Podemos comprar títulos do governo sem o intermédio de um fundo de investimentos?

abr 1, 2007 by     26 Comentários    Postado em: Finanças

Do Info Money

Para aqueles interessados em diversificar seus investimentos e minimizar riscos, têm a sua disposição o Tesouro Direto. Para quem não conhece, este é o sistema através do qual pessoas físicas podem comprar títulos públicos diretamente pela internet.

Antes do Tesouro Direto, as pessoas físicas só podiam comprar títulos públicos indiretamente, através da aquisição de cotas de fundos de investimento cujos recursos eram, então, utilizados pelas instituições financeiras na aquisição de títulos públicos, o que poderia ser feito no mercado primário ou no secundário.

Entretanto, a partir da implantação do Tesouro Direto, os poupadores ganharam uma opção para investir seus recursos em papéis da dívida pública de uma forma rentável, segura e sem precisar da intermediação de qualquer instituição financeira.

O que há no mercado?

Isso pode até não ser uma novidade, mas, você sabe quais títulos públicos é possível comprar? Pois bem, quem vai ao Tesouro Direto encontra algumas opções entre papéis prefixados e pós-fixados.

São estas: Letra do Tesouro Nacional (LTN), Nota do Tesouro Nacional – série F (NTN-F), LFT (Letra Financeira do Tesouro), Nota do Tesouro Nacional – série B (NTN-B), NTN-B Principal e, por fim, Nota do Tesouro Nacional – série C (NTN-C).

Os papéis prefixados

As LTN são papéis com rentabilidade definida no momento da compra e resgate do valor do título em sua data de vencimento. Cada papel é adquirido com deságio e é resgatado por R$ 1.000,00.

Outra alternativa fica por conta da NTN-F, título com rentabilidade definida, acrescida de juros definidos no momento da compra. O pagamento dos juros é semestral e o resgate do principal na data de vencimento.

Pós-fixados

As LFT são, em linhas gerais, títulos com rentabilidade diária vinculada à taxa básica de juro da economia brasileira (Selic) e tanto o resgate do principal com o resgate dos juros ocorre quando do vencimento do título.

Já a NTN-B trata-se de um papel com rentabilidade vinculada à variação do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) acrescida de juros definidos no momento da compra.

O pagamento dos juros é semestral, enquanto o resgate do valor nominal corrigido fica para a data de vencimento do título. Há ainda uma outra opção, a NTN-B Principal, cuja diferença em relação à NTN-B é que não há cupom semestral de juros.

Por fim, a NTN-C apresenta diversas características em comum com com as NTN-B, porém sua rentabilidade é vinculada com a varaição do IGP-M, ao invés do IPCA.

Atendendo a vários gostos

Enfim, as opções são variadas e a escolha dependerá de critérios diversos. As expectativas para a taxa básica de juros, a vontade de proteger o capital da inflação e maior ou menor apetite pelo risco estão entre os fatores determinantes na escolha do papel que melhor se enquadra ao perfil do investir.

26 Comentários + Add Comentário

  • Amigo , Boa Noite , Tenho alguns títulos de dívida interna com perícia. Tem interesse em comprar!!!!

  • BOA TARDE, EU GOSTARIA DE SABER SE ESTE TITULOS SERVE P QUITAR DIVIDAS COM O BANCO DO BRASIL DE PESSOAS FISICA E JURIDICA SE ESTE TITULO SAO VENDIDO POR PREÇO BEM ABAIXO DO VALOR P RENEGOCIAR JUNTO AO BANCO.

    • Nilceu Rodrigues de Paula, peço á gentileza que entre em contato conosco o mais URGENTE possivel, no telefone (11)3466-9412.
      Atenciosamente.

  • OLÁ! EU GOSTARIA DE SABER SE ESSES TITULOS SERVEM PRA QUITAR
    BEDITOS DE PESSOA JURIDICA DO ESTADO DE MINA GERAIS?

  • Olá,

    Eu gostaria de saber se esses títulos servem para quitar saldos devvedores de financiamentos da casa prória.
    Obrigada
    Regina

  • A maéria conseguiu sanar minhas dúvidas.

  • OLA PRECISO PAGAR UMA DIVIDA ATIVA QUE ATUALMENTE ESTA EM 80 MIL REAIS.. COMECOU EM 25 MIL UFIR…
    PRECISO COMPRAR TITULOS DE DIVIDA VALIDOS PARA ISSO, COM VALOR DE DESAGIO ATRAENTE…
    FAVOR OS INTERESSADOS SE COMUNICAR COMIGO CTIBES@HOTMAI.COM

    GRATO

  • gostaria de comprar um carro do valor de 80.000 como faço para comprar com titulo quanto irei pagar nesse veiculo e gostaria de saber se cai 45% do valor?

