“O Corregedor Amaro é um delegado escalado para produzir provas para facilitar o Daniel Dantas.”

abr 11, 2009 by     66 Comentários    Postado em: Política

Protogenes na CPI (Foto de  José Cruz da ABr)

Conversei agora há pouco com o Delegado Protógenes Queiroz, especialmente sobre o seu depoimento na CPI, e o que pensa do seu futuro.

Conversamos sobre o cenário que está estabelecido sobre a Satiagraha e também os próximos passos. Ao final, disse a ele que iria publicar, e ele falou que não teria problema, me autorizando.

Muita coisa saiu na imprensa do depoimento de ontem. Colocarei apenas os principais trechos, com o que não saiu na imprensa.

Acerto de Contas – Oi Protógenes, tudo bem? O que achou do depoimento ontem?

Tudo bem Pierre. Acho que foi bom, e deve ter sido, porque hoje não saiu muita coisa a respeito.

Você estava preocupado em avançar o sinal em relação à Satiagraha?

Pois é, muitas perguntas surgiram, e algumas eu optei por não responder, porque poderia colocar em perigo dados sigilosos da Operação Satiagraha.

Inclusive no final eu chamei os deputados, e pedi para participarem e acompanharem o desenrolar da Operação Satiagraha, inclusive nos EUA. Muita coisa precisa vir ainda à tona, e acredito ser importante a participação dos deputados. inclusive disse: “Me convoquem que eu vou junto”.

Inclusive em relação à Dilma e ao filho do Presidente?

Lógico, mas neste caso era melhor falar logo que não há nenhum resquício de investigação sobre eles, para que não ficassem utilizando indevidamente os nomes de quem não era objeto da investigação. Em nenhum momento eles foram investigados.

E como está sua situação na Polícia Federal?

Eu espero que volte a ser boa. Gosto do meu trabalho de investigador, e acredito que a atuação da Polícia Federal é de suma importância para o combate à corrupção. Inclusive eu estou esperando minha liberação para contribuir com uma CPI na Assembléia Legislativa de São Paulo, mas ainda não me liberaram. Não sei se esta é a sua avaliação também.

Você está sofrendo uma investigação da Corregedoria da PF, que está sendo conduzida pelo Delegado Amaro. Qual o papel deste Delegado nessa história toda?

O Corregedor Amaro é um delegado escalado para produzir provas para facilitar o Daniel Dantas. Ele faz parte parte de uma orquestra organizada composta do Presidente da CPI, Marcelo Itagiba e outros da cúpula da Polícia Federal, não identificados ainda. Todos tem como objetivo favorecer o banqueiro-condenado Daniel Dantas.

Você acredita que pode acontecer o que?

Olha Pierre, se dependesse de Daniel Dantas e os que o defendem, eu seria preso, mas não conseguem porque não sou bandido. Como disse ontem, essa é a primeira vez que acontece uma investigação para averiguar uma outra investigação.

Estou sofrendo uma perseguição implacável, mas acredito que no fim tudo isso irá cair, pois o bandido não sou eu. Estão tentando inverter os papéis.

E como está vendo esta reação no Congresso que está surgindo a seu favor?

Fico feliz em saber que vários parlamentares estão agora me apoiando. Já temos uma frente parlamentar que está se posicionando contra a perseguição que estou sofrendo.

O PDT e o PSOL em sua totalidade estão me apoiando, parlamentares do PMDB, como o nobre Senador Pedro Simon e o deputado Paulo Lima. Além de parlamentares do PT, como Eduardo Suplicy e Antonio Carlos Biscaia, e do PSB, como Janete Capiberibe.

Inclusive o PDT anunciou que você pode sair candidato a deputado pelo partido. É verdade?

Soube disso pela imprensa, mas neste momento eu não tenho compromisso partidário algum. Meu desejo é continuar atuando no combate à corrupção, dentro da Polícia Federal. Sou delegado de carreira, e acredito que cumpro muito bem o meu dever.

Muita gente está me incentivando a sair candidato, você mesmo é um deles, mas isso só acontecerá na hipótese de não ter mais chances de combater a corrupção dentro da Polícia Federal. Aí teria que procurar outra forma de atuação pública. Mas por enquanto, acredito na recuperação da minha posição dentro da Polícia Federal.

_____________________________________

* Post publicado originalmente às 16:12h do dia 09/04/09.

66 Comentários + Add Comentário

  • Gostaria que o Andrei, a combinar com Pierre e Bahe e à luz de seus conhecimentos juridicos, expusesse para nosotros esse imbroglio que tem sido a operação satiagaha e seus desdobramentos. Essa visão fragmentada do processo so favorece a quem quer esconder e tumultuar o processo, e como sei do compromisso do blog fica a sugestão.

  • Vocês irão disponibilizar o áudio da entrevista ou apenas a transcrição?

  • nitroglicerina pura.

  • aguardo com entusiasmo…

  • Eduardo
    Apenas a transcrição dos pontos mais importantes.
    Abraço

  • a sugetão do Julinho é ótima.

  • PROTÓGENES SÓ É VALENTE EM ENTREVISTAS E NOS PALANQUES DO PSOL

    “O delegado Protógenes Queiroz é uma comédia. Ele depõe na CPI dos Grampos. O deputado Raul Jungmann (PPS-PE) acaba de lhe fazer uma pergunta sobre a tal carta aberta que ele escreveu a Barack Obama. Jungmann leu o trecho em que o pai da Satiagraha sugere que Lula está na folha de pagamento de Daniel Dantas e que mudou uma estrutura do estado para favorecer o crime. O deputado pediu o óbvio, não? Que ele detalhasse a história. Sabem o que ele fez? Recorreu ao direito de ficar calado, que lhe assegurou o STF. Assim, nem se ocupou de negar a acusação de que Lula esteja na folha de pagamentos de Dantas nem que tenha atuado para beneficiar criminosos. Isso em depoimento oficial, numa CPI. E Lula fica caladinho”. (R.A.)

    Resumo da ópera:
    O delegado Protógenes prometeu dar nome aos bois, não? Pois é. E nada de nome aos bois. Que decepção! Não era esse o justiceiro que, falando, faria ruir a republiqueta?! Ficou com medinho, o energúmeno.

  • sugestão…

  • A primeira resposta foi fulminante. O rapaz também sabe ser sarcástico. a entrevista foi meio frustrante porque curta, mas pensando bem não há muito o que dizer. todos os factóides da Veja parecem desmontados. A colaboração pf-abin é prevista em lei e foi legitimada,no caso da satiagraha,pelo TRF. Se o delegado amaro acha “espúrea”,problema dele. As escutas ,foram todas legais,pois os acusadores não foram capazes de apresentar um míseravel grampinho ilegal. e nessa sangria de vazamentos é inconcebível que não tenha vazado.
    muita gente quer destruir o protógenes por vingança mesmo,nem é mais pra melar a satiagraha,cada vez mais imelável.

