X Virtuosi começa semana que vem

dez 7, 2007 by     Sem Comentários    Postado em: Atualidades

teatro-santa-isabel-interno.jpg

Ótima notícia para quem gosta de música erudita. Está chegando mais uma edição do Virtuosi. A 10º edição do consagrado festival terá início no próximo dia 10, segunda-feira.

Segue o release do evento, abaixo:

O festival Virtuosi (Festival Internacional de Música de Pernambuco) comemora nesta edição dez anos de atividade. O festival vem trazendo ao longo dos anos ao Recife uma programação musical que alia sofisticação e ousadia com artistas convidados de diversas partes do mundo com performances incríveis.

Em sua décima edição, o Virtuosi, que acontece de 10 a 16 de dezembro no Teatro de Santa Isabel, homenageia o escritor Ariano Suassuna e realiza a maratona musical “Virtuosi pela paz”, em parceria com a Genera – Inteligência Social, oferecendo uma programação de 24 horas de música entre os dias 14 e 15 de dezembro.

Convidados – Mais de 80 instrumentistas vem ao Recife para participar do X VIRTUOSI, incluindo nomes mundialmente famosos, que vem ao festival pela primeira vez como o pianista suíço Gerard Wyss, o violinista italiano Mauro Loguercio, o trombonista sueco Christian Lindberg (considerado ao lado de Miles Davis e Louis Armstrong como um dos três maiores instrumentistas de sopro do mundo), o pianista sueco Roland Pontinen, a cantora soprano russa Valeria Stenkina, o tenor norueguês Johann Christer Novsjo e o violinista sueco Stig Nilsson.

O X VIRTUOSI traz neste ano diversos grupos convidados de outros países para concertos nas noites de evento como o Memphis Brass Quintet, da Universidade de Memphis (EUA), o grupo francês Le Quatuor Caliente (ganhador do Prêmio Internacional Piazzolla) e o grupo de jazz Birth of the Cool, da Universidade de Memphis (EUA). E entre os talentos nacionais que participam do VIRTUOSI neste ano estão os violoncelistas pernambucanos Antônio Meneses, vencedor do prêmio Tchaikowsky 1982, e Leonardo Altino, vencedor do prêmio Viña Del Mar 1991; o quinteto de sopro Opus Brasil Ensemble pela primeira vez em Pernambuco; retornando para Recife depois de cinco anos, o Quarteto de Brasília; o pianista Marco Antônio de Almeida, diretor do Festival de Música de Londrina; o grupo Ensemble São Paulo; o Quarteto Raga, grupo de câmara do Rio de Janeiro formado por músicos da Orquestra Sinfônica Brasileira; e a Orquestra Jovem de Pernambuco, que emocionou o público local em diversas ocasiões neste ano nos concertos do Virtuosi Brasil e no Festival de Inverno de Garanhuns.

Programação – A programação do X VIRTUOSI se inicia com concerto de abertura no dia 10 de dezembro às 21h no Teatro de Santa Isabel, com o recital do violoncelista Antonio Meneses tendo ao piano Gerard Wyss. No dia seguinte, se inicia a Série Salão Nobre, no Teatro de Santa Isabel, com a presença dos grupos The U.M. Jazz Players, Copenhague Ensemble e Quarteto de Brasília. Na mesma noite, o festival apresenta o primeiro concerto da Orquestra Sinfônica Virtuosi e Virtuosos executando obras de Mozart, Beethoven e Rimsky-Korsakov.

No dia 12, a partir das 17h, o Salão Nobre traz instrumentistas nacionais e internacionais para executarem Sonatas de Brahms, seguidos por apresentação da Orquestra Jovem de Pernambuco com peças de Mendelssohn e Tchaikovsky. Às 21h a Série Vicente Fittipaldi apresenta a noite intitulada “The Memphis Connection”, com a participação de virtuosos instrumentistas da Universidade de Memphis (EUA), destacando-se a presença da violinista Soh-Hyun Park e dos grupos Memphis Brass Quintet e Birth Of The Cool, numa noite onde serão homenageados os grandes nomes do Jazz.

A homenagem a Ariano Suassuna acontece no dia 13 de dezembro, com a apresentação de novas obras encomendadas especialmente para a ocasião. Neste dia, haverá a estréia mundial de três obras dedicadas ao escritor, sendo uma delas “Frevo nº 2” do compositor pernambucano Marlos Nobre e executada pelo próprio autor, uma obra de Danilo Guanais e outra de Eli-Eri de Moura. Na primeira parte do concerto, o pianista filipino Victor Asuncion executará o “IV Ciclo Nordestino”, uma peça composta com temas de caboclinhos, maracatu e frevo.

