Cliente denuncia que obra de condomínio de luxo tem fissura e térreo afundou

set 8, 2011 by     106 Comentários    Postado em: Financiamento Imobiliário

image

Nesta semana um “futuro morador” de um prédio de luxo em Boa Viagem me procurou, reclamando que a obra do prédio onde ele adquiriu um apartamento havia parado desde abril, e que a construtora dava notícias desencontradas sobre o fato.

Pois bem, segundo ele, depois de muita enrolação, a construtora teria confessado que o projeto havia apresentado um sério problema de fissura, fazendo com que parte do térreo afundasse.

A construtora em questão é a Cosil, e a obra é do Condomínio Riviera Boa Viagem.

Fui atrás da história que o comprador conta no email abaixo, e realmente algo acontece por ali. A obra está parada e para cada cliente a construtora aparece com uma versão diferente. O problema parece ser seríssimo.

Vale salientar que o cliente tentou, sem sucesso, publicar sua história nos dois jornais da cidade. Talvez um prédio afundando seja uma notícia menos importante do que o fechamento de uma academia em Boa Viagem, que mereceu até coletiva de imprensa na semana passada.

O cliente Fred Leite ainda reclamou que a construtora quer ressarcir o valor do imóvel pelo que foi pago até o momento, sem contabilizar sua valorização. Neste caso não concordo com o comprador, já que a construtora tem a obrigação do ressarcimento do que foi pago com correção pelo INCC, e não por valor de mercado.

Nem sei se seria vantagem para ele, até porque, cá pra nós, quanto será que vale um apartamento em um prédio com um problema desses?

Segue o relato de Fred Leite para o Acerto de Contas.

Riviera Boa Viagem (1)

Prezado Pierre

Comprei um apartamento no “Riviera Boa Viagem”, Torre Natura, unidade 3001, Construtora Cosil, com previsão de entrega para março 2013, o mesmo está no nome da minha esposa e do irmão dela. Segue abaixo situação:

· No mês de Abril/2011 percebi que a obra do “Riviera Boa Viagem” havia parado, entrei em contato com o “Relacionamento com Clientes” da Cosil e a Flávia Branco me informou que os funcionários estavam de férias coletivas.

· Na segunda, dia 02 de Maio, voltei a falar com o Relacionamento da Cosil, só que dessa vez por e-mail, mais uma vez a Flávia Branco mentiu, respondeu que: “No momento temos trabalhado em diversas atividades, tais como: fundação e estrutura de periferia e serviços nas torres”.

· Durante toda a semana passei diversas vezes na frente da obra e não vi ninguém trabalhando, na sexta, liguei novamente para Flávia Branco e disse que iria procurar meios legais de buscar informações concretas do que estava acontecendo. Nesse momento ela me pediu um pouco de calma e que iria me contar o que estava acontecendo.

· Segundo a Flávia Branco, por conta de um erro no projeto abriu-se uma fissura ocasionando um afundamento no térreo da Torre Natura, desliguei imediatamente o telefone e fui correndo para obra.

· Ao chegar a obra no final da tarde do dia 06 de Maio, fui atendido por 2 engenheiros que tentaram me explicar o que tinha acontecido mas não conseguiram, já que eles mesmos não sabiam o que na verdade podia ter acontecido. Inclusive um deles, o que se apresentou como responsável pela obra me disse que era melhor não sair soltando esse boato pela rua, que eu mesmo poderia sair prejudicado.

· Minha irmã também comprou um apartamento na mesma Torre, só que a Cosil não tinha conhecimento. Combinei com minha irmã e ela mandou um e-mail para o relacionamento no dia 11 de maio, com o seguinte texto: “Meu nome é Ana Gabriela, comprei um imóvel no RIVIERA BOA VIAGEM, na torre NATURA, Aptº 2504 e já faz mais de um mês que não vejo ninguém trabalhando na obra e gostaria de obter o mais rápido possível uma resposta/solução coerente”. Ela recebeu da Flávia Branco a seguinte resposta no mesmo dia 11 de maio: “No momento temos trabalhado em diversas  atividades, tais como: fundação e estrutura de periferia e serviços nas torres”. Como vocês podem perceber, mesmo a Cosil sabendo do problema, resolveu mentir para os clientes, inclusive o e-mail enviado por eles é “padrão”. Quando minha irmã falou para Flávia Branco que já sabia o que tinha acontecido e que era minha irmã, ela imediatamente marcou uma reunião com a diretora de Relacionamento.

· No dia 18 de maio recebi um e-mail da Flavia Branco querendo marcar uma reunião comigo e essa mesma diretora na sede da Cosil em Recife, marcamos para o dia 20 de Maio.

· No dia da reunião fui com minha esposa e fomos atendidos pela diretora de relacionamentos Rita de Cássia Tcacenco, ela nos explicou muito superficialmente o que estava acontecendo, e disse que a previsão de retorno da obra era 01 de Junho.

· No início do mês de junho, entrei em contato novamente com o relacionamento perguntando se a obra realmente iria ser retomada, fui informado pelo Gefferson que na semana do dia 15 de junho ele nos daria um posicionamento sobre o problema. No dia 16 de junho recebi uma ligação do Gefferson informando que a obra iria reiniciar na próxima semana, ou seja, 20 de junho, só que isso não aconteceu.

· No dia 21 de junho recebi o e-mail abaixo da Diretora Rita de Cássia:

“Com o propósito de manter nossos clientes informados, a Área de Relacionamento vem esclarecer sobre o andamento e a retomada das obras do Condomínio Riviera Boa Viagem, com foco nos seguintes aspectos:

1.       As obras serão retomadas nos próximos dias, com previsão de plena normalização no decorrer dos próximos três meses;

2.       Como precisávamos redimensionar os cálculos, por precaução, buscamos revisar o projeto, realizando as adequações das torres Natura e Acqua. Nesse sentido, foram contratados os trabalhos dos especialistas Francisco Graziano e Gamal Asfura, este de Recife, ambos renomados profissionais.

3.       Este episódio, já tecnicamente superado, Em princípio, não irá alterar o cronograma de entrega da obra.

4.       Como sempre, estivemos e permanecemos à disposição dos Clientes para oferecer  informações. Esclarecemos que todos os clientes serão contatados via telefone e reafirmamos nossa determinação de assegurar os esclarecimentos que se fizerem necessários.

- Como vocês podem verificar, em Junho eles “achavam” que as obras seriam retomadas com plena normalização, também disseram que este episódio tinha sido tecnicamente superado, nada disso aconteceu, pois a obra ainda está parada.

· No dia 22 de junho estive na obra para uma reunião com o Gefferson, o Dr. Gamal Asfura (engenheiro contratado pela Cosil para resolver o problema) o meu Tio, Dr. Eli Andrade (engenheiro calculista da Construtora OAS) e o engenheiro da obra (Hermany). Naquele momento, o Dr. Gamal nos explicou o que tinha acontecido. Só que, nenhum dos três representantes da Cosil conseguiu nos dar uma previsão de retorno da obra, inclusive o Gefferson disse que a maior dificuldade era conseguir a máquina que iria fazer o serviço, pois existe uma escassez no mercado por conta do número de construções que temos hoje no país.

· Durante todo o mês de julho telefonei para o relacionamento e em nenhum momento eles informaram prazo para retorno da obra. Perguntei diversas vezes ao Gefferson e a Rita se existia alguma previsão para reunião com os compradores, eles sempre respondem que estão analisando a viabilidade.

· No dia 01 de Agosto eu estava passando na frente da obra quando percebi a chegada da tão esperada máquina, mandei um e-mail no mesmo dia para Rita e Gefferson e recebi a seguinte resposta: “Já estamos cientes da chegada do maquina. Pedimos gentilmente aguardar o nosso breve posicionamento sobre os próximos passos.” – No dia 16 de agosto recebi um e-mail da Rita informando o início da obra de reforço estrutural, só que até esta sexta, 26 de agosto, a máquina continuava parada no mesmo local, sem uso. Antes o problema era conseguir a máquina, e agora, qual o problema que vão inventar ?

