Veja perde vergonha e promove livro bizarro de Reinaldo Azevedo

set 14, 2008 by     92 Comentários    Postado em: Atualidades

livros3 Petralhas

Esta semana chega às livrarias o livro “O País dos Petralhas“, de Reinaldo Azevedo, blogueiro oficial da Revista Veja.

Uma coisa é certa, a Revista Veja perdeu completamente a vergonha e resolveu se declarar, mesmo que de maneira oficiosa, contra o Governo do PT. A edição desta semana vem com uma super-promoção do seu livro, em um texto assinado por Diogo Mainardi.

Faria melhor se avisasse em seu editorial que é uma publicação de oposição, e quem quisesse que comprasse a revista.

Ao invés disso, promove o livro bizarro de Reinaldo Azevedo, a quem atribui o título de melhor blogueiro do país. De onde arrumou esse adjetivo para ele, só Deus sabe.

O livro de Azevedo, que confesso que ainda não li (e provavelmente não o farei), deve ser algo parecido com a publicação trash de Diogo Mainardi, intitulada “Lula é minha Anta“, cujo propósito é desqualificar da pior maneira o PT.

A vantagem de escrever em um livro ao invés da revista é que não fica travestido de independente, pois compra quem quer.

Justiça seja feita a Mainardi e Azevedo, não se travestem de independentes. Deixam claros que são anti-PT, e lê quem quer.

Apesar da bizarrice, é muito mais digno do que os “supostos independentes”.

92 Comentários + Add Comentário

  • Veja/Azevedo/Mainardi há tempos mostram desrespeito e desprezo total às instituições brasileiras e à ordem estabelecida. Esse livro deve ser mais um capítulo dessa falácia, cujo alvo é mais o governo do que o PT. O inalienável direito da liberdade de expressão muitas vezes é posto como defesa prévia para a difamação, nesse caso em forma de uma cópia mal-feita do estilo neocon dos americanos pró-bush (grande referência, hein?).

    • Eu prefiro a VEJA.

      Eu prefiro o anti-PTismo.

      Eu prefiro a argumentação de REINALDO AZEVEDO.

      Não acho bizarro, e se isso for bizarrice, eu prefiro a bizarrice mesmo…rs

      • LEO GAVIO VC E UMA ANTA UMA BICHA E UM FRUSTRADO ISSO TUDO JUNTO

        • Cada dia que passa eu me comovo mais com a profundidade filosófica e a elegância de estilo dos defensores do pt. Na falta de argumento mais sólido, partem para a ofensa pessoal mesmo. Talvez porque tirar algo mais sólido dessas pessoas deve cheirar muito mal. Pode até sair mais pastoso do que sólido.
          Retoricamente falando de sua argumentação, é claro.

      • Aqui o nosso problema secular do BRasil, a preferência pelo obscuratismo. A questão não é ser ou não anti-PT é a forma desqualificada e desqualifante de se fazer jornalismo e política.
        O onto é que Mainardi e Azevedo e seus seguidores defendem um país para 20 milhões de pessoas. Defendem a prática do preconceito e a discriminação da grande parte da população brasileira. É melhor ir morar em Miami.

  • não-veja

  • A Veja é a desgraça da imprensa brasileira. Uma vergonha que não merece ser chamada de jornalismo.

    • Disse tudo Sr. Martins. Oposição faz-se com propos
      tas elegantemente colocadas.

  • Pierre:
    É muito comum nos E.U.A, orgão midiático assumir posição contrária ou favorável à Repuplicanos e,ou, Democratas. Alías, VEJA é distribuída em 76 paises ao redor do mundo. VEJA continua sendo a maior, a mais influente e a mais prestigiada revista brasileira. Em quarenta anos, VEJA se tornou a terceira revista semanal de informação mais lida no mundo e a primeira no país, com circulação maior do que a soma das concorrentes. VEJA não pode admitir pressões de governos e governantes, amigos e inimigos, acionistas e anunciantes. E que seja comprometida – sempre – com a liberdade e a verdade.
    A propósito, ” O País dos Petralhas”( por Reinaldo Azevedo), é um ótimo livro de cabeceira por retratar verdades recentes da história desse país.
    Sds.

    • CLAUDIO VC E MAIS UM TUCANO ELITISTA E PRECONCEITUOSO MAIS NAO SE PREOCUPE VCS PERDERAM A ELEICAO A REVISTA VEJA PODE SER VISTA ATE PELO MUNDO TODO MAIS CONTINUO ACHANDO UMA M. E ALTAMENTE TENDENCIOSA E VC DEVE SER MAIS UM BOSTA DE UM REACIONARIO.

      • Incrivel, sempre a falta de argumentos a serviço da agressão pessoal. Parece que está embutido no DNA deste pessoal. Por favor sebastian defina preconceito mentalmente e reflita se você não esta enquadrado na definição. Se eu estivesse com mais disponibilidade de tempo, eu poderia colocar alguns comentários a respeito do tema. Mas quem sabe você não é um auto-didata e irá buscar sua ilustração sozinho.
        Boa sorte.

    • Gostei Claudio
      Um comentário para pt nenum botar defeito.

