Não há vantagem na compra do imóvel na planta. Metro quadrado subiu 13% nos últimos 7 meses no Recife.

jun 13, 2013 by     42 Comentários    Postado em: Financiamento Imobiliário

Em pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisas Maurício de Nassau, em parceria com o Núcleo de Estudos em Finanças e Investimentos da UFPE, e coordenada por mim, verificou-se que o preço do metro quadrado do imóvel no Recife continua subindo, mas a uma taxa menos acelerada do que a verificada nos anos de 2010 e 2011. Nos últimos 7 meses o preço dos imóveis subiu 12,6% no Recife.

A pesquisa, realizada entre 652 imóveis ofertados na cidade do Recife, constatou que o preço médio do metro quadrado está em R$ 5.180,67. Este valor varia significativamente em função dos bairros, tamanho do apartamento, andar do apartamento, tipo de prédio e situação do imóvel.

As regiões com imóveis mais valorizados são: Pina, Boa Viagem/Setúbal, Parnamirim/Casa Forte/Apipucos. Já as menos valorizadas são: Várzea/CDU/ Iputinga. No caso do Pina, que na pesquisa sai com o valor do metro quadrado mais caro da cidade, o fenômeno pode ser explicado pelo fato dos imóveis ofertados serem apenas de alto padrão de construção. Já áreas como a Boa Vista e Ilha do Leite, visivelmente de expansão imobiliária, ainda apresenta preço razoavelmente mais baixo que a média, podendo ser encarado como uma boa oportunidade de valorização nos próximos anos.

Imóvel na Planta não apresenta vantagem financeira para o comprador

Um fato importante verificado está na ausência de vantagem na compra do imóvel na planta em relação ao imóvel novo. O preço é basicamente o mesmo (dentro da margem de erro), demonstrando que não há ganho adicional por este tipo de investimento. Já o imóvel usado apresenta custo significativamente mais baixo para o comprador. Enquanto um imóvel na planta e novo sai por volta de R$ 5.700,00 o metro quadrado, o imóvel usado tem seu metro quadrado atualmente ofertado por R$ 4.700,00.

O fato do apartamento ofertado estar localizado em andares mais altos também é valorizado. A cada andar, o preço do metro quadrado sobe em média R$ 100,00.

Dentre todas as características do imóvel, a que mais se sobressai é o tipo de prédio e condomínio. Os prédios caixão são extremamente desvalorizados em relação aos edifícios tipo pilotis. Enquanto o metro quadrado de um prédio caixão sai por volta de R$ 2.800,00, em um pilotis com serviços este valor chega a R$ 5.100,00.

A pesquisa foi realizada entre os dias 13 e 16 de maio de 2013, com 652 imóveis ofertados. Participou da pesquisa Michelle Letroshan (da UFPE) e a coleta foi coordenada pelo Instituto Maurício de Nassau.

 

42 Comentários + Add Comentário

  • o pessoal tá ensadecido com aluguel e´preço de imóveis pra vendas!!!!! qualquer imóvel hj tá quase uma fortuna em qualquer lugar!!!!! na CDU tem 1 quarto saindo pro 150 mil!!!!!!!

  • Recife, a cidade é uma merda… mas morar aqui é um luxo!

  • Rapaz, se isso é bolha imobiliária, a bicha é resistente, não quer estourar de jeito nenhum…

    • O segredo é ir chutando uma causa… uma hora você acaba acertando!

      Isso não é bolha coisa nenhuma, isso é ganância!

      Uma construtora quando lança um empreendimento, fica dizendo que tá com 80% vendido, os próprios corretores compram os imóveis para depois revender pelo dobro do preço e etc…

      E desculpe me dizer, mas o programa Minha Casa Minha Vida é que phodeu com tudo isso! Os preços estouraram depois que esse programa maldito começou! Hoje você não acha nenhum imóvel mais barato que o piso do o Minha Casa Minha Vida!

      • É uma bolha sim!

        Em geral, bolhas demoram 8-10 anos entre o início da subida e o fim. A nossa começou por volta de 2007. É só aguardar.

  • Porque Madalena/Torre/Caxangá aparece duas vezes?

    • Oi Bruno
      Tinha selecionado a imagem errada. Obrigado.
      Já coloquei a certa
      Abs

  • Tem essa tabela dividida por bairros antiga? Lembro que havia uma pesquisa dessa que tinha sido divulgada antes aqui no Acerto de Contas.

