Suape responde ao blog sobre Tubarão

jun 30, 2011 by     41 Comentários    Postado em: Meio Ambiente

O Complexo Industrial e Portuário de Suape acaba de enviar resposta ao post Tubarão ataca novamente. Até quando Suape vai se omitir?

Como de praxe, não comentamos resposta oficial.

Com relação à matéria “Tubarão ataca novamente. E até quando Suape vai se omitir?”,  postada no blog Acerto de Contas, o Complexo Industrial Portuário de Suape  informa que realizou, em 2000, o Estudo de Impacto Ambiental  (EIA) e este não  apontou nenhuma interferência no hábito de qualquer peixe. Entretanto, Suape entende que as alterações no ecossistema marinho poderão ocorrer associadas à instalação de processos de erosão e assoreamento, decorrentes do carreamento  (transporte de sedimentos, detritos, por
determinada distância) de sólidos para os cursos d’água, entre outras atividades.

Atualmente, Suape está realizando o Estudo Ambiental Complementar, para atualizar as informações ambientais e averiguar a possibilidade/magnitude dessas alterações terem  ocorrido nestes 11 anos desde a realização do EIA. Independentemente, dados científicos  informam o comportamento de acompanhamento de embarcações pelos tubarões, apontando os efluentes descartados por  elas  como um dos principais motivos desta perseguição aos barcos e  da mudança na rota dos animais. O monitoramento destes efluentes é  regulamentado e fiscalizado pelos órgãos competentes.


Em relação à gestão costeira de Pernambuco, além dos estudos e modelagens já realizados e em andamento, Suape acompanhou e participou ativamente da confecção e debates da Lei Estadual de Gerenciamento Costeiro de Pernambuco. Acompanha e participa  do Projeto Orla (com âmbito estadual/federal) e que, atualmente,  Suape está em fase de
negociação para participação dos projetos de reposição e/ou  ngorda das praias da costa Pernambucana, incluindo ações efetivas de regeneração de áreas costeiras.

Adicionalmente, Suape está inserindo em sua Coordenadoria de Meio Ambiente, em programas de apoio a pesquisas e extensões universitárias, onde esta temática, além de outras de igual importância, serão contempladas com estudos e ações específicas.

41 Comentários + Add Comentário

  • “…o Complexo Industrial Portuário de Suape informa que
    realizou, em 2000, o Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e este não apontou nenhuma
    interferência no hábito de qualquer peixe. ”
    PAREI AÍ.
    Tubarão pode ser tudo, menos PEIXE.

    • Na verdade o tubarão é um peixe cartilaginoso (condríctie) vivíparo. Bem diferente dos osteícties ovíparos (peixes ósseos que botam ovos), mas ainda assim é enquadrado como peixe, uma vez que não mama.

      Seres aquáticos relativamente similares aos tubarões e que não são peixes são os mamíferos cetáceos (baleias, orcas, golfinhos, botos).

      • Obrigado pela correção.

      • Em uma sopa fica uma delícia. uahuahuahuahuahh

        • hahahha… muito bom!

      • Há tubarões ovíparos e vivíparos.

    • Claro que é peixe energúmeno !!!!

      • Ao contrário de Róbson, um cara q se disfarça usando como nickname o nome do cavalo de Alexandre ñ tem moral para corrigir uma falha minha ou de quem quer q seja aqui.

    • sim, tubarão é uma espécie de peixe!

  • Acho difícil um estudo de 2000 conseguir identificar problemas que ocorreram ao longo de 40 anos já que Suape começou a ser construído na década de 60.

  • ZZZzzzzzz…

  • O debate é bom, salutar, entretanto no patamar de viabilidade economica em que se encontra o complexo Portuário de Suape, fazermos questionamentos de ordem ambiental nessa altura dos acontecimentos, é malhar em ferro frio.

