A rápida e triste decadência do Brasil na Fórmula 1

jul 25, 2010 by     38 Comentários    Postado em: Esportes

image
Eles são três, mas os patetas somos nós

O Brasil realmente virou a piada de mau gosto da Fórmula 1. Depois de tempos gloriosos, vividos pelo Trio de Ouro Emerson Fitipaldi, Nelson Piquet e Airton Senna, fomos obrigados a engolir Rubens Barichello, Nelsinho Piquet e agora Felipe Massa, o verdadeiro Trio de Lata.

Fomos do céu para o inferno. A morte de Senna alçou o pitoresco Rubinho à condição de representante brasileiro na Fórmula 1, e viramos uma piada mundial.

Atualmente o Brasil é o pateta ideal para o automobilismo. Entra com pilotos derrotados e dóceis, que fazem tudo por um contrato, além de dinheiro de patrocínio e contratos de transmissão. Para completar, ainda é o país que mais audiência dá à Fórmula 1.

O espetáculo bizarro de hoje, quando Felipe Massa recebeu a ordem para Fernando Alonso passar, é apenas mais um episódio lamentável de desmoralização dos brasileiros na Fórmula 1. Pior ainda porque Felipe Massa parecia que chegaria a algum lugar na categoria, depois de brigar com Hamilton pelo título no Brasil, em uma emocionante final. Com o que aconteceu hoje, ficou provado que é apenas mais um mercenário para aquele que na prática é o primeiro piloto da escuderia. Daqui para a frente é só decadência.

Para quem não lembra, o vencedor de hoje, Fernando Alonso, também foi beneficiado da batida de propósito de Nelsinho Piquet, que era seu companheiro de equipe.

alonso_massa_podio_f1_get_470 

O arrumadinho de hoje repete o que aconteceu em 2002, quando Rubinho foi obrigado a dar passagem para Michael Schumacher. Este ficou tão envergonhado do fato que nem queria ir receber o prêmio. Já o conhecido picareta Fernando Alonso, que passou anos no ostracismo por jogar baixo contra o ex-colega de equipe Lewis Hamilton, comemorava sem a menor vergonha na cara.

Aliás, falta de vergonha na cara temos nós, por ainda aassistir a este circo aos domingos, enquanto Rubinho Pé de Chinelo, Nelsinho Piquet e Felipe Massa estão milionários.

Quem está certo mesmo é o jornalista Airton Gontow, quando diz que a Fórmula 1 é um grande circo, onde o palhaço somos nós.

_______________________________
PS: A punição para a Ferrari foi uma multa de US$ 100 mil, que tem a mesma eficácia das multas aplicadas pelo TSE aos partidos que descumprem a Lei Eleitoral. O crime realmente compensa.

38 Comentários + Add Comentário

  • Eu também fiquei mais uma vez decepcionado com a fórmula 1, isso que aconteceu hoje foi um grande desrespeito às pessoas que acompanham essa categoria do automobilismo. Se for pra ter esses bralisileiros como piltos, é melhor não ter nenhum, pelo menos nos poupam da vergonha e do papel mediocre que eles protagonizam.

  • Opção. Fica-se com uma Ferrari e perde-se a dignidade.

    • Quem paga o seu salário?

      • Realmente vc deve ser no mínimo um politico vendavel para ter essa opinão .

        Antes da pessoa se vender tem que ter o amor propio , mas isso não é para qualquer um

      • Quem paga meu salário, nem me deu uma Ferrari, nem me pediu a dignidade. Opções…

        • Puxa vida como fui mal interpretado, não perguntei quem paga o salário de Andrei, eu simplesmente disse quem paga o salário de massa.
          Não sou politico mas não costumo fazer análises precipitadas dos fatos.

  • Esse Massa foi uma vergonha! Nada justifica ele abrir para Alonso. Assim cmo Rubinho ele tinha era que ter respeito pelos apreciadores da F1. A ferrari defendeu o seu, mas Massa foi covarde!

  • Não gosto de assitir às corridas de automobilismo e vejo que não perco nada!

  • Massa e Rubinho fizeram a opção pelo dinheiro. A pergunta é: até quando vamos dar a maior audiência para ver palhaçada?

  • Isso nem me surpreende. O próprio Senna foi favorecido várias vezes, em situações semelhantes com o Berger. Mas como era o Senna, ninguém falava nada…

    • Dê exemplos. Não me lembro de nenhuma situação semelhante envolvendo Senna.

      • Eu lembro que uma vez Senna abriu pra Berger na ultima volta. Não sei se foi por generosidade ou se realmente foi para retribuir algum favorzinho feito pelo companheiro. De qualquer forma, era a ultima corrida do ano e ele já era campeão àquela altura, nao tinha como ser ultrapassado.

