FIR muda para pior, e vira Estácio

mai 20, 2009 by     213 Comentários    Postado em: Educação

fabrica_de_diplomas

O que leva uma faculdade que construiu uma boa reputação em pouco tempo, a se esforçar para destruí-la?

É uma pergunta difícil de ser respondida, mas isso caminha a passos largos para acontecer na FIR (Faculdade Integrada do Recife).

A Faculdade começou há uns 10 anos a atuar no Recife. Montou um grupo bom de professores, e com uma filosofia de trabalho não massacrante, aos poucos foi obtendo bons resultados.

Mas algo não poderia estar certo, pois o dono da Faculdade era o grupo Estácio de Sá, do Rio de Janeiro.

Percebendo o bom momento, o grupo resolveu tomar conta de sua unidade no Recife, que era bem administrada por José Ricardo, hoje presidente da Empetur.

Incorporaram a filosofia do produtivismo taylorista de linha de montagem, e rapidamente a boa estrutura foi se desmontando.

No seu lugar, foi surgindo a filial do império da educação diplomadora do grupo carioca.

Muitos dos bons professores foram saindo, pois não estavam interessados em vender “hora-aula” no lugar de se sentirem parte da estrutura, que incluía até pesquisa.

Pois agora, para começar a cavar a sepultura da boa reputação, resolveram mudar o nome da FIR para Estácio, segundo informações oficiais, para fortalecer a marca.

Para quem não se lembra, a marca Estácio está vinculada ao que há de pior em termos de ensino superior no país. A Faculdade é uma fábrica de alunos, com atualmente 207 mil alunos. Ficou famosa depois que uma reportagem do Fantástico conseguiu aprovar um analfabeto no seu vestibular de direito.

Em 2001, seu dono e reitor, João Uchôa Cavalcantti Neto, disse em uma entrevista ao Jornal do Brasil, que “estudar é bobagem”. Terminou a famosa entrevista da seguinte forma:

“eu não me interessei pela educação e nem acho que eu seja uma pessoa muito interessada em educação. (…) Estou interessado no Brasil? Não, não estou interessado no Brasil. Na cidadania? Também não. Na solidariedade? Também não. Estou interessado na Estácio de Sá”

Aos alunos da FIR, só resta lamentar no que está se transformando a Instituição.

___________________________

* Post publicado originalmente às 01:22h de hoje.

213 Comentários + Add Comentário

  • “Ih, foi mal, a minha é Federal!!!”

    • No mínimo a opinião desse boçal é digna de risos. Por acaso esse “invertebrado” não sabe que, no final todos pagamos pelo ensino. Resta apenas um agravante: ele realmente não paga como os outros nas instituições privadas, quem paga por ele é o povo, o contribuinte. E no fim temos um “idiota” desses formado com um diploma superior, arrotando superioridade típica dessas elites nojentas que pululam pelo país todo.

    • ô ser humano! Por acaso as federais são as piores nas avaliações, apenas se destacam quando o assunto é pesquisa. O que é o mínimo q deveriam fazer pq recebem uma grana braba dos contribuintes para isso! Informe-se!

    • sou estudante da FIR, cada dia que se passa, me arrependo mais de não ter estudado mais um aninho de minha vida para ingressar em uma universidade FEDERAL, falem o que quiser, mas FEDERAL é alheia a críticas e nos dá SIM uma credibilidade precoce ao ingressar no mercado de trabalho, sou aluno do quarto período do curso de administração, vou terminar na FIR/ESTÁCIO, pois ao meu vêr, só existem 3 opções de ensino superior no estado de Pernambuco, são elas, UFPE, UPE e OUTRAS. Logo posso afirmar com toda certeza, sair da FIR/ESTÁCIO para qualquer outra instituição particular significa trocar seis por meia dúzia. Vocês acreditam que estudar na UNICAP , FBV , UNIVERSO… dentre outras, irá acrescentar alguma credibilidade adicional. NÃO caros amigos! ou você é aluno da FEDERAL ou da UPE ou de uma particular. portanto, querem um conselho, ESTUDEM, ESTUDEM e ESTUDEM, façam sua parte, seus canalhas!

      • Querido,

        Como está a sua auto-estima depois deste artigo no Blog deste bunda mole? Acredito que péssima como vejo acima.

    • o bom profissional se sobresai independente de cursar na federal sou analista de sistemas formado na unicap ciências da computação ganho meus R$ 8,500 ih foi mal certificação linux lpi, ucp, microsoft. fica com esta merda de federal eu sou profissional.

      • R$ 8500 é dinheiro onde? rs

        • Julio! É dinheiro sim meu amigo, veja parte do mundo em que você vive! Seu burguês!

    • AO SR CAIO NEVES O FEDERAL

    • E UMA BOA FACULDADE E RECONHECIDA
      ESPERO MELHORAS PARA FIR
      ALÉM DA GRADUAÇÃO BIZU TIREM CERTIFICAÇÃO
      FAZ A DIFERENÇA.

    • Caro Pierre,

      Lendo em seu blog o artigo cujo tema é: FIR muda para pior, e vira Estácio, não pude deixar de dar minha opinião quanto ao assunto abordado. Pessoalmente não me senti nada bem com seus relatos, isto pode ser explicado pelo simples fato de me encontrar na posição de um estudante da Fir/Estácio de Sá, assim como os 207 mil alunos, conforme seu blog, que sugere subjetivamente que seremos futuros profissionais ruins, fazendo parte da Estácio de Sá . Porém, considero sua visão capitalista, coorporativista e não aplicada na visão da educação, isto pode ser explicado pelo seu Doutorado em Finanças pela PUC. Sinceramente como Paulo Freire sugere, em seu livro Pedagogia do Oprimido, a educação é uma troca de conhecimentos e falo isto me considerando digno e os meus orientadores ótimos profissionais.

      Grato,

      André Cabral

    • Ainda bem que não foi o Marcos Bahé quem escreveu! Lindo!

    • Já estudei em duas faculdades antes de estudar na FIR: fiz Economia (UFPE) e Letras (FAMASUL). Depois destas duas experiências e de estar estudando de novo numa faculdade particular posso afirmar o seguinte: os professores de faculdade particular são bem mais comprometidos com os alunos que a Federal. Além do mais, quem quiser ser um bom profissional tem que arregaçar as mangas em qualquer que seja a instituição de ensino. O bom profissional aceita desafios, mudanças. Ele é formado não só com facilitadores (como no caso de “ser Federal”); também é importantíssimo os dificultadores (no caso de “ser FIR ou outra particular qualquer”). Tentar generalizar como falou o sr. Pierre Lucena é menosprezar a capacidade intelectual de quem quer e vai se tornar um profissional gabaritado em qualquer curso de qualquer faculdade.

    • mais olha que baitola, só quer ser…a única vantagem de estudar em federal é não pagar kkkkkkkk vai lavar uma trouxa de roupa mané.

      • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk RINDO demais velho kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • Realmente, este camarada é um comedia. Acho que além das pesquisas, a única vantagem em estudar nas federais é não pagar MENSALIDADES. EU DISSE: MENSALIDADES!!!

    • mais fubaaaa

  • Infelizmente essa mudança de postura foi o motivo que me levou (e um grupo enorme de outros alunos) a trocar de instituição para terminar o curso de graduação em Direito. Contudo, há de se considerar que a mercantilização do ensino de forma voraz e sem nenhuma comprometimento com a qualidade tem um público alvo (provavelmente, enorme), onde não existe uma preocupação com o ensino e com a aprendizgem face a uma inércia estatal em coibir tais abusos; onde a conclusão de um curso superior é fim, não meio para conseguir trilhar uma carreira profissional; onde enganados e enganadores co-habitam em uma realidade fictícia no qual um diploma (independente de sua origem e do esforço pessoal para consegui-lo) é a chave do sucesso profissional. Entretanto, apesar da problemática descrita, ainda existe um grupo de alunos comprometidos (da qual fiz parte) e cuja resistência já é digna de admiração, que ingressaram nesta instituição em outra fase e que, apesar do percalços, se tornarão grandes profissionais devido aos seus esforços e virtudes, mas que em nada se coadunam com essa nova realidade da instituição.

  • Ao amigo da federal, peço que apenas o fato de ter passado em um exame concorrido não o faça esquecer que nada adianta estudar na Federal se não tem a mínima capacidade de entender o mundo e ser de fato um bom aluno. Advirto ainda que o que interessa é o profissional que você se torna após anos de estudos e não de onde veio.

    • Acredito sim que existem faculdades com melhor estrutura e professores,mas o fato de estar estudando em uma federal ou qualquer outra faculdade, não venha lhe dar uma ótima oportunidade no mercado de trabalho.Não é a faculdade que vai deixar você ser um ótimo profissiinal e sim sua determinação e competência nos estudos.Exitem varios formados, perdidos no mundo.Sabe porque?Porque não são excelêntes no que faz.

  • Lamentavelmente, o blog está certíssimo.
    Sou docente e somos submetidos a situações altamente constrangedoras dentro da faculdade, impensáveis há anos atrás, onde a Estácio, que JÁ ERA CONTROLADORA DA FIR, ficava menos voraz, talvez pela presença de José Ricardo.

    Somos pressionados a vender cadernos de exercícios que compõem a nota do aluno, não somos remunerados por toda e qualquer atividade extracurricular, como correções, cursos de extensão, seminários, e o pior : todo o lançamento de notas e falta feitos diariamente, fora do horário de aula,s um a um, pelos professores, que passam horas além do período para efetuá-las. Somos obrigados a orientar TCCs na base do dois em um, ( meia hora pra dois), os salários são reduzidos no meio do semestre, sem explicação nem chance de recomposição, e ouvimos os maiores absurdos em reuniões marcadas em sábados. Coisas como “quem achar ruim, a porta da rua é a serventia da casa”, e “a FIR é administrada por empresários, não professores, e aluno é cliente”. “Um parceiro conveniado reclamou do professor? Botamos pra fora.”. Normal, posto que a qualidade não está importando. Os alunos questionam o tempo todo o que está acontecendo e temos que fingir que não sabemos, até quando o banheiro passa dias sem água nem limpeza, por economia, e o fedor toma conta da cantina.
    Sujeira, ar-condicionados quebrados, salas mofadas, ausência de equipamentos e um clima constante de ameaça e pressão. Vestibulares a qualquer hora, com a meta, explicitada em reunião, de atingirmos a lotação atingida na Bahia ( as dimensões do Estado, então, são igualzinhas a PE). Dizem claramente : se conseguimos vinte turmas deste curso na Bahia, porque não aqui, que o poder de compra é maior?”
    A situação é lamentável, o currículo vem sendo modificado ao prazer da diminuição das horas-aulas, cortando matérias essenciais e a cada semestre, aumenta a debandada. O drama é: pra onde? A situação não é muito diferente em outras faculdades. Exceto, claro, na hora de aprovar o curso.

    • A barreira e a zeladora pela qualidade dos cursos da FIR desde sua criação sempre foi a profª Carmen Monteiro, ex-diretora acadêmica, hoje nesta função na Fac Damas.

      • Cláudio, se você for quem estou pensando, você era coordenador do curso de RI quando estudei lá. Ingressei na 4a turma desse curso, salvo engano.

        Até então, sentia algum orgulho de dizer que cursei RI na FIR, pois sentia uma recepção positiva no mercado. É uma pena ler esse post e seus comentários.Lamento pela instituição e pela formação que os atuais alunos devem estar recebendo. Espero que alguém comprometido em reverter a situação ao menos conheça essas opiniões.

    • O triste não é ver a faculdade se afundar numa má administração passada, e sim, vê-la fazer isso na hipocrisia de alunos que se dão por derrotados e não faz nada para melhorar o péssimo momento da faculdade.. Não existem motivos para se esconder os defeitos, mas além de mostrá-los devemos tratá-los, e não simplemente levantar a bandeira de PIOR,PIOR,PIOR. Está certo que a Estácio detem do capital e que pode está se tornando uma fábrica de diplomas, e até mesmo demitindo os melhores professores, mas entre optar pagar cadeiras como Teologia, Hitória da arte e derivadas na Católica e entrar na pior faculdade do estado como a Mauricio de Nassau, eu ainda prefiro mudar a “FIR” ou até mesmo o meu curso, tentando achar uma solução. Isso não para o bem geral da nação, mas pelo meu futuro reconhecimento fora da “FIR”.

    • Caro docente, faço parte do corpo discente da FIR e gostaria de contar com a sua colaboração para levantar novamente o nome da instituição.
      Aproveito para manifestar minha decepção, pois o que o senhor (a) fez aqui foi pura falta de ética, acho que roupa suja se lava em “casa”. Talvez seu nível de insatisfação tenha chegado a certo ponto que é melhor pedir demissão.
      Sou aluno e estou insatisfeito com algumas atitudes da FIR, mas não posso negar que ainda existem grande e competentíssimos professores na casa e enquanto houver esperanças e possibilidades irei lutar junto com eles para reerguer o nome da instituição da qual somos integrantes.
      Lamento a sua falta de ética e o seu desabafo em público de um assunto tão delicado, apenas nos prejudicando mais ainda.
      Importante salientar que já estou no quarto ano do meu curso e nunca vi e nem soube de nenhum professor que tenha que VENDER cadernos de exercícios, essa informação de fato não procede.

    • a pura verdade,como funcionario a coisa da preta a rainha rita e a princesa gabriela querem diminuir as despesas de todas as formas nao temos mas material de limpeza suficiente, papel higienico limitado e controlado , todos nos ficamos assustados com o onda de demissoes , nao podemos comentar com nimguem os fatos..rs…a quebra de uma bomba de agua do poço foi o motivo de demissao de nosso cordenador joaquim…ele tem culpa d eque….se nao existe mas manuntençao aqui….colocaram um idiota como cordenador,,,ivanildo…esta perdido completamente.
      pobre dos alunos….dos professores e de nos funcionarios

    • Tá reclamando???

      Larga a têta e vá lecionar em outra instituição, já que não tem capacidade de ingressar como concursante numa das federais da vida e viver a custa do dinheiro público!!!
      Esse ********** que se diz professor sabe que a fir é a instituição que melhor paga o professor.
      Vá lecionar na Mauricio de Nassau…lá é seu lugar, ####### !! Ou seja homem e peça demissão !!!

      Nota: comentário editado por conter palavras de baixo calão.

  • Já fiz Federal e já fiz Estácio de Sá e verdade seja dita: eu prefiro muito mais a estácio. Eu tenho consciência de que a faculdade não tem o menor critério na entrada dos seus alunos, mas tem bons (e maus) professores como qualquer federal.

    Como já falaram aqui em cima, o que importa é como você consegue absorver o que te passam na faculdade e transferir para o seu lado profissional. A não ser que você queira carreira acadêmica… vai ser doutor e ganhar miséria.

    • Caio começou bem, mas terminou mal.
      Sou docente com doutorado na UFPE e dou aulas em 2 IES particulares. Já adiei 2 concursos da UFPE, para Prof. Adjunto pois com o salario de R$ 6.500,00, eu ainda perderia quase R$ 2.000,00.
      Pois é, Caio!…
      Eu optei por seguir a carreira acadêmica, me preparei para o mercado de trabalho, com titulação máxima na minha área, tenho doutorado e não ganho miséria. Você está desestimulando os jovens, a não seguirem estudando.
      Aprendestes isso na Estácio ou na Federal?

  • Como tem alunos alienados na federal!! Para muitos, ainda existe o mito que basta o diplona na mão da UFPE, que as portas se abrirão para o mercado de trabalho, coitados.

    Depois de formados, perceberão que não terão os empregos, tão fácil como achavam, e frustrados farão concursos, junto com todos aqueles egressos das universidades/faculdades privadas, e os mais dedicados ficarão com as vagas, pois para o concurso público, o diplona é tudo igual, o que vai diferenciar é a qualidade do aluno.

    Pelo menos, poderão pendurar o diploma na parede e gritar: ih, foi mal, a minha é federal!!

  • Tenho um filho se formando ano que vem na FIR ou Estácio como queiram. O que acho que existe algum sentido é a forma mercantilista do novo perfil. O estilo pagou passou, vai entulhar o mercado de diplomados sem competência. Está logo aí prova de qualificação para medicina no CREMEPE, já exite a da OAB.
    Verdadeiramente bagunçaram o nosso ensino superior que ainda era sustentável até uns 15 anos atrás. Abriram o mercado como a reserva de informática do Governo Militar fez com nossa tecnologia, o resultado foram 10 anos de atraso que ainda sentimos no mercado.

  • A situação da FIR é realmente de declínio. Estou no 6º período. Entrei ainda na gestão do digníssimo prof. José Ricardo. Mas, eis que os tempos mudaram e mudaram para pior… É lamentável. É deplorável. Contudo, como bem salientou o nobre colega Roberto Carvalho, o diferencial está, em regra, no aluno. Assim, repousa a esperança de que o esforço pessoal valerá a pena como parte de um início promissor para uma longa caminha. (By Ever)

  • Que falta faz o prof. José Ricardo no Contato e na FIR. Ambas instituições de ensino estão em declínio. Quanto aos doutores, conheço alguns que estão apresentando diploma de especialista nas faculdades que ensinam, pois se apresentarem o de doutor será demitido. Aula de doutor é mais cara e as faculdades não querem pagar. Incrível! E os donos de faculdades ficando rico e fazendo o que querem com os professores, pois em Pernambuco não existe sindicato que defenda a classe. Repito: em PE não existe sindicato de professores do ensino superior.