106 Comentários + Add Comentário

  • A imprensa a que vc se refere, capaz de omitir problemas como esse, mas, de cobrir o fechamento de uma academia de dondocas, um chá de casamento, ou ate os “agitos” da classe média vazia da provincia numa barraca de praia em Boa viagem; é a mesma que omite a truculência do Governo do Estado no trato com os servidores, a bagunça administrativa da prefeitura do Recife, e tudo isso pq??? Por conta das verbas publicitárias, e dos interesses excusos de veículos e profissionais de caráter duvidoso, que com seus “bloguinhos” puxam saco, omitem, mentem, estupram a opinião pública.

    Esperemos então amigos, que ao menos esse Ministerio público mediocre que temos, preocupado muito mais com exposição midiática, intervenha nesse episódio, e cobre da construtora uma retratação, e sobretudo, uma postura respeitosa, decente, e profissional. Esperemos, e torçamos pra que os danos aos compradores não sejam irreversíveis, e pra que a coisa se resolva e não vivenciemos uma tragédia…

    • tu vai esperar algo do MPPE?

      Boa sorte…

  • Porque ninguém comenta a situação precária das moradias das periferias? Aposto que tem bem mais problemas do que apenas um piso afundado.

    • Isso pode representar um perigo a quem circula por perto.

    • Um piso afundado não.
      É um prédio de 30 andares cujo térreo está afundando

      • mais um edifício de 30 andares…
        quem olha recife de longe vê a realização dos sonhos dos arquitetos mais estúpidos do stalinismo. um bocado de blocos de concreto quase iguais e retangulares…
        Parece que vc tá no subúrbio da polônia ou de uma cidade do interior da rússia, mas sem os distanciamentos entre os prédios.

        numa cidade tropical, em que o tempo é sempre bom, conseguiram tornar tudo um caos. O resultado, é a deliciosa sensação que se tem ao passear num final de tarde, em qualquer rua dos bairros centrais da cidade. Ao invés de um agradável passeio o que se ganha é stress, por conta do barulho, da confusão, do calor insuportável sem ventilação…

        Tudo bem, sempre fomos pobres e nunca tivemos capitalismo de verdade, senão apenas guerra absoluta entre individuos e o controle das leis e regulamentos por quem tem mais dinheiro e poder.

        O que espanta é que, ainda hoje, se insiste no mesmo erro. Sem nenhuma reflexão de todos nós sobre isso.

        meu deus do céu…

        • “O que espanta é que, ainda hoje, se insiste no mesmo erro. Sem nenhuma reflexão de todos nós sobre isso.” [2]

        • Muito lucido Pablo!

        • Concordo, Pablo, mas vai falar isso pra classe média que se acha milionária por que comprou um “apertamento” e vai passar 15, 20 anos pagando…

        • roberto, deixe de generalização. Muita gente de classe média concorda com Pablo.

        • Graças a Deus!

          Obrigado, Pablo.

          Torno meu esse seu comentário, só que o transfiro para a desgraça do Parque D. Lindu.

          Somente a burrice concretada stalinista pode considerar se contruirem dois penicos sem janelas, sem aproveitar o vento e o sol, mesmo sendo em frente ao oceano, e ainda se considerar ponto turístico.

          Foi uma obra da antiga Alemanha Oriental.

          A diferença é que nesses prédios, o dinheiro é particular…

        • Posso falar de mim. Não moro numa gaiola dessas nem a pau. Se faltar dinheiro, muito mais agradável morar num ap, inclusive maior, num prédio antigo baixo, sem pilotis. Ainda se encontram muitos pela cidade.

        • Perfeito, Pablo. Penso da mesma forma. Gaiola é para passarinho.

      • Qual o endereco dessa bomba em construcao para eu passar bem longe? Vai ser um novo “Areia Branca” (aquele predio que desabou em Piedade em 2004) desta vez em Recife?

      • Meninas, adoro o blog. Descobri no ano passado em uma rgrtpoaeem do G1 e desde le1, leio SEMPRE. Como sigo no twitter tb, de1 para saber sempre que tem algo novo, e com voceas descobri outros blogs que eu A-D-O-R-O como o Unha Bonita.Tem ve1rios itens baratinhos e f3temos que eu descobri aqui, mas o mais importante e9 esse movimento por querer estar bem e se curtir.Bem, sei que vcs se3o pessoas normais e atarefadas, mas sinto falta das resenhas das leitoras pq ai diversifica mais as ide9ias e produtos encontrados pelo Brasil afora (sou de Niterf3i, RJ) e algumas coisas se3o difedceis de achar.De qq maneira parabe9ns pelo blog e feliz 2010!

  • Sózinhos, os arquitetos não tem responsabilidade sobre o caos. A legislação urbanística – quase sempre definida pelos interesses imobiliários – é que tem que ser mudada, para que as edificações tenham uma escala humana. Já temos alguns avanços, como a Lei dos 12 Bairros, mas que tem que ser estendida a um território maior da cidade.

    • Não sei se essa lei vale de nada não. Aqui nos Aflitos, num raio de uns 400 metros, tem uns 5 prédios inaugurados nos últimos três anos e mais uns 5 em andamento. Além disso, metade da minha rua é de casas compradas pelas construtoras — para que?

      (Para piorar, deixam essas casas abandonadas sem manutenção e elas viram focos de mosquitos da dengue).

    • Mesmo eu nao tenha comprado o apartamento fico , surpresa cm essa Noticia do Riviera Boa Viagem , ia compra por causa da VARANDA mais sorte que eu nao gastei um dieirão por essa Dispresa de clientes do Riviera Boa Viagem , vces já enventarão uma nao enventem outras !

  • Vergonha.

  • A imprensa gosta é quando o prédio cai!!!!! Quando caixões desabam num instante estão lá!!!!!

  • O setor imobiliário é, junto com o de automóveis, o maior anunciante fixo dos jornais…

    • Por esse motivo o DP e o JC tiveram MEDO de publicar qualquer notícia sobre o assunto. E ainda dizem que a “censura” acabou no Brasil, pura demagogia…

      • Só muda o cen$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$or!!!!

  • É fundamental que os moradores se reunam para exigir da construtora um laudo técnico do que aconteceu e o que está sendo feito para corrigir o erro. E da mesma forma, após a conclusão dos reparos devem exigir um atestado de que a obra está apta a ser habitada.
    Esse é um imóvel que terá um número relevante de moradores e sem dúvidas, a partir do momento que haja a união destes a construtora terá que rever a forma que vem tratando esse caso.

    Independente do investimento, estamos tratando de VIDAS que podem ser drasticamente penalizadas, mediante à irresponsabilidade das pessoas responsáveis pela obra.

    Não podemos calar diante desse fato!!!!

    Sou uma das futuras moradoras e meu e-mail para contato é jakelynesb@yahoo.com.br.

    Atc,
    Jakelyne Barbosa

    • Como eles podem dizer que falaram com todos os moradores, se até o dia 26/08 ainda tinha gente sem saber ? Como é o caso da compradora Patrícia, que fez uma denuncia no site “Reclame Aqui”. Com relação a obra ter recomeçado é outra mentira, quem quiser pode ir até o endereço da mesma, vai perceber que a única coisa que estão fazendo são novos estacamentos, inclusive uma máquina chegou hoje (09/09), desde Abril quando EU descobri o problema que eles estão passando informações desencontradas e mentirosas (tenho provas), já que minha irmã também comprou no mesmo prédio e “combinamos” algumas coisas para pegar a Cosil na mentira, E PEGAMOS… Com relação a ter “mistério” no prédio, porque eles não entregam aos moradores um laudo do que aconteceu ? Até hoje solicito esse laudo e nunca recebi, a última resposta que tive com relação a esse assunto foi que iriamos receber daqui há 90 dias, mas a outra compradora, no mesmo dia, disseram 60 dias. Cosil, falar é fácil, quero ver PROVAR…

  • Perderam o foco completamente ao comentarem o que todos estão carecas de saber.

