General Newton Cruz, o “nosso Mussolini”

abr 9, 2010 by     107 Comentários    Postado em: Economia

O episódio do vídeo acima aconteceu no dia 17 de dezembro de 1983. O militar que concede a entrevista é o general Newton Cruz, que já foi chefe do SNI e, à época do vídeo acima, era comandante militar do Planalto. O jornalista agredido se chama Honório Dantas, da Rádio Planalto. Na cena pitoresca fica bem explicito o conceito refinadíssimo de “democracia” que o gal. possui, além de deixar exposta toda a sua “respeitabilidade” para com um profissional da comunicação.

Pesquisando na internet, achei um texto de Nelson Cadena, que explica melhor o que aconteceu. O texto vai mais abaixo.

Ontem publiquei (aqui no blog) a entrevista que o general Leônidas Pires Gonçalves concedeu ao repórter Geneton Moraes Neto, e que foi exibida no canal fechado GloboNews. A próxima entrevista da série irá ao ar amanhã, sábado, às 21h, e será justamente com o gal. Newton Cruz, aquele a que o ex-presidente João Figueiredo chamava cinicarinhosamente de “nosso Mussolini”. Pelo comercial anunciando a entrevista que irá ao ar, percebemos que o gal. Cruz continua ostantando toda sua robustez.

Aguardemos com a expectativa de que a entrevista acima seja igualmente disponibilizada na internet. Como o canal GloboNews é fechado para assinantes, poucas pessoas terão oportunidade de assistí-la. Caindo na rede, o acesso fica mais amplo.

[Atualização, 12/04/10 - 23h06] - Os vídeos da entrevista com o general Newton Cruz estão disponíveis nos post Era moda aquele negócio de bomba em banca de jornal”).

Abaixo, conheçam mais sobre o episódio onde o gal. Newton Cruz enquadrou o jornalista Honório Dantas na gravata de seu autoritarismo.

“O General que engravatou o jornalista”

Artigo de Nelson Cadena,
publicado originalmente no Portal Imprensa em 09/06/2008

No Natal de1983 (17/12) o todo poderoso general Newton Cruz, então comandante militar do Planalto, o “nosso Mussolini” na cínica observação do presidente João Figuereido, convocou uma entrevista coletiva com o objetivo de prestar contas à nação sobre as medidas de emergência em vigor desde 19/10 do referido ano. Já fazia dois meses que o Presidente da República, através do decreto Nº 88.8888, estabelecera medidas de emergência em Brasília a pretexto de preservar a ordem pública, mas com o objetivo explícito de sufocar o movimento das “Diretas Já” que tomava conta do país.

A Invasão da sede da OAB, então presidida por Mauricio Corrêa, em 24/10, era a mais contundente expressão do regime, naquele momento político de incertezas, o fim de um longo ciclo de autoritarismo que teimava em desafiar o processo de abertura em curso. O certo é que o truculento General Cruz, ex-chefe do SNI, envolvido com o seqüestro e morte do jornalista Alexandre Von Baumgarten em 1982 (inocentado mais tarde pela justiça por falta de provas) e no ano anterior com o fracassado atentado do Riocentro (o general fora informado uma hora antes que militares pretendiam explodir uma bomba no local), convocava a entrevista para dar a sua versão sobre as medidas de emergência.

Começou acusando à imprensa de má fé, questionou o teor das noticias que os correspondentes em Brasília enviavam para os jornais, insistia nessa linha de confronto com os repórteres quando, de repente, se aborreceu com uma observação do radialista Honório Dantas, da Rádio Planalto.

Gravata e chave de braço

O radialista aproximava o gravador aos lábios do entrevistado quando foi surpreendido por um empurrão. O General, então, afastava o gravador e aos berros constrangia o jornalista: “Cale a boca, deixa eu falar e desligue essa droga”. Dantas afastou-se alguns passos e provocou, gravando: “De minha parte, depois de ser empurrado pelo general Newton Cruz, me sinto muito honrado”.

De costas, não percebeu a vulcánica reação do militar; descontrolado, livrou-se dos assessores que tentavam segurar o seu impulso, segurou o repórter pelo pescoço, em seguida aplicou-lhe uma chave de braço e na frente dos cinegrafistas ordenou:”Peça desculpas, moleque”. Dantas obedeceu: “desculpas”. Newton Cruz, ainda possesso, não se deu por satisfeito: “Não é assim. Diga eu peço desculpas”. O radialista repetiu a frase que a rede Globo exibiria à noite, durante o “Jornal Nacional”, revelando ao Brasil o destempero e truculência do comandante militar do Planalto.

A repercussão do episódio foi sufocada pelo espírito de Natal, mas mesmo assim as entidades de classe reagiram emitindo comunicados de protesto; a Folha de São Paulo publicou um artigo assinado por Paulo Sérgio Pinheiro que destacou: “o abuso de autoridade e a agressão do general refletem a concepção que várias autoridades do regime fazem da imprensa e dos meios de comunicação”, observando:” sua excelência nada entende do funcionamento da moderna imprensa…apesar de sua larguíssima experiência no Serviço Nacional de Informações”. O episódio inspirou, ainda, o título do livro de Fernando Jorge, Editora Vozes, sobre a violência contra a imprensa (Cale a Boca, Jornalista!) lançado em 1987.A publicidade também se manifestou, através de uma pequena agência de Feira de Santana (VMA), interior da Bahia, que no dia seguinte publicou um anúncio sobre o episódio com o título: “Peça desculpas Sr General”. A 6º Região Militar pediu explicações à agência e ao jornal e o Prêmio Colunistas (premiação que destaca os melhores trabalhos publicitários) de 1984 conferia medalha de ouro à peça no formato de ¼ de página, mais pela coragem do que pelo leiaute.

107 Comentários + Add Comentário

  • http://colunistas.ig.com.br/luisnassif/2010/04/09/o-brasil-pos-lula/

    Valor: A classe média também pode gerar instabilidade, ao sentir que perde privilégios?

    Alencastro: Isso já está acontecendo. É o que alimenta a agressividade anti-Lula de certos jornais e revistas, que retratam a perplexidade de uma camada social insegura: os pobres estão satisfeitos e os ricaços também, mas a velha classe média não acha graça nenhuma. Ter doméstica com direito trabalhista, pobres e remediados comprando carro e atrapalhando o trânsito, não ter faculdade pública garantida para os filhos matriculados em escola particular. Tudo isso é resultado da mobilidade social, que provoca incompreensão e ressentimento numa parte da classe média. Daí o furor contra o ProUni, as cotas na universidade, o Bolsa Família.

    • Citou um dos brasileiros estudiosos mais lúcidos da atualidade.

      • É por aí mesmo.

        E por falar nisso: Bye-bye Serra 2010!!

        A espontânea do Vox Populi deu Dilma 16%, LULA 16% e Serra, meros 12%.

        Bye-bye Serra 2010!