    Resta-nos cobrar do Secretário de Meio ambiente do estado, o “ativista do PV” Sergio Xavier, ações que minimizem o imnpacto geral, se bem que até isso eu acho dificil.
    Quando o governo apresenta um novo empreendimento em Suape, a festa é tão grande que mais parece um premio da megasena acumulada……………….para eles, claro.

    • discordo sobre a inefetividade das discussões. isso porque, caso se constate a responsabilidade do Complexo Portuário de Suape, tal como entendo, pode-se determinar que este desenvolvida medidas paliativas e de restauração ambiental, dentro do contexto atual e de maneira a minimizar os impactos, além de haver, por suposto, a possibilidade de ser condenado ao pagamento de indenização.

      o fato de ostentar a condição de empresa pública, de ser necessário ao desenvolvimento econômico da região ou de estar em fase adiantada não lhe tira a responsabilidade por eventuais danos que sejam constatados e, neste sentido, a fiscalização e apuração de responsabilidade promovida pelos órgãos públicos competentes é necessária, ainda que dolorosa.

      • É isso aí.

    • MAS O SECRETÁRIO DE MEIO AMBIENTE FOI COOPTADO PELO PSB.

  • É gente, essa história de ataques de tubarão é tudo mentira. O cara que diz que foi atacado deve ter se ferido em alguma pedra e pensou que foi tubarão. Quem manda não saber nadar direito!!!!!

    Não há tubarões na costa brasileira. Nunca antes na história desse país os oceanos brasileiros foram tão tranquilos.

    Convido todos a fazer uma prova de natação a partir das 19hs partindo da praia do pina até a praia de piedade.

    Vocês nadam e eu fico no calçadão cronometrando o tempo pra ver quem é o ganhador da prova.

    O cidadão recifense tem que dar o bom exemplo e mostrar para o país e para o mundo que nossas praias, assim como nossas cidades, são as mais seguras do planeta.

    • LOL !

  • Caros,
    Discussão pertinente, em todos os sentidos. Temos que cobrar mesmo do governo respostas, mas seríamos hipócritas em não comemorar o crescimento do nosso estado, não acham? Em relação ao desenvolvimento x meio ambiente, está claro que não é problema de um governo só. Paremos de falar nos problemas e pensemos na solução.

  • Uma boa nota oficial, diferente daquelas da Prefeitura do Recife…

    De qualquer forma, o poder público colocou placas avisando do perigo. Mesmo assim, trata-se é uma tragédia na vida do rapaz. Vamos torcer por sua recuperação.

    Não é hora de buscar culpados, e sim soluções. O Porto de Suape, pelo visto e sucesso notório, é bem administrado.

  • Legal…

  • Qualquer cientista zé manéu faz um estudo c**ô e vende pra Suape apresentar como troféu de isenção ambiental. E mercenários deste tipo tem aos montes. Na contra-mão, TODOS os outros estudos mostram o contrário dos estudos encomendados por Suape.
    Isso não é novidade pra ninguém.

  • Essa Cprh e’ um orgao de gente interesseira e sem escrupulos.
    Jamais ela iria colocar entraves contra Suape.

  • Ao contrário do que o Carlos disse, acho essa nota mais uma daquelas “para inglês ver”.

    quem tem que fazer um estudo técnico é uma entidade independente. De preferência completamente à margem de ser capitalizada para o “lado” de SUAPE.

    Quem fez esse estudo técnico em 2000??? esse estudo foi analisado por experts das universidades ou organizações não governamentais brasileiras e estrangeiras??? Onde está publicado o estudo????

    Assim é fácil demás ¬¬.

  • Quais foram os estudos que concluíram que Suape é a causa dos ataques de tubarão?

    • Não apareceram ainda, né…

      Não acho que Suape seja uma maravilha em termos de harmonia com o meio ambiente. Agora, ligá-lo aos ataques de tubarão parece meio forçado.

