Telemarketing, o inferno é aqui.

abr 9, 2010 by     62 Comentários    Postado em: Economia

telemarketing

Quem não odeia receber uma ligação do malfado telemarketing, seja de que empresa for? São ligações para oferecer produtos, pedidos de doações, pesquisas indesejadas, e por aí vai.

Mas o que normalmente esquecemos é o degradante e desumano trabalho que está por trás de tudo isso.

Imagine trabalhar como operador de telemarketing passivo (aquele que recebe) da Oi/Telemar. Ou ainda dos reclamantes da Celpe ou Compesa.

A jornada de trabalho para um salário em torno de R$ 520 por mês é de 6 horas, com intervalo de 40 minutos.

Você pode pensar…que bom, bem menor do que as 8 horas de um trabalhador comum. Mas imagine ficar ao telefone sem parar, literalmente, durante todo este tempo. Imagine ainda ficar sem parar, tendo centenas de pessoa na mesma sala, com você espremido em uma baia onde mal cabe o computador.

Para piorar, com a necessidade de aumento de produtividade, as empresas inventaram tecnologias que praticamente zeram o tempo de intervalo entre as chamadas.

Uma destas inovações é o “discador automático em modo Power”, que liga automaticamente para uma pessoa, e quando ela atende e diz “alô”, esta chamada vai para o operador que acaba de desligar outra chamada. Isso não chega a durar 1 segundo.

Não é a toa que o turnover nas operações de telemarketing é altíssimo. Muita gente não aguenta passar muito tempo nesta rotina desgastante, com salários muito baixos e servindo de bucha de canhão para péssimas prestadores de serviços, como por exemplo a Oi/Telemar. Como quase nunca resolvemos nossos problemas, às vezes até esquecemos que do outro lado da linha tem uma pessoa honesta, que está ali apenas para trabalhar e ganhar seu sustento.

O telemarketing no Brasil emprega perto de 1 milhão de pessoas, e 700 mil seriam apenas operadores, que ganham pouco mais do salário mínimo. É a segunda profissão que mais emprega, só perdendo para professores.

Se é que podemos chamar isso de emprego.

62 Comentários + Add Comentário

  • “Telemarketing, o inferno é aqui.”

    O TITULO DISSE TUDO.

  • é verdade eles tem uma jornada de trabalho desgastante,além do que gostaria de salientar com todo RESPEITO que a maioria dos telemarketings “são os ditos minorias” ou excluidos da sociedades aqui em são paulo tem várias agências atento etc…porém é quase um fato que 65% dos profissionais que trabalham lá são homossexuais,trans,lésbicas..

    • Distinto Giuliano

      Não aprovo o homossexualismo e suas várias facetas, embora respeite-os, no entanto sua afirmativa foi descabida e sem noção, se são 65, 30 ou 100%, isso não importa, são seres humanos em condições infernais e sub-humanas, embora você salientasse o devido respeito, só faltou dizer quantos da raça negra, branca, quantos católicos , judeus, estudantes de escola pública , etc.
      Acho que a questão maior é a ausência de fiscalização do Ministério Público do Trabalho e dos politicos em fazer uma legislação que obrigue as empresas a serem menos estúpidas e mais humanas com esses brasileiros que por necessidade lá aportam.

      • Concordo plenamente com sua observação, quanto ao comentário do colega, que foi no minímo infeliz em suas palavras.
        Gostaria de salientar que a área de telemarketing é um ramo desumano, onde o que interessa é a produtividade.São seis horas de trabalho, mas a impressão que se tem é de que foram trabalhadas 12 horas.
        os próprios profissionais, supervisores- que são cobrados pelos coordenadores- tratam suas equipes de forma odiosa.
        As pessoas deixaram de ser seres humanos de carne e o osso para virarem robôs!!!