  • Pierre,

    Muito boa esta entrevista complementar do delegado Protógenes Queiroz após o seu depoimento à CPI das Escutas Telefonicas Clandestinas.

    Esse blog tem sido um grande instrumento de informação e informação com qualidade.

    Assisti a reprise da CPI hoje a tarde e vi que o nome do blog foi citado pelo deputador Raul Juggman, inclusive a respeito da palestra que houve ai no Recife.

    O deputado Raul Juggman citou comentários atribuidos a Protógenes feitos após a palestra que foram de imediato desmentidas pelo delegado.

    Parabéns ao blog Acerto de Contas.

    —————————————

    Agora um comentário:

    Alguns comunicadores ultrapassam a barreira da verdade e a própria credibilidade de sua publicações.

    O suposto comentário desmentido por Protógenes foi feito por um jornalista daqui de Pernambuco (que não lembro o nome, mas não é deste blog).

    Tal comentário atribuia a Protógenes a seguinte fala de que o impeachment de Lula faria o Brasil progredir 100 anos.

    A profissão de jornalista tem que ser muito valorizada, pois se meche com informações importantes. Acredito na palavra do delegado ao desmentir tal afirmação atribuida a ele.

    Outro grande exemplo de mancha nas informações trazidas por grandes difundidores da informação foi uma manchete do Estadão:

    “PF desmente Protógenes sobre parcerias com Abin‏”

    Isso foi hoje às 17:52.

    A própria redação do artigo desmente o título da manchete, pois a corporação afirma que os dois órgãos atuam em conjunto com trocas de informações.

    Oras, atuar em conjunto é uma forma de parceria!!

    Ler jornais está se tornando uma tarefa cada vez mais dificil.

  • É bom saber que Pierre possui um link direto como Dr. Protógenes.
    Lembro apenas que o telefone desse cidadão deve ser uma espécie de rádio comunitária.
    O poder de persuasão do Delegado renegado é impressionante.
    Nesse particular eu tiro meu chapéu para ele.
    A cada percalço que surge ele saca do colete uma resposta pronta sempre baseada na famosa teoria da conspiração.
    O mais novo representante do “D2″ é o Corregedor da PF.
    Mas, tudo faz parte de um roteiro.
    Primeiro Chamou a midia para sí.
    Depois jurou aos quatro cantos do país que jogaria a “m…..” no ventilador.
    Não jogou.
    Na CPI enrolou, falou bonito, mas não disse nada.
    O proximo ato será uma ruidosa filiação partidária, em seguida a campanha, a eleição e o objetivo final, um empreguinho bem pago com direito a imunidade.

  • O del. Protógenes fez exatamente o que deveria ter feito.
    Tem um inquérito em andamento e que está sobe sigilo.
    Não poderia falar nada sobre o caso.
    Somente não entendi a postura do presidente da CPI em vários momentos, mas nesta, ele deveria ter conhecimento como PF.
    Ele não é da PF ? Não entende de sigilo em investigações?
    Espero que este Policial (Itagiba) não volte a ativa pois ele quer que entrega coisa sigilosa…cruz credo !

  • Acho que Protógenes fez muito barulho antes desse depoimento, afirmando que iria dizer o nome de todos os envolvidos nessa história podre. Isso não aconteceu, coisa que eu imaginava, pois o delegado se comprometeria demasiadamente e poderia ser ainda mais acusado de falsos crimes, caso desse nome aos garrotes, que fariam de um tudo para arruiná-lo.
    Ele agiu corretamente, falou o necessário, deixou o Itagiba arretado e ainda saiu aplaudido!
    E que o delegado Protógenes continue seu excelente trabalho na PF e não entre para política, para que não se torne mais um…

  • Somente no Brasil pode ocorrer esse “fenônimo,” a palavra é esta mesma, “fenônimo”, pois não é , de fato, um fenômeno.O grande delegado Protógenes passou a ser investigado depois de mostrar e provar ao país que existe uma quadrilha chefiada por esse bandido banqueiro ou banqueiro bandido, Daniel Dantas, com centenas de membros mamadores no Executivo,Legislativo , Judiciário e grande imprensa.É inacreditável, que o delegado Protógenes , mesmo se tivesse cometido erros formais, merecia ser aclamado por todos os brasileiros decentes ,pois, abriu uma fenda de grandes proporções mostrando uma pequena parte dos canalhas desse país.Esse Raul Jungman , que já tem várias acusações de má conduta ética, além de ser um arrogante e hipócrita, deve ter levado algum,pois, está querendo desqualificar o delegado.Um dia esse país entra nos eixos, pode ser até a quinta geração após a minha, mas, se o Criador quiser, vai ser uma país de menor número de canalhas do que tem hoje.

