque estava com o dinheiro escrivã esperta heim. é uma liçao pra aprender assim não ponha mais a mão em dinheiro sujo ( fiquei chocado infelizmente )

  • Olha por causa 200 conto um filho da puta branco tira rouda mulher vem kkkkk piada Brasil
    Delegado kkkk olha ae soldado romano ^^

  • esse policialzinho de blusa vermelha faz isso com mulher e com pessoas indefesas , na rua quero ver se ele é isso msm…ai essa atitude de deixar a mulher nua não foi correta não , aaa se fosse uma parente minha eu ia buscar ele no inferno , queria ver se ele é msm valente como foi com a moça…bando de covardes….tantas coisas erras nos presideos por ai e ele foi levar uma com a escrivã e deixar ela nua …aff.
    hei policialzinho faz isso com homen + na rua , não na delegacia com proteção de outros semelhantes a vc , seu porco.

  • Bom.. Com certeza, revistas SEMPRE deveriam ser feitas por pessoas do mesmo sexo em LOCAL RESERVADO.
    Porem, isso que aconteceu a escrivã, acontece com muito individuos de sexo masculino. Todos se sensibilizaram pelo fato de ela ser mulher. Pois bem, HOMEM ENTÃO É LIXO SÓ PORQUE É HOMEM? Já viram o que fazem com presos depois de uma rebelião? São postos completamente nus diante algumas vezes até de agentes de sexo feminino com direito a reporteres filmando e tudo mais. Em presídios femininos não fazem isso com elas. PRA MIM, BANDIDO É BANDIDO e direitos DEVERIAM ser iguais.
    Ela cometeu o crime? Só por que é mulher não pode ser submetida a vexames???
    Parem, analisem e respondam! Se forem capazes ou se tiverem coragem claro rs.. abraços!

  • todos noz samos punido dum jeito ou de outro pelo que fazemos de rum pra outro pessoas

  • eu tenho quase certeza q esse video foi modificado pelas 4:31:59 e do nadaaa quando tira o dinheiro apareçe em 4:32:35 mais nimguem vai poder ver esse comentario pq faiz tempo isso eu só falo isso pq nao foi mais de uma veiz q eu vi e tenho quase certeza pq eu vi mais de uma vez

  • eu acho que ta certo ela tem q ser presa pq se ele ta mandando ela tirar a roupa entao ela tem q obedecer ora o cara tem q tirar um aproveitamento de vez em quando má rapaz………..to dizendo mesmo!

  • Realmente isso tudo é um absurdo. Na hora de fazer a proteção ou algo certo pouco aparecem mas na hora da sujeira todos se escondem e só traves de videos secretos são descoberto. E em relação a escrivã é realmente um abuso, mesmo que ela tenha fraudado não justifica esse abuso de poder todo, Deveriam por policiais feminina. Outra coisa por esse policias não tiram a roupa de HOMENS que roubam e fraudam também ou eles mesmo mostrarem suas pernas, coxas, barriguinha de cerveja e muitas mais para serem exibidos na internet. Nunca transei com mulher mas também não admito esse tipo de crueldade. Queria mesmo era ver pelados e tocando uma bem massa para eu ver, isso dou o maior apoio. E tem mais, porque esse policias não pegam um “rapazinho” tipo EU para se divertir um pouco. olha que faço bem gostos.

  • Ela era ladra ta certo mas fazer desse jeito os policiais estao errados e tarados frescos filhos da putas se queria ver a buceta da nega era so pegar o telefone dela seu delegado de bosta.

  • se esta mulher fose minha irma ,esposa ou filha estes caras ia se ve comigo,sao covardes ,procedimento correto era ter chamado uma delegada para fazer a revista e prendela fazer funcionar a lei seus covardes burros, vai ver que ele nunca viu uma piriquita eu acho que esse delegado e corno ou viado e se fosse a mulher ou filha dele ei manda um recado para esse filho da puta vai tomar no cu seu viado cuidado que alguem pode esta seguindo a tua mulher para ver se ela tem piriquita ou pitoca

    • bando de fdps nem para o pc acabar com essa raça de covardes

  • EU ACHO MUITO INJUSTO O ATO DOS POLICIAIS, A ÚNICA COISA QUE A ACUSADA NÃO QUERIA ERA FICAR NUA NA FRENTE DE POLICIAIS MASCULINOS, ISSO DEVIA TER SIDO RESPEITADO, DE QUE ADIANTA QUERER PROVAR UM CRIME COM INJUSTIÇA, SOU PERMANENTEMENTE CONTRA ISSO, É ABUSO DEMAIS DE PODER, ACHO QUE ELES ESTAVAM LOUCOS PRA VER ELA NUA, POR ISSO A INSISTENCIA….

