Existem mesmo filmes ‘de homem’?

jan 21, 2010 by     8 Comentários    Postado em: Imagem-Movimento

pop corn and movie

Por Bernardo Queiroz e Kássia Alcântara
para o Acerto de Contas

Uma semana de pouco tempo livre e menos lançamentos ainda no cinema. Só “O homem que engarrafava Nuvens” estreou, não tive tempo de assistir. Fica para semana que vem, prometo. Mas também me deu tempo de recatalogar o que vi e não vi ano passado. E percebi que 2009 foi um ano interessante para o que eu chamo de “filme de homem”.

Antes que eu seja apedrejado, me explico. É um fato que os homens e as mulheres são diferentes, em praticamente todos os níveis, físico, mental e social. Assim sendo, os tipos de histórias “de cada gênero”, apresentam temáticas profundamente diferentes, abordagens diversas para a questão da evolução da pessoa durante a vida. Podem checar qualquer história mitológica que vocês queiram.

Isso tudo me veio a mente porque estava vendo uma entrevista com o James Cameron sobre Avatar, e ele comentou nessa entrevista que Titanic é basicamente “Um filme de menina de 200 milhões de dólares onde no final todo mundo morre.” Não particularmente concordo com ele, mas mostra que se pensa muito sobre que tipo de história tem mais apelo para o público feminino, e esse tipo de preocupação não parece ocorrer para o público masculino. Dá a impressão que, bem, existem histórias para mulher, mas pra homem qualquer porcaria onde morre gente serve.

Graças aos céus, existem exceções. Várias delas em 2009, que abordam com muita clareza essas épocas de mudança na vida de um cara. Mil perdões se a lista é limitada, mas está aberta a discussões e inclusões. Algo como “filmes que você tem de ver ser você for um cara”. Foram filmes profundamente discutidos com as mulheres da minha vida, como minha namorada Silvana (também é Cinéfila e comentarista do programa CBN Total) e minha irmã Amanda (que é um espécime feminino super único), e alguns com a própria Kássia, que escreve aqui comigo. Então vamos lá, em ordem cronológica, e sem mais delongas.

Superbad – É Hoje!

clip_image004

Antes da adolescência, as temáticas de filmes parecem ser praticamente comuns aos dois gêneros, mas essa uniformidade desaparece quando você chega a adolescência, o desejo pelo sexo oposto fica mais evidente. É muita informação junta, e muita pressão também, tanto sua quanto dos outros. Não que não aconteça com as meninas, mas é de uma natureza diferente. Superbad explora a coisa toda da relação do adolescente com o sexo, sem dramas, sem frescura e com muito bom humor, contando a história de três adolescentes em uma saga para chegar numa festa onde acham que fazer sua iniciação de verdade no sexo. Tem algumas coisas escatológicas, mas vale a pena, mostrando como nós, meninos somos criaturas tolas e corajosas nessa idade, e que nem tudo TEM de sair como nós planejamos, particularmente nessa famigerada “primeira vez….”

500 dias com Ela

clip_image006

Um dos filmes da sessão de arte que ficou mais tempo em cartaz na cidade e com razão. Eu gosto dele porque o filme aborda uma fase que é meio desprezada no cinema. Exceto pelas comédias românticas completamente acéfalas, não tem muitos filmes que reflitam a vida do homem nessa fase, enquanto o oposto abunda. Tem um MONTE de filme “para mulheres” legal sobre esse período dos 20 aos 30, trabalhando do drama à comedia. Amelie Poulan é um dos que vem a mente imediatamente, filme delicado feminino por natureza que é. 500 dias com ela é quase que o Amelie Poulan masculino, relatando de forma entrecortada e misturada todo o relacionamento, do nascimento a morte, de um cara com uma menina que começa a trabalhar com ele. Excelentes atores, encenando uma história que pode acontecer com qualquer um, e que quase certamente acontece na vida pelo menos uma vez. Nada forçado, super realista, intimista e cheio de alma.