      • HomossexualiDADE**** por favor ta

      • H O M O S S E X U A L I D A D E

    • Querido o fato de alguém ser gay nao o faz ser excluido da sociedade. Existem gays formados e com certeza numa situaçao social melhor que a sua (: Coitado de quem acha que homossexuais estao a margem da sociedade. Pesquisas afirmam que homossexuais sao mais dotados de cultura, reveja seus conceitos antes de sair por ai falando merda

      • isso mesmo angelina

  • Contax, \provider, CSU e outras que atrasan salarios, mudam os planos de saude, quando dão, e se vc falatar por doença eles n aceitam atestado e te demitem…..

    o pior é que eles não pagam certo os valores de recisão de contrato, quando pagam……

    quem quiser saber mais é so falar com algumas das muitas pessoas que trabalam nesses call centers….

    • Verdade a Contax é a pior empresa de telemarketing que já trabalhei, vou colocar na justiça. Fui admitida dia 14 de setembro demitida dia 5 deste mês. Homologação só acontece dia 24 de março. Muito errado quero ver quanto vão me pagar, não recebi nem o mês de janeiro.

  • Está explicado por que professor ganha tão mal nesse país…

    • Agora professor da federal ganha bem.

      • Bem mal!

  • Esse negócio conduz a situações extremas. Eu, por exemplo, não atendo a ligações originadas dos códigos de área 021, 011, 031. Arrisco-me a perder alguns contatos, pois tenho parentes e amigos em São Paulo e no Rio de Janeiro, mas o benefícios superam os custos.

    Felizmente, não se instalam em Brasília e dá para atender às chamadas originadas de 061, que são de trabalho.

    Tomei a decisão porque é terrível atender ao telefone e começar a escutar: senhorrr, estaremos lhe disponilizando um carrrtão de crédito especial, sem limitches para as compras que êstchiver pretendêndo fazerrr…

    Não tenho coragem de dar um coice e desligar, pura e simplesmente, porque o coitado do outro lado cumpre uma obrigação. E, além disso, se desligar eles ligam novamente.

    • Quando atendo e vejo que são esses caras eu digo que não estou e peço para ligar lá prás 22h. Até hoje ninguém ligou!

      • Um dia desses, utilizei a estratégia, mas calibrei errado a hora do liga depois. Estava com pressa, juntando um papéis para ir a uma audiência e a m…. do telefone tocou. Atendi imediatamente e era do Itaú. Programa de cliente especial, cartão platinum hiper mega super, sem anuidade e o escambau.

        Eu disse: meu amigo, estou ocupado demais agora, ligue à noite. E o cara ligou… Mas, aí, com calma, voltei ao normal, nãi atendi.

  • Vejo isso como uma variável da escravidão moderna!
    Onde está o poder público?

    • só serve para viabilizar o desvio do dinheiro Publico.

  • Conheço algumas pessoas que trabalham nesse ramo, a maioria universitários desmonetarizados. Não tenho notícia dessa maioria homossexual, mas o ue me surpreende é a pressão incessante de produtividade e a alta rotatividade, eles se utilizam mesmo do exército de reserva, pagando pouco e ruim. Deveria haver uma regulamentação mais atenta a esses trabalhadores, já que se avançou muito no que se refere o consumidor.

    • Não, não avançou, não.

      Se houvesse real pressão sobre essas empresas CANALHAS, com seus CONTROLADORES CANALHAS:

      1. A cada CINCO reclamações de clientes no órgão FISCALIZADOR (que, sabemos, NÃO FISCALIZA NADA), a “empresa” ganharia de cara uma multa de UM MILHÃO DE REAIS pra pagar a fórceps;

      2. A DRT, como parte do Judiciário, ao invés de esperar sentada que algum trabalhador reclame ou vá à Justiça do Trabalho reaver seus direitos, faria parcerias com a Polícia – Civil ou Federal – para investigar os abusos cometidos por essas empresas e aplicar mais UM MILHÃO de reais de multa, por cada “pequeno” deslize delas;