    • Valeu necessário, pela piada do dia!

    • “Isso já está acontecendo. É o que alimenta a agressividade anti-Lula de certos jornais e revistas, que retratam a perplexidade de uma camada social insegura”

      Quer dizer que as críticas se devem ao fato da classe média não querer assinar carteira de doméstica ? kkkkkkkkk
      Mensalão , grana em cueca, associação com velhos coronéis, boom empresarial do filhinho não significam nada. Ô classe média, deixa de chorar e assina a carteira da galera!

      “não ter faculdade pública garantida para os filhos matriculados em escola particular”
      Primeiro, se a faculdade é pública, é sustentada por todos, do ricaço ao pobretão, logo qualquer um poderia estudar lá, ou não ? Mas com esse “argumento” ele mostra que é um pseudo-defendor de pobre.
      Segundo, Pro-uni é gambiarra. Cadê a melhora da escola básica ? Com a palavra os professores pernambucanos. Ou não estamos formando uma geração de analfabetos funcionais diplomada ?

      • Travado.

      • Alexsandro, a carapuça te serviu direitinho.

        • Carapuça é um cara que mora na Ilha do Rato, Skylab ou Beira mar 2 acreditar nessa baboseira!

  • André,
    Não to conseguindo visualizar os vídeos desse post. Não tá carregando.
    Esse assunto é deveras interessante. O tom da entrevista do general Newton Cruz (pelo que pude antever na propaganda da Globonews) me passa a impressão do quão frágil é a democracia brasileira…

  • Já consegui abir o segundo, da propaganda da globonews, mas não o primeiro, que me deixou bastante curioso, mostrando a “gravata” sobre o jornalista. Não teria um link alternativo.

    Uma reflexão interessante: Quem poderia proteger um país de seus próprios militares?

    • Plínio,

      Tenta ver no youtube.

      http://www.youtube.com/watch?v=IWuggz3aWhw

      Abs.

    • Outra reflexão.
      Sem os militares, quem protegeria nossa soberania?

      Mais uma reflexão.
      Por que a frente das ditaduras comunistas/socialistas quase sempre teve um militar? Note q na URSS, qdo um civil foi colocado a frente, o Estado da União Soviética começou a se deteriorar.

  • Cadê o demo?

  • Imagine o Newton Cruz estando ainda na ativa no mundo como está hoje!!!
    HAHAHAHAHAHAHAHA

    Iam enfartar o velho!!!!

  • Que idiotice! Essa entrevista foi ontem, foi? Isso era em outros tempos, o cara não está pleiteando nenhum cargo. Para mim, isso é falta de assunto, é claro.

    Fala aí das chacotas do grande imbecil, líder de outros imbecis menores, com relação à Justiça brasileira. Isso sim é um conceito refinadíssimo de democracia.

    • Pô,meu chapa. baixa lá no reinaldo azevedo,Noblat, Coturno noturno e serás feliz. bem feliz.

  • Raboni,

    Gostaria de iniciar uma campanha contra a expressão “PIG”, apenas porque foi criada, na minha opinião, por um dos maiores “***” (auto-censura), que é o Paulo Henrique Amorim.

    Depois, é certo que General Newton era um brucutu (é ainda, porque ainda vivo). O episódio da gravata no jornalista até hoje eu me lembro. Prepotência.

    Agora, faça um post com O MANDA-CHUVA DA ECONOMIA NAQUELA ÉPOCA, um cara que lascou o Brasil, aumentou as diferenças sociais, era criticado por toda a oposição, motivo de piada de todos os humoristas, pintou, bordou e fez o que quis, e HOJE, POR MANTER ALGUMA AFINIDADE COM O PRESIDENTE, ninguém mais o esculhamba: DELFIM NETTO.

    O general Newton, pelo menos, nunca vi ser acusado de corrupção. Um leão-de-chácara, que fez o que fez até por acreditar que seria o melhor.

  • Muito boa a lembrança do Raboni. Fiquei a imaginar quando o posto seria criticado. Demorou mais do que eu imaginava, Raboni. quanto a newton cruz foi acusado de. foi acusado de assassinato.

  • Quando eh que vao denunciar as arbtrariedades atuais de parte do Judiciario, tao ou mais truculentas que a do velho regime? Represento dezenas de moradores do loteamento Ferraz em Aldeia, todos com mais de 20 anos e posse documentada, na iminencia de se verem “despejados” por ordem da 6 Vara do Trabalho do Recife (bem penhorado) e aval do TRT, sem direito a discussao sobre eventuais direitos ou indenizacao. O advogado da empresa arrematante eh marido de uma pessoa muito poderosa na Justica do Trabalho. Estamos organizando, nesses proximos dias, panfletagem na frente do tribubal, carro de som e, obvio, interrupcao no transito ali no final da tarde…

  • É impressão minha ou a Argentina e o Chile já estão julgando e condenando os generais que patrocinaram a chacina naquelas terras? Quem estiver mais informado dá uma luz sobre o tema. Por que o Brasil tem de caminhar a passos de tartaruga? Quero ver quem vai ter coragem de peitar esses generais na Comissão da Verdade.

    • Plínio, o objetivo é esse : Deixar os caras morrerem!
      Depois, uma “homenagem” póstuma!

  • Muito arrogantezinho esse general! Mas, Raboni, cá entre nós, para quem tolera Fidel e cia. esse cara é fichinha!

  • Gen newton cruz , covarde , rodeado de seguranças , assediando moralmente um profissional no exercício da profissão , o jornalista devia ter processado este palhaço no primeiro dia da queda do regime militar.Como brasileiro sinto vergonha destes marginais fardados , ainda bem que os tempos mudam. viva a democracia!!!!

    • Viva a Democracia? Qual?

      • … a democracia dos políticos hipócritas, ladrões, safados!

  • vocês sabiam que ainda rendem homenagem a esses caras? podem ver que o edifício garagem do hospital do exército do recife , recebeu em recente inauguração o nome de gal castelo branco , está lá o letreiro bem grande. vcs acreditam nisso??? não teriam outra pessoa para homenagear? detalhe a cerca de 300 metros dali esta o memorial da tortura lá na rua da aurora para deixar na nossa lembrança a marca impressa por estes generais na sociedade brasileira.

  • General covarde!! Acho que escrevi algo redundante em se tratando de milicos brasileiros.

    O jornalista deveria ter dito: “Vem General, um-contra-um”.
    Dúvido que ele enfrentaria alguém em condições de igualdade.

  • Garanto que se este gen. Newton, estivesse sozínho sem seguranças ao lado, não peitaria o referido Jornalista, teria era medo de levar umas merecidas porradas.

  • O lamento é que vivemos nessa democracia passiva e acomodada, mesmo de saber o que é não tê-la.

  • Isso me faz lembrar de uma estória…

    Era uma vez na antiga roma, um general que metia medo em todo mundo.

