Sócrates Brasileiro: 1954 – 2011

dez 4, 2011 by     10 Comentários    Postado em: Esportes

image

Morreu hoje um dos maiores jogadores da história do futebol: Sócrates Brasileiro Sampaio de Souza Vieira de Oliveira, o Doutor Sócrates, como era conhecido.

Sócrates foi um dos maestros da maravilhosa Seleção Brasileira da Copa de 1982, e o maior jogador da história do Corinthians, onde fundou a Democracia Corintiana.

Era conhecido também por ser polêmico e muito politizado. Atualmente era colunista da revista Carta Capital, que publicou este fim de semana seu último artigo.

Dono de um futebol refinado, foi um grande craque. Não teve uma carreira tão longa porque começou a jogar futebol tarde, pois era estudante de medicina da USP. Só após se formar, aos 25 anos, é que se dedicou realmente ao futebol. Jogou as Copas de 82 e 86.


Ao lado de Zico, formava a maior dupla
do início da década de 80

Era uma figura admirada por todos.

Sócrates tinha sido internado no meio de ano, em função do alcoolismo. Chegou a ser internado novamente, mas conseguiu sair do hospital, depois de ficar dias na UTI.

Na quinta-feira foi internado após um jantar, juntamente com a esposa e um filho. Como já estava debilitado, a bactéria espalhou-se e o “Doutor” veio a falecer de infecção generalizada.

A Globo News fez uma bela retrospectiva de sua carreira. Veja abaixo.

10 Comentários + Add Comentário

  • Sócrates também era apelidado de Magrão.

    Dois Magrões ídolos.

    Descanse em paz, Sócrates.

    • Como rubro negro e reconhecendo o talento de Sócrates, esta sua comparação, meu jovem, nada a ver.

      Segue um belo gol de um jogo memorável o qual tive a felicidade de assistir, quando na época tinha 10 anos de idade.

      http://www.youtube.com/watch?v=gxqcwH4lTtM

    • a maior piada do ano!!!!!!!

  • Foi-se mais um adorador do regime cubano…

    • Tinha que aparecer algum babaca raivoso e adorador da direita reacionária para tecer sua revolta e dor de cotovelo mesmo nestas horas…ô povo invejoso da ‘gota’.

    • Bonito é ver a liberdade de expressão nos EUA…. que o diga o pessoal do Ocupy Wall Street.

  • Para mim Sócrates representava o que admiro num atleta: Humildade, elegância, inteligência, centrado, politizado e muito solidário. Infelizmente não temos tantos exemplos no campo, onde a vaidade e arrogância são sinônimas de sucesso nessa área. Que sua postura sirva de exemplo para os atuais jogadores e gerações futuras. Ah, é bom lembrar que estudo é compatível com futebol.

  • O perfil da nossa escola já mudou para Emef Dr. Sócrates Brasileiro…..

    Curtam para acompanhar algumas atividades realizadas pelos nossos nossos estudantes.
    Acreditar na Educação Pública compõe, felizmente, a militância de muitos profissionais. Ter propósitos, metas, objetivos a alcançar, revigora nossas forças, dá mais sentidos ao nosso trabalho…..Temos que criar “desafios, rotineiramente, num processo inquietante de pensarmos a Educação como significante, envolvente, reveladora, transformadora. ….Para isso temos que criar contextos……Definir o patrono da escola faz parte de mais um contexto que gira em torno da busca de identidade, primordial para termos um Projeto Político Pedagógico que se revigora em conjunto com toda comunidade escolar. O nome “Sócrates Brasileiro” é inspirador por remeter às ideias e temáticas voltadas para democracia, luta, história de vida, povo nordestino, perspicácia e cuidados da família para com os filhos, dedicação aos estudos, dinâmica do movimento populacional, ser cidadão, redemocratização, ditadura militar, importância do conceito de povo e nação, politização do esporte, história da política recente do Brasil”, “Ganhar ou perder, mas sempre com Democracia”, “ser combativo, inquietante e polêmico”, auto-gestão, gestão democrática, luta contra as diversas formas de opressão, assumir publicamente posições políticas, dedicação aos estudos, cuidados com a saúde,…..a lista pode ser infindável e simpática até para os mais conservadores…. Até mesmos os problemas enfrentados pelos nosso ídolo é motivo de reflexões: A problemática do alcool não apenas na classe trabalhadora mas em todas as camadas sociais. Nosso “Sócrates era uma espécie de “anti-estereótipo”: filho de nordestinos que não puderam ir à escola “na idade certa”, sem nenhum padrão de beleza midiático, desengonçado, tímido, frequentador de festas e das noitadas para brindar a alegria de viver, mas com responsabilidades, pois formou-se em medicina. O Doutor agradou até a elite orgulhosa deste país. Espero que nossas crianças possam dizer, “Seremos como o Sócrates”…
    https://www.facebook.com/campolimpoI

Tem algo a dizer? Vá em frente e deixe um comentário!

XHTML: Você pdoe usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Enquetes

Em relação ao impeachment de Dilma Rousseff, qual sua posição?

Ver Resultado

Loading ... Loading ...

Frase do dia

  • A riqueza de uma nação se mede pela riqueza do povo e não pela riqueza dos príncipes.”, Adam Smith.

ARQUIVO

agosto 2020
S T Q Q S S D
« mai    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Informação com Humor

MARCO BAHÉJornalista
É formado em Jornalismo e pós-graduado em História Contemporânea e História do Nordeste do Brasil. Foi repórter da Gazeta Mercantil para os estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Também atuou como repórter do Jornal do Commercio, editor da Folha de Pernambuco e repórter especial do Diario de Pernambuco. É correspondente da revista Época no Nordeste desde 2003. Tamb´m atua com publicidade e marketing eleitoral desde 2004.
PIERRE LUCENADoutor em Finanças
É doutor em Finanças pela PUC-Rio e mestre em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco. É professor adjunto de Finanças da UFPE e foi secretário-adjunto de Educação de Pernambuco. É autor de vários trabalhos publicados no Brasil e no exterior sobre o mercado financeiro, e participa como revisor de várias revistas acadêmicas na área. É sócio-fundador da Sociedade Brasileira de Finanças. Foi comentarista de Economia do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (TV Jornal e Rádio CBN). Atualmente é coordenador do curso de administração da UFPE, e Coordenador do Núcleo de Estudos em Finanças e Investimentos do Programa de Pós-graduação em Administração da UFPE (NEFI).