“Não compre carro na América Ford”

fev 14, 2011 by     185 Comentários    Postado em: Economia

Recebo e repasso carta de uma consumidora lesada pela concessionária América Ford, do Recife. As redes sociais têm se demonstrado uma excelente arma de cidadania, inclusive frente aos absurdos cometidos por algumas empresas (uma denúncia contra a Brastemp teve quase 600 mil espectadores no Youtube, veja aqui) que estão aprendendo na marra o que é respeitar o consumidor. Por isso, peço a tod@s que repassem (via email, twitter, orkut, facebook, etc) a queixa de Bruna.

Carta (desabafo) de Bruna Tiné

Caros amigos, colegas, e pessoas que juntam dinheiro suado para adquirir um carro: esse email é longo, porém vai na tentativa de convencer o maior número de pessoas a, na hora de escolher a concessionária para comprar seu carro, não ir na América Ford.

Venho aqui contar a minha história que se iniciou como qualquer pessoa jovem da classe média que resolve comprar um carro seminovo financiado. Não irei citar nomes (apesar de esse ser o meu desejo), mas vou detalhar com datas toda a minha jornada desde o momento em que tive a infelicidade de assinar o contrato com a AMÉRICA FORD DA JOÃO DE BARROS.

Fiz em esquema de tabela com as datas para que fique mais claro o meu problema:

02 outubro 2010 – Achei um Ford Ka 2008/2009, placa KIT-8262, na América da João de Barros em condições, aparentemente, perfeitas de uso, motor novo, todo novo. Impecável. Como já tinha pesquisado bastante a respeito da compra de um seminovo e ouvi relatos de pessoas que não tiveram problemas, eu na minha inexperiência, resolvi assinar o contrato da compra com o vendedor “W”, dei uma entrada de R$ 4.000,00 e financiei o carro em 60 parcelas de R$ 509,00 com o tapete de cortesia e uma garantia de 3 meses. A nota fiscal saiu no valor de R$ 22.737,00.

13 outubro 2010 – Fui buscar meu carro na concessionária, mas não tinha o tapete prometido, mas mesmo assim “W” me entregou o carro e me pediu para que eu passasse no outro dia para pegar o meu brinde: o tapete. Até ai, tudo Ok.

14 outubro 2010 – Ao sair para o trabalho e inaugurar meu carro novo, ELE NÃO PEGA! Tive que empurrar para poder sair de casa. Prontamente fui na concessionária usar da minha garantia, entretanto “W” não estava, então tive que falar com um vendedor qualquer que ligou para PARVI oficina e eu mesma falei com “B” o qual agendou a entrega do carro para o dia 19 de outubro (terça), com a desculpa de que não teriam tempo de olhar o carro imediatamente, e que eu teria que ficar empurrando o mesmo até lá, já que ele não pegava quando estava frio.

19 outubro 2010 – Deixo meu carro na PARVI e “F” me entrega um comprovante de recebimento do carro e me dá um prazo de 2 dias (nesse caso dia 21 de outubro) para me devolverem o carro pronto. Ao chegar a data da devolução eu ligo de volta e “F” me diz que não conseguiram consertar e que o carro continuava sem pegar quando frio. Bom, assim eu continuei ligando todos os dias.

25 outubro 2010 – Me entregam o carro, quase 1 semana depois.

26 outubro 2010 – Na hora de sair de casa de manhã ao ligar o carro frio, acreditem: ELE NÃO PEGA DE NOVO! Desesperada eu ligo para “W” e digo que ele me vendeu um carro quebrado, e que tentasse resolver essa situação o mais rápido possível. Ele me pede para deixar mais uma vez na oficina porque dessa vez eles iriam verificar o que poderia estar acontecendo. Deixo então o carro outra vez na oficina Parvi (dia 26 de outubro) onde mais uma vez me entregam o comprovante com o prazo de 2 dias de entrega do carro, com a condição de: “Vamos dar prioridade máxima ao seu carro!”. Entretanto aos 2 dias de prazo eles me respondem que o carro ainda não está bom.

28 outubro 2010 – Resolvo contactar um advogado da família e pedir orientação, esse me pede para não pegar o carro de volta e colocarmos na justiça. Eu então vou na América falar com “W” e digo que não quero mais o carro de volta e que se não resolvessem o meu problema eu iria para a justiça. “W” diz que vai falar com a diretoria para ver como ficaria minha situação.

29 outubro 2010 – “B” me liga às 19h pedindo que eu fosse buscar o carro, que ele já estava bom, eu repito que não quero mais aquele carro.

30 outubro 2010 – “W” me liga dizendo que o carro estava na América em perfeitas condições de uso. Fui lá com meu advogado, que pede que ele assine um papel que constava que eu estava me recusando a receber o produto quebrado e solicitando outro. Ele se nega a assinar como também  se recusa a chamar o gerente ou diretor, e garante que o carro está bom, e se vier a ter mais algum problema, deveria colocar na justiça.

01 novembro 2010 – Resolvo buscar meu carro, confiando, inocentemente, que dessa vez tinham resolvido todos os problemas dele.

02 novembro 2010 – Um feriado, recebo um telegrama ”ameaçador” da América exigindo que eu pegasse o carro, caso contrário teria que pagar uma multa de R$ 90,00 por dia. Nem protocolo eles acompanham. A necessidade desenfreada de vender e receber a comissão é só o que basta nesta lastimável concessionária. A desorganização é total, pois havia apanhado o carro na noite anterior. O carro já estava comigo.

30 novembro 2010 – O painel do carro se apaga completamente no meio da rua e ao desligá-lo ele nem solo dava. Ativei o seguro do carro e o reboquei até a Parvi (dessa vez liguei diretamente para “B”). Me entregaram aquele mesmo comprovante de 2 dias de prazo, e me disseram que a prioridade era máxima.

01 dezembro 2010 – Peguei o carro à noite após o trabalho, quando a Parvi já estava fechada, com o segurança que ficava responsável pela entrega dos carros. E mais um problema: Ar condicionado sem funcionar!

02 dezembro 2010 – Continuo minha jornada deixando o carro mais uma vez na oficina onde me pedem para aguardar e me entregam o carro no mesmo dia.

14 dezembro 2010 – Inacreditável! O painel do carro apaga de novo, ativo o seguro e me entregam o dito comprovante pela 5ª vez.

A essa altura toda a minha família já estava sofrendo comigo, adquiri uma gastrite, e não sabia mais o que fazer. Todos os dias quando saía com meu carro ficava insegura, apenas esperando ele dar o próximo problema.Tenho uma tia, irmã da minha mãe que conhece os donos da referida Empresa, e sempre soubemos serem pessoas idôneas,

por serem Empresários donos do Grupo América como também de outras Concessionárias reconhecidas no mercado Recifense. Resolvi não apelar para eles apesar de todos os transtornos que me foram causados pela Concessionária América da João de Barros.

Na segunda quinzena de dezembro, minha tia também já bastante incomodada com o descaso dos funcionários responsáveis para resolver meu problema tenta entrar em contato com a sua amiga que certamente daria solução ao meu caso, entretanto ela estava viajando. Ela conseguiu falar com o “braço direito” do dono.

Após isso, “coincidentemente” no outro dia a gerente “L”, dos seminovos da América me liga chamando para uma conversa. Na conversa ela me escuta e diz que irá resolver o meu problema: A América iria aceitar comprar o carro por R$ 21.000 e eu poderia fazer uma transferência de garantia para um carro zero da loja e pagar a diferença! O interessante é que eu comprei um seminovo porque não tinha dinheiro para comprar um novo! Ainda mais dar a diferença a vista!

Enfim… Agora começa o segundo capítulo da minha jornada: A compra do novo!

Minha mãe que já não agüentava mais o meu sofrimento e minha batalha com o carro resolve abrir mão de trocar o carro dela e me dar o valor de diferença, e sendo assim, resolvi aceitar (tinha outra escolha?) a proposta da América, que era o carro zero básico e preto, igual ao que eu tinha por R$ 26.990,00 e eu teria que pagar a diferença de R$ 6.000,00, além do IPVA 2011, emplacamento e taxa de transferência. Esta proposta foi feita pelo vendedor “B2”, que me disse “A América está sempre de braços abertos para lhe receber”.

Eu resolvo dessa vez não tomar uma decisão precipitada e vou pesquisar o preço do mercado com o meu primo durante as duas últimas semanas do ano. Apenas para conferência nós decidimos ir na América Ford de Olinda pois estava passando nos comerciais que o Ford Ka estaria custando R$ 25.990,00, e lá eles confirmam o preço da TV e me oferecem muito mais vantagens do que a América João de Barros.

No outro dia eu volto a falar com “B2” e conto do preço que estava passando nos comerciais, mas ele diz que aquele era só para pintura sólida, e no momento eles não tinham mais carro preto, o que encarecia.

Eu volto a falar com a vendedora de Olinda e ela me confirma que eles têm no estoque carro preto sim, e que o estoque de todas as Américas é o mesmo! Eu então ligo para “B2” e ele me diz que eles (da América Olinda) estão enganados, e me garante que não tem carro preto, eu insisto dizendo que aquilo era um absurdo me oferecerem um produto em falta e então ele me diz para ir comprar em Olinda, e garante que não iria conseguir efetuar o pagamento.

Eu então, através dos meus contatos, pois a essa altura todos os meus amigos também estavam envolvidos com minha história, consigo o telefone do Diretor da América “T” e conto o caso rapidamente, e peço uma negociação decente, até porque eu já havia tido muitos prejuízos. “T” me promete tomar uma atitude. Ligo várias vezes para “T” e ele apenas me diz que não está esquecido mas que está muito ocupado. Até que um dia o gerente “G” dos novos me liga e me chama para uma conversa.

6 janeiro 2011 - No dia e hora que marquei com “G” eu apareço e quem me atende não é “G” nem “T”, mas “B2” novamente e me diz que eles pediram desculpas, mas que os dois estavam em uma reunião. “B2” então diz que eles decidiram fazer o carro pelo preço que estavam anunciando nas propagandas de TV e jornal, e eu como já não agüentava mais essa história fechei o negócio para fazer a transferência de garantia no mesmo dia.

7 janeiro 2011 - Faturei o carro e nesse dia “B2” impressionantemente não estava mais de braços abertos para me receber (depois que a gente assina o papel os vendedores mudam de humor completamente). “B2” me deu as informações de que o banco mandaria a contrato para eu assinar por volta do dia 14 de janeiro e até lá eu teria que esperar.

8 janeiro 2011 – “B2”me liga pedindo para eu ir lá com a minha mãe (minha avalista) porque ele tentaria adiantar o processo para mim. Chegando lá ele pede para eu e minha mãe assinarmos um contrato o qual não estava preenchido pelo banco e diz que vai enviar preenchido por ele mesmo para ver se o banco aceita e se “colar colou”.

4 fevereiro 2011 – “B2” me liga pedindo para eu ir assinar outro papel com a minha mãe.

5 fevereiro 2011 - “B2” só não estava mais de braços abertos como não me recebeu! Passou o “pepino” pra outra. Fui atendida por “S” que era alguém da América responsável por essas questões bancárias e me diz que o que eu tinha assinado tinha sido recusado pelo banco! Então tive que assinar tudo de novo com a minha mãe e aguardar. Até hoje 13 de fevereiro de 2011, momento que estou escrevendo essa carta,nem notícia do carro.
Nesse meio tempo, meu carro seminovo já deu outro problema: a água do radiador seca misteriosamente, o sistema de arrefecimento está todo enferrujado e quando chego em casa a noite há um cheiro muito forte de álcool. Já não tenho mais condições de levá-lo novamente a PARVI, passar por tudo de novo e estou evitando usá-lo,andando novamente no carro da minha mãe, com prejuízos para nós duas. Estou apenas esperando a América enfim me entregar meu carro zero, para que eu possa devolver essa “máquina passível de defeitos” como eles dizem, e rezar para que a próxima máquina seja confiável e o próximo coitado que comprar esse seminovo tenha mais paciência e saúde que eu!

Espero que quem leu até aqui repasse para todas as pessoas que conhece. Seja encaminhando este email, ou numa conversa na mesa de um bar, para que atinja o maior número de pessoas conhecidas, até mesmo funcionários e diretores do Grupo de Concessionárias, e o meu desabafo chegue aos ouvidos dos donos e saibam como seus funcionários tratam seus clientes.Desrespeitando-os sem ter o mínimo compromisso, desconhecendo por completo a Lei dos Direitos do Consumidor.