    • Marcelo
      Tem, mas do ponto de vista estatístico tem pouca validade, já que são poucos imóveis por bairro. É apenas um indicativo.
      Já quando colocamos a média gral, com 600 imóveis, o valor converge para o real.

  • O relatório da pesquisa é público? Podemos ter acesso a ele?

  • Um apt de cobertura, no 20º andar, com 4 vagas livres, piscininha, 280m² no bairro do Setúbal, com vista para o Mar e Av. Boa Viagem, em prédio nem conservado, com 12 anos de construído e com quadra, sauna, piscina, salão de festas de bom tamanho, portões eletrônicos, câmeras de vigilância, quanto estaria valendo?

    Pelo que ouvi, pedem menos de 4 mil o m² e ninguém aparece para ver.

    Os preços sobem menos mas as vendas estão paradas.

    Um bom apt de 90m está à venda a mais de 6 meses e ninguém paga os 300 mil pedidos.

    A bolha não estourou mas está murchando.

    • onde isso?!

      manda os dados para meu e-mail.
      antonio.fsj(arroba)hotmail . com

  • A questão é essa, são imóveis ofertados e não vendidos.Quanto tempo será que leva para vender um kinder ovo desses de 55 m2 por 350.000?E quantas pessoas tem renda e entrada suficiente (cerca de 100.000) para comprar esse imóvel?E o pior…Será que vale a pena se enforcar durante 25,30 anos pagando por um imóvel que todos sabemos valer bem menos que isso?

    • Mas esse é o X da questão.

      A questão imobiliária (no Brasil inteiro) já saiu dos parâmetros históricos conhecidos por aqui.

      Vendi um imóvel de família há 6 meses e vendi BEM ACIMA do que achava que conseguiria. O segredo? O comprador tinha fácil acesso na CEF para financiamento. Ele se prendeu mais à parcela do que ao valor final global.

      E é assim que uma bolha DE CREDITO funciona. Muita gente achando que temos uma bolha imobiliária, então procuram os indicadores (média de preços, deficil habitacional, qtd. ofertada, etc, etc.) e não acham os indícios.

  • Eu que não pago, pode subir a vontade.
    Tem muita falácia nessa historia de venda de imóvel, conheço um home-service em bv, de 40m2, que estão pedindo 260mil ja faz quase um ano.
    Observemos a liquidez.

    • E isso ai tá bom o preço desde quando? 6500 no metro quadrado… Quem comprar imovel agora vai pegar pegar em bomba… Esses preços ai de cima da tabela não condizem com a realidade não, tem imovel na ilha do leite que a moura dubeux ta pedindo 7000 reais no metro quadrado…

  • Concordo com o que disseram acima: há que se analisar os preços de VENDA e não a pedida das construtoras… essas ainda vão passar um tempo pedindo alto, vendendo a ilusão da bolha.

    Acessem: http://www.bolhaimobiliaria.com/

    • Muito bem lembrado o blog da Bolha. Cada post recebe facilmente mais de 700 comentários em um espaço de 3 dias. Isso deve querer dizer alguma coisa.

  • Certíssima a pesquisa!!! Muito boa!!!

  • Conversei com um amigo, corretor há mais de 30 anos em Recife. Ele colocou que as vendas estão simplesmente travadas, os preços pedidos ainda estão elevados, mas o volume de transações efetivadas está muito baixo. Simplesmente não se vende. Outra coisa: quando vende, normalmente é um processo muito lento e o valor realmente fechado fica bem abaixo do pedido inicialmente. Entendo que a pesquisa tenha sido feita com os preços pedidos, que não são reais. Esta bolha já começou a murchar, o aumento dos juros pode ajudar neste sentido. Acredito também que após a copa este processo de estouro da bolha se acelera.

  • Pierre, tem algum estudo que mostre que o MCMV fez aumentar os preços? Pelo menos essa é a impressão que fica, pois aumentou muito a demanda, enquanto a oferta manteve-se no seu nível “normal”.