No dia 14, tem início a maratona musical VIRTUOSI PELA PAZ, um evento de caráter inédito no Brasil, reflexo da ousadia adquirida pelo VIRTUOSI ao longo dos anos. Em parceria com a GENERA – Inteligência Social, a programação oferece 24 horas de música, abrindo com o programa “Uma Noite na Ópera”, dedicado à memória do tenor Luciano Pavarotti, falecido neste ano. O programa traz passagens clássicas de obras como “La Forza Del Destino”, “La Traviata” e “Cavalleria Rusticana”, interpretadas pela soprano russa Valeria Stenkina e pelo tenor norueguês Johan Christer Novsjo. À meia-noite será apresentada a “Sinfonia dos Dois Mundos” com texto de Dom Helder Câmara e narração do Padre Antonio Maria celebrando a paz entre os povos. Esta obra foi escrita para orquestra sinfônica, coral adulto, coral infantil, dois solistas cantores e um narrador. Padre Antonio Maria será o narrador da obra.

A programação do VIRTUOSI PELA PAZ segue pela madrugada com a primeira edição nacional do Yellow Lounge, projeto criado pela Deutsche Grammophon, comandada pelo DJ Terrible, com o apoio do VJ Safy Sniper, ambos de Berlim. Durante as 4 horas do Yellow Lounge, a “rave” de música clássica será intercalada por música ao vivo com a participação de artistas que participam desta edição do VIRTUOSI além de imagens interativas.

Durante as 24 horas de maratona do VIRTUOSI PELA PAZ, haverá feira de alimentação, artesanato, exposição de instrumentos, liuteria, venda de CDs, livros e música. Um telão ainda será colocado fora do teatro para maior participação do público presente. A maratona se encerra com a participação de cerca de 120 jovens instrumentistas vindos de Fortaleza, Natal, João Pessoa e Recife, tendo como solista o pianista ucraniano Volodymyr Vynnytsky.

O programa “Tangata & Los Bandidos” será apresentado no dia 15, com a presença do grupo francês Le Quatuor Caliente, executando obras do compositor argentino Astor Piazzolla. Na segunda parte da noite, os solistas Christian Lindberg (trombone) e Roland Pöntinen (piano) executam obras de Sandström, Stenhammar e composições próprias sob o tema “Amor, Morte e Bandidos”.

O concerto de encerramento do X VIRTUOSI acontece no dia 16, às 20 horas, com a participação do Charleston Trio, formado pelo violinista Lee-Chin, pela cellista Natalia Khoma e pelo pianista Volodymyr Vynnytsky tocando peças de Liszt, Rachamaninov e Tchaikovsky. Na segunda parte da noite, a Orquestra Sinfônica Virtuosi encerra o festival com um concerto especial, que em sua trajetória também tem aberto espaço para obras um tanto incomuns e de difícil execução. Trata-se da obra “A Motorbike Odyssey”, de autoria do compositor sueco J. Sandström, sendo interpretada na ocasião pelo trombonista Christian Lindberg, que entrará no palco em cima de uma motocicleta como um verdadeiro motoqueiro, vestindo roupa de couro e acessórios.

Debates – A décima edição do VIRTUOSI vai além dos concertos e apresentações musicais, incluindo um espaço especial em sua programação para a reflexão de temas relacionados a questões que poderão auxiliar o público e os produtores culturais a compreender os modos de produção, organização, circulação e fomentação do mercado da música erudita. Esta é a preocupação do ciclo de debates “A Saga da Música de Concerto no Brasil de Hoje e na América Latina”, que ocorre de 06 a 09 de dezembro, na UnB, em Brasília e de 11 a 15 de dezembro no Museu do Homem do Nordeste. As inscrições para os debates são gratuitas e acontecem no Departamento de Música da UnB, na Fundação Joaquim Nabuco ou pelo site do Virtuosi (www.virtuosi.com.br).