  • Meu Deus. E vocês alunos, não reivindicam melhorias ? Vão deixar assim? Vocês são os clientes….

  • De nada adianta os alunos reivindicarem e ameaçar sairem se em dois ou três vestibulares a faculdade repo-los.

  • A Estácio como uma das maiores universidades privadas, consquistou o seu lugar no ranking devido ao seu trabalho sério e dedicado à educação.
    Tem inúmeros projetos sociais, cursos gratuitos para a comunidade, ótimos coordenadores e professores.
    Mas creio que as mudanças incomodam muita gente que se propõe a falar, gastar o precioso tempo com firulas sobre uma instituição renomada, com a finalidade de tentar manchar a imagem da instituição.
    Quanto a instituição federal ou privada?! Que comentário infeliz e preconceituoso pra um “aluno” de uma universidade federal! Acho que esqueceu alguma anotação em sala de aula! :)

    • Rosangela, gostaria de conhecer este lugar citado.

      Conheço estes “inúmeros” projetos sociais (se os conhece, ignora que a Estácio cortou metade das horas de dedicação de todos eles, e eliminou metade?).
      Sei de cátedra, não só por conhecer bem os colegas que levam estes projetos adiante, como pelo fato de já ter – a pedido destes abnegados- ministrado aulas e cursos extras de graça, fora do horário ao qual sou remunerado, por espírito de equipe e em favor desta comunidade que, nas suas palavras, se beneficia da FIR. Ignorando o fato colocado pelo outro comentarista que isto é financiado por nossos impostos, ainda assim, bem-vinda ao mundo: são os professores que os levam nas costas.

      Ótimos coordenadores? Talvez os dos cursos, professores dedicados. Quando à coordenação geral, temos uma cidadã que dá estrilo se alguém, acidentalmente, a chama de professora e nos acusa de coisas cândidas como surrupiar pilotos.

      Que instituição renomada ficaria manchada com comentários? A FIR não se mancha com comentários, o que anda manchado são apenas as sala com mofo e os banheiros com fezes (Sicrano, acha ruim dos professores? Entrei num sábado no dos alunos e encontrei fezes em quase todas as cabines.

      Mas Rosangela não vive isso. Ela só conhece a primeiro lugar no ranking (conferiu o péssimo lugar da FIR em Direito no último exame da OAB?) A mesma que, para gáudio do riso dos professores teve a desfaçatez de responder a uma manifestação dos alunos,que, admita-se, pleitearam também o pagamento digno dos professores; por escrito e num enorme mural, que tinha uma das melhores horas-aulas do mercado…

  • Não é por falta de reclamações do corpo discente, RU. Houve reuniões com a diretoria e, inclusive, protestos no campus. Eles usam uma linguagem bem amena e conciliatória, dizem que vão responder às nossas demandas, que somos importantes etc, etc, etc. Se reclamamos da diminuição dos salários dos professores e da falta de água no banheiro, eles resolvem a água do banheiro e mostram como são bons e como nos ouvem, ignorando a questão salarial. Manipulam como se manipulam clientes. É muito triste ver os POUQUÍSSIMOS professores bons que restam cada dia mais revoltados com a instituição e tendo de abandoná-la por não a reconhecer mais. Muitos de nós, alunos, vamos levando a situação como podemos porque já estamos na reta final e não queremos atrasar a conclusão da graduação, mas, digo para bons estudantes e professores que pensam em ingressar na FIR: desistam. A FIR/Estácio é uma nova empresa para novos clientes. O que vai restar é gente pouco capacitada fingindo ensinar a gente que finge aprender. Mas a remessa de gente que finge ser profissional vai aumentar e o sucesso está garantido. Até nunca mais, FIR.

  • Rosangela, acho que você veio de outro mundo.

    Educação no Brasil é uma PIADA.

    Fiz minha graduação em uma faculdade privada. Tive boa formação e passei de primeira na OAB, sem ter feito cursinho (apenas me matriculei, não aguentava assistir as aulas)

    O problema é que, nos últimos 10 anos, as Faculdades passaram a se enxergar como empresas, tratando os alunos como clientes. E no comércio, quem tem razão é o freguês! E acabou a qualidade, pois a grande parte dos alunos da rede privada não quer estudar, quer o diploma pra estudar pra concurso. A lógica é simples: Se vai passar anos estudando pra concurso, é melhor só estudar para o concurso. A faculdade é mera concessora de um requisito: Diploma de nível superior.

    C´est la vérité!

  • Prezado colega Fulano,

    Sou docente da instituição também e, portanto, seu colega. Não me resta alternativa a não ser concordar com absolutamente tudo o que você disse.

    Não há dúvidas de que a situação na FIR está caótica; nós, professores, enfrentamos corriqueiramente a falta de água no nosso – minúsculo – banheiro, falta de papel higiênico e para enxugar as mãos; enfrentamos falta de água para beber e, pasmem, papel para imprimir nossos roteiros de aula e até para aplicar prova!

    Não sei se o colega esqueceu ou não achou relevante, mas até o papel pautado agora é contado por aluno; se houver um problema, qualquer que seja, não há papel para o aluno reescrever a prova – a não ser que o professor traga seu próprio papel de casa ou improvise com folhas de caderno, que sequer é permitido, em tese – só as folhas timbradas da FIR, desculpe, da Estácio, podem ser utilizadas.

    Um tempo atrás faltava pincel atômico e apagador. Hoje isso foi resolvido, mas às vezes ainda ocorrem sumiços desses apagadores, sem falar na má conservação dos quadros brancos e na desproporção na relação “tamanho da turma/tamanho da sala”. O que falar, então, dos condicionadores de ar barulhentos, às vezes tão altos que precisam ser desligados – e haja calor! – para nos fazermos ouvir pela turma?

    Tudo isso complementado pela falta de equipamentos: só na sala dos professores estão instalados aproximadamente 15 computadores, dos quais estão sempre funcionando em torno da metade; os outros estão simplesmente quebrados. Sem falar que são extremamente lentos, com uma rede e conexão à Internet instáveis que às vezes atrapalham mais do que ajudam. Ah, falhei em reconhecer: recentemente trocaram os teclados e os mouses. Não que isso faça diferença na velocidade e atualização das máquinas, afinal de contas.

    Finalmente, reconheço e admito também, os comentários do colega a respeito do clima de constante ameaça e pressão, no melhor estilo “não gostou, vá embora”. Isso só contribui para o que a aluna falou sobre o crescente desestímulo dos professores, que têm, sim, muitas razões para isso.

    • Beltrano, bem lembrado.

      É que o rol não é exaustivo, como bem sabemos.

      Contudo, ainda tive o desprazer de comparecer a uma reunião onde fomos considerados culpados pela senhora em tela de nos apoderarmos dos valiosos pilotos.

      Dos computadores, boas recordações : três pendrives de colegas queimados, e um viveiro de vírus que fazem com que alguns se recusem a utilizar as máquinas.

      Para melhorar, a retirada da xerox “para conserto” por seis meses, e agora a retirada definitiva. Deve ser porque costumas roubar papel, para brincar com os pilotos.

      Enfim, a lista é enorme, mas, no momento, apresento-lhe apenas minha solidariedade.
      Duro é ouvir que fingir estar tudo bem é postura de “comprometimento”.

  • Não costumo postar textos em blogs ou participar de discussões na web, mas esse tema me “pegou”.
    Alguns detalhes me chamaram a atenção:
    Dizer que o aluno é que fará a diferença e que o mercado vai selecionar os bons mostra como somos acomodados e aceitamos qualquer coisa como normal. É o país do “tudo bem”. Não seria o caso, então, de eliminar o ensino superior? É, vende o diploma! A pessoa termina o segundo grau, faz uma provinha de marcar X e se habilita para a compra do diploma que deseja. Depois vai para o ‘mercado’ e ‘Ele’ decide quem é bom profissional. Azar de quem for o primeiro cliente desse “profissional em fase de teste”.
    Parece brincadeira, mas não é! Os erros de gramática e pontuação nos textos postados aqui mesmo nesse blog mostram como o asunto é sério e merece toda nossa atenção.
    Quero finalizar com um esclarecimento direcionado à internauta que se identifica como Rosangela: amiga, projetos sociais são pagos com dinheiro do contribuinte, através das leis de incentivo fiscal. Nosso dinheiro! Não existe “aulas de graça”.

    Acorda Brasil!!!

    Saudações a todos.

    Fiquem com Deus.

    Flavio Bezerra

  • Pierre,

    Subscrevo integralmente o artigo.

    Triste, muito triste, sair da FIR para a Estácio. E as mudanças já estão sendo sentidas por todos.

  • Realmente é muito triste.
    Estava ciente da situação, mas os comentários foram surpreendentes. As coisas estão piores do que eu pensava.
    Há uns 3/4 anos, ter um diploma da FIR era excelente. Muito bem reconhecida e sem dúvida uma das quatro melhores faculdades do recife, entre as duas melhores privadas. Hoje, ter um diploma da Estácio em nada acrescenta. Já está difícil conseguir oportunidades com um bom diploma em mãos, visto que a concorrência só cresce a cada dia, imagina agora com um diploma de uma faculdade que é ridicularizada e de péssima qualidade de ensino?!
    Saber que parte do grande esforço que fizemos foi perdido é realmente desapontador. Muitos lugares selecionam pessoas pelo diploma, já perderemos, a priori, grandes oportunidades de emprego sem que ao menos a empresa nos conheça.
    - Se formou na Estácio? Que tristeza, até analfabeto estuda lá!.
    Deplorável e triste.

  • É triste ver que a FIR está indo por esse caminho. Após a saída do Professor José Ricardo a situação da instituição só piorou, isto é um fato.
    Além de vários fatores, substituir uma grade construída por Docentes e Discentes, por uma grade curricular no mínimo questionável sob aspectos academicos e profissionais foi para mim a pior das ações da Estácio.
    Apesar de um futuro nebuloso, eu torço para que alguma mudança aconteça… que o Corpo Discente trabalhe para mudar os rumos da faculdade.

  • Realmente é lamentável o que está acontecendo na FIr, principalmente com os alunos q já estão no último período da faculdade, adaptados e acostumados com as normas institucionais e que de uma hora pra outra, com a mudança de FIR para ESTÀCIO, tiveram todas as normas mudadas principalmente no que diz respeito as provas e prazos para entrega da monografia. A estácio teria que pelo menos que continuar com as mesmas normas da FIR para os últimos períodos de cada curso e para os demais teriam condições de passar por uma fase de adaptações com as novas normas.

  • Fui aluno da FIR enquanto o diretor ainda era José Ricardo e também assisti a transferência da direção para a Estácio.
    Felizmente tive a oportunidade de assistir aulas dos excelentes professores que a instituição tinha em seu quadro e ainda tem hoje, mesmo que em número reduzido.

    Vários foram os protestos que assisti e participei na faculdade. Seja pelo não reajuste das mensalidades, seja pela manutençao do nível de outrora. Porém, apesar das inúmeras promessas, o que vimos não nos agradava. Acredito que tal fato deveu-se ao ingresso/pretensão da Estácio em disponibilizar sua ações na bolsa, fazendo com que a padronização de procedimento imperasse.

    Espero que volte aos bons tempos em que eramos apontados como umas das melhores instituições de ensino privado do Estado.

    Oportuno afirmar que por algumas vezes a FIR atingiu o segundo lugar na aprovação de bacháreis nos Exames da OAB (vide 2008.2), ficando atrás apenas da UFPE.

  • Com comentarios como esse do “reitor” da Estacio…

    “eu não me interessei pela educação e nem acho que eu seja uma pessoa muito interessada em educação. (…) Estou interessado no Brasil? Não, não estou interessado no Brasil. Na cidadania? Também não. Na solidariedade? Também não. Estou interessado na Estácio de Sá”

    …o que mais eu posso lamentar? Ainda bem que estou ja no fim do curso, pouquissimas cadeiras, ja na monografia, mas nem formatura vou fazer e quando receber o diploma, vou fazer uma copia e depois um video rasgando ele, mostrando o valor que dou por essa Estacio nojenta…

  • Amigos, depois de ler os comentários liguei para um colega que estuda na fir e ele disse que lá tá ruim mesmo, é parede com mofo, gotera na sala de aula (que nunca estão limpas), o mato tomou conta do jardim. É uma pena para o povo pernambucano.

  • É lamentável saber que empresários desse tipo não valorizam o ensino e a educação passa a ter valor meramente mercadológico! Nós futuros profissionais, devemos repugnar visões como essas.

    Vamor fazer diferente! Tenham atitude e manifestem sua opinião aqui!!

  • Não tenho o hábito de visitar blogs… tomei conhecimento deste através de uma amiga. Fui aluna da FIR e terminei minha graduação no ano em que o Prof. José Ricardo se afastou da instituição. Acredito, após ler as postagens, que tive sorte!!!! Pude aproveitar ao máximo dos maravilhosos professores que integram ou integravam (não sei se ainda fazem parte da instituição) a grade dos docentes do curso de Psicologia, não deixando de mencionar a excelente coordenação. Puxa que saudade! Como eram boas as aulas com os Prof/Psis… Como eu os admirava e ainda admiro!!! Meu sentimento nesse momento é dúbio… uma mistura de alívio – terminei meu curso na hora certa, e tristeza – pelos colegas que ficaram e pela repercussão negativa em relação ao nome da instituição que terei como “cartão de apresentação” no meu currículo.
    Enfim, espero que os alunos que são “brasileiros e não desistem nunca”, realmente consigam manter o espírito empreendedor e possam extrair o máximo de conhecimento que puderem dos bons docentes que ainda “sobrevivem” nesse caos que virou nossa tão querida FIR, pois pra mim ela nunca deixará de ser FIR e muito menos querida – pelas contribuições e pelo o que sempre representará na minha vida profissional.

    Sorte à Todos

    Psi…

  • Prezados,
    acho a discussão muito saudável e gostaria de contribuir com reflexões. Ao primeiro colega que estuda na Federal, gostaria de dizer que as faculdades particulares promovem muito mais inclusão das classes C e D. Infelizmente por questões políticas esse público não tem acesso a instituições que não são pagas, mas que na verdade saem do bolso de todos nós. Sou aluno que estuda com FIES na FIR e se não fosse dessa forma não teria acesso ao 3 grau.
    Ainda estudo na FIR e não tenho do que me queixar dos professores do meu período, e acho bastante temeroso falar que os bons saíram. Temos muitos reconhecidamente bons que continuam na FIR.
    Aos professores que postaram mensagem: espero não ser seu aluno, pois suas aulas não devem estar boas, já que estão insatisfeitos, então devem ser da parte ruim que restou. Desculpem-me, mas é minha opinião.
    Há muita coisa a ser feito na FIR, a estrutura é ruim, a biblioteca não está atualizada, falta de água constante, goteiras nas salas de aula, entre outros.
    O modelo perfeito não existe, até o Pierre, que é professor de Universidade Federal pode falar. Lá tem falta de professor, tem aqueles que só querem dar aula na pós-graduação, os docentes da graduação são substitutos, não tem estrutura física adequada, sem falar em greves. Tudo isso com um preço altíssimo que nem eu posso ter acesso. É mania nossa comparar as privadas com a pública sempre!!! Mas ela é mesmo a referência para que público? Para manter a classe dominante?
    Acho que a realidade da FIR não é muito diferente das demais do estado que são particulares, apenas passa por uma grande turbulência de mudanças em que muitas vezes nosso bairrismo impede que vejamos o lado positivo. Mal colocaram o nome da Estácio e já não presta em nada??? Complicado…
    Se há desvantagens…com certeza. Se José Ricardo virou santo, duvido muito.
    Sei que em qualquer lugar há dificuldades, por que a vida não é fácil, mas se depender de mim eu vou agarrar meu diploma e melhorar minha vida e dos meus futuros filhos. Sendo ou não uma fábrica quem faz a diferença somos nós.
    Não desistirei dessa instituição que me dá e dará oportunidades e sempre que achar conveniente farei abaixos-assinados, apitasso ou mesmo procurarei a direção.

    • Reflexões,
      discordo da sua postura de que quem reclama faz parte da suposta “parte ruim que restou”. Muito pelo contrário.

      A parte ruim que resta é aquela que escarnece dos alunos quando vê os problemas, levando na piada, dá sua aula e vai pra casa. Se você trabalha motivado e satisfeito com alguém lhe dizendo que a porta da rua é a serventia da casa, talvez seja do tipo de aluno que responde ao professor que “paga-lhe o salário”.