  • Começou com a inflação de demanda, o MCMV injetou crédito nas classes C, D, E. A partir desse gatilho, especuladores iniciaram suas ações, a falta de educação financeira faz o brasileiro adquirir um financiamento por 35 anos, comprometendo grande parte de sua renda, o que impede a família de investir em educação, lazer, aposentadoria privada, enfim, não sabem sequer o que significa custo de oportunidade. O senso comum manda comprar, diz que aluguel é ” dinheiro jogado fora”, aluguel este que hoje, gira em torno de 0,3% o valor nominal do bem. Uma simples conta de padaria, 35 anos guardando a diferença do aluguel para com a parcela do financiamento, o sujeito compra à vista, depois de morar bem, trocando de imóvel ou cidade. EDUCAÇÃO FINANCEIRA pessoal. Abs.

    Bruto – Tokyo

  • Continuo morando e comendo super vem na casa dos meus pais enquanto to o dinheiro quer juntei rende . Faltam só alguns meses pra que essa bolha imobiliária estoure junto com a economia nacional , dai sim tiro o dinheirinho que ta guardado e compro na baixa .

  • Eu queria muito acreditar que esses preços vão cair, mas já tou esperando desde 2010 e só vejo subir. Outro dia ofereci R$ 600.000,00 num imóvel anunciado por R$ 670.000,00 pela GB no Rosarinho. O corretor disse que os caras não iriam nem ler. Dito e feito, Nem contra-proposta fizeram. Quero muito estar errado e começar a ver os preços caindo, mas por enquanto fico até deprimido vendo meu dinheiro render 3,5% em 7 meses.

  • A pesquisa tem fundamentos quanto aos valores, porém foi direcionada apenas ao amor do metro quadrado do imóvel novo, esquecendo da principal vantagem de se comprar um imóvel na planta, que é a dilatação do pagamento, sendo este estendido até o prazo de entrega e em alguns casos até após do mesmo, perfazendo dessa fragmentação, levando em consideração os índices de valorização dos últimos anos, se faz um investimento certo de retorno bem acima das formas tradicionais. Acho que faltou no caso desta pesquisa, as considerações fundamentais de pessoas da áreas, características que são enxergadas apenas por quem tem capacidade dentro do ramo.

    • Esqueça essas bobagens que você falou.

      NÃO EXISTE COMPRA DE IMÓVEL NA PLANTA. Na verdade, a tal compra na planta é apenas uma OPÇÃO DE COMPRA, tal qual as opções do mercado acionário.

      A compra só é feita quando você recebe as chaves, vai no banco leva aquele fumo…

  • Faltou tbm dizer que Investir na planta e vantajoso você recebe juros por juros mês ai mês, os pedreiros atualmente estão sendo disputados a faca e por isso cobram bem pouco pela mão de obra, você nao precisa pagar o incc do saldo restante todos os meses , também nao tera que pagar uma gorda comissão ao corretor ,nao tera que pagar cerca de 10% do preço total do imovel só de taxa,nao terá problemas no acabamento ja que com o mercado superaquecido o acabamento dos apartamentos feitos as pressas são muito melhores ,nao tera que pagar aluguel enquanto o prédio esta sendo construído,obras também nunca atrasam, o pib a alta do dólar e a inflação estão tbm super favoráveis e ajudam a se planejar os investimentos financeiros os juros da selic estão subindo o que ajuda a baratear o financiamento . Ahh, acho que esqueci de dizer que se tratando em media de um investimento de apenas algumas centenas de milhares de reais e praticamente sem risco nenhum e lucro certo esse papo de que nao investimento sem risco nao existe e papo de gordinho suado quem gostou da joinha Eduardo bizarro

  • Esse programa do governo devia se chamar: minha casa, minha morte.

  • Imóvel abaixo de 300mil ainda é um grande negócio, e é dificil de encontrar com boa localização!

  • Minha casa minha vida, tem uma rentabilidade muita boa na entrega das chaves!

  • Sabes me informar

  • Pierre, sabes me informar qual é o valor específico da Av. Bernardo Vieira de Melo em Piedade? Na contagem geral pra saber o valor exato do imóvel o que vale é o terreno ou a área construída? Por esta conta, posso considerar que um imóvel num terreno de 600m2 com área construída de 800m2 varia entre R$ 3 e R$ 4 milhões?

    Também gostaria de saber o valor do metro quadrado na beira-mar do Janga. E o Janga por inteiro, tens como me dizer?