Irei usar todos os meus direitos pois tudo que acabei de relatar pode ser comprovado, tenho guardado comigo todos os comprovantes além de várias testemunhas que vêm acompanhando meu suplício. Só para concluir é interessante que em matéria de marketing e propaganda enganosa o atendimento ao consumidor funciona “hipocritamente” muito bem. Recebo periodicamente telefonemas de pesquisa do grau de satisfação com o produto e, embora sempre afirmando da minha enorme insatisfação a atenciosa tele-marketing agradece e, nada é feito! Além de, ter acabado de receber uma carta, onde concorro a um FORD FIESTA SEDAN O KM, por ter deixado a Ford fazer parte da minha vida. Pasmem!!!!

Agradeço a todos que repassarem esse email e colaborarem para que outros não venham passar, por ingenuidade, tudo isto que acabo de relatar. Quem sabe assim, essas grandes empresas monopolizadoras aprendam a respeitar seus clientes e fazer cumprir a Lei de Direitos do Consumidor.

Bruna Tiné
Obs: Lei n. 8.078 de 11 setembro de 1990
Código de defesa do consumidor

185 Comentários + Add Comentário

  • Fiqeui com a ligeira impressão de que a consumidora gosta de sofrer. Depois de tantos problemas, ainda deu mais dinheiro para a empresa…?

    • Eu acho que ela nao tinha uma opcao “menos ruim”. Devolver nao consegue, precisa ir trabalhar, entrar na justica e esperar um seculo para que se resolva? Enquanto isso, faz o que?

    • Realmente, essa ingenuidade não é deste mundo! Então, deve gostar mesmo. De qualquer forma, eu me solidarizo com ela e já passei esse relato via e-mail para alguns amigos meus. Se todos os consumidores exigissem, corressem atrás dos direitos e fizessem a contra-propaganda, as empresas não fariam o que fazem conosco.
      Sinceramente, Bruna, desejo que vc ganhe uma indenização estrondoza na justiça e que resolva o mais breve possível!

      • Corrigindo: Realmente, essa ingenuidade não é deste mundo! Então, deve gostar mesmo! De qualquer forma, eu me solidarizo com ela e já passei esse relato via e-mail para alguns amigos meus. Se todos os consumidores exigissem, corressem atrás dos direitos e fizessem a contra-propaganda, as empresas não fariam o que fazem conosco.
        Sinceramente, Bruna, desejo que vc ganhe uma indenização estrondosa na justiça e que resolva o mais breve possível!

        • Nao é ingenuidade. Pessoas de boa-fé existem ainda no Brasil. O problema sao os outros, como a America Ford. Os comentarios de Zé José e o seu parecem insinuar que a culpa é de Bruna, por ser honesta e buscar uma soluçao. Nao inverta os valores morais da historia. Por comentarios como este que empresas como a America Ford fazem o que querem.

        • João Paulo Leitão,
          Vc não sabe interpretar textos? É o que parece. Não inverti valor nenhum. Apenas disse que apesar de todos os absurdos, ela cometeu mais o dela: aceitar outro negócio com uma empresa que provou mais de “n” vezes que não merecia/merece confiança. E ainda salientei que a atitude dela de tornar público seu “calvário” é legítimo e se outros consumidores tomassem a atitude de cobrar seus direitos, como ela finalmente o fez, denunciandoi, as empresas nos tratariam melhor.
          Abra a mente e interprete melhor o texto!

    • Deveria sim estacionar o carro defronte a América e colocar um cartaz “NÃO COMPRE ESSAS MERDAS NA AMÉRICA FORD”

    • Eu tbm comprei um ford ka 0km. Entrava água no banco do passageiro sempre, velocimetro não funcionava, além das peças não está disponivel. Troquei o Ka por fiesta sedan, veio descascando a pintura, teto interno todo sujo e acessório do retrovisor quebrado. Depois o velocimetro parou de funcionar tbm. Emfim…. Será q/é discriminação c/os nordestinos? Talvez estejam enviando os carros c/defeito p/nós… Agoro quero trocar novamente, mas…

    • Eu tambem quase compro um veículo na Amareca,
      mas achei o atendimento de baixa qualidade, e muita anciedade da vendedora que ficou me ligando 5/6 vezes ao dia, por fim não comprei

    • O problema é porque comprou na América. Se estivesse comprado na Europa era outra história.

    • Obrigado Bruna.Acabo de mudar d opinião sobre minha aquisição .Estava aqui navegando à procura de concessionarias ford, para compra de uma RANGER, mais depois do seu relato…desisto vou comprar um S 10.

  • Minha pressão subiu, só de imaginar que um dia isso poderia ocorrer comigo.

  • Já tive sérios problemas com a América… no meu caso, foi a América Ford de Piedade. Comprei um Fiesta 2009 no final de 2008, foi na época da redução do IPI… pense, nunca me enrolaram TANTO na vida. O pessoal era extremamente inconveniente pra vender, ligavam 4, 5, 6 vezes por dia. Depois que fechei a compra do carro…hahahahahahhahaa. Quase dois meses além do prazo pra me entregar, vendedor grosso dizendo “mas to com muito trabalho, porra” (sim, com direito ao porra), e por aí vai.
    E quando o carro saiu… o carro era tão bom que eu anunciei no meu msn: “Vendo Fiesta 2009 com 10km rodados, oferta imperdível!”. Problema na trava, no volante, no freio, o carro ficava dando solavancos com álcool, sem falar um monte de barulhos. E a assistência da América? Tome enrolação.
    E passou mais ou menos oito meses e ligaram pra saber o que eu tinha achado do atendimento da América… nunca falei tanto palavrão na minha vida. Coitada da mulher que teve que ouvir meus desabafos.
    É como meu irmão dizia… “tá na América, tá na merda”.

  • Parece até que ela tava pedindo um favor…eu deixava o carro na porto impedindo a entrada e entrava na justiça !

  • Que absurdo!
    Lastimável!
    Situações assim devem ser divulgadas, sempre!
    Eu NUNCA entrarei lá depois de uma história dessas…

    • Minha querida, se você for deixar de entrar nos estabelecimentos comerciais que agem de má-fé nesse país você nem vai sair de casa.

      • Entao seja passivo o resto da sua vida, Pedro.

    • Faço das palavras de Lara as minhas. Nunca entrarei numa concessionária America depois de ter lido este relato. E inclusive, acho que deveríamos agradecer a Bruna que, com sua boa fé, está prestando esse favor a sociedade, através desse relato.

  • Não sei se os amigos recordam, mas se a memória não me trai, a tal América Ford da João de Barros já frequentou o noticiário policial.
    Homicidio de um funcinario de lá.
    Vou pesquisar melhor.
    Mas que teve, teve.

    • Acho que foi o gerente da Pedragon, não?

  • twitter na cabeça… Vamos detonar essa porcaria de America.

  • Acho que a tronchura não é só com essa tal de América. A própria Ford deve fabricar um monte de porcarias. Pena que os japoneses não fabriquem carros “populares” no Brasil.

  • Acho que a tronchura não é só com essa tal de América. A própria Ford deve fabricar um monte de porcarias. Pena que os japoneses não fabriquem carros “populares” no Brasil

    • E tu acha que os japoneses não vão entrar no esquema logo logo não?

      O dia em que japonês começar a fazer carro popular, a qualidade vai lá pra baixo, pois os carros serão simples para os preços poderem ser competitivos. Não tem como fazer um carro de excelente qualidade e tecnologicamente sofisticado por um preço muito baixo.

      • Mermão, e como é nos EUA que o civic é popular?!

        • ai vc ja ta entrando em outro ponto, impostos. O civic dos EUA e o mesmo civic daqui. A diferenca do preco sao os impostos. e um ford k fosse fabricado no EUA ele custaria uns 8 mil dolares 0 km no maximo

        • Fernando,
          Eu acho que voce esta parcialmente enganado. Eh verdade que os impostos sobre carros nos EUA sao bem menores que no Brasil. Diga-se de passagem, aqui na Europa tambem sao.

          O civic popular nos EUA nao vem com todas a bugingangas que o brasileiro vem, assim como o Corolla americano tambem nao. Sao carros simples, sem vidros ou travas eletricas. As vezes ateh com cambio manual (uma heresia nos EUA!). O motor no entanto, eh exatamente o mesmo, se o do modelo americano nao for maior.

        • Ricardo,

          Eu moro em Montreal, Canada, eu tenho amigos que tem o civic, e posso afirmar com toda certeza do mundo que sao iguais, existe um civic 2 portas cope para vender aqui, que por sinal é mais caro, pode entrar em http://www.honda.ca. la vc vai ver as informacoes do carro.

        • Fernando, entao eu estou achando que voce nao conhece o civic brasileiro. Esse que os desembargadores usam para ir ao bode tem revestimento interno em couro de lombo jacare da indonesia e paineis em lenha de jacaranda da tasmania. Claro que custa uma fortuna.

        • Eu falo de acordo com o que se encontra nos sites http://www.honda.com.br/automoveis/Paginas/new-civic.aspx e o que se encontra no site http://www.honda.ca/civic_sedan. Se tem uma concessionaria vendendo uma versao “apapagaiada”, isso é outro coisa.

          Resumindo o que eu quero dizer,
          civic, valor de carro de basico

          brasil: 66.660,00 reais.
          Canada: 16.000 CAD. ou seja, dolar 1.8, ao em torno 28.800 reais.

          direcao, travar, vidro eletrico, ar, sao itens de serie para todas as versoes. nao existe civic “pe duro”. Isso vale para todos os carros que tem aqui.

          Esse preco absurdo do brasil se da exclusivamente pelo os impostos. É por isso que brasileiro anda de carroca(palio, uno,celta). Esses carros aqui seriam uma piada. Sao carros vendidos em mercados de 3 mundo, infelizmente passa presidente entra presidente, e o custo brasil nao abaixa. O brasil é campeao dos precos altos, o Ipad mais caro do mundo é vendido no brasil. é triste.

          Para saber mais sobre impostos de carros acesse o link http://g1.globo.com/Noticias/Carros/0,,MUL398494-9658,00-IMPOSTOS+CHEGAM+A+DO+VALOR+DO+CARRO.html

        • Eu falo de acordo com as informacoes que se encontra nos sites http://www.honda.com.br/automoveis/Paginas/new-civic.aspx e o que se encontra no site http://www.honda.ca/civic_sedan. Se tem uma concessionaria vendendo uma versao “apapagaiada”, isso é outro coisa.

          Resumindo o que eu quero dizer,
          civic, valor de carro de basico

          brasil: 66.660,00 reais.
          Canada: 16.000 CAD. ou seja, dolar 1.8, ao em torno 28.800 reais.

          E carro nos EUA ainda é mais barato que no canada, muitas pessoas daqui vao para o EUA para comprar carro.

          direcao, travar, vidro eletrico, ar, sao itens de serie para todas as versoes. nao existe civic “pe duro”. Isso vale para todos os carros que tem aqui.

          Esse preco absurdo do brasil se da exclusivamente pelo os impostos, chega a 40% do valor. É por isso que brasileiro anda de carroca(palio, uno,celta). Esses carros aqui seriam uma piada. Sao carros vendidos em mercados de 3 mundo, infelizmente entra presidente sai presidente, e o custo brasil nao abaixa. O brasil é campeao dos precos altos, o Ipad mais caro do mundo é vendido no brasil. é triste.

          Para saber mais sobre impostos de carros acesse o link http://g1.globo.com/Noticias/Carros/0,,MUL398494-9658,00-IMPOSTOS+CHEGAM+A+DO+VALOR+DO+CARRO.html

      • Mas eles já o fazem… Pena que não são vendidos por aqui…

        O Yaris da Toyota, com airbag, ABS, entre outros, é o popular da Toyota, com preço de carro popular na UE, por exemplo.

        A qualidade é excelente. Assim como o conforto.

    • Acedito que o dono desta empresa(Sr. S) gasta seu dinheiro comprando ?????(AMÈRICA,entre outras) mas não tem o menor conhecimento técnico daquilo que compra e se por ventura o tiver ,não tem a mínima noção do que seja padrão de QUALIDADE.

  • O difícil é pensar que a América tá preocupada com isso.

    Essa não é a primeira denúncia nem será a última.

    Com a quantidade de carro que se vende por ano nesse país pode divulgar na CNN as maracutaias que mesmo assim é difícil abalar a imagem da empresa.