    • Parabéns Claudio,
      As pessoas precisam ser inteligentes. Estudar mais, ler mais. Entender o que as decisões dos seus líderes têm por trás.
      Infelizmente o PT é um câncer que o país não curou a tempo e está no poder. Infelizmente pessoas como o Lula, que se auto-intitula do povo, têm uma das grandes fortunas no país.
      Se os esquerdistas, petistas, socialistas, comunistas e toda a espécia malévica no mundo tivessem um pouco de inteligência. Saberiam que um cara que não estudou, não trabalhou, e se vestiu de pobre para poder conquistar os pobres têm uma fortuna acumulada, é porque?????

      Eu não voto em partidos… Voto em pessoas… Mas no caso do PT, não considero um partido, mas um grupo armado, pronto para matar a inteligência de todos.

  • Parece que o leitor Cláudio Pessoa de Carvalho não sabe que quando se vai emitir uma opinião, ninguém pode ofender ninguém sob pena de ser acionado na Justiça, por danos morais e pelo crime de injúria.

    Além disso, ofendendo alguém, a pessoa desqualiifica o debate e incorre em uma falácia, a chamada “Envenenando o poço”, ou seja, antes que você vá beber daquela água (antes que você vá se informar daquela fonte), o poço já estará envenenado (você vai com um pré-conceito).

    Por último, mesmo que você vá fazer uma matéria sobre algo, qualquer que seja este algo, você tem que ouvir este algo, sob pena de ofender a liberdade de expressão e a ampla defesa e o contraditório, tão sensíveis na Justiça, mas tão violados pela Imprensa.

    • você é um idiota. deve ser nordestino, coitado.

      • ALLAN EU SOU NORDESTINO ADVOGADO E ADMINISTRADOR E BEM SUCEDIDO AGORA VC DEVE SER MAIS UM PAULISTA POBRE COITADO QUE NEM FALAR DIREITO SABE.POR ISSO VOTA EM SERRA E ACREDITA NESTE BLOGUEIRO FILHO- DA -PUTA DO REINALDO AZEVEDO E O SR MERDA DIOGO MERNARDI

        • Alem de advogado, é um filósofo. Meus parabens. Pelo comentário deve ser tambem um democrata e liberal.

        • Meu caro,
          É errado taxar qualquer grupo. Você vai defender os nordestinos atacando outras pessoas?

          E se você é bem sucedido hoje, não foi pelo lulopetismo. Mas pela gestão do FHC. Acredito que você seja inteligente, então estude sobre isso e vai entender.

          Att. Thiago

      • A propósito, não concordo com a atitude do allan. ele está se igualando ao pessoal da turma que combatemos no terreno das idéias, e abre espaço para o usual show de boçalidades que já conhecemos. Allan; não precisa criar o clima para eles se revelarem. É só manter a conversa no domínio da lógica da educação e do bom censo que eles se mostram por inteiro. Não baixe o nível.

  • este blog que errou ao dizer que um livro é bizarrice e que a veja perdeu a vergonha … pensei que a defesa a liberdade de expressão abarcava a liberdade de divergir do PT … quando o livro capitaes de areia de jorge amado foi queimado em praça pública, em salvador, usaram as mesmas palavras que o blog, perdeu a vergonha e bizarrice …

  • A veja é uma revista de baixo nível jornalístico. Não há problema algum em escrever a favor de algo e contra algo.

    Problema é pretender que opinião – e só opinião – seja jornalismo. Não é. Editorial assinado é uma coisa, reportagem é outra.

    Quem faz negócios, quem gosta de arte, quem gosta de história, quam gosta de literatura, quem gosta de geografia, quem gosta de gastronomia e quer informar-se, não buscará isso em veja.

  • Existe uma comunidade no Orkut chamada:
    “Leu na Veja? Azar o seu”
    Uma revista que abre espaço a Diogo Mainardi não se dá ao respeito.Reinaldo Azevedo, então, nem se fala.Acho que só o Roberto Pompeu de Toledo é digno de leitura.

  • Dizer, de forma genérica, que a Veja é ruim é uma opinião de quem não lê a revista. A pessoa pode discordar do viés político dela e até criticar as conclusões a que ela chega nas matérias de cunho político. Mas, ela produz sim boas reportagens. Há muito tempo, eu não lia a revista e tive acesso a uma matéria sobre o Big-bang, universo, burados negros etc. Uma excelente reportagem. Muito completa. Assim, é preciso mais cuidado ao generalizar e dizer que a revista toda é ruim.

  • Leiam “O caso Veja” de Luís Nassif:

    http://luis.nassif.googlepages.com/home

  • No que ela não é imparcial, é superficial. Abordará qualquer assunto científico como o casamento de um ator de novela malhação.

    Não é questão de ser contra ou a favor de fulano, sicrano, beltrano. Nem de ser contra o governo federal ou a favor dele. Isso, todos são e devem dizer.

    Trata-se de propalar uma imparcialidade inexistente, o que configura mentira e vender matérias.

  • Corrigindo: No que ela não é parcial, é superficial.

  • Andrei disse tudo: o problema é que a Veja não se assume como uma revista de oposição (diz-se “a serviço do Brasil”) e, além disso, faz reportagens em que claramente distorce os fatos no sentido de divulgar apenas o que lhe interessa, sem abrir espaço a qualquer contraditório ou debate.