        • Aquilo foi um gentileza, feita do 1° piloto para o 2° e, como vc mesmo disse, Senna já era campeão!

        • Que eu me lembre, nunca houve nenhuma manipulação pró-Senna do jeito que houve com Massa de Manobra e Rubinho Pedichinello.

          Senna sabia muito bem ser sacana, como quando bateu em Prost de propósito na primeira volta, ambos saíram e ele foi campeão. Mas não acho que precisasse que o companheiro de equipe abrisse pra ele.

          Seja como for, eu assistia Fórmula 1 para ver os pilotos brasileiros, o Brasil, ganhar. Não pra ver a Ferrari, a Williams ou a McLaren ganhar.

          Por isso, não perco mais meu tempo vendo esse circo.

      • No ano em que Senna morreu, seu colega de equipe Damon Hill abriu para ele passar.

  • Lamentável a decisão do Felipe, mas quem merecia ser punido era a Ferrari e o próprio Alonso que “forçou” essa situação ao reclamar pra equipe. Numa ação profissional (pela Equipe que já não tem o valor que a destacou na F1) Felipe se viu numa saia justa, uma punição melhor que a multa deveria ser a penalização com alguns segundos sobre Alonso de modo que não marcasse pontos e perdesse a condição de vencedor, retirando ainda os pontos da Ferrari no mundial de construtores.

  • Graças eu nunca gostei de F1. Um bando de babaca correndo em carros, enchendo o cu de grana em um esporte em que pobre não entra. Pelo menos no futebol pobre tem chance, por mais q fique milionário e esnobe.

    Desde que Senna morreu a F1 virou uma piada, ao menos para os brasileiros. Neguinho adora qd tem corrida no BR, pagam o salário de 6 meses, compram boné de equipe por 100 contos, tomam chuva e vêem o brasil ser humilhado. Realmente, que beleza!

    tsavkko.blogspot.com

    • Pronto, lá vem o mestre em finanças dizendo o que as pessoas devem fazer (ou não) com o dinheiro que têm!

  • São só os pilotos ou grande parte dos brasileiros não fazem qualquer coisa por um contrato, ou para mamar nas tetas do dinheiro público, ou para conseguir aquele contrato entre a empresa fantasma e a prefeitura de “titio” ?

  • É impressionante como Fernando Alonso está sempre envolvido em todas as patifarias que acontecem na Fórmula 1 (espionagem da McLaren, batita proposital de Nelsinho Piquet e agora a “ordem” disfarçada e agravada com o “isso é ridículo”). Ridículo papel da Ferrari, ainda bem que o comendador Enzo está morto, pois se estivesse vivo morreria hoje, tamanha a vergonha!
    RBR e McLaren é que estão certas, deixa o “pau” quebrar na pista!

  • Voto no trio Ferrari, Massa e Alonso para receberem o Prêmio Nelsinho Piquet de ética no esporte, edição 2010.

  • Acho totalmente descabida a comparação entre Massa/Rubinho e Nelsinho Piquet. Este último foi realmente mau carater, teve uma conduta eticamente reprovavel pois deliberadamente causou um acidente que poderia trazer sérias consequencias para o piloto adversário e até a si mesmo.

    No caso do Massa, quem tá errada é a equipe e não ele. Quem tomou uma atitude anti-ética foi a Ferrari. Piloto não corre sozinho não, precisa de um CARRO primeiro, lembrem-se desse “pequeno” detalhe. A não ser que seja filho do dono da equipe como era o caso de Nelsinho Piquet na GP2 (categoria de acesso, espécie de “segunda divisão” da F1)…

    Prefiro não rotular o comportamento de Massa como certo ou errado. Eles simplesmente agiu como preposto da equipe.

    Deixo claro que não sou a favor desse jogo de equipe da Ferrari. Mas, infelizmente, a equipe se comporta dessa maneira e não é de hoje. Varios pilotos já passaram por essa situação mas a coisa “maquiada” através de uma parada de box. Hoje, graças à incompetencia de Alonson, a coisa teve que ser mais escancarada. É aí que “choca” todo mundo, como no caso Rubinho 2002.

    Aqui só tem valentão escondido por trás de um monitor exaltando sua coragem aos quatro ventos. Quero ver na hora do “vamo ver”, teu chefe manda, se tu não vai fazer… O sujeito concentrado numa corrida, em primeiro lugar, a 200 por hora e tem que tomar uma decisão dessas que pode acabar com a carreira dele mais pra frente…

    Massa sabe que não iria ganhar nada desobedecendo aquela ordem, só para “fazer mídia”, “jogar para a plateia”, posar de gostosão. Algo que Nelson Piquet por exemplo, sabia fazer como ninguem (chegou a difamar Senna, chamando-o de homossexual em uma entrevista na Veja). O tal do Nelsinho tinha a quem a quem puxar.