Se Beber não Case

clip_image008

É um oposto. Ele é exagerado, over the top, escatológico ao extremo, praticamente um conto de realismo fantástico. Ele aborda outro ritual social muito masculino, que é a despedida de solteiro. Ele me dá a sensação de fechar o arco que Superbad abre, definido outro ponto importante de mudança na vida masculina, que é o casamento. Na contraparte feminina do cinema dessa fase, temos aqueles filmes sobre a crise dos 30 anos, estabelecimento de família, dramas da gravidez, e demais mistérios femininos. Deu origem a coisas horrorosas como o longa Sex And The City, e filmes legais como O Diário de Bridget Jones. A impressão que eu tenho é que como as mudanças sociais femininas parecem acompanhar as físicas. Mitologicamente, o arquétipo feminino varia nesse eixo: Donzela, Mãe, Velha, como acontece na mitologia nórdica. Nós, homens, não temos essas mudança corporais tão marcadas, então precisamos de ritos de passagem como é mostrado em Superbad e Se Beber não case: são mais que meras festas, são também fins de jornadas e inícios de outras, sair de casa, e voltar diferente do que foi. Funcionou com Ulisses, Funcionou com Sigfried, e funciona com a Las Vegas.

UP- Altas Aventuras e Gran Torino

clip_image010

Trabalha a nossa velhice, como o masculino lida com a proximidade da morte. Quando ficamos teimosos, insuportáveis, cheios de manias, mal humorados, e que achamos que já sabemos de tudo, ou ao menos tudo que precisamos saber até o resto de nossas vidas, e que impacto nos deixamos nas vidas de outros quando chegamos perto do fim. Up já valeria a pena somente pelos dez minutos iniciais que conta a vida inteira do Sr Frederickson, sem uma única palavra.

E Gran Torino

clip_image012

Um filme sobre a velhice masculina escrito e dirigido por um velho, o Clint Eastwood, diretor de filme de macho por natureza. É um filme de uma bruteza delicada, sobre a relação de um velho com um garoto, sem papas na língua, sem disfarces, e com aquela honestidade franca, grossa e despreocupada que só os velhos possuem. Eastwood nos mostra, sem pieguice, como é que um “homem de verdade” se comporta, mesmo perto do fim.

Bom, são esses, e espero que vocês possam lembrar de mais.

NOTAS E NOTÍCIAS

Lula, o Filho do Brasil entra em cartaz no São Luiz esta sexta (22)

Com duas sessões diárias, às 16h15 e 19h, a população recifense poderá assistir ao concorrido filme sobre o presidente Lula com entradas a preços populares: R$ 4 e R$ 2. Os ingressos começam a ser vendidos na bilheteria a partir das 15h. A película fica em cartaz até a próxima quinta-feira (28).

Cineclube Dissenso exibe longa Frances neste sábado (23)

clip_image002[5]

A Inglesa e o Duque, de Eric Rohmer, exibido às 13h30, com entreda franca. No filme, Grace Elliot é uma jovem aristocrata escocesa que vive em Paris durante a Revolução Francesa e teve um romance com o Duque de Orléans, primo do rei da França. O relacionamento dos dois é bastante complicado e, quanto mais os acontecimentos políticos se agravam, mais se torna complexo. Grande defensora da monarquia, Grace não é capaz de conciliar seus sentimentos com as escolhas políticas do duque, partidário da morte do monarca. Esse dilema complica a situação da moça, que corre o risco de ser condenada à guilhotina, acusada de ser espiã da Inglaterra, grande inimiga da Revolução.

FILMES DA SEMANA

AMOR SEM ESCALAS

(Comédia | 104 min | 2010)

clip_image016

Do mesmo diretor do sucesso Juno, chega aos cinemas a já grande promessa para o Oscar deste ano. Pago para viajar pelos Estados Unidos despedindo funcionários de empresas em crise, Ryan Bingham sempre se contentou com um estilo de vida desapegado, passado em meio a aeroportos, hotéis e carros alugados. Ele consegue carregar tudo o que precisa em uma mala de mão, é membro de elite de todos os programas de fidelidade existentes e está próximo de atingir 10 milhões de milhas voadas. Mas quando o chefe de Ryan, inspirado por uma eficiente e novata funcionária, ameaça mantê-lo permanentemente na sede da empresa, ele se vê entre a perspectiva – ao mesmo tempo aterrorizante e agradável – de ficar em terra firme, contemplando o que realmente pode significar ter um lar. O roteiro é baseado no livro de Walter Kirn.

Onde?