    Temos é que reunir todos os compradores do Riviera Boa viagem e exigir, a rápida correção dos problemas encontrados na construção do edificio.

    Este fato já é de conhecimento de todos os corretores e imobiliarias do estado, fazendo com que nosso investimento e sonho de ter uma casa propria se desvalorize tornando quase impossivel uma negociação.

    Não podemos permitir que a cosil escolha o tempo que ela bem entender, vamos cobrar e exigir medidas imédiatas.

    • Pois é Jaccj, é por esse motivo que eu e minha esposa queremos desistir desse problema chamado “Riviera Boa Viagem”. Caso você queira entrar em contato meu e-mail é: fredleite@gmail.com – Como disse a também compradora Jakelyne logo acima, o mínimo que a Cosil deveria fazer era entregar aos compradores um laudo oficial, por esse e tantos outros motivos é que estou pensando seriamente em desistir. Eles insistem em dizer que estão sendo transparentes, mas não estão, não foram no início e não estão sendo agora. Para uma Empresa que está há 46 anos no mercado (de Aracaju, diga-se de passagem), e quer entrar em um mercado tão competitivo, promissor e exigente como o de Pernambuco, eles deveriam ser mais profissionais. É como já conversei com diversas pessoas ligadas ao assunto, talvez por nunca terem passado por tal situação, trataram o assunto de maneira amadora e irresponsável, ao passar informações no início de que os funcionários estavam de férias coletivas, quando na verdade o problema era muito mais grave.

  • Eu é que não moraria nesse prédio bichado.
    O que a Construtora tem que fazer eh chamar o pessoal que comprou, devolver o dinheiro corrigido e partir para outra.

    Paulo

  • Opa Fred, tudo bom!

    Meu cunhado é do ramo imobiliário e teve a seguinte conversa com o dono de uma construtora, que deu os seguintes esclarecimentos;

    Em reunião com a empresa que esta executando a obra no Riviera e eles disseram que foi sim um erro no cálculo do vento incidente sobre o prédio, o que levou o mesmo a balançar mais que o normal e com isso rachar o terreo… ( NÃO AFUNDOU NÃO PESSOAL, PQ SE AFUNDASSE IRIA LEVAR O PRÉDIO TODO ABAIXO) e com isso se fazia necessário um reforço no prédio (vai ser feito nas duas Torres).

    Em mais detalhes foi informado que é uma ocorrencia “normal”, mas com uma alta gravidade, que deve ser feito correções na estrutura com urgência, pois compromete o edifício. Foi necessário consultar três engenheiros e por voto unânime, deveriam criar um novo cinturão de sustentação, que irá modificar até a estética externa do edifício, tendo que trazer essas benditas máquinas especiais, para este tipo de trabalho.

    “Pra mim que não sou engenheiro, parece ser uma boa “Gambiarra”, mas que deverá resolver o problema”

    O problema é que ainda não vi niguem arrancando nem um prego!! Devemos exigir é a retomada imédiata da construção, já que as máquinas chegaram, os funcionários já voltaram das “férias coletivas” e todas as outras desculpas não tem mais validade.

    Vou te enviar um email para mantermos contato, quem sabe dando tudo certo, seremos futuros vizinhos.

    • Ola Jaccj,

      Sou comprador de uma unidade e sou engenheiro, sua versão está correta, não foi considerado o esforço de carga de vento de 2 grau, A COSIL não falou isso para nenhum morador, soube através de um contato com um projetista e posso garantir que isso não é normal principalmente para um edificio com mais de 25 lajes, não concordo com vc sobre a gambiarra, inclusive o método executivo do reforço estrutral foi um dos mais caros. A COSIL não está sendo transparente e vou procurar meus diretos, não tenho interesse nesse empreendimento.

  • Vamos ser práticos, pois problemas semelhantes se sucedem. Deveria ser obtido dos poderes competentes a divulgação repetitiva disponivel aos adquirentes de unidades dos nomes e endereços dos mesmos, e-mails, etc. Deveria a construtora disponibilizar local para reuniões mensais dos adquirentes. Assim, situações como essas seriam de logo divulgadas e providencias em grupo seriam tomadas. Entendo que o problema apontado, muito embora suscetível de acontecer, mesmo por culpa, merece ser tratado com todo o cuidado pelos promitentes compradores, haja vista que quebrou-se o elo de confiança com relação à obra e houve uma prévia desvalorização das unidades, independentemente de qualquer procedimento exitoso para a recuperaçao estrutural. Confiança é algo imaterial, subjetiva, e às vezes ela nunca é recuperada. Ademais, dentro da natural expectativa de eventual futuro colapso da obra, em futuro incerto, entra em cena a capacidade economica da construtora, traduzida pela sua aptidão em assumir um grande prejuizo. E mais ainda: o nosso encadeamento jurídico ainda não alcançou um nível de aperfeiçoamento que assegure aos compradores o pleno e rápido ressarcimento do dinheiro virado pó, se ocorrer. Vide recentes casos que se arastam nos tribunais.

    Quanto ao mito de que não cabe ressarcir o dinheiro desembolsado acrescido da sua desvalorização, tenho a
    lembrar que, QUEM ESTÁ CUSTEANDO A OBRA, OU PARTE DELA, É O COMPRADOR DE CADA UNIDADE. Com a interrupção dos trabalhos e talvez sua debacle, esse comprador além de perder seu investimento, PERDEU TAMBEM A OPORTUNIDADE DE REALIZAR UM OUTRO NEGOCIO.
    Alberto Freitas.

  • Eu ia logo na delegacia do consumidor, MP, corpo de bombeiros, codecip, colocava materia paga em jornais, outdoors pela cidade, enfim, vcs compradores tem que fazer barulho e pressionar a construtora a retomar IMEDIATAMENTE o retorno das obras, antes que eles aleguem que falta dinheiro pra fazer a gambiarra do tal cinturao de concreto pra amarrar o predio. Querem apostar quanto que vao cobrar de vcs?

  • Olá pessoal, também sou proprietário no mesmo condomínio e gostaria que vocês anotassem o meu e-mail para mantermos contato e novas informações. bralencar@uol.com.br
    Abçs
    Breno Alencar

  • Quanto a fazer uma reportagem em Recife que cause impacto na população, só vindo do governo estadual, municipal ou federal. Já solicitei várias vezes à cttu e ao detran, que analizassem o trânsito perto do local deste prédio sda Cosil e nada foi feito. AGORA, QUE A MAIORIA DESTES RECLAMANTES VOTOU NESTE GOVERNO E VAI VOTAR NOVAMENTE, NÃO TENHO DÚVIDA.

  • INFELIZMENTE ESTAMOS SUJEITOS A ISSO AÍ.

  • Tb sou proprietário, e deveríamos cria uma comunidade no orkut. Para que possamos debater e tomar providências. Meu Email: vitorvalen@yahoo.com.br

  • Ontem (09/09), passei na obra e vi a máquina chegando. Liguei para Fred(meu cunhado) e fomos para lá, pois eu e minha noiva, adquirimos uma unidade na torre Natura. Pedimos para falar com o engenheiro da obra e ele não nos recebeu. Lógico que mandou dizer que estava em reunião. O mesmo engenheiro que disse ao Fred para não ficar “espalhado para ele não se dar mal”. Entrei em contato com minha noiva informando o ocorrido e disse a ela que enviasse um email para a Cosil solicitando o distrato da compra. O Jefferson respondeu com toda aquela “baboseira” de sempre, dizendo que entraria em contato para mais informações, informações estas que desde maio, último contato feio comigo, que espero. Ele mandou-me os valores corrigidos pelo incc e pode acreditar, estava faltando dinheiro. Demos quarenta e dois mil de entrada e no cálculo informado veio faltando dez mil reais que acredito que foram usados como comissão dos corretores. Esse laudo está pronto a muito tempo e existe a demora em reunir os compradores e repassar esse bendito informando com clareza o problema e soluções. A Cosil está tentando ganhar tempo. O MP, acredito que já saiba do fato, o que precisamos é que cada comprador faça uma queixa formal. Não tenho muita certeza se o MP de Pernambuco seja competente para resolver o caso e obrigar a Cosil a agir com clareza. O que fica claro diante disso tudo é que a Cosil, com todo o seu dinheiro e influência nos jornais, está dando uma embromada em nós.