    Ele era respeitado, porque ninguem queria sofrer a violencia dele. Então mudou o imperador e o general foi destituido do cargo. Mas ele continuou intimidando as pessoas, e muitos reagiram como se ele ainda fosse general, e ficaram com medo dele.

    Um porem achou graça disso, e começou a questionar a todos:”Porquê vocês temem esse homem que se comporta como se tivesse autoridade e poder, mas não tem” ?

    E assim todos perderam o medo e passaram
    a achar graça do velho que não percebeu que o imperador mudara, e ele não tinha mais poder e nem autoridade sobre ninguem e portanto, sem o direito à “violencia cívica” que antes tinha.

    Rafael

    • Rafael, boa história.

      O nome disso não seria “efeito retardado”?
      8)

  • Quem viu o gen. Newton hoje no Jornal da Globo? Passou na edição de hoje (na verdade, ontem, sexta-feira) um “aperitivo” do que vai ao ar no Globonews amanha.

    Pense num véio brabo da porra, dando esporro no jornalista! Figuraça! AUHAHUAUHAUHAUHAUH

    • Alguem tem que levar o véio pra curar o reumatísmo e “as artríte” heuaeahu

      Ele ainda acha que está no cargo! hhahaha

  • Qual a diferença das Forças Armadas da uma Ditadura de Direita para as Forças Armadas de uma ditadura Comunista/Socialista (de esquerda)?
    1) Na ditadura de direita, as Forças Armadas estão a serviço do ditador;
    2) Em uma ditadura de esquerda, as Forças Armadas estão a serviço do Partido, dos cumpanheiros e dos cumpadres.

    Mêu! Nas Forças armadas o cara só eleva patente por mérito.
    Lá num tem jeito do cara ganhar patente no gogó não. O general Newton Campos estava onde estava por mérito. Estava recebendo ordens e cumprindo ordens. Arrogante? Quem do PT não é arrogante? Querem chegar o cara na parede, agredí-lo, aparecer em cima dele, e querem que ele baixe a cabeça, e diga amém?
    Ele incomoda pq ele tem coragem, tem orgulho, é patriota, não se esconde, não se esquiva, não mente, não ficou rico e não se entrega. Tudo isso apenas pelo padrão de vida que sua carreira militar pode proporcionar, nada mais.
    Vamos respeitar o cara Meu! Dá licença.

    • Ed, de arrogantes o Brasil tá cheio mas a arrogância de um não justifica a arrogância de outro. O que é de estranhar é que um blog que vive inventando meios de justificar caras como Fidel, Chavez e Zelaya fique chorando contra um generalzinho (arrogante, sim) que era pau mandado!

      • Alexsandro,

        “… um blog que vive inventando meios de justificar caras como Fidel, Chavez e Zelaya…”

        Deu tilte no sistema foi? Muda esse forja, cara, e tira essa tabela aperiódica da parede ao lado.

        “…chorando contra um generalzinho…”

        Você tá vendo lágrimas onde só existem sorrisos. Quem chora diariamente aqui, não sou eu. Mas fazendo uma forcinha não fica tão difícil saber quem é.

        • Ih, o defensor dos Homers estilou!!!

        • Alexsandro, desde quando responder é “estrilar”? Não tenho o direito de comentar, não?

          Defensor dos Homers“? hahahahahahaha :D

          Eu defendo, mesmo os Homers. Defendo seus direitos de afundarem em seus sofás até que se tornem verdadeiras lombrigas (já leu A metamorfose?) se assim desejam.

        • Não fui eu que fiquei chorando quando Michellti deu o contra golpe, foi ?

        • “Contragolpe”? Igual ao de 1964, aqui no Brasil, né?

          Mas, se preocupe não, que o grande democrata agora é deputado vitalício.

        • Se eu o achasse “um grande democrata” não teria dito que ele deu um “contra golpe”. Entenda, sou a favor da democracia. Não fico tentando justificar um golpe de esquerda com golpes de direita, como alguns professores de história gostam de fazer. O pior é quando o cara acha que está sendo revolucionário quando classifica alguém como direitista ou esquerdista. Para essas mentes você só pode pertencer a um dos dois grupos. Você não pode discordar de algo que é sumariamente taxado.

    • Ed no livro a “A arte da guerra” de Sun Tzu, é descrito que uma das coisas que um general precisa ter é controle emocional. O fato de poder existir *Generais* nas forças armadas como esse descontrolado senhor, é algo
      grave sobre o passado do país ao meu ver. Vai que ele tivesse ouvido no rádio uma piadinha que não gostou e
      manda torturar os infelizes que fizeram a piada.

      As forças armadas precisam de gente séria e corajosa, e não de covardes fanfarrões.

  • raboni,
    estas datas estão corretas?
    a campanha das diretas só se tornou significativa durante o ano de 1984, como é que em outubro de 1983 já haveria preocupação com o crescimento da campanha? é isso mesmo?

    • Silvio,

      A primeira manifestação pública pelas Diretas aconteceu aqui em Pernambuco, no dia em que completava 19 anos o golpe militar de 64. Ainda em 1983, várias outras manifestações aconteceram país afora.

      Lembra daquela manifestação da praça Charles Miller, em São Paulo, no final de novembro de 83 (não lembro o dia). As forças militares, claro, já tinham suas orelhas em pé.

      A entrevista do primeiro dia é de 17 de dezembro de 1983.

      Abs.

  • Começou a aparacer as viúvas do General.
    Queria que alguém apontasse alguma coisa produtiva que esses milicos-barnabés fizeram?

    A única coisa que esses barnabés sabem fazer é machar, dar gritos e se esconderem atrás de suas mentiras.

    São simplesmente uns covardes. Passam a vida toda no serviço público e nada constroem, a não ser um rastro sujo de mentiras e covardias.

    A pior coisa do mundo é um homem COVARDE.

    • Rapaz, as forças armadas é um teatro. Até maior que a de Nova Jerusalém!

  • Parece meio que patológica essa tendência do aprendiz-frustrado-de-democrata Andre Raboni sobre essa página da história.
    Sua “paixão reprimida” pelo velho generalato da ditabranda a cada dia se fortalece.
    Sua contemplação compulsiva pela caserna, fruto quem sabe de uma demanda reprimida, se torna mais explicita quando descobrimos que ele “desperdiça” suas noites de sábado, dando audiência e promoção a série jornalistica capitaneada pelo excelente Geneton Moraes Neto, na Globonews (logo a Globo, Raboni!!).
    Imaginem hoje, com o Gal Newton Cruz.
    O garoto vai ao delírio….

    • Haja obsessão.

      Minha paixão pelo tema nunca foi reprimida, pelo contrário, sempre foi expressa. Ao contrário das paixões obscuras de alguns…

      Outra coisa, não “desperdiço” minhas noites de sábado observando amiúde a psicologia microfascista de nosso generalato decrépito por três motivos:

      Primeiro, não penso que seja desperdício de tempo conhecer a história recente do País. Mas não respondo por quem assim pensa, com objetivos escusos de fomentar o silêncio basbaque da memória social.