  • a palavra de DEUS dis que toda autoridade e constituida por DEUS por tanto estes maus policiais responderao pela sua falta de respeito DEUS U JUIZ VAI COBRAR DI CADA UM DELES pela falta de respeito para com o ser humano

  • não sou a favor nem contra mas desejo que esses filhos das putas tome um tiro de ponto 50 na cara do crime organizado porque se esperar pelo governo nunca irão cobrar e por na cadeia esses vermes bem vindo ao pais do futebol e do carnaval

  • se fosse minha irma eu ia matar um por um me sinto impotente vendo essas coisas policia e tudo igual são treinados para matar o governo desarmou o cidadão e estão planejando diminuir a população mundial procure saber sobre os iluminates vc vai saber de muita coisa que vcs não sabem

    • sem noção

  • ela estava erada e se não fosse o policial usar de brutalidade e de autoridade, ela estaria até hoje facilitando a vida de alguns bandidos safados , que com alguns trocados compram mulheres desse tipo. ela não é vitima ela é cumplice.
    eu não vi nenhum tipo de violência contra ela, foi uma revista a força? foi ,mas porque foi o único jeito de conseguir retirar as provas que ela esta escondendo. eu sou mulher e entendo ela ter ficado constrangida mas não posso concordar que ouve violência de nenhum tipo.
    me discupe se com aminha opinião ofendo alguém , mas é oque eu achei depois que vi o vídeo.

    • Entao vc do q defende o q é contra lei. Revista em mulher tem q ser feita por mulher,nao importando o q vc acha. Ela foi inocentada. Vc se mulher so piora as coisas, nao ameniza nada. E ser sua opiniao mostra o qto vc seria uma pessima e despreparada policial,pq isso e crime.Pois se alguem tirasse sua roupa, eu duvido muito q vc ia continuar concordando.

  • MAS, QUE PESSOAS HIPÓCRITAS ESSAS QUE FALAM EM DIGNIDADE HUMANA, BANDIDOS,CORRUPTOS POR ACASO MERECEM DIGNIDADE TIRARAM SUAS ROUPAS E NEM RASGARAM,O DELEGADO TIROU O DINHEIRO APRESENTOU AS NOTAS E DISSE VOCE ESTÁ PRESA,ISSO SIM E FAZER DIGNIDADE A SUA PROFIÇÃO.

    • Foi inocentada. Nao e hipocrisia q as coisas ocorram c ordem. Principalmente pq esse tipo de coisa pode ser questionada se nao for feita corretamente. Eu se fosse juiza nao afeitaria esse tipo de prova. Quem garante q nao foi forjado?

  • Olha…eu achei desse vídeo um dos piores absurdos dos políciasi, achoque eles não deveriam fazer issocom amulher, até porque isso é falta do respeito!
    Ela queria falar com o delegado e ninguém deixou…Acho que eles deviam ser expulsos por causa disso!..
    ‘Ai se fosse comigo, eu faria um inferno lá pra ver quem ia vence”…
    Mesmo se ela estivesse errada, isso não jusifica nada!!!
    VCS são uns polícias muito ordinários!!!

