O Presidente Negro. Um livro assustador

mai 12, 2008 by     55 Comentários    Postado em: Economia

omaba-1.jpg
Será Barack Obama o primeiro presidente negro dos EUA,
previsto por Monteiro Lobato em 1926?

Tive que ir a Brasília para uma reunião, neste final de semana, e aproveitei as sempre entediantes horas de espera em aeroportos e vôo para ler O Presidente Negro, de Monteiro Lobato. Há tempo estava curioso sobre este que é o único romance escrito pelo fabuloso criador do Sítio do Pica Pau Amarelo, Reinações de Narizinho, Jeca Tatu e tantas outras obras que ninaram e continuam ninando a infância de várias gerações brasileiras. Vou dizer uma coisa a vocês: O Presidente Negro é um livro assustador.

Assustador em vários sentidos. Primeiro pelo caráter premonitório da obra. Em 1926, Lobato prevê a invenção de um tipo de radiotransmissão de dados que possibilitaria o ser humano a cumprir suas tarefas da própria casa e sem a necessidade de se deslocar para o trabalho. Fala também do desaparecimento do jornal impresso porque as notícias serão “radiadas” diretamente para a casa dos indivíduos e aparecerão em caracteres luminosos numa tela – exatamente como acontece com quem está lendo esse texto. Em uma palavra atual: internet.

Mas as premonições não param por aí.

monteiro-lobato1.jpg
Terá sido o criador da boneca Emília um nazi-facista?

Às vésperas de viajar para os Estados Unidos como adido comercial da embaixada brasileira, Monteiro Lobato preconiza a eleição de um presidente negro nos EUA. O momento político (no ano de 2228) que possibilitaria isso viria da divisão da raça branca, entre um candidato do Partido Masculino (Kerlog) e uma candidata do Partido Feminino (Evelyn Astor). A neofeminista Evelyn Astor está com a vitória praticamente garantida e eis que surge o líder negro Jim Roy, que acaba eleito presidente.

Uma assustadora semelhança entre o que acontece hoje nas eleições ianques. Será Barack Obama o Jim Roy de Lobato?

Não vou contar aqui o desfecho da obra, mas adianto que a raça branca se une para evitar que Roy (Obama?) assuma o poder.

A obra é ainda mais assustadora por causa de uma eloqüente defesa da eugenia. O sensível criador da boneca Emília faz uma argumentação extensa, na boca de vários personagens, das vantagens de leis que eliminem da sociedade surdos, mudos, deficientes, tarados, ladrões prostitutas e toda sorte de aleijados físicos e morais. Uma purificação racial levada às últimas conseqüências.

A defesa da eugenia é tão efusiva e, em alguns momentos, despropositada que sugere fortemente ser um ideal não dos personagens mas, sim , do autor. Terá sido Monteiro Lobato um nazi-fascista?

presidente-negro.jpg

O livro está em promoção no Submarino, clique na capa se quiser comprar

De qualquer forma, é um livro de leitura atualíssima. Recomendo muitíssimo.

55 Comentários + Add Comentário

  • definitivamente você conseguiu ativar minha curiosidade. vou comprar e ler o livro.

  • Sim, Monteiro Lobato acreditava firmemente na eugenia, como a maioria da população mundial na época dele.

    Este tipo de pensamento era fortíssimo até a segunda guerra mundial.

  • [...] almost guaranteed, but then the black leader Jim Roy surges and ends up being elected President. The Black President. A Scary Book – Acerto de Contas The wars were also finished, as soon as the War Ministries were replaced by the [...]

  • [...] praticamente garantida e eis que surge o líder negro Jim Roy, que acaba eleito presidente. O Presidente Negro. Um livro assustador – Acerto de Contas ‘Il Presidente Nero' è in realtà un libro sinistro e per molti versi [...]

  • Acabei de ler o livro ontém e corri hj para a internet e dei uma googlada para ver quais comentário encontraria sobre esse livro. Na verdade, a palavra assustador é a única que posso definir o livro. Também não vou dizer aqui o final de história mas Monteiro Lobato perdeu muitos pontos comigo. Acho mesmo que este pode ter sido nazi. O livro tem uma mensagem dúbia para a raça negra mas acho que apesar das premonições da “internet”, a humanidade caminha para coexistência e não acredito que se Obama vencer, o resultado será parecido com o do livro…

  • [...] esta preocupação já tem dezenas de anos. É uma das previsões contidas, por exemplo, no romance “O Presidente Negro ou o Choque das raças” de Monteiro Lobato (1926), onde, avançando no futuro, o professor constata que os asiáticos dominariam o planeta, [...]

