Justiça declara Telexfree como pirâmide. Lesados devem procurar justiça imediatamente.

set 30, 2015 by     6 Comentários    Postado em: Economia

Depois de dois anos, a Justiça do Acre finalmente chegou à conclusão (óbvia) de que a Telexfree era uma pirâmide financeira.

Durante todo o período, o Acerto de Contas fez uma vasta cobertura sobre o assunto. Na verdade fomos os primeiros a avisar sobre a fraude cometida, que era bilionária.

Neste escândalo, quase dois milhões de pessoas foram prejudicadas e tiveram suas rendas surrupiadas por espertalhões, no maior caso de fraude já existente no país. Quase R$ 6 bilhões de prejuízo.

Quem foi lesado deve procurar imediatamente o Poder Judiciário do seu Estado, citando o caso decidido no Acre, já que foram tornados nulos todos os contratos.

Claro que o dinheiro não dará para todo mundo, mas quem chegar primeiro pode pegar uma parte do que foi bloqueado.

O caso completo está no conjunto de links abaixo.

Seguem os links de alguns textos sobre a Telexfree (foram dezenas).

Telexfree: seja o “pato” (ou avestruz) do momento

Telexfree: a maior fraude financeira da história do Brasil

Ataque hacker derruba Acerto de Contas e Blog do Nassif

Telexfree: receita de botequim, publicidade de Casas Bahia

Governo diz que Telexfree é pirâmide financeira criminosa

Site da Prefeitura de Itamaracá direciona para Telexfree

Justiça ajuda a encobrir Pirâmide Telexfree

Cuidado: Liminar que proíbe Telexfree não caiu

Desembargador decide manter Telexfree fechada e Mapfre diz que contrato é falso. Não existe seguro.

Só milagre salva a Telexfree. Um milhão de pessoas envolvidas na maior pirâmide financeira da história do Brasil.

Telexfree: chega ao fim a maior pirâmide da história do Brasil

6 Comentários + Add Comentário

  • Finalmente vão acabar com essa palhaçada de telexfree.

  • Não deveriam devolver nem um centavo. Quem acredita em muito dinheiro sem esforço, tem mesmo que se ferrar pra ver se acorda.
    A maioria das “vítimas” sabia que era pirâmide. Não é qualquer um que deposita 600 reais na conta de uma empresa que anuncia lucros exorbitantes. No mínimo, seria de se desconfiar de que havia um golpe. Uma minoria foi ingênua, mas tem que perder tudo pra aprender.

    • Exato. Esse caso só mostra como o povo brasileiro é ridículo! O cara entra no esquema pensando em grana fácil (o que obviamente vem acompanhado de maiores riscos) e quando perde vem pedir arrego no papai estado ! Essa mediocridade é quem faz o povo brasileiro merecedor da vida na merda, no terceiro mundo! Um bando de bebê chorão, esperando o pirulito do papai estado!

  • Vem ai uma tal de Know Hhow…
    E essa tem dia pra acabar, dia 10 de dezembro… Acompanhem

  • Não sou a favor de pirâmides financeiras. Mas o sistema de aposentadoria brasileiro não poderia ser considerado também como uma pirâmide?
    O sistema é mantido por quem contribui atualmente em vez de ser mantido pela renda de quem contribuiu no passado.

  • A Hinode vai fazer um grande estrago também, estão se multiplicado mais do que rato, já está na hora de fazer uma matéria no blog analisando o plano de negócio , eu já sei que é golpe mas muita gente nem faz ideia

Tem algo a dizer? Vá em frente e deixe um comentário!

XHTML: Você pdoe usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Enquetes

Em relação ao impeachment de Dilma Rousseff, qual sua posição?

Ver Resultado

Loading ... Loading ...

Frase do dia

  • A riqueza de uma nação se mede pela riqueza do povo e não pela riqueza dos príncipes.”, Adam Smith.

ARQUIVO

agosto 2017
S T Q Q S S D
« mai    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Informação com Humor

MARCO BAHÉJornalista
É formado em Jornalismo e pós-graduado em História Contemporânea e História do Nordeste do Brasil. Foi repórter da Gazeta Mercantil para os estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Também atuou como repórter do Jornal do Commercio, editor da Folha de Pernambuco e repórter especial do Diario de Pernambuco. É correspondente da revista Época no Nordeste desde 2003. Tamb´m atua com publicidade e marketing eleitoral desde 2004.
PIERRE LUCENADoutor em Finanças
É doutor em Finanças pela PUC-Rio e mestre em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco. É professor adjunto de Finanças da UFPE e foi secretário-adjunto de Educação de Pernambuco. É autor de vários trabalhos publicados no Brasil e no exterior sobre o mercado financeiro, e participa como revisor de várias revistas acadêmicas na área. É sócio-fundador da Sociedade Brasileira de Finanças. Foi comentarista de Economia do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (TV Jornal e Rádio CBN). Atualmente é coordenador do curso de administração da UFPE, e Coordenador do Núcleo de Estudos em Finanças e Investimentos do Programa de Pós-graduação em Administração da UFPE (NEFI).