      Meu salário não muda por conta da falta dágua, nem se altera pela 2a vez que o conselho de ética é dissolvido arbitrariamente. Posso dar uma aula sem equipamentos, sem piloto, e posso fingir que corrijo os mais de trinta TCCs de bancas que participo sem nada receber (aliás, posso, na cara dura, faltar as bancas as quais ocorrem nos sábados e horários aos quais nada recebo e ainda pago o combustível para estar na faculdade. Opção de alguns colegas e normalmente não temos pachorra para criticar). Por ter esta postura, sou avaliado como excelente por mais de 75% dos alunos, o que não significa nada na prática, para a direção. Senão vejamos, porque alguns professores estão lotados de bancas, já que são escolhidos pelos alunos? Hum, deve ser porque somos péssimos e faltamos…

      É justamente por ser comprometido, responsável e de bom nível que quero trabalhar de forma correta e proporcionar a mim, aos alunos e ao curso o que deve ser feito. Uma aula pode ser muito melhor com otivação, equipamentos, debates, cursos de extensão, grupos de estudo.

      É por me importar com o dinheiro que você paga e é desviado apenas para lucro, ao invés de servir para lhe proporcionar o que é certo, que acho a situação revoltante.

      É saber que meus alunos pagam 700 reais cada, para não terem atendimento de qualidade, não terem direito a grupos de pesquisa, a eventos decentes, tudo porque só terão estes eventos, se trabalharmos DE GRAÇA e por AMOR À CAUSA.

      Os eventos são feitos exclusivamente por nós, com nossos recursos, exclusivamente, para seu conhecimento, entre outros absurdos.

      Mas talvez este fato não lhe pareça relevante, posto que não “lhe afeta” pagar 700 sem saber que o professor recebe cerca de 450 reais pela turma inteira.
      Você é do FIES, como disse.
      Então é um pouco pior : os impostos retirados do meu sangrado salário é que pagam sua mensalidade, que não é usada nem para o bem do seu curso, nem o meu, nem o seu.

      Mas é melhor o auto-engano. Creia mesma que o “mercado”, esse ser mágico, te legitimará.

      Em tempo: em qualquer banca de seleção que sou chamado, olho imediatamente a Universidade de onde vem o candidato. E escolheria pouquíssimos alunos da FIR, é uma pena. Não por culpa deles, mas pela incrível noção de pensar que sabem o que não sabem sobre sua carreira, em estado de completa ilusão, como pode ser seu caso.

      Em tempo, apitaço é com cedilha, assim como panelaço, buzinaço…coisas do mundo desconhecido lá fora.

      • Professor: estou muito preocupado com V. senhoria, que não deve está pregando os olhos de tanta revolta. Peço encarecidamente que se demita da FIR. O sr. está começando a descontar sua insatisfação nos alunos, que culpa tem os estudantes do FIES com o seu trabalho mal remunerado? Que qualidade de professor é o sr? que julga os alunos pelo nome da Faculdade? Faça-me o favor professor, se é assim que o senhor merece ser chamado!
        Se é tão bom, por que não procura uma instituição melhor? que lhe pague o que V. senhoria merece? Seguindo a sua lógica, e não podes reclamar disso, eu lhe considero um PÉSSIMO professor, pois ensinas na FIR. Sinceramente, acho que estudou em uma instituição pior, onde não lhe foi ensinado se quer o significado da palavra ÉTICA! Lamentável professor, lamentável… Começo a acreditar que a FIR está pior do que eu imaginava, pois admitem profissionais como o sr.

        Em tempo esclareço para o senhor que nem todos têm a oportunidade que V. senhoria teve, por isso que muitos buscam programas como o FIES e nem por isso são piores que os outros. O senhor acha que é a única pessoa do mundo que paga impostos? sinto-lhe informar que não.

        O senhor reclama tanto de seu salário que deveria abrir uma banquinha na frente da faculdade para vender os tão famosos e fantasiosos livros que devem render uns bons trocados… pense nisso… assim o senhor não ficará refém de um salário que não está, segundo a sua visão, em conformidade com sua capacidade e esforço laboral e será enfim remunerado do jeito que merece.

        Boa sorte com o novo empreendimento.

  • Antes fosse apenas dificuldades, Prof. José Ricardo pode não ser santo, mas perto das que hoje dominam a FIR, a isso ele é.

    A questão foi a padronização das Instituições mantidas pela Estácio, quando esta padronização ocorreu, muito do que nós nos orgulhávamos na FIr começou a entrar em declínio.

    Fazenda ressalvas quanto aos professores que são bons e continuam lá, NÃO SEI PORQUE, pois poderiam ensinar em qualquer lugar:

    Rogério Canizzaro (espero não ter errado a grafia)
    Emmanuele Beltrão
    Marcelo Lins
    Fernanda Fonseca
    Marco Aurélio (advogado da União)
    Ricardo Zapata
    Carmem lacerda (ou lúcia não lembro)
    Gustavo Delgado

    Dentre muitos outros.

    Entretanto, como estou no 9º período, não conheço a maioria dos professores que entraram na FIR depois da gestão da Estácio.

    Quero dizer que não tenho esperanças de que algo mude, afinal os cariocas já tomaram conta e como possuímos uma grande reserva de mercado tanto de professores como de alunos, a saída dos que agora estão lá não fará diferença para os proprietários da marca.

    Com relação aos possíveis novatos e quem os conhecer, DESISTAM, eu sei que ir para a UNICAP é repugnante, estudar na Maurício de Nassau é ultrajante, ir para a AESO é decepcionante, mas frente às outras que sobraram escolham AESO ou UNICAP. Federal se conseguirem passar nas 50% das vagas (se vc não for negro nem estudou em escola pública) ótimo, mas aquilo lá é ridículo. Resumindo, matricule-se em qualquer uma conforme já disseram acima, e estude bastante ou através de cursinhos se quiser fazer concurso.

    FIR não é mais alternativa viável para ninguém!!!!

    Se a coisa continuar assim, certamente nós alunos faremos com que o ENADE mostre nossa insatisfação, independentemente desse papo de que é pior para nós pq ficaremos marcados e blá blá blá!!!

    Desculpem pela falta de ordenamento dos pensamentos, eles surgem e eu escrevo.

    Quanto aos que comentam anonimamente, é garantida a liberdade de expressão no Brasil, sendo vedado o anonimato.

    abçs!

  • obs: deixando claro que existem outros ótimos professores na FIR, mas no momento só me veio esses nomes à mente.

    koike eu acho que saiu, o juiz theodomiro também, thales também, enfim, já deu!

  • Pois é, está claro que há algo de errado nessa visão da educação como uma mercadoria e dos alunos como clientes. O que é a educaçao, pra essa gente que pensa assim? Pra mim, mercadoria é um pacote de biscoitos,

  • (cont.) um saco de feijão, um rolo de papel higiênico.

  • A última da FIR: Estão querendo fechar o conselho de ética!

    Um dos requisitos do MEC para manter o conselho de ética funcionando é a contratação de uma funcionária exclusiva para atuar no mesmo. Entretanto, a “competente” diretora geral, que não gosta de se chamada de professora e sim administradora (duvido muito que ela realmente seja pois sua capacidade é questionável), demitiu essa funcionária (e mais uns 15 desde o ano passado). Assim, o conselho de ética está sem condições para funcionar.

    Interrogada sobre tal fato, sabem o que a “figura lord” da diretora respondeu? NÃO É PRIORIDADE MINHA CUIDAR DO CONSELHO DE ÉTICA, NENHUMA FACULDADE DA ESTÁCIO, FORA A FIR TEM!

    Com isso a FIR pretende mandar os projetos dos alunos para o conselho da federal. A nossa diretora (que não sabe nem o que ocorrer na instituição que ela dirige) deve desconsiderar o fato que o conselho de ética da federal já está lotado de projetos deles mesmos, que as reuniões lá só ocorrem a cada um mês, e que a prioridade lá é o julgamento de projetos dos alunos da própria instituição. De tal modo, os projetos dos alunos da FIR vão demorar muito para serem julgados.

    Os maiores prejudicados serão os alunos de psicologia, fisioterapia e enfermagem. Pois carecem de autorização do conselho para fazer TCC e pesquisas.

    GRANDE DIRETORA A FIR TEM… COM UMA DIRETORA DESSAS A FACULDADE NÃO PRECISA NEM DE INIMIGOS!

    MAIS UMA VEZ A ESTÁCIO ASSASSINA A QUALIDADE!

  • A FIR está avacalhando!

    Em menos de seis meses já demitiu mais de 15 funcionários e não admitiu ninguém!
    É por isso que agente passa três horas na fila da secretaría e as salas vivem imundas!
    Sem falar na quantidade de goteiras, quando chove a faculdade inunda toda! Acho que nem um barraco de favela tem tanta goteira.

    Agora estão espalhando por ai que a FIR foi a primeira colocada entre as faculdades privadas na prova da OAB!
    Só que estão se esquecendo de falar que esse resultado é consequência do trabalho das gestões passadas… de cinco anos atrás! Os resultados da administração atual a gente só vai ver daqui a 5 anos (dale vestibulares diários, agendados, pagou passou)… se for no rítmo que vai, a FIR vai ficar em último lugar! Falta de administração é fodaaa…

    VOLTA JOSÉ RICARDO precisamos de um diretor que saiba administrar não só o técnico mais também o acadêmico!

    • A alta qualidade dos cursos da FIR na época referida era dada pela ex-diretora acadêmica profa. Carmen Monteiro.

  • Bem. Estudei na Federal, onde tive a oportunidade ate de ter estudado com o Pierre e despois ter sido aluno do mesmo. Hoje, faço direito na UNIVERSO. E gostaria de deixar o meu depoimento. As faculdades privadas deste País, são caçaniqueis. Não estão preocupadas com o novo profissional, mas sim, com as mensalidades pagas. Falar que a FIR, muda pra pior, acho exagero. Apenas ela está s nivelando as demais como UNIVERSO,Guararapes, Mauricio de Nassau(que segundo esse blog, “é a melhor faculdade de direito entre o Derby e a ponte da Capunga). Cade o MEC? Cade os movimentos estudantis(UNE, UBES,DCEs)? Cade a Sociedade que apenas aceita como normal?

  • desculpe esse tal de ALEX mas infelizmente o carimbo no diploma tem peso e muito meu caro, nao deveria ser assim mas so o fato do nos termos diplomas de graduação e pós da UFPE as portas se abrem muito mais facilmente pra nos, infelizmente é assim que as coisas funcionam, pena.

    • Infelizmente, não é bem assim. O que pesa para abrir as portas do mercado de trabalho é o QI, quem indica. O “carrimbo” vem num segundo momento e o que vai determinar a permanência é a capacidade, e esta depende da dedicação do aluno, ainda na faculdade/universidade.

      A melhores portas são abertas por indicação, as outras, com salários menores, trabalhando mais e como empregado, por “carimbo” do diploma e uma terceira via, que atualmente está atraindo muita gente, é o concurso público.

      O concurso, via de regra, não tem indicação nem peixada, muito menos pesa o “carrimbo” do diploma, o que conta é a capacidade do aluno, agora profissional, de passar na prova, utilizando todas as suas habilidades adquiridas na vida, seja escolar ou cotidiana.

      No concurso, os bons alunos da federal ou privadas se igualam, não há diferença no diploma, nem existe QI, o que vai diferenciar é a qualidade do aluno, que é realmente quem faz a faculdade ou universidade ser boa ou ruim.

      Já estudei no CEFET e fiz um ano de eng elétrica na UFPE, no entanto desistir, pois o esforço não é compensado, após a formatura, com salários dignos. Hoje, estou na FIR, estudando Direito, e sei que passar num concurso para promotor, delegado, juiz, auditor, depende, exlusivamente, de mim, assim como foi entrar no CEFET e UFPE, vindo de uma escola estadual, que é simônimo de despreparo atualmente.

      Como não tenho QI, nem quero ser empregado recebendo pouco em escritórios renomados, optei pela terceira via: o concurso público, que pode não pagar os melhores salários do mundo, mas está bem acima da média.

      Infelizmente, não é bem assim que as coisas funcionam, realmente, que pena.

  • Realmente pode até ser q a FIR esteja em declinio, mais é a unica instituição [particular] digna de formação superior. Elas nos oferece grande apoio, no que diz respeito não só em ensino mais tb em pratica. Um estudante quando quer ser bem sucedido em sua vida profissional, com esforço, consegue em qualquer instituição, mesmo naquela que está em “declinio”. E não é à toa que tirou 1º lugar na prova da OAB 2008.2.

  • Um conselho sensato: não entre na FIR. Conheço alguns amigos que lá estudaram ou ainda estudam. Quem está lá, sente a mudança pra pior, e outros pediram pra sair. Direito perdeu turmas inteiras para a Marista, Damas, UNICAP, etc. Note que os “bons professores” que restaram não conseguiram permanecer com o nível de aprovação na OAB…que já foi de 45% e hoje está em míseros 32%, abaixo um pouco da Maurício. O caminho agora é uma ladeira…essa conversa de que o aluno faz a faculdade não é tão correta…..Será que é normal ter 10 vestibulares por ano, com tantos prêmios e facilidades? E o alunado, que na época de J. Ricardo era a nata da sociedade, coisa high level, hoje está decadente, entrando na baixaria, coisa se subúrbio mesmo…virou um shopping do ensino. O vestibular da FIR antes era concorrido, agora é porteira aberta…É uma perda grande essa Estácio vir aqui degradar uma faculdade que JÁ tinha criado nome….NÃO ESTUDE ONDE LHE ENVERGONHA!

  • Sinceramente, isto não é hora de defender a FIR por ego, para contrariar a velha provocação dos estudantes das federais. Não importa se a Federal tem melhor estrutura ou não, se vai garantir que seus profissionais sejam melhores ou não. A discussão aqui é única e exclusivamente sobre a FIR e sua degradação. Não a estamos comparando com a UFPE, mas com o que ela era antes da Estácio torná-la, de fato, Estácio. É lamentável, sim. É decadente, sim. E tenho vergonha, agora mais do que nunca, de mostrar um diploma com o nome da empresa lembrada nacionalmente como “aquela que aprova analfabetos”.

    • Bom antes de mais nada,gostaria de expor minha humilde reflexão a respeito desse comentário.Em primeiro lugar acredito que é uma perda de tempo ficar debatendo um assunto,o qual sabemos não ter solução,pelo menos a curto prazo,o problema educacional de nosso país é bastante complexo,partindo de uma estrutura inexistente ou deficiente,omissa por parte do Estado,o qual desde os primórdios,não demonstra interesse na criação de políticas públicas voltadas para a resolução do problema.Sabemos bem o porquê disso!A deficiência em nosso sistema educacional,a cada dois anos serve de combustível eleitoral,periódo em que nossos caciques”candidatos”sobem num palanque para propor aquilo que jamais irão fazer,pois se o fizerem como irão se reeleger nos próximos pleitos?Então vocês acham que o problema de tudo que está acontecendo é mesmo da FIR? Ou será que é um problema geral de nosso país? Vamos deixar de chorar pelo leite derramado,porque sabemos perfeitamente que o aluno é quem faz o curso,seja na Federal seja na privada,seja em qual for a instituição,se o aluno não dedicar-se jamais irá conseguir ser um profissional de destaque.Vamos lutar,não por um problema que não poderemos resolver,mas de nossas vidas podemos tomar decisões que nos seguirão por toda nossa jornada,não vamos ser demagogos,estudem,ralem,pois o futuro está em nossas mãos,jamais vai existir uma instituição que nos carregará no colo,ela servirá apenas como um referencial,vamos juntos nessa caminhada lutando por uma vida melhor,deixemos cada um com seus problemas,não é de nossa competência esta causa,mas nosso futuro sim,esse está em nossas mãos.

  • Olha, estudo na FIR e não observo tudo isso que vem sido dito. O que vejo é que existem excelentes professores, projetos de pesquisa, extensão e monitoria. Os projetos socias são muito bons, vejo a faculdade cheia de pessoas da comunidade, as clínicas de saúde cheias de pacientes, o núcleo de prática jurídicas funcionando muito bem. Desde o primeiro período que a Coordenação do meu curso de Administração faz questão de dizer que a formação é voltada para o empreendedorismo. A FIR também promove muitos eventos, cito o exemplo do último encontro de Marketing que foi formidável, com palestrantes de alto nível. Todo mundo fala que os Curso de Fisioterapia, Psicologia, Relações Internacionais, Turismo, Fonoaudiologia, Sistemas de Informação da FIR são os melhores do estado. O Cursod e Direito foi o 1º colocado na OAB. Se estão achando que aqui é ruim não sei o que é bom não.

    • Afrânio,
      Eu tb “estudo” na FIR e acho que as críticas estão até suaves, a faculdade tá uma zona mesmo!
      è banheiro sujo, sem papel, salas com mofo,salas que só são abertas às 18 horas pro aluno não entrar e ligar o ar-condicionado, etc….
      Vários bons professores largaram a barca furada da FIR, os bons que ficaram em breve vão largar tb.
      A FIR colocou uma faixa dizendo que tirou o 1º lugar na OAB entre as particulares…..É MENTIRA!!!!
      A FIR na última prova da OAB aprovou apenas 30%, ou seja: REPROVAÇÂO DE 70%!!!

      http://acertodecontas.blog.br/sala-de-justica/apenas-287-dos-presentes-so-aprovados-no-exame-da-oab-de-pernambuco/

  • Concordo com o Afranio, tenho uma irmã que estuda na FIR. Ela transferiu da UNICAP e disse que a grade curricular da FIR é muito boa, o acesso a coordenação e a direção também é muito fácil. A faculdade sempre está se avaliando etem uma filosofia direcionad apara uma boa formação profissional. Quem estuda lá sabe disso.