  • Pois é, amigos especialistas, mostrem esses estudos. Parem de falar e hajam! Que coisa. Publiquem aqui, levem lá, tirem fotos para registrar e cobrem depois. O que não adianta é ficar dando escândalo aqui, escrevendo o que querem e achando que a administração do porto não pode ter a palavra. Sei que esse está longe de ser um blog jornalístico, mas o Pierre errou ao não mostrar o lado do porto na primeira matéria que fez. Inclusive os criminosos, se for este o caso, tem direito a defesa. A maior mola propulsora do desenvovilmento de Pernambuco não teria? Me poupem.

    • desenvolvimento????

      • “Desenvolvimento??????????” [2]

  • Ninguém conhece nenhum estudo que comprovou a culpa de Suape nos ataques de tubarão?

    • Assange, do Wikileaks tem a resposta, pode crer.

  • E isto ? em plena area de proteção ambiental APA-Santa Cruz decreto #32-488.
    http://litoraldepaulista.blogspot.com/2011/06/porto-em-itamaraca.html?spref=fb

    • Isso foi o que o Governo do Estado apresentou, cabe a sociedade agir antes que o que aconteceu em Saupe se repita.

  • com o perdão do trocadilho, esta não é minha praia e faz muito tempo que li algo a respeito, mas a responsabilidade por dano ambiental não seria objetiva, ou seja, independe de culpa do agente causador?

    se for, é só encontrar o fato/ato danoso e o nexo causal (relação entre o dano e uma ação ou omissão do agente infrator) para que o Complexo Portuário de Suape seja responsabilizado.

    • o problema é justamento o nexo causal ;) .

      • Pois é. Ele existe, ou culpar Suape virou apenas senso comum?

        • Não sei.

  • To sentindo falta de um post sobre uma nova polêmica, a participação do BNDES na fusão do Pão de Açucar com o Carrefour…

  • O comentário de Christopher esta ligado ao que o Governo anunciou, veja http://litoraldepaulista.blogspot.com/2011/06/polo-de-desenvolvimento-no-litoral.html

  • http://achatcialisgenerique.net/ – commander cialis france achat cialis en france

  • Tubarão é muito bom, tubalhau, quando vira bacalhau!

  • A situação tá crítica mesmo… Se fugir pro mar, o tubarão pega… Se vai no circo, o Leão come… se for pra rua, é assaltado e se escapar, leva choque… e se resolver ficar em casa, o prédio cai!! Será que não tem nada de errado com a nossa qualidade de vida, não??

Tem algo a dizer? Vá em frente e deixe um comentário!

XHTML: Você pdoe usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Enquetes

Em relação ao impeachment de Dilma Rousseff, qual sua posição?

Ver Resultado

Loading ... Loading ...

Frase do dia

  • A riqueza de uma nação se mede pela riqueza do povo e não pela riqueza dos príncipes.”, Adam Smith.

ARQUIVO

outubro 2017
S T Q Q S S D
« mai    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Informação com Humor

MARCO BAHÉJornalista
É formado em Jornalismo e pós-graduado em História Contemporânea e História do Nordeste do Brasil. Foi repórter da Gazeta Mercantil para os estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Também atuou como repórter do Jornal do Commercio, editor da Folha de Pernambuco e repórter especial do Diario de Pernambuco. É correspondente da revista Época no Nordeste desde 2003. Tamb´m atua com publicidade e marketing eleitoral desde 2004.
PIERRE LUCENADoutor em Finanças
É doutor em Finanças pela PUC-Rio e mestre em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco. É professor adjunto de Finanças da UFPE e foi secretário-adjunto de Educação de Pernambuco. É autor de vários trabalhos publicados no Brasil e no exterior sobre o mercado financeiro, e participa como revisor de várias revistas acadêmicas na área. É sócio-fundador da Sociedade Brasileira de Finanças. Foi comentarista de Economia do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (TV Jornal e Rádio CBN). Atualmente é coordenador do curso de administração da UFPE, e Coordenador do Núcleo de Estudos em Finanças e Investimentos do Programa de Pós-graduação em Administração da UFPE (NEFI).