    Essa retórica de opressores versus oprimidos simplesmente não “cola” num esporte milionário e com tantos jogos de interesse como a F1. Deixem a paixão de lado, pelo menos uma vez na vida, é minha sugestão.

    Brasileiro tem mais o que se preocupar do que com uns míseros pontinhos que Felipe Massa entregou para Fernando Alonso.

    • Concordo com a sua opinião, conforme já me pronunciei em outro artigo.
      Parabéns!

      • Onde se lê Diego lêia-se “DANILO”

    • Preclaro Diego!

      Estou de acordo com o seu comentário. Ora, no meu entendimento, quando se tem uma equipe, tudo deve ser feito pela equipe, para a equipe. Vamos imaginar, que ontem fosse uma final de campeonato, onde o piloto brasileiro, Felipe Massa, estivesse precisando de ganhar a corrida para ser campeão da temporada, mas o piloto espanhol (Fernando Alonso) estivesse na frente, mesmo assim não bastaria para o Alonso os pontos chegando em primeiro. A Ferrari como equipe, seria obrigada a pedir para o Alonso deixar o Massa passar, não era?

  • Fórmula 1 hoje só serve para desmoralizar os brasileiros, já que estes não têm competência para vencer corridas, nem são homens suficientes para se negarem ao jogo sujo das escuderias. Saudades do tempo de Ayrton Senna… Nem perco mais meu tempo com o festival de pilantragens.

    Vê-se que a Fórmula 1 é um jogo de cartas marcadas. Não adianta remar contra a maré. Há muitos e obscuros interesses por trás dessas corridas. Fórmula 1 deixou de ter algum atrativo, especialmente após a morte do melhor piloto que o mundo já viu, Ayrton Senna. Aquele sim, honrou o nome e o país! Não essas porcarias de pilotos brasileiros que temos por lá, que, além da incompetência, ainda são imorais.

  • O Massa, depois da lapada na cabeça, perdeu o juízo; depois de ser pai virou abestalhado, como Rubinho e depois de ontem virou mal esportista, como Piquet Jr.

    • Olá Bertrando:

      Eu sou brasileiro nato, torso pelos pilotos brasileiro, seja ele quem for: Rubens Barrichelo, Felipe Massa, Nelson Piquet Jr., bem como os demais que não lembro dos nomes no momento. Você já foi pai, ou não pode ser pai por uma dia? Se tu não foste pai, não procures ser, pois você poderar ficar assim…

  • E o pior é que Alonso não se cansa de carregar esse fardo. A dignidade teria que buscar, Alonso, do que Felipe Massa. Por ser mais de uma vez que acontece. Era como as brincadeiras de antigamente quando havia uma criança entre adolescentes ou adultos, e dizia-se ele é café com leite (hehehe) !!! É o caso de Alonso.

  • Pior do que ver os resultados combinados na fórmula 1 é dar audiência para a Globo e para Galvâo Bueno. depois de bancar o palhaço, só resta ao brasileiro assistir ao programa cultural do faustão. Deprimente!

  • A Ferrari jogou nas brechas do jogo. Se a punicao for no maximo essa multa, ela ganha mais com a possibilidade de vitoria no final do campeonato. E nao teria nenhum prejuizo para a imagem por conta disso, pois nao seria a 1a vez.

    A teoria economica do crime explica bem essa relacao.

    O que temos é que sancionar como pudermos essa empresa e seus asseclas. Eu mesmo nao vou mais comprar minha Ferrari! rsrs Mas aí leia-se carros da FIAT e qq coisa ligada à marca (bones, camisas, perfumes). Se nao desse mais audiencia na TV brasileira, se o GP de Sao Paulo ficasse às moscas, se Massa fosse vaiado toda vez no Brasil, talvez repensassem esse caso…

    Sobre o tema escrevi no meu blog algo mais completo: http://blogdopirangueiro.zip.net

  • Quanta asneira num luga só.
    Que escreveu isso deve ser um grande conhecedor de corridas de autorama.
    quanta ignorância.
    Deve ser por isso que vc é um grande jornalista famoso no Brasil e no mundo, o Reginaldo Leme é um zé ninguém perto de vc. rsrsrsrsrsrsr
    Perdoe senhor, ele não sabe o que diz.