  • Caro Julinho. A situação da Satiagraha é a seguinte: Essa operação obteve provas irrefutáveis de lavagem de dinheiro, evasão de divisas, sonegação, estelionato e outros crimes financeiros praticados pelos Srs. Daniel Dantas, Nagi Nahas, Celso Pitta e outros arrolados no inquérito. Esses cidadãos, especialmente o Sr. Dantas, são sobejamente conhecidos no mercado de capitais, diga-se, à décadas, como vigaristas. Muito espertos, não deixam provas dos seus crimes. Tal qual Paulo Maluf, que demandou mais de três décadas para ser pêgo, o Sr. Dantas se enrolou nas operações de transferência de comando da BRt (Brasil Telecom), além de aparecer nas investigações de outra operação da PF. Seguindo essa linha investigativa, o Del. Protógenes conseguiu produzir provas cabais que finalmente incriminaram o banqueiro. Ponto: em qualquer outro país sério do globo, o inquérito geraria uma ação penal, ele seria julgado e, por fim, posto no lugar certo. Atrás das grades. Mas o Brasil não é um país sério. Levantou-se um conluio que agrega desde membros do judiciário, sociedade civil, imprensa, poder executivo, agentes do mercado financeiro e outros que, de forma orquestrada, tentam desqualificar o indesqualificável: as provas factuais que levaram o Sr. Juíz Fausto De Sanctis a condenar o Sr. Daniel Dantas. É óbvio que esse conluio é formado por gente que tem o rabo preso com o Sr. Dantas, inclusive dentro da própria PF. Os argumentos são os mais variados, como dizer que o levantamento de provas foi feito de forma ilegal, o Sr. protógenes realizou escutas ilegais, não autorizadas pela justiça, etc. Tudo isso é balela! Porém, como dizia Maquiavel, uma mentira contada infinitas vezes pode se tornar uma verdade, os limites desse conluio são, até agora, intangíveis. Provavelmente os que agem contra a Satiagraha o fazem temendo que, se Dantas for realmente para a prisão, ele abra a boca e se torne um barril de póvora ambulante. Isso lembra o caso PC Farias. Ele foi esquecido, depois da bombástica prisão na Tailândia, porque jurou ao establishment brasileiro que jamais abriria a boca. Mas ninguém pode confiar num rei destronado, como também diria Maquiavel, assim sendo, ele foi executado. Também morreu de forma estranha a Sr. Elma Farias. Aquela da frase: “Só o meu marido? E os outros? Por que não pegaram os outros?.
    Como você vê, caro Julinho, o problema do Brasil é grave. Desde antes do fim do regime militar, o estado brasileiro tem sido plataforma de organizações corruptas, formadas na maioria das vezes entre agentes públicos e da iniciativa privada com o objetivo de tungar os cofres públicos em benefício próprio. A bandalheira tomou outro formato depois do pacto de minas, em 1984. Esse pacto foi o que montou a máquina que elegeu Tancredo Neves e criou a “Nova República”(um eufemismo). Licitações viciadas, prevaricação, leis e emendas feitas sob medida para essa ou aquela quadrilha, etc. A corrupção surge como algo líquido e certo quando uma obra pública é tocada. E isso é perceptível em todas as esferas. Falar disso é chover no molhado. Quando eu vejo uma ponte ser erguida, a minha percepção é que, se investigarmos, sempre encontraremos algum vício. Nos últimos anos, a PF trabalhou pegando pequenas quadrilhas, dessas que roubam merenda escolar, previdência social, sonegam, como a Daslu, etc. Dessa vez, a Satiagraha pegou um peixe muito grande, que tenta romper as redes. Cabe a nós, população civil, pressionar para que o peixe saia da água, isto é, que saia das entranhas do estado brasileiro. Se quisermos evoluir como sociedade, a operação Satiagraha tem que ser levada a cabo. A pressão deve vir, por exemplo, em exigirmos a renúncia do Sr. Gilmar Mendes, cuja postura não coaduna com a de um presidente do Superior Tribunal de Justiça ou em exigir que o Sr. Marcelo Itagiba apresente o relatório final da tal CPI dos grampos. Somente a CPI da pedofilia durou mais tempo. O Sr. Marcelo Itagiba muda o foco dessa CPI ao sabor dos ventos. Agora ela serve ao Sr. Dantas. Tudo isso com o dinheiro do contribuínte!
    Enfim, Julinho, essa é a explicação que eu espero que lhe abra os olhos para o que acontece no Brasil.
    Outra coisa: cuidado com a imprensa. Leia com cautela, aliás, tudo que é dito por um jornal ou veiculado pela televisão. Todos: jornais, revistas, canais de TV ou sites, têm uma bandeira política. Defesas desvairadas são feitas para o Sr. Dantas: obviamente com algum grau de cumplicidade. Todo cuidado é pouco, você está no Brasil. Meu sonho é viver num país vitorioso, livre e sem a criminalidade que vemos, que a educação seja finalmente democratizada e olhemos para o nosso país como olhamos para o prato que comemos e não como quem olha uma latrina. Essa é a nossa casa e precisamos limpá-la de vez em quando.

  • Os métodos do ilustre delegado é que assombram. Não se pode conceber, num país que se diz democrático, que uma autoridade policial se valha do poder estatal para promover atrozes perseguições que se prestam unicamente a constranger.

    Escutas ilegais, mesmo que tenham o propósito de impedir ou esclarecer crimes de verdade, são expressamente proibidas e vedadas pela legislação. A PF não poderia, portanto, cometer um crime para esclarecer outro. Os fins não justificam os meios!

    Espero que a situação que o delegado está vivenciando neste momento sirva no mínimo para que ele veja o quanto é nefasta uma investigação perseguidora, que se utiliza de métodos não lá muito ortodoxos, tais como os procedimentos que ele presidia na PF. É o típico caso em que o feitiço voltou-se contra o feiticeiro.

  • Leonardo,

    Seu comentário é memorável. Memorável, mesmo, pois sobra quase nada a ser dito depois dele.

    Opiniões não acrescento, mas uma informação sobre quem está interessado em desqualificar Protógenes. Ou sobre quem é o meio dessa desqualificação.

    O diretor geral da Polícia Federal é suposto agente de tortura contra uma empregada doméstica. E é suposto (aqui vai apenas como eufemismo) agente de desvio de funções. Porque meteu-se a investigar caso da alçada da polícia civil do R G do Sul.

    Na minha opinião não é currículo abonador para um cargo tal.

  • PRÓTOGENES, O COMÉDIA.

    Não usar o seu nome, foi a forma encontrada por um covarde em defender Daniel Dantas.

    O energúmeno se junta a turma de Raul Jungmann e Marcelo Itagiba, sendo os dois são pagos para fazer o jogo sujo, mas não posso afirma o mesmo do “covarde”, pois ele tem medo de declinar o seu verdadeiro nome e se esconde, por não ser honesto no que escreve.

  • Antonio,

    O barão de Teive teria vergonha de uma tal utilização de um recurso tão rico.

  • Ínclito delegado Protógenes Queiroz, ciclicamente, a esperança ilumina o desalento: banqueiro bandido, auto-achincalhe de Gilmar Dantas, CPI e parlamentares a favor de meliantes, PIG desmoralizado, elite sórdida em polvorosa… Este legado o senhor já nos deixou! Temo, apenas, que a sua inserção na política partidária possa ser mais um crepúsculo da esperança! Votaria no senhor para Presidente da República, apesar de torcer para que continue o brilhante brasileiro, delegado da Polícia Federal do Brasil. Parabéns! felicidades! Muito obrigado.

    Messias Franca de Macedo
    Feira de santana-Ba.

  • Noutros tempos, 1981, eu presenciei a transferência de um delegado da PF do RJ para Roraima naquela época ainda Território Federal. O delegado investigava relações dos bicheiros com banqueiros ilustres da época caciques de partidos políticos. Até hoje não soube o porquê! A ilustre autoridade Federal de carreira acabou vítima de um disparo de metralhadora dentro das dependências da Delegacia da PF em Boa Vista. Suicídio!!!!
    O nosso personagem atual tem suas razões especiais pois está no meio de um ninho de cobras e filhotes de lobos. Toda a cautela é pouca, e uma dasmaneiras de se manter seguro e estar sempre na mídia e em evidência, o esquecimento é muito perigoso para estes casos.
    Existem muitos desdobramentos de influentes políticos de todos os segmentos. A questão das empreiteiras está no mesmo direcionamento, alguém duvida?
    Nossa política é suja e medieval. Todos que se opõem quando estão no poder praticam as mesmas barbáries em nome de uma democracia de muletas. Nem Getúlio Vargas escapa.

  • O que a sociedade precisa é somente de um exemplo de que o combate à corrupção é possível, de que nossos líderes estão fazendo isso, para que cada um saia da letargia e também de a sua contribuição.

    Eu voto no delegado para qualquer coisa que ele se candidatar.

  • Obrigado pela explanação Leonardo. Você tocou no ponto que eu queria. Se existe um movimento organizado para desacreditar a operação e seus membros, pq nos que estamos do outro lado do balcão não nos organizamos, protestamos, denunciamos à sociedade essa vergonha e declaramos nosso apoio ao Estado Democratico de Direito. Acho que os papeis nessa opera bufa ja estão definidos. Falta entrarmos no jogo.