      Segundo, minha boemia e minha poesia não deixam.

      Terceiro, não tenho tevê a cabo, e só vou ter acesso quando cair na internet.

      Quanto promover a Globo, promovo sim, e promoverei sempre que conteúdos de qualidade virem ao ar – por isso lamento que essas entrevistas não sejam veiculadas no horário de globos repórter e zorras totais.

      Só me desconhecendo totalmente pra sublimar-se num riso pálidobcecadoente do tipo “logo a Globo, Raboni”.

      Bons fluidos pra você, e bom fim de semana.

      • André não perca seu tempo respondendo à provocação. Aproveite-o exatamente da forma como vc tem feito. Mostrando o que foi o Brasil quando o demo – com outro nome – reinava. Isso é História. Essa é sua importância. É para falar sim o que foi a “ditabranda”. Se o demo hoje não gosta de su passado, azar. Não dá para re-escrever o passado. Como não são capazes de elaborar uma versão revisada da história (a prática revisionista), ficam a dizer que fazer História é coisa de quem não tem o que fazer em seus sábados à noite. Campanha: pensem em um novo nome para o demo (nunca um partido escolheu um nome de forma tão apropriada, genial).

        • Germano,

          O inventor do nome “novo” da UDN-Arena-PDS-PFL tocou no substrato!
          8)

        • Na verdade a justificativa moral e revisionista dos que defendem a ditadura é o fato dela ter servido de escudo contra o comunísmo. Certamente havia muito medo que
          a AL ficasse comunísta. Mas medo não é conhecimento.

          A possibilidade real ao meu ver era muito remota,
          mas seres humanos tomam decisões baseados
          muitas vezes no medo, como parece ter sido o caso.

      • “por isso lamento que essas entrevistas não sejam veiculadas no horário de globos repórter e zorras totais.”

        Por que será, hein ? Porque a Globo é malvada ou porque a maioria dos brasileiros prefere BBB e Zorra ?

      • “Haja obsessão”
        De quem ? Daqui pra segunda sai mais dois posts sobre generais!

        • Alexsandro, pela sua reclamação (do tipo, não fale o nome de generais em vão!) você parece ter algum desses intocáveis na família. Pelo jeito eu incomodei, e isso já me basta – que a minha obsessão é pela história do País, e não pelo blogueiro da esquina.

          Acontece que a sociedade brasileira me custeou um bacharelado em História, numa universidade federal, e o mínimo que dou em troca é trazer de volta um capítulo pouco conhecido da nossa história recente, como retorno ao custo social que dei aos trabalhadores do País. Ainda é pouco, eu sei, mas o serviço é gratuito e o faço por gosto.

          Tem gente até que desconhece a historiografia e ainda acha pouco o trabalho do historiador Luiz Felipe de Alencastro…

        • Caro Raboni, não precisa “pegar ar”. Não tenho militares em minha família, se é que essa informação será importante para vc. Mas o fato é simples : Vc tolera gente como Fidel, Chavez e similares e fica com fricote só porque a ditadura foi de direita. Se fosse uma de esquerda a história seria outra, não ?…. E antes que venhas venhas besteira, entenda que não sou defensor de militares nem do que eles fizeram por aqui. Inclusive acho as forças armadas um grande teatro. Não apoio ditaduras e por isso mesmo acho que para vc ter o direito de falar da ditadura de direita deveria ter senso crítico quanto as ditaduras de esquerda e não ficar com factóides como :” Cubinha é ruinzinha por causa do embargozinho”
          Quanto ao Alencastro, não é porque o cara é historiador que devo dizer amém, especialmente a um sofisma, como aquele que o Necessário copiou e colou.

        • Ih, nem tinha prestado atenção a esse trecho :
          “Acontece que a sociedade brasileira me custeou um bacharelado em História, numa universidade federal”
          Se foi na UFPE, pelo menos “aprendeste” como se deve portar um “bom aluno” do feudo chamado UFPE, onde se deve dizer amém aos senhores do contrário se vai pra final ,perde- se bolsas ou chances de pós. Explica porque pegaste ar com minha crítica ao sofisma do Alancastro. Só espero que não sejas um desses históriadores que acham que “o comunismo é o céu na terra sem a presença de Deus”. Está entre parêntesis porque escutei isso de professor de história. Seria a seria uma punhalada na sociedade que pagou teu curso!

      • De fato. Eu o desconheço.
        O que eu conheço mesmo é a sua parcialidade ideológica, externada sem pudor aqui no blog e muito bem aceita pelos “seguidores”, que ao primeiro sinal de contestação, logo se manifetam, tal qual replicantes de plantão.
        Vc é um tácito exemplo de “ideologia, eu quero uma pra viver”..
        Mas, depois da enfática afirmação “quanto promover a Globo, promovo sim, e promoverei sempre que conteúdos de qualidade virem ao ar”, vamos torcer para que a conspiratória TV venha a nos proporcionar um Dossiê acerca dos atos de terror, sequestros e crimes comuns fomentados e praticados profissionalmente pelos “pobres libertários que lutaram bravamente contra a ditadura militar”.
        Só assim comprovaremos a IMPARCIALIDADE do Sr. Raboni, caso ele venha a divulgar com a mesma enfase, essa obscura parte da história.
        Bons fluidos para vc também e uma boa noite de sábado e não perca hoje, o GAL NEWTÂO soltando fumaça pela boca…..

        • Ô Francisco, deixa de ser inocente. Se a Globo proporcionasse um “Dossiê acerca dos atos de terror, sequestros e crimes comuns fomentados e praticados profissionalmente pelos “pobres libertários que lutaram bravamente contra a ditadura militar” o Raboni, no alto da sua sapiência revolucionária classificaria a reportagem como “um conteúdo SEM qualidade” !

      • André
        Não se avexe, esse Francisco Filho, assim como outros, é antigo frequentador do blog de Jamildo que no auge tinha comentaristas a mil!
        Agora a maioria correu prá essas bandas.
        Peo visto se vc trazer assuntos que não agradam sempre será demonizado por essa trupe de frustrados.
        Continue sendo imparcial e quem quiser que se ferre, afinal este é um blog aberto e como tal isso é mais que naturall.

        • André
          Que tal fazer uma campanha com distribuição de boton
          do tipo: “Eu quero que um blog me adote!”
          KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!!!!!
          VOcê já sabe que iria pegar o boton?

        • Perdem-se os argumentos, partem para especulações pessoais.

  • Isso é que era tempo bom, quando jornalista levava porrada !!! hoje em dia eles mentem a vontade, distorcem a verdade, acabam com carreiras, famílias, vidas e não acontece nada, estão acima da lei. E quando se fala em regular essa zorra a tchurma dos irresponsáveis tacham a medida de ditatorial. Pau de arara nessa turma, choque nos possuídos e borracha no lombo. rsssss

    • Todo covarde é assim.
      Gosta de ver os outros levando “porrada”, mas, por dentro, tem medo da própria sombra.