    Brasileiro deixa de comer pra ter um carro. O carro no Brasil hoje é um bem supervalorizado, pois faz parte da sina, da cultura e dos valores de vida do brasileiro de classe média. Qualquer boteco de esquina que comercializa automóveis hoje em dia prospera rápido.

    E a América sabe disso.

  • O atendimento da Renault também é uma porcaria.Igual ou pior do que a América.Vou repassar para todos os conhecidos.

  • A internet tem um bom papel neste aspecto. Boa iniciativa!

  • Minha querida, se você for deixar de entrar nos estabelecimentos comerciais que agem de má-fé nesse país você nem vai sair de casa.

    (2)

  • Você pede para ninguém comprar, mas terminou dando pela 2ª vez seu suado dinheiro para essa empresa.
    Por isso essas “empresas” não fecham as portas..

    • E vai fazer o que? Nem devolver alguma coisa eh facil neste pais. Ela tentou devolver e NAO ACEITARAM e ainda falaram que iam cobrar 90 dreais por dia que ela deixasse o carro la. E ainda por cima trata-se de uma compradora de primeira viagem que acaba sendo enganada por ser ingenua, por nao ter a quem recorrer. Tem que fazer isso mesmo, colocar a boca no trombone pra ajudar mais pessoas sem experiencia que podem vir a passar pela mesma situacao.

      • Existem meios legais de não ficar com o carro ou qualquer produto danificado.
        O advogado tentou, mas como ela mas como ela mesma falou, preferiu dar mais uma chance à loja..
        MAS POR QUE??

        • Meu querido, se você for esperar pela justiça nesse país você nem sai de casa…

    • Vc não percebe que apesar de vivermos num país nada sério,alguns jovens ainda acreditam e confiam em pessoas, instituições enfim, tem ideais.Imagino o que esta jovem deve ter ralado pra comprar seu carro.Não sei que tipo de trabalho ela tem, mas provavelmente se trata de algum que requer uma condução mais rápida, ja que aqui não podemos contar com o transporte público e breve os engarrafamentos também nos farão pensar que estamos sempre viajando qdo formos trabalhar e infelizmente o carro já não será a melhor opção.E aí? Discordo do comentário do Romeu Dutra, pois acho que não é o caso da moça.Ter acesso a bens de consumo que facilitam a vida é cultura de qualquer povo em qualquer lugar do mundo.Ela foi ingênua sim, mas isto não pode ser confundido ou aliviado diante do”mal caratismo” e das safadezas dos ditos poderosos deste país,sejam eles politicos, emergentes de bodegas, empresários ou seja mais quem for.Esta sim está sendo a cultura do nosso país, ter lucro em tudo principalmente em cima daqueles que ainda tentam acreditar em alguma coisa e ter uma vida digna.

      • Perfeito.

    • Cláudio, tá achando ruim ela aconselhar as pessoas a não comprarem? Seja grato meu caro… Ela está prestando um favor a todos nós propagando a situação que ela passou. Só quem passa por isso sabe o desespero que é e a vontade de tentar resolver. O que ela queria era resolver…! E essa foi a forma menos complicada.

  • Outro absurdo muito comum é a pessoa ir comprar um carro de 26 mil e pouco e “ganhar” como brinde um conjunto de tapetes, que deve custar quanto? 150 reais?

  • Também tenho um Ford Ka 2009/2010 (comprado zero km), comprado na mesma América Ford da João de Barros, e, infelizmente, tive o desprazer de ter passado por situação parecida.
    Meu carro não tem nem 1 ano e meio, apenas 17 mil km rodados, e já tive que trocar a bateria que veio de fábrica (que me deixou no meio da rua às 10h da noite), o sensor do velocímetro (que também me deixou na rua), o sistema de arrefecimento também vem dando o mesmo problema que o da Bruna…
    O atendimento naquela loja é PÉSSIMO no pós-venda! Por sorte (ou azar…), tem um colega meu que trabalha na oficina e sempre desenrola com mais agilidade, afinal, sou cliente VIP, o que eu já gastei com esse carro lá num é brincadeira (fora as revisões).
    Rezo todos os dias para o carro não dar mais problemas porque a minha “bíblia” (parcelei em “suaves” 60x) só acaba quando o Brasil for hexa, em 2014.
    Boa sorte nesse seu novo Ka!

  • Se não todas, boa parte das concessionárias são enrolonas mesmo….

    Comprei um carro na Pedragon em Novembro (11) dando um usado e o restante a vista.
    Pra ter uma ideia, depois de muito chá de cadeira lá na loja vieram aqui em casa já de noite apanhar o Recibo do meu carro pra poder faturar o novo no MESMO DIA!!!!
    Que Beleza! pensei…..
    Me pediram 08 dias pra entegar o carro.
    Não entregaram…

    Depois de muita mentira e enrolação ( como são descarados!!!!!) recebi o carro dia 26, já de noite, quinze dias após a compra.
    E nesse dia 26 mesmo o indigitado consumidor havia sofrido mais um réves.
    Pela manhã um amigo sugeriu que eu recorresse ao PROCON.
    Depois do Almoço lá fui eu…
    Decepção…. O PROCON só recebe reclamação pela manhã….

    Bem, pensei… resta me queixar ao Bispo.
    Não fui. Temi estar a arquidiocese fechada para a tradicional siesta dos padres….

    Pois é… Nois sofre mas…..

    • Hehehehehehe, não quero falar mal… mas o procon parece nem entender o que esta escrito no CDC, quanto mais funcionar direito…

  • A ‘America’ é dos Schwambach?

    Bruna, deu ‘arrepio’ só de pensar em ter que passar por isto.

    Carro usado em Recife é uma desgraça. Atendimento da Ford nunca foi forte. Estou de Renault e não me arrependo, estou muito satisfeito.

    • Tanto a América quanto a Fiori, salvo engano, pertencem á família Schwambach.

      • quase todas são deles… TODAS…

  • O pior é ver a pessoa pagar R$ 4.000,00 , parcelar em 60x de 509,00 ( dá R$ 30.540,00), totalizando R$ 34.540,00 .

    Corrijam-me se eu estiver equivocado, nem carro tenho :P , mas um carro 0km você consegue financiar mais ou menos com essas parcelas aí. Ou não???

    Aí vai e compra “semi-novo”, que nada mais é que um nome bonitinho pra carro usado.

    Quer comprar carro, compra NOVO. E mesmo assim ainda tem grandes chances de ter problema. Mas pelo menos as chances diminuem.

    Você deveria ter seguido o que o advogado falou. Não pega o carro, pois ele já tinha sido enviado pra oficina mais de 3 vezes, mais de 30 dias sem resolver o problema.

    Sem contar que deu problema com menos de 24h da data da compra.

    Era pra você ter pego seu dinheiro de volta, devidamente corrigido. Mas preferiu ficar com o carro, e ainda por cima fez eles sairem ganhando. Pois de um carro semi-novo, acabaram vendendo um novo. E o melhor, sem fazer nada para merecerem a venda. Apenas destrataram o consumidor.

    É o que dizem: “Brasil para os brasileiros” ¬¬.

    P.S. minha teoria de que não se deve comprar carro semi-novo, aplica-se ao caso dela, que fez um financiamento muito parecido com um financimento de carro novo. Para quem vai comprar um semi-novo bem mais em conta, aí tem que ver caso a caso. No caso dela, melhor teria sido um novo logo de cara.

    Comprem Fiat e Chevrolet. Pronto.

    • Concordo. Comprar carro usado com estas condições é loucura.

      Tive a felicidade de escapar disso e o carro atual foi adquirido 0 km e à vista. Tive um bom desconto, alguns “opcionais” acrescidos com vantagem e até “tratamento VIP”.

      Mas uma coisa é certa: carro no Brasil é quase uma condenação, uma penitência. Você paga caro pelo carro, paga caros pelos impostos e taxas para usar o veículo, paga caro para mantê-lo funcionando, paga caro pelo seguro, paga para estacionar e paga até com sua paciência para circular sem perder a sanidade por causa do trânsito e dos doidos que circulam nas vias.

      Eu tenho deixado o carro em casa e continuo usando ônibus, que é outra porcaria, no dia-a-dia.

  • Já comprei Ford usado e também me lasquei duplamente: por causa do carro e por causa do atendimento da concessionária. Depois disso, até evito passar perto de um Ford.

  • Contraste danado, na propaganda todo mundo feliz cantando e dançando… Tá na America, tá na boa. E o fumo entrando!

    • Na prática é todo mundo dançando também,

      HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!!!

  • Já deixei um Ford Ka meu pra revisão na América Ford (ao lado do Hiper de Boa Viagem), e além de prestarem um péssimo atendimento, recebi o meu carro (atrasado), e engasgando ao ponto de nao poder dar uma volta no quarteirão. Prontamente me culparam dizendo que pus gasolina adulterada, etc. Como se havia chegado lá com a mesma gasolina e sem problemas? No fim, me entregaram o carro no dia seguinte, ao meio dia. Ao conversar com o mecânico ele me revelou que o problema era nas velas danificadas que eles tinham colocado no meu carro durante a revisão.

    Outra coisa, enquanto esperava o meu carro ficar pronto no dia anterior, vários clientes estavam reclamando de algum problema. Nunca tinha visto algo do tipo. Inclusive, um deles me confidenciava que comprou um Fiesta Sedan um mes atras e com poucos dias teve um problema no motor. Não trocaram o carro, e o defeito se “arrastava” cada vez que voltava na concessionária.

    Enfim, pela minha experiência, eu também NÃO RECOMENDO A AMÉRICA FORD

    • Vá na citroen, é igual…

  • Querida Bruna,
    Em primeiro lugar parabéns por sua paciência, não envelhecerá não tão cedo. Nunca passei por essa experiência, porem já tentaram me enganar na Loja Insinuante do Shopping Boa Viagem, o meu caso foi o seguinte: Fui comprar um telefone sem fio com bina, e após escolher um aparelho tive a infelicidade de vê um aparelho de vídeo game (não conheço essas coisas direito) e fiz algumas perguntas à vendedora, tipo: Qual idade adequada (era para meu filho de seis anos) se tinha garantia, se poderia trocar se ele não gostasse etc. Para vender, os vendedores juram até pela mãe. Ao chegar em casa, meu filho abriu a caixa e quando foi jogar o aparelho não funcionou. Após três dias fui ao shopping trocar o produto e fui informada pelo gerente que não poderia trocar, pois a caixa tinha sido aberta (alguém já conseguir ligar algum eletrônico sem abrir a caixa?). Fiz um escândalo, chamei a vendedora e ela confirmou que o aparelho não foi aberto na loja para ser testado, pois não era permitido abrir a caixa. Mesmo com meus argumentos e a afirmação da vendedora o gerente foi irredutível e não trocou o aparelho. Fui ao PROCON e na primeira audiência não teve acordo. Na segunda audiência (isso quase três meses depois), a loja ainda se recusou a fazer a troca, mesmo com todos os pedidos da conciliadora. Pedir a paciência e falei para o representante da loja: O valor que paguei por esse brinquedo, vou gastar dez vezes mais para fazer panfletos, camisas e contratar uma dúzia de meninos na rua para ficar na porta da loja fazendo panfletagem e ainda vou levar um megafone para ficar gritando na frente. Falei com muita raiva e o representante vendo que eu não estava brincando, pediu para sair da sala e ligar para seu superior para tentar um acordo novamente. Após alguns minutos ele voltou e falou que eu poderia ir a loja receber a devolução do valor com a correção. Fui à loja dois dias depois e fiz questão de receber o cheque das mãos do gerente que não permitiu a troca. Ah, ainda recebi um brinde (um conjunto de talheres) da loja….kkkkk
    Isso aconteceu com um produto no valor de R$ 376,00 (trezentos e setenta e seis reais), imagina com o valor de um carro. Na segunda tentativa eu colocaria um carro de som em cada entrada da loja; na terceira já estava quebrando todos os vidros da loja e na quarta esses W, S e F estavam no cemitério e eu na cadeia.

    • 2x Ri muito com seu comentário, me vi fazendo o que vc descreveu… huahua

    • hehehehehe, se acontecer me chama que eu ajudo…

    • KKKKKKKKKK… Catarina, vc é ótima! Tem atitude! Precisamos de consumidores assim. Impacientes. Infelizmente sem isso, as empresas não nos respeitam.

    • Catarina, quero te “add” no meu Orkut.