  • Infelizmente a FIR/ESTÁCIO está mesmo acabada. Nem sou aluna desta instituição e já ouvi muitas coisas ao seu respeito. Como aluna de psicologia de outra instituição, fui fazer uma pesquisa na clínica escola de psicologia da FIR (a qual se considera assim, pois é localizada em um prédio anexo e sem identificação, parece mais um malzoleu), e fui muito mal recebido. O objetivo da minha pesquisa não foi atingido assim como as informações foram tão curtas e sem significado que tive partir para outra instituição.
    Isso só nos mostra/confirma que não é só a estrutura, cursos e afins que estão em déficit, mais a DESPREPARAÇÃO DE SEUS PROFISSIONAIS estão acabados.
    Os salários que não são compatíveis com o mercado e o tratamento aos seus funcionários são os piores possíveis, até quando vai continuar assim.

    Desistam, saiam dessa, não entrem na FIR….

    Tenho pena dos que ainda continuam nesta instituição (se é que pode assim ser chamada)….A situação é deplorável….

    Psi

  • Concordo com varias reclamações aqui feitas !

    Agora que isso aqui tah com cara de marmelada…
    de que mta gente tah se aproveitando pra derrubar ainda mais a FIR…..ah isso ta !

    Faculdade particular lembra mto dinheiro…
    e a queda da FIR seria um bom negocio para mtos…

    Ta ai o recado .

  • Gente,
    Que tal deixar de tanto blá, blá, blá e partir para a ação?
    Por que vocês não se reúnem e fazem uma manifestação???
    Até rimou!!!!
    Abraços

  • Teoria da conspiração….todas as instituições dizem isso…acompanhem o debate sobre a Maurício de Nassau nesse blog…mas gente, contra fatos não se argumenta….eu só escuto reclamação, professores da FIR são horistas, as demissões de funcionários só aumentam, estrutura degradada, alunos se desligando, péssima gestão. De fato, os cursos de Direito e administração da FIR perderam os professores “classe A”…e é muito fácil se gabar de estar na Federal….que virou ensino de poucos…quem for pobre e preto entra por cota, não por mérito (salvo exceções sobre-humanas)…assim, concluo que é melhor partir pra outra, não pra ex-FIR, e se puder, vão pra UFPE.

  • Realmente, pra vista do que já foi, a FIR está deixando muito a desejar. Porém, com todos os problemas, ainda acho que depois da Católica ele ainda é a melhor das particulares.

    Realmente a FIR atingiu o segundo lugar na aprovação de bacháreis nos Exames da OAB 2008.2. Porém, como já disseram, isso veio de um trabalho anterior. Vamos ver daqui para frente…

  • Concordo com Renatta quando ela comenta que o problema não é a faculdade em si, é toda rede de ensino no país.

    Sou aluna da UFPE, curso Administração, inclusive elogio a atuação do prof. Pierre Lucena na coordenação do curso. O próprio encontra dificuldades dentro da instituição para fazer as coisas funcionarem e por vezes escreve seus desabafos no blog. Bem, eu estudei em dois colégios particulares de Recife, durante toda minha vida escolar convivi com o mito de que o vestibular seria a porta de entrada para um ensino de qualidade e realmente digno de ser chamado de “superior”. A melhor palavra para explicar o que senti no primeiro ano de faculdade foi DECEPÇÃO. Aliás, as decepções são constantes e eu não sou a única que sente isso.

    Estudo também na FIR, Relações Internacionais, um curso excelente, com professores excelentes. Acredito que a interferência da Estácio de Sá tem incomodado os alunos pelo fato de que às vezes parece não existir diálogo entre as partes. Escutamos desculpas, discursos e promessas. Não estamos satisfeitos, mas também não estamos satisfeitos com muitas coisas que acontecem no país.

    Quando paramos pra pensar percebemos que o problema em questão tem relação com uma série de outros problemas que continuam a existir por mais que o tempo passe. Que bom que existem professores comentando aqui, espero que eles confirmem o que vou dizer, e o que eu digo é com base no que vejo nas duas instituições. Lembrando que não pretendo tomar partido por nenhuma das instituições, já que encontro também pontos positivos nas duas.

    Existem alunos que filam, que buscam tirar vantagem em provas e trabalhos. Isso não começa na faculdade, sendo que a maioria dos alunos acreditam que isso é normal e admitem com naturalidade cometer tais atos. Os que seguem uma conduta ética e realmente estudam são raros, em ambas as faculdades.
    Existem professores que na federal não comparecem às aulas, não fazem chamada, mandam monitor dar aula, só dão resultado de provas um dia antes da prova final, desrespeitam alunos em plena sala de aula. Na fir isso até pode ocorrer, mas são casos isolados porque o controle é maior.
    A estrutura da fir em termos de acervo na biblioteca é incontáveis vezes melhor que o da federal quando se trata de livros atualizados. Em termos de estutura física dos prédios, a federal e a fir passam por problemas como rachaduras, problemas com água e eletricidade. Mas a federal recebeu verbas para reforma e a fir ainda encontra dificuldades não sei bem porquê, já que a fir tem um bom número de alunos que pagam um alto preço.

    Entre outras coisas, o que estou querendo dizer é que as dificuldades na Educação existem tanto para o ensino público quanto para o privado. As escolas que deveriam servir de base encontram problemas em suas estruturas. As crianças que ontem encontraram dificuldades nas escolas hoje lamentam pelo ensino das universidades.

    Acho uma pena que o professor FULANO comente que a instituição de ensino influencia sua opinião em uma banca de seleção, momento que ele deveria ser imparcial para saber julgar o candidato por sua competência e raciocínio.

  • diretora geral
    a diretora toda poderosa com o ar de rainha(rainha rita)(ou sera de ditadora ) na nova forma de administraçao dela onde ela tem a finalidade de aumentar receita e baixar as despesas.
    aumentar a receita esta impossivel(mas de 21% de queda de alunos em apenas um semestre)da despesas ela conseguiu…cortou tudo deste o cafe da recpeçao e dos funcionarios….o papel higienico(banheiros sem papel…rs..) e ate os ppilotos e o detergente oordem sao ordens quem nao cumprir sera demitidos…..
    com funcionario a situaçao e’ essa..o pobre de nosso condernador joaquim…foi demitido ha 15 dias por que disse a verdade a rainha rita e a princesa gabriela.
    os funcionarioos dos tercerizados a mesma coisa os patroes deles falam que ela esta criando taxas extras e todos estao com medo de serem demitidos..
    que forma de adminstrar e’ essa
    saudades de prof jose ricardo…herrison e cristiane
    rita…rs…so a berlinda nela…como foi na franca

  • A falta de respeito da direção local e da Holding para com os professores, funcionários administrativos e alunos é evidente.

    Apenas alguns poucos exemplos:

    - Para os primeiros, são impostos procedimentos absurdos como o lançamento da frequência diáriamente, de forma trabalhosa, em um sistema mal-elaborado. Vale ressaltar, ainda, que todo semestre os professores ficam na expectativa de qual será o salário que vão receber, pois tem se tornado comum o corte de salário sem razão aparente (e de forma ilegal).

    - No caso dos funcionários da área administrativa, fica a expectativa de quem será o próximo demitido. Quase que todo mês tem cortes ( e o serviço, ó……).

    - Por fim, mas não menos importantes, os alunos são submetidos a absurdos como a Tele-aula. Este brilhante sistema funciona da seguinte forma: professores (no RJ, acho) ministram aulas à distância para todo o Brasil. Os alunos, por motivos óbvios, mostram-se desinteressados e acabam por sair da sala de aula (quando não, sair da FIR. Vários dos que tem tido essa experiência, optaram por mudar de IES).

    É importante ressaltar, contudo, que boa parte do corpo docente remanescente na FIR é antigo. A qualidade de ensino, então, não tem sido impactada.

    Agora, o que deve vai ocorrer invariavelmente é que vários alunos sairão da FIR para o mercado e sofrerão para achar trabalho. Não pela ausência de qualidade do corpo docente, mas pela facilidade para a sua aprovação na IES, que, recentemente, reduziu a nota média necessária para 5,0. Realmente uma lástima.

  • caro Fulano e professores

    Depois de seu relato, só pergunto, que faz ainda na FIR?
    Como pode permitir que associem seu nome ao nome FIR/Estacio?
    Só tem dois caminhos, ou fica e luta pelo que acredita (vai ser demitido, com certeza, como eu fui), ou peça demissao.
    Mas ficar reclamando de forma anonima, abaixando a cabeça nas horas de reunião, ou dizendo sim senhor á injustiça, isso não é digno de um professor comprometido com o ensino superior de qualidade.
    Espero que sua cabeça seja iluminada.

    • Prezado Carlos, conheço vc da antiga MATER.
      Gostaria de colocar alguns aspectos sobre seu texto: as oportunidades profissionais acontecem em diferentes fases das vidas das pessoas, bem como as mesmas tem “prioridades”. Ao perguntar porque o professor ainda está lá, você se coloca com ar cruel, austero de julgamento. Como se as pessoas tivessem que tomar decisões que envolvem muita gente (geralmente, a família), num piscar de olhos alucinados, em busca da ” luta pelo que acredita”.
      Francamente, Carlos, a sua generalização é medíocre. Geralmente, as pessoas não largam um pássaro que está na mão, por dois voando…

  • Essa Rita e Gabriela deve ter pacto com Satã! Só sendo!
    Nunca vi duas incopetentes maiores, arrogantes!
    É por isso que a faculdade está afundando!
    Elas não sabem administrar! Perderam vários alunos… e vão perder mais… minha turma de 30 pessoas fechou pra todo mundo trocar de faculdade próximo semestre, tudo isso porque não queremos aulas tele-presenciais nem tão pouco continuar em uma instituição mal administrada.

    FORA RITA E GABRIELA vocês são as pragas da administração da FIR!!

  • Joaquim foi demitido foi? Que absurdo… um dos poucos funcionários que prestava!

    Essa diretora e essa Gabriela vieram pra acabar com a faculdade! Tah bom dos alunos se reunirem e colocá-las pra correr!

  • Falaram uma coisa certa ae, entre a mauricio e a universo, ipesu, farec, e essas outras siglas ae, ainda prefiro a FIR.

    Talvez AESO, SALESIANAS e MARISTA se tornem boas opções, UNICAP eu desprezo, UNIVERSO então affff, MAURICIO DE NASSAU ixeeeee.

    Será que com violência dá para chamar a atenção e quebrar esse silêncio que está reinando???

    • Carlos então quer dizer que você estudou em todas essas Faculdades-Universidades que você citou?

      Falando mal desse jeito parece que conhece bem a fundo outras Instituições!!!

      Deixa do teu preconceito com outras Instituições, babaquice!!!

      • babaquice não, realidade. A verdade está na cara, e só não ver quem ou não quer ou é cego. Desculpe-me se você faz parte dessas outras “instituições”, mas não preciso estudar em todas para saber como são. Se assim fosse necessário, quase ninguém aqui poderia opinar ou discutir matéria aluma, afinal ninguém as domina por completo.

        • *alguma

    • Discordo da sua aversão a UNICAP, uma vez que o assunto em questão são essas faculdades que tratam os alunos como clientes, diferente da Católica que além de ser uma “universidade” com um nome a preservar, ainda se preucupa com o algo que é primordial para o aluno a “educação”

      • Unicap ! hahah vai estudar lá pra ver o que é bom.
        Quem não te conhece que te compre.
        Não recomendo.

  • Gente, a FIR apesar de todos esses problemas continua uma das melhores opções entre as faculdades particulares.

    Conheço pessoas que estudam em outras faculdades que me falam que o ensino é ridículo…

    Tem uma faculdade que não quero citar o nome mas sei que ela só pensa em quantidade e em estrutura, seu marketing é ótimo, mas o ensino e a qualidade dos seus alunos estão muito a desejar…

    Prefiro a FIR…

    • A FIR esta deixando a desejar tanto no que tange o ensino quanto ao que tange a estrutura, quando vejo tele-aulas para mais de 20 salas de aula acredito que a educacao estaja sim sendo deixada de lado, como é possivel alguns defenderem esta faculdade que esta cada vez mais apenas sugando dos alunos e buscando apenas o lucro ao inves do ensino de qualidade.

      varios otimos professores estao saindo da faculdade, nem a ata de chamada esta sendo feita , as transparencias para as aulas devem ser compradas pelos professores.

      e nos alunos nao fazemos nada .. e alguns ainda dizem que e a melhor instituicao de ensino, a universo esta a anos luz na frente de nossa faculdade, mauricio de nassau e ate a faculdade damas ja estao com mais estrutiras e melhor profissionais que os nossos

      sorte que estou saindo antes que a estacio ponha mais suas garras aqui em recife … mas lamento pelos que ainda estao e pelos cegos que nao conseguem ver a situacao que se encontra a faculdade.

      bom post parabens

  • Colegas, estudo na FIR e estou muito satisfeito, para mim ainda é a melhor faculdade particular do Recife. Tenho excelentes professores. Neste semestre a FIR está até oferecendo oferecendo aulas de reforço (gratuitamente) através do programa gabaritando, para disciplinas que possuem elevado nível de reprovação. Quase todos os professores que dão aula em outras faculdades comentam que o nível do aluno da FIR é mais elevado do que os de outras faculdades particulares. Sou FIR e sempre serei.

    • Porque vc naum quer aceitar o fato! vc ,nós estamos num barco furado..

  • FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir,FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir, FIR, fir e FIR

    • Do jeito que a FIR vai ,acabará assim mesmo : formando uns babacas que n sabem nem argumentar ( ” fir,fir..” palhaçada) nada contra os alunos,meus colegas. Mas vamos aceitar o fato que estão pegando nossa dinheiro e o que vem em troca é uma “educação” de qualidade descrescente,uma instituição decadente… eu fiquei chocada quando soube que os professores compram o proprio material (piloto,transparencias..) . Acordem !!!! os bons professores estão partindo ! e tudo de bom que a FIR conquistou será passado. O dinheiro dos meus pais é suado e eu n posso usá-lo para ter um diploma de uma instituição lixo. é com muita tristeza que digo tudo isso, aprendi a amar essa faculdade e hoje não recomendo para o pior inimigo.

  • FIR, Fábrica de bons profissionais

    • Caro Pedro Antonio,vc me lembra o cavalo de “Revolução dos Bichos” (é um livro,caso n saiba e bem interessante por sinal) : Muito firme,fiel à causa ao ponto de ficar burro e só perceber que aquilo perdera o rumo muito tarde … não seja um cavalo ! olhe em volta e perceba que a FIR ( FACULDADE IDIOTA DO RECIFE) está virando uma estrebaria ( vide dicionário). Uma pessoa inteligente não precisa olhar a catástrofe concretizada para perceber que ela é eminente . Estão abarrotando a faculdade de gente, nem sempre pensante como os cavalos, cortando gastos das maneiras mais absurdas, numa politica de lucro em detrimento de qualidade… caminhamos para o abismo. ou ,no seu caso,galopemos. Educação não é uma mercadoria qualquer e não se administra de qualquer jeito. Se é para pagar, vou pagar por algo de qualidade. Para FIR deixo meu aceno e para os reticentes e cavalos (estes, coitados,incapazes de entender…) os meus pesames.

    • NÃO É ISSO QUE SE VER NO MERCADO DE TRABALHO NÃO, QUANDO COMEÇEI A TRABALHAR EU FUI COLEGA DE PESSOAS DA FIR, QUE POR SINAL ERAM PÉSSIMAS PROFISSIONAIS NO CAMPO ÉTICO. CHEGUEI ATÉ A PROCURAR O CONSELHO DE CLASSE E MINHA PROFISSÃO CONTRA UMA PESSOA DESSAS. GOSTARIA DE TE DIZER QUE MAURICIO/UNIVERSO/UNICAP, CONTAM COM ESTRUTURA. SE O ENSINO É BOM OU NÃO ISSO NÃO VALE DISCUTIR AQUI…TE DIGO TODAS CONTAM COM MESTRES/DOUTORES/ESPECIALISTAS. NÃO QUERO AQUI DIZER QUE TODO ALUNO DA FIR É RUIM, MAS NEM TODOS SÃO BONS COMO ACONTECE EM TODAS AS FACULDADES. TODO MUNDO SABE QUE ESTÁCIO DE SÁ TEM O NOME NA LAMA.
      GIANLUCA

  • Loooool

    A FIR já teve o seu tempo. Sou aluno desde os bons tempos da FIR (há quase quatro anos). É burrice abrir a boca pra dizer que ela não está em decadência.

    Eu estou assistindo aula em uma sala que só cheira a mofo.. putz. Fora a sucata que chamam de laboratório de SI.

    No final do ano estou dizendo adeus.

  • A FIR está uma porcaria!!!! já foi uma execelente faculadade,de excelentes professores…hoje é decadente! me formo este ano e já procuro uma lixeira pro meu diploma.