UCI Ribeiro Recife | UCI Ribeiro Tacaruna |UCI Kinoplex Plaza | BOX Guararapes | Multiplex Boa Vista

COCO ANTES DE CHANEL

(Drama | 2009)

clip_image018

Antes tarde do que nunca. Finalmente chega aos cinemas do Recife o filme que conta trechos da vida da estilista Coco Chanel. Dirigido pela também francesa Anne Fontaine, o longa desagradou especialistas do mundo da moda por focar mais os romances da personagem do que sua vida profissional. O longa é protagonizado pela atriz Andrey Tatou, de O Fabuloso Destino de Amelie Poulain, e é adaptado do livro de Edmonde Charles-Roux. Também em 2009, a personagem ganhou o filme Coco Chanel e Igor Stravinsky, sobre o romance entre a estilista e o compositor russo, ainda sem previsão de estréia no Brasil. O longa conta a história de Gabrielle “Coco” Chanel, que começa a vida como uma órfã teimosa, e, ao longo de uma jornada extraordinária, se torna a lendária estilista de alta-costura que personificou a mulher moderna e se tornou um símbolo atemporal de sucesso, liberdade e estilo.

Onde?

UCI Ribeiro Recife | UCI Kinoplex Plaza

CHERI

(Romance | 100 min | 2010)

clip_image020

Situado na exuberante Paris antes da Primeira Guerra Mundial, CHÉRI conta a história da relação amorosa entre a linda cortesã aposentada Léa (Michelle Pfeiffer) e Chéri (Rupert Friend), filho de sua antiga companheira de profissão e rival, Madame Peloux (Kathy Bates). Léa educa o imaturo e mimado garoto nas artes do amor, mas depois de seis anos Madame Peloux planeja secretamente um casamento entre Chéri e Edmée (Felicity Jones), filha de outra rica cortesã, Marie Laure (Iben Hjejle). Enquanto o inevitável momento de separação se aproxima, Léa e Chéri tentam se acostumar com a idéia, mas a vida de prazer e alegria dos dois é mais profunda do que eles imaginavam e, tardiamente, o casal percebe o quanto um é importante para o outro.

Onde?

UCI Ribeiro Recife

ASTROBOY

(Animação | 2010 | 94 min)

clip_image022

Sinopse: Quando o jovem filho de um cientista morre, ele secretamente cria um poderoso robô-criança para substituí-lo. Porém, o robô utiliza seus incríveis poderes para se tornar um super-herói mundialmente famoso e enfrentar seu maior desafio: um grupo alienígenas que acaba de invadir a Terra.

Onde?

BOX Guararapes | UCI Ribeiro Tacaruna | UCI Ribeiro Recife

O FADA DO DENTE

(Comédia | 2010 | 102 min )

clip_image024

Sinopse: Derek Thompson (The Rock) é um jogador de segunda divisão de hockey que tem a tendência de arrancar os dentes de seus adversários, daí o apelido. Sua crueldade inata faz com que ele destrua os sonhos de uma criança de 6 anos na Fada do Dente. Ele então é sentenciado a uma semana de trabalho forçado como uma verdadeira fada do dente, para redescobrir seus próprios sonhos e esperanças.

Onde?

UCI Ribeiro Recife | UCI Ribeiro Tacaruna |UCI Kinoplex Plaza | BOX Guararapes | Multiplex Boa Vista

NINE (PRÉ-ESTRÉIA)

(Musical | 118min | 2010)

clip_image026

Sinopse: Paixão, fantasia, desejo, amor, arte, estilo, desilusões, sonhos a vida sempre foi um grande circo para o cineasta de renome internacional da década de 60, Guido Contini (Daniel Day-Lewi)… até que ele se torna a sua própria vítima num provocante e vibrante musical dramático. As mulheres do diretor são interpretadas por Kate Hudson (‘Um Amor de Tesouro’), Nicole Kidman (‘Austrália’), Marion Cotillard (‘Piaf – Um Hino ao Amor’), Judi Dench (’007 Cassino Royale’), Fergie (grupo Black Eyed Peas), Sophia Loren (‘Desejo’) e Penélope Cruz (‘Volver’).

Onde?