    Mesmo veículos de imprensa nitidamente oposicionistas como a Folha de SP, têm mais zelo e cuidado ao apresentar os fatos políticos em suas reportagens. Nos editoriais a Folha desce o sarrafo no Governo Lula, mas não é incomum vermos em suas páginas arts. assinado por Mercadante ou Guido Mantega, assim como reportagens com nota em destaque intitulada “outro lado”, dando espaço na mesma matéria ao acusado ou congênere de se pronunciar a respeito.

    Não cobraria de nenhum veículo de comunicação uma imparcialidade absoluta, difícil, se não impossível de se alcançar, mas um mínimo de ética e profissionalismo ao publicar matérias, assim como dar oportunidade também ao “outro lado” de se pronunciar.

    Acredito que um bom jornal/revista deva passar longe do panfletarismo e a Veja lamentavelmente se tornou isso: um mero panfleto anti-governo Lula, freqüentemente leviano e extremista.

    Ser oposicionista ou governista são opções legítimas e plausíveis, mas não desobrigam o órgão de imprensa de ser ético e profissional.

    • Quando eu estou fazendo oposição ao pt e ao governo Lula, eu estou me colocando a serviço do Brasil. Mesmo que isto a primeira vista possa parecer sectário e maniqueista, na verdade o posicionamento se reveste de uma atitude moral e ética. Quanto ao espaço para a opinião ou a posição do outro lado, isto pode ser posto de diversas maneiras. Uma delas é colocando os fatos na forma em que aconteceram deixando para os leitores tirar conclusões, e depois apresentando seu posicionamento ético e moral a respeito. Se você acredita em Papai Noel, e não acredita que o José dirceu é um manipulador venal e corrupto, nenhuma “isenção” jornalística vai te fazer mudar de idéia, ou admitir a verdade. É como se déssemos espaço para o Fernandinho Beira Mar apresentar a lógica e a motivação espiritual de seus feitos. Só teria como consequência confundir a cabeça de algumas pessoas, seja por boa fé ou ingenuidade (Uma mentira dita mil vezes……). Este assunto/; o posicionamento de um órgão de imprensa; é mais complexo do que aparenta ser, pois temos que em primeiro lugar ter uma conceitução do que seja ética, moral,e outras cositas mais. Eu por exemplo quando falo em moral, estou me posicionando em relação à moral Cristâ, e quando falo em ética, me refiro aos padrões aceitáveis de convívio social à luz das regras normativas e consuetudinárias de convivência aceitáveis nos dias de hoje. Portanto quando à luz dos fatos que são de domínio público, eu desenvolvo um juízo de valores a respeito de alguem ou de uma agremiação, e se este juízo fere as minhas convicções éticas e morais, eu não darei para eles espaço, dentro do meu espaço. Não nego o direito de se manifestarem, não quero que morram ou sejam destruidos, mas não disponibilizo o meu tempo e espaço para este mister. E é claro que quero que sejam contidos em sua ação deletéria, pelos instrumentos da lei civil. Note que estamos falando de moral e ética, que é diferente de ideologia. Neste caso do pt, e em muitas situações históricas passadas, o posicionamento ideológico foi colocado como uma alternativa à moral, e vendido como uma alternativa válida e superior á moral, como se fosse uma moral acima da própria moral. Você pode traçar paralelos com a Russia (União Soviética) de Stalin, ou com a China de Mao, com a Alemanha Nazista de Hitler, ou a Itália de Mussolini, e muitos outros (usei exemplos de esquerda e direita, dentro do que seria a conceituação petista). Se você for julgar imparcialmente, verá que estes senhores substituiram a moral e a ética pela força opressora e opressiva de suas ideologias, com os resultados em morte e sofrimento que todos conhecemos. Portanto eu pessoalmente se dispusesse de um veículo de imprensa NUNCA daria espaço para a divulgação das distorções que são defendidas por estes senhores incluindo aí os próceres do pt. Seria imoral, porque anti humano. Agora, pelo fato que tenho um código moral e ético, eu tambem NUNCA defenderia a morte dos Judeus, ou a morte dos “traidores e/ou inimigos do estado”, ou a eliminação de um partido político, ou o “contrôle social” do que quer que seja, ou a simples eliminação do pt. Não é correto, não é honesto, não é lógico á luz da justiça. Daí que os exemplos pontuais de pessoas ou orgãos de imprensa que se posicionam diferentemente da VEJA, não me comovem ou me fazem mudar de idéia. Só que não vou trabalhar pela sua eliminação. A lixeira da história um dias lhes fará justiça. Quanto a se assumir como veículo de oposição, mais claramente, só se enviarem uma carta para cada um de vocês e nominalmente disserem: Sr. Fulano, nós, a VEJA, somos de oposição.

      • Quanto à superficialidade, sem entrar no mérito da questão, se compararmos com os discursos do Lula e da Dilma, a VEJA se transforma em um tratado de sociologia. Apesar que tambem acredito que poderia ser mais profunda em suas colocações; mas aí se tornaria chata.

  • Bruno tocou no ponto certo.

    O problema é que ela não se assume como revista de oposição, como é comum em outros países.