  • É uma pena a Fir SER DESTRUÌDA ! era uma faculdade séria,comprometida…hoje acho que se o Fantástico quiser aprova qq analfabeto lá. E tem mais : falata até piloto piloto pra professor e àgua no bebedouro! a política é abarrotar de aluno( vestibular agendado e qq animal entra) e cortar gastos.Já já vão cobrar papel higienico

  • Eu fico é triste ao ver a faculdade que eu estudo com o nome da Estácio de Sá, me resumo a falar que se há 4 anos a FIR fosse FIR-Estácio de Sá, certamente eu não faria vestibular aqui, entrei no meu curso na FIR por acreditar quando me falaram que era uma faculdade séria, organizada e com excelentes profissionais, pena que ao decorrer destes 4 anos vi muitos destes excelentes profissionais indo embora junto com a organização e a seriedade.

    Minha preocupação hoje é simples: Meu diploma com o nome de uma faculdade que eu não quis (Estácio)

  • Estuda, galera!
    E deixa esse sensacionalismo pra lá!

    • Falou pouco, mas falou TUDO :D

    • Eva,sensacionalismo ????????? quanto vc paga de faculdade ? uns 600,vamos supor. Multiplique esse valor pelos anos que vc vai passar aqui . Eu trabalho desde dos 15 anos e sei o valor do dinheiro e não quero o nome ESTÁCIO no meu diploma. Um nome que lembra analfabetos passando em vestibular de Direito. Pq tanta gente se mata pela UPE,UFPE … imagino que la tb n seja um paraíso, mas na pior das hipoteses é um nome. E nome abre portas,pq n está na sua testa o talento que vc tem. Mas se vc n teve inteligência nem para o escolher uma faculdade paga decente,o que se pode esperar de vc?

  • Fui professor de direito da FIR, e gostaria de orientar os futuros alunos que não vá para lá! Saí, por causa da mudança de administração. Ensino em outras faculdades e vejo como a qualidade da FIR caiu, principalmente no curso de direito.

    Gostaria de pedir aos futuros alunos que procurem faculdades com maior credibilidade como a UNICAP e a AESO. E em último caso, a Maurício de Nassau, pois pelo menos estrutura, ela possui.

    Vemos a baixa qualidade dos alunos da FIR na OAB, e como isso realmente afeta a credibilidade da faculdade. Como um aluno pode estudar sem condições mínimas fornecidas pela faculdade? E pior de tudo, ainda é paga. Como não ter água no banheiro, piloto para escrever, salas de aulas adequadas, uma guerra para conseguir um data show, entre outras coisas que são inadmissíveis para uma instituição particular.

    Acredito que os alunos estão se dando conta disso, e espero que não sustentem essa faculdade, Estácio de Sá, pois seria o caos!

    Como meus alunos sabem, ainda me comunico com alguns deles, e tento ao máximo orientá-los da melhor forma que posso. Por isso, não hesite, MUDE.

    • Sou aluno do curso de DIREITO, e te digo: Você não tem propriedade do que está falando. Primeiro que você nem põe o seu nome aqui. Segundo que um Professor de Direito deveria ter o mínimo de ética, enfim.
      1 – EU POSSO falar do curso de direito, não como professor, mas como aluno mesmo. O Aluno é que sabe a qualidade, pois ele é o cliente, e digo que o CURSO DE DIREITO da FIR é muito bom. Poderia citar diversos professores excelentes aqui. Se professores saíram é porque tiveram seus motivos pessoais, arrumaram um salário melhor, enfim. Isso é normal. É um emprego não é um time de futebol!
      2 – Quanto a estrutura, realmente existem alguns casos em que falta datashow ou piloto, mas não é algo assustador, acontece as vezes.
      3 – Os banheiros sim, concordo que são PRECÁRIOS e falta água sim.

      Concluo que no seu objetivo maior que é a qualidade do ensino ( NO CURSO DE DIREITO ), a FIR é excelente sim! Precisa de alguns ajustes administrativos e só.

    • Professor “Direito” acho que sei quem é vc e fui seu aluno. É muito triste o que acontece e mais triste as pessoas relutarem em aceitar o fato de que estão sendo logradas . A FIR É UM CONTO DO VIGÁRIO ! NÃO SUSTENTEM ESSE GOLPE! A minha namorada faz Direito numa das faculdades que vc citou e posso dizer : mudar é coisas mais inteligente a fazer,fui visitar a instituição e me convenci. Acordem !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

      • a aeso tem sala de 9º período com cerca de 100 alunos. Isso sim é uma piada!

  • Os alunos que mais sofrem com isso, são os alunos de Relações Internacionais, que além de não ter professores e material adequado, não tem nem piloto para os professores darem aula.
    Sem contar de problemas como, o rio do estacionamento quando chove, a falta de computadores eficientes, data show nunca disponível, banheiro nojento sem água e sem papel, e quando está aberto. O coordenador, que se não fosse por sua orientação sexual, (ou medo de perder o emprego talvez) eu diria que ele poderia ter algo com a diretora Rita Sales. Pois para ele, ela é a melhor administradora que a faculdade já teve.
    Acho que a faculdade está decaindo e se tornando aquelas faculdades de pagou pelo diploma, e se questionam a quantidade de desempregados no país.

    OS ALUNOS DA FIR SERÃO OS FUTUROS DESEMPREGADOS DO BRASIL!

    PARA OS INTERNACIONALISTAS, VOCÊS SERÃO DESEMPREGADOS DO MUNDO!

  • hahahaha….o povo tá revoltado mesmo com a FIR….essa diretora nova acha que aqui é o Rio, onde qualquer coisa serve de ensino….aqui o povo é mais exigente, paga caro e não quer fazer papel de bobo. Não é fácil gastar pouco e receber muito, no ramo da educação….é preciso bons nomes de professores, estrutura de sala, como data shows, boa refrigeração, livros na biblioteca, pesquisa, extensão, congressos, trabalhos sociais sérios, programas de prática, bons laboratórios,etc…e isto custa caro. Dado até triste: comparando a FIR de hoje com a FMN, ela perde feio…nem nêgo aqui reclamando de falta de piloto na FIR? Aula c/ piloto é passado…o negócio é encher a facu de alunos, senão não dá lucro…ensino e formação estão em 3o plano, depois de $ e $.

  • Sou aluno de administração da Fir, e gostaria de defende-la de todas essas acusações que estão fazendo. Primeiro,não estou puxando o saco da faculdade!,sou estou sendo realista quanto a questão de tantas criticas,em relação a problemas citados como: salas com mau cheiro, não ter água no banheiro, piloto para escrever, salas de aula inadequadas, uma guerra para conseguir um data show! tudo isso eu ainda não presenciei na mesma!e tenho certeza que todas essas críticas são falsas! pois,além de não acontecer tais contestações, temos excelentes professores,qualquer material didatico necessário disponível,seja na biblioteca ou nos laboratórios, importantes eventos como semana de marketing, aulas de campo(visita ao porto de suape,fábrica da coca-cola,entre outros) que são de extrêma responsabilidade em termos de conteúdo!, palestras de executivos e grandes gerentes (um exemplo de vida para todos!) e uma grande estrutura que muitas faculdades invejam!
    Então,a Fir não deixou de ser a grande formadora de profissionais que é! e pelo que eu estou vendo,muitas pessoas estão tentando destruir anos de trabalho e exemplos de vida que ela oferece! o único defeito que eu estou vendo,é seu nome que está sendo comprometido com a estácio(que tem uma péssima reputação no Brasil!),portanto,vamos deixar de enganar-mos com essas piadas que estão rolando por ai,e valorizar-mos nossa instituição!, vamos lutar para a Fir não mudar para estácio!

  • Sou aluna de Direito. Que a FIR tem decaido isso é fato não há como negar. E não está pior pq temos um grupo bom de estudantes atuantes e que questionam as mudanças que nos impõem goela abaixo. Mas ainda temos professores muito bons e comprometidos com as causas do Direito. Então que está ruim tah pode ficar ainda pior, mas pra kem pode mudar mude e pra quem for entrar não entre. Eu sou bolsista, já não posso mudar, pois não posso pagar e estou no meio do curso. A única coisa que faço e que todos deveriam fazer ao inves de choramingarem é exigir que a mundaça não nos afete para pior, que o que conquistamos não seja destruido, e estudar muito pq com ou sem a FIR o mercardo está mais competitivo que nunca. Vamos fazer a nossa parte e pelo menos aguentar até o fim do curso.

    • Juliana, gostaria de comentar algo também.

      Como, você, também sou aluno de Direito.

      Sabe, eu percebo, existem alguns professores que são menos comprometidos sim. Mas, já estou na minha terceira licenciatura, já vi muitas “espécies” de professores.

      Num curso longo como um curso de graduação é normal você ter professores excelentes, bons, regulares e ruins. Principalmente num mercado de cursos de Direito, onde faltam profissionais.

      Concordo plenamente com você no que refere a exigir melhorias. SIM. Precisamos melhorar, sim. Precisamos exigir um atrativo maior aos professores (Salário, pesquisa, benefícios). Se há 100 faculdades de direito em Pernambuco, a FIR precisa atrair os MELHORES pra ela.

      Isso, nós podemos fazer. Exigir, nos organizar, protestar (não é protestar na internet somente, é protestar na sala do DCE, protestar na justiça, numa assembleia). E protestar não é só reclamar, é TRAZER PROPOSTAS.

      Mas, enfim, concordo com você no que diz em “…ao inves de choramingarem é exigir que a mundaça não nos afete para pior…”

      • Pedro Ciríaco, vc deve ser um funcionário ou é meio lerdo,meio cego, meio burro… sou aluna de RI’S entrei aqui pq era a única faculdade a ter o curso,eu tinha estudado parte do ensino médio fora e fiquei feliz de alguém apostar num curso como esse aqui, era preciso ter visão, apostei na faculdade. E por muito tempo n me arrenpendi: bons professores, a busca pela abertura desse novo mercado, uma boa estrutura … Aí fui fazer intercambio e estou custando a acreditar que essa é a fir. Não ,e o coordenador de RI’S ? é um incompentente, não sabe de nada, não resolve nada,não serve para nada, é uma inútil. E onde estãqo meus professores ? Eu me adaptei mais rápido ao exterior do que a essa nova ( e infelizmente) realidade.

  • Essa situação toda é legal pq tem feito muitas pessoas se apropriarem mais do espaço físico e pedagógico da fir e identificar dificuldades que vão para além dos muros da sala de aula, entende? Isso é fundamental em qualquer processo educacional propositivo: estabelecer relações etc. Devemos considerar tb QUE: Sempre tivemos professores muito bons, mas que os alunos ou a faculdade, na maioria dos casos, NÃO parecem dialogar com eles, no sentido de possibilitar encontros importantes. Refiro-me a participação/inovação nas aulas, a pesquisa e o encontro em outros momentos como palestras etc. Isso é o diferencial, pq formará profissionais menos limitados. Apesar de particular, DEVEMOS parar TB com o discurso do me sirva e me dê quase tudo pronto. Devemos nos responsabilizar por essa FIR que está aê tb, pq nós a fazemos coletivamente.

    • Muito bom o seu ponto de vista.

      O que me parece é que alguns alunos ou não, estão fazendo uma campanha negativa, aqui e no orkut.

      Talvez alunos mimados, acostumados com o ritmo de colégios não só caros, como fúteis. Aqueles colégios que “dão tudo na mão”, sabe?

      PARABÉNS PELO SEU COMENTÁRIO

  • Bem, quando fiz vestibular para a FIR, não me dei conta que ela havia mudado para Estácio de Sá. Assim que comecei as aulas, 01 mês depois do resto dos outros períodos, aí veiu a confusão: aulas de reposição aos sábados, para compensar o 1º período não começar ao mesmo tempo que o resto… As turmas A e B, da noite, foram misturadas… ninguém sabia que sala era ou que turma era… Eu era turma A na lista de chamada e turma B no sistema da Faculdade. Não só era eu, mas quase a maioria das pessoas. Foi uma confusão só. Bem, estou decepcionada e vou transferir de faculdade enquanto ainda estou no 1º período…

    • Realmente, esse começo de período, houveram diversas trapalhadas administrativas. A lista de sala, os boletos, frequencia etc.

      Mas, amiga, isso aconteceu porque houve uma mudança no sistema de gestão deles, o software. Então essa confusão foi durante a migração. Hoje está tudo normal.

      Talvez você esteja impressionada com essa “campanha negativa” que alguns alunos estão fazendo.

      Você tem sua livre convicção de escolher o que tiver afim, mas não saia por esse motivo não.

      • Pedro Ciríaco,

        De duas uma: Ou você é funcionário da FIR que deve ter sido desviado de suas funções pra ficar aqui respondendo as pessoas no forum, ou você é aluno iniciante. Você não teve professores que eu tive e em comparação com os atuais é brincadeira. Fala sério! Se a faculdade cobra mais caro meu amigo, ela tem que oferecer um serviço diferenciado. Eu faço uma aposta. Se você conseguir ficar conectado 10 minutos naquela rede sem fio sem cair eu te dou meu notebook. A faculdade tá cortando todos os gastos: Água, Energia (os laboratórios e salas fecham ao meio dia aos sábados), o mato bate no joelho, a biblioteca o ar não funciona, o banheiro fede pior que banheiro de carnaval. Mas o pior de tudo são os professores rapaz. Como é que você vem aqui defender que especialista que fez um cursinho de 360 horas tem a mesma capacidade de um doutor que estudou no mínimo 2 anos no mestrado e mais 4 em um doutorado? Vou te falar uma coisa, pago quase R$ 650,00 no curso de SI, mas na verdade hoje o curso deveria custa R$ 300,00 e olhe lá.

        • Concordo com os problemas de estrutura sim. Mato alto, banheiro fétido, bebedouros sem água, alguns pontos sem iluminação adequada. Mas como falei são problemas da ADMINISTRAÇÃO.

          Mas a qualidade baixa dos professores discordo. (Falo do CURSO DE DIREITO, SI eu não posso falar)

          Sou aluno do 5 período de Direito, noturno. Me procura lá.

  • Pontuar corretamente não faz mal à saude de ninguém. Não me impressiona que as pessoas que elogiam a FIR escrevam tão mal…

    • isso aqui é um blog, e não uma redação oficial sua inútil. Vem aqui pagar de boazuda e, sequer, opina de forma inteligente.

  • Pelo menos o corpo docente de psicologia não foi alterado e continua excelente! sinceramente o que me preocupa é a LEI INSTITUIDA PELO MEC no qual PERMITE que 20% do curso seja ON LINE! obviamente que a tendencia é que TODAS as faculdades de ensino superior adotem este sistema pois é mais barato pra elas! não estamos aqui falando da FIR-ESTÁCIO e sim da realidade do sistema educacional brasileiro no GERAL!

    hoje estamos falando da FIR, futuramente estaremos falando, criticando todas as IES.

  • Qual 5º vc estuda Pedro Ciriaco?? 5º A, B ou C???

  • Que turma vc estuda Pedro Ciriaco? 5º A, 5º B ou 5º C????

  • Gente! mudando um pouco o foco do assunto, ao meu vêr o grande problema dessa explosão de oferta e falta de qualidade do nível superior, é a falta de um estabelecimento rígido de um padrão de qualidade para cursos de nível superior, a solução mesmo seria privatizar o MEC ou injetar seriedade na instituição, não é de hoje que vejo escolas de nível médio que aprovam alunos com meros trabalhos, escolas essas que são autorizadas pelo MEC, é uma pena que o MEC tenha se tornado mais um orgão público que funciona exclusivamente para atender os interesses da classe política. e aproveitando a oportunidade gostaria de deixar minha crítica ao autor do post (Pierre Lucena) que ao invés de abordar o tema como um todo, como má qualidade do ensino superior no estado, ou algo do tipo, passa a citar nomes de instituições afim, ao meu vêr, de gerar um sesacionalismo irresponsável e atrair a atenção do público. espero que pierre tome isso como uma crítica construtiva, já imaginou se crio um blog e faço um post entitulado ” Pierre Lucena, um doutor ou um mero sensacionalista?” um pouco anti-ético não acha?

  • seria pierre lucena mais um desses ¨doutores em administração de teorias¨? esses doutores são aqueles que sabem identificar o problema, sabem qual a solução para o problema porém não tomam nenhuma atitude, se contentam apenas em teorizar, vejamos no dicionário o significado de algumas palavras relacionadas a termo teoria.
    téorico – Aquele que só conheçe a teoria; devaneador; utopista.
    teorizar – criar teoria sobre; discorrer sobre teorias sem passar à prática.

  • A FIR caminha para o fundo, esse sistema de capitalismo selvagem vai tornar a fir num sinônimo de pagou-passou. Acordem ! os bons professores estão partindo,por hora ainda temos excelentes doscentes, mas em breve só restará um corpo de incompetentes,acomodados e vendidos ! sim,pq estudar tanto e aceitar essa instituiçao que se prepara para vender diplomas…e o COORDENADOR DE RI’S ?ALGUM ME INFORMA PQ AQUELA CRIATURA ESTÁ NESSA POSIÇÃO? ELE ´E TAPADO,INCOMPETENTE, NÃO GOSTA DE CONVERSAR COM OS ALUNOS. Além dele,tem muita coisa errada na fir,ng vê isso?