  • Olha sinceramente se eu fosse voce não perderia tempo com esse tipo de leitura.

    Aconselho voce ler a biblia sagrada. Pois lá esta toda a verdade de onde e para onde vai a humanidade.

    Abraço e tudo de bom…

  • devemos acredittar em fatos veridicos,e nao em contos afinal os que estao em cristo conhecem as coias de cristo,e o que esta em carne conhece as coisas da carne…aquele qual lhe foi dado todo o poder no ceu,na terra,e em baixo da terra.Aquele que nem mesmo a morte foi digna de retelo,esse sim se falar acontece…obama entrando ou nao,o mundo tera seu total cumprimento,nao caira uma virgula das ecrituras sagradas muda presidentes, naçoes,leis,mas a palavra nao muda,ela cumpre.

  • Acabei de ler uma matéria fantástica da revista piauí (com “p” minúsculo mesmo) e a quem não interessar um spoiler do livro, não recomendo ler. É realmente aterrador. Não direi que é perda de tempo ler o livro, mesmo porque acho que deve-se ter uma visão ampla a fim de conter exageros (como o de muitos que defendiam a eugenia) e a fim de conhecermos os diferentes pontos de vista a fim de nos tornarmos verdadeiramente tolerantes. Eu realmente, depois da matéria da revista, pretendo ler sim “O Presidente Negro” para saber mais sobre a visão eugênista de M.L., pois acredito que isso possa servir de fundamento para se entender o pensamento atual de coexistência.

  • Eugenia em Monteiro Lobato é leve perto do que pensava Rui Barbosa que transformou a Educação Física em disciplina obrigatória para “melhorar a raça brasileira”…

  • Realmente, tanto Monteiro Lobato, quanto ORWELL E Huxley foram os grandes visionários do Século XX, concebendo um mundo que estamos vivendo intensamente.
    ORWELL, fascinante autor de 1984, criou um universo que parecia fantasia, utopia; entretanto, quem diria, somos vigiados, em toda parte e em todos os momentos, e nos tornamos prisioneiros do medo e de nós mesmos. Coincidência ou professia? Alinho-me à última hipótese.
    Huxley, autor do Admirável Mundo, Verne e tantos outros teceram a realidade vivenciada pelos humanos, de tal sorte que parece estarmos dentro de sua criação.
    Finalmente, para quem leu Monteiro Lobato, na infância, e o releu neste momento, sente calafrios, ao terminar a leitura. Não foi preciso esperar o ano 2228. Basta que comparemos a trágica hecatombe provocada por Hitler e a limpeza das raças que pretendeu, para conluirmos que Lobato não brincou em serviço. Sua previsão, com relação à eugenização dos humanos, ocorreu há menos de 60 anos.A semelhança do aparelho concebido pelo escritor com o computador é fantástica e a descrição do choque das raças é assustador pelas previsões que faz. Vale a pena ler e tirar as próprias conclusões, não apressadas é óbvio.
    Não acho que o autor fosse racista ou defensor de idéias abomináveis. Apenas previu e com muita verossimilhança. Leon Szklarowsky – escritor.

    • Concordo! Eu acredito que não foi uma coincidência e sim profecia. Também não acredito que o escritor fosse racista. Portanto, alio-me ao comentário Professor Leon Frejda

  • As sociedades organizaram-se e tornaram-se cada vez mais sofisticadas, imitando, com extrema perfeição, o mundo criado por Monteiro Lobato, em “O Presidente Negro”, e o orweliano, em “1984″, a ponto de viverem os seres humanos encurralados na prisão invisível, ou ironicamente mais que visível, criada pela moderna tecnologia, sem sequer poder respirar livremente ou amar, longe dos olhos e ouvidos dos sensores, espiões amaldiçoados que maculam a beleza da vida e a liberdade, tudo por amor à segurança e, pasmem, à bisbilhotice de estadistas e Estados totalitários, sob a fachada democrática, tão a gosto de ditadores travestidos de democratas.
    Os homens passaram a ser prisioneiros de si mesmo e do medo.
    É a vergonha da criação.