  • Ricardo, eu lia a Veja há muito tempo e parei de ler porque ela foi se tornando cada vez pior. Na realidade, desde a época Collor a Veja já não era grande coisa, ou como explicar pérolas do jornalismo como supostos diálogos travados entre Collor e sua esposa na cama, pouco antes de dormir. E isso com direito a travessão, como se fosse uma transcrição exata de um diálogo.

    Como meu pai é assinante dessa revista, às vezes, quando eu vou na casa dele, eu passo uma olhada nela e ela está tão ruim ou pior quanto na época em que eu parei de a ler.

    No mais, se é para ler pura e simplesmente propaganda contra o governo federal, a Bolívia e a Venezuela, é melhor ler no jornalzinho do PSDB. Pelo menos é mais autêntico. E se você só quiser ler coisa ruim do governo federal, pegue o jornalzinho do PSTU ou do PCO. Salvo engano, a distribuição é gratuita.

  • A Veja juntou os dois pit-bull da revista para atacar o PT. Os dois foram designados pela direção da editora faz fazer o serviço sujo. Os dois são pagos no intuito de agredir, fazer cachota e nada mais. As eleições municipais, será a resposta que daremos a esta gente que se passam por jornalistas, mas são mercenários.

  • adoro Veja e reinaldo azevedo.

    • COM ESSE NOME SO PODE SER MESMO UM SER RUMINANTE

      • De novo o advogado empresário bem sucedido, demonstrando sua fina educação e isenção de preconceitos ao expressar suas idéias, de forma culta e bem elaborada. Um primor.

        • Vai tomar no cu danir, para de me defender seu otário. Já comi seu cu, agora estou comendo o cu da sua mulher e da sua mãe, numa suruba massa.

  • O problema não é a Veja e sim, seu público saudoso do mais puro conservadorismo no poder. A busca da modernidade para este tipo de gente passa pela visão estereotipada dos movimentos sociais, seja qual for seu espectro de contestação social. Neste sentido, todo aquele que se insurgir é alvo para ser abatido pelos caçadores ideológicos de plantão. É obvio que a esquerda também tem seus caçadores a espreita, mais, em geral, fazem seu serviço de modo mais aberto, sinalizando ser o dono da “verdade” sem maiores preocupações em parecer isento. A Veja se proclama “bom jornalismo” e trabalha numa margem de segurança delimitada em tentar coagir e denegrir, vide alguns alvos recentes (Paulo Freire, Williams Vicentini, etc). Tenho guardado algumas reportagens que me ajudam a dar aulas, inclusive na faculdade, sobre os embates ideológicos do atraso tupiniquim.

    • Reci,
      Tv o maior receio é da ditadura que os amigos dos nossos governantes estão a implantar nos países vizinhos. Todos apoiam mas não querem morar nesses países. Vc quer??

      sds,
      Guilherme Machado

    • E ainda por cima é professor? Impsionante!!!!

  • Há duas semanas estamos recebendo lá em casa exemplares grátis desse lixo jornalístico (uma delas sobre a festividade dos 40 anos de “jornalismo”). Demos uma ótima utilidade: usamos para colocar comida para os gatos.

    • Daniel,
      Pode me informar quem é a editora??
      Sds,
      Guilherme Machado

  • Mesmo que não houvesse o viés político de suas edições, a revista Veja não se diferencia do padrão jornalístico brasileiro.

    Vale mais um flagra dos filhos de Angelina Jolie do que um bom artigo, essa é a idéia precípua. O português, se não vem escrito de maneira incorreta, também não apresenta nenhum valor adicional ao aprendizado do nosso idioma.

    Pensar que ler a Veja é uma forma de obter cultura e informação é, senão um grave equívoco, um método suicida de alienação.

    • Daniel,
      nos informe qual a sua leitura para nos podermos instruir melhor…
      Sds,
      Guilherme Machado

      • GUILHERME VC E UM BOSTA REACIONARIO

        • Taí uma boa questão. O que é um bosta?
          E reacionário; o que significa? Porque valderez é nome de ruminante? Qual é o significado de preconceito? E paulista pobre coitado que nem sabe falar direito? O que significa, de onde vem, qual é a base intelectual por traz desta definição tão elucidativa? Eu fico me perguntando o que deixa as pessoas tão cegas que não conseguem enxergar o próprio rabo (figurativamente é claro) e faz com que hajam com as mesmas atitudes que dizem combater. Usando dos mesmos subterfúgios condenados nos outros. Eu esperava uma postura melhor de umadvogadoadministradorbemsucedido, não importando sua origem. Parece que escola e sucesso empresarial não são mais sinalizadores de boa educação.

  • A Veja realmente é extremamente tendenciosa e o pior é que eles são travestidos de inparciais, isso não dá pra aceitar. Infelizmente essa revista tem excelentes canais de distribuição, também está presente ao lado de todos os caixas dos grandes supermercados aberta esperando pra ser folheada por alguém q

    • Edvaldo,

      Qual seria a leitura que vc acha imparcial. Qual a sua leitura recomendada??

      Sds,
      Guilherme Machado

      • GUILHERME QUANTO A VEJA E O PSDB ESTAO TE PAGANDO DEVE SER BEM BARATO

        • DE NOVO O ARGUMENTO LÓGICO E BEM EMBASADO, ACIMA DE QUALQUER PRECONCEITO. É UMA AULA DE COMO UM INDIVÍDUO bacharel em direito, empresário bem sucedido DEVE SE COMPORTAR.