  • Senhoras e Senhores.

    1- Alguém já ouviu outros delegados da PF sobre o que acham de Protógenes e sua atuação?

    2- Vocês sabiam (está no livro MORCEGOS NEGROS, de Lucas Figueiredo, Ed. Record) que a PF levantou fluxogramas do esquema PC Farias, mas foram consideradas provas ilegais?

    3- Por que Protógenes, como dito aqui, fala em montanhas e mostra um rato?

    4- O que ouço dizer constantemente é que a PF agora é uma instituição séria, prendendo até gente importante como a Daslu. E por que esse mesmo discurso não vale quando Protógenes critica a própria PF?

    5- Indiscutível que Daniel Dantas é um, chamemos assim, um suspeitoso criminoso financeiro. Há muito (mais de cinco anos com certeza) que eu já sabia dessas enrolações do baiano. Sabe onde eu li? NA REVISTA EXAME, do Grupo Abril, o mesmo da Revista Veja. Eu não suporto a linha editorial da Veja, mas será que tudo o que ela faz é a favor ou contra alguém necessariamente?

    6- IBSEN PINHEIRO: era tido como um guardião da moral, promotor de justiça, deputado eleito, um dos artífices na luta e queda contra o desgoverno Collor. Cotadíssimo para ser até presidente da República. Caiu quando descobriram falcatruas dele. Foi inocentado depois. Roberto Magalhães até hoje, e recentemente ratificou isso, diz que o relatório que fez pela cassação de Ibsen tinha provas concretas. Quem tinha razão? (não vale desqualificar a questão apenas porque foi dita por esse ou aquele político).

    7- Protógenes, enfim, bem ou mal, pode estar, ele próprio, gerando nulidades processuais.

  • Este episódio – seja lá qual forem os seus desdobramentos – deve nos envergonhar nos próximos 100 anos!

    É lamentável a maneira como o Estado se enlea com o crime de forma permissiva, valendo-se dessa prática como elemento de sustentação, e, “justificacionista”, quando cria um engodo nacional, capaz de transformar o caçador em caça.

    Mas este é o fruto de uma política criminal divorciada de seriedade, ainda que se admita que exista política criminal no Brasil.

    Eu ainda fico imaginando o aconteceria se o Estado “largasse” a mão do Dantas …

  • respondendo algumas do” só pra contrariar”
    questão 3- se o protógenes der “nome aos bois” o processo sobe pro STF , onde o gilmarzão ia liberar geral,porque político tem foro privilegiado. quem se informa em jornais e internet já sabia q não ia ter “nome aos bois “algum.
    4-tem a banda boa e a banda podre. está cada vez mais fácil separar o joio do trigo.
    5- leia o dossi~e veja de Luis nassif. lá ele mostra o quando e o porque de a veja ter se associado a dantas. se a exame era anti-dantas há 5 anos ,isso não poderia mudar? Nasceste ontem?
    7- o protógenes fez um serviço exemplar,as provas são definitivas. tanto que a bufunfa dantesca foi bloqueada nos eua,inglaterra e luxemburgo. quanto á condenação por suborno,vá lá no blog do josias e terás uma bela surpresa.

    Que que o ibsen tem a ver com isso? fui. aliás,vazei.

  • todas as vezes que se escreve o nome “energúmeno”, a bengala do Antonio Flor da Lyra perde o equilibrio.
    Só Freud explica.
    São fatos e atos da bosinhice intinerante.
    São atos do ALF, a comédia.

  • O BRASIL E HOJE O UNICO PAÍS DEMOCRATICO NO MUNDO ONDE UM BANDIDO VIRA VITIMA E O DELEGADO VIRA RÉU, E TEM AINDA QUEM TENHA A DESFAÇATEZ DE PINTAR NUM BLOG E DEFENDER O BANDIDO, E MUITA CARA DE PAU. A IMPUNIDADE PRODUZ ESSE TIPO DE GENTE, QUE MAIS PARECE BICHO.BRASIL PAÍS DO FUTEBOL E DA BAIXARIA. UM POUCO DE VERGONHA NA CARA AJUDARIA UM POUCO.

  • O Del. Prógenes demonstrou que é um servidor público competente e age dentro da lei.

    Ele somente evitou responder perguntas que fugiam ao objeto jurídico da CPI e que poderiam violar o sigilo judicial sobre certas informações.

    Os membros da CPI e seus aliados no judicário e no parlamento também demonstraram suas visíveis e risíveis falhas ou incompetências.

    Tentaram fazer o delegado (testemunha) cometer algum ilícito durante o depoimento e não conseguiram.

    Certamente suas campanhas eleitorais sofrerão sérios cortes financeiros de alguns financiadores milionários condenados.

    O dep. Nelson Pelegrino queria ter um buraco para se esconder das câmeras e deve ter sentido a roubada em que entrou ao assumir a relatoria desta comédia com dinheiro dos contribuintes.

    Aqui na Bahia os eleltores saberão discenir que está ao lado dos bandidos que roubam dinheiro de escolas, hospitais; moradias; etc. ou a favor dos contribuintes.

  • Devemos lembrar qu o Daniel Dantas não é apenas um suspeito ou um indiciado. Ele é juridicamente um condenado (já julgado) pela jusitça.
    Agora cabe ele provar judicialmente o contrário.

    Peça para ele exibir uma certidão negativa da justiça federal e leiam o que estiver escrito.

    O mesmo ocorre com o colunista da revista Veja – Diogo Mainardi – que foi condenado CRIMINALMENTE em processo de autoria de Paulo Henrique Amorim.

    O fato de ambos estarem em libedade não lhes atribue inocência alguma. Trata-se apenas da forma como se opera o direito processual barasileiro.

    Pode-se recorrer de uma sentença em liberdade, em certos casos, mas a condenação judicial persiste até novo julgamento em contrário.

  • PROTÓGENES, O DESTEMIDO
    PROTÓGENES, O VERÍDICO

    Diário do Grande ABC (03 de abril de 2009)

    Protógenes Queiroz diz que há ‘clamor’ por sua candidatura
    Do Diário OnLine
    Com Agência Brasil

    O delegado da Polícia Federal Protógenes Queiroz, que comandou a Operação Satiagraha, afirmou na última quinta-feira (2), durante homenagem organizada pelo partido P-SOL na Cinelândia, no Rio de Janeiro, que há um “clamor” para que ele dispute uma eleição.

    “Sou delegado de polícia em exercício, vim apenas participar. Há um clamor público pela possível candidatura, mas no momento permaneço delegado”, disse.

    No evento, militantes com camisetas amarelas, a cor do partido, traziam o nome de Protógenes estampado no peito. Os principais líderes do P-SOL participaram do comício, como a ex-senadora e atual vereadora em Maceió (AL) Heloísa Helena, presidente nacional da legenda.