    • PROCURE UM ADVOGADO BOM.

      Se pegar um safado, dos q eu vejo por aí, vocês com um bom direito vão perder…

  • Pois é amigos, quando procurei o JC e o DP para falar sobre o assunto “Riviera Boa Viagem” eles me CENSURARAM… Depois da notícia que saiu aqui no “BLOG ACERTO DE CONTAS” o JC publicou uma “notinha” bem discreta a respeito do assunto:

    “Com o desenvolvimento acelerado da construção civil em Pernambuco, o CREA-PE necessita ampliar sua fiscalização. Tem edifício grande que não pode ser terminado porque as fissuras estão aparecendo às dezenas. Até um condomínio de duas torres em Boa Viagem se encontra na UTI dos imóveis”.
    Reporter jC

    Muito obrigado Pierre Lucena, por ter acreditado na nossa causa.

    Fred Leite
    fredleite@gmail.com / (81) 9254.4247 – 8795.0357

    • Para isso que serve a internet e as redes sociais…

  • dica: peça o laudo da sondagem do solo, e verifique o projeto de fundação.

    uma sondagem tem um custo de aproximadamente 0,05% a 0,22% do custo total da obra…
    certamente vão gastar muito mais para desfazer a burrada….

    • Já pedimos Carlos, e quem disse que eles entregam ? É muita conversa fiada, despreparo total… Fica só inventando um monte de mentiras pra não entregar o laudo…

      • O problema não foi o solo, não é recalque e sim um erro no dimensionamento do projeto estrutural.

  • Olha, eu vi todo o tipo de comentários aqui.
    Uns, de pessoas que demonstram total desconhecimento acerca do problema ocorrido, mas que mesmo assim não perdem a oportunidade de denegrir seja lá o que for.
    Outros, de pessoas que, ou ainda não tiveram contato com a COSIL ou que já tiveram, mas não compreenderam direito o que ocorreu.
    Antes de prosseguir deixe-me dizer que sou proprietário de uma unidade desse empreendimento e não tenho nenhum vínculo com a COSIL.
    Ao contrário do que dizem em alguns comentários feitos aqui, eu fui informado por e-mail, por carta e por telefone acerca do problema ocorrido, sendo pois incorreta a informação que eles negligenciaram em informar às pessoas sobre o problema.
    Tive o cuidado de agendar uma reunião com a equipe técnica que durou cerca de 2 horas, onde foram respondidas às minhas perguntas e explicado detalhadamente o ocorrido e quais providências estavam previstas para serem adotadas.
    Não vou entrar aqui em explicações técnicas até porque não sou engenheiro e tenho o hábito de só opinar sobre assuntos acerca dos quais eu possua conhecimentos.
    Porém, pelo que me foi dito, não houve e nem está havendo nenhum afundamento, inclusive tem sido feitas inúmeras medições a laser com um equipamento de ultra precisão.
    Não houve “rachadura” e sim “fissura” em apenas uma coluna da torre Natura.
    Nessa reunião também estava presente uma representante comercial que informou que, visando a total tranquilidade dos clientes, a COSIL estava oferecendo duas opções àqueles que assim o desejassem: 1) suspender os pagamentos das mensalidades até que a obra recomeçasse a pleno vapor, ocasião em que aos clientes retomariam os pagamentos sem nenhum acréscimo de juros. 2) Fazer o distrato sendo que a COSIL devolveria todo o dinheiro já pago, inclusive referente a corretagem.
    Apenas para simples verificação, pedi que me enviassem o cálculo de meu distrato e após alguns dias eles o enviaram por e-mail rigorosamente correto, inclusive com a corretagem que eu havia pago. Em verdade é preciso dizer que não haviam incluído a correção monetária nos cálculos.
    Voltando ao problema técnico, o que me foi informado foi o seguinte: durante uma inspeção de rotina um engenheiro constatou a existência de uma fissura em uma das colunas da torre Natura. Por precaução, eles paralisaram imediatamente a obra e contrataram dois profissionais de renome para fazer uma análise técnica de todo o projeto e indicar as providências que deveriam ser tomadas.
    É claro que, por ser um trabalho razoavelmente complexo, uma analise deste tipo não é feita em apenas uma noite, sendo por isso o motivo esta demora.
    Chegaram a conclusão que aquelas colunas (das duas torres) deveriam receber um reforço desde a fundação o que, segundo eles, resolveria definitivamente o problema.
    Como se tratava de um problema complexo, pois não poderiam utilizar as máquinas comumente usadas neste tipo de serviço, eles estariam contratando duas máquinas sendo que uma delas seria importada.
    Ainda, segundo o que me foi dito, uma vez terminado o reforço recomendado nas colunas, a obra retomaria o seu ritmo normal.
    Vou repetir para que fique bastante claro: não sou engenheiro, mas também não sou totalmente leigo a ponto de não entender absolutamente nada do que me está sendo eventualmente explicado. PARA MIM AS EXPLICAÇÕES FORAM SATISFATÓRIAS!
    Porém, aconselho à todos que estejam com alguma dúvida que procurem um engenheiro de sua confiança e que também agendem uma visita a fim de receberem todas as informação que julguem necessárias para sua tomada de decisão. Só não aconselho é que fiquem dando ouvido à “conversa mole” de ninguém, pois pois como sabemos, existem pessoas que adoram “ver o mar pegando fogo só para comer peixe assado”.
    Portanto, vou continuar pagando e esperando que o empreendimento continue e seja entregue normalmente dentro das cláusulas contratuais.
    Pesquisei na internet acerca da idoneidade dessa empresa e não achei nada desabonador a seu respeito.
    Para terminar, gostaria de pedir AOS PROPRIETÁRIOS que antes de passar à frente informações inconsistentes e que tenham origem no famosa “ouvi dizer que blá, blá, blá…”, procurem a COSIL e exijam informações oficiais, pois se esta conversinha de que “o prédio está afundando”, “o prédio vai cair”, “a COSIL está apenas ganhando tempo”, etc., continuar, nós proprietários é que estaremos perdendo, pois o empreendimento fatalmente sofrerá desvalorização.

    • Caros,
      Não cheguei a ler todos os comentários, li alguns de forma aleatória. Contudo, dos que li, o mais sensato foi esse do Júlio. Não sou engenheiro cívil (Sou engenheiro eletricista), mas na minha área acontecem coisas similares, do ponto de vista técnico e as coisas sempre se resolvem. E, convenhamos, a engenharia civil no Brasil já atingiu níveis técnicos muito bons. Na empresa onde trabalho, temos muitas obras civis e já convivi com alguns problemas dessa natureza (Não é construção de prédios), pois no meu caso, as engenharias elétrica e civil são interdenpendentes. Ademais, tenho uma pessoa muito próxima que é engenheiro projetista e possui uma empresa que projeta e faz fundações, inclusive tem como um de seus clientes a Moura Dubeux. Pois bem, ontem conversamos bastante sobre o assunto. E, para resumir, ele me disse o seguinte: Já me deparei com alguns problemas dessa natureza e todos foram resolvidos. Não quero dizer, entretanto, que esse caso (O da COSIL) seja resolvido, apenas digo, que todos os problemas similares que participei ou tomei conhecimento foram resolvidos. E mais, assim que comecei a relatar o fato, ele me enterrompeu e perguntou: Quantos andares tem o prédio e em que estágio está aconstrução: Quando lhe respondi que eram 30 andares (Alíás nem estava tão certo que eram 30) e qua estava na décima segunda lage(Acho), ele comentou, menos mau, já vi problemas maiores serem resolvidos.
      Por fim, amigos, encerro meus comentários com três observações importante:
      1. Para mim a COSIL informou o problema por e-mail e por telefone em três oportunidades.
      2. Colocou-se à minha disposição para agendar uma reunião com o técnico responsával para os devidos esclarecimentos. Não tive tempo, ainda, mas pretendo marcar essa reunião.
      3. Por fim, concordo totalmente com o Júlio, quanto à polêmica criada em torno do assunto, envolvendo inclusive, quem não é proprietário, visto que só teremos a perder com isso. A minha decisão está tomada. Vou continuar pagando regularmente as mensalidades e intercaladas e, claro, acompanhar mais de perto a solução do problema. Acho ser esta a melhor política, nesse momento.