      Quem quiser agredir alguém, não chame a PM ou os mílicos, vá lá e faça, se tiver coragem.

      Aproveite o “embalo” e tenha coragem de assumir o que fez na delegacia.

      Depois vá para o Anibal Bruno e diga: eu gosto de agredir.
      Assim, lá no Anibal Bruno você vai dar vazão a sua sanha de violência e agressão.

      Como um covarde nunca assume o que faz, então se cair no xilindró, compre logo uma peruca.

  • jornalista e tudo hipocrita, tem que levar cacete mesmo. todos canalhas da imprensa falada, escrita, midia televisiva e web……todos safados….Parabens General

  • Discutir politica , religião e futebol, sem senso de humor só traz animosidade, não tem argumento que convença nem o belzebu.
    O que não falta é gente xiita, o General Newton Cruz representa uma época que em parte devemos esquecer, as agruras da ditadura, cerceamento da liberdade de expressão, etc, porém nem tudo eram espinhos, havia Crush e fratelivitta, as escolas públicas não eram depredadas e os menores não viviam pelas ruas do centro cheirando cola.
    O texto e o contexto.

    • Chico és também “aluno” de história do Prof. Raboni?
      Por favor, não responda.
      A resposta pode decepcionar-me mais ainda.

    • Voltando a Aristóteles…

      Todo sistema de governo tem falhas e virtudes.
      Virtudes da ditadura. O país é “limpo”(meio nazísta o termo, mas dado o tom da discussão, vem acalhar). Fez bobagem, vai preso ou morre.Quem olha diz “que paraíso, não tem crime, não tem tráfico de drogas” Logico, a repressão é total.

      Desvantagem: Tolhimento a liberdade de imprensa, a economia acaba subordinada ao estado e temos um capitalísmo de amigos do rei.

      Vantagens da democracia: Liberdades gerais.
      Desvantagens:Os políticos temem tomar medidas impopulares, que os impeçam de se re-eleger, comprometam a popularidade deles. Dae certas coisas que precisam ser feitas, mas são impopulares, acabam não sendo feitas. Toda a massa precisa concordar que algo que precisa ser feito de fato deve ser feito. O que chega a ser utópico, ou demorado(sendo otimísta) em países tipo o Brasil.

      Antes que se ufanise um lado, e demonise o outro é bom estudar as vantagens e desvantagens de cada sistema.

  • Infelizmente nosso país não tem mais homens de honra como o General Newton Cruz! Os jornalistas comunistas agora noticiam o cinismo dos homens da “democracia”, que se elegem para roubar o pobre povo brasileiro…Saudades de uma época que os homens públicos se mostravam como realmente eram, impondo respeito.

  • …mas a menor criminalidade, tinha tbm outra explicação.
    Como os grandes centros eram menos “inchados” e a população era menor, nós tbm não percebíamos!!!
    Tráfico de drogas??? Como os bixo-grilos faziam suas cabeças (nos anos 60-70), sem quem os fornecesse.
    É pq nesse tempo, drogas eram caras, a maioria dos usuarios eram “filhinhos de papai”, como nosso ex-presidente Fernando Collor.
    Menores cheirando cola existiam sim, mas eram poucos gatos pingados, hoje são centenas, milhares espalhados pelos grandes centros.
    Como esses e outros problemas (favelização) foram constantemente empurrados sempre pra depois, hoje virou um monstrengo, praticamente insolúvel.
    É, realmente tá difícil!!!

  • 1) Na ditadura de direita, as Forças Armadas estão a serviço do ditador;
    2) Em uma ditadura de esquerda, as Forças Armadas estão a serviço do Partido, dos cumpanheiros e dos cumpadres.

    Bem, você esqueceu que o partido, os cumpanheiros e os cumpadres no regime de esquerda são, na verdade, os membros e os burocratas do Partidão, ou seja, o próprio partido do ditador no poder. Servir ao ditador e servir ao partido dá no mesmo.

    É que vocês esquecem que a ditadura brasileira teve, em média, menos de 800 mortes; ao contrário das ditaduras comunistas de esquerda, como por exemplo a da China, que já matou mais de 41 MILHÕES de pessoas, e isso que era gente do seu próprio país.

    Boa parte das menos de 800 mortes que houve no regime militar eram guerrilheiros, terroristas, que apoiavam e/ou buscavam instalar uma VERDADEIRA ditadura, aos moldes de Cuba ou do Leste Europeu.

    Não gostou do que eu disse, camarada? Se manda pra Cuba ou pra Coréia do Norte. Vou ter grande prazer em pagar a passagem!

  • Ah, me lembro que os terroristas guerrilheiros, que recebiam treinamento em CUba ou na URSS já atuavam no Brasil ANTES da Ditadura Militar, desde a Intentona Comunista de 1935. Não foi depois de 1964, como vocês tentam enfiar goela abaixo na população brasileira através da mídia.

  • Tempo bom, nao havia bagunça, ditadura gay como há hoje e jornalistas folgados que nao respeitam as autoridades,datenas,casoys da vida, nao havia igreja universal roubando o povo e nem impunidade para bandido!
    mas a historia é cíclica espero ainda acompanhar lula serra e dilma na clandestinidade novamente.
    viva nosso glorioso EXERCITO BRASILEIRO.

  • Que saudades, ô tempo bom…gente de bem não desce o pau neste homem, só fala mal dele quem é VAGABUNDO ou tem ou teve VAGABUNDO na família. Tenho saudade do General Nilton Cruz, Ernesto Geisel(morto) e João Batista de Oliveira Figueiredo(morto). O Brasil só vai prá frente com bomba e borracha no lombo dos sindicalistas e SMT, racinha desprezível.
    Um dia esse pais vai ser comandado por militares novamente, quero ver esses reportezinhos de bosta botar banca.

    • Exatamente. Leia meu comentário (01/11/2010). Creio que gostará. Fala-se da censura da época. E a de hj?! Receio sofrer retaliações elogiando Sua Excelência General Newton Cruz. Estamos num tempo de censura muito pior, hj, que é a hipócrita e sub-reptícia. Parece que falar no Regime Militar é xingar alguém. Sou de uma família de importância histórica no setor de transporte rodoviário. Nossas empresas estavam em grave decadência nos anos 70 e meu avô, bisavô… trabalharam muito para construir o Império. Pessoas honestíssimas e boas. Como os Governos incentivavam o transporte, p. ex. Os empregados eram muito bem tratados e beneficiados. Mesmo com o conhecimento de vovô, a Empresa terminou. E no Governo Militar. Meu avô, amigo de vários Presidentes, civis e militares, nunca se queixou, muito ao contrário. Tinha amizade, inclusive com alguns (incluindo um dos Marechais, de quem não citarei nome), que permaneceram até o final da vida. Ademais, como fala-se bem das décadas de 60 e 70, não? Estranho esquecerem-se que nesse tempo o Brasil era governado por Presidentes muito honestos e Militares.
      Um abraço e saudações.