    A presidente do P-SOL evitou falar diretamente sobre a filiação de Protógenes ao partido. “Como presidente nacional do P-SOL, os assuntos sobre filiação, candidaturas, militância política, ainda estão sendo discutidos com toda a serenidade que o tema existe. Eu fico muito feliz com a existência do delegado Protógenes”, disse.

    Protógenes Queiroz está sendo investigado pela PF por supostas irregularidades cometidas durante a Operação Satiagraha. Ele foi convocado para depor na CPI dos grampos da Câmara dos Deputados, no próximo dia 8 de abril.

  • Alexandre,

    Obrigado pelas considerações.

    Antes, torço para que Daslu, Daniel Dantas, Maluf, mensalão e outros criminosos paguem o que roubaram e sejam presos. Não estou do lado de quem é corrupto.

    Só tenho suspeita contra Protógenes; é muito salvador da pátria para o meu gosto, daí eu ter perguntado se outros delegados da PF (e agora me ocorre, o que outros juízes federais) têm posição fechada com ele.

    Não vale declaração de associação ou sindicato, pois nem sempre refletem a categoria (veja o absurdo: já presenciei um sindicato federal perseguindo um sindicalizado apenas por este ser de corrente política ao atual governo!).

    Digo isso porque ontem conversei com um delegado da PF que fez sérias críticas ao estilo Protógenes de trabalhar. Digo isso porque não posso endossar a forma com que ele vem conduzindo “seus mistérios”, principalmente após tantas contradições (vou revelar, não revelar; vou provar, não prova; não vou ser candidato, será).

    Isso nada tem a ver com o que ele investiga!

    Por outro lado, quando me referi a Ibsen Pinheiro, foi apenas citando um caso no Brasil de que o bonzinho virou mauzinho! Digo até o inverso: um dos ministros da Saúde de Collor, Alcenir Guerra, deixou o governo como ladrão de licitação de bicicletas. As conclusões posteriores foram para inocentá-lo, NÃO POR FALTA DE PROVAS, como ocorreu com um governador de estado do nordeste no Escândalo dos Precatórios (sem provas que provassem a culpa, conforme disse o STF, que, para isso, era um bom órgão julgador), mas para dizer que os atos chancelados por ele estavam corretos.

    Houve mais casos de “santinhos” que caíram para o inferno e o Dr. Protógenes Queiroz, para mim, saliento, parece ser mais um desses.

    Quando se fala que ele divulga bombas, basta ler uma edição da Caros Amigos com o presidente do Sindicatos dos Policiais Federais (há alguns anos): vê-se que em muitos casos, Protógenes só fala o que já se sabe há muito.

    Acerca da Exame e Veja, apenas gostaria que ambas fossem vistas com a mesma desconfiança que deveriam ser lidas Caros Amigos, Isto É, Carta Capital, Piauí, etc. Apenas isso.

    Valeu a discussão.

  • Parabéns, Leonardo!

    Seu comentário é, na minha opinião, o mais lúcido dos apresentados aqui até agora.

    Ser bem informado, crítico e sereno está cada vez mais difícil no Brasil, pois é necessário se ter acesso a várias fontes e ter clareza dos interesses de cada uma. Isso é tarefa que a maioria do povo brasileiro não quer ou não pode fazer. De todo modo, a mídia é hoje um verdadeiro campo minado, e se não se pode desqualificá-la totalmente, também é necessário ter um grande discernimento das fontes, interesses nacionais, regionais e internacionais sob os quais ela opera.

    Acho que você deve guardar esse seu texto para ocasiões futuras. Ele está perfeito.

    Parabéns pela excelente análise!

  • Leonardo, se você voltar, entre em contato comigo por favor. Mantenho um blog e gostaria de postar seu texto como resumo da obra (ou melhor, da operação Satiagraha).

    Ele está, antes que qualquer coisa, lúcido.

    Parabéns.
    _

    E parabéns pra você, Pierre, pela entrevista.

  • Não conheço o delegado. Mas tenho a sensação de que ele é meio tã-tã.
    Mas os tã-tãs são uns tipos bastante interssantes. E se eles são honestos, eu diria que o brasil precisa bastante deles. Não que eles devam ter muito poder. Ou que devam ser muitos. Bastam alguns poucos tã-tãs honestos e em nome da honestidade.
    O que seria da história da espécie humana sem alguns Roberspierres?

  • O anônimo ai que chamou Protógenes de energúrmeno é um tremendo de um *%$#$# e $#@#*. Se não se identificaria. Ficou decepcionado porque achava ele que o delegado iria colocar informações nas mãos daquela escória que compõe a CPI para usarem contra o próprio delegado. Além de $#$@#, é mal intencionado. Deve ser um teleguiado ou o próprio de um dos vários blogs de jornalistas que estão no pay roll do banqueiro bandido. Se identifique *$#$%@*#!!!

    Nota: comentário editado por conter palavras de baixo calão.

  • Está toda a gente passando batida no depoimento do corajoso Delegado Protógenes. O que foi dito, aliás não negado, é sobre a carta que foi endereçada ao presidente OBAMA, que é de domínio público, onde há gravíssimas acusações ao presidente Lula. Como até agora o acusado não tomou nenhuma atitude, fez cara de paisagem, as acusações são verdadeiras. Em qualquer pais sério o presidente já teria sido defenestrado, agora, aqui, com nosso congresso de salafrários e acovardados pela popularidade da bolsa esmola, nada vai acontecer.

  • [...] 10/04/09 Veja parte da entrevista de PROTÓGENES que não saiu na imprensa Posted by thiago lopes damaceno under Uncategorized No Comments  Intrevista dada ao blog Acerto de Constas [...]

  • Meus amigos, não percam seu tempo respondendo a quem está neste meio só para contrariar. Agent provocateur é o que são. Não serão os primeiros nem os últimos (me vem a mente o filme “eles não usam black-tie…).
    Antonio Lyra Neto, não o conheço, assim como não conheço o Andrei, o Policarpo e agora o Leonardo e tantos outros. Mas a julgar pelo que vc expressa, vc deve ser uma pessoa honrada, ponto. Deixem os outros a cargo do demo (o partido). O demo (o partido, claro) que os inspirem. Não tentem contra-argumentá-los, é pura perda de tempo. É provável que são gente do demo, ainda que eventualmente não saibam. Deixem-nos a fazer sua campanha para João Cleofas, Moura Cavalcanti ou seja lá quem for seu herdeiro político.
    Quero destacar o papel de Pierre Lucena em todo esse episódio. Não o conheço e não tenho porque elogiá-lo. Mas sua postura tem sido louvável. Sua postura é destemida, não se iludam. Aqui não se trata apenas de opinar, mas de se insurgir contra o poderosíssimo crime organizado e seus asseclas. Este blog é a única peça de informação crível em nosso estado sobre o assunto. Claro, este blog jamais receberá um tusta de dd nem de órgãos federais, o que alías vinha sendo uma mão na roda para nossa imprensa falida. Graças a internet esse assunto não foi mandado para debaixo do tapete, com de Sanctis de Protógenes presos.
    Bom o resumo do Leonardo. Para complementar, sugiro o seguinte texto, tá muito bom e bem completo:
    http://colunistas.ig.com.br/luisnassif/2009/04/10/um-xadrez-extraordinario/
    Pro Andrei e para o ALF: leiam o Mcmáfia. Verão que nada disso é novidade no mundo. o Protógenes é figurado no livro
    graças ao seu combate à crescente máfia chinesa.