      3. Finalmente, se CERTO ALGUÉM no Banco Central tivesse real interesse em ajudar a proteger consumidores e ACIONISTAS MINORITÁRIOS dessas empresas em Bolsa, ao ver tamanhas calamidades, CONGELARIA AS AÇÕES para reembolso dos minoritários e fundos de pensão, deixando virar pó o restante e ELIMINANDO-AS sumariamente da Bolsa, porque RSA começa por aí – o custo do lucro OBSCENO dos grandes acionistas NÃO PODE CAIR nas costas de quem trabalha e “consome” os serviços dessas porcarias…

      • ALIÁS, já que estamos falando da ganhadora do Prêmio Nelsinho Piquet de RSA, o Blog já dispõe de ALGUMA RESPOSTA dessa empresa CANALHA sobre a nova “FERRAMENTA” DE MARKETING DENUNCIADA PELO JORNAL ESTADO DE SÃO PAULO?

        E aí, CANALHAS DA OI? VÃO RESPONDER OU SE ACOELHAR DE NOVO?

  • O trabalho é punk mesmo. E como é difícil manter o povo empregado é até compreensível que pessoas normalmente discriminadas acabem pegando esses emprego. É tão desgastante que o pessoal fica somente o tempo necessário pra pegar um outro emprego.

    E sem ter intervalo deve ser pior ainda, é realmente inumano.

  • Precisa estar precisando muito de dinheiro pra aturar um emprego de teleoperador receptivo. Eu tenho muita pena deles, pois ganham uma mixaria, o serviço é estressante, gasta a voz, a audição e a visão de estar 6 horas e 20 na frente dum computador, falando e ouvindo reclamação.

  • Gente… calma!
    Trabalhei durante 1 ano no tlmk da Brt/Oi e só saí quando houve a venda e foram demitidos muitos funcionários.
    Ganha pouco? Sim, não é lá essas coisas. Mas, é muito divertido. Claro que pra se trabalhar em qq tlmk tem que ser uma pessoa extremamente equilibrada, paciente, emocionalmente tranquila e gostar de falar, de se comunicar com os outros. Na Brasil Telecom havia um script que o operador deveria seguir à risca! Eu NUNCA segui script nenhum. Falava como eu queria, interagia com o cliente, mas fazia a cobrança, fornecia informações quando estava no receptivo etc… Era uma loucura!!! As vezes eu estava logada no ativo e meu supervisor passava e gritava: “…loga no receptivo…” e o inverso tb ocorria. E lá ia eu… AMAVA conversar com as pessoas, ainda que tinha monitoração de tempo de cada ligação… Foi uma época muito divertida, curti muito. Na época, me deram um limão… e eu fazia dele uma bela limonada geladíssima e tomava todos os dias.
    Nossa vida não é feita só de coisas boas, call centers faz parte da vida moderna. É um “mal” necessário. Gera milhões de empregos para pessoas despreparadas profissionalmente, sem experiência, enfim. Não estou defendendo nenhuma empresa de call center, apenas não dá pra ver só as coisas boas ou ruins da vida.
    Lembrem-se, principalmente quem é do mercado. ESTAR

    • paga pau!!!

  • Geralmente quando ligam em casa procuram por mim, mas aproveito que tenho voz de menina e digo: Minha mãe não está, eles perguntam qual o melhor horário p/ falar com ela, onde respondo que ela só chega depois 11 hs da noite..Nunca ligaram….isso faço pq sei que trata-se de algo que não me interessa, e tbém não sei ser mal educada. Engraçado…hoje estou procurando emprego nessa area..pq estou ha muito tempo desempregada e não consigo emprego algum, td bem que o telemarketing paga uma miséria, mas muitos lugares não exigem experiência..e isso da oportunidade p/ milhares de pessoas, e é o que estou precisando no momento. Vou mergulhar nessa, mas preparada por tudo que acabei de ler aqui.

  • Na verdade são 6 h e algumas empresas dão o intervalo de somente 20 min para lanche.

    Onde trabalho são 20 min de lanche e 10 min para ser utilizado fracionalmente para ir no banheiro e beber agua, e olha que a supervisão nem gosta que seja utilizado todo esse tempo de 10 min !