  • continuando ( tive um probleminha)…

    enfim, eles souberam se estabelecer com muita competência … mais realmente é um péssimo veículo de comunicação

  • Essa revista (nem pronuncio o nome) não tem idoneidade, não tem mais qualquer credibilidade. Graças a Daniel Dantas que manipulou notícia, comprou jornalistas…se venderam por muito pouco…e outras estão indo na mesma direção.

    Enquanto se investiga um dos maiores ladrões do país, olha o que a mídia faz:

    4) Reportagem da Revista Veja a respeito de suposto “ grampo clandestino”,

    5) Reportagem da Revista Isto É, a respeito do suposto ” espião Ambrosio da ABIN”,

    6) Reportagem da Revista Época, a respeito do suposto ” comando das Forças Armadas”,

    7) Reportagem da Revista Veja, a respeito dos supostos ” Guerreiros das Sombras”,

    7) Reportagem da Revista ISTO É, a respeito das supostas “MENTIRAS DA ABIN”

    • Vamos perguntar para O Gilberto Carvalho, tv ele saiba.

      sds,
      Guilherme Machado

  • Veja perdeu a vergonha faz tempo, Pierre.

    Há décadas que ela não faz mais jornalismo. É só opinião e calhordice. Virou uma revista pra leitura do “Homer Simpson” brasileiro.

    • Fábio,
      Já que a Veja é tudo isso qual seria a leitura que vc recomenda??

      sds,
      Guilherme Machado

  • O livro não tem nada de BIZARRO.
    É a simples intrepretação do autor sobre uma realidade “nunca vista na história desse país”.
    A grande questão é que a revista VEJA tem a coragem jornalistica de enveredar por caminhos que a maioria da mídia brasileira, se recusa por motivos óbvios, a pautar optando claramente assim por uma linha editorial subserviente.
    Vamos ler o livro, comparar com a realidade politica do Brasil e só assim emitir juízo de valor.

  • Já acompanhei o Blog do Reinaldo só que não agüentei…A revista da qual ele era editor Primeira Leitura era praticamente uma publicação do PSDB…tb enchi o saco da Caros Amigos ela tb é uma típica publicação do PT, ninguém consegue encontrar conteúdo critico do governo. Mas voltando ao Reinaldo, pense num cabrinha escroto! Ele pode esculhambar o PT quando o partido faz bobagem, contudo ele persegue o partido de uma maneira desavergonhada. Por isso hoje em dia só o Élio Gaspari, o Dines e vcs Pierre e Marcos, porque o resto é imprensa DOMINADA!

    • Patrícia,
      Pelo visto o conteúdo do blog do Reinaldo não lhe agrada mas, convenhamos, pelo menos aprende-se a escrever melhor a nossa língua, ao contrário de outros blogs….haja paciência.
      sds,
      Guilherme machado

      • Infelizmente, se minha fonte de “bom português” for o blog do Reinaldo, só lamento o quanto eu estarei desaprendendo o pouco que sei. Independente da minha escolha política (essa realmente independe de blogs, pois tento ler todos que considero minimamente respeitáveis), não tolero o baixo nível presente na escrita desse senhor. Usa palavras de baixíssimo calão, mascarada de irreverência. Eu realmente gosto de uma escrita bem feita. A do Reinaldo, com certeza, não se encaixa nessa classificação.

  • Parece que a maioria do pessoal aqui critica sem saber o que está criticando. A Veja é assumidamente e evidentemente oposicionista. E não há nenhum problema nisso. A imparcialidade no jornalismo é um mito. E Veja é parcial – e, aparentemente, com muito orgulho – da primeira à última página.

    E os livros de Mainardi e Azevedo não se tratam de artifícios para travestir-se do que quer que seja. No caso de Mainardi, é uma coleção de textos publicados em Veja sobre o governo. No caso de Azevedo, é a reunião de postagens no blog de Veja sobre o petismo.

    A Veja tem opinião, deixa isso muito claro – e não há problema nisso. Qualquer um pode discordar da opinião da revista, mas muitos aqui criticam sem mostrar conhecimento de causa, pois fazem críticas sem sentido.

    • Gostei do seu comentário, foi de muito bom censo. Pena que a maior parte das pessoas confunde posição politica e ideológica com verdade e razão. Não deixam muito espaço para uma conversa inteligente, alem de serem dogmáticos quanto a suas posições.
      O monólogo fica difícil.

  • Leiam “O caso Veja” de Luís Nassif:

    http://luis.nassif.googlepages.com/home

    (2)

  • Desde quando o vendido Nassif´´e respeitado? kkkkkkkk

  • Ai ai ai… Já tinha desistido de comentar neste blog…

    Lá vou eu, de novo, defender o óbvio.

    Bizarro é não ter opinião. Ficar sempre em cima do muro.

    Veja é a maior e melhor revista do país e muita gente tem raiva disto. Ela tem opinião, é liberal até o limite do possível e Reinaldo Azevedo além de liberal defende princípios considerados “conservadores”, qual o problema? Alguma coisa que ele diz no blog é mentira? Se for, processem o sujeito.
    Se não concordam com o que o Reinaldo escreve, não comprem o livro ora bolas!