  • Germano,

    Há uma coisa que me tem chamado a atenção. A contrariedade às investigações é sempre apresentada dentro de uma dicotomia política estreita. Além das clássicas tentativas de ridicularizar os investigadores e dizer que se movem por intuitos eleitoreiros.

    Ou seja, quem assim vê, simplesmente não acredita que um servidor público atue no desiderato de cumprir suas funções. Claro que é mais raro que deveria, mas acontece.

    Essa matriz crítica revela o que o crítico tem como modelo. Ou seja, nunca faria um trabalho porque aquilo é das atribuições da função. Faria por motivações políticas. Vê-se nos outros muito do que há em si próprio, enfim.

    Um trabalho como o do delegado Protógenes atinge figuras de todos os matizes políticos. Agir contra crimes financeiros não é atitude lulista ou fernandista, é atitude anti crime.

    Vou procurar o livro de que falaste.

  • Germano,

    Apenas acrescentando. Vejo muitos comentários como legítimas expressões do que chamo direitismo fascista. Algo como visão PDS rural de ajudante de político.

    Faz muita falta ao Brasil uma direita liberal culta. Liberal no sentido próprio da palavra. Antes dela ser sufixada de neo. Isso seria uma posição política interessante à democracia.

    O que representa a direita brasileira atualmente são pessoas absolutamente sem cheiro, cor ou sabor. Elementos que por alguma razão supuseram como o cronista romano que tudo está à venda.

    Desses, o protótipo é Fernando Henrique. Pode ser culto, mas nunca foi um liberal clássico e nunca acreditou em probidade. E, provavelmente, nunca foi de esquerda, nem de direita, nem de coisa nenhuma que não fosse um preço, de preferência denominado em moeda forte.

    Mas, seria demais falar em liberalismo clássico em um povo que vive, diariamente, nos detalhes, a polarização senhor e escravo. Há indústria, mas a mentalidade é pre-industrial.

  • Olá Andrei,
    bom o tema. Acho que há muitas idéias “de direita” que são oportunas e inteligentes. Cito como exemplo, os programas de renda mínima. A busca de um Estado atento, eficiente e barato, descriminalização das drogas, assim como a guerra aos monopólios.
    Eu teria dificuldades em enquadrar essa nossa direita. Numa palavra, antes de ser facista (não acho que o demo é um partido facista), acho-a inculta. Acima de tudo inculta.
    Você pontua bem a noção de que, para alguns, não há servidor honesto.
    Acrescente outra perplexidade: a filiação da direita à dd. Ora, dd é homem sem partido. Quem o combate, Protógenes, é combatido por setores da esquerda também: zé dirceu, ciro gomes…
    De minha parte, um partido, apenas, tem ganho muito com toda essa celeuma: o de extrema-esquerda psol. Foi o único a se postar ao lado de Protóngenes, capitalizando sua popularidade. Paciência…azar se eles estão do lado de quem combate o bom combate…foram espertos e, até prova em contrário, éticos (pelo menos nesse episódio!).

  • [...] Para acessar o Blog Acerto de Contas clique aqui. [...]

  • Germano,

    Escrevo novamente para concordar com você. Temos uma direita inculta e incapaz de conceber alguma forma de contraposição diversa do golpe.

    Lula não é o comandante de um governo de esquerda. Lula é um indivíduo inteligente que percebeu a impossibilidade de se fazer mais controle social a partir de porrada.

    No nível em que chegamos, algum controle social so é possível no formato que ele instituiu. Um mínimo de integração social. Ao mesmo tempo, aquinhoou os rentistas como nunca.

    A contraposição democrática a isso que se fez deveria partir do patamar em que se chegou. Propor qualquer alteração é suicídio.

    Revela-se aí a incultura de que você fala. As oposições ao presidente prendem-se a um fortíssimo preconceito de extração social contra ele. E perdem eficácia.

    Lamento muito o presidente Lula não ter tido iniciativa suficiente para levar mais adiante a diminuição das extravagantes diferenças existentes no Brasil.

    E isso é uma prova de seu apego ao jogo. Exatamente e diametralmente ao contrário do que se diz todos os dias, Lula é um democrata. Se quisesse tinha dado qualquer golpe.

  • Prezados Germano e Andrei,

    Só concordando com o excelente nível de debate entabulado por vocês, também ratifico o pensamento de que a direita brasileira é muito inculta. Mas, se olharmos bem, no detalhe (e, talvez, nem precise de muito detalhe assim), veremos igualmente que grande parte da esquerda também o é. De modo geral, a esquerda brasileira ou é golpista (aí incluídos todos os segmentos defensores de ditaduras do passado e do presente que apenas ostenta(ra)m os emblemas socialistas), ou teoricamente dogmática, ou aparelhadora, ou simplesmente populista e demagógica. Por que é que diante de tudo isso que está ocorrendo a CUT e outras grandes associações não lançam um movimento social para promover uma grande reforma institucional no país, aproveitando-se indiretamente até da popularidade de Lula? Para mim, isso não acontece devido, entre outras razões, ao encastelamento e encantamento dos “companheiros” aparelhados no estado, e também por simples incompetência, por incapacidade de pensar um Brasil moderno, institucionalmente equilibrado, transparente e forte. Não nos enganemos, a esquerda brasileira é, com honrosas exceções, tão inculta e despreparada quanto a direita.

  • Ta tudo comprado!

  • José Policarpo,

    Acho que você tem muita razão no que diz da esquerda. Com relação a muitíssimas figuras dessas esquerdas, são somente os que queriam entrar na festa.

    O presidente consentiu no acordo. Azeitou as engrenagens, diminuiu os atritos. A reclamação justa que o presidente pode fazer é não merecer tanta porrada, tendo se disposto a pagar todos os preços.

    Pessoalmente, acho que Lula é criticável pelo pouco esquerdista que tem sido. As críticas da direita são absolutamente pueris. Ela vendeu-se e não quer entregar.

  • Não esperava muita coisa do depoimento do delegado, mas esperava bem mais que isso…
    francamente…

  • Eu vou votar no Protógenes para PRESIDENTE DA REPÚBLICA!

    Ele é uma alternativa espetacular entre a truculência de um José Serra e uma Dilma ligada a José Dirceu. Os dois Josés, o do PT e o do PSDB são iguais.