  • Acredito em mudanças, mas mudanças significativas e reais, e não supostas por pessoas que obviamente eram inteligentes ao seu modo e com uma ajudazinha e claro!Porem a verdade é clara para todos, os acontecimentos nos empurram de encontro com que nós chamamos de natural, mas mas natural para a geração presente, dIferente para a geração que viveu e presenciou a virada do século que acreditam no poder de Deus de mudar tudo e tudo o que digo é nada mais e nada menos do que estamos presenciando neste sistema atual e tenho certeza de que não começará por que já estamos a caminho e não terminará porque ainda não é fim. Uma personalidade, um homem pode mudar coisas mas nunca mudará o rumo em que se encontra.
    “RECOMENDO:OBSERVEM MAIS, ENCLINEM-SE MAIS E TALVÊZ E SÓ TALVEZ CONSIGAM ENGERGAR MAIS LONGE DO QUE UM SIMPLES LIVRO TENHA DITO POR UM ESCRITOR DE ADMIRAVEL INTELIGÊNCIA CONCEBIDA” _ LEIA A BÍBLIA E ESTUDE-A E OBSERVE”

  • Depois de lidos os comentários antecedentes, a minha curiosidade para ler o livro é grande.
    Pelo que pude depreender dos comentários que li, não acredito que premonições do tipo que ML terá descrito no livro possam acontecer no mundo hoje.
    No mundo de hoje não há lugar para esse tipo de comportamento. Haverá sempre uma pequena minoria que queira navegar contra a corrente, mas ela se afogará rapidamente

  • coincidencias e alguns fatos isolados e algumas historias (como essa de ficcao cientifica) podem sim acontecer…mais o interessante eh focarmos nas coisas que sao ditas por Deus, Nosso Pai…leia a Biblia e busque a sabedoria que jamais encontrara aos redores do conhecimento humano…busque a Salvacao em Jesus Cristo…somente Ele pode dar…

  • POIS SIM, LOBATO DEVE TER SIDO MAIS QUE UM BIRUTA E RACISTA COMO SUGERE A REPORTAGEM DA REVISTA PIAUÍ…AFINAL, ASSIM NAO FOSSE ESTARIA LEGADO AO ESQUECIMENTO COMO TANTOS OUTROS QUE DE FATO FORAM E SAO O QUE SUGERE A REPORTAGEM. FATO É QUE MAIS ALGUMAS DECADAS O LIVRO CONTINUARÁ ASSUSTADOR E GRUDADANDO OS OLHOS DE LEITORES POR SUAS PROFESSIAS… O QUE SE ESCREVE SOBRE ELE HOJE, PORÉM… FOI-SE.

  • ABRAÇOS A TODOS,
    A ELEIÇÃO NOS EUA QUE ELEGEU O BARACK OBAMA, NÃO TEM NADA HAVER COM A PREVISÕES FUTURISTICA DE LOBATO, POIS ELE (BARACK) CONQUISTOU OS EUA INDEPENDENTE DAS CONDIÇÕES RACIAIS, POLITICAS E PRINCIPALMENTE ECONOMICA. FOI UMA ELEIÇÃO LEGITIMADA E ACOMPANHA POR TODOS DO MUNDO INTEIRO.
    NO MEU ENTENDER SERÁ UM DOS MAIORES PRESIDENTES DOS EUA.

  • Acabei de ler o livro e corri para cá!! Péssima!…
    Me senti ainda pior após ler a reportagem da piauí semanas atrás. O Lobato de minha infância foi roubado de mim…
    Não consigo deixar de enxergar nos personagens do Sítio sinais preconceituosos de um Lobato que eu não conhecia e só agora se tornaram evidentes….
    Este livro vai dar o que falar no vestibular da UFSC.

  • Olá, participantes do blog!
    Acredito que é necessário lermos novamente o livro!
    Nenhum aspecto literário foi abordado nos comentários acima. Sabemos que a literatura é imitação da realidade e muitos a confundem com a própria realidade. Através de alegorias, metáforas e comparações, Monteiro Lobato construiu um romance digno de nos fazer refletir sobre a própria espécie humana. Nosso grande escritor brasileiro, MOnteiro Lobato, percebia naquele tempo os rumos de uma civilização atrasada e, também, as consequências da ambição, desigualdade e preconceito numa sociedade. É claro que esses comentários são insignifcantes em relação aos elementos que podemos analisar numa obra importante como o “O presidente negro”. Por isso, precisamos aprender a ler além do que vemos nas páginas de um livro.