  • Posso falar de uma pessoa que se salva naquela faculdade, o professor e coordenador do curso de ADM, Noblat… e alguns (poucos) professores, pois hoje em dia, a maioria dos professores não teriam qualificação pra ensinar em um curso de graduação.

    Volta Zé Ricardo!!!!!

  • Graças a este blog, o assunto queda de qualidade da fir está tomando as proporções adequadas, pois para a Administração da fir, nossas reinvindicações eram algo “exagerado”. obrigado!

  • Amigos,

    É triste ver a nossa faculdade nessa decadencia, essa faculdade só indico para os meus inimigos, até quando vai continuar assim: queremos banheiros limpos e com água, queremos segurança, queremos equipamentos adequados em sala de aula, queremos qualidade em todos os aspectos, afinal pagamos super caro, somos clientes e temos direito de exigir!
    Se vocês fucam de braços cruzados, iremos embora, pois as outras irão nos receber de braços abertos e ainda teremos bons descontos.

  • Acho que deveriamos fazer alguma coisa, não adiantar ficar aqui comentando e nada se resolve, tiraram nossa av3 nos calamos, reduziram nosso desconto de 10% para 5% nos calamos e até a data de vencimento de pagamento anteciparam e não fizemos nada!
    Chega!!!! vamos fazer algum movimento, infelizmente teremos que expor essa situação para ver se alguém se toca, está dificil para todos nós e aquele recesso q. houve no mês de janeiro foi simplesmente para não darem os documentos solicitados para tranferencias.
    EXIGIMOS QUALIDADE!!! pagamos muito caro!

  • vejam a qualidade
    no edital do vestibular (a toda poderosa..que nao aceita ser chamada de professora….assina o edital como professora rita…rs….kkkkkkkk).(com certeza ela nao leu nada…) quanta capacidade..ne..
    se ver com um exemplo simples a capacidade administrativa dessa pessoa e de sua equipe(ou seria turma da bagunca…)

  • Todos falam do “digníssimo” Prof. Zezin (José Ricardo), é realmente muito estranho que apos sua saída, tanto do Contato quanto da FIR, as duas instituições tenham entrado em decadência.
    Observei muitos comentários do pessoal do curso de ADM, então uma simples pergunta!

    O que vocês fariam se comprassem uma empresa Com custos elevados e receita baixa?

    — Era essa realidade da FIR quando Zezin saiu da FIR—

    Como diria o Professor Tortora… “pode cortar a gordura, só não pode cortar a carne”, foi isso que aconteceu quando a Estácio chegou.

    A gordura foram os funcionários “STAFF” que foram demitidos. A conseqüência disso foi o mau serviço prestado, – como foi o fato da secretaria geral que no final do ano de 2008 estava sempre lotada de alunos-.

    • prezado aluno
      sobre o professor zezin(jose ricardo) nos alunos eramos tratados como alunos , hoje somos tratados como mercadoria que so visa o lucro…a secretaria esta fazia pois tivemos quase 22% de alunos a menos automaticamente……..
      a faculdade nao tem mais manutencao corretiva …esta um caos…..nao viu as inumeras salas como vazamentos cronicos…
      se vc acha que a faculdade melhorou……talvez seja o unico….no universo de todos os alunos e professores

  • Pessoal,

    Mais uma sacanagem dessa faculdade, reduziram novamente nosso desconto, será de 4%, PQP vamos nos mobilizar!!!!!!! e ainda teve aumento, para curso de adm foi de R$ 75,00 absurdo!!!!!!! Precisamos nos unir urgente!!!
    KSM

  • FIR/ESTÁCIO
    PARA COMEÇAR ESTÁCIO DE SÁ E NOME DE CARNAVAL, FUI ALUNO DA UNIVERSO TÃO EXPLORADA NA MÍDIA PERNAMBUCANA.

  • COMPLETANDO: QUERO VER OS ALUNOS, QUE POR SINAL SÃO PÉSSIMOS, FALAREM AGORA QUE A FIR TEM VESTIBULAR. ESTACIO DE SÁ NÃO TEM VESTIBULAR ATÉ CRIANÇA PASSA. E COMO SE FOSSE CARNAVAL TODO MUNDO BRINCA.
    COMO O COLEGA DISSE EM PERNAMBUCO EXISTEM: UPE/UFPE/UFRPE/UNICAP/UNIVERSO E OUTRAS.

  • Uma resalva que faço em relação a citação feita pelo criador desse tópico, onde o mesmo pega um trexo citado pelo reitor da Estácio de Sá, João Uchôa Cavalcantti Neto. Abaixo :

    1º Citação:
    “estudar é bobagem”

    2º Citação:
    “eu não me interessei pela educação e nem acho que eu seja uma pessoa muito interessada em educação. (…) Estou interessado no Brasil? Não, não estou interessado no Brasil. Na cidadania? Também não. Na solidariedade? Também não. Estou interessado na Estácio de Sá”
    ——————————————————————————–

    Nenhum conversa pega fora do contexto deve ser considerada, por mais duras que as palavras possam parecer. Palavras soltas tomam direções que não condizem a linha de raciocíonio montada pelo interlocutor. Isso não deve ser levado em consideração.
    Não estou defendendo o reitor, até por que não o conheço. Tenho total conhecimento das dificuldades que a FIR vem enfrentando, principalmente no que se refere a qualificação de professores.
    No curso de Sistemas de Informação, os professores com qualificação sairam ou estão se preparando para sair. No entando os que chegam mal tem capacidade de argumentar um comentário/dúvida que o alunado levanta durante a aula.

    ABAIXO os professores sem qualificação (sem ao mesmo uma certificação), quando na verdade teria que ter ao menos mestrado.

    • Concordo com seu argumento sobre usar trexos soltos de uma conversa…

      Por exemplo: O trexo 1 e 2 pode está se referindo da seguindo a uma opinião de uma terceira pessoa.

      • ‘treXo’????
        Que eu saiba o correto é ‘treCHo’…
        Ortografia básica…
        A propósito, as melhores universidades do País são as FEDERAIS, sim senhor!
        Basta pesquisar o ranking das 10 melhores universidades do Brasil, e constataremos facilmente que 9 são federais.
        Para bom entendedor meia palavra basta.
        Acho que a galera anda mesmo acreditando no que o Luciano Huck fala na televisão.
        É mentirinha, gente…
        Acordem!

  • A Fir realmente esta uma bagunça, mas dizer que a Universo e Unicap estão entre as melhores é demais!!
    Primeiro a média da Unicap é cinco, e o nível lá não é essas coisas toda, quanto a Universo prefiro não comentar, é demais!!! Acho que das privadas a única que não dar para falar ainda é a FBV, mas o resto PACIÊNCIA.

  • Não ponho minha mão no fogo pela FIR, nem pela UNIVERSO, muito menos pela FMN.

    Mas acho que o pior dos problemas é a mercantilização do ensino, é o oferecimento de serviços caros de baixa qualidade, fazendo as coisas chegarem a um nível desses.

    Cadê a raiz da anomalia? É a OMISSÃO do Estado.

    Duvido muito que estivéssemos discutindo tudo isso se houvesse educação básica e superior gratuita e de qualidade.

    Talvez o Estado nem possa fazer isso sozinho hoje, por fatores diversos. Seria o caso de se pensar numas PPPs.

  • É nisso que dá abrir uma faculdade como a fir para bolsistas e outros tantos que vêm constantemente solicitando oportunidade de estudo. Formam-se ordas de famélicos, oriundos de rincões afastados que, no primeiro obstáculo, esbravejam e chafurdam em confusões chulescas sua incapacidade intelectual. O que vimos nesses turbas é uma necessidade de fazer-se mostrar, fazer-se notar. A fir atende uma classe social. Não adianta distribuir bolsas ou permitir a inclusão desses órfãos sociais pois eles acabam por trazer para dentro de nossa instituição o seu inconformismo social, fruto da frustração de nunca poderem ser como o outro ao seu lado. Trazem o que tem de pior nesses “filhos dos sem alguma coisa”. Sujam nossos diplomas, e acabam por atirarem nos próprios pés. Párias, sem moral, sem pais, sem ética e sem nenhuma reserva de dignidade. Voces que deveriam sim estar na federal, fumando sua machonha e tomando sua cachaça nos finais de semana, retirem-se, por favor, de nossa instituição. Vão, de mãos estendidas, pleitear junto ao seu presidente, mais uma esmola, para tentarem, utópicamente, parecer um arremedo de seres humanos. Fora da fir !!!Vão para a universo, a mauricio ou para o diabo que os carreguem …!!!

    • Vai reclamar ao dono da Estácio a entrada dos bolsistas! Não bolsista mais lhe garanto uma coisa no dia que cortarem as bolsas não fica ninguém na FIR… só vc chacoalhando os ovos dos donos da Estácio!

      Já que vc reclama tanto de estar “se misturando” com os órfãos sociais, pq não vai estudar no EXTERIOR? Não tem dinheiro não é?

      Vc não quer se colocar como elite… vai pra Europa ou EUA estudar lá… o difícil são eles querer se misturar com vc!

      POBRE METIDO A RICO É PAUUU…

  • Senhores, boa noite.

    Prezados

    Fui aluno da Estácio no Rio de Janeiro e agora estou me transferindo para a FIR Estácio em virtude de compromissos de trabalho.

    Acho muito ruim ler os próprios alunos da instituição falando isso da mesma, mas acho que quem mais sofre com este tipo de comentário são os próprios alunos, pois, amanhã ou depois, os senhores serão os profissionais que passaram pela FIR Estácio. O que os senhores acham que os empresários pensarão dos senhores quando apresentarem seus curriculos?

    Bom, acho que realmente tem muita coisa pra melhorar, mas que instituição não tem? Bom, acho também uma injustiça, pois estou aqui na FIR, escrevendo este comentário, e estou vendo as várias obras que estão fazendo aqui no prédio de Psicologia, no NJ, na Fisioterapia e em todas as partes da Faculdade.

    Quanto a professores ganhando menos, ouvir dizer pela boca de um funcionário (isso foi ele que disse, estou passando o peixe conforme me venderam) que tinha muito professor que ganhava 40 horas aula e ficava apenas 05 horas na instituição. Bom, a instituição é uma empresa, não tem empresa que sobreviva desse jeito, não é?

    Concluo dizendo que não sei como os alunos não podem ver com bons olhos participar de uma instituição que tem 200 mil alunos, presente em quase todas as cidades brasileiras e com professores como Max Geringer, Armínio Fraga e outros nomes do cenário brasileiro. Bom, vamos pensar sobre o que falamos e, sobretudo sobre o que escrevemos.

    Aluno Estácio.

    • É bom falar que as reformas só começaram mesmo depois do protesto do DCE com os alunos… Desde 2008 que a faculdade estava caindo aos pedaços ninguém consertava nada… há 1 ano os alunos pediam a reforma do prédio e a Estácio se fazia de surda… o prédio ao lado da secretaria estava a ponto de desabar! É por isso que tem obra por todo lado… é a esperaaaadaaaa reforma que finalmente começou!

      Quanto a sei nick… vc parece exibir com orgulho não é mesmo?? Não se esqueça que o aluno símbolo da estácio é um analfabeto que foi aprovado no vestibular.

      Aluno Estácio = Analfabeto

  • A ESTÁCIO DE SÁ PRA MIM É E SEMPRE SERÁ UMA DAS MELHORES ISSO É REVOLTA DE MÁ ALUNI FUNCIONARIO QUE N SUBIO DE CARGO E EMPRESARIO QUE QUERIA TÁ NA DIREÇÃO ME LIGUEM SE QUIZEREM REEMVINDICAR MINHA OPINIÃO

    • Vc deve ter sido mais analfabeta aprovada no vestibular!

      Estácio de Sá, melhor em que? Só se for em ganhar dinheiro fácil!

  • DANIELE RIBEIRO 81 86234627

  • Prezados,

    Contra fatos não há argumentos.

    http://celulasfir.wordpress.com/

    Grato,

    Aluno Estácio

    • Tudo isso ai é resultado de um trabalho de 5 anos atrás. Quero ver o resultado do trabalho atual daqui a cinco anos… os frutos dos vestibulares diários, agendados e com média 3. Ai vamos ver o conceito… e garanto que vc não vai gostar muito! rsrsrsrs

  • Engraçado esse cara da federal, mesmo. Eu estudei na FIR no curso de administração no tempo da diretora Carmem, dos professores, Leonardo Pontual, Luiz Sebastião, Florêncio e Sérgio Menezes, neste tempo, a FIR possuía o conceito “A” por cinco anos seguidos. Eu me formei neste tempo, fiz especialização e estou matriculado num mestrado acadêmico com bolsa de estudo do CNPq, numa universidade federal, entrei e muitos da federal, como esse ai, ficaram no meio do caminho. O que importa são os resultados, a FIR me deu tudo isso. Quanto a ele, que sabe, eu serei seu professor ou seu chefe. kkkkkk

  • Prezados, sou aluna da FIR e só Deus sabe o quato me arrependo! A faculdade tem uma boa estrutura, porém eu nunca vi uma faculdade ter o prazer em reprovar alunos como a Estacio, tudo isso pra mim reflete-se não em cuidado com a eduação e sim em capitalismo barato em forma de faculdade. Aulas em laboratorio? Ensino à distância? Reinvidicar? Tudo isso de nada serve! É um fracasso total! Os banheiros fedem, não existe projetos internos na faculdade, não existe curso de ferias. Então você me diz: vá reclamar, ameaçe sair! e sabe o que vão te dizer: – a porta da rua é serventia da casa.
    Eles não se importam com o aluno, principalmente os alunos de outros cursos! A menina dos olhos da Estacio se resume em Direito e Fisioteria, os outros cursos que se danem! Não temos boas carteiras e pagamos varias cadeiras com o mesmo professor o que dificuta o aluno a destinguir o assunto de cada uma, e se o professor não gostar de você, certamente você irá reprovar em todas as cadeiras dele!
    Sinto dizer, mas estou providenciando minha trasnferencia dessa faculdade! Pois desde que entrei na faculdade perdi minha vida social!!!

    • Eu concordo com tudo isso, e ainda acrescento, falo sobre o método de avaliaçao q nao oferece uma portunidade de recuperar uma nota, como outras faculdades q oferecem prova substitutiva por exemplo. Se tirar nota abaixo de 4 já esta na final? e se repetir a mesma nota ja está reprovada? poxa isso é lamentável. Os prof° são poucos p/ o nº de cadeiras cada um paga até 3 cadeiras p/ mesma turma, assim não dá!

  • Estudo na fir e gosto de lá,não me importo com a opinião dos outros.

    Nunca vi nada que 100% das pessoas gostem.
    Eu gostar estar em primeiro lugar e a opinião dos outros não interfere na boa profissional que serei.
    E minha vida segue mesmo com as opiniões contrarias.
    Nossa espantoso né.
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • A esqueci de outra coisa.
    Quem fala mal de faculdade privada não tem um pingo de noção da vida .
    Eu posso ser chefe de qualquer pessoa,sendo ela aluna de federal ou não.
    Minha faculdade não determina isso e sim minha capacidade.

  • POR QUE NO LUGAR DE CRITICAR ALGO QUE NÃO MUDA SUA VIDA EM NADA ,BANDO DE DESOCUPADOS…~É MELHOR ESTUDAR,TRABALHAR…TENHO CERTEZA QUE ISSO TEM MAIS FUTURO.

  • Já estudei na unicap, e atualmente estudo na FIR.
    Honestamente, não vejo diferença. Pelo contrário, na unicap, era comum ver os alunos passando mal de tanto calor, nas aulas laboratoriais, sem contar na sala de aula. Fora que as turmas eram super lotadas, com mais de 100 alunos por turma.
    Na fir, nunca foi assim, o número de alunos é reduzido, o que torna acessivel um contato entre aluno – professor.
    Na católica nunca tinha visto a cara do coordenador..Voce se sente mais um, literalmente.
    Sou aluna dessa nova gestão da FIR, e não vejo isso que estão citando aqui. Pelo contrário, biblioteca com acervo atualizadíssimo! e faculdade toda reformada, salas com cadeiras acochoadas e ar condicionado funcionando, e muito bem por sinal!!!! Fora que, os professores continuam comprometidos como sempre foram.
    Isso é intriga da oposição!!! e muita frustação de alunos que acham que a instituição vai garantir o sucesso deles!
    Sejam competentes, é o melhor caminho!

    • *frustração

      • *corrigindo- ”com uns 80 alunos por turma.”
        Enfim, tanto a fir, quanto a catolica, quanto a UFPE , e etc, tem seus problemas.
        Mas a fir continua sendo uma excelente faculdade. Se há problemas, eles estão aí para serem resolvidos, e não para mancharem o nome da instituição na boca de pessoas medíocres.