      Agora, cá prá nós … perguntar a uma topeira de uma vendedora da Insinuante se o video game é adequado para a idade do seu filho, achei demais … Vendedor quer vender. Profissional que entende de criança é pediatra e psicólogo.

  • É preciso ficar bem atento, pois o consumidor é desrespeitado de várias formas. Só pra alertar, já vi várias vezes o Carrefour baixar o preço e diminuir a quantidade dos produtos e dizer que é promoção. Quem faz feira e compras de mercado deve ficar atento, pois é uma prática comum.

    O mais curioso foi Carrefour da Torre anunciar uma promoção num cartaz pregado em uma geladeira na entrada da loja em que dizia que a mesma custava R$ 2.000,00 à vista ou em 12x R$ 147,00. Fiz as contas e vi que a prazo dava R$ 1.764,00, ou seja, menor que o preço de à vista. Alertei um dos vendedores e disse que isso era impossível e que não faz sentido vender a prazo mais barato que à vista. Isto poderia causar problemas com os consumidores pois em caso de divergências de preços o consumidor deve comprar pelo preço mais barato. Apesar do erro ser deles, o vendedor foi grosso comigo e disse que eu estava errado. Então eu disse ao vendedor que multiplique 12 x 147,00 e veja se dá pelo menos igual a R$ 2.000,00. Depois de ver o erro, o vendedor ainda quis bater boca comigo e finalmente quando viu que o preço a prazo estava errado, rasgou o cartaz na minha frente e se retirou mau educadamente.

    Portanto, cuidado com promoções e com ofertas. Veja se tem diferença de quantidade. Geralmente os consumidores não dão muita atenção a produtos pequenos, sobretudo produtos de higiene pessoal, ou mesmo itens de alimentação. Por exemplo, no mesmo Carrefour já vi promoções onde baixam o preço e diminuem a quantidade em produtos como papel higiênico, ou então baixam o preço e vendem produtos com validade próxima de vencer como o caso de iogurtes e dizem que é promoção.

    Outra coisa. É importante notar que as lojas e grandes hipermercados investem milhões em técnicas de vendas e os consumidores em geral nunca fizeram curso algum sobre como comprar. Já perceberam que todo hipermercado como Carrefour, Hiperbompreço, Extra etc colocam itens de tecnologia e roupas na entrada da loja e os itens de alimentação no fundo da loja? Se vc vai fazer uma feira tem que passar logo nesses itens de tecnologia que chamam mais atenção. Mas se vc vencer a tentação de olhar as tvs de LCD, celulares, notebooks, etc e finalmente chegar às gândolas de alimentos, lembre-se que os produtos que estão no nível dos olhos são geralmente mais caros que os produtos que estão na parte de baixo das prateleiras. Muitas vezes produtos iguais, mas de marca diferente. Isso é muito comum com arroz, feijão, vinagre, margarina, etc.

    Isso parece besteira, mas faz diferença quando vc chegar no caixa. O problema não é só a economia ou o valor monetário.O problema é que se vc não prestar a atenção, vc poderá ser enganado facilmente e ainda sai achando que fez bom negócio.

  • A verdade é que quando se trata de seminovos Todos os carros são “guaribados”. Fazem ajeitadinhos pra Ele sair da loja e a bomba explodir na mão do cliente.
    Eu Também tive problemas com a América, Comprei um carro em dez/2007, em 2009 apareceu Uma multa de jul/2007. Entrei em contato várias vezes, fui lá pelo menos 3 vezes sempre com a promessa de que seria resolvido. Paguei o licenciamento Mas como a multa estava em aberto o documento do carro não foi liberado. Por 2 vezes contei com a compreensão de policiais em blitz (não precisei pagar toco). Depois de muitos e-mails para Todos os enderecos do Grupo Parvi consegui resolver.
    América Ford Nunca Mais

  • É um absurdo o quanto tem um monte de Concessionária por aí que maqueia os carros. As menores são as piores que pegam das maiores um monte de carro com motor batido. Esse ford KA, por exemplo, certamente deve ter parado lá pelo Shopping do Automóvel. Mas, o grande X da questão é que quando uma grande concessionária pega um carro usado, eles vão na ganancia de botar o carro como entrada para um novo e revendem lucrando de 2 a 6 mil reais em média. Revisões? Que nada! O volume de carros é tão grande que só dá tempo de lavar, limpar e fazer aquele ‘migué’. E quem paga o pato? O consumidor claro! Já cheguei a ver muitos carros com KM baixada, os caras pagam 50 reais por aí, e fazem isso fácil. Ou seja, ainda acho que o melhor canal seja direto nas pessoas, se você quer um usado. Tanto para venda como para compra. Basta levar um mecânico de confiança e ter os cuidados básicos de segurança. Mas, deixar um intermediário, no caso uma concessionária, ganhar nas suas costas e alegar essa falsa garantia pra mim é furada. Na América mesmo eu já vi um caso de um amigo que pegou um carro com chassi raspado que havia sido furtado. Vocês acham mesmo que esse carro foi revisado? No caso dele, ele não teve tanto azar como a senhora em questão. Mas, o motivo era óbvio, se ele divulga isso na imprenssa, fo#@ a empresa.

    • Achei um carro seminovo com motor batido na Disnove, todo maquiado… é um absurdo o gato por lebre que se faz nessas concessionárias.

  • É bom informar que a América é do mesmo grupo economico de: Fiori, Bremen, Pedragon, Toyolex e todas devem ter o mesmo procedimento em departamento de usados e novos, e os distintos donos destas empresas são: Pedro Swanbarch (deu
    golpe no pai, dono da empresa Borborema). E José Henrique D’ Amorim Figueiredo, tesoureiro do exelentissimo Sr Paulo Cesar Farias (o PC do Collor)

    • Pessoal gente fina.

      • Gente “boa”. Vão todos para o “Nosso Lar”, retratado na literatura espírita e que passou no cinema estes dias.

  • Comprei meu carro na Renault Eurovia em Piedade.

    Nao tive problema algum com o carro, o atendimento foi muito bom tanto no pré como no pós-compra. Nada a reclamar quanto a isso, felizmente!

    • Mas a revisão faça na loja da Imbiribeira. Atendimento VIP.
      Na de Piedade não tem alinhamento nem balançeamento.

  • Parabéns pela iniciativa de compartilhar conosco tamanho desmando. Cabe a nós compartilharmos com a maior quantidade possível de pessoas esse absurdo cometido pela concessionária. Quem sabe ao fazermos isso derrubamos as vendas dessa “bodega” e impelimos os seus proprietários a terem um mínimo de vergonha na cara e respeito aos que pagam os seus salários.

    Concluo questionando se o desmando foi relatado a FORD DO BRASIL… Tenho certeza que a empresa não compactuaria com esse abuso.

  • Está na hora do Goodfather Schwanbach se justificar junto aos clientes. Senão, a Internet vai f…com os negócios dele

    • Vai nada ¬¬.

      A gente nunca sabe de quem é essa ou aquela concessionária.

      Só pegando o ato constitutivo, e isso, ninguém faz.

      • Até aonde eu sei só não é dele as Hondas e a Citroen… o resto são as pequenas revendedoras q aí eu não faço idéia

        • As hondas são do dono da Engefrio.

  • A oligopolização das concessionárias, se fizermos uma pesquisa, vamos encontrar no máximo 10 donos de todas as concessionárias de todas as marcas de autorizadas das fábricas! Esta tranquilidade e desprezo ao cliente depois que assina o contrato de compra, é uma verdade, a inoperancia do procon e justiça estadual, leva o cliente a ser tratado como palhaço e o nosso medo de ter uma ação na justiça, nos deixa refém! O dono da america ford tem mais 25 concessionárias e logo casos assim, ele despreza pelo montante de vendas, fora que ele ganha com a venda e as comissões da financeira, e quando a devolução complica a vida do financeiro, DANE-SE O CLIENTE!

    • Ele despreza porque os enganados não reclamavam.Agora não.Vamos mandar para todos os nossos contatos e tuitar também para todo mundo.Eles vão sentir a propaganda negativa e deverão tomar providências para respeitar o consumidor, cliente que em tese é quem os enriquece.

  • Importantíssimo a Bruna ter colocado este problema aqui para nós. Acredito que a atenção não deve ser desviada para a qualidade de carros, produção, montadoras, impostos e países que os comercializam. Creio que o foco precisa ser na América Ford e pelos direitos postos em questão.

    Estou ansioso para saber o fim dessa estória. Torço para que a Bruna tenha um final feliz, seus direitos reconhecidos e que esse pesadelo acabe para ela. Espero também que essa atitude ajude a evitar ocorrer o mesmo com futuros consumidores e que as concessionárias do Grande Recife tenham conhecimento desta mobilização na internet, assim quem sabe, temerão a ira de consumidores insatisfeitos pelos seus serviços.

  • Comprei o mesmo carro nessa mesma concessionária…
    Eu nunca tive maiores problemas, graças a Deus, mas que a loja é problemática é!!!

    • Falasse certo – “Graças a Deus”.

      Deus tem tido trabalho. Não dá para Ele ajudar todos ao mesmo tempo. Considere-se um abençoado.

  • tenho um carro desse modelo e deu todos esses problemas que ela citou. o carro tem apenas 2 anos de uso e já gastei mais de r$500 de consertos. absurdo.

  • Comprei na pedragon de olinda e possa afirmar que é uma #$%& nunca trocaram a trava da porta que veio com defeito, já na renault o atendimento é melhor e o serviço satisfatório (nenhuma brastemp) um colega comprou uma s10 completa e foi mal atendido e teve que esperar 45 dias por uma peça, quando foi tirar o carro a bomba de combustível tinha pifado, disseram que foi porque ficou muito tempo parado e ele teve que pagar. Só ouço falar bem da concessionária honda. Até hoje.

  • Que abuso ! Fiquei muito indiginado com o que aconteceu com essa menina, eu sei o que é isso pois já passei por uma situação assim. Já Li e já repassei toda matéria, para os 100 contatos da minha lista !!!! Realmente merece ser uma corrente (olhe que não gosto nem repasso).

    Comprei uma carroça (0 KM) da GM/Chevrolet, não desmerecendo e nem sendo mal agradecido aliás agradeço muito a Deus por ter conseguido comprá-lo e gosto muito do carro também, dos populares baixo custo é o mais bonito; pra ser mais específico um Celta 09/09 (Life 2P – preto), pesquisei bastante, e fui na Pedragon, passei a manhã e a tarde negociando, porque eu queria um carro com Ar e DH no mínimo, porém pagando uma prestação de até R$ 500,00 e dando uma entrada de R$ 5.000,00 conto. Era a 1º baixa do IPI que o governo tinha dado (foram 3 nesse ano) então fiquei muito ancioso pra comprar logo antes que a redução do imposto acabasse e os preços subissem novamente, além do que tb era meu primeiro carro. Daí a vendedora juntamente com o gerente de vendas começaram a fazer aquele marketing que muitos ainda caem (kkkkk esse povinho de Administração e Marketing) ” olhe esse preço é oferta especial, mas é pra fechar agora, não garanto esse preço depois, nem o carro também que só tem esse no estoque (kkkkkk da até vontade de rir mesmo)” , daí eu falei olha eu estou pesquisando e conversando com outros vendedores em outra lojas (marcas), daí a vendedora foi lá veio cá e conseguiu a parcela que cabia no meu orçamento juntamente com carro que queria e os opcionais que estava querendo.
    Daí então voltei pra casa conversei com os meu pais, é sempre bom trocar idéias com alguém principalmente quem é entendido ou até mesmo que não seja (tanto de carro ou de negociar) , olha achei o carro assim, com opcional assim por esse valor nessa parcela.
    Então voltei na loja (junto com meu Padrasto) pra fechar o negócio, e fechei. O vendedor me mostrou a planilha com tabelas e mais tabelas de carros no estoque, modelo – cor – chassi – ano. Ele falou olha teu carro tá no estoque e tals é esse aqui, e eu tá certo blz, tudo bonitinho. Quando foi na outra semana quando fui buscar o carro cadê o carro ? Não tinha carro nenhum, eles me venderam um carro que não existia, afirmando que tinha sido vendido pra outro e depois dizendo que tinham visto errado e se confundiram.
    Daí eu ia na loja toda semana (umas 3x) perguntar pelo meu carro , dai eles falaram foi feito o pedido, tá saindo da fábrica , Gravatái/SP , tá em trânsito. Só sei que nessa brincadeira eu peguei o carro 1 mês depois , o boleto das parcelas já havia chegado em minha casa (eu ficava até brincando, pow sou a única pessoa que comprei o carro, pago a prestação e ando de ônibus, não tenho o carro ainda kkkk ). Bem comprei o carro em Janeiro 2009 e carro havia chegado em Fevereiro de 2009 (detalhe o carro quando fui buscar estava sem Direção Hidráulica e o interruptor/botão do farol e pisca-alerta quebrado), daí por toda essa demora fui pedir algo, e eles vieram me oferecer um som MP3 de tapeia, eu disse que não queria, e era pra me dar um outro carro (Prisma, Corsa, kkkk bestinhaaa), daí eu pedi um Celta 4P , eles negaram , então me da uma pintura metálica, eles negaram , então os para-choques pintados, eles aceitaram .
    Então eu mandei o Gerente de venda colocar por escrito que iria me dar a pintura do para-choque e a instalação da Direção Hidráulica. Então ele o fez.
    Na outra semana levei o carro pra instalar a DH e pintar o parachoque e ajeitar o botão do farol, quando voltei na outra semana pra pegar o carro, pronto, o capô do carro estava com a pintura queimada (deixaram cair alguma substância que queimou), daí eu reclamei denovo e tive de deixar, mais uma semana, o carro novamente pra pintarem o capô !!!! Tive muitos transtornos !!!!

