Tubarão ataca novamente. E até quando Suape vai se omitir?

jun 30, 2011 by     52 Comentários    Postado em: Meio Ambiente

Ontem mais um ataque do famoso Tubarão de Boa Viagem ocorreu em nosso litoral urbano. Já fazia certo tempo que nada tão grave acontecia, simplesmente porque a população aprendeu que temos apenas a praia pela metade.

Imprudência do jovem que foi surfar? Obvio que sim. Mas o pior de tudo é o Poder Público fazer de conta que isto é uma fatalidade. Ou ainda a população se conformar com o fim da Praia de Piedade e Boa Viagem.

Por outro lado, o principal responsável por isso, o Porto de Suape, se faz de desentendido, e nossa imprensa simplesmente nunca se dignificou a cobrar uma solução da empresa, que apesar de ser pública, merece pagar pelo prejuízo ambiental que sofremos hoje em Recife.

Hoje não há dúvidas de que a construção do Porto de Suape foi responsável pelo avanço do mar no nosso litoral, e também pelo fenômeno dos ataques de tubarão nas últimas décadas. Mas não há por parte do Porto a menor preocupação em minimizar o problema, seja procurando alternativas para o recuo do mar ou mesmo para a instalação de redes.

E o pior é a culpa sendo jogada na população, que viu a Praia de Recife deixar de ser uma opção de lazer. A única culpa que temos é de termos aceitado passivamente esta destruição ambiental, sem ao menos uma cobrança para o principal responsável.

A imprudência do surfista, sendo atacado pelo tubarão, fez com que o Governo se mexesse e anunciasse a instalação de redes. É sempre assim. É preciso uma tragédia para que o elefante se mova.

Mas nem mesmo 54 ataques é capaz de um pronunciamento de Suape.

E mesma com essa demonstração de absoluta falta de responsabilidade social, ainda querem destruir mais mangue e construir outro Porto.

E tem gente que ainda acredita em compensação ambiental.

Suape responde ao blog (Veja resposta de Suape)

52 Comentários + Add Comentário

  • Sim, mas que declaração se poderia esperar da administração do Porto?

    “Mal aí, a gente vai desmontar tudo”?

    • Não….
      “Assumimos nossa responsabilidade, e vamos investir na reconstrução da praia e na instalação de redes”

      • Tá, mas “Assumimos nossa responsabilidade” em que termos exatamente? Indenizar as vítimas, por exemplo? Em qualquer caso haveria de ser resolvido pela (nossa maravilhosa) justiça, não?

      • Pierre, o rapaz que foi atacado surfava recorrentemente na mesma área* com outros cidadãos a um tempo. Eles eram avisados todas as vezes pelos guarda-vidas na praia, todas e fazia ouvido de mercador… Sei que o Porto de Suape é responsável mas esse ataque, como muitos outros que foram evitados por um longo período, poderia ter sido evitado facilmente não fosse a irresponsabilidade e infantilidade desse(s) camaradas. Tenha certeza que o que estou dizendo está correto.

        *(Praia de Piedade–> exatamente na faixa de praia na qual INEXISTE recifes-de-coral no mar que minimiza a possibilidade de ataque)

        Abraços!

        • JJ,

          o ataque foi no pina velho…

        • Putz, não entendesse NADA do que pierre escreveu?

          Ele esta falando que PERDEMOS A PRAIA rapaz!!

      • “…e nossa imprensa simplesmente nunca se dignificou a cobrar uma solução da empresa, que apesar de ser pública, merece pagar pelo prejuízo ambiental que sofremos hoje em Recife.”

        Nossa imprensa não cobra os responsáveis pela buraqueira na BR 101, vai bem peitar Suape. Semana passada morreram 2, em acidente na BR por causa dos buracos.

    • O mínimo que se espera de alguém que, mesmo sem a intenção, prejudica a vida de outras, é que esta pessoa reconheça o prejuízo causado e, ao menos, desculpe-se, ou melhor ainda, aja para reparar este prejuízo causado.

      Sr. Dedéu, na sua vida o sr. está acostumado a causar prejuízo a vida alheia e deixar por isso mesmo, como se nada tivesse acontecido? Espero que não, pois senão o sr. seria um bruta de um irresponsável. Certo?