  • É preciso ressaltar que nem todos os que cometeram crimes contra a humanidade (torturas e massacres) foram deixados impune. Boa parte dos carrascos Nazistas foi enforcada após o julgamento de Nuremberb. Alguns foram pegos depois, como o torturador Klaus Barbie.
    Que aqueles que produziram terror e dor tenham a oportunidade de senti-las.
    Quanto ao Newton Cruz, já é um homem velho, e até uma simples queda pode mata-lo. Infelizmente, esse vai escapar do julgamento.

    • “Escapar do julgamento” ??? O General fez um ótimo trabalho!

      Graças a ele, tivemos ORDEM no pais. E hj? o q temos??? um bando de políticos hipócritas roubando cada vez mas os cofres públicos, um bando de pseudos-revolucionários que usam camisetas de “TCHE QUE VARA” e que não fazem a MENOR idéia do que é viver em um regime comunista/socialista opressor de verdade que mata aos milhoes seus pares, e a grande maioria de eleitores imbecis que não conhece a realidade das coisas e apenas se preocupa com carnaval, futebol e BBB.

      Hj em dia, o povo vai pra rua pra fazer passeata gay valorizando o direito individual para “dar o cu”. Agora e o direito coletivo a educação, saúde, segurança? Chame o povo pra ir pras ruas pra clamar pelos seus direitos coletivos?? Ah, hj eu vou tomar uma cerveja, ou ver TV….

  • Olá, como é bom ouvir um general do exercito brasileiro com uma fala firme aos 82 anos, da saudades da nossa força armada. Em nome da democracia convivemos com homens sem qualquer valor moral, onde após desviarem milhoes dos cofres públicos, recorrem a todos institutos juridicos para pemanecerem nos seus empregos públicos ganho atravé do nosso voto democraticamente. Em nome da democracia tenho direito de continuar subtraindo dinheiro público com meu cargo, tenho direito de permanecer no cargo para defender minha honra recebendo do Estado, é isso que nos vemos como éo casa dos deputados do parana mais certo o presidente da assembleia, Nelson Justos, em nome da democracia, fico no cargo, morro no cargo recorro de qualquer decisão judicial, pois é democarcia. Lutaram tanto para isso. VIVA O ANTIGO EXERCITO BRASILEIRO E TODOS OS GENERAIS E TODOS SOBREVIVENTE DO RIO CENTRO, eles tinhan idéias certos, e quando matavam era uma pessoa certo não uma população inteira por fome e falta de recursos para a saude, em face das cobranças de comissões.

    • Assino embaixo!

  • Uma coisa eu queria ter o prazer ainda na minha vida,é encontrar o capitão hoje general Wilson Luis Chaves Machado, o da bomba do rio centro, e cumprimenta-lo pelo espirito de patriotismo que era latante naqules homens, tenho certeza que ainda hoje quando ele ouve o hino nacional, se põe em posição de sentido e tem orgulho do`Pais que vive. Parabens homem, parabens….

  • ESSE GENERAL É UM BICHA , CAMUFLADO!

    QUANDO MORRER IRÁ SE JUNTAR COM SEUS AMIGUINHOS DA DITADURA , LÁ NO INFERNO. ASSIM COMO: CASTELO BRANCO, FIGUEIREDO, MÉDICI E OS DEMAIS.

    COMO É QUE VELHO BICHONA, CONSEGUE SER TÃO DITADOR EU NÃO SEI. NA FRENTE DAS TELEVISÕES É MACHÃO, NA CAMA É UMA DONZELA VELHA.

    ADORA TOMAR NO CUZINHO, ESSE KRÁPULA !

    GENTE COMO ESSES DO VELHO OFICIALATO DO E.B. DÁ NOJO!

    VAI TOMAR NO CÚ GENERAL CRUZ, É O QUE O SENHOR ADORA FAZER AS ESCONDIDAS!

    LUCAS SANCHES VIEIRA

    • Monossílabo tônico não leva acento, burro!

  • General Newton Cruz o senhor e um verdadeiro patriota fes o que devia ter feito e fez por ser um homem de coragem e por ter amor a patria coisa que esses jornalistas afrescalhados nao tem e que querem meter pau em alguem pra vender jornal quizera deus vivermos novamente naquela epoca onde nao se via bagunça e tudo ficava na mais alta ordem o sr general e um homem que fara falta a essa nação. obrigado por tudo que o sr fez pelo brasil.

  • Boa noite,
    Fiquei estupefato com o que li nesses comentários e mesmo com algumas passagens do texto em si _ refiro-me ao texto postado pelo site, objeto desses comentários_ Li, p. ex, uma aberração no que tange às empregadas domésticas. Parece que os srs desconhecem em absoluto a noção mais superficial da lei criada em 1972, no Governo do Exmo. Presidente Emílio Médici, concedendo direitos trabalhistas a essa classe de empregadas. 1972! (Estudem mais); ¨não havia universalidade no acesso à Saúde¨(?!) o INPS, criado em 1967, foi, até 1977, com a elaboração do INAMPS como autarquia, responsável pelos atendimentos médicos para quem contribuísse com uma soma irrisória. Quem não pudesse contribuir, diga-se logo, os miseráveis, tinham o atendimento das Instituições Filantrópicas; quanto à Educação, muito superior à de hoje, do primário à Academia (Universidades), é de fato louco quem pensa que melhorou com os anos. Educação é um mundo de encantamentos, uma janela aberta para o Mundo, para quem quer debruçar-se sobre o conhecimento, quem quer criar obras com maestria (ou mestria); Meu Deus, há tempo até teses de doutoramento são mal-escritas e os Professores Universitários, em sua grande maioria, não têm o compromisso com o incentivo ao saber ¨humanístico¨, ¨erudito¨…; mobilidade de classes: por que chamarem a dita classe média de egoístas vazios? Alto lá, primeiro que decadência financeira sempre houve e segundo: pensam que é fácil lidar com novos valores, ser desprestigiado e ter que perder dinheiro para custeios assistencialistas? Não me estendo porque não vale à pena. Comparem minha maneira de expressar com a das pessoas em geral aqui. Vamos estudar, vamos ler Gilberto Freyre, p. ex. Alguém aqui leu ¨Ordem e Progresso¨?
    Quanto ao Exmo. General Newton Cruz, sejam ao menos respeitosos, um homem inquestionavelmente inteligente e que, aos 85 anos tem nitidamente seus ideais coerentes… como chamar um General de ¨Bicha, louco, gagᨠ(Sic). Um desrespeito ao Exército Brasileiro e a todas as Forças Armadas. Ele teve sua formação noutro tempo, procurem ver isso. Vê-se, por seu olhar, uma grande dignidade. Firme, resoluto e não grosso como quiseram alguns. Recebeu o jornalista em sua residência e foi muito coerente em suas argumentações, respondendo a perguntas insidiosas. Vossa Excelência, saiba que o admiro há tempo!