    • Será que isso aconteceria se você tivesse comprado um Camaro ou Malibu, por exemplo?

  • Se tem a marca dos Schwambach, “esculhamba”. Fiori, Rivoli, Bremen, America, Toyolex, tudo é farinha do mesmo saco, todos pertencem ao Grupo Parvi, dos Schwambach. Arrogância e desconhecimento dos produtos é algo corriqueiros nessas concessionárias.

    Mas o pior mesmo é a qualidade do serviço da oficina coletiva da Parvi (serve a todas as marcas representadas pelo grupo), em Afogados…um verdadeiro show de horrores. Nunca mais compro nada com aquele povo.

    • Danado é para quem tem que encarar os Schwambach via Borborema e Real Alagoas, como é concessão, não tem escapatória.

      Recife / Maceió; Setubal / Principe; Aeroporto; Derby / Tacaruna; Candeias Opcional, etc …

  • Na verdade mulher de primeira viagem + compra de um carro semi-novo = Aproveitadores fazendo a festa.

    Este é o comercio de nossa amada Recife.

    • E contra isso temos que lutar. Se a justiça falha, a Internet nao.

  • “FORD KA dá muita bronca!”

    Foi isso que ouvi de um funcionário da AMERICA FORD. Quem quiser arriscar que leve um!

    • Arris”KA”

  • Tb tenho um Ford Ka q apresentou varios problemas. É um carro defeituoso, cheio de problemas.
    De qualquer maneira, a menina estava instruída por um advogado e saber que pode devolver o produto em até 90 dias caso ele apresente defeito (como foi o caso) e pedir o dinheiro de volta. Caso ainda esteja na validade dos 90 dias da “ultima” compra, aconselho a entregar uma carta, protocolada, pedindo a devolução do dinheiro pago (e nao pegar mais o carro de volta)
    Outra coisa, nesses casos assim é sempre bom contactar a Ford Nacional, eles sempre dao uma pressionada

  • eu vivia na oficina com carros da chevrolet até que comprei um Clio sedan em 2005 e só troquei ele em 2010 por um Logan completo, o Clio sedan nunca soltou um parafuso sequer, nunca deu um problema por menor que fosse, semprew fui muito bem atendido pelo pessoal da Renalt da Ilha do Retiro, e So fui na Renalt Eurovia por acaso, é que eu iria comprar um Siena do novo e como fui mal atendido na Fiori resolvi atravessar arua e ver o que tinha de novidade na Renalt. foi a melhor decisão que eu tomei na minha vida.

    • Fez certo. Parabéns.

    • Eu tenho um Logan comprado na Eurovia da Imbiribeira. Atendimento excelente e carro idem. Antes desse carro, comprei um Siena usada na America Ford da Domingos Ferreira… só me deu dor de cabeça, tanto que um ano depois da compra não suportava mais e acabei fazendo negócio com a Eurovia. Acabei com os meus problemas com carro. Agora só compro carro lá. Façam o mesmo.

  • FORD KA-ralho que porra é essa mano??? soltou, caiu, quebrou. jhuahuahuahuhauha

  • Vocês querem saber o que é ter um Ford ? Vejam esta nóticia que publiquei à tempos atrás e que só consegui resolver depois de colocar o caso na mídia:
    http://www.noticiasautomotivas.com.br/ford-focus-leitor-reclama-de-ferrugem-e-recebe-uma-peca-nova-enferrujada/

  • Vergonha América

  • Minha cara, imagino seu sofrimento. Gostaria de dividir que o caso piora com o carro zero quilometro. COmprei uma KA completo março passado, e para meu desespero parece que comprei um Landau, meu 1.0 fazia 4.3 Km/litro. Me informaram que carro novo consome mais ( imagine este consumo), reprogramaram 3 vezes, além de varios outros como regulagem de porta na 1 semana. Enfim continuo com o carro após 15000 km, desapontado, com um carro que deveria ser e se propaga economico. O mais incrivel é que a Concessionaria diz que o consumo está normal. Ford nunca mais, América Idem.

  • A verdade é que na maioria dessas concessionárias o atendimento é feito por pessoas jovens e despreparadas, as vezes estagiários, que ganham pouco e que são duramente cobradas pra “baterem metas”. O cuidado com o cliente e com o produto é posto de lado após concluir o objetivo de vender. VENDER É TUDO PRA ELES. Nas oficinas é igual. Mecânicos realmente bons estão em oficinas próprias ou trabalham para marcas de alto padrão (Land Rover, Jaguar, etc.). Mas um dia isso muda. Tem muita marca nova vindo aí!

    • Concordo integralmente com o seu comentário. Há alguns poucos anos, fomos eu e meu pai comprar um carro zero. Depois de escolhido o carro e acertado os detalhes, fomos para a forma de pagamento. A pretensão era pagar a vista, mas tinha uma propaganda de uma taxa de juros baixíssima.
      Ok. Concordamos que com aquela taxa, era mais vantagem parcelar, mesmo que em algumas poucas prestações. Quando o vendedor, um estagiário mal preparado, informou o valor da prestação, meu pai, bancário aposentado, fez as contas no papel e mostrou por a+b que o juro cobrado não era o informado.
      O vendedor, que só sabia olhar as planilhas impressas e fazer as operações básicas na calculadora, não sabia explicar a diferença, e, gagejando, só sabia dizer que era daquele jeito.
      Questionamos o supervisor, que explicou todos os penduricalhos que são cobrados com o financiamento.
      Resolvemos pagar à vista depois de uma grande choradeira e baixa (pequena, reconheço) no preço.
      Quanto ao vendedor, ficou evidente que era um jovem inexperiente, mal preparado, possivelmente estagiário da empresa e que não sabia nada além de aplicar automaticamente as formulas de uma tabela impressa e repetir frases feitas.

  • João Paulo Leitão,
    Vc não sabe interpretar textos? É o que parece. Não inverti valor nenhum. Apenas disse que apesar de todos os absurdos, ela cometeu o dela: aceitar outro negócio com uma empresa que provou mais de “n” vezes que não merecia/merece confiança. E ainda salientei que a atitude dela de tornar público seu “calvário” é legítimo e se outros consumidores tomassem a atitude de cobrar seus direitos, como ela finalmente o fez, denunciando, as empresas nos tratariam melhor.
    Abra a mente e interprete melhor o texto!

  • Possuo veículos há mais de 30 anos, nunca tive um da GM e só um da Ford, corcel II a alcool, bom de motor mas péssimo de lataria, uma verdadeira lata velha, precisava todo o ano passar por uma completa lanternagem. Só compro carro da volks, sei que não é essa maravilha, mas pelo menos é um carro alemão e não americano. Oro todos os dias para não entrar numa roubada dessa igua a da Bruna, é um completo desrespeito aos direitos de uma cidadã. Onde estão as autoridades que não aparecem numa hora dessa.

  • Ainda estou no começo do texto mas já vi o primeiro absurdo. O preço de um Ford K, usado aí no BR, é o dobro do preço de um 0Km aqui em Bruxelas (com os 21% de imposto que nós pagamos aqui). E todos ainda sabem que as normas de segurança européia ainda impõe que o carro seja todo reforçado, e quipado. Basta ver o peso da porta do mesmo modelo de carro aqui e aí no BR. É um absurdo que seja tão caro aí.

  • A justiça deveria sim ser acionada…certamente a consumidora ganharia por danos morais e materiais. Essas coisas nao pode deixar passar não.
    Nunca gostei de carro da ford.

  • já passei por isso ao comprar um peugeot na via sul. eles também não resolveram até que eu mandei um e-mail para a fiat internacional reclamando do péssimo atendimento recebido.
    Resultado: resolveram rapidinho. Recebi ligação até dos EUA pedindo desculpas.

  • Pelo CDC, a empresa teria que trocar o veículo ou devolver a quantia paga, rescindindo também o contrato de financiamento.

    Se isso não foi feito de forma amigável, cabe uma ação judicial para desfazer o negócio e reaver o montante pago.

    Procure um advogado e peça que ele acrescente pedido de indenização por danos morais, face o sofrimento causado ao consumidor.

  • absurdo!!!

    mas mesmo assim ela concorre ao novo carro, veja o lado bom

  • Já ouvi de uma amigo que trabalha na justiça, que são muitas queixas que chegam, todos os dias, na justiça. O que acontece é que na maioria dos processos as partes fazem uma conciliação (obs: o conciliador não é juiz) e aí não há um julgamento, uma sentença, condenando tal empresa, principalmente em danos morais, que são arbitrados pelo juiz. Infelizmente também as pessoas querem resolver logo seu problema, pois não vão suportar financeiramente uma longa espera por uma decisão da justiça, e aí fazem um acordo. Tenho certeza que quando os juízes condenarem as empresas por danos morais em valores altos, as empresas irão mudar esse atendimento ao cliente. Abraços.

  • NOSSA!!!! QUE BOM RECEBER SEU EMAIL, UMA AMIGA DISTRIBUIU NA EMPRESA E TODOS OS FUNCIONÁRIOS JÁ ESTÃO CIENTES DESSA TRAPASSA DA AMÉRICA FORD….IA COMPRAR UM CARRO LÁ, GRAÇAS A DEUS QUE RECEBI ESSE EMAIL A TEMPO….
    OLHA, VC DEVERIA TER PUBLICADO ESSE CASO NO JORNAL,TV, RÁDIO, ETC…MAIS TODOS ESTAMOS PRONTOS A ENVIAR MAIS COPIAS DESSE EMAIL …ACHO QUE ISSO VAI CUSTAR MAIS CARRO QUE SE ELES TIVESSEM LHE DADO UM CARRO NOVO….ESTOU PERPLEXA….COM A FALTA DE CARÁTER DA AMERICA FORD…..

  • O problema da América são os próprios gerentes que não servem pra nada. Só pensam em ganhar pra eles mesmos. Trabalhei nesse inferno e senti na pele o bando de “cobra” que habita ali.

  • Bruna,

    Estou surpresa com estas noticias pois já comprei varios carros na America Ford e nunca tive problemas com atendimentos muito pelo contrario os funcionarios são muito educados. Agora se voce falar que o processo é lento ai sim eu fico calada até porque seu caso com toda certeza é um caso isolado e talvéz voce não tenha procurado as pessoas certas, lvou sugerir que voce
    Sai da posição de vitima é parte pra um acordo amigavél voce vai lucrar mais.

    • Angelita… se você subisse a barra de rolagem e lesse alguns comentários, perceberia que o “caso isolado” é o seu.Pois, ser bem tratada na America Ford é uma condição pra poucos. Há mais casos como o de Bruna do que como o seu. Pode se considerar uma pessoa de sorte, então.
      Bruna não deve sair “da posição de vitima” pq ela FOI uma vítima de fato. Me desculpe, mas seu conselho é ridículo.

    • Sera que Angelita tem sobrenome “conhecido” no mercado de veiculos de Recife?

  • Que bom que li seu e-mail…
    fica as dicas:
    “Nunca mais confie no outro lado do balcão!”
    Carro usado? entenda ou leve alguém que entenda
    com pouco dinheiro um bom mecânico faz uns testes para você antes de escolher o carro.”