    Grato,
    Edmar Lyra.

  • O valor do m² como o Pierre informa, é um estudo que indica a média pois, por exemplo, um apt em mau estado e num prédio idem, não vale os valores indicados, assim como se for junto de um bar, etc.

    Terreno de 600m² pode valer bem se for para troca por área construída, em média, 17%.

    Se existir edificação no local, valor menor pois haverá demolição e remoção de entulhos.

    Sr. Edmar, o melhor é consultar um corretor competente e especialista na área em questão.

    • O Edmar quer melzinho na chupeta…. se liga mané!

  • Algumas coisas são dificeis por aqui…

    O MCMV não popuralizou apenas o acesso. Ele pulverizou também a construção. O governo federal desmonopolizou uma velha tetinha de poucos influentes. O Brasil está se tornando o país das oportunidades (e para as pessoas honestas, o que era raro…). Só não vê quem não quer…!

  • [...] termos uma ideia, na última pesquisa que fiz, ainda em junho, patrocinada pelo IPMN e publicada no Acerto de Contas, o preço do metro quadrado [...]

  • Qual o valor do metro M2 em Itamaracá, tem 2 casas para vender em um condomínio pode ser financiada pela caixa, sei que quando sair o estaleiro de Itapissuma , as casas vão subir muito , por isso não estou muito preocupada para vender, mais queria saber o valor do metro M2 hoje?

  • Li todos os comentários e na sua maioria são razoáveis e fundamentados, mas atenção quem manda no preço do imobiliário são os compradores e enquanto as pessoas se fizerem de loucas com financiamentos que irão condicionar o seu bem estar durante muitos anos ou não derem valor ao dinheiro o que é ainda mais grave talvez porque foi fácil demais o seu ganho mão há nada a fazer.
    As casas como tudo na vida valem o que os compradores estão dispostos a oferecer, se os compradores quiserem os preços irão se ajustar á realidade.

  • Galera um apartamento de 140 mil em jaboatao..
    Absurdo…
    Só por causa do minha casa minha vida

  • Pessoal, claro que o programa “minha casa, minha Dívida” insuflou os preços. Existem leigos que compram imóveis nestes valores, sobretudo com apoio do SFH. Os espertos esperam, os preços podem até não baixar, mas ficarão estagnados por ANOS! O bairro da várzea, sem a menor infra-estrutura, tem neguinho cobrando mais de 6000 reais/m2 pra novos empreendimentos ainda na planta… quase morri de rir quando falei com cidadão corretor! O mesmo ainda me disse que as vendas estavam um sucesso kkkkkk. Todos sabem que isso é puro BLEFE!!! Falei pra ele quando voltar pros 3500/m2 a gente conversaria denovo.

Tem algo a dizer? Vá em frente e deixe um comentário!

XHTML: Você pdoe usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Enquetes

Em relação ao impeachment de Dilma Rousseff, qual sua posição?

Ver Resultado

Loading ... Loading ...

Frase do dia

  • A riqueza de uma nação se mede pela riqueza do povo e não pela riqueza dos príncipes.”, Adam Smith.

ARQUIVO

junho 2017
S T Q Q S S D
« mai    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Informação com Humor

MARCO BAHÉJornalista
É formado em Jornalismo e pós-graduado em História Contemporânea e História do Nordeste do Brasil. Foi repórter da Gazeta Mercantil para os estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Também atuou como repórter do Jornal do Commercio, editor da Folha de Pernambuco e repórter especial do Diario de Pernambuco. É correspondente da revista Época no Nordeste desde 2003. Tamb´m atua com publicidade e marketing eleitoral desde 2004.
PIERRE LUCENADoutor em Finanças
É doutor em Finanças pela PUC-Rio e mestre em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco. É professor adjunto de Finanças da UFPE e foi secretário-adjunto de Educação de Pernambuco. É autor de vários trabalhos publicados no Brasil e no exterior sobre o mercado financeiro, e participa como revisor de várias revistas acadêmicas na área. É sócio-fundador da Sociedade Brasileira de Finanças. Foi comentarista de Economia do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (TV Jornal e Rádio CBN). Atualmente é coordenador do curso de administração da UFPE, e Coordenador do Núcleo de Estudos em Finanças e Investimentos do Programa de Pós-graduação em Administração da UFPE (NEFI).