  • O corpo que faz parte Estácio/Fir realmente tem uns 2 anos que vem sofrendo grandes mudanças.Novas pinturas, novos adesivos, novas salas. AINDA Pouco foi mudado o corpo docente, mais essa pouca mudança ainda preocupa para que não se torne tamannha, ao pondo da FIR se tornar mais uma faculdade, onde há uns 5 anos atráz era referência em alguns cursos.
    Há umas duas semanas fiquei sabendo, de uma fonte interna da fir, que nos anos de 2007,2008/2009 a faculdade não participou do FIEIS por conta da sua nota que foi menor que o minimo permitido pelo MEC (3,00) .
    Creio que o que esta havendo aqui, nao são so palavras de meninos mimados, imvejosos ou sensacionalistas, são pessoas procupadas com o seu futuro, e o nome do seu curriculum.

  • Concordo plenamente com vc Peu, essa mudanca inclui uma situação extremamente chata.
    ALUNOS ANTIGOS: Retiram descontos antes do pagamento, antecipam o dia de pagamento, quem quiser tirem suas xerox.
    ALUNOS NOVOS: Altos descontos, material didático grátis incluindo códigos aplostilas.
    Axo isso um desrespeito. sem palavras.

  • Nossa que tristeza esses comentários!…
    Sou aluna e Faço o curso de Direito na fir/estácio E ADORO!
    NÃO TENHO O QUE RECLAMAR…!
    NÃO FALO MAU POIS ME FAZ BEM!
    Eu já Trabalho, estou bem empregada.
    Ganho o meu dinheiro..pago a faculdade e ajudo a minha família.
    O coordenador de Direito é atencioso, competente, responsável…
    Sempre que preciso de alguma coisa ou tenho alguma dúvida sobre determinado assunto vou falar com ele e ele RESOLVE e faz o melhor possível.
    ADMIRO O COORDENADOR DE DIREITO.
    ADMIRO TAMBÉM O RESPONSÁVEL pela parte on line.
    ADMIRO OS DOIS!
    Venho aqui em 2010 colocar o meu depoimento…
    Defender a minha faculdade.
    A VERDADE É QUE:
    -Eu estou PRESENTE
    Há Bons professores, já estou empregada, ganha MUITO BEM,
    e gosto muito da minha faculdade.
    Fica aqui duas frase para refletir:
    1) “A distância entre o sonho e a realidade chama-se disciplina.”

    A faculdade ajuda você mas quem faz a sua carreira é você.
    Adianta ter um diploma da upe ou federal e ficar PARADO?
    Quem faz o aluno é ele mesmo!
    Seu esforço, dedicação, sabedoria, inteligencia.
    Ter ambição para alcançar seus objetivos.

    2)Não julgue p/ não ser julgado.
    Se estão ridicularizando a faculdade fir/estácio eu posso não baixar o nível como o que aconteceu aqui mas posso dizer que ter um diploma da UPE ou da federal não significa NADA se você NÃO SE ESFORÇAR!
    As faculdades particulares são muito boas também.
    E não é todo mundo que pode pagar ou que TEM GARRA SUFICIENTE PARA ENCARAR ESSE PRECONCEITO CONTRA AS FACULDADES PARTICULARES.

    IIHIIIIII a minha é federal/uPE !
    IHIIIIIII a empresa não me aceitOOOOOOOOU!
    (IRONIA E PURA VERDADE PARA MUITOS)

  • Para quem é aluna do curso de Direito da FIR, só uma pergunta:

    Todos os professores deste curso têm mestrado ou doutorado?

    Tive a oportunidade de ler uma petição feita por uma advogada que leciona na FIR, salvo engano a disciplina dela é Direito do Trabalho.Nossa!!! chega deu agonia de ler tantos erros de concordância e palavras escritas com grafias erradas.

  • Existe pessoas competentes e incompetentes em todaaas as faculdades.
    Você acha que não existe alguém assim em faculdades Federais?
    Por favor né.
    Acorda.
    Acho que a partir do momento que você se desloca e faz esses comentários é porque te atormenta?
    Mas vamos lá.
    Me atormenta pelo fato de estar falando mal do que eu gosto,da minha faculdade.
    Mas e seu caso?
    Você vem aqui pelo simples fato de??????
    Não tem segurança o suficiente para saber que não é necessaáriooo derrubar os outros para subir.
    Mas possui insegurança o suficiente para se sentir melhor criticando.

  • Calminha Rafaela Ingrid….tá descontrolada garota…só pq fiz uma pergunta? Em nenhum momento defendi as faculdades Federais, apenas fiz uma simples pergunta e vou repeti-la:

    Todos os professores deste curso têm mestrado ou doutorado?

    Não falei mal da FIR, só queria uma informação, já que pretendo iniciar meu curso de Direito numa entidade que possua um corpo docente seleto, que na minha opinião é o patrimônio mais valioso.Não é o nome da faculdade que me interessa.

    A quem quero derrubar? Por acaso citei nome de alguém? Só acho que uma pessoa para se tornar “mestre”, tem que no mínimo saber “português”.
    Se você não concorda….é um direito seu.Porém cuidado quando for redigir uma petição.

    Acho que respondi sua pergunta.

  • GOSTARIA QUE VC DEIXASSE AQUI O NOME DA PROFESSORA QUE VC FALOU QUE A PETIÇÃO DELA ESTAVA REPLETA DE ERROS DE PORTUGUES…
    DUVIDO MUITO QUE VC DEIXE O NOME DELA AQUI!
    SABE PORQUE?
    PORQUE VC QUER CRITICAR UMA FACULDADE QUE VC NÃO FAZ PARTE!
    E NENHUM SER HUMANO É CAPAZ de DOMINAR TODOS OS ASSUNTOS QUE EXISTEM NO MUNDO GARANTO Q VC SABE BEM DE UM ASSUNTO E EU SEU MUITO MAIS QUE VC DE OUTRO ASSUNTO.

    Que porra de petição é essa que vc fala???
    GOSTARIA DE VÊ POSTE AQUI…DUVIDO MUITO QUE VC TEM ELA EM MÃOS.

    Quer uma sugestão? vá pra federal!
    Agora uma coisa : SEJA UM BOM PROFISSIONAL.
    Porque uma pessoa é inteligente na faculdade particular e na federal tambem… —não é a faculdade que dá inteligência— A PESSOA POSSUE INTELIGENCIA.

  • SEJA UM BOM PROFISSIONAL.
    Porque uma pessoa é inteligente na faculdade particular e na federal tambem… —não é a faculdade que dá inteligência— A PESSOA POSSUE INTELIGENCIA.

    adorei e assino embaixo =)

  • Nina,
    Não vou citar o nome da tal professora…seria anti-ético da minha parte e quanto a postar a petição, infelizmente não a possuo já que tem um certo tempo a li.
    Parece que você não entendeu o objeitvo da minha pergunta.Tudo bem, vou repeti-la mais uma vez:

    “NÃO FALEI MAL DA FIR, SÓ QUERIA UMA INFORMAÇÃO, JÁ QUE PRETENDO INICIAR MEU CURSO DE DIREITO, NUMA ENTIDADE QUE POSSUA O CORPO DOCENTE SELETO, QUE NA MINHA OPINIÃO É O PATRIMÔNIO MAIS VALIOSO.NÃO É O NOME DA FACULDADE QUE ME INTERESSA.”

    Entendeu meu questionamento?

    Quanto a sua observação de “dominar” determinado assunto, uma pessoa na qualidade de MESTRE, tem o dever e a obrigação de ter um português perfeito, disto eu não abro mão.Seja numa FACULDADE FEDERAL OU PARTICULAR – professor para mim, ter que um português livre de erros, principalmente na linguagem escrita.Porque as palavras faladas voam e as escritas permanencem para sempre.

    Minha intenção não era de polemizar, jamais imeginei que pessoas pudessem se sentir ofendidas.Não foi esta a minha intenção. De qualquer maneira, peço desculpas pelo mal entendido. Leiam esta matéria do link abaixo que você entenderá o motivo de aprender errado.

    http://www.artigos.com/artigos/sociais/direito/a-redacao-como-instrumento-de-trabalho-dos-operadores-do-direito-5263/artigo/

  • Todo mundo aqui sabe o que é entender errado…
    NiNGUÉM PRECISA LER PRA ENTENDER O QUE É APRENDER ERRADO VC “QUER APARECER NESSE SITE”

    É ÓBVIO
    É PATENTE
    E É CLARO…
    Que todo mundo aqui sabe o que é aprender errado.
    E EU NÃO ESTOU APRENDENDO ERRADO NA FIR.

    ADORO O MEU CURSO DIREITO E ESTOU trabalhando ganhando bem e ainda estou no 5. periodo

    No dia da entrevista da empresa a qual faço parte
    estava presente católica, federal, universo, aeso e uma pessoa de uma faculdade -joão pessoa.
    Perguntaram várias perguntas de várias cadeiras e assuntos.
    Teve atividade prática também.
    RESULTADO:
    -EU FUI A ESCOLHIDA E SOU DA ESTÁCIO-FIR.
    ENTÃO…DIGO EM ALTO E BOM SOM:
    –>NÃO ESTOU APRENDENDO ERRADO.<–
    E meus professores são mestres sim.

    Te orienta…que pra mim vc esta mais pra dissimulada e exibida.

  • –>…jamais imeginei que pessoas pudessem –>se sentir ofendidas.o motivo de aprender errado.<–

    Jamais imaginou mesmo???
    1) fala mau de uma professora que gostaria de saber quem é…porque nunca tive problema com nenhum professor ou professora em relação a portugues ou outros assuntos.
    2) Leia essa matéria que vc vai entender o motivo de aprender errado..
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk MUITOS RISOS
    Leia essa matéria burros porque aqui vcs entenderam o que é aprender errado…

    A VERDADE É QUE VC NÃO APARENTA SER O QUE É..
    É só mais uma pessoa falando mau do que não faz parte.

    Sou boa aluna, estou aprendendo bem, ganho bem, estou em uma ótima empresa e fui selecionada sendo da ESTÁCIO-FIR Estando presente estudantes da Católica, federal, universo, aeso e de uma determinada faculdade -joão pessoa.
    Não vou perder tempo aqui….Só quis deixar bem claro que estou ÓTIMA E SOU DA ESTÁCIO-FIR. =)

    Hasta la vista, baby! ;*

  • caros senhores

    o cidadão que escreveu esta bobagem tem muito que aprender. pelo comentario que fez, muito infeliz, dá para perceber que ele não tem informação. o problema da educação no brasil não está nas faculdades e muito menos nos professores. o problema está em cada pessoa. nós somos uma sociedade, na sua grande maioria, que não gosta de ler. quando se fala em filosofia, sociologia e antropologia na sala de aula, nonguem quer ouvir, ninguem quer saber. no dia da prova tem gente que nunca se viu na sala antes, no fim, o que querem é o diploma. mas que tabaquisse! diploma não é sinonimo de conheciemnto. quem vai dizer a tua capacidade é o mercado. ninguem ensina ninguem! agora, o que as faculdades tem haver com isso pôrra? nada, absolutamente, nada!!!! quando se falar de ensino superior, a unida discussão que deve ser levado em consideração é que uns estudam pagando, enquanto que outros estudam de graça, mamando nas tetas do governo, sem pagar nem um centavo por isso.

  • Gente,
    quero fazer uma denuncia.
    Sou aluno da Estácio (FIR, chame de qualquer coisa).
    Se eu pudesse, anexaria o meu boleto aqui pra mostrar que pago duas cadeiras, teoricamente de 88horas, em que 36 horas são dadas em sala de aula e as outras 52 horas teriam que ser de atividades estruturadas. O problema é que essas atividades estruturadas não acontecem, ou seja, estão comendo o meu dinheiro!

    bom, estamos entrando com um processo contra esta faculdade para obtermos este dinheiro de volta, pois tem turmas que ja pagam isto desde que a FIR virou ESTÁCIO.

    Fora isso, a faculdade é mal organizada, mas é bem estruturada e oferece todas as condições de produzir bons profissionais.

    SE VOCÊ DESEJA INGRESSAR NA FIR, ME MANDE UM EMAIL OU ME ADD – guto_fool@hotmail.com/augustocatanho@gmail.com

    como sou aluno, se eu te indicar, você ganha uma mensalidade grátis e eu uns 2% de desconto na minha mensalidade.

    obrigado

  • kkk. como pode? o cara faz uma denuncia dizendo que o peixe é podre e depois oferece ele pra vender? kkk

  • vão tomar no cu

  • vão estudar….

  • desculpa aí gente, mensagem errada e despudorada, foi mal.

  • Estudo na Estacio Fic de Fortaleza e sinto também uma defasagem na instituição, além da péssima metodologia de ensino dos professores, isso sem falar o método de avaliação elaborado fora do contexto dado pelo professor em sala de aula, resultado: notas abaixo do esperado e rendimento…. salve-se quem puder… lema da estácio ” quer se formar? page caro aqui você leva seu diploma “

  • Trabalho numa empresa multinacional ganho em média R$2.400, estudo na FIR independente de ser particular ou não o q grandes empresas querem são pessoas bastante produtivas.
    Pior é não ter um nível superior………

  • Entrei na FIR na fase de transição para Estácio. De fato, a metodologia de ensino da Estácio não é das melhores mas ao menos ensina e indica bibliografia. A melhor coisa que um futuro profissional pode escolher é ser auto-suficiente nos estudos. Hoje estudo sozinho, independente da ementa que o professor bom ou ruim vai dar nas aulas, eu já sei o que a cadeira vai abordar e eu direciono o estudo aos meus interesses. Claro que bom um Professor bom as coisas melhoram e todos aprendem, mas eu faço minha parte, porque professor bom e dedicado falta no Brasil inteiro, não são só nas faculdades particulares ou federais….

  • ….Só uma ressalva: Existem sim MUITOS professores bons, mas eles são freiados pelos interesses das grandes faculdades particulares, que só querem lucrar. Estácio é uma delas, mas tem milhares hoje em dia!

  • Primeiro vai estudar!
    depois conversamos???
    Ok???

    Não sabe de nada! tem que rever seus conceitos.

  • Pessoal, o POST está mais certo do que errado! Estou me formando agora na ESTÁCIO/FIR e realmente a qualidade caiu! Quem não estuda lá NÃO PODE DAR PALPITE! Os melhores professores saíram, a iniciação científica foi eliminada, as pesquisas já não mais existem, a MÉDIA FOI DIMINUÍDA de 7 p 6 (ABSURDO), AGORA PAGAMOS POR TUDO LÁ DENTRO e ATÉ TÃO DEIXANDO MONOGRAFIA SER EM DUPLA! ISSO NÃO EXISTE!
    No tempo da boa e velha FIR as coisas eram melhores e A MÉDIA NO ENADE ERA MELHOR! O que ficou foi CAPITALISMO!

    MAS É FATO QUE O NOSSO VALOR ACADÊMICO E PROFISSIONAL DEPENDE MUITO MAIS DE NÓS MESMOS E NOSSOS OBJETIVOS! Claro que um profissional da Estácio pode se dar muito bem, mas DE FATO A QUALIDADE CAIU E ESTE FATO NÃO PODE SER MUDADO!

  • Rsssss! Meus colegas, achei super interessante todo os comentarios deste blog. ah! Eu li tudinho viu!
    Bem, uma verdadeira sopa de desabafos. Senhores e senhoras, As nossas faculdades federais foi criada antes do Brasil republicano. Pois, elas foram criadas paras as classes A e B, rsrsrs sera que existe esta B, rsrsrrss!
    Deve-se mais respeito e cautela nas palavras e instituições citadas atualmente.
    Eu iniciei um curso na catolica de salvador, mas não consegui terminar, sabe porque senhores burgueses! Muitos alunos vadios no patio e em sala de aula se drogando e roubando o tempo de aula dos VERDADEIROS ESTUDANTES COITADOS que pagavam absurdos para estudar.

    Federais, estaduais….engraçado, por que será que é tão dificil ingressar mesmo hein!
    ah! esqueci é porque elas são as melhores! Não somente, é porque são para uma minoria também.

    CAMBADA DE BURGUESES HIPOCRITAS! QUANDO INGRESSARAM NA FIR(PE), FIB(BA), FIC(CE).
    TODAS ERAM FORMADAS POR ALUNOS DAS CLASSES A e B. HOJE AS CLASSES EMERGENTES CONSEGUEM INGRESSAR NUMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR. E VCS QUEREM BARRAR.
    E NAUM ADIANTA FALAR DA AVALIAÇÃO AO INGRESSAR NÃO!
    UM PEDREIRO ANALFABETO TEM UM VASTO CONHECIMENTO PROFISSIONAL. ASSIM COMO UM ENGENHEIRO TB TEM DENTRO DO CONHECIMENTO ACADEMICO.

    DIGO MAIS! ESCREVI PALAVRAS SEM ASCENTOS, FALTA COESÃO NAUM É! INTERNETÊS TB!

    Brasil !! Meus Queridos! a solução é acabar com o Brasil e nascer dinovo!

    Abraços e desabafos a todos!

  • Tenho 17 anos, fiz o vestibular mas não consegui ingressar na UFPE, estava pensando em ingressar na FIR, alguém teria como me dar uma informação Atual da situação da FIR? se tem boa influencia no mercado… se o ensino melhorou… se a faculdade não tem estrutura, preciso de informações, obrigado a quem puder ajudar..