O evento vai procurar “formalizar novas estratégias que garantam o desenvolvimento de uma maior interação com a produção de música de concerto da América Latina”, afirma Ana Lúcia Altino com relação a proposta dos debates e do texto conclusivo a ser formatado no final do projeto. O documento, discutido e aprovado pelos participantes do projeto, será editado e enviado aos Ministérios correspondentes, governos estaduais e municipais, instituições de ensino no Brasil e na América Latina, produtores musicais e ao Conselho Internacional de Música da UNESCO. O projeto “A Saga da Música de Concerto no Brasil de Hoje e na América Latina” é apoiado pelo Programa Cultura e Pensamento, iniciativa do MinC, com o patrocínio da Petrobras, através da Lei Federal de Incentivo. É coordenado pela Fundação de Apoio à Pesquisa e à Extensão (FAPEX) e co-realizado pelo Ministério da Educação (MEC), pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), pelo Serviço Social do Comércio de São Paulo (Sesc-SP) e pela TVE-Bahia.

Master calsses – Assim como nos anos anteriores, a programação do VIRTUOSI oferece Master Classes de aperfeiçoamento para estudantes e profissionais de música da região. As aulas são divididas de acordo com gênero e instrumentos musicais: jazz, cordas, madeiras, metais, canto e regência. Instrumentistas convidados que participam do X VIRTUOSI a exemplo da violinista coreana Soh-Hyun Park, do soprano russo Valeria Stenkina e do Maestro venezuelano Alfredo Rugeles darão aulas aos interessados.

Histórico, que começou em 1998 com apenas duas noites de concerto, foi crescendo ao longo dos anos até conquistar um nome nacional. O festival foi criado pelo casal Altino Garcia. Ela, pianista pernambucana, doutora pela Universidade de Boston, ele, regente e violinista chileno radicado no Brasil há muito anos. Ambos incansáveis batalhadores pelo desenvolvimento da música no Brasil. Rafael e Ana Lucia Garcia acreditam que somente através de um evento desta natureza é possível fazer música da mais alta qualidade. E com isso, trazer grandes personalidades e artistas famosos, tanto nacionais como internacionais, contribuindo para o desenvolvimento e enriquecimento cultural do país.

O festival Virtuosi é um empreendimento que conta com o Incentivo da PETROBRAS, Chesf, Copergás, Koblitz, Governo de Pernambuco e CEPE e que conta com o apoio cultural da Prefeitura do Recife, Musashi, TIM, Rapidão Cometa, Consulado Geral da França, Jornal do Commercio, AESO / Barros Melo e Livraria Cultura.

X Virtuosi
Local: Teatro de Santa Isabel – Recife
Datas: De 10 a 16 de dezembro de 2007
Horários: Série Salão Nobre – 17h | Série Vicente Fittipaldi – 20h
Ingressos: Entrada Gratuita

Expediente
Direção Geral: Ana Lúcia Altino
Direção Artística: Rafael Garcia
Realização: Virtuosi Sociedade Artística Ltda
Produção: Virtuosi Sociedade Artística Ltda
Assessoria de Imprensa: Coquetel Molotov
Criação Gráfica: Extra Comunicação
Criação Website: Estela Vasco
Website: www.virtuosi.com.br

Tem algo a dizer? Vá em frente e deixe um comentário!

XHTML: Você pdoe usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Enquetes

Em relação às punições de corruptos...

Ver Resultado

Loading ... Loading ...

Frase do dia


  • “O homem de bem é um cadáver mal informado. Não sabe que morreu.”
    Nelson Rodrigues.

ARQUIVO

setembro 2014
S T Q Q S S D
« set    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Informação com Humor

MARCO BAHÉJornalista
É formado em Jornalismo e pós-graduado em História Contemporânea e História do Nordeste do Brasil. Foi repórter da Gazeta Mercantil para os estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Também atuou como repórter do Jornal do Commercio, editor da Folha de Pernambuco e repórter especial do Diario de Pernambuco. É correspondente da revista Época no Nordeste desde 2003. Tamb´m atua com publicidade e marketing eleitoral desde 2004.
PIERRE LUCENADoutor em Finanças
É doutor em Finanças pela PUC-Rio e mestre em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco. É professor adjunto de Finanças da UFPE e foi secretário-adjunto de Educação de Pernambuco. É autor de vários trabalhos publicados no Brasil e no exterior sobre o mercado financeiro, e participa como revisor de várias revistas acadêmicas na área. É sócio-fundador da Sociedade Brasileira de Finanças. Foi comentarista de Economia do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (TV Jornal e Rádio CBN). Atualmente é coordenador do curso de administração da UFPE, e Coordenador do Núcleo de Estudos em Finanças e Investimentos do Programa de Pós-graduação em Administração da UFPE (NEFI).