    Eu hein, parece que liberdade de expressão só se for a favor do governo…

  • Confesso que continuo sem entender a ameaça verborrágica do internauta “Renan Bastos Nunes”.
    - À quem ofendi?
    - Relatar fatos públicos é crime?
    Aliás, gostaria de agradecer o Renam por sua preocupação, como advogado do diabo, em alertar-me com relação ao “imaginário” crime de injúria. Só que esta carapuça não me cabe. Conheço, por mister, alguns meandros da justiça.
    - Porque concordar com o PT é o mais salutar?
    - Divergir do status quo, quando julgo abjeto, é incorrer em algum crime?
    Algumas considerações:

    a) prosecutor – …sua análise é bem equilibrada;

    b) bruno galindo -…com efeito ao que você sugeriu que VEJA deveria tomar partido, etc, eu até concordo…como as demais mídias que dão sustentação oficial também o fizessem. O “The New York Times, The Washington Post, Rede CNN e ABC, por exemplo, tomam partido dos governantes;

    c) reci da silva – …sou jovem e não acho que só os “saudosistas” optem por VEJA. Quando VEJA nasceu, em 1968, o Brasil vivia na ditadura. Ela inclusive foi vítima da censura logo na edição de número 15. A partir de então a revista passou por vários censores. Posteriormente sofreu os efeitos da censura prévia…

    d) edvaldo dantas jr – …Caso a VEJA FOSSE tão ruim, como você diz, como fazer tanto sucesso por anos?

    e) fábio barros -… você terá sempre liberdade de escolher o que vai ler. Sugiro “CARTA CAPITAL”;

    f) césar romero -… concordo com você textualmente;

    g) manoel paulo -… é uma grande verdade…

    Inobistante estas ponderações que julgo procedentes, deixo um abraço aos internautas citados.
    Sds.

  • Só considerando, talvez não tenha deixado claro.
    1) Não há nada errado em assumir posição, só precisa deixar claro no editorial, coisa que a revista não faz.
    2) Quando falo que o livro é bizarro, é porque o seu conteúdo é apenas para agredir, como se o PT tivesse inventado a corrupção neste país, chmando todos de ladrões.
    3) Não chamo isso de desconstrução, e sim de agressão. Mas também disse no texto, isso é mais honesto do que se travestir de independente.

    Abraço a todos

  • Pierre,

    Não entendi. Afinal, A revista assume ou não posição? Primeiro vc diz que não, depois diz que acha melhor, “mais honesto do que se travestir de indepente”?

  • Marcos

    Mainardi e Azevedo assumem, a revista não.
    Eles estão sendo honestos, a revista não.

  • Pierre, Andrei Gromiko

    A liberdade de expressão é a liberdade de elogiar Lula, no entender de vocês. Criticar Lula é se inscrever no livro do inferno. Qual é? Tardocomunistas, autoritários.
    Veja faz um bom trabalho. Pelo que se vê de opiniões contrárias – só aqui. A Veja tem um milhão de assinantes espontâneos. E pesa na opinião pública. Ainda bem.

  • Não sei porque vcs se ofendem tanto com estes livros. Nos Estados Unidos chovem livros de porrada no governo Bush. E não é de agora que ele é cachorro morto. Isso vem desde a invasão no Iraque. Faz parte da democracia. Quanto mais se fala mal destes livros, mais eles vão vender.

  • Cláudio, o Renan é assim mesmo. Militante nervosinho de esquerda…

  • ainda bem que seu blog é gratis…

    MAM

  • Primeiro, faz muito tempo que veja perdeu a vergonha, principalmente depois da morte do victor civita.

    dois, quando um livro vende muito o maior indicador é a manutenção do preço. Com pouco tempo de lançado o livro do bobo (abestado blogueiro) passou de 40 para 34 reais,ou seja, até o final do ano tá sendo como encarte de poliana flor.
    è o que dá fazer propaganda de produto ruim, mesmo com a cobertura da maior rede do país, o livro não decolou o suficiente.

    • Se vc fosse esperto veria de outra forma. Não é o preço que faz o livro mas sim o conteúdo. Da mesma forma o homem se medo pelo seu conteúdo.. não pelas besteiras que fala.

      Sds,
      Guilherme Machado

  • [...] foi algo que talvez tenha passado despercebido foi citada pelo Pierre, do blog Acerto de Contas, nesse excelente post: QUEM DISSE QUE O REINALDO AZEVEDO É O MELHOR BLOGUEIRO DO BRASIL? QUEM [...]

  • Cambada de PETRALHA *%$#@$%

    Nota: editado por contrariar as regras blog, que não aceita palavras de baixo calão.

  • Nunca li tanta bobagem junta. Coisa de quem não leu, mesmo!!O livro do Reinaldo Azevedo é excelente, aliás, como tudo que ele escreve. Sabe por que? Porque ele é um estudioso da política e, especialmente, da democracia. Não fala de achismos, fala de lógica. E mais, não precisa muito para ser contra o desgoverno Lulla, somente um pouco de vergonha. Fazer oposição é democrático, é legítimo e bastante saudável, melhor ainda em relação a um governo de populistas, autoritários e anti-democráticos!