  • Há comprovação técnica de que Suape é realmente responsável pelos tubarões?

    • Quanto aos ataque de tubarão, há comprovação técnica. Quanto ao avanço do mar eu nunca vi.

    • Há sim
      Estão levando como base a mudança das correntes para fazer a intervenção na orla.

      • Se está mesmo comprovado, é o caso de entrarem com ação judicial.

        • Entrar com uma ação judicial para que??
          Embargar o Porto de Suape??

          Como dizia minha amada vovozinha, “agora é tarde. a vaca já virou bife”

        • Embargar, claro que não.

          Apurar responsabilidade ambiental, talvez.

          Mas gostaria de saber quais estudos comprovam a culpa de Suape.

        • “Entrar com uma ação judicial para que?”

          Justamente pra se ter a certeza de que toda essa palhaçada não vai dar em porra nenhuma.

        • @martins, existe um documentário excelente feito pelo Discovery Channel só sobre a relação do Porto com a alteração do ciclo natural dos tubarões da área. Vale a pena procurar, tem em DVD.

        • @martins não sei se ficou claro, mas o documentário é específico da situação daqui, filmado em Pernambuco sobre o Porto de Suape.

        • Documentário é OK, mas queria que citassem trabalhos científicos.

      • Ah vá, é mesmo?!

  • E até quando surfistas serão irresponsáveisÇ

  • Bom, esta questão do avanço do mar é um assunto um pouco complexo. Acho que o porto de Suape tem sim a sua parcela de culpa em muitos problemas ambientais que temos em nosso estado. Mas o que falar ao saber que a maior parte de boa viagem era constituída de mangue e que foi e continua sendo aterrada pelas construtoras para que a parcela mais rica da população do estado possa acordar com vista pro mar?

    • Exato.
      Em Jaboatão é tudo construído na praia. Não na beira mar…na areia mesmo.

    • Quanto ao avanço do mar, Suape tem pouco nessa história. Mas as modificações que fizeram na foz do rio Jaboatão, isso tem tudo a ver.

      Na década de 80 costumávamos surfar em Paiva e freqüentávamos o “Bar Sem Nome”, que ficava a poucos metros da água. Em pouco tempo aterraram um bocado, data de quando começou a ser reduzida a faixa de areia de piedade.

      • Lembro vagamente desse bar.

        Mas lembro vividamente de que a faixa de areia de BV NÃO TINHA molhes, NEM ERA tão estreita como hoje dá pena de ver. Coisa de cinco anos para cá… estamos realmente perdendo nossas praias.

  • Se o governo do Estado não fala nada sobre o desmatamento arbitrário que se vê; se a prefeitura não se posiciona sobre os livros/agendas; se o governo federal não tá nem aí pra zona moral que esse país tá virando; Por que vocês acham que SUAPE iria se preocupar com eventos como esses???

    Não é com SUAPE que os senhores devem se preocupar, é com o MPPE que nada anda fazendo nesse Estado (ressalvando-se os que se salvam)..

  • Agora tudo sera diferente.
    Com a criacao do Forum Suape Sustentavel como disse o secretario Sergio Xavier “O Estado esta conseguindo conciliar economia e meio ambiente, como elementos indissociaveis”.
    Esta mais nova propaganda do Governo Estadual anuncia que ira pagar o passivo ambiental anunciando reflorestamento.
    Vc tem toda razao Pierre, o Porto tem responsabilidades pelo que esta acontecendo em materia de degradacao ambiental. Os tubaroes agradecem.

  • Robson devia parar de escrever artigos tolos e fazer algo útil: processar Suape por causa dos tubarões.

    • É mais fácil ele querer processar o tubarão por ser carnívoro …

      • Anti-ético, cruel, covarde…

  • Vou sugerir o seguinte: pegar o prefeito com toda a corja respectiva (babões, parasitas apadrinhados e capachos inclusos), prende-los dentro de uma rede de pesca e soltar exatamente na área onde estão os tubarões. Antes, claro, atrair os tubarões com isca pra juntar um bom número deles.