  • Comprei um ford Ka zero em 2009 na américa de piedade, na negociação sempre me empurravam os maiores juros, precisei contatar uma gerente de banco amiga minha para simular um financiamento feito e em meu nome com a finalidade de demonstrar os juros que eu conseguiria fora da concessionária, assim ela cobriu minha proposta. Com menos de três meses de uso do carro precisei trocar uma peça no cano de escape, em menos de um mês após essa troca o carro começou a fazer um barulho estranho, levei duas vezes lá, e resolveram, depois veio o ar e a trava, marquei oficina em piedade, o carro ficou um dia na oficina, quando peguei fui informada que não havia problema nenhum na trava e que ela estava funcionando perfeitamente, quanto ao ar eu teria de levar e boa viagem pois lá eles não tinham a maquina necessaria para fazer o teste (ou seja logistica zero, nunca deveriam ter me mandado para piedade), ao sair da america no mesmo dia a trava apresentou problemas, marquei oficina em boa viagem, chegando lá já mostrei minha total insatisfação com a américa, exigi que o serviço fosse feito no mesmo dia, tive sorte pois fui bem atendida. No final resolveram-se todos os problemas, a trava foi trocada, o ar tinha uma peça com defeito, e ainda trocaram o recipiente do radiador que estava rachado. Mas ainda assim fica a crítica, você compra um carro zero pra não precisar de oficina a não ser que seja para fazer revisão, com menos de um ano de uso troquei o equivalente a R$ 650,00 em peças… tudo descriminado nas notas.
    Os carros são descartáveis?
    É uma lástima.
    Nunca mais compro na américa, e carro agora só com três anos de garantia ou mais…

  • Parabens pela iniciativa e obrigado pelas informações, Bruna.
    Se o cara deu golpe no próprio pai(?), pouco tá ligando pra reclamações de clientes que nem conhece. Será que vai vender FORD KA ou outros da marca, pra mãe, esposa, filhos, cunhados, primos, etc, achando todo procedimento justo e correto?
    Nunca comprei carro na américa (com letras minusculas mesmo) e nem pretendo comprar.

  • Pessoal trabalhei em uma locadora de veiculos e digo uma coisa para voces este ford ka e uma verdadeira bomba relogio, todo santo dia este carro dava problema para nos funcionarios e não sabiamos mas o que dizer para os clientes que alugava este “maravilhoso automovel”
    e cuidado com o novo gol e voyage porque a maioria deles esta vindo com defeito de fabrica no motor, o meu antigo supervisor teve que mandar quase todos que a empresa comprou de volta a concessionaria para trocar o motor,isso mesmo pessoal, por incrivel que pareça tinha um gol que rodou apenas 42 quilometros e o motor começou a bater parecendo um carro com 31 anos de uso. para quem quer comprar um carro quer um conselho: compre um pgeout ou um renault pois os carros são otimos e todo mundo que eu conheço que tem um dizem ter feito o melhor negocio da vida,eu pessoalmente tenho um pgeout ano 1995 deste 2005 que comprei com 12000 rodados e o carro ate hoje não quebrou 1 parafuso sequer e olha que eu ando com este carro uns 80 kilometros por dia ,ultimament não sei o que anda acontecendo com estas montadoras nacionais

    • pois e Roberto o que acontece e que as montadoras de paises desenvolvidos tem respeito ao consumidor o que nao acontece com paises de 5°mundo como o nosso,leve-se em conta que os nossos carros perto de carros de paises desenvolvidos são uns lixos devidos a ganancia de empresarios mortos de fome e de leis frouxas,mas isso tem remedio, e so começarmos a boicotar estas montadoras de carroças e comprarmos carros toyotas,hondas renoult que eles tomam jeito na marra,ou e isso ou que morram de fome na sarjeta, pois o ganha pão deles esta no nosso bolso,temos o poder de construir e tambem de destruir grandes empresas.

  • O que não falta pelo Brasil são lojas que agem de má fé com os consumidores e o que também não falta no Brasil são consumidores que ignoram os seus direitos. Bruna parabéns por ir atrás dos seus direitos e por divulgar tremenda falta de responsabilidade da AMERICA FORD. Juntos nós podemos sim mudar essa situação e exigir nossos direitos.

  • Prezado Jornalista Marco Bahé, o seu Blog se propõe a defender a parte mais fraca na relação contratual, ou seja, o sempre enganado Consumidor.
    A denuncia da jovem Bruna que sonhava em ter seu primeiro carro semi novo igualzinho a um zero kilometro, pois é assim que eles dizem na propaganda, virou um tormento e já que estamos na quarentena da Semana Santa, também virou para bruna e familiares uma via crussis, que com certeza não terá a mesma sentença que foi dada a Cristo, e sim um julgamento justo de seu caso.
    A America vendeu um produto com vicio e isto no direito tem nome e sobrenome. Chama-se de :“Vício redibitório é uma figura do direito civil, aplicada aos contratos e, portanto, afeita também ao direito comercial e do consumidor, que especifica a possibilidade de existência de um “vício” – aqui entendido por defeito – de forma oculta no bem ou coisa objeto de uma venda, e do qual o comprador não poderia tomar conhecimento quando efetuou o negócio e que torne seu uso ou destinação imprestável ou impróprio, ou ainda diminuindo-lhe o valor.”
    É, portanto, uma garantia da lei, que protege o adquirente, independente de previsão contratual.
    Bruna vc não está só nesta sua luta conte conosco

  • Alguém sabe como ficou esta história? Ela já obteve algum avanço?

  • Queria tantooo ter o fone dessa moça!!

    Apesar de toda a minha solidariedade, até porque eu também já fui lesada por uma dira cuja Chamada ENID, da VIdraçaria Encruzilhada, eu não eu consigo entender a pacificidade de Bruna nessa história. Um bom advogado faz ela receber 2 ou 3 vezes o valor que ela pagou e ela se livra da America Ford para sempre e ainda ganha uma graninha bacana. Enfim, cada um faz o que pode.

    Bruna querida, chega de tanta paciência ne?

  • Queria tantooo ter o fone dessa moça!!

    Apesar de toda a minha solidariedade, até porque eu também já fui lesada por uma dita cuja Chamada ENID, da VIdraçaria Encruzilhada, eu não eu consigo entender a pacificidade de Bruna nessa história. Um bom advogado faz ela receber 2 ou 3 vezes o valor que ela pagou e ela se livra da America Ford para sempre e ainda ganha uma graninha bacana. Enfim, cada um faz o que pode.

    Bruna querida, chega de tanta paciência ne?

  • De fato, entendo a posição da Bruna em ir aceitando o meio mais amigável, uma vez que não se esperava que ela desfizesse o negócio no primeiro impasse.
    Entretanto, a compra do carro novo, nos termos do que propôs a concessionária não me parece ter sido decisão errada, exceto por não receber o crédito do carro integralmente, já que o carro estaria sendo devolvido por constatação de vício oculto.

    Aliás, minha sugestão seria exatamente ajuizar uma ação para obrigar a America a aceitar a devolução do veículo, e devolver à Bruna todos os valores pagos, e, ainda, indenização por danos patrimoniais (oficina, taxi, tempo perdido de trabalho – lucros cessantes) e morais, já que o problema extrapola visivelmente os transtornos normais do dia-a-dia.

    Bruna, dê um basta nisso.

    • Acho, que cada caso é um caso, Não defendo jamais a postura das empresas, levarem vantagem, em cima do consumidor. Mas, acho vergonhoso a forma como o povo brasileiro, se aproveita de situações,para estorquirem o outrem, Gente nunca ouviram falar que é melhor um MAL ACORDO QUE UMA BOA BRIGA.
      Voce ver claramente apostura de alguns de ganharem um dinheinho facil. Gente é por conta desta filosofia de vantagem que vivemos nessa esculhambação, Nossos governantes são dessa cultura arraigada da vantagem. Me perdõe,quem pensa diferente. Mas, precisamos mudar ensinar aos nossos filhos melhores princípios, o que significa respeito, ter civilidade. Não dar para ver crucificando alguém, sem ter direito a defesa, e ja levantar a voz acusando. Todo meu respeito pela idguinaçaõ da Bruna. Mas discordo desta avacalhação toda em relação a empresa. As vezes o dona nem estar sabendo da atitude do funcionario.
      A vale salientar. que não conheço ninguem da empresa, não tenho amigos la, nem nunca comprei nada na America Ford. Abraços a todos, e que Deus ilumine osvossos corações.

  • podem ter certeza. ela me convenceu a não comprar nesta loja. obrigado

  • no brasil a carga de impostos e alucinante quando compramos um carro popular que seja mais de 50% são de impostos pagos para a cambada de ladrões canalhas e vermes dos nossos politicos,e ainda dizem que a carga tributaria baixou,isso e que e medo da população subir de vida e não precisar mais deles, a tal da democracia e uma piada pois não decidimos praticamente nada.

  • Caramba! Pensei que eu é que tinha problemas com eles.
    Comprei um Focus no final de 2010 e de cara o carro estava com problemas na caixa de direção.

    Para compeltar o carro é uma lôba, 7km/l na gasolina e para terminar, o carro não funciona bem com álcool. Parece carro dos anos 70. Não pega pela manhã e fica variando o giro.
    A oficina da América avaliou o carro e disse que Focus não funciona direito com álcool. Que tem que usar gasolina mesmo. ABSURDO! O carro é flex, ou não?

    Aguardei até agora, 7 meses depois, para receber a caixa de direção. Levei o carro lá na América Ford para essa troca e para minha surpresa, um carro com 7 meses de uso, já está com vários pontos de estouro de ferrugem na lataria.

    Bom, para completar o desastre, ontem me ligaram de da America Ford informando que PERDERAM A CHAVE DO CARRO, querendo uma chave reserva.
    VERGONHA!

    Fujam dessa! Ninguém merece essa dor de cabeça.

  • Atualizando o post, quando fui pegar o meu carro, tive a surpresa de terem batido na porta do carro. Nossa! Foi um susto. Fiquei muito p…

    Bom, ao menos fui bem atendido pelo gerente e o chefe da lanternagem. Que prometeram resolver o problema.

    No final das contas, tive a peça substituída e finalmente o carro está macio. Fizeram uma chave nova e resolveram o amassado na porta. Resolveram os ferrugens, sem precisar esperar pela fábrica e ganhei uma limpeza de bicos para compensar os problemas. Ao menos estão se esforçando para corrigir os erros.

    Só resta o consumo que é uma droga.
    Espero não ter mais problemas.

  • Comprei há dez meses um Ford Fiesta Hatch, zero quilômetro, na América Ford de Piedade. Fiz a primeira revisao, tudo OK. Fiz a segunda, dos 20 mil quilômetros. Desde então não tive mais paz, o carro vive apresentando problemas… primeiro setas, depois velocimetro, troco o sensor. Dez dias esperando. Nao me ligaram quando a peça chegou. Quando liguei pra saber, já estava na loja fazia 7 dias… OK. Sai fumaça do painel, levo la e o mecanico nao sente cheiro de queimado e pergunta “pq vc esta com medo? o carro não tem nada, é impressao sua!”. OK. Eu sou louco mesmo…. A quilometragem apaga, outro problema no fusivel. Agora… a luz de ré não funciona, o carro morreu quando eu tenteu engatar a ré, consigo um dia depois de ter deixado o carro num posto de gasolina. Me deram 10-15 dias com o carro parado á espera de um chicote de ré…
    Ai que saudades da Fiat!!!

  • Meio confuso o titulo do topico , ela pede pra nao comprar um carro na america ford , e ela mesma compra 2 vezes ? ? ? Faltou orientacao ou é passiva mesmo ? Lesada varias vezes , fiquei até irritado pela forma que ela descreve como a trataram depois da compra . Chega a ser contraditorio o topico , ” nao compre , mas eu compro “

  • Essa Empresa não cumpre o que promete. empresa sacana com o consumidor.

    Um amigo meu comprou um carro e eles não trasnferiram do antigo dono para o nome dele, e perderam o documento de transferência. ou seja, até agora o carro está no nome do antigo proprietario e ele não pode rodar.

    nunca comprem carro lá. atendimento péssimo

  • li seu relato e lembro do que passei ao comprar um fiat fire seminovo na ameriaca ford de piedade,o carro veio com tres cores diferentes porém bem parecida,só se via essa diferença em lugares com muita luz, bom o carro que comprei nem buzina tinha o reservatório de agua furado ar-condicionado não funcionava,teto sujo.mas parecia que o carro havia sido roubado depenado,reencontrado montado em situação precaria e a america ford então comprou e revendeu,esse carro graças a Deus quatro meses depois foi roubado de mim,pasmem exatamente atrás da america ford de piedade quando estava saindo do shoping guararapes a noite. Bem feito para os ladroes merecem mesmo um castigo desses.