  • Lendo o artigo e os comentários (ri muito com os comentários cristãos, aliás), sinto falta de uma coisa: dizer que o livro, inependentemente das defesas (ou previsões) da eugenia, é RUIM. Um texto fraco, diálogos lamentáveis e conflitos desinteressantes… Monteiro Lobato escreveu às pressas, pra ver se agradava o público americano. Não agradou…

  • Como nós fazemos comentários desnecessários de vez em quando, a discussão relevante deveria ser o futurismo do livro e a semelhança com alguns fatos da nossa época. Com relação a eugenia ela é condenável em qualquer época.

  • quero saber udo sobre vc

  • Creio q tanto a eugenia qto a idéia de uma raça mais pura, evoluída; fossem idéias benvindas e simpáticas para muitos… porém “antes” do holocausto. Hoje avaliamos tudo com um segundo olhar, isso é muito fácil, portanto, não seria pecado algum ele ter partilhado de idéias da eugenia…

  • Monteiro Lobato já morreu e não pode mais influenciar ninguém com suas terríveis idéias eugenistas.

    O que dá medo é que ainda há muitos eugenistas de plantão no mundo, vivinhos da silva! Um exemplo? O príncipe Charles e o príncipe Philip.

    Leiam a respeito aqui:

    http://www.sebastiaonery.com.br/visualizar.jsp?id=1326

    http://www.geocities.com/policymake/afarsadareservaianomani.htm

  • Acho quase fantasiosa e desproporcional esse questionamento sobre Monteiro Lobato ser ou não nazi-fascista.
    Logo ele, que eleva a personagem de Jeca Tatu de um acomodado , para duas alterações depois um trabalhador vítima das elites da época(no interior paulista os cafeeiros – brancos – )
    Lobato que também criou Tia Nastácia a grande precursora das amas retratadas carinhosamente no Regionalismo.Lobato que agregou a Tia Nastacia, a negra beiçuda mais querida do Brasil , conhecimentos próprios, a autoridade com que Tia Nastácia falava e instuia sobre as crendices populares.
    Ora, deveras em pleno os anos 20 em que nos E.U.A, a segregação racial chegava ao extremo da barbarie, o que queria mesmo Lobato era contagiar o povo americano, as elites brasileiras, como essa certeza de que sem o passado, sem as raízes culturais e sociais dos negros, teríamos menos uma raça.
    O que comprova isso, é suicídio em massa dos negros do fim da trama, quando eles deparam-se com a falta de uma identidade ideológica, de uma identidade cultural, pessoal.

    O Livro é fantástico.

  • não acredito que as idéias sobre a eugenia sejam próprias do autor, mas sim próprias de uma críca de ML à sociedade medíocre e preconceituosa.

    • Thalita, sugiro a leitura de “A Barca de Gleyre”. Acho que você vai mudar de ideia com relação a ML depois disso.

  • e uma coisa muito estranha: Obama é o 44º presidente e no livro Jim Roy é o 88º (o dobro); Obama eleito em 2008 e Roy em 2228. Assustador o.o

    • ???E daí???

  • Meus caros,toda leitura é bem vinda,porque acrescenta novas formas e concepções de vida em nosso imaginário.Não li ainda O PRESIDENTE NEGRO,mas li 1984,e posso afirmar que as pessoas que restrigem seu pensamento a uma ideologia ou religião,são muito mais facilmente manipuladas.Por isso leiam,e ai sim,tirem suas proprias conclusões.

    • Eugenista, racista e grostesco.

      Este é a melhor conclusão,que qualquer pessoa de bom senso e caráter,pode tirar

  • esse filho da puta racista desculpem o termo chulo mais é isso que este “homem” é ele tem muita sorte de estar morto

  • Por que em toda discussão que há de alguma maneira tentam colocar Deus no meio?! Afirmar premonitório não quer dizer que se afirme que às eleições tenham sido de algum modo baseadas no livro… E quanto a parte religiosa, acho que vale a pena lembrar que não foi Deus quem escreveu a Bíblia, mas sim os homens…

    • A Biblia foi escrita em aramaico e traduzida de acordo com as necessidades do poder de cada época. Poderíamos dizer as Bíblias porque cada religião tem a sua moldada ao seu prazer. Gostaria de saber então qual é a que foi ditada por Deus e porque se deve acreditar num livro arcaico e cheio de preconceitos muito mais do que os que condenaram aqui. Monteiro Lobato foi um gênio, um grande autor e se pode dizer que gostou ou não gostou mas nunca dizer que a obra é irrelevante.