    Monta-se um camarote na areia e cobra 100 reais/10 minutos de show e espera pra ver quanto desses filhos-da-put@ conseguem se livrar.

    Os que se livrarem da primeira vez, serão jogados novamente às feras. Quando nem os tubarões quiserem mais essas merd@s, deixa morrerem afogados ou desidratados.

    Talvez assim, possamos começar a tentar reconstruir a cidade do zero sem essas almas-sebosas.

    Se o espetáculo der certo, a idéia pode ser aplicada em nível nacional.

    PS1: O dinheiro arrecadado será dividido em 3 partes. Uma vai toda para a caridade (asilos, orfanatos, centros de desamparados, abrigo de órfãos). Outra para comprar a merenda das escolas. E a terceira vai para comprar material clínico para os hospitais públicos.

    PS2: Quem sabe assim, esses bost@s ainda tem uma remota chance de serem aceitos no céu, ao invés de irem diretamente pro inferno.

  • OK, o porto até pode ser responsável pelo aparecimento de tubarões nas praias. Mas independentemente de quem é o culpado, em praia que tem tubarão não se deve nadar. Todo mundo sabe disso – menos os surfistas.

    Outra coisa: como estaria a economia de Recife (e de Pernambuco) sem o porto? Se ele não existisse, provavelmente vocês estariam batalhando para que um fosse construído.

    Houve impacto ambiental inesperado? OK, vamos descobrir e buscar um meio de consertar. Procurem soluções, em vez de culpados.

    Abraço, Rodolfo.

  • E depois Robson é um ecochato frescurento infantiloide etc. etc. etc. que quer empatar o glorioso desenvolvimento da China nordestina chamada Pernambuco!

    Quando são outros que falam, são só reverências e no máximo questionamentos mansos.

    • É porque tu é uma mala, Robson. Uma mala sem alça que ninguém aguenta.

      • comentário estúpido e desnecessário…

        • E os que tu fez sobre os ateus?

      • Falou o mais adorado do pedaço.

        • Robson, tu que “entende” do assunto, traga-nos um trabalho científico que relacione Suape aos ataques de tubarões.

  • Sem xiliques ! por favor …

  • SUAPE a parte, as informações de alerta estão bem visíveis na praia e presentes em outros meios de comunicação, tanto se discute e se discutiu, mas, nada adiantou no caso deste rapaz e tantos outros…
    Cada um tem o direito de ir e vir, de tomar atitudes benéficas ou não, de saber as consequências de seus atos…
    Tomar uma atitude “tola” não foi culpa de SUAPE ou do governo, foi do surfista…
    Sei o grande dano ambiental causado pela construção do porto de SUAPE, sei que as praias do Recife estão uma b****, mas também sei que não foi SUAPE que disse: “Vamos nadar?”

    • Também sei que o surf é um dos esportes mais perigosos…

  • Quero ver o tubarão vir até a praia morder os humanos. Ele está no habitat dele. Quem quiser que se habilite.

  • Um ataque de tubarão. O primeiro desde… quanto tempo?

    E o surfista afirmou que sabia ser aquela uma área proibida. Portanto, entrou porque quis.

    Culpar Suape por isso é jogar m***a no ventilador.

    Também gostaria de ver os estudos que comprovam a responsabilidade de Suape em casos como este.

  • tudo isso é por causa da contrução do porto de suape!!!

  • Se fosse SUAPE uma empresa PRIVADA o estado já estaria caindo de pau.

  • Quando a última árvore cair é que nos daremos conta de que o ambiente é importante… (greenpeace)

  • Esse negócio de tubarão é complicado.

    Por um lado, houve o inegável desequilíbrio ambiental causado por Suape (tudo em nome do “desenvolvimento” de Pernambuco, a China dos trópicos).

    Por outro, há a brutal falta de educação do brasileiro. Brasileiro adora ser fora-da-lei. A melhor maneira de fazer um brasileiro pisar na grama é colocar uma placa dizendo: “NÃO pise na grama”. O povo é mal educado, não lê avisos, não se importa com normas, convenções, leis e regras, tudo é levado na brincadeira, na gozação, tá aí a zona que é o país.