  • aconteceu comigo , mas com HONDA ( Mascarenhas de moraes). Sempre assim carro sem problemas , com garantia ,revisado e nada ,fui para a justiça e perdi.
    Portanto eles sempre ganham e nós ……..

    Antes de assinar qualquer contrato faça ressalvas e questione tudo…..e Reze muito.

  • Esse carro era meu ! Sorte que passei essa bomba…

    • Ele já dava problemas antes?

  • Você compra uma SEMINOVO com GARANTIA, DE QUALIDADE E REVISADO, mas só encontra problemas e uma grande dor de cabeça!!!! Também passei por algo muito parecido, muito mesmo. Fui à justiça e….. nada!!!!
    Levei o carro a uma oficina de confiança e fiz o que deferia ter sido feito na REVISÃO, COM QUALIDADE NA GARANTIA, mas NÃO O FIZERAM!!!!!

  • Bruna: Muito obrigado, pois eu ia justamente comprar um KA na AF e agora não irei mais.

  • Essa america já ta me dando gastrites… pqp estou a um fio de cancelar um negocição com eles.

  • ENQUANTO ESTAVA RESOLVENDO OS TRAMITES DE QUITAÇÃO DO FINANCIAMENTO DO USADO QUE IRIA DAR DE ENTRADA,
    A AMÉRICA VEÍCULOS VALIDOU O MEU FINANCIAMENTO SE NEM SE QUER EU TER RECEBIDO O VEÍCULO NOVO, LIGUEI PRO 0800 DO BANCO FORD DEI O CPF… E RECEBI A NOTÍCIA QUE O BOLETO JÁ TINHA SIDO GERADO; OU SEJA: EU IRIA PAGAR O CARRO SEM SE QUER RECEBER O VEÍCULO!! ABSURDO NÉ VERDADE?! CANCELEI E EXIGIR O MEU DINHEIRO DE VOLTA DAQUELE JEITO GROSSO DE SER QUE SÓ EU TENHO NESSES MOMENTOS. E POR MUITO POUCO EU NÃO ENTREI COM UMA AÇÃO JUDICIAL CONTRA ELES. NÃO RECOMENDO A NINGUÉM COMPRAR CARRO NAQUELE BURACO!!
    TO COMPRANDO AGORA NA GRANVIA DA ABDIAS DE CARVALHO, FUI MUITO BEM ATENDIDO, ELES AGIRAM COM VERDADE E CLAREZA E HONESTIDADE COMIGO.

  • ou seja pra que? ter um ford se você pode ter uma marca melhor como: fiat.

  • Caraca, eu estava querendo comprar um ford fiesta 2012 na AF do shopping guararapes, mas depois de tantos depoimentos e reclamações, acho que vou desistir.
    Ontem fizeram a avaliação do meu usado, e até agora não ligaram pra mim, acho que não querem vender.
    Boa sorte pra gente.

  • A América Ford realmente não presta. Já tive problemas com ela no passado.

  • Fui comprar um FORD FOCUS para minha empresa, na America, chegando.. além da longa espera, o vendedor utilizou como argumento de venda que “O CARRO É ÓTIMO, CABEM 5 RAPARIGAS DEITADAS NA MALA”!!
    Essas foram as palavras dele.
    Informamos a gerência sobre o absurdo. Não deu em nada, e acreditem ou não, 6 meses após a venda, esse mesmo vendedor foi promovido a Gerente dos Vendedores.
    Minha história com essa empresa é MUITO semelhante a este relato. A empresa é MUITO ruim de vendas e pós vendas.

  • AO CONTRÁRIO DO QUE FOI DITO ATÉ AGORA, FIZ A COMPRA DE
    UM FORD K VERDE LAGUNA 2011 EM FEVEREIRO DE 2011, TENHO
    RECEBIDO TODA ASSISTÊNCIA DE AMANDA MINHA CONSULTORA,
    FIZ AS REVISÕES DENTRO DOS PRAZOS SEMPRE AGENDADAS PELA CONSULTORA E NÃO TIVE PROBLEMA ALGUM COM MEU AUTOMÓVEL. COMO CONSUMIDOR LAMENTO O QUE OCORREU COM A RECLAMANTE, ELA TEM TODO DIREITO DE RECLAMAR. O QUE ME CHAMA A ATENÇÃO É QUE FINANCIEI MEU CARRO 0 KM
    EM 2011 EM TAMBÉM 60 PARCELAS SEM ENTRADA E PAGO MENSALIDADES DE R$ 630,00, MUITO PRÓXIMO DO QUE ELA PAGA POR UM SEMI-NOVO. ACHO SINCERAMENTE QUE ELA FOI ENGANADA LITERALMENTE! CÉSAR.

  • Estranho! Comprei um ford fiesta 2011 na America da João de Barros nem eu, nem meu marido nos sentimos lesados. Minha negociação foram 60x de 789,00 com 4.000 de entrada, fomos muito bem atendidos pelo vendedor ao qual realizou a venda do veiculo e em serviços graças a Deus não temos o que reclamar uma das revisões foi constatado que precisava trocar uma peça que estava desgastada mas n]ao tinha na loja. Quando a peça(borracha das portas) chegarm ligarm para avisar agendaram o dia para que fosse trocar a peça e depois alguém que se disse da qualidade ligou para saber sobre o o meu carro. Acho que não podemos jogar pedras porque todo mundo erra mas pode ser corrigido, se a Bruna resolveu dar dinheiro e pegar outro veiculo na mesma empresa e o que coube a ela naquele momento. Ruim ou mal para eles resolveram se não concorda com o negocio oferecido não faça porque é pior para eles do que para voce Bruna, com certeza você ganharia a causa, claro se ocorreu desta forma mesmo.
    Sei que não tenho o que reclamar da concessionaria pelo menos eu posso dizer que sempre fui muito bem atendida, nunca tive problemas com eles, quando tiver que trocar meu carro vai ser outro ford com certeza!
    será que depois do ocorrido com a Bruna eles mudaram? Para melhor!

    • Sorte a de vcs..

  • sabem por quanto sairia um carro popular se não fosse esta carga tributaria assasina? 1O5OO reais isto mesmo (dez mil e quinhentos reais. e sabem qual meu maior desejo? que todos os nossos politicos que ja morreram estejam queimando no inferno e que todos que estão vivos sigam o mesmo caminho.

  • e pois e meu amigo politico brasileiro e igual a carro velho,quanto mais velho menos vale e pior fica.

  • Gostaria de saber se na data de hoje ela ja recebeu o carro. Enfim, o que foi resolvido

  • Queria comentar justamente por saber de uma familia conhecida minha que comprou uma Ranger 2010 zero km na America e apenas 3 meses depois começou a enferrujar,sendo que hj já está tão enferrujada que até a suspensão foi atingida trazendo risco de morte ao condutor e terceiros.A America Ford desde o inicio recusou se a arcar com a garantia de 3 anos,que não passa de um termo para eles sem significado.O caso encontra se na justiça,é a ultima noticia que tenho…Endosso então seu pedido:Gente,não comprem carros na AMERICA FORD,não merece confiança.

    • Graças a Deus não comprei!!!!!!!!!!!!!!! Acabei comprando na Pedragon… Ia comprar na América, mas esse mesmo Vendedor “W” me atendeu e não gostei, além da demora, ele ficou colocando defeito em todas as concessionárias que eu disse que iria visitar para comparar os preços… Ainda bem que não comprei um carro lá…

  • Depois de todo esse relato eu estou entendendo o descaso dos vendedores da América em vender carros. Por várias vezes estive nas diversas lojas da América para comprar uma ecosport e não consegui realizar o negócio, pois o desinteresse dos funcionórios me chamou a atenção. Me pareceu que a empresa não dar a menor condição aos funcionários por isso tanto desatenção ao cliente. Com certeza evitarei ao máximo passar pela calçada destas lojas, e acredito que muitos pessoas interessadas em ter um carro, farão o mesmo. É bom lembrar que a falta de estrutura nas empresa acarreta a falência, será que isto é bom para vocês?

  • Brunaaaaaaaaaaaaaa, por favor, amiga, mais confiança no CDC, existem vários artigos que nos protegem desses absurdos. Brevemente, vou comentar minha história. Em 28/12/11 comprei um Sandero 2009 em loja de seminovos em um desses shoppings da Imbiribeira e dois dias depois ele se desmontou, lindo de morrer, mas parecia um quebra cabeças.Detalhe (foi indicação tá?! rsr) Voltei lá e deixei o veículo, pq meu amigo assim pediu e no outro dia num sol quente desgraçado eu fui de ônibus pegar o bonitão, pasme só consertaram o limpador traseiro, ele estava com vários, vários problemas, até a buzina que mais parecia um grilo, amortecdor, freios, tudooooooo ruim…aí, levei na Eurovia pra fazer uma geral e ir até a concessionária munida de informações e pasmemmmmmm o carro que comprei com 40.000km tinha mais de 100.000km rodados. Mesmo assim fiz o orçamento e deu 3.500,00 na Eurovia, levei na minha ofoicina e o mesmo saiu por metade, então pedi ao gerente da lj que me vendeu para fazer o conserto na minha oficina, pois era a garantia que seria feito o reparo (já tinha dado uma segunda chance)..Galera, o pobre do gerente falou com o dono que não deu a mínima e ainda engavetou meu suado orçamento e disse que faria quando quisesse, embora euzinha tinha dado o prazo à ele PRA ONTEM. kkkkkk.. rapaz, quando o cabra me disse isso, eu voltei ao trabalho e liguei pra todos os jornais de circulação de PE, até pra folha eu liguei, ah, nunca tive facebook e minha amiga tmb abriu um só pra relatar o caso, eu nem sabia mexer, kkkkk, mas aprendi, no outro dia faltei ao trabalho e fui no PROCON JABOATÃO(Estão de Parabéns pela atenção) e na delegacia do consumidor da Boa Vista que me encaminhou para o IC para periciar o veículo, nesse meio tempo o Diário de PE me ligou e aceitou minha matéria, genteeeeeeeee 4 dias depois eu estava na frente da loja dando entrevista (sai lindaaaaaaa no Dp de domingo, na página de Economia: matéroa: Bonitinho por fora e complicado por dentro, não foi lindo??!!) rapaz, o domo me ligou loucooooooooo, desesperado, rapaz esse homem chorou gente, juro, ele recorreou aos meus amigos, ao gerente dele, que a essas alturas disse que não ia fazer nada, pq tinha avisado que eu era parente de Lampião (kkkk) e que não ia voltar atrás, minha advogada já tava com tudo pronto, foi um auê, meia noite, eu fazendo mudança, meu amigo me logou dizendo que o dono da loja estava lá, no bar com ele, e se eu tirasse a matéria do jornal, ele faria tudo que eu quisesse.. eu não facilitei, estava enojada do cara, gente, pasmem, resumindo, com menos de 8 dias eu ganhei uma idenização de 10.250,00 e um carro do mesmo ano comprado na Eurovia Seminovos, um carro muito mais completo, da linha privilege que só falta falar, coisa mais linda do mundo. Quando fomos ao PROCON já estava tudo resolvido. Ah e para tirar a matéria que já tinha sido fechada , eu fiz o cabra ficar no DP das 9 da manhã até as 10hs esperando e só consegui tirar o nome da empresa por conta de um amigo (mas a matéria saiu e o facebook bombouuuuuuuu), quem tem amigos não sofre, dinheiro eu não tenho não gente, mas boca, conhecimento sobre meus direitos, inteligência e amigos eu tenho de sobra, comigo não tem W, B, S, F, T não, meus direitos são pra serem respeitados, sou uma pessoa honesta, idônea, que pago horrores de impostos, de juros e de tudo mais, NÃO ADIMITO que ricos empresários tratem meu caso como uma simples bobagem. Como eu tenho muita sorte, comprei uns móveis em Janeiro deste ano na Rua do Aragão, gente do céu, problemassssssssss, fiz um escarssel (claro, como muita educação e sabedoria, isso é muito importante), rapaz ganhei foi tudo novo, impermeabilizado, com tudo free, com menos de 30 dias tá tudo resolvido.. Minha grana é muito suada, não posso desperdiçá-la pagando de boazinha pra quem tem dinheiro.. Gente, que sofre o peso dos impostos, somos nós, classe média, o pobre vive da gente e o rico nem sente quando o IPI de um carro é zero ou cem. Nós somos a classe que bota esse país pra frente, nós compramos mais, entendemos mais, queremos mais, impulsionamos milhões dessa economia, enriquecemos os cofres públicos e engordamos as contas dos políticos e ainda sermos lesadas?????? Gente, acordem, Bruninha, se eu soubesse eu tinha resolvido seu problema.. kkkkkkkkkkk.. Um beijo.