UCI Ribeiro Recife – 23h25 (Sex e Sab)

BOX Guararapes – 21h10 (Sex, Sab e Dom)

ALGO QUE VOCÊ PRECISA SABER

(Drama | 100 min | 2009 | França)

clip_image028

Sinopse: Mady Celliers (Charlotte Rampling) passa a maior parte do tempo falando mal de suas filhas e de seu marido, Henry (Patrick Chesnais), um ex-chefe de empresa que se transformou após a aposentadoria. Antoine (Pascal Elbé), o irmão mais velho, não consegue obter sucesso com sua empresa. Alice (Mathilde Seigner), a filha do meio, dedica-se à pintura para afastar a depressão. Já Annabelle (Sophie Cattani) é a caçula, trabalhando como enfermeira e tentando prever o futuro de sua família através das cartas. A situação da família Celliers permanece estável até o surgimento de Jacques de Parentis (Olivier Marchal), um policial solitário que acaba com a aparente harmonia.

Onde?

Cine Rosa e Silva – Sab, 23, às 20h20

PREMONIÇÃO 4 (PRÉ-ESTRÉIA)

(terror | 81 min | 2010)

clip_image030

Sinopse: Uma das franquias de maior sucesso dos últimos anos chega ao quarto longa-metragem. Nick e seus amigos vão assistir a uma corrida de carros, quando um deles a quase 300 km/h bate e explode na platéia, causando a morte de dezenas de pessoas. Nick percebe que isso foi uma de suas premonições e terá que fazer de tudo para salvar sua vida. Afinal, a morte já foi enganada três vezes e agora ela não dará trégua, será mais brutal do que nunca!

Onde?

UCI Ribeiro Tacaruna – 21h25| 23h20 (sex e Sab)

UCI Ribeiro Recife – 21h | 23h (sex e Sab)

Multiplex Boa Vista – 20h40 (Sab)

O HOMEM QUE ENGARRAFAVA NUVENS

(Brasil | Documentário | 2008 | 128 min)

De Lírio Ferreira. Com Chico Buarque, Caetano Veloso, David Byrne

clip_image032

Documentário musical sobre a vida e a obra do compositor, advogado, deputado federal e criador das leis de direitos autorais, Humberto Teixeira, também conhecido como "O Doutor do Baião" pela autoria de clássicos populares como "Asa Branca". O filme acompanha sua filha, Denise Dummont, numa viagem em busca de aprender mais sobre o pai. Isso dá ao filme o toque pessoal e humano, casando com a condução livre e autoral de Ferreira (Baile Perfumado, Árido Movie).

Onde?

Cinema da Fundação

Sexta, 22, e terça, 26 – 16h20, 18h20, 20h20

Sábado, 23 – 16h20, 20h20

Domingo, 24 e quinta, 28 – 16h20, 18h20

Quarta, 27 – 18h20, 20h20

500 DIAS COM ELA

(Romance | 2009 | 95 min )

clip_image034

O longa é em essência um "boy meets girl", o a base geral dos filmes de romance. Mas consegue entrar para o hall do seletíssimo grupo de filmes que conseguem subverter as regras do gênero, dando ao público uma experiência nova. Summer Finn (Zooey Deschanel) é uma garota linda, esperta, com um gosto incrível para música e cinema, perfeita para Tom Hanson (Joseph Gordon-Levitt), um garoto esperto, boa praça e com um excelente gosto para música e cinema. E, como nas histórias de amor, eles acabam juntos – mas, como na vida real, não por todo o sempre. Summer não acredita no amor a longo prazo, graças ao trauma do divórcio dos pais. Quando Tom, azarado escritor de cartões comemorativos e românticos sem esperanças, fica sem rumo depois de levar um fora da Summer, ele volta a vários momentos dos 500 dias que passaram juntos para tentar entender o que deu errado. Suas reflexões acabam levando-o a redescobrir suas verdadeiras paixões na vida.

Onde?

UCI Kinoplex Casa Forte – Dom (24), às 12h10

Multiplex Boa Vista – Sex (22), às 21h e Sab (23), às 11h

UCI Ribeiro Recife – seg a qui (25 a 28), às 21h

DEIXA ELA ENTRAR

(Suécia | 2008 | 112 min | 16 anos)

clip_image036

Um maravilhoso filme sueco com um ponto de vista um tanto diferente para uma história de vampiros e adolescentes. Inteligente, lírico, ousado e adequadamente sangrento, Deixa Ela Entrar equilibra o melhor do cinema de gênero com a delicadeza das grandes histórias de amor. Sinopse: Oskar tem 12 anos e é um garoto ansioso, frágil e provocado pelos colegas. Com a chegada de Eli, uma garota séria e pálida da mesma idade, que se muda para a vizinhança com o pai, ele ganha uma amiga.