    O povo tem entender o seguinte: se tem uma porra de uma placa alertando contra tubarões, o mais sensato é não entrar na água. No Brasil, se tiver uma placa avisando dos tubarões, aí é que o povo fica animado pra entrar na água mesmo. O povo adora burlar a lei, é uma tara, um fetiche, uma fantasia, sei lá, só sei que o povo sente um prazer enorme em descumprir normas.

    Temos que aprender a ler e respeitar avisos e leis. Se não aprendermos por bem, vamos aprender por mal.

  • O mais importante no momento é respeitar os avisos, e tomar banho de mar c/ maré seca nos lugares onde existe as rasas piscinas naturais, é difícil, mas… é o jeito, para não arriscar c/ a vida..
    Nos lugares como na Austrália, onde habitam os ferozes tubarões branco, os banhistas tomam banho a vontade, porque são protegidos por redes específicas, e se lá deu certo, porque aqui não faz o mesmo ? Ou será que é falta de determinação e comodismo das autoridades competentes ?

    E aí ? Governador e Prefeito ?

  • Um pouco além dos debates sobre comprovação cientifica e correlação entre construção do Porto e a presença constante dos tubarões em nossa orla recifense, alguém se perguntou o porque levaram a garota pra uma UPA e não diretamente pra o hospital? Soube que no caminho ela teve algumas paradas. Tudo bem que a criação dessas UPAs atende a expectativa de atendimento de casos mais graves nos hospitais, mas uma perna dilacerada não seria suficientemente grave a ponto de se encaminhar diretamente?

    • A ambulância não passava por causa do trânsito. se não fosse pra UPA, não tinha nem chance de tentar.

  • Boa viagem já não tem turismo noturno, agora vai diminuir o diurno, sem turismo, ficamos mais dependente do estado e ele aumenta mais os impostos!

  • Sim Suape tem sim parcela de culpa, mas engraçado se não há desenvimento se reclama se há também se reclama, pelo amor de Deus! O ser humano precisou invadir a natureza, não estou falando de certo e errado, porém a conversa sobre o ataque não se pode levar para Suape, houve inteligência fã banhista e ponto, tirar Suape ou fazer qualquer ação não irá mudar o cenário, então precisamos cuidar
    Da natureza e conviver com isso!

  • A situação tá crítica mesmo… Se fugir pro mar, o tubarão pega… Se vai no circo, o Leão come… se for pra rua, é assaltado e se escapar, leva choque… e se resolver ficar em casa, o prédio cai!! Será que não tem nada de errado com a nossa qualidade de vida, não??

Tem algo a dizer? Vá em frente e deixe um comentário!

XHTML: Você pdoe usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Enquetes

Em relação às punições de corruptos...

Ver Resultado

Loading ... Loading ...

Frase do dia


  • “O homem de bem é um cadáver mal informado. Não sabe que morreu.”
    Nelson Rodrigues.

ARQUIVO

outubro 2014
S T Q Q S S D
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Informação com Humor

MARCO BAHÉJornalista
É formado em Jornalismo e pós-graduado em História Contemporânea e História do Nordeste do Brasil. Foi repórter da Gazeta Mercantil para os estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Também atuou como repórter do Jornal do Commercio, editor da Folha de Pernambuco e repórter especial do Diario de Pernambuco. É correspondente da revista Época no Nordeste desde 2003. Tamb´m atua com publicidade e marketing eleitoral desde 2004.
PIERRE LUCENADoutor em Finanças
É doutor em Finanças pela PUC-Rio e mestre em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco. É professor adjunto de Finanças da UFPE e foi secretário-adjunto de Educação de Pernambuco. É autor de vários trabalhos publicados no Brasil e no exterior sobre o mercado financeiro, e participa como revisor de várias revistas acadêmicas na área. É sócio-fundador da Sociedade Brasileira de Finanças. Foi comentarista de Economia do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (TV Jornal e Rádio CBN). Atualmente é coordenador do curso de administração da UFPE, e Coordenador do Núcleo de Estudos em Finanças e Investimentos do Programa de Pós-graduação em Administração da UFPE (NEFI).