  • esse pessoal da america são incompetentes, e principalmente o gerente geral

  • Já tive problema serio com um automóvel semi novo comprado na America Ford da João de Barros, hoje nem perto passo dessa empresa, na época foi um trauma, um pesadelo.

  • Eu estou a procura de um carro e fui até a america de boa viagem e gostei do carro, mais resolvi pesquisa outra concessionarias americas pela internet antes de comprar o carro, quando vir essa carta e o sofrimento desta cliente, eu não vou mais comprar carro nenhum nessa concessionario pra mim morreu!!!!

  • Gostaria de agradecer a publicação desse caso, pois nesse último sábado fui à América da João de Barros queria trocar meu C3 2007/2008 que comprei em 2010 por um carro da ford. Me desestimulei. Graças aos comentários deixados por todos aqui vou pesquisar bastante agora. Talvez tão cedo não troque por outro já que graças a Deus não tenho tido problemas com o veículo, que trabalho muito para pagá-lo. Espero que Bruna seja bem recompensada e que considere a mensagem deixada por Patrícia, pois vemos que não há respeito com o caso da Bruna. É fora comum!!! Mas é real. Boa sorte Bruna. Fala pra gente o final da sua história.

  • estive refletindo sobre todas estas reclamacões de clientes que adquirem carros novos e em seguida comeca a ter milhoes de defeitos, e cheguei a seguinte reflexão quem garante que estas montadoras não colocam estes defeitos de caso e vontade delas como intiuto de fazer os clientes voltarem muitas vezes ate a concessionaria, e com isto lucrarem vendendo defeito que não existe .não tenho como ter ceteza absoluta disto, mas conheci alguem que trabalhou em diversas montadoras e este amigo me relatou diversas situacões estranhas dentro de linhas de montagens. cada um que tire suas conclusões.

  • O POVO TEM QUE RECLAMAR E IR EM FRENTE, AGORA AINDA PODEMOS RECLAMAR SEM TER ME DO DE SER PRESO, POIS A EVOLUÇÃO JA ACABOU, LEMBREM-SE O POVO UNIDO JAMAIS SERÁ VENCIDO

  • Minha gente fiquei passada com essa história! Que povo é esse da America Ford? kkkkkk tudo treinado para “pior” serví-lo. Só a graça! mortaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa ; o

  • Comprei um Fiesta usado na América, que vivia quebrando e eles diziam que consertavam, mas nada.
    Depois de um sofrimento parecido com o da carta, o resultado foi que o carro pegou fogo andando! Eu estava dentro e mal consegui sair. Quase morri por causa das más revisões e da ausência de assistência da América da João de Barros. Nunca mais compro carros em qualquer loja desse grupo.

  • Vocês que me perdoam mais todos ao adquirir um CARRO USADO sabe de todos os risco que podem acontecer… Principalmente em adquirir um produto com defeito…. Afinal é USADOOO

  • comprei um Ford K zero, como parte do pagamento, dei meu Ford Fiesta com apenas 18000 Km que Rápidamente foi desmontado,(para manutenção) era noite quando finalmente meu carro novo chegou e logo percebi que a pintura estava toda pulverizada. o gerente me garantiu que no dia seguinte seria resolvido.no outro dia a solução foi um polimento que não resolveu, mas pra não ter que brigar na justiça e aumentar o meu ódio por causa do sistema judicial,fiz o que muitos fazem deixei pra lá.na primeira revisão deixei o carro na parte da manhã e pegaria a tarde, me ligaram para pedir as chaves reservas pois o módulo havia queimado e assim eu passei mais de 10 dias sem meu carro velho comprado zero na América Ford da João de Barros. Grupo Parvi Acima da Lei, O Maior grupo de picaretas do Brasil!

  • O GRUPO PARVI PAGA TAO OS FUNCIONARIOS QUE ELES TRABALHAM DESANIMADOS E OS DIRETORES OBRIGAM ELES AMENTIR E ENGANAR OS CLIENTES,

  • O GRUPO PARVI É O GRUPO QUE MAIS PAGA MAL NO BRASIL…E SEI QUE TODOS OS FUNCIONARIOS DO GRUPO CONCORDAM COMIGO..MUITA GENTE SO ACEITA TRABALHAR POIS NÃO TEM OUTRA OPÇÃO E ELE APROVEITAM DA SITUAÇÃO PARA FAZE-LOS DE ESCRAVOS.

  • Já é complicado comprar carro “0″ km, imagine usado. Era muito mais negócio ter feito um consórcio e coim sorte, pagando rigorosamente em dia, era logo contemplada e, a priori, nao teria problemas com o veiculo, so se ele viesse com defeito de fábrica, mesmo assim, tinha toda a garantia. Eu nao compro carro usado, só compro zero km, se puder trocar, ótimo, se não, sei que não dará problemas, pois cuido da manutençao preventiva rigorosamente.

  • Eu estava pensando em trocar o meu GM Corsa Hatch 2008 por um New Fiesta 2014, mas com esse atendimento de M nessa revenda, já estou desistindo e vou ver outra para fazer negócio.

  • E eu que ia lá na América Ford esta semana! Tô fora!
    Agora tenho um ford Fiesta Rocam 2012, comprei 0km na Cycosa Veículos em Maceió, (parece que tem loja deles em Recife também) mas o atendimento da Ford, depois da compra é terrível! Parecem que querem ver o cão menos você lá.
    Na GM aqui de AL, diga-se Boa Terra, sempre fui bem atendido e tratado na revenda Boa Terra.

  • Abri a página da América Ford para verificar as ofertas da Ecosport, pois pretendia adquirir uma. Graças a Deus me deparei com esse desabafo. Mudei de ideia… Estou fora!!!

  • Nossa, com tantas queixas, acho q vcs n deveriam comprar era mais carros em Pernambuco kkkkk

  • acabei de comprar em carro zero ( fiesta 1.6) …com 20 minutos fora da loja o motor superaqueceu e o motor me deixou na rua ……. o carro está nesta “empresa merda”…….. quero outro ….Não compre na América Ford !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • muita raiva …vou passar os dias na loja mostrando as filmagens parar os novos clientes…. vou fazer cartazes e imprimir folhetos para entregá-los a cada cliente que chegar à loja………………. empresa muito fraca …….NUNCA MAIS COMPRO FORD ……. COMPRAR FORD NA AMERICA FORD É IGUAL A COMPRAR CARRO QUEBRADDO ………..NOS PRÓXIMOS DIAS VOU POSTAR O VÍDEO NA NET

  • A FORD NÃO ACEITA COBRIR GARANTIA DE PEÇAS DE UMA ECO SPORT NOVA, POR QUE O CLIENTE CHAMOU SEU SEGURO PARTICULAR APOS O CARRO PARAR DE FUNCIONAR EM PLENA BR, COM A JUSTIFICATIVA DE QUE PARA GARANTIR A REPOSIÇÃO DAS PEÇAS DEVERIA CHAMAR O SEGURO DA FORD.
    AINDA ASSIM O CLIENTE O SR. EDSON SEVERIANO DE OLIVEIRA – CONHECIDO POR LOURO. COMPROU TODAS AS PEÇAS A VISTA PARA DEPOIS DISCUTIR NA JUSTIÇA, POIS PRECISA DO CARRO PARA TRABALHAR, AS PEÇAS FORAM COMPRADAS NA AMERICA FORD – AV. JOÃO DE BARROS – RECIFE – PE. CONCESSIONARIA AUTORIZADA, ONDE O CARRO SE ENCONTRA A MAIS DE 60 DIAS E ATÉ A PRESENTE DATA A RESPOSTA SEMPRE É A MESMA: ESTAMOS AGUARDANDO AS PEÇAS DE SÃO PAULO. O DESCASO COM O CLIENTE É UM ABSURDO, ATENDENTE; ENCARREGADO; GERENTE NINGUÉM TEM RESPOSTA CONCRETA PARA RESOLVER O PROBLEMA. O CARRO ENCONTRA-SE LEVANDO SOL E CHUVA.

  • Parabéns, você tem paciência de jó, pois eu não teria esta cordialidade com nenhum colaborador desta empresa, dar pra se ver que até os gerentes são coniventes com esta situação, cade vez que eu voltasse nesta concessionaria eu daria um jeito de também deixar um prejuízo para eles.

    Reginaldo.

  • Pessoal,
    Aqui em Manaus a América, minha primeira experiência, me deixou com serias duvidas se vamos ter um representante confiável. na minha revisão de 40K, supostamente fui informado que as velas foram trocadas, abri o capuz do carro e lá estava a surpresa : nenhuma marca de mãos nos distribuidores, perguntando ao supervisor a resposta foi tácita : não haverá marcas é tudo ferramentado…..
    De fato, não houve troca alguma,
    Recomendo que verifiquem seus carros depois de revisados, peças as peças velhas, marquem as peças antes das trocas…

    Eram duas as concessionarias em Manaus, ficamos com uma só há pouco tempo

    vai ser difícil…. não vou comprar Ford novamente..

  • Também não fui feliz na compra nessa concessionária. Comprei um zero, disseram que viria com protetor de carter e no final não veio. Quando fui reclamar, disseram que eu poderia colocar, porém teria um custo. E diga-se de passagem, os preços de lá são exorbitantes.
    Coloquei em outra equipadora, pq lá são ladrões de 1ª.
    Nunca mais América Ford.

  • Estou com problemas similares na america ford manaus, onde adquiri uma ford ranger zero quilômetro e com o passar do tempo veio a dar problema de vazamento de óleo pelo cárter do veículo, procurei e ainda procuro a concessionária america ford e meu carro encontra-se nas dependências da mesma o qual me recuso a retirar enquanto o problema não for resolvido, encaminhei denúncia ao procon amazonas e aguardo audiência fiz a reclamação pra ford do brasil e ultrapassado 48 horas do prazo nenhuma resposta, estou colhendo documentos pois irei formalizar carta estilo dosie para o representante da ford na america do sul e estou redigindo outro para a ford mundial localizada em Detroit EUA relatando a lambança que os brasileiros fazem com a marca ford, por enquanto estou resolvendo pela via administrativa porém em breve com o quantitativo de documentos que eu tenho irei em juizo caso não resolvam.

Tem algo a dizer? Vá em frente e deixe um comentário!

XHTML: Você pdoe usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Enquetes

Em relação ao impeachment de Dilma Rousseff, qual sua posição?

Ver Resultado

Loading ... Loading ...

Frase do dia

  • A riqueza de uma nação se mede pela riqueza do povo e não pela riqueza dos príncipes.”, Adam Smith.

ARQUIVO

novembro 2019
S T Q Q S S D
« mai    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Informação com Humor

MARCO BAHÉJornalista
É formado em Jornalismo e pós-graduado em História Contemporânea e História do Nordeste do Brasil. Foi repórter da Gazeta Mercantil para os estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Também atuou como repórter do Jornal do Commercio, editor da Folha de Pernambuco e repórter especial do Diario de Pernambuco. É correspondente da revista Época no Nordeste desde 2003. Tamb´m atua com publicidade e marketing eleitoral desde 2004.
PIERRE LUCENADoutor em Finanças
É doutor em Finanças pela PUC-Rio e mestre em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco. É professor adjunto de Finanças da UFPE e foi secretário-adjunto de Educação de Pernambuco. É autor de vários trabalhos publicados no Brasil e no exterior sobre o mercado financeiro, e participa como revisor de várias revistas acadêmicas na área. É sócio-fundador da Sociedade Brasileira de Finanças. Foi comentarista de Economia do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (TV Jornal e Rádio CBN). Atualmente é coordenador do curso de administração da UFPE, e Coordenador do Núcleo de Estudos em Finanças e Investimentos do Programa de Pós-graduação em Administração da UFPE (NEFI).