    • MARIA VA SE FODER CO A SUA PSUDO DEMOCRACIA

      • De novo o advogado empresário bem sucedido nos oferecendo gratuitamente uma aula do que seja responder com argumentos justos e lógicos a uma opinião contrária às suas crenças ideológicas. É a educação a serviço dos bons propósitos. Talvez seja melhor tirar as crianças da sala quando vier o próximo comentário, para que elas não fiquem tão embevecidas a ponto de perder o chão. Seria bom termos um explicação do que seja pseudo, e claro, o que seja pseudo democracia. Precisamos nos ilustrar com sua sabedoria.

  • Sr. Pierre Lucena,

    Discordo do seu comentário. ” Veja perdeu a vergonha ao apoiar o livro de Reinaldo Azevedo”.

    Toda a informação é válida para formação do cidadão. Se Vc é professor deveria saber disso.

    Não existe como formar opinião se não houver divergentes.
    Vc concorda que é divergente do Reinaldo porque tem conhecimento da outra parte mas, se não existir a contra informação, como poderemos raciocinar sobre cada ponto de vista? Não acredito que só o seu modelo é o correto para os cidadãos brasileiros ( brancos, pretos, marrons etc..letrados, não letrados e até professores, porque não??).
    sds,
    Guilherme Machado
    economista

    • Complementando o comentário, sem querer ser invasivo, existem pessoas qualificadas e não qualificadas em todas as atividades humanas. Os professores não estão isentos desta regra. Suas colocações tambem estão sujeitas ao crivo do bom censo, da educação e da veracidade. Seus títulos não garantem que o discurso é de qualidade. Precisa ser corroborado pela verdade dos fatos e pela razão. Alem do que, a sua responsabilidade é muito maior devido á natureza de sua atividade profissional.

  • grande Livro

    mostra a vergonha que são os PTalhas
    vc deveria ler e aprender um pouco, ou claro se for um PTralha ai sim fica ofendidinho

  • O livro é uma maravilha. Só tem um problema: esquerdista como este blogueiro burro não é capaz de entender uma só frase de Reinaldo Azevedo. Triste país de analfabetos.

  • allan, idiota é você, que nem ao menos escreve o nome com letra maiúscula. Claro, não deve haver nada de maiúsculo em seu caráter.

    E não ofenda os nordestinos. Os autores do blog aqui também são nordestinos. Se está achando ruim, escreva seu próprio blog (que provavelmente só a sua mãe vai ler).

  • PETISTAS, vcs são o CANCER deste pais, vcs solaram o pais num mar de corrupção e bandidismo colocando um governo incompetente, corrupto, manipulador e anti-democratico. Vcs não tem moral enm intelectualidade para falr da Veja, pois vcs são imcompententes e ignorantes.. Reinaldo e Digo serão martirs nesta luta contra o esta QUADRILHA chamada PT, Petistas e Petralhas , vcs são a doença que se propaga e tem que ser eliminados.

  • O Reinaldo Azevedo presta um grande serviço a democracia do País. Suas colocações são baseadas em Fatos.

    • MARCIA VC E UMA PESSOA SEM INFORMACAO LEIA PROCURE TUDO QUE ACONTECEU NO GOVERNO FHC E COMPARE.

      • Toda vez que eu acesso este blog, me deparo com um comentário singelo do Sebastian; advogado e empresário bem sucedido.
        Eu li e continuo com o FHC sem titubear. Seria bom você fazer uma releitura à luz dos fatos e não da ficção. Ninguem é burro a ponto de dizer que não ha corrupção ou malversação em qualquer governo. Apenas que no caso do governo atual, estes escândalos servem para um propósito ideológico de dominação e tem um alcance muito maior. Em um caso (FHC) tínhamos situações pontuais que deviam ser combatidas com firmeza; e muitas o foram. No outro caso (LULA) temos um projeto de poder que usa de artifícios muito mais sujos e com uma coordenação central. Podemos dizer que trata-se de crime organizado. O que dizer das relações espúrias das farc com o nosso atual governo? E o mensalão, é uma obra de ficção (não vale comparar com o mensalão do DEM, onde os responsaveis foram defenestrados do partido)? E o que dizer do estelionato eleitoral das realizações do governo anterior (bolsa família entre outras). E a atitude absolutamente contrária à liturgia do cargo manifestada pelo Lula em suas aparições? E por aí vai.
        Acredito que fazer comparações maniqueistas do desempenho de dois governos e um ato burro. Mas pesar os prós e os contras de cada um à luz da verdade dos fatos, é um ato de bom censo. Nesse aspecto eu reafirmo, o governo pt é muito, mas muito pior do que o governo FHC. Um desenvolveu as políticas relacionadas à economia que são praticadas até hoje, e deram resultado tirando o pais do fundo do poço. Ao mesmo tempo criou e implementou uma série de programas que nos levaram ao pico da atividade agrícola e agropecuária. Alavancou as telecomunicações e por aí vai. O outro se apropriou indebitamente destas conquistas e ao invez de mostrar que soube dar continuidade ao que de bom foi feito, simplesmente negou de forma mesquinha a realidade dos fatos, para se apresentar como a solução de todos os problemas do pais e como o poder hegemônico que séria o únuico a valer a pena. Isto é anti democrático, mentiroso e desonesto em princípios. Pra completar eu digo que gostaria de falar bem a respeito de Lula, com mais consideração, porem é impossível conciliar esta vontade com o que constato todo o dia a respeito de sua atuação. Seria para o pt muito mais fácil se a imprensa estivesse amordaçada como em outros paises, quando seria possível vender a fantasia de que “pt is beautiful”. Não, não é nem nunca foi. Por traz dele está um jogo de poder e de dominação. Eu não aceito de forma alguma que pessoas despreparadas me digam o que fazer e como devo pensar. Dentro das limitações da lei e tambem da atitude moral e ética, eu sou um homem livre e pretendo continuar assim. Alem do mais, eu vivi em uma fábrica durante muito tempo, e vi como atuavam os sindicatos e as centrais sindicais na busca de apoio que não é absolutamente pela causa dos trabalhadores, mas pela dominação politico ideológica e dissolução da prática democrática. São eles que tentam dominar os corações e as mentes do trabalhador que muitas vezes não tem ferramentas intelectuais para perceber como eles atuam (não é preconceito, é uma constatação prática); são eles que querem acabar com a liberdade em nome de causas sociais que é claro eles vão conduzir. O amordaçamento da imprensa sob qualquer pretexto só serve a eles, pois nós que defendemos o direito e a democracia convivemos com esta dualidade. Eu não quero que ninguem morra nem seja eliminado da face da terra, mas quero justiça e liberdade para expressar minha opinião da forma com que fique claro que estamos em uma democracia e não num seu arremedo. Eu acredito em direitos atrelados a obrigações; privilégios estão fora desta pauta. Pra finalizar, eu aceito discutir minhas concepções políticas e filosóficas com você ou com qualquer outra pessoa, mas se você tenta me impingir seu pensamento, só porque você acha que é melhor, eu digo: Cala-te Sebastian.