  • Esse Fred Leite
    Ou é um sujeito encrenqueiro contumaz ou é um nênê que presisa tomar muito leite para amadurecer.
    Quem j´se viu tirar conclusoes precipitadas em um assunto tao complexo .O melhor teria sido procurar uma pessoa especializada no ramo para analisar o problema e nao sair denegrindo a imagem de uma empresa colocando em risco inclusive o seu patrimonio.
    è assim que quebram emprezas se o assunto fosse comigo vc iria receber um tremendo processo pelas costas e pagaria caro pela sua inrresponsabilidade .
    N ao conheço a empresa cosil e minhas consideraçoes estou tomando por base que seja uma empresa séria.

    • meu amigo, existe uma coisa chamada risco empresarial, que todo empresário tem que assumir quando resolve abrir uma empresa. Ser empresário não é fácil. Não é pra qualquer um. É muita responsabilidade. É por isso que tem tanta empresa que fecha, o cara acha que é fácil, abre uma empresa e acha que é fácil brincar de empresário. Não estou dizendo que é o caso da empresa A, B ou C. Estou falando de forma genérica.

      Quer moleza, fingir que trabalha, pernas pro ar, roda de samba e caipirosca? Vá trabalhar pro governo.

      Ser empresário sério e competente no Brasil hoje em dia é pra muito poucos. Paga bem, mas dá muuuuuuito trabalho.

    • Apesar de não ser obrigado a te dar satisfação, segue:

      1º) Seja HOMEM, não fique usando meu nome no título, use o seu.

      2º) Não tirei nenhuma conclusão precipitada. Só para seu conhecimento, no mês de Junho estive na obra para uma reunião com o pessoal da Cosil e meu tio, diga-se de passagem, um dos melhores engenheiros que existe no Brasil. Você já ouviu falar na Usina Belo Monte ? Talvez não, deve ser uma pessoa burra e desinformada, pois bem, ele é “apenas” um dos engenheiros calculistas dessa “pequena” obra. Você sabe o que ele me disse assim que saiu da reunião na obra ? A Cosil sabe.

      3º) Não estou denegrindo a imagem de Empresa nenhuma, tenho fatos comprovados de que a Cosil no início tentou “mascarar” o problema, talvez se você tivesse sido homem e se identificado eu te mandasse tais documentos.

      4º) Com relação e receber um processo da Cosil, eles que fiquem bem a vontade para fazer, será um prazer. Só não sei o que eles iriam alegar, até porque quem está mentindo aqui não sou eu.

      5º) É muito estranho o fato de você dizer que não conhece a Cosil e fazer tamanha defesa. Já que você não conhece, vá no site – http://www.reclameaqui.com.br – e pesquise sobre a Cosil. Você tera algumas surpresas, como por exemplo uma moradora que no dia 26/08 ainda não tinha sido comunicada do fato, ou seja, será que 4 meses depois de ter acontecido o problema a Cosil não teve tempo pra entrar em contato com a compradora ?

      6º) Agora vem a melhor parte, minha irmã (que também é uma compradora) me ligou dizendo que uma pessoa tinha me detonado no blog, na hora fiquei um pouco irritado, mas confesso que ao ler seu texto me diverti bastante. Não é todo dia que vejo uma pessoa tão importante como você escrever:

      - nênê (isso mesmo, com dois acentos);

      - Quer dizer que o plural de “empresa” é “emprezas” ??? Caramba, não sabia que se colocava o “z” no plural, gostei dessa nova regra;

      - Agora o melhor: iNrresponsabilidade – Sem comentários…

      Atenciosamente,

      Fred Leite
      fredleite@gmail.com

  • Meu nome é Paulo Miguel Coelho
    Nao usei meu nome por que é a primeira vez que ponho comentario neste blog e te peço desculpas ,mas para de deixar mais a vontade vou te dar meu telefone 96554746 meu endereço de tou por telefone e mantenho meu ponto de vista vc deve ser um encrequeiro contumaz.
    Em relaçao ao restante dos comentarios nao vou perder meu tempo pois vc deve ser um moleque totalmente DESESCLARECIDO.

    • Paulo quem esta falando e a irmã do fred só acho que vc tem algum vinculo com a cosil, porque o que ela esta fazendo é destruir com o sonho de várias famílias. Guarde sua opinião para vc já que não é morador e por favor não fale mal do meu irmão.

      • Irmã de fred
        Desculpa se lhe incomodei não foi meu objetivo atacar seu irmão, não tenho a menor idéia da Cosil minha posição pode ficar certa foi tentar defender o lado empresarial do qual faço parte .
        Infelizmente uma classe extremamente mal compreendida. Mas pode ficar tranquila que as vezes da desavença nasce um bem maior que é a amizade estive com seu irmão gostei muito dele e acho que ganhamos um amigo .
        Um abraço
        Paulo

  • Soube que aconteceu o mesmo problema no prédio que a Cosil está construindo na Caxangá (Torres do Mirante). Alguém me falou algo sobre um recalque de 10cm. A construção parece estar parada.
    Talvez a construtora não tenha feito os estudos de solo de forma adequada…

    • “alguém me falou…”

      Ok… Boataria, vemos aqui.

      • Bem, não é boataria, pois foi uma pessoa que trabalha há 25 anos na área da construção civil aqui em Pernambuco. Você não esperava que eu citasse o nome, não é?????

        • Sim, espero mesmo que você dê nome aos bois. Esta pessoa com 25 anos na área, trabalha na obra em questão?

          Espero também que seja extremamente prudente ao repassar informações que não pode fundamentar, ou citar fontes…

      • Falha minha. Deveria ter sido mais clara no primeiro comentário.

        • Carla,

          Me desculpe, mas tenho que concordar com o Fábio, enquanto nada for esclarecido tudo não passa de boato. Quando conversei com o redator do Blog fiz um relato completo de tudo que estava acontecendo, exatamente para não ser chamado de “boateiro”, como fui chamado pelo Engenheiro da Cosil no dia da minha primeira visita a obra em Maio. Depois de mostrar todos os fatos e argumentos esse Engenheiro nem me recebe mais na obra, manda dizer sempre que está em “reunião”. Antes de levantar qualquer assunto dessa natureza é bom estarmos bem seguros e com o maior número possível de documentos e provas. Não estou dizendo nem que é nem que não é, até porque não comprei o “Torres do Mirante”, mas seria melhor você rever suas colocações, como por exemplo, essa questão de que foi uma pessoa que trabalha há 25 anos, isso não quer dizer muita coisa, no meu modo de pensar. Desculpe qualquer coisa.

          Fred Leite.

        • Não só mais clara, como mais prudente…

  • Boa noite à todos,
    Quando o empreendimento foi lançado, na média, o preço do m2 foi comercializado em torno de R$ 2.900,00.
    Atualmente não seria negociado por menos de R$ 5.000,00.
    O sonho de comprar um imóvel próprio e sair do aluguel, ficará muito mais longe caso seja feito um “distrato” com a construtora, pois teremos somente a correção do dinheiro.
    Acho que a Cosil não seguirá em frente caso o prédio esteja condenado, caso contrário seguirá até o fim e cumprirá o seu compromisso com os seus cliente, de forma segura.
    Seria muita irresponsabilidade colocar em risco centenas de famílias que irão morar lá.
    Bem…vamos aguardar o tão esperado laudo e uma posição definitiva da Cosil.
    Breno Alencar
    105,805,1005 e 1102 Torre Natura.