  • Seu Ridiculo e invejo Mal sabe escrever o nome dos Pilotos corretamente, e pensa que é o que é pra falar do Rubinho hein ? Ahhh vai fazer algo de útil seu ridiculo, enquanto você tá ai escrevendo essas baboseiras, o Rubinho vem a cada dia mais sendo elogios pelos seus chefes, que já disseram que ele é melhor que muitos campeões …. esse acerto de contas é uma Piada viu ! você já viu o programa the stig ? programa no qual ele venceu na inglaterra, e todo mundo olhando ele com cara de admiração, respeito, mostrando o quanto é carismático com os fãs . Esse seu Blog é simplismente patético ridiculo, e de alguém ainda Invejoso que nem você . !

    Aprende a escrever os nomes dos Pilotos corretamente antes de falar suas M . Blog de M… C….

    • Que português refinado Diogo

  • Fiquei muito frustrado com o ocorrido. Estava em Interlagos em 2008, quando Massa “chegou a ser campeão” por alguns segundos, quando então Hamilton passou de 6º p/ 5º (ultrapassando Glock na última curva) e levou a taça.
    Lembro que, no autódromo, chegamos a pular, gritar, comemorar, e depois veio a derrota… Mas ficou uma sensação muito boa, de que aquele piloto ainda poderia nos dar muita alegria ao assistir às corridas. Ledo engano.
    Massa se mostrou um verdadeiro mercenário, e esqueceu dos milhares e milhares de brasileiros que torcem por ELE, não pela equipe Ferrari. Um desrespeito à nossa torcida e um desrespeito à história dele próprio Massa.
    Hoje tenho quase que certeza que nunca mais ele disputará um título mundial, e também tenho a certeza de que não mais torcerei por ele.

  • Quantos de nós teríamos até parado o carro para o Alonso passar ao largo, ganhando o mesmo que o Massa ganha?

    Sou um grande fã de F1 e nem me indigno mais com essas coisas, até porque não são nenhuma novidade. Massa já desobedeceu a uma ordem dessas na equipe Sauber em 2002. E, pra quem não se lembra, foi demitido.

    Dinheiro, rapaz, dinheiro.

    O bom é ver zuada e carros correndo. Melhor que futebol, bem melhor. E, como já falei em outro post, torço mais é pra Red Bull. Mas, se não der pra faturar o caneco, tá valendo.

  • Ayrton é com “Y”…

  • Voce diz Brasil.Brasil tem alguma equipe na formúla 1?Ele tem um brasileiro que integra essa equipe.Bem,lembra então o Grande Premio da CHina 2008.Voce não lembra porque quer causar polêmica dentre uma multidão de desinformados que apsar de terem um computador na mão,continuam cegos.`Pois bem,nesse Grande Premio O kimi Raikonene literalmente parou para o Massa passar e O galvão Bueno elogiou o Kimi pela atitude.Já pensou quanta hipocrisia.Alonso é melhor do que Massa em tudo,esse ano em 10 corridas foi melhor do que ele em 8,e na Alemanha Massa não tinha mais chances fazendo voltas infeirores a der Alonso,simplesmente atendeu a o obvío:SAI DO MEIO TARTARUGA

Tem algo a dizer? Vá em frente e deixe um comentário!

XHTML: Você pdoe usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Enquetes

Em relação ao impeachment de Dilma Rousseff, qual sua posição?

Ver Resultado

Loading ... Loading ...

Frase do dia

  • A riqueza de uma nação se mede pela riqueza do povo e não pela riqueza dos príncipes.”, Adam Smith.

ARQUIVO

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« mai    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Informação com Humor

MARCO BAHÉJornalista
É formado em Jornalismo e pós-graduado em História Contemporânea e História do Nordeste do Brasil. Foi repórter da Gazeta Mercantil para os estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Também atuou como repórter do Jornal do Commercio, editor da Folha de Pernambuco e repórter especial do Diario de Pernambuco. É correspondente da revista Época no Nordeste desde 2003. Tamb´m atua com publicidade e marketing eleitoral desde 2004.
PIERRE LUCENADoutor em Finanças
É doutor em Finanças pela PUC-Rio e mestre em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco. É professor adjunto de Finanças da UFPE e foi secretário-adjunto de Educação de Pernambuco. É autor de vários trabalhos publicados no Brasil e no exterior sobre o mercado financeiro, e participa como revisor de várias revistas acadêmicas na área. É sócio-fundador da Sociedade Brasileira de Finanças. Foi comentarista de Economia do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (TV Jornal e Rádio CBN). Atualmente é coordenador do curso de administração da UFPE, e Coordenador do Núcleo de Estudos em Finanças e Investimentos do Programa de Pós-graduação em Administração da UFPE (NEFI).