  • ou seria melhor estudar mais um pouco e tentar o vestibular novamente?

  • tentar menosprezar os outros fasendo declaraçoes absurdas sem fundamento algum sobre a reputaçao de instituiçoes de ensino paticulares, nao ira tornalo uma pessoa mais inteligente ou superior, só demonstra a sua total falta de autoestima e segurança. afinal a faculdade estacio é tricampeã dos jogos universitários ficando a UFRR em terçeiro lugar.

  • ééé meu amigo….eu tambem passei pela mesma pindaiba!!
    eu estudava na universidade Uniradial em são paulo onde eu tinha aulas com professores da USP no curso de direito….
    ate que a estacio de sá resolveu comprar a uniradial por 60 milhões e a cagada fora instalada!
    estou tendo problemas por cima de problemas…..e o pior…justo agora no final do curso, estou correndo o risco de não me formar pois eles implesmente me sumiram com 4 materias que eu ja havia cursado no primeiro e segundo semestre, sendo aprovada com medias excelentes.
    o que posso fazer agora que não posso transferir mais de universidade??
    processar!!
    processar e ficar com um diploma sujo infelizmente!

  • Eu estudo direito a estacio e alguns do bons profesores ainda continuam,mas percebo realmente uma intençao muito capitalista da faculdade agora,diferente de quando entrei que era simplesmente FIR.

  • Eu estudo direito Na estacio e alguns do bons profesores ainda continuam,mas percebo realmente uma intençao muito capitalista da faculdade agora,diferente de quando entrei que era simplesmente FIR.

  • up! vou ingressar nessa faculdade esse ano,vou fazer engenharia mecanica, melhor que ir pra federal passar 7 anos, 5 do curso e 2 só de greve.engraçado quem estuda na estacio e fala tanto de lá, e não quer mudar de faculdade

  • KKKKKKKKKKKKKKKKk…. a sim, sim 2 ou mais so de greve isso é verdade.
    Olha pessoal a unica diferença de uma faculdade particular e uma publica é…
    os alunos que estudam em uma federal/publica logo vc é inteligente tem um QI maior que os outros que estudam em uma faculdade particular. As empresas tem essa visao por isso sao mais valorisadas entendem.

  • Vejam vcs falam muito mal de quem so faz o bem(Estacio)Todas as vezes que pesquiso vejo a estacio sempres como uma das melhores em PE vam se f… quem nao concorda, criticar é muito bom vai pra federal ja vai tarde
    1-UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO ( 4)
    2-UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO ( 4)
    3-FACULDADE PERNAMBUCANA DE SAÚDE (4)
    4-FACULDADE DAMAS DA INSTRUÇÃO CRISTÃ (4)
    5-UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PERNAMBUCO (3)
    6-FACULDADE FRASSINETTI DO RECIFE (3)
    7-FOCCA – FACULDADE DE OLINDA (3)
    8-UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO (3)
    9-FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS DE LIMOEIRO (3)
    10-FACULDADE DE ARQUITETURA E URBANISMO DE PERNAMBUCO (3)
    11-FACULDADE DE CIÊNCIAS DE TIMBAÚBA (3)
    12-FACULDADE INTEGRADA DO RECIFE PE (3)
    13-FACULDADE DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DE TIMBAÚBA (3)
    14-FACULDADE BOA VIAGEM (3)

    15-FACULDADE METROPOLITANA DA GRANDE RECIFE (3)
    16-FACULDADE SÃO MIGUEL (3)
    17-FACULDADE ESCRITOR OSMAN DA COSTA LINS (3)
    18-FACULDADE DO VALE DO IPOJUCA (3)
    19-FACULDADE DOS GUARARAPES PE 3
    20-INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO (3)
    21-INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE PESQUEIRA (3)
    22-FACULDADE DO RECIFE (3)
    23-FACULDADE SANTA CATARINA (3)
    24-FACULDADE MARISTA (3)
    25-FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU (3)
    26-ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DE ARCOVERDE (3)
    27-FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO (3)
    28-FACULDADE SENAC PERNAMBUCO (3)
    29-FACULDADE DE TECNOLOGIA FAMA (3)
    30-FACULDADE DE ENFERMAGEM DE BELO JARDIM (3)
    31-FACULDADE DE ODONTOLOGIA DO RECIFE (3)
    32-INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SERTÃO PERNAMBUCANO (3)

  • http://webdrops.wordpress.com/2008/09/10/segundo-o-mec-ufpe-e-a-23a-melhor-do-pais-mauricio-de-nassau-e-a-4apior/

    Nao deu pra colocar a numeraçao mais esta ai a prova que a Estacio nao é oque algumas pessoas falam, o lique esta ai em cima detalhe a Mauricio de Nassau foi a pior Estacio 14ª

    Faculdade Marista
    Instituto Salesiano de Filosofia
    Faculdade do Agreste de Pernambuco
    Faculdade Santa Maria
    Faculdade de Direito de Caruaru
    Instituto Superior de Educação de Floresta
    Faculdades Integradas da Vitória de Santo Antão
    Faculdade Boa Viagem
    Faculdade de Enfermagem de Arcoverde
    Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina
    Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Caruaru
    Faculdades Integradas Barros Melo
    Faculdade de Enfermagem de Belo Jardim
    Faculdade Integrada do Recife
    Faculdade de Ciências Humanas de Olinda
    Instituto Superior de Educação de Pesqueira
    Focca – Faculdade de Olinda
    Centro de Ensino Superior do Vale São Francisco
    Faculdade Santa Helena
    Faculdade de Ciências Humanas do Sertão Central
    Faculdade de Odontologia do Recife
    Faculdade Frassinetti do Recife
    Instituto Pernambuco de Ensino e Cultura
    Faculdade de Arquitetura e Urbanismo de Pernambuco
    Faculdade do Vale do Ipojuca
    Faculdade Integrada de Pernambuco
    Faculdade Metropolitana da Grande Recife
    Faculdade Salesiana do Nordeste
    Faculdade dos Guararapes
    Centro de Ensino Superior de Arcoverde
    Faculdade de Ciências de Timbaúba
    Faculdade de Odontologia de Caruaru
    Instituto Pernambucano de Ensino Superior
    Escola Superior de Marketing
    Escola Superior de Relações Públicas
    Faculdade de Ciências Contábeis de Recife
    Faculdade de Formação de Professores de Araripina
    Faculdade de Ciências da Administração do Limoeiro
    Faculdade da Escada
    Faculdade Escritor Osman da Costa Lins
    Instituto de Ensino Superior de Piedade
    União de Escolas Superiores da Funeso
    Faculdade de Ciências da Administração de Garanhuns
    Faculdade de Ciências Humanas de Pernambuco
    Faculdade Européia de Administração e Marketing
    Faculdade de Educação Superior de Timbaúba
    Faculdade de Formação de Professores de Belo Jardim
    Faculdade de Formação de Professores de Afogados da Ingazeira
    Faculdade José Lacerda Filho de Ciências Aplicadas
    Faculdade de Formação de Professores da Mata Sul
    Faculdade de Formação de Professores de Goiana
    Faculdade de Ciências Humanas Esuda
    Faculdade de Ciências Humanas e Sociais de Igarassu
    Faculdade Decisão
    Faculdade Luso-Brasileira
    Instituto de Ensino Superior de Olinda
    Faculdade Maurício de Nassau

  • Sou Desenvolvedor e Designer e quero fazer ou Sistema de Informação ou Ciências da Computação

    me respondam:

    Quanto ao curso de Sistema de Informação da Estácio
    Ele vale apena?

  • Gente,
    eu saí quando notei a falta de organização, e princilpamente apoio ao aluno, no período de transição FIR – Estácio e sempre vejo promoções de desconto na matrícula, mensalidade e o recebimento alguns presentes tecnológicos para os futuros ingressantes (cito isso porque noto – e tomara que eu esteja errada – a enorme quantidade de propagandas na cidade mostrando os “benefícios” de se entrar na Estácio).
    Isso me deixa muito curiosa: a qualidade da faculdade ainda está negativa? Ou essa situação mudou?

    Alguém poderia me responder isso?

    Por favor?!

  • Sou Recifense e não me orgulho disso, poderia ter nascido na Malásia e que diferença faz, temos o governador mais raposa que existe, inimigo da educação: Eduardo Campos. Vejo nitidamente que a política daqui não favorece os professores, sou formado na UFPE e sou especialista pela FAFIRE que são duas ótimas instituições, como funcionário público da área de Letras, mais especificamente professor de língua portuguesa vejo que algumas instituições junto ao governo buscam apenas os seus interesses particulares. O número de mestrados e MBA´S no sul e suldeste do país são muito maiores do que os daqui. Vejo pessoas saindo do país para fazerem seus cursos em Portugal ou Espanha (quem possui uma condição financeira favorável) e querem dar uma porcaria de mestrado profissional que não vai servir de porcaria nenhuma. É, ou o camarada estuda mesmo e consegue o que quer por MÉRITO, por que por TÌTULO tá cheio de diploma fuleiro por aí. E como diz o titãs: Não sou de nenhum lugar, sou de lugar nenhum, sou de lugar nenhum, não sou brasileiro…

  • Quem foi o baitola que começou com isso? Que mané federal rapaz, tenho amigos que estudaram em faculdades privadas que passaram em diversos concursos públicos, e amigos da federal que até hoje são empregados, vai arrumar uma trouxa pra lavar…..que mané federal o que, a única vantagem em estudar nessas universidades federais é não pagar….

  • Esse Fir ou Estácio, não importa, é mesmo uma merda. Digo isso com propriedade, pois fiz administração de empresas lá por dois períodos. Digo sem meias palavras: me sentia envergonhado em fazer parte daquele lugar. Alguns alunos diziam que era para se protestar, lutar contra aquela situação. Besteira ! Eu pagava caro, esperando é claro, um serviço de qualidade. Perdi a paciência e saí dessa barca furadíssima. Hoje em dia estou terminando o meu curso na FBV, e muito satisfeito. A FBV tem lá seus defeitos, mais é beeeem melhor do que esta vergonha chamada Estácio. Hoje sei que melo menos o meu diploma será respeitado, e não motivo de chacota, como seria se eu tivesse me acomodado e ficado naquela instituição falida.

  • Caros colegas, sou aluno da Universidade Estácio de Sá de Petrópolis – RJ, contudo, estou muito satisfeito com a instituição, ótimos professores, estrutura muito boa – banheiros limpos, auditórios, laboratórios com equipamentos de última geração, bibliotecas atualizadas e etc. – óbvio que não é perfeito, com nada e nenhuma instituição. Como toda instituição a não se daria o mérito de estar excluso a tal, ela também tem seus problemas. A única coisa que vejo meus colegas reclamando é no início do semestre letivo quando dependem da gerência acadêmica para obterem informações sobre horários, boletos e etc. Porém, a infraestrutura, corpo docente me fazem satisfeito. Jamais deixarei de pleitear meus direitos ao exigir melhoras da instituição, mesmo pelo fato de eu ser bolsista do PROUNI sempre exigi melhorias… E outra, desde o primeiro período a universidade já me proporcionou Estágio no Fórum da minha cidade, onde eu adquiri/adquiro muita experiência ao realizar atendimento ao público, petições iniciais e etc. Eu tive a oportunidade de estudar em uma instituição Pública de ensino pois pela segunda vez eu passei para Hotelaria e Agronomia UFRRJ, pois eu optei por cursar Direito na Estácio, e a mesma me retorna toda expectativa a qual eu deposito. Mais uma vez, não tenho do que reclamar da Estácio de Sá de Petrópolis. Insta salientar que a mesma ocupa uma posição privilegiada no “ranking” dos alunos aprovados na prova da OAB, e está à frente da UCP – Universidade Católica de Petrópolis ( São as duas universidades de Direito na cidade ).

  • FIR / Estácio é uma faculdade antiga , com história e tradições . sabemos que , UFPE UPE são as mais requisitadas , mais o que tem de maconheiro etc… não está no GIBI …. outra , uma boa facudlade depende do aluno , apenas do esforço dele

    ” Um dia acordei , um dia sobrenatural , momento que vivi , foi algo tão espcial , até que um dia minha mãe , me pediu para eu estudar , só porque meu vizinho passou na MAURICIO DE NASSAU . ”

    MAURICIO DE NASSAU , fazendo parte da sua história ,
    Vestibulares a telepatía , aproveite,
    pague o vestibular , não vá e passe.

  • A verdade é: a FIR é uma porcaria!
    Eu ganhei uma bolsa integral pelo prouni no curso de Direito na FIR e quando fui levar a minha documentação e fazer minha matrícula, eu e outras pessoas demoraram mais de 11 horas pra ser atendido.

  • Chupem recalcados: eu faço Direito na UFPE kkkkkkkkkk
    A UFPE (vcs querendo ou não) é a universidade mais top de Pernambuco.
    Morraaaaaaaaam de recalque kkkkkkkk

    • Foi por mérito ou por empurrãozinho do estado? ;)

  • porque tanta discursão sobre quem ensina melhor, qual a melhor faculdade, vcs tem que saber que a melhor faculdade esta nos alunos em carregar o nome e faz dela a melhor se acham que a estacio é ruim é porque os alunos ali são piores, eu acho que não é por ai. o que sempre digo é que os alunos é que faz a diferença e os professores são os direcionadores dos alunos no qual muitos deles vão procurar sempre superar os professores correndo atras de mais conhecimento. o bom não é o corpo fisico da faculdade a diferança vai sempre ser os alunos junto com professores pra ser a melhor e espero que a estacio sempre fique entre as melhores apesar das dificuldades que sempre tem. obrigado.

  • Sou estudante de Direito da Estácio em Juiz de Fora, e já estudei na UNIP em São Paulo, as duas faculdades são de massa e muitas vezes os estudantes discriminados por fazerem uma faculdade não tão bem reconheida. O que tenho a dizer é que não tenho o que reclamar do ensino dessas faculdades, pois os professores são bem atenciosos e tentam passar em aula o que dá tempo de passar, o resto cabe ao interesse do aluno correr atrás e tirar suas dúvidas, a propósito tenho um ótimo professor de direito Penal que se formou nessas faculdades de massa e pouco reconhecidas em São Paulo e aos 24 anos de idade passou em 2º lugar no concurso para Delegado Federal.
    Posso falar que já tive vários problemas com a Estácio de Juiz de Fora, a biblioteca é dispreparada a administraçãoé péssima, mas não posso falar dos professores (pelo menos da maioria, pois como toda faculdade, sempre tem um ou outro que não agrada).
    Então pessoal, esqueça isso de “status de faculdade” ou “nome de faculdade” pois é o aluno quem vai determinar o seu próprio ensino e ser um profissional bem sucedido ou não, porque aliás, para isso não depende só de um Certificado de Conclusão de Curso Superior.

    Abs.

  • Sou estudante da FIR e não estou nem um pouquinho satisfeita com a faculdade,pois so tenho aulas trés dias da semana,e os outros dias fica nos ficamos sem aulas.Com certeza isso não é bom pra gente pois os próprios professores tem uma grande dificuldade de aplicar todo o conteúdo pra gente.E quando é época de prova ficamos todo mundo doido porque sabemos que o desempenho de alguns professor não foi o que a gente esperava…

  • ohhh passa fome tu tais na federal por que sois um lascado e não tem grana nem p passagem do teu busão kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk lisoooooooooooooooooooooooo dormeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee e eu ainda pago facul para esses pobres coitados!!!!!!

  • Tomem todos no cú, porque a Estácio é boa. <3

  • [...] 2009 – Faculdade Integrada do Recife (FIR) – controle assumido pelo Grupo Estácio de Sá do Rio de Janeiro (fonte). [...]

Tem algo a dizer? Vá em frente e deixe um comentário!

XHTML: Você pdoe usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Enquetes

Em relação às punições de corruptos...

Ver Resultado

Loading ... Loading ...

Frase do dia


  • “O homem de bem é um cadáver mal informado. Não sabe que morreu.”
    Nelson Rodrigues.

ARQUIVO

julho 2014
S T Q Q S S D
« set    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Informação com Humor

MARCO BAHÉJornalista
É formado em Jornalismo e pós-graduado em História Contemporânea e História do Nordeste do Brasil. Foi repórter da Gazeta Mercantil para os estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Também atuou como repórter do Jornal do Commercio, editor da Folha de Pernambuco e repórter especial do Diario de Pernambuco. É correspondente da revista Época no Nordeste desde 2003. Tamb´m atua com publicidade e marketing eleitoral desde 2004.
PIERRE LUCENADoutor em Finanças
É doutor em Finanças pela PUC-Rio e mestre em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco. É professor adjunto de Finanças da UFPE e foi secretário-adjunto de Educação de Pernambuco. É autor de vários trabalhos publicados no Brasil e no exterior sobre o mercado financeiro, e participa como revisor de várias revistas acadêmicas na área. É sócio-fundador da Sociedade Brasileira de Finanças. Foi comentarista de Economia do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (TV Jornal e Rádio CBN). Atualmente é coordenador do curso de administração da UFPE, e Coordenador do Núcleo de Estudos em Finanças e Investimentos do Programa de Pós-graduação em Administração da UFPE (NEFI).