  • Breno imagino que você deve estar muito assustado com toda essa história (Proprietário 105, 805, 1005 e 1102 Torre Natura), por isso acho muito prudente sua posição.
    Agora não sou muito a favor da especulando imobiliaria que estão fazendo aqui PE (2900/m2 na planta e quanto pronto?).
    Caso todos pense em investir (especular) como você fez com certeza a bolha imobiliaria vai acontecer e quem não tiver tempo de sair da mesma pode quebrar. Cuidado!!!!!
    Obs.: Estou com vocês nesta causa até pq tb tenho empreendimento com a Cosil fora de PE.

    Boa Sorte
    PH.

  • Tudo bem, sejamos prudentes e não tomemos decisões precipitadas, mas quando é que a Cosil vai se pronunciar a respeito do assunto, falo em nos reunir e dar clareza aos fatos? Para a Jakeline eles deram um prazo de 60 dias, já para o Fred eles alegaram 90 dias. Se o laudo existe e este é positivo, não há porque demorar. Também comungo da mesma opinião do Breno, todavia falta transparência da construtora. Até esta semana tinha comprador sem saber do caso.

    Eliton Mendes
    2504

  • Gente, Comprei um apt no Riviera 2504 Junto com meu noivo Eliton Mendes que escreveu logo acima. Estou muito aperriada com toda esta situação. Vamos marcar uma reunião com todos? o que acham?Entrem em contato comigo por favor para marcarmos.

  • Pessoal,
    Acabei de mandar um e-mail para cada um de vocês, caso conheçam mais alguém vamos contactar para marcarmos uma reunião com o Gefferson da COSIL para esclarecermos de uma vez por todas o que esta contecendo.
    edson_murilo@hotmail.com; italamacedo@hotmail.com; Jakelyne.Barbosa@wal-mart.com; miltonfs_recife@hotmail.com; jujuparente@gmail.com; mmm.araujo@yahoo.com.br; jakelynesb@yahoo.com.br; bjunior1974@hotmail.com; elitonsimes@yahoo.com.br; cinthia_morais@yahoo.com.br; jakelynesb@yahoo.com.br.; bralencar@uol.com.br; sergiofeitosa@hotmail.com; fredleite@gmail.com

  • DICA DE SAÚDE

    Cuidado com o Mau Humor!

    Seja no trabalho, em casa ou com amigos o ser humano recebe uma carga de cobrança, fazendo com que fiquem mais exigentes e rígidos consigo mesmos e com outros. Esse fator pode contribuir para o aumento considerável de pessoas constantemente estressadas e mau humoradas.

    Para a Medicina este sintoma da vida moderna pode desenvolver um distúrbio psiquiátrico denominado Distimia, caracterizado pela constante presença do mau humor, associado à irritação, baixa auto-estima, fadiga, dificuldade de concentração, sentimentos negativos dentre outros sintomas.

    Dicas para melhorar o humor:

    Evite guardar mágoas e ressentimentos;
    Aumente os momentos de lazer com familiares e amigos;
    Pratique atividades como dança, caminhadas, exercícios físicos regulares, atividades culturais e não se stresse com Riviera Boa Viagem a cosil vai arruma um jeito de tirarem vocês dessa.

    Boa Sorte.
    PH

  • Venho acompanhando os comentários e acredito que todos os futuros moradores compartilham do mesmo sentimento (ver a obra finalizada, com as devidas correções, e TER PLENA CERTEZA DE QUE É UMA CONSTRUÇÃO SEGURA). Entretanto, o que irá garantir que isso é real será “um atestado” formal (documento), apresentado pela construtora e órgãos competentes ao término dessas medidas corretivas.

    Como ainda não estamos nesse patamar, o que nos manterá confiantes na construção e consequentemente na construtora SERÁ O RECEBIMENTO DO LAUDO TÉCNICO, QUE ATÉ O MOMENTO NÃO FOI APRESENTADO (para mim informaram um prazo de 60 dias- até 02/11/11).

    Também participei de uma reunião no escritório de Recife em Ago.11 e assim como pontuado aqui, mencionaram tudo que estavam fazendo para corrigir e que não era nada grave… MAS ENQUANTO NÃO TIVERMOS NADA QUE FORMALIZE O QUE ESTÁ SENDO DITO, INFELIZMENTE SERÃO APENAS PALAVRAS SOLTAS. E COM ISSO NÃO TEREMOS COMO JUSTIFICAR, EM CASOS DE FUTURAS VENDAS, QUE O IMÓVEL NÃO DESVALORIZOU, JÁ QUE NÃO APRESENTA RISCO E PRINCIPALMENTE NÃO FICAREMOS TRANQUILOS EM CONTINUAR INVESTINDO EM ALGO QUE NÃO APRESENTA SEGURANÇA PARA NOSSA PRÓPRIA FAMÍLIA.

    OBS: A construtora deveria fazer uma reunião com todos os moradores para mostrar dar um parecer e entregar o laudo técnico. Mas, como isso até o momento não parece ser uma prioridade dela. Nós moradores devemos nos reunir para exigir esclarecimentos formais.

    Bem é isso, QUERO VER ESSA SITUAÇÃO RESOLVIDA, MAS EXIJO DOCUMENTOS QUE RATIFIQUEM O QUE A CONSTRUTORA ESTÁ DIZENDO. Quem for morador e tiver o mesmo interesse podem entrar em contato: jakelynesb@yahoo.com.br.

    Jakelyne Barbosa

  • Alguem noticiou qual o problema real acontecido na obra?
    É alguma patologia corrigivel ou trará dano à edificação?
    Só com estes esclarecimentos poderá se dimencionar a gravidade do caso.
    Aluisiobfilho – Engenheiro civil.

  • Amigos no site da Cosil, foram atualizadas as fotos no qual aparecem funcionários utilizando a tal maquina.

    Boa Sorte.
    PH

  • SOU COMPRADOR/PROPRIETÁRIO DO APARTAMENTO 101 DA TORRE AQUA DO EDF. RIVIERA BOA VIAGEM, E GOSTARIA DE DIZER AS PESSOAS QUE COMPRARAM NESTE EMPREENDIMENTO QUE HOJE 21/09/11 (MANHÃ) PARTICIPEI DE UMA REUNIÃO COM A EQUIPE DE RELACIONAMENTO DA COSIL, JUNTAMENTE COM OS ENGENHEIROS E O CALCULISTA (DR. GAMAL), À TARDE VISITEI O CANTEIRO DE OBRAS DO RIVIERA E PUDE VER DE PERTO TUDO QUE ESTÁ SENDO FEITO PARA SOLUCIONAR O PROBLEMA E REFORÇAR AINDA MAIS A ESTRUTURA DO PRÉDIO. O QUE EU POSSO AFIRMAR PARA VOCÊS É QUE A OBRA NÃO ESTÁ PARADA, E QUE EU FIQUEI MUITO ALIVIADO COM O QUE VI E COM AS EXPLICAÇÕES TÉCNICAS DO DR. GAMAL (CALCULISTA). EM RELAÇÃO AO PRAZO DE CONCLUSÃO DA OBRA, ELES GARANTIRAM QUE O PRAZO QUE O CONTRATO ESTABELECE VAI SER TOTALMENTE RESPEITADO. A SUGESTÃO QUE EU DOU PARA AS PESSOAS QUE AINDA ESTÃO COM RECEIO OU MEDO É QUE LIGUEM PARA A CENTRAL DE RELACIONAMENTO E AGENDEM UMA VISITA, ASSIM COMO EU E ALGUMAS PESSOAS FIZERAM.

  • Pessoal,

    Também adquiri um apartamento no condomínio Riviera, torre Áqua; depois que foi detectado esse problema já fiz umas três visitas ao canteiro.