    A maior parte das empresas neste segmento oferecem paula de 10 min, depois 20 min e depois mais 10 min.

  • Trabalho numa empresa de telemarketing, não é esse inferno todo… se vc não almejar futuro nessa carreira. Faço faculdade e entrei na empresa apenas para ganhar dinheiro durante as férias, grande parte dos funcionários também são jovens que não necessitam de muito dinheiro ao mês. A empresa não destrata os funcionários e até permite conversas enquanto os clientes não atendem, e também permitem que cantem músicas de comemoração criadas pelo grupo… Dessa maneira o trabalho é até um pouco divertido (quando os clientes não são grossos). Já as oportunidades de crescer na empresa são poucas… OU SEJA… se você é pai ou mãe de família, telemarketing só se for no ÚLTIMO CASO, ao contrário, se é algo que vc sabe que será temporário, é válido.

  • Eu trabalho nessa área mais ou menos cinco anos com vendas ativa no setor de Cartão de Crédito, minha empresa é a TIVIT do Rio de Janeiro é claro que ela não é das melhores até porque ele é igual a todas as outras em relação a salário, bonificação, comissão…etc. De dois anos para cá ela está envestindo em cursos internos de aperfeiçoamento para aqueles operadores que desejam crescer profissionalmente com isso, esse operador tem a chance de ser um profissional mais capacitado e com mas preparação até mesmo no mercado de trabalho na área do telemarketing. Hoje sou monitora de qualidade devido a esse curso que é realizado na empresa, me orgulho muito em trabalhar com isso. Obrigada pela atenção!

  • Olá…para todas as pessoas que pretendem entrar nessa area ai vai o meu conselho, são 2 anos de experiência!!! Não entrem nessa furada!! paga mal, é uma bosta!!!
    É muuita gente burra te ligando, sem educação, palavrões o dia inteiro e para ajudar a supervisão fica emcima vc não pode ir ao banheiro sequer sossegado mtaaaa pressão!! isso realmente não faz bem para nenhum ser humano.
    Fora que se vc quiser ou pensar em sair é um sacrificio uma batalha sem fim!!! eles não mandam embora!!! pq as pessoas não querem trabalhar disso… aí a empresa fica sem funcionario para contratar e vc q está lá dentro meu amigo…já era rsrsr desculpa aí pessoal foi só um desabafo REAL bjos.

    • É verdade Pâmela, eu trabalhei 3 anos com telemarketing receptivo de uma operadora, não sei como eu aguentei, e isso porque sou uma pessoa nervosa e que não leva desaforo para casa, atendia muitos clientes mal educados. Tive que pedir demissão porque eles não me demitiam sem justa causa, fora que eu atendia mal algumas vezes eles monitoravam minha ligação, mas nunca me demitiam, era advertência e suspensão apenas. A maioria dos clientes são burros e sem educação mesmo, haja paciência. Sem falar que depois que sai de lá tem que fazer outro curso porque se não ninguém te contrata mais para outro emprego a não ser telemarketing.

      • E eu durei muito, fiquei 3 anos, fui a última da turma que entrou junto comigo a pedir demissão, muitos ficam só alguns meses e pedem demissão.

  • Trabalhem na CSU que vcs vao ver o que eh inferno.

  • ja trabalhei nesse inferno de telemarkettting por 3meses,adandonei logo em seguida,simplesmente acordei e disse chega!NAO VOLTO MAIS PARA AQUELE INFERNO!nem mesmo para pedir as contasNao aconselho a ninguem isso

  • Engraçado ne kkkk agente escuta tanto cliente reclamando, se passando pelo ser mais sofrido do mundo… e as vezes por micharia kkk. Se acham ruim estar no lugar de cliente deviam experimentar ser funcionario…