      • A obra pode não ter sido irrelevante, mas O Presidente Negro é um livro muito ruim, fraquinho de doer, feito às pressas, cuja finalidade era a de “encher o saco com os dólares” do mercado norte americano. E até nisso ML foi sucedido. Felizmente! Simples assim.

  • Li “O Presidente Negro” há alguns meses e realmente concordo com os que afirmaram que é um livro assustador. Primeiro por seu caráter premonitório, confirmando mesmo a tese de Pound de que “o artista é a antena da raça”. Depois, pelas ideias visceralmente defendidas por Lobato através da obra. Sei que atribuir os valores, ideias e palavras de um personagem ou um grupo de personagens a seu autor é arriscado e nem sempre verdadeiro, mas no caso de “O Presidente Negro” é essa mesma a leitura mais adequada, acredito. Monteiro Lobato foi um homem engajado. Um homem de ideias. Seus escritos tinham esse caráter de campanha (mesmo na série do sítio do pica pau). No caso do romance em questão, a eugenia humana (com citação direta a seu idealizador, Francis Galton, primo de Darwin) surge como grande “remédio” para os males morais da sociedade. Percebam que, para Lobato, a corrupção de caráter é transmitida geneticamente, fruto de um determinismo. Portanto, pode-se tranquilamente afirmar: era um racista.

  • Acabei de ler “O Presidente Negro” de Monteiro Lobato. É um livro profético. Machista? Preconceituoso? Vi apenas o realismo da época.

  • Li o livro e também resolvi procurar comentários.
    Sem dúvida Monteiro Lobato, foi um homem das palavras. Escrevia muito bem. Para quem escreveu às pressas, fez um bom romance sim, não se por conta da minha ansiedade consegui ler o livro, sem achá-lo enfadonho apesar dos tantos detalhes nos primeiros 9 capítulos.

    O comentário que mais me chamou atenção aqui foi de que ele “lançou” a tia Nastácia como uma ama, regionalista a negra beiçuda mais querida do Brasil. Bem positiva a imagem da velha negra né? Vista como uma empregada que ouve vários desaforos e comentários racista da boneca Emília…

    Mas enfim, dizer que ele só retratava o realismo da época é afirmar que ele reproduzia as idéias racistas, machistas, e tantas outras de caratér discriminatório. Foi um burguês, elitizado, grosseiro que agiu de acordo com sua herança colonizadora e escravocrata.

  • Monteiro Lobato previu que a humanidade se dividiria exatamente como HG Wells havia predito muitos anos antes. É inegável a genialidade tanto de um quanto de outro, haja vista a qualidade das obras de ambos, mas as “profecias” feita por um ou por outro apenas demonstram a sensibilidade destes caras que mesmo estando à frente de seu tempo, são hoje considerados machistas, eugenistas ou tantos outros “istas”. Fico feliz em ler “O presidente negro” e poder criticá-lo sem despertar ódio em quaisquer fanáticos – É realmente admirável a evolução da humanidade no sentido muitas vezes contrário ao que alguns “profetas” previram. Quem sabe um dia possamos ler e criticar a bíblia da mesma forma, para mim o livro mais eugenista, machista e beligerante que já foi escrito.

    • Concordo totalmente.

  • Ao ler muitos comentários, achei interessante que pessoas tenham dito que “o Lobato de sua infância foi roubado” ou que se decepcionou muito com aquele autor que tanto amava na infância. Mas o mais curioso ainda é o esforço de outros comentários para dizer que a ideologia eugenista e racista expressa no livro não era de Lobato, e sim uma menção crítica do autor a ideologias vigentes em sua época.
    Infelizmente, tendemos a incensar os artistas que amamos e esquecemos que eles são seres humanos e que, muitas vezes, eles acreditam em coisas que nos parecem desprezíveis. Obviamente, o que hoje chamamos racismo e a eugenia, no início do século XX, não eram considerados tão desprezíveis assim (tinham até mesmo embasamento filosófico-científico e grande número de adeptos). Quem ler “A Barca de Gleyre”, publicação de cartas escritas por Lobato, vai perceber que ele, como um homem de seu tempo, menosprezava sim a raça negra. Mas isso não diminui seu valor literário – ele continua sendo um grande escritor, assim como Freud continua sendo um grande pensador/psicólogo apesar de ser misógino…

  • Por que alguns estão citando a blíblia? A blíblia é um livro cheio de absurdos: incesto, traição, deus vingativo, pornografia, se a blíblia for a palavra de “deus”, nos estamos perdidos neste mundo.