    Sou Engenheiro Civil, moro do lado do empreendimento, minha varanda está voltada para o canteiro de obras, por isso tenho acompanhado um pouco mais de perto o andamento dos reforços que estão sendo executados lá.
    Acredito muito mesmo que precisamos marcar uma reunião somente entre nós proprietários para que possamos trocar informações e definir algumas ações a serem tomadas, se necessário.

    Francinaldo Junior

    Meu e-mail é francinaldojunior@yahoo.com.br

    Meu e-mail é francinaldojunior@yahoo.com.br

  • Pessoal também sou proprietário de uma apto no edf riviera meu e-maill é : adridiniz_@hotmail.com e precisamos realmente marcar uma reunião para mais esclarecimentos.
    cel 9415-3949

    • Concordo, tb sou proprietário e estou a disposição caso seja viabilizado uma reunião entre os proprietários. alexandre@saborisis.com.br

  • Pessoal tive algumas reuniões com o pessoal da Cosil e confesso que fiquei satisfeito com os esclarecimentos prestados, realmente confessaram que houve erro no projeto, o que foi detectado através da fissura em um dos blocos do terreo da torre natura, na ocasião foi explicado em loco o que seria o projeto de reforço. Porém me preocupa o prazo para reinicio das obras, em junho fiz uma visita ao canteiro de obras e me foi informado que em setembro tal projeto de reforço estaria “provavelmente sendo concuido”, inclusive na ocasião estava o Eng. calculista Gamal Afora, em Agosto no escritorio em Recife me informaram que as máquinas haviam levado mais tempo que o previsto e este prazo se estenderia a Dezembro. O fato é que quanto mais tempo demorarem para normalizar as obras, mais nos preocupamos e ficamos com dúvidas sobre o futuro do nosso investimento. Deixo aqui meu contato para receber informações, bem como, participar de alguma mobilização que por ventura venha a ser feita, pelos proprietários do empreendimento. alexandre@saborisis.com.br (9161-0181)

    • Pessoal Boa Tarde,
      Também comprei um apartamento no Riviera Boa Viagem e estou com muito MEDO , MEDO mesmo de morar neste empreendimento, como posso morar num lugar que antes de ser concluída a obra já se fala em fissuras .
      VAMOS MARCA UM ATO DE PROTESTO na frente da obra e atrair a imprensa para o local , tipo um protesto com faixas , apitos , num horário com bastante transito para que seja chamada a policia e com isso a imprensa noticie o CASO , vamos marca para segunda quinzena de NOVEMBRO. As coisas só acontecem dessa forma um PROTESTO contra a COSIL com policia e imprensa. E quem tiver amigos ou parentes de publicidades convidem para o ATO.
      QUEM TOPA ????

  • Pessoal Boa Tarde,

    Tambem comprei um apartamento no riviera e estou com muito MEDO de morar neste empreendimento, como posso morar num lugar que andes de ser comcluido a obra já se fala em fisurasss .

    VAMOS MARCA UMA ATO na frente da obra e atrair a imprensa para o local , tipo um protesto com faixas , apitos , num horario de transito para que seja chamada a policia e com isso a impresnsa noticie o CASO , vamos marca para segunda quinzena de NOVEMBRO. As coisas só acontecem dessa forma um PROTESTO contra a COSIL com policia e imprensa.

    QUEM TOPA ????

  • Conte comigo.

    PH.

  • Pessoal, não acho prudente se propor um ato como este que só vai expor ainda mais o nosso imóvel. Sugiro aguadarmos a reunião com a equipe técnica da cosil que acontecerá dia 16 de novembro, onde poderemos esclarecer todas as dúvidas e questionamentos em relação ao problema da fissura e o andamento da obra. Me foi informado que nesta data será entregue o laudo técnico sobre o diagnóstico do problema, e atual situação.
    Também sou proprietária e tenho total de interesse que esta situação seja definitivamente resolvida. Sugiro que tenhamos cautela, porém que fiquemos atentos aos prazos e justificativas dadas pela Cosil.

    • Concordo com a Renata, um ato como este só promoveria ainda mais uma exposição negativa do empreendimento e devemos lembrar que estaríamos expondo um investimento nosso, correndo risco de uma real desvalorização. Sugiro que juntos pressionemos a Cosil a entregar este laudo o quanto antes e sim ainda assim, não ficarmos satisfeitos, poderíamos pensar em nos reunirmos efetivamente, ou seja, todos os proprietários e contratarmos um engenheiro independente para termos o nosso laudo, pois desta forma teríamos realmente segurança na informação fornecida.

      alexandre@saborisis.com.br
      81.9161-0181

  • Algumas observações:

    Compreemdo a revolta e indignação de todos, mas ficar expondo isso em blogs sem dúvida prejudica a imagem da Cosil, mas de tabela prejudica também o investimento que fizeram, afinal de contas a grande maioria que aqui falou comprou apt lá.

    Quando a obra ficar pronta esperem um pouco antes de entrar, só por preucação, esperem pra ver como o prédio vai se comportar nos meses de Ventos fortes (Agosto, Setembro), lembre-se que vidros serão colocados nas janelas o que aumentará o efeito da força dos ventos no prédio.

    Não existe preço para a segurança, se vai morar num lugar onde não se sente seguro e se a cosil ofereceu o dinheiro de volta, aceite, depois mova processo para pegar atualizado pelo valor do m² vigente.Caso contrário, fiquem quietos e esperem o final da obra. Apesar de ter sido meio negativo, acredito no conserto que será feito, pois a construtora poderia muito bem parar a obra e enrolar os clientes e ir pagando lentamente via processo judicial, mas optou em consertar o problema, e ela pelo tamanho que tem, não arriscaria vidas humanas em prol do lucro de 02 prédios quando tem planos de construir dezenas.

    Também sou proprietário.

  • Bom dia, sou propietário e fiquei preocupado com as notícias sobre o andamento da obra. Resolvi passar na obra e constatei q estão trabalhando para consertar o problema encontrado ( passei dia 20-12-11). Destaco que, pelo menos, a empresa procurou manter os clientes infromados sobre os problemas. De qualquer forma vamos marcar cerrado para não haver problemas futuros.

  • FRED LEITE (o original), OMAR, JACCJ, JULIO, ELITON MENDES, ALEXANDRE F; Gostaria de ler suas considerações, opiniões e conclusões sobre o que foi apresentado e debatido na reunião 16/11/2011 entre a COSIL e compradores.
    Também suas considerações sobre o momento atual, pois recebi da COSIL, alguns dias atrás, msn informando que a obra foi retomada em várias frentes, estando com 96 funcionários em atividade.
    TAMBÉM SOU COMPRADOR DE UM APT NO RIVIERA.

  • Caros futuros prováveis vizinhos, vamos tratar do assunto via email,ou seja, em of! Por gentileza me incluam na lista de endereço de vcs. Estive presente à reunião,senti a satisfação dos adquirentesque entendem do assunto. Por enquanto estou . Fatima Lima.End.email: tima_lima@hotmail.com

  • Concordo! “Um ato como este só promoveria ainda mais uma exposição negativa do empreendimento e devemos lembrar que estaríamos expondo um investimento nosso, correndo risco de uma real desvalorização” Sugiro que juntos pressionemos a Cosil e sim ainda assim, não ficarmos satisfeitos, poderíamos pensar em nos reunirmos efetivamente, ou seja, todos os proprietários e contratarmos um engenheiro independente para termos o nosso laudo, pois desta forma teríamos realmente segurança na informação fornecida. Como também, tratar do assunto via email, ou seja, em off !
    Por gentileza me incluam na lista de endereço de vocês: bthgomes@hotmail.com

  • Srs, sou comprador do Riviera na Torre Natura e a estrutura não está avançando. Ligo para a Cosil e dizem que este mês irá continuar a subir lajes, mas o mês acabou… Alguem tem mais alguma informação do assunto? Apesar de saber que a Cosil é uma empresa muito séria sugiro continuar monitorando de perto e tratar do assunto em grupo, como de email que sugeriram. Favor me incluir no grupo: marco.eng@gmail.com

    • Concordo plenamente. Os trabalhos não avançam. Faz um tempão que passo e vejo sempre a mesma coisa. O que será que está acontecendo? Como a Cosil é uma empresa tão consolidada, no momento eles deveriam estar trabalhando com um numero bem elevado de funcionarios. Suspendia até mesmona obra dos outros empreendimentos(temporario) contanto, que avançassem no Riviera.