  • Trabalho numa tercerizada da oi a 6 meses. Minha vida agora é laringite seguida devido ao estress emocional que passo por meta exigida todo dia,ai de vc se nao cumprir a meta de vendas do dia! vc escuta no outro dia! acho Sala com janela e porta fechada,com um ar condicionado no gelado e no maximo que da uma dor de cabeça que vcs nem imaginam! Pressao de supervidor e gerencia te chamando pra saber o que esta ***acontecendo*** com vc ao escutarem uma gravacao tua caso tua voz demonstre estress,raiva,etc….. Fora as reunioes de quase todos os dias onde te dizem: Olha pessoal,assim nao da mais! tem gente aqui que vai ser mandado embora na proxima semana etc… E olha que cumprem as ameaças! Trabalhar com pressao,ameaças de demissao,ganhar pouco e ainda te passarem a perna nas comissoes,nao dá! meta de 40 vendas,vc fez 39,vc perde tudo!!!! entao nao compensa. Só nao sai porque preciso muito ate achar algo bom.

  • O TLMTK nao é so apenas o unico lugar onde gays e trans são aceitos. É o lugar de pessoas que fracassaram na vida ou estao iniciando. Pega de 18 a 60 anos. De todo tipo de gente. Mas so ta la quem precisa mesmo, porque ninguem gosta de trabalhar em condiçoes precarias, com superiores ignorantes e ganhar 1 salari minimo pr mes. Quem tem apoio financeiro, nao trabalha neste lixo. So quem trabalha é quem tem que se submeter a uma vida precaria pois nao tem outra saida. Estudo no Brasil é caro e, quem é que pode pagar algo decente com salario de operador? O problema é que, enquanto este governo achar que, enquanto existir empresas que empregam com a ideia da “inclusao social” por um salrio minimo, estes imprestaveis governistas vao dar graças a deus. Pois movimenta a economia e pra eles se o operador esta se ferrando ou nao, nao é problema deles. E o sindicato sabe e nao faz nada! É ridiculo! Estou na lista das que fracassarm na vida e por isso faço tlmtk ha muitos anos. Nao me chamam pra fazer outra coisa pois, uma vez que voce trabalha nisso, parece que nunca mais sai. Toda empresa de telemarketing nao presta! É o mesmo: supervisores incompetentes e ignorantes, gestao e cordenaçao burra, que so pensam em si mesmos e, danem-se o resto. Vc esta nesta por incompetencia sua. O certo seria Acabar com o tlmtk no Brasil, mas alguem vai fazer?! Nunca! Entao nunca entrem, a nao ser que voce faça parte da lista. Se voce é novo e nao que ser isso, nunca trabalhe como tlmtk, principalemnte destas dos centro de SP. O que vc tem a ganhar com este tipo de emprego: doenças, vida curta e um salario minimo. Sem direito a dignidade, so ofensas e humilhaçoes, tanto do cliente como do seu chefe. Agora se voce nao tem como sair desta pois esta no fundo do poço, aguente! Vc errou na vida e agora pague! Odeio ser op. De tlmtk, odeio esta vida e nao consigo sair. A mais pura fracassada! Parabens governo e empresas, voces venceram! Mas nao se preocupem nao espero flores no meu velorio de voces…

  • O que é mais massante é o fato de terem pouco tempo para descansarem, creio que 1 hora de descanso seja suficiente agora 20 min é pouco , não dá tempo pra nada isso é um absurdo, talvez digam , mas e o fato de serem 6 horas trabalhadas não teria como ser 1 hora de descanso então das 2 uma ou reduz a hora trabalhada para 4 horas mantendo os 20 min ou continua 6 horas com intervalo de 1 hora.

  • tranpar disso e foda viu, pego nao!!

  • Olha.. to a 11 meses trabalhando com isso e de verdade, NAO SUPORTO MAIS!!!
    Por mais que seja somente 7 horas de trabalho chgo em casa parecendo que vim de uma guerra.
    To so esperando cumprir aviso e me mandar. Me livrar desse estresse pq so de imaginar
    Em um domingo que amanha eh segunda e preciso ir pra la, minha vontade eh sumir!!!!

  • Na realidade ninguém morre em atender e falar que não tem o interesse,mais sempre tem o cliente sem educação que desliga na tua cara,e não vejo a minima necessidade,pois na empresa onde trabalho não ficamos infernizando a vida alheia.