  • Foi providenciado duas policiais, que estavam na sala, porém, a escrivã, se recusou a revista e também recusou-se a entregar o dinheiro do suborno. (corrupção). Por quê não se DEMITE os outros delegados que estavam na Delegacia???? Quem é o tal de VITOR,que a escriva (corrupta) chama, vitor….vitor…..”o Senhor eu deixo…”. (Por quê ela deixaria o DR VITOR????? Porque ele é CÙMPLICE. Todo mundo sabe da existência da CORRUPÇÃO nas Delegacias de polícia com a participação e a conivência de todos. QUEM VAZOU este vídeo na net devem ter sido outros DELEGADOS corruptos, para inibir a AÇÃO da CORREGEDORIA. Cadê os CORRUPTOS do DENARC???? (Veja o depoimento do Deputado Olímpio Gomes, onde fala da corrupção na polícia civil…). POR QUÊ a Polícia Civil de São Paulo também demitiu o Delegado de São Bernardo do Campo que adotou providências contra um JUÍZ que estava dirigindo bêbado??? COMO BEM DISSE alguns!!! Só demitem honestos, os LARÁPIOS ficam se lucupretando. OS DELEGADOS que fizeram esta prisão SÃO HERÓIS e Delegados em EXTINÇÃO….A MAIORIA DOS CÚMPLICES de crime, e PREVARICADORES………NADA ACONTECE..!!! ISSO É UMA VERGONHA!!! Veja por quê isso acontece: Pesquise google, conforme graafado sem os parenteses por: ( Pr Dr Cláudio Antonio Guerra); 2. (Maçonaria duas organizações: uma visível e outra invisível); 3. (PNDH-3 As 5 metas dos ILLUMINATI); 4. (VERGONHA DE SER MAÇOM); 5. (PORQUE EU DEIXEI A MAÇONARIA); 6. (Assassinato de William Morgam); 7. (Maçonaria é Satanismo – provamos 1)…..até 5. 8. (A maçonaria e o homossexualismo). àqueles que não cumprem ORDEM da MAÇONARIA estão ferrados……Os concursos públicos estão uma VERGONHA também…..Alguns cargos só passa quem for indicado….ISSO É UMA VERGONHA.

    • Ela foi inocentada , espertalhao.

  • ESSE DELEGADO da CORREGEDORIA deveria ser CONDECORADO e não demitido. FORA CORRUPTOS !!!! A polícia está uma merda por causa da CORRUPÇÃO !!!
    O DELEGADO VITOR deveria ser demitido, o simples fato da escrivã dizer: “o senhor eu deixo…” Já indica que ele também é cúmplice…..ela sabia que se ele fosse revistar NÃO IRIA encontrar nada.

    A DEMISSÃO desse delegado é uma VERGONHA para a POLÍCIA CIVIL de São Paulo, e um atestado para todos os policiais METEREM A MÃO…………..FAZER A FESTA,,,,,,,,,,,,ACHACAREM à VONTADE!!!

  • Olá alguma novidade sobre esse caso, alguém sabe o numero do processo??

  • estão certos, ela é uma bandida…
    policial que comete crimes, tinham de perder todos os direitos, pois são pagos pra fazer o certo

    • Sao pagod fazerem o certo, nao para ser violentados. Detalhe, ela foi inocentada.

  • Se eu estivesse no momento desse estupro ,,pois isso configura crime de estupro assedio moral dentre outros eu havia dado voz de prisão a essa moça e esse projeto de promotor ! ele fala com muita arrogância que esta dando voz de prisão a ela mais qualquer pessoa que veja policiais ou não em um ato inflacionário pode dar a ele voz de prisão …esses são um bando de tarados …uma vergonha pra esses estúpidos e ignorantes

  • Bando de tarados, tenho vergonha de ser brasileiro, ela só queria ser revistada por mulheres, só isso, que é por lei de direito. O taradão lá nem queria esperar, só queria expor a moça e humilhá-la queria ver a moça pelada de qualquer jeito e o pior de tudo, gravou e chamou um monte de tarados, queria saber se ele estivesse no lugar dela, de ter sua intimidade exposta ao Brasil inteiro, como ele se sentiria. Realmente isso é muito constrangedor.

    Vou mandar energia positiva como cidadania, espero que a justiça seja feita.

  • Isso e um absurdo uma mulher se violentado dessa forma,uma uma falta de preparo estremo,pessoas desse tipo tem que mora na selva junto com os bichos.

  • Alguém sabe o nome desse MONSTRO para que possamos excluí-lo e marginalizá-lo de vez !? Já que a lei inexiste, o cidadão de bem, TEM O DEVER DE TOMAR AJUSTIÇA NAS SUAS MÃOS !!!