  • Também sou comprador do Riviera, favor me incluir no grupo: brunoferrazf@gmail.com e marcelamarques2@gmail.com

  • Gostaria que incluíssem no grupo
    de discussões sobre as obras na torre natura,
    pois passo todos os dias e nao vejo muitos trabalhando
    E as lajes nao estão subindo(pararam no 16!).Será q resolveram o problema?
    Meu email é o cacarpf@hotmail.com
    Grato,futuros vizinhos

  • http://achatcialisgenerique.net/ – cialis vente prix cialis

  • Nada ainda? To achando que essa obra não vai mais para lugar nenhum. Alguém sabe de alguma evolução?

  • Srs,

    Desejo a todos um 2013 de gratas surpresas para todos!!!! Tambem sou proprietario. Alguem tem noticias atualizadas sobre o prazo real de entrega da obra? Favor me incluir no grupo: engenheirogustavo@gmail.com

  • Esta difícil essa situação… Estou tentando repassar meu apartamento e não consigo! Mesmo oferecendo abaixo do valor de mercado. E os prazos de entrega só aumentam! E pior é não vender e ter que morar nesse empreendimento e passar uma vida com receio de que algo possa acontecer.

    • Marcos, vejo sua preocupação mas não se desespere. Eu também tentei vender o meu mas não consegui valor que pagasse o investimento. O melhor é esperar! É aquela velha história de que imóvel na planta tem seus riscos e suas oportunidades. Infelizmente estamos passando por momentos de riscos mas tudo pode ser revertido em bonança.

    • Marcos, já vendeu o apartamento? Qual o tamanho, torre, andar e terminação?

  • Oi pessoal!
    Também sou proprietária e gostaria de saber se foi criado algum grupo entre vocês, caso sim gostaria de ser incluída. belemroberta@gmail.com.
    Abraço.

  • O síndico se nega em prestação das contas do condomínio,especificamente nos valores recebidos dos condôminos (proprietários) referente as mensalidades condominiais, e mensalidades referentes rateios destinados às reformas do prédio.As contas indicam falta de quantia enormes do dinheiro do condomínio, mas os síndicos (foram 3 em 12 anos) se negam nos acertos de contas, virou um costume, aquele síndico que entra se nega em acertar as contas e aquele que entra não pede o acerto para que não lhe peçam os devidos acertos de contas.
    Qual o prazo que tenho para entrar com um processo judicial contra o síndico, solicitando a prestação de contas ?

  • BOA NOITE
    Comprei um apartamento da COSIL ( TORRE DO MIRANTE)gostaria de saber se voces tem alguma noticias desse imovel.

    Celso Luiz

  • Recebi uma boa proposta d unidade q ainda encontra-se à venda no Torres do Mirante. Mas, depois q vi essa notícia a desconfiança bateu.

  • Quero relatar que a empresa construtora que ficou responsável de fiscalizar e executar a obra foi a construtor conic desde junho de 2012 até setembro de 2013 fizeram tudo sempre correndo junto com a COSIL não pagaram a vários provedores e Terceirizados a maioria das coisa foram feito mal na obra os apartamentos foram executados de outubro de 2012 até junho de 2013 errados porque o projeto que os engenheiros da conic deram aos terceirizados estavam errados , a obra teve várias paralisações por parte dos sindicatos ,falta de pagamento as empresas e trabalhadores apartamento sendo feito na presa para a construtora conic receber medição , a construtora conic foi a que fez as obras porque foi contratada por a COSIL, a obra tem erros nas entalações elétricas,furos de dreno estrutura e etc, coisa que a construtora CONIC não estava levando em conta mais bem faziam de tudo para esconde , acho que a conic tem muita culpa nesse atraso dos apt e responsabilidade na construção da obra já que todos os engenheiros responsável trabalhadores , na obra era da conic
    Conic teve até agora muita sorte porque todos que compraram os apt não responsabilizaram a conic acho que porque não tiveram conhecimento que ela que hoje conta com várias obras em Pernambuco foi que realizou todos os trabalhos de construção da obra desde 2012 até setembro de 2013 quando deixo a obra dia 26 de setembro deixando os serviços mal feito e várias dívidas com provedores na obra .

    Muitos apartamentos estão executados errados com medidas das paredes erradas e os tetos mais baixo do que. Está no projetor inicial
    Minha pergunta e como o CREA – não viu esto nem autoridades de Pernambuco .
    HOJE A OBRA NOME USADO AGATA INCORPORAÇÃO SPE LTDA TEM VARIOS TITULOS PROTESTADO E MUITAS DIVIDAS QUE POSSIVILMENTE TERA PROBLEMA COM O SEI DA OBRA A CONIC REPONSAVEL DE FISCALIZAR E EXECUTAR A OBRA JUNTO COM A EMPRESA QUE CONTRATOU A COSIL SAO REPONSAVEL DE TUDO … VOCÉS PODEM PEDIR PARA VER A OBRA VAI VER QUE NAO VAO DEIXAR E OS COMPRADORES SOMENTE TERÃO ACESSO AOS APARTAMENTO MODELO NADA MAIS ..

  • Um amigo meu, estrangeiro que mora fora do país, comprou um apartamento neste complexo. Alguém sabe o estatus desta obra? Estão trabalhando? Existe um prazo para a entrega da obra etc.

  • Olá, gostaria de pedir ao Acerto de Contas uma materia atualizada sobre o Rivieira. Estou pensando em comprar um repasse, pois a obra está 95% concluida, porem, não saiu o Abitis ( habits) ainda e gostaria de saber de uma fonte segura alguma coisa a respeito, se é normal a demora pra saída desse documento ou se faz parte. Por favor, pode tentar investigar?

  • Olá, pessoal! Existe algum grupo no Zap com os compradores do Riviera?
    Já resolveram o problema da fissura?
    Qual o prazo pra entrega do empreendimento?

    Caso exista algum grupo, me add por favor
    9 88332548

    Grata

  • Aparentemente maior cilada da história recifense! Corram!

Tem algo a dizer? Vá em frente e deixe um comentário!

XHTML: Você pdoe usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Enquetes

Em relação ao impeachment de Dilma Rousseff, qual sua posição?

Ver Resultado

Loading ... Loading ...

Frase do dia

  • A riqueza de uma nação se mede pela riqueza do povo e não pela riqueza dos príncipes.”, Adam Smith.

ARQUIVO

novembro 2017
S T Q Q S S D
« mai    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Informação com Humor

MARCO BAHÉJornalista
É formado em Jornalismo e pós-graduado em História Contemporânea e História do Nordeste do Brasil. Foi repórter da Gazeta Mercantil para os estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Também atuou como repórter do Jornal do Commercio, editor da Folha de Pernambuco e repórter especial do Diario de Pernambuco. É correspondente da revista Época no Nordeste desde 2003. Tamb´m atua com publicidade e marketing eleitoral desde 2004.
PIERRE LUCENADoutor em Finanças
É doutor em Finanças pela PUC-Rio e mestre em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco. É professor adjunto de Finanças da UFPE e foi secretário-adjunto de Educação de Pernambuco. É autor de vários trabalhos publicados no Brasil e no exterior sobre o mercado financeiro, e participa como revisor de várias revistas acadêmicas na área. É sócio-fundador da Sociedade Brasileira de Finanças. Foi comentarista de Economia do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (TV Jornal e Rádio CBN). Atualmente é coordenador do curso de administração da UFPE, e Coordenador do Núcleo de Estudos em Finanças e Investimentos do Programa de Pós-graduação em Administração da UFPE (NEFI).