  • Bom dia pessoal !
    Estou desempregada a algum tempo já passei por várias entrevistas mais pelo fato de ainda estar cursando o ensino médio ninguem dá a oportunidade . Estou a procura de emprego nesta área e estou pesquisando sempre , há pessoas que GOSTAM do que fazem no tele mais há tambem ás que ODEIAM .
    Mais oque as pessoas esquecem é que muitas vezes são pais de família que estão ali mesmo que relutantes a sua própria vontade , o salário é pouco , o descanso também mais para quem esta realmente precisando precisa passar por esta experiência para ver que nada na vida é fácil e também é uma lição de vida para aqueles que atendem seus malditos telefones e destratam o coitado por trás dele .
    Eis o meu ponto de vista , os comentários acima não deixa ninguém entusiasmado a entrar nesta área mais creio que todos nós deveríamos passar por isto pelo menos um dia na vida , para dar mais valor ao dinheiro tão suado e as pessoas por trás daquele telefone e entender que o pobre coitado não tem nada haver com seus problemas !!

  • Eu trabalho a quase dois meses como operador de tlmk (Ativo) e realmente é um ramo de trabalho massante…. a empresa nos obriga a ser chatos e insistir com os clientes mesmo sabendo que eles não estão interessado no produto que ofertamos. É tão constrangedor quando um cliente nos destrata por sermos insistentes… não é nossa culpa, somos obrigados á fazer essas coisas. Eu moro a pouco tempo aqui em são pulo e preciso de dinheiro pra ajudar em casa, caso contrário eu terei de ir embora pra um lugar de onde não quero voltar… eu tenho estudo, sou eficiente mas minha paciência com esses locais de tortura psicológica chamadas call center é definitivamente curta. Eu pretendo sair dessa área e nunca mais voltar a exercer tal função… Mas pra quem precisa de dinheiro rápido e pouco é sim, infelizmente, a melhor opção. conselho de alguém que está se preparando pra voltar pra lá em uma hora: Não vendam seus esforços, sua paciência, sua saúde e principalmente seu futuro nessa área. Atenciosamente: Elliot.

  • Tb acho que telemarketing ou call center (é tudo farinha do mesmo saco) é uma tremenda roubada. Estou fazendo treinamento em uma firma. Graças a Deus já tenho um emprego, mas ganho pouco e tenho muitos gastos. Peguei call center como segundo emprego mas não vou ficar muito tempo, apenas para equilibrar o meu orçamento financeiro e tb pq não deve ser uma área que te dê uma boa perspectiva profissional.

  • Concordo plenamente com os comentários acima. Não é porque você entrou nessa área que você é um pobre coitado. Se isso pode ser chamado de profissão. Trabalho neste lixo faz um ano e meio para pagar meu curso pré vestibular porque não sou filha de papai e não tenho ninguém para patrocinar meus estudos e não porque fracassei na vida. Estou nesse lixo porque estou começando. O que acho mais absurdo é que eles pagam uma merreca atrasam vale transporte e vale alimentação ( melhor dizendo vale coxinha ) e exigem qualidade no atendimento. E se você vai impor respeito ( quando começam a gritar no telefone ) você está sendo grossa e te pontuam quer dizer que eu tenho que permitir que gritem no meu ouvido sem impor respeito tudo isso por R$ 600,00 por mês uma miséria. Vão descontar 07 dias do vale transporte e do vale coxinha sendo que eu não tenho nenhuma falta. É um absurdo. A empresa ( ou o fundo de quintal ) invés de motivar os funcionários desmotiva ainda mais. Nesse lixo não fico nenhum dia a mais. NÃO ESTOU PASSANDO FOME E MUITO MENOS TENHO FILHO PARA CRIAR PARA ME SUBMETER A ESSAS CONDIÇÕES PRECÁRIAS E DESUMANAS.