    • …É Bernardo, vc tem toda razão no que se refere a educação.

      Mas ela realmente melhorou, vc só não disse para quem!

      E como vc não é burro, já deve ter percebido que o Governo que veio dps dos Militares faz isso propositalmente para que o proprio povo não “acorde e veja” a classe política atual.

      “Povo ignorante, povo manipulado”. E o povo de hj em dia não sabe pensar por sí só, apenas repete as insanidades (como um papagaio) que ouve por ai, sem nem ao menos pesquisar ou pensar.

  • Brilhante programa da Globo News. Brilhante general Newton Cruz. Talvez eu tivesse uma idéia pouco clara do
    senhor general. É um ORGULHO para o Exército e para o
    Brasil ter um general como NEWTON CRUZ . Obrigado por
    seu legado e exemplo de brasileiro.

    Ovidio Mayer – Médico – Santa Maria – RS.

  • Ainda bem que um mérda como esse, já saiu do poder. já pensou êsse homem no poder de nosso democrático Brasil????

    • …estaria muuuuuito melhor ; )

  • É execrável ver o homem de patente, com uma formação de general como êsse mequetréfe, falar com arrogância e prepotência, e ainda um “tal de dr ovidio mayer”elogiar-lo. deve ser da mesma “cocheira.”

  • EU APOIO O GENERAL NEWTON CRUZ
    AQUELE JORNALISTA QUIS TIRA UMA COM A CARA DELE E SE FUDEU TEVE QUE PEDIR DESCULPAS PARA TODOS
    SE VC PRESTA ATENÇÃO NO VIDEO O JORNALISTA FALA QUE ELE FOI AGREDIDO COM UM EMPURRÃO MAIOR BUNDA RACHADA ….

  • Que pena não termos hoje um homem do pulso e da integridade de um Newton Cruz! Coragem de MACHO para peitar a imprensa que está sempre acima do bem e do mal. Coragem de militar de ouro para exigir a retratação de um jornalista estúpido igual a maioria que hoje apoia direitos humanos para safados e ladrões e destrói os honestos e trabalhadores. Que prega marcha contra a corrupção mas que no fundo é marcha com apologia às drogas. Imprensa que mente e derruba cada um de nós sem que possamos nos defender pois senão somos acusados de violar a “liberdade de imprensa”. VIVA NEWYTON CRUZ!!! Volte General, que nós o apoiamos de braços abertos para enfiar o dedo na cara de muito jornalista hipócrita.

  • Ainda bem que este FILHO DA PUTA e todos os milicos não mandam mais nada. ESte Generalzinhom é um vagabundo, deveria estar atraz das grades. Foi um seguidor do FDP do Médici, o maior sanguinário do BRASIL.

  • Eu vejo um bando de comunistas comentando coisas que não sabem sobre um vídeo que não mostra metade do que acontece. Mas é assim que funciona mesmo. Comunista adora tirar as situações do contexto pra se fazer de vítima.
    Médici e Newton tinham bola pra fazer a lei ser cumprida. Ficam falando de golpe militar e ditadura, mas vão morar na Coréia do Norte pra verem o que é bom, o que é o verdadeiro comunismo. Lenin, Stalin e Mao Tsé Tung mataram mais gente do que toda a primeira e a segunda guerra mundial juntas.
    Ocorreram excessos? Logico que sim. Ocorreram erros? Sem dúvida. Militares são humanos também, e são uma amostra da sociedade. Eles não vem de Marte. Eles saíram todos do povo brasileiro, e se houve (e ainda há) corrupção nesse país, é porque o povo é corrupto.
    Newton não deu “gravata” nenhuma, ele apenas exigiu desculpas por uma atitude desrespeitosa de um jornalistazinho de merda. ALGUNS jornalistas aliás, adoram desrespeitar todo mundo, fazer o que bem entendem, e depois ficam se fazendo de vítimas quando são tratados com firmeza.
    E quem fala que Newton não teria coragem de encarar sozinho, vai estudar um pouco a história antes de falar bosta.
    E não, não sou militar não. Sou civil, e nunca servi. Mas adoraria ver algum outro país tentar invadir o Brasil, só pra ver esse monte de babaca que fica falando mal de militar, correndo pra pedir ajuda pra quem? Exatamente, pros militares brasileiros!
    Eu sei que vai ter um monte de comunistas me “crucificando” pelo meu comentário. Já tentei dialogar com comunistas, mas percebi que são uma corja que quando ficam sem argumentos (e isso acontece rápido) começam a apelar pra violência que eles mesmos dizem ser contra. E quando isso aconteceu, sim, encarei eles sozinho e não tiveram coragem de continuar. Mas apesar disso fiquem à vontade para me execrar, pois não voltarei aqui.

    • Jornalista pra esses comunas só é bom se for capacho do PT. Quando o jornalista Larry Rother falou o que todo mundo já sabia, que o “cumpanhêro” exagerava na marvada, quase que foi posto para fora do país, mesmo ferindo a constituição por ser casado com brasileira. Vejamos o que diz a lei:

      No art. 75 de lei 6815/80 encontramos as vedações legais à expulsão, in verbis: “I – se implicar extradição inadmitida pela lei brasileira; ou II – quando o estrangeiro tiver: a) cônjuge brasileiro do qual não esteja divorciado ou separado, de fato ou de direito, e desde que o casamento tenha sido celebrado há mais de 5 (cinco) anos; ou b) filho brasileiro que, comprovadamente, esteja sob sua guarda e dele dependa economicamente”.

      Fonte: http://jus.com.br/revista/texto/6047/da-expulsao-do-estrangeiro#ixzz1ui8wNlQb

      Diante do alerta feito pelos assessores, Lula bateu na mesa visivelmente transtornado, e falou a sua famosa frase:

      - “Foda-se a Constituição.”

      Graças a Marcio Thomaz Bastos e outros mais equilibrados a questão foi colocada em panos quentes e abafada. Bastos inventou até uma carta de retratação que teria sido escrita pelo jornalista, o que foi prontamente negado pelo mesmo e pelo Times.

      É Lula dando sua lição de democracia.