  • ML não era o ‘ESCRITOR BONZINHO AMIGO DAS CRIANÇAS”que pintam …era nazi sim!Sugiro a leitura do livro RAÇA PURA da historiadora Pietra Diwan que mostra a verdadeira face de ML e outor eugenistas brasileiros

  • Observei muitos comentarios sobre Biblia, Deus…etc.
    Estou de acordo com alguns, mas noto que ha muitas mentes
    mediocres com opnioes espantosas.
    Para os fanaticos da Biblia…digo:
    JN(Jesus de Nazareno) nao e Deus…trocarao seu nome para JC(com um titulo de Martir) ele nao nescecitava religiao, possuia o Judaiscomo como tambem obdecia as regras do jogo. Foi um revolucionario de sua epoca. Tambem digo que: Jesus de Nazareno foi uma verdade, mas o cristianismo e uma total farça.
    Criado por Pedro e Paulo(uns Maquiavelicos de seu tempo).
    E mas em minhas opinioes…Jesus nao morreu na cruz…foi retirado antes de Chabat(sexta feira antes do escurecer) devido que houve uma negociaçao com os Romanos. De acordo com a lei Judia, eles nao enterram seus mortos em Chabat. JN foi curado por Maria Madalena(sua esposa).
    Hohep posso escrever dessa forma devido que ja nao exite a inquisiçao….que forao os grandes assacinos.
    Essa grande organizaçao (vaticano) a maior industria imobiliaria do mundo(muitos tiverao que ser assassinados) para que eles conquista-se esse imperio…quando vc mata uma pessoa vc e um assassino…mas, quando mata milhoes, vc sera considerado um conquistador…fico por aqui….
    Viva Montero Lobato(foi compreendido pelas crianças, mas nao pelos adultos)
    Ruy Martinez, Miami, Florida. USA

  • VocÊ e o Monteiro Lobato vão queimar juntinhos no inferno, isso sim é que é profecia…

  • Cristão é a água, católico é o óleo não há mistura possivel recomento conhecer a historia do verdadeiro povo de Deus.

  • Esse aspecto da personalidade do ML é muitissimo pouco conhecido pelo grande publico. Realmente é assustador

  • Monteiro não acertou nada em relação ao futuro, nota zero para ele como escritor de livro de ficção. Ele realmente foi grotesco e ignorante, Porque?, se compararmos a previsão dele (quanto a data em que um Presidente negro o seria nos Estados Unidos, 2228) com a cobrança de um penalty, ele teria chutado para tras, pois 300 anos antes e só 80 anos após a previsão a publicação racista e idiota dele isso aconteceu. Gênio?????? Deus é mais.

    (Parece que forças ocultas estão me impedindo de enviar meu comentário) Mas Deus é mais