  • PARA COMPRADORES DE LETRAS…TÍTULOS DO GOVERNO…SÓ PARA COPMPRADORES.

  • oi eu tenho um titulo de 1910 titulo do governo gostaria d saber si eli ainda vali dinhero ou uke devo fazer com eli eu n tenho nem ideia eli so servi pra pagar divida??

  • achei interessante a pergunta do Marcel acima datada de 09/06/2008. Gostaria de receber essa resposta. Obrigado

  • Boa noite…
    também tenho a mesma pergunta do Marcel e do Alex…é verdade com com a compra de títulos públicos consigo comprar um automóvel com pelo meno 40% abaixo do valor??
    Grato..

    • gostaria de saber sobre a resposta dp alex e do marcel se abaixa em 40% do valor do veiculo. se baixa me interessa

  • Realmente é ou não eh possivel comprar carros com 40 % a baixo do mercado com titulo do governo??
    e legal esse precedimento?

  • Posso comprar carro com titulos da divida publica ? e tem o valor abixo do valor de mercado ?
    Grato

  • Boa tarde, tbm gostaria de saber se é possível comprar automóvel com 40 % a baixo do mercado com titulo do governo??

  • Não entendo nada sobre esses titulos do governo queria por gentileza se alguém poder me explicar como funciona, favor mandar e-mail para amauricioborba@hotmail.com,
    como faço para comprar um titulo quanto tempo fio com ele como posso vender, quanto de lucro ele vai gerar pra mim..
    estou no aguardo
    Att. Amauricio

  • tambem gostaria de saber como se faz para comprar um carro nov ocom descontos, como outros participantes ja solicitaram e tb saber se é possive comprar caminhoes novos tb usando a mesma maneira de pgto.

  • olá gostaria de saber se é possivel adquirir veiculo com títulos da divida pública, se sim quais? onde adquiri-los?
    e qto a legalidade ?
    no aguardo

  • Tambem gostaria de saber se é possivel adquirir um carro com 40% a menos do seu valor???

    vgcaetano@uol.com.br

  • tenho 200 folhas de titulos da divida ativa rio de janeiro carioquinha 1951 P MEGOCIA

    • Amigo, esses títulos que vc possui valem quanto? ouvi dizer que servem apenas para colecionadores ou também servem para pagamento impostos e multas do governo?

      abraço

  • gostaria de saber comofaso para obiter essestitulo e qual valor aguadando resposta

    • entre em contato 021 27638689

  • Possuo R$ 22.000.000.000,00 em títulos do Governo do estado do Rio de Janeiro, estes foram atualizados e certificados por pessoa juramentada, negocio a 25% do seu valor, é ótimo para investimentos do estado ro Rio de Janeiro, ainda mais com este estado crescendo como está na área naval, petróleo e gás e no etanol.

  • Tenho débito com o governo referente a impostos icms em MT, posso comprar titulos para quitação e como fazer?
    grato

Tem algo a dizer? Vá em frente e deixe um comentário!

XHTML: Você pdoe usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Enquetes

Em relação às punições de corruptos...

Ver Resultado

Loading ... Loading ...

Frase do dia


  • “O homem de bem é um cadáver mal informado. Não sabe que morreu.”
    Nelson Rodrigues.

ARQUIVO

julho 2014
S T Q Q S S D
« set    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Informação com Humor

MARCO BAHÉJornalista
É formado em Jornalismo e pós-graduado em História Contemporânea e História do Nordeste do Brasil. Foi repórter da Gazeta Mercantil para os estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Também atuou como repórter do Jornal do Commercio, editor da Folha de Pernambuco e repórter especial do Diario de Pernambuco. É correspondente da revista Época no Nordeste desde 2003. Tamb´m atua com publicidade e marketing eleitoral desde 2004.
PIERRE LUCENADoutor em Finanças
É doutor em Finanças pela PUC-Rio e mestre em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco. É professor adjunto de Finanças da UFPE e foi secretário-adjunto de Educação de Pernambuco. É autor de vários trabalhos publicados no Brasil e no exterior sobre o mercado financeiro, e participa como revisor de várias revistas acadêmicas na área. É sócio-fundador da Sociedade Brasileira de Finanças. Foi comentarista de Economia do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (TV Jornal e Rádio CBN). Atualmente é coordenador do curso de administração da UFPE, e Coordenador do Núcleo de Estudos em Finanças e Investimentos do Programa de Pós-graduação em Administração da UFPE (NEFI).