    Protógenes pode mesmo ganhar para Presidente. Os que o criticam aqui não entendem nada. Ele não poderia falar da Satiagraha na CPI, pois poderia anular provas e investigações importantes, ajudando o banqueiro bandido, que é o que essa CPI de pilantras quer.

  • Todos os defeitos que vcs apontam aqui são fruto de um quadro politico onde não tivemos ainda 3 decadas seguidas de jogo democratico, sempre assaltados por golpes, agravado pela falta de educação basica do povo, e falta de um projeto nacional por parte de nossas elites e classes medias, e na falta de projetos, lançam-se ao vandalismo e predação.

  • “O Corregedor Amaro é um delegado escalado para produzir provas para facilitar o Daniel Dantas.”

    ORA ENTÃO QUEM SERIA O DELEGADO INDICADO PARA CONDENALO. SUGIRO QUE QUE SE FAÇA POR SORTEIO JUNTO AO SORTEIO DA MEGASENA E A CIDADE DO SORTEIO SERIA SÃO PAULO OU RIO DE JANEIRO. A FINAL QUEM É QUEM NESSA HISTÓRIA. ACHO QUE SE DEVE FAZER JUSTIÇA, E NÃO COBRIR NADA DEBAIXO DO TAPETE.

  • Caro Francisco Filho:

    Por esses tempos, foi publicada uma reportagem do referido Delegado para a “Caros Amigos” e nela, para grande surpresa, fez-se evidenciar o seu “viés socialista/maoísta”. Não é à toa que está se estreitando cada vez mais o seu vínculo com o PSOL e o PDT e realizando palestras em diversos locais, inclusive em instituições de ensino. Parece-me que estão antecipando a operação “corações e mentes”…
    Talvez esteja se preparando para o seu possível afastamento definitivo das fileiras da PF, encontrando na política uma forma de se auto-sustentar às custas do impressionismo causado pelos manipuladores da mídia.

  • Cara Aline:

    Desculpe-me, mas ao que você tranparece, quem aqui nada entende é a sua pessoa.
    Posso computá-la como uma que quedou ante a exposição midiática dos fatos.
    Lamento.
    Leia mais um pouco… apesar de que, como um comentário extremamente pertinente de outro blogueiro, “está cada dia mais difícil ler jornal” .

  • A sugestão de julinho é a ideal, até hoje, não consigo entender a situação de Protogenes, fica o direito de voces do blog, a versão mais ética!!!!!!!!!!!!!!!!!!!1

  • Aos sensatos Germano e Andrei, lhes devo uma explicação por qual motivo continua com a minha luta em responder as aberrações e ataques dos oposicionistas do blog.
    Primeiro é uma forma de não passarmos por alienados e aceitar
    os ataques, criticas e agressões. Segundo de forma didática muitas vezes tento mostrar que não estão usando a razão e sim a emoção. O uso da emoção quando se está por baixo é prejudicial ao comportamento da pessoa, que deixar de lado os argumentos e passar a agredir.
    Praticamente todas as pessoas com um pouco de inteligência sabe que Daniel Dantas é um bandido,e que deu um grande prejuiso financeiro e moral ao pais, mas como ele foi investigado por um delegado da Polícia Federal, que é ligado ao governo, tentam o desmerecer, quando o certo seria o elogiar. Ficam a favor da equipe do “banqueiro condenado” em vista dele ser defendido por sua tropa de choque, como Marcelo Itagiba e Raul Jungmann, sem citar o Supremo Gilmar Mendes.

    Caso tenham curiosidade, leiam um comentário de um tal de GUSTAVO KRISE, onde em vez de argumentar, ele passa a me agredir me chamado de Flor da Lira, alegando que o meu comportamento só Freud explica (este termo já está manjado e lhe faltou criatividade), e para finalizar, diz que sou ma “comédia”. (acredito que ele seja o mesmo que o critiquei por não ter coragem de colocar o seu nome, o chamando de covarde)

    Outro costumeiro oposicionista, também por falta de argumentos, criticar Protógenes Queiros ter um blog.

    Lí no Blog de Luiz Nassif o seguinte: “QUEM NÃO TEM ARGUMENTOS, SÓ PODE USAR A AGRESSÃO COMO RESPOSTA”

  • Na minha cruzada de denunciar as ações da oposição, que dificilmente são publicadas na mídia, as vezes sou obrigado fugir do tema do post.
    Até pouco tempo o Senador Jarbas Vasconçelos tentou forma um grupo dos éticos no Congresso.
    Mas ele está calado com relação a dois deputados da oposição , Alberto Fraga do DEM e Arnaldo Jardim do PPS, que usavam em sua residência assessoras parlamentar como empregada doméstica.
    Até o momento nada aconteceu nada com os deputados que disseram que não sabiam estavam usando o dinheiro público em suas residências.

    Sobrou para as pobres empregadas, que foram demitidas, por certo indenizadas pelo Congresso.

    Onde anda Jarbas.

  • Torço para que o Delegado Protógenes – e suas esquisitices e enormes contradições – consiga o que a maioria, ou todos, pretende: punir os culpados.

    Alerto, no entanto, que nem sempre a Justiça é tão bonita quanto imaginamos, daí o meu extremo medo dos arrotos de caviá que o comedor de mortadela Protógenes deu.

    Li no Blog de César Rocha (acusado de ser esquerdista, vale salientar, principalmente na última campanha de prefeito) que Protógenes pediu desculpas a Jungman, após tê-lo chamado de bandido (vale a visita ao Blog, que tem link no Acerto de Contas).

    Protógenes, na carta a Obama (ridículo, nem um escoteiro faria aldo similar), acusa o presidente Lula. E depois diz que não disse.

    É esse homem que estamos endeusando? Então ele deve ser bastante inteligente, pois NINGUÉM, em sã consciência, pode acreditar em algo tão… volúvel.

    Interessante é que qualquer contrariedade ao pensamento comum, já faz surgir a dicotomia ESQUERDA-DIREITA. Como se houvesse esquerda ou direita no Brasil!!!

    Estão esquecidos? Eu relembro, sem ofensas, sem acusações, apenas relato alguns fatos históricos:

    1- Lula declarou que é impossível alguém chegar aos 40 anos ainda sendo esquerdista

    2- FHC surgiu da oposição ao regime militar, sendo considerado de tendências esquerdistas até a campanha de prefeito que perdeu para Jânio Quadros

    3- Inocêncio Oliveira era demônio, responsável por tudo de ruim até apoiar o atual governador. Ninguém mais o acusa de nada, ninguém mais o critica

    4- Delfim Netto! O cara que era o nome mais constante durante todo o regime militar hoje é um cara que apóia um governo dito de esquerda, que manteve as mesmas bases do governo anterior, que era tido como de direita, mas tinha um presidente que tinha vindo das esquerdas, enfim, uma confusão só.