    • <>
      E..
      Essa eu não entendi……Se não é pra pedir “ajuda” dos militares, num caso de guerra ou invasão, então é pra fazer o quê? Responda para mim que não sou de direita nem de esquerda, que sou professor, pesquisador, estudante e minhas armas são uma caneta, um notebook e alguns papéis? Essa é boa, eu pago imposto, sou um cidadão. Você por acaso está sugerindo que em caso de guerra cada civil vá pegar em guerra, ser guerrilheiro ou aliado dos extremistas de bandeira vermelha? Pirou? Eu sou civil. Tenho direito de voto e de cidadania. Os milicas estão aí para isso mesmo. Que se lasquem defendendo a gente. Afinal, eles juram a bandeira, por vida ou morte, defender a gente, a pátria. E chega de tantos brios, tantas homenagens, tanta medalha no peito. Respeito é bom, de ambas as partes. O general errou e errou feio mesmo. E ainda por cima era acusado de outros crimes. Em algum momento alguém tinha que peitar ele mesmo e questionar o parco e impreciso conceito que ele fazia do que era Democracia. Democracia é outra coisa, não pertence ao centro e nem à direita, muito menos à esquerda. Nem sei se ele aprendeu ainda. Porém, nunca é tarde, nem mesmo para alguns aqui.

  • Quando vejo pessoas que nunca passaram por nada falarem assim do meu avô me da vontade de vomitar, vcs que nunca sofreram com nada na ditadura só sabem criticar o que levantou esse país, por causa da ditadura temos ferrovias, temos escolas tecnicas…enquanto HOJE EM DIA, temos safados nas ruas, na epoca que meu avô estava no governo tinham Generais e advogados no comando, HOJE, temos Palhaços e ladrões…ta contente com esse governo ridiculo? parabens, isso é a DEMOcracia!

    E VIVA NEWTON CRUZ que Hoje está morrendo pobre, pois a SUA DEMOCRACIA fez o favor de anular todo e qualquer documento dele e ele nao recebe aposentadoria …

  • e Ao contrario de vcs, Meu avô colocava a cara e nao se escondia atras de palavras moldadas pelo seu governo DEMOcratico…tanto que vc tem video para postar…

  • A Educação é individual aprendemos no ambiente familiar até aí tudo bem! Agora os políticos brasileiros são representantes deles mesmos, mentirosos, bandidos… Que exemplo!!!!
    Ninguém fala dos militares que morreram!!!
    Outro detalhe horrível: Civil Comandando as Forças Armadas é brincadeira! Cívil é Cívil.
    Tá na hora dos altos Comandantes se valorizarem!
    General Newton Cruz, que o Senhor possa servir de exemplo para estes Comandantes BANANAS que permitem um Cívil no Comando. É brincadeira – Que cachoeira e todos estes políticos envolvidos vão para o inferno e que nosso BRASIL seja muito melhor sem esses politicos safados

  • GENERAK NEWTON CRUZ, QUE SAUDADES DO SENHOR, POR FAVOR, VOLTE E PONHA ORDEM NESSA BAGUNÇA QUE TEMOS NO NOSSO PAIS PELO AMOR DE DEUS.
    CHEGA DE ROUBALHEIRA. ADOREI ESSA SUA ENTREVISTA COM ESSE BABACA DESSE REPORTER GENETON DA GLOBO NEWS

  • GENERAL NEWTON CRUZ, QUE SAUDADES DO SENHOR, POR FAVOR, VOLTE E PONHA ORDEM NESSA BAGUNÇA QUE TEMOS NO NOSSO PAIS PELO AMOR DE DEUS.
    CHEGA DE ROUBALHEIRA. ADOREI ESSA SUA ENTREVISTA COM ESSE BABACA DESSE REPORTER GENETON DA GLOBO NEWS

  • GENERAL NEWTON CRUZ, QUE SAUDADES DO SENHOR, POR FAVOR, VOLTE E PONHA ORDEM NESSA BAGUNÇA QUE TEMOS NO NOSSO PAIS PELO AMOR DE DEUS.

  • ENGRAÇADO É QUE O LULA, A DILMA ESSE PARTIDO DE NARCOTRAFICANTES DO PT ,ESSE BANDIDOS QUE O BRASIL COLOCOU NO PODER NINGUEM FALA MAL NINGUEM FALA DOS ASSASINATOS DA DILMA NINGUEM FALA DOS ASSALTOS DA DILMA, POR QUÊ HEIN?? NINGUEM FALA DO LAMARCA QUE ASSASINOU UM CIDADÃO DE BEM COM CORONHADAS PARA NÃO FAZER BARULHO CAMBADAS DE ANIMAIS SE NÃO FOSSE POR NOSSOS MILITARES ESSE BRASIL ERA UMA SEGUNDA CUBA, TODA FUDIDA E LASCADA, NA ÉPOCA DOS MILITARES O PIB ERA 13.7%, NA ÉPOCA DOS MILITARES A GASOLINA ERA COMO SE FOSSE HOJE R$ 1,00 O LITRO E PURA!!! VOCÊS CAIRAM COMO PATINHOS PARA CAÇAR O COLLOR POR UM UM FIAT ELBA!!! KKKKKKKK POR QUE NÃO CASSARAM O LULA PELO MENSALÃO??? JÁ DESCOBRI UMA COISA POBRE GOSTA É DE CHIBATA.

  • Que artigozinho chulé e tendencioso. Da classe do mesmo reportinho petulante e desnecessário. Coisa de recalcado e rebelde sem causa!

  • Nessa época, pelo menos tínhamos ordem nesse país. O Gal. Newton Cruz tem uma grande biografia,e uma enorme folha de serviços prestados à ordem, e à democracia brasileira.
    Quem não ode falar em democracia, é lulla, dilma, fidel,chávez, maduro, – A quadrilha que os assessora, e a turma que os defende, mesmo sabendo dos roubos e das canalhices perpetradas por esse bando de canalhas..

Tem algo a dizer? Vá em frente e deixe um comentário!

XHTML: Você pdoe usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Enquetes

Em relação às punições de corruptos...

Ver Resultado

Loading ... Loading ...

Frase do dia


  • “O homem de bem é um cadáver mal informado. Não sabe que morreu.”
    Nelson Rodrigues.

ARQUIVO

outubro 2014
S T Q Q S S D
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Informação com Humor

MARCO BAHÉJornalista
É formado em Jornalismo e pós-graduado em História Contemporânea e História do Nordeste do Brasil. Foi repórter da Gazeta Mercantil para os estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Também atuou como repórter do Jornal do Commercio, editor da Folha de Pernambuco e repórter especial do Diario de Pernambuco. É correspondente da revista Época no Nordeste desde 2003. Tamb´m atua com publicidade e marketing eleitoral desde 2004.
PIERRE LUCENADoutor em Finanças
É doutor em Finanças pela PUC-Rio e mestre em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco. É professor adjunto de Finanças da UFPE e foi secretário-adjunto de Educação de Pernambuco. É autor de vários trabalhos publicados no Brasil e no exterior sobre o mercado financeiro, e participa como revisor de várias revistas acadêmicas na área. É sócio-fundador da Sociedade Brasileira de Finanças. Foi comentarista de Economia do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (TV Jornal e Rádio CBN). Atualmente é coordenador do curso de administração da UFPE, e Coordenador do Núcleo de Estudos em Finanças e Investimentos do Programa de Pós-graduação em Administração da UFPE (NEFI).