  • Sei que vou ser massacrada kkkk mas trabalhei 5 anos e 08 meses na atento e amei. Fiquei muito mal quando fui demitida, porque a empresa (depois de ser comprada pela Bain), passou por uma adequação e demitiu o setor todo
    Nós temos a chance de escolher se queremos ter um bom dia ou um péssimo dia.
    Fiz a minha escolha durante estes anos citados e por incrível que parece, nunca fui maltratada nem pela empresa e nem por clientes. Pode ser porque sou caxias. o meu lema é o seguinte: nem que seja para ser faxineira (sem desmerecer a classe) tem que ser o melhor. Pra mim este é o segredo, caso contrário pego a minha bolsa e vou embora. Quanto a reclamar do trabalho, isto é natural do ser humano. Pego como exemplo, alguns funcionários da CEF ou Banco do Brasil, eles ganham um salário mínimo? a maioria reclama do trabalho ou trabalha com uma vontade … as vezes fico observando o atendimento que eles prestam para a população e penso: como gostaria de estar no lugar dele pra mostrar como é que se atende uma pessoa… mas fazer o que .. quem mandou não estudar e passar no concurso kkkk Sigam meu conselho: estude, estude, estude e use protetor solar. Abraços

  • SER HOMOSSEXUAL NÃO ME FAZ DIFERENTE DE NENHUM SER HUMANO. MUITO PELO CONTRÁRIO O QUE ME INCOMODA, SÃO PENSAMENTOS MESQUINHOS COMO O DA PRIMEIRA POSTAGEM. DIGNO DE TODO DESPREZO !!!!

  • Call center é um lixo mesmo principalmente na área de conbrança ,ainda mais que temos metas absurdas e somos massacrados pelos supervisores e gerentes de telemarketing que a maioria são ignorantes e gananciosos e não estão nem aí se vc está mal. E obrigam a fazer horas extras e trabalhar de domingo.

  • realmente é horrível, fora as metas ridículas que tem que bater.. sem contar que ligar para o RS, SC e PR é a pior coisa que um operador pode fazer, pessoas grossas ,nem te deixam falar alô e já desligam.. nada contra o pessoal desses estados, mais quando trabalhava sofri muito com a ignorância deles.
    não aconselho ninguém á trabalhar nessa profissão, vai por mim que ja tem experiência .. É HORRÍVEL!!

  • Pois trabalho em call center receptivo da Vivo fixa e não tenho o que reclamar… É estressante sim pois lidar com o ser humano é complicado… Porém qualquer serviço tem seu lado ruim… Ja fui caixa de mercado. Balconista.Garçonete. Recepcionista e acreditem em csll center ganho muito melhor de todos empregos que ja trabalhei… Não pego menos que 1500 livres ja com descontos…

    • tirar 1500 ?só com fraude, queridinha…isso é especialidade de muitos operadores, mandarem coisas pra os clientes q nunca pediram, com isso ficam bem com a máfia da chefia e batem a meta sem esforço algum. Deveriam fechar todas essas empresas de telemarketing q tem vendas…é tudo uma sujeira danada do jeito que o diabo gosta

  • Lamentável. Num país em que é impossível se sustentar com menos de $2000, esse tipo de emprego deveria ser considerado escravidão. Só não é porque quem entra lá, é voluntário… como se tivessem escolha.

  • ola gostaria de saber quanto a tivit para nas horas extras se poderem me informar agradeço des de ja >>>

  • vivo nessa luta há 9 meses.realmente é desgastante,quando vc nao vende patrao fala q é pq nao quer,aff.
    pra mim se o cliente se interessa ele compra na hora se nao quer nao adianta ficar insistindo.

  • Como vocês são bobos, eu prefiro trabalhar num call center 6 horas por dia do que trabalhar babando ovo de patrão num escritório de 8 as 18, porque num call center eu desligo os clientes mal educados, os que são ignorantes comigo eu simplesmente faço uma merdinha com a conta deles, me torno amigo do supervisor e gerente, estou há seis meses e passei num processo seletivo pra monitor de qualidade, daqui uns dias vou sair do atendimento e ter o salário aumentado, enquanto vocês nesta vidinha de escritório ficam anos como auxiliar administrativo, tendo que comer o cocô do patrão todos os dias, quem trabalhar em call center, apesar de todos os transtornos tem a liberdade de crescer e de se vingar dos clientes.