  • É pena que as pessoas tenha que se ofender apenas por comentar um livro ou a ideia de um escritor. Apesar que,isto tenha acontecido também com D’Vinci, Lutero, Michalengelo, Dante, Thoma More,….. Meu irmão é evangélico e eu o amo muito, e é esse amor que leva-me a respeitá-lo, mesmo que discorde de alguns pensamentos dele. Entendo que foi isso que Jesus Cristo repassou para nós, AMAR O PRÓXIMO COMO A SI MESMO. Monteiro Lobato foi um progressista, como Rui Barbosa, Olavo Bilac e muitos outros,que queriam que nosso Brasil tão rico de reservas naturais,fosse uma França, um Estados Unidos,países que eram considerados Desenvolvidos e o nosso Subdesenvolvido. Cartas do Amigo sanitarista de Monteiro Lobato, Belisário Penna e Arthur Neiva, assim como Carlos Chagas, que percorreram o Brasil e denunciaram nessas cartas o descaso pela saúde pública básica da população. Belisário escreveu tbém. a Lobato sobre os”latifuúndios expropriadores enquanto aspecto nocivo para o desenvolvimento da vida nacional”. Isso inflama o espírito de Lobato,” acendendo-lhe a indignação diante das disparidades de uma nação rica,que expropria o trabalho e a dignidade do caboclo…” Porque as pessoas não procuram ler todo o contexto da vida de um homem para tentar decifrá-lo? E, com certeza ,ninguém consegue, pois somos universos em nós mesmos. Não somos nem maus nem bons por completos. Nossas escolhas e suas consequências que vão nos dizer. Misturam tanto, que colocam até Deus no meio, de simples apontamentos.Quem já não errou com algum comentário ou situação? ML viveu como adido nos EUA e não é segredo que apreciava aquele país. Assim como Rui Barbosa amava a França e a leitura de Julius Verne. Assim como aprecio ler a Bíblia, o livro O Paraíso de Milton, De Profundis de Oscar Wilde, Utopia de Thomas More, a vida de Espinosa, de Lutero,livro de Marina Colasanti, as irmãs Brontë,Jane Austen,Gregório de Matos e mts.outros.Cada um tem sua visão de mundo, amor,tecnologia,de Deus,raça,de bondade,de imperfeição… O muito conhecimento pode ser um pouco enfadonho,mas nunca será demais. Lembrei-me da frase que o apresentador Ratinho do SBT falou ao entrevistar essa semana o ex-Presidente Lula: “Os que criticam,sempre existirão. Mas nunca ví uma homenagem à eles. No entanto, já ví muitas estátuas de artistas e homenagens à suas artes.”
    Paz e Saúde à todos nós.

  • Meu caro Marco,
    também li o livro e fiquei estarrecido. Dizia com amigos que a “premonição” de Lobato seria,na verdade, um anseio e uma decorrência natural do pensar humano,em constante progresso. Se se era possível transitir a voz pelo rádio,por que nao a escrita,num futuro não tão distante?…
    Mas,a meu ver,a premonição que mais me assustou foi a da eugenia,que dali a alguns anos,serviria de respaldo para a atrocidade se precedentes da IIWW.
    Quanto ‘a comparação Obama-Jim Roy, não confio na similaridade a fundo. Me instiguei a ler o livro,justamente pela ocorrencia das eleições americanas. Não creio que Obama represente um “risco” aos padrões conservadores e excludentes dos brancos estadunidenses,como Jim Roy o fazia. Que acha?

    É isso aí.

    Muito bom saber que nao estou só. Abraço

  • Estou em 2014/agosto, Putin desafia o Obama. O poder militar americano não admite a hesitação (quem mandou?) do presidente negro.
    Lobato tinha visões, comparo-o, na minha loucura, a Nostradamus.
    Como dizia, Obama é uma fraude, e os assassinos de Kennedy continuam dando as cartas. Putin vai forçar o golpe militar nos EUA. Estou errado, o tempo dirá!

Tem algo a dizer? Vá em frente e deixe um comentário!

XHTML: Você pdoe usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Enquetes

Em relação ao impeachment de Dilma Rousseff, qual sua posição?

Ver Resultado

Loading ... Loading ...

Frase do dia

  • A riqueza de uma nação se mede pela riqueza do povo e não pela riqueza dos príncipes.”, Adam Smith.

ARQUIVO

outubro 2018
S T Q Q S S D
« mai    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Informação com Humor

MARCO BAHÉJornalista
É formado em Jornalismo e pós-graduado em História Contemporânea e História do Nordeste do Brasil. Foi repórter da Gazeta Mercantil para os estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Também atuou como repórter do Jornal do Commercio, editor da Folha de Pernambuco e repórter especial do Diario de Pernambuco. É correspondente da revista Época no Nordeste desde 2003. Tamb´m atua com publicidade e marketing eleitoral desde 2004.
PIERRE LUCENADoutor em Finanças
É doutor em Finanças pela PUC-Rio e mestre em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco. É professor adjunto de Finanças da UFPE e foi secretário-adjunto de Educação de Pernambuco. É autor de vários trabalhos publicados no Brasil e no exterior sobre o mercado financeiro, e participa como revisor de várias revistas acadêmicas na área. É sócio-fundador da Sociedade Brasileira de Finanças. Foi comentarista de Economia do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (TV Jornal e Rádio CBN). Atualmente é coordenador do curso de administração da UFPE, e Coordenador do Núcleo de Estudos em Finanças e Investimentos do Programa de Pós-graduação em Administração da UFPE (NEFI).