  • Vão tomar no cú cambada. Fez certo, tinha que mandar ela ficar de quatro abrir a bunda e enfiar o dedo dentro da buceta dela pra ver se ela não tinha mais nada mesmo. ladrona safada tem que ser humilhada e tomar porrada. Seus filhos da puta defensores de ladrão, o único direito que ladrão tem é de tomar porrada e dedada no cú.

    • Ela foi inocentada , machistinha. E mesmo assim, isso seria estupro. Ainda bem bem q vc nao e policial. Mas mesmo assim , ja ofeece bastante perigo com essa sua mente de estuprador.

  • a policial ofereceu toda resistência possivel em flagrante delito, de ser apresentada a prova do crime, infelismente nosso pais é uma droga por isso, o errado passa a ser o certo, a errada era ela que jamais na atribuição de suas funções deveria ter feito o que fez. façam uma reflexão.

    • Pelo jeito aparentemente,ela estava mas estérica por ser descoberta como ladra EM FLAGRANTE. O dinheiro estava com a ladra gente, ela tinha que ser revistada por uma POLICIAL e ponto final.Agora vocês ficarem tão indignados,vocês fumaram maconha?”desculpem-me”.Não prestaram atenção no vídeo, tem o Q.I. abaixo da média,ou o que? GENTE,ela é uma LADRA e cobrava propina,ela não pensaria nem um segundo em passar a mão na sua carteira e ainda sairia rindo, te chamando de otário,o esterismo dela,era o DESESPERO DO FLAGRANTE,(se ela fosse inocente ela tirava a roupa na hora de ódio,”com certeza”e falaria: “VC que ver a policial examinar minha vagina,meu anus”e ia já tirando a roupa, olha aqui! E depois metia um processo no FDP rsrs,porque tendo flagrante ela no mínimo tem que ficar 30 dias de cadeia, até o advogado conseguir habeas corpus etc etc .Grandes coisas mostra a vagina e os seios as nádegas,AI QUE MORALISMO MEU DEUS!!! diante de uma acusação dessas.SE ELA FOSSE INOCENTE ISSO SIM SERIA A MAIOR FALTA DE RESPEITO.Eu nem vi o vídeo todo,do teatrinho dela,pulei para o final só para ver o final do que para mim, já era o óbvio) prestem mais atenção criaturinhas facilmente manipuladas por uma aspirante a atriz,por isso que o ser humano é facilmente manipulado em todos os sentidos.Abram mais os vossos olhos ok!!! Até.

Tem algo a dizer? Vá em frente e deixe um comentário!

XHTML: Você pdoe usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Enquetes

Em relação às punições de corruptos...

Ver Resultado

Loading ... Loading ...

Frase do dia


  • “O homem de bem é um cadáver mal informado. Não sabe que morreu.”
    Nelson Rodrigues.

ARQUIVO

novembro 2014
S T Q Q S S D
« set    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Informação com Humor

MARCO BAHÉJornalista
É formado em Jornalismo e pós-graduado em História Contemporânea e História do Nordeste do Brasil. Foi repórter da Gazeta Mercantil para os estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Também atuou como repórter do Jornal do Commercio, editor da Folha de Pernambuco e repórter especial do Diario de Pernambuco. É correspondente da revista Época no Nordeste desde 2003. Tamb´m atua com publicidade e marketing eleitoral desde 2004.
PIERRE LUCENADoutor em Finanças
É doutor em Finanças pela PUC-Rio e mestre em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco. É professor adjunto de Finanças da UFPE e foi secretário-adjunto de Educação de Pernambuco. É autor de vários trabalhos publicados no Brasil e no exterior sobre o mercado financeiro, e participa como revisor de várias revistas acadêmicas na área. É sócio-fundador da Sociedade Brasileira de Finanças. Foi comentarista de Economia do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (TV Jornal e Rádio CBN). Atualmente é coordenador do curso de administração da UFPE, e Coordenador do Núcleo de Estudos em Finanças e Investimentos do Programa de Pós-graduação em Administração da UFPE (NEFI).