    • Continue preferindo trabalhar então. Pra quem gosta de m… é uma bacia cheia. Crescer em empresa de telemarketing? Aqui eu não ri, gargalhei.

      • Vdd. Crescer só se for nos lados(engordando de tanto ficar sentado).

      • Tem como crescer sim puxando o saco dos supervisores e do gerente. Eu nunca puxei saco de ninguém por isso fiquei 3 anos trabalhando no telemarketing, eles até tiravam meu login do sistema para ver se eu pedia demissão, mas tinhas algumas mulheres que transava com o supervisor e mudavam de cargo outras que ficavam amiguinha da supervisora e também conseguiam mudar de cargo, tudo era combinado entre eles.

  • E uma profissao como qualquer outra onde a verdade e que se fossemos ricos estatiamos viajando e nao tabalhando em emprego benhum principalmente num pais esquecido no mundo chamado Bresil!Se melhorassem o nivel e o salario teria myito cidadao de mais estudo e cultura la e nao aoenas a rale,os esquecidos.Fui da Alma Viva,Vivo,Tim e outras e tem muita panelinha.Um cidadao ou cidada que paga pau ou msis pro chefe e do nada vira supervisor,avakiador das ligacoes,etc…
    Nao e ramo de se fazer amizade nao a unica coisa que serve e para aprender a se comunicar e quebra-galho.
    Muito poucas areas correlatas para tentar.Fora que da muito gls e o.papo dessa galera e embacado mas falo srm discriminicao apenas meu ponto de vista.Ou seja e o que eu disse quando o peao e esculachado e o pais tambem a profissao fica ruim,o salario mixaria e sempre tem um fulaninho que quase nibguem numa sala escobdida ganhando com a ignorancia da maioria!

  • Trabalhei em call center por 3 anos. Foi meu primeiro emprego. A experiência foi válida pelo fato de ter ingressado no mercado de trabalho. Até consegui ser promovida dentro da própria empresa nesse período. Lógico que eu almejava algo maior para mim e, por essa razão, cursei faculdade e hoje trabalho em outra área, com salário e condições bem superiores comparado com o que ganhava como operadora de tlmk receptivo.

Tem algo a dizer? Vá em frente e deixe um comentário!

XHTML: Você pdoe usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Enquetes

Em relação ao impeachment de Dilma Rousseff, qual sua posição?

Ver Resultado

Loading ... Loading ...

Frase do dia

  • A riqueza de uma nação se mede pela riqueza do povo e não pela riqueza dos príncipes.”, Adam Smith.

ARQUIVO

agosto 2019
S T Q Q S S D
« mai    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Informação com Humor

MARCO BAHÉJornalista
É formado em Jornalismo e pós-graduado em História Contemporânea e História do Nordeste do Brasil. Foi repórter da Gazeta Mercantil para os estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Também atuou como repórter do Jornal do Commercio, editor da Folha de Pernambuco e repórter especial do Diario de Pernambuco. É correspondente da revista Época no Nordeste desde 2003. Tamb´m atua com publicidade e marketing eleitoral desde 2004.
PIERRE LUCENADoutor em Finanças
É doutor em Finanças pela PUC-Rio e mestre em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco. É professor adjunto de Finanças da UFPE e foi secretário-adjunto de Educação de Pernambuco. É autor de vários trabalhos publicados no Brasil e no exterior sobre o mercado financeiro, e participa como revisor de várias revistas acadêmicas na área. É sócio-fundador da Sociedade Brasileira de Finanças. Foi comentarista de Economia do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (TV Jornal e Rádio CBN). Atualmente é coordenador do curso de administração da UFPE, e Coordenador do Núcleo de Estudos em Finanças e Investimentos do Programa de Pós-graduação em Administração da UFPE (NEFI).