  • Não leu o livro e quer falar sobre ele?

    “Justiça seja feita a Mainardi e Azevedo, não se travestem de independentes. Deixam claros que são anti-PT, e lê quem quer.”

    Não são independentes porque são anti-PT? Acho que teria sido melhor, se no lugar de independente, vc tivesse usado imparcial. Vc pode ser independente e ser pro ou anti-PT.

  • Independente de partido, e eu tento ser neutro. O que eu acho engraçado é que ao invés de quem se diz petista se abismar com o que a Veja acha de corrupção. Ela critica a Veja por fazer oposição, esquecem o problema maior que é a Veja achar o que falar… mas muitas vezes os petitas ficam cegos quando o erro é no seu proprio lado… eu realmente não entendo, mas é esse o povo brasileiro, ta acostumado com corrupção e nem liga pra isso.

  • Hoje na aula de redação, a professora propôs que redigissemos uma carta sobre esse tal livro. Que vergonha! Ridículo, como assim o errado está certo. Fiquei totalmente indignada. Concordo com tudo o que você disse.
    Eu assino veja, porém cancelarei minha assinatura, trocarei para a revista Caros amigos.
    Ótimo texto o seu, beijos.

  • Reinaldo Azêdo: o gênio que nunca saiu da lâmpada; e jamais
    sairá; felizmente !

  • Minha manifestação sobre os que se opõe a Reinaldo Azevedo que escreve sobre a realidade que acontece no Brasil, transcrevo a “Professia de Geisel 1974/1979″:

    Se é a vontade do povo brasileiro eu promovo a Abertura Politica no Brasil.
    Mas chegará um tempo que o povo sentirá saudades da Ditadura Militar.
    Pois muitos desses que lideram o fim da Ditadura Militar não estão visando o bem do povo, mas seus
    próprios interesses “Assinado Ernesto Geisel”

Tem algo a dizer? Vá em frente e deixe um comentário!

XHTML: Você pdoe usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Enquetes

Em relação ao impeachment de Dilma Rousseff, qual sua posição?

Ver Resultado

Loading ... Loading ...

Frase do dia

  • A riqueza de uma nação se mede pela riqueza do povo e não pela riqueza dos príncipes.”, Adam Smith.

ARQUIVO

agosto 2019
S T Q Q S S D
« mai    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Informação com Humor

MARCO BAHÉJornalista
É formado em Jornalismo e pós-graduado em História Contemporânea e História do Nordeste do Brasil. Foi repórter da Gazeta Mercantil para os estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Também atuou como repórter do Jornal do Commercio, editor da Folha de Pernambuco e repórter especial do Diario de Pernambuco. É correspondente da revista Época no Nordeste desde 2003. Tamb´m atua com publicidade e marketing eleitoral desde 2004.
PIERRE LUCENADoutor em Finanças
É doutor em Finanças pela PUC-Rio e mestre em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco. É professor adjunto de Finanças da UFPE e foi secretário-adjunto de Educação de Pernambuco. É autor de vários trabalhos publicados no Brasil e no exterior sobre o mercado financeiro, e participa como revisor de várias revistas acadêmicas na área. É sócio-fundador da Sociedade Brasileira de Finanças. Foi comentarista de Economia do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (TV Jornal e Rádio CBN). Atualmente é coordenador do curso de administração da UFPE, e Coordenador do Núcleo de Estudos em Finanças e Investimentos do Programa de Pós-graduação em Administração da UFPE (NEFI).