Onde?

Cinema da Fundação

Sábado - 18h20

Domingo e quinta - 20h20

Quarta – 16h20

8 Comentários + Add Comentário

  • Bernardo, eu prefiro a opinião de sua namorada (ou foi da amiga dela que também fala sobre cinema na CBN?) a respeito do péssimo “Deixa Ela Entrar”.

  • Foi a Silvana mesmo, Márcio. As vezes a gente concorda em discordar sobre os filmes. Namorado pensa diferente de namorada as vezes né? :)

  • OMG!!! Deixa ela entrar pessimo????

    Ah, fiquei encucado com o “concorrido filme sobre o presidente Lula”. Afinal, até hoje, ninguém sabe ao certo qual a bilheteria desse engodo. Fala-se que o filme foi uma decepção, afinal, não dá pra concorrer com a tragédia de Angra e Haiti televisionadas juntas. Concorrido mesmo foi a disputa das empreiteras para financiar essa bomba!!

    • Vi, é verdade que o filme do Lula não teve a receptividade esperada. Não tenho dados da última semana, mas vou pesquisar e postar. Mas temos as informações sobre o fim de semana de estréia, quando Lula foi visto por cerca de 220 mil pessoas. O recorde recente do cinema nacional é ‘Se Eu Fosse Você 2′ com 560 mil. Talvez a demasiada exposição antecipada do filme tenha tirado o interesse, ou com a exibição dele em salas com menores preços, como o São Luiz, a frequência do publico cresça…. Vamos aguardar!

      • Kassia
        Até agora o filme teria sido visto por 800 mil pessoas. A previsão final é que chegue a 1,5 milhão, pois começarão as promoções, como no São Luiz, por R$ 2,00.
        Na verdade acho que é um excelente público. O problema foi a superestimativa feita antes.

        • É, eu também achei que se falou pouco dele no grande público. Vamos esperar a situação do São Luiz estabilizar pra saber. :)

  • Acabei de assistir ao “Amor Sem Escalas”.

    Um ótimo filme. Recomendo. É colocado como “Comédia Romantica”, mas, além de nos fazer dar boas risadas, nos faz refletir sobre nossas relações afetivas e profissionais, além dos nossos propósitos de vida.

    Bom fim de semana a todos.

    Caio Neves.

    • Eu acho ele com mais cara de drama mais suave Caio… Hoje em dia, comédia romântica tem tido uma certa queda para o pastelão ou para o exagêro. Ele é engraçado quando a gente compara com as nossas próprias experiências. :)

Tem algo a dizer? Vá em frente e deixe um comentário!

XHTML: Você pdoe usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Enquetes

Em relação ao impeachment de Dilma Rousseff, qual sua posição?

Ver Resultado

Loading ... Loading ...

Frase do dia

  • A riqueza de uma nação se mede pela riqueza do povo e não pela riqueza dos príncipes.”, Adam Smith.

ARQUIVO

novembro 2018
S T Q Q S S D
« mai    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Informação com Humor

MARCO BAHÉJornalista
É formado em Jornalismo e pós-graduado em História Contemporânea e História do Nordeste do Brasil. Foi repórter da Gazeta Mercantil para os estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Também atuou como repórter do Jornal do Commercio, editor da Folha de Pernambuco e repórter especial do Diario de Pernambuco. É correspondente da revista Época no Nordeste desde 2003. Tamb´m atua com publicidade e marketing eleitoral desde 2004.
PIERRE LUCENADoutor em Finanças
É doutor em Finanças pela PUC-Rio e mestre em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco. É professor adjunto de Finanças da UFPE e foi secretário-adjunto de Educação de Pernambuco. É autor de vários trabalhos publicados no Brasil e no exterior sobre o mercado financeiro, e participa como revisor de várias revistas acadêmicas na área. É sócio-fundador da Sociedade Brasileira de Finanças. Foi comentarista de Economia do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (TV Jornal e Rádio CBN). Atualmente é coordenador do curso de administração da UFPE, e Coordenador do Núcleo de Estudos em Finanças e Investimentos do Programa de Pós-graduação em Administração da UFPE (NEFI).