    5- Miguel Arraes sempre foi considerado de esquerda, o que não lhe impediu de se juntar a nomes como Armando Monteiro (à época banqueiro, a raça mais criticada no país), Antônio Farias (usineiro, a raça que mais explorou gente no mundo, segundo dizem) e outras pessoas que, EU SUPONHO, não podemos chamar de esquerdistas.

    Senhoras e Senhores, voltemos à realidade!

    Esse discurso esquerda=bonzinho e direita=mauzinho é ultrapassado e mentiroso! Uma bobagem sem precedentes. Não digo que as pessoas não tenham tendências para um lado ou outro, mas, tal qual time de futebol, o que importa é o futebol jogado.

    A verdade é que o que está no poder hoje (principalmente nas esferas federal e estadual) tem seus méritos, pegou muita coisa pronta e NÃO tem uma oposição minimamente preparada, o que é muito ruim para o povo.

    Meu maior medo agora não é ter um desgoverno e sim não ter uma oposição, que possa forçar o governante a não sair dos trilhos.

    É isso.

  • As denúncias de Jarbas Vasconcelos não podem ser esquecidas somente porque foram feitas por ele.

    As denúncias de Protógenes não podem ser tidas como inquestionáveis só porque foram feitas por ele.

    O que implica dizer que nem Jarbas, nem Protógenes podem escapar de investigações ou punições, se as merecerem.

    E vice-versa.

    É assim que eu penso.

  • lendo alguns dos comentários deste post fico com a impressão que Jarbas fez escola nesta aldeia. Então, só é anti-ético quem é aliado do Lula ou está “mamando” no governo federal?
    Como é que é?

  • ainda estou atônito com o desenrolar dessa cpi. A meu ver, a polícia federal dá mais uma prova de que existem no seu quadro profissionais competentes e de bons propósitos, como o delegado Protógenes. Que Deus continue iluminando os seus passos e ele não se afaste da PF, onde seu trabalho será grandemente valorizado. Parabens, delegado! Os seus descendentes hão de se orgulhar do grande trabalho que ora o senhor presta a esta nação espoliada por bandidos de todas as espécies.

    p

  • Antonio Flor da Lyra, depois dessa fica claro que voce é um autentico caso de TRANSTORNO BIPOLAR.

  • Charles de Gaulle, em visita ao Brasil na década de 60, disse uma frase antológica “este não é um país sério”, décadas depois constatamos que continua não sendo sério.

  • Aos que estão “debatendo” aqui neste blog, principalmente os que “acham” errada a atuação do Delegado, sugiro fazerem o que um certo ex-patrão meu dizia: “Vamos deixar como está pra ver como fica”.
    Afinal, querendo ou não, o fim justifica os meios. Se é pra mandar banqueiro corruptor pra cadeia, porque não se valer de seus próprios métodos (ou a história do envolvimento da Kroll é apenas ficção pra vender livro?)
    E ademais, até agora não se provou que ele tenha feito escutas não-autorizadas.
    Alguém aí falou pra ler mais (mesmo que tbém outro tenha dito que tá difícil encontrar jornal sério no Brasil), e tudo que tenho lido, visto e ouvido, mesmo na imprensa pró-banqueiro (o PIG, como nomeou o Paulo Henrique Amorim) o incrimina.
    Quando leio “suposto” e “supostamente” já excluo estas palavras do texto, pois a única função das mesmas é evitar futuros problemas na Justiça para quem escreveu.
    E sabemos que onde há fumaça há fogo, aliás, neste tema tem mesmo é um incêndio á lá edificio Andraws ( pra quem não sabe, uns dos mais tristes incêndios da história do Brasil, ocorrido na década de 1970 em São Paulo)
    Pra concluir: este papo de escutas telefônicas pra mim só tem uma moral: quem não deve não teme. Se vocês não têm o que esconder, não devem ficar preocupados se tem alguém os escutando, até porque ninguém vai perder tempo pra escutar cidadãos limpos. Quanto aos nossos políticos, tipo Raul Jungman, Itagiba, Demóstenes e outros tantos, é só passarem a fazer tudo certinho que nada lhes acontecerá. Politico, como pessoa pública que é, não deve ter segredos.
    Ou eu tô enganado?

  • Caro Guilherme Sobota e demais. O texto que eu postei é de domínio público, podem copiá-lo à vontade. O mais importante de todos os comentários que eu leio nesse blog é a indignação com o estado de coisas que vivemos no Brasil. Nossos posts são importantíssimos. Nós somos a sociedade civil e temos o dever moral de transmitir essas análises a todos que, por outras questões, não têm como formar opinião sobre esse ou aquele fato. Os escândalos que temos visto nos últimos anos só vieram a tona por conta das liberdade civis. Fazem uma idéia de como eram as coisas no tempo da ditadura? Vou contar uma da Transamazônica: uma rodovia que vai do nada ao nada mas que tem 4.000 Km por algo como 13 m de largura. Quantas árvores foram derrubadas? Quem ficou com essa madeira? Enfim… O caso do Sr. Dantas impressiona pelo silêncio de alguns partidos, entidades de classe e outras eminências do moralismo que, esperava-se, demonstrariam indignação pública. A lista de rabos presos com o esquema do Dantas deve ser enorme. Esse PSOL me alegra. Foram tão enfáticos no apoio à Satiagraha que parecem não temer os tentáculos do Sr. Dantas. Outra coisa impressionante é o cisma que surgiu dentro do poder judiciário. A AMB se posicionou claramente contra alguns membros do STF, o que é desalentador. A verdade é que a justiça está em frangalhos no Brasil: lenta, mal aparelhada e, agora, irremediavelmente dividida. Está submetida a uma legislação falha em diversos aspectos e a tentativa do STF em legislar no lugar do congresso é meio caminho para uma crise institucional. Aliás, pouco tem se falado no Sr. Nagi Nahas. A fama que ele carrega de famoso administrador de fortunas de ex-presidentes brasileiros só põe mais pimenta no molho. Supõe-se que pelo menos quatro ex-presidentes, ainda muito influentes, se valham dos seus serviços. Menos o Jânio, talvez. É, essa operação Satiagraha vai ficar na história…

  • TRANSTORNO BIPOLAR.

    Um leitor do blog me considera uma pessoa com este sintoma.

    De principio, uma pessoa com transtorno bipolar sobre de psicose e é maníaco depressivo. Acredito não ser o meu caso.
    Mas descobri o motivo porque ele me denomina de um bipolar.

    “são pessoas que pensam que estão no topo do mundo e bem estar inabalável, mesmo com más noticias o paciente (eu, no caso) ri da própria desgraça”

    Ao me chamar de bipolar, ele desejou dizer que eu e muitos riam da desgraça do pais, com o atual governo.

    Só um maníaco depressivo poderia não enxergar que não existe desgraça nenhum no pais, mas uma melhora em todos os setores, o que é comprovado pelas as pesquisas. O resto fica por conta de ser contra ao governo, um direito que está na Constituição.

  • similar to that of suede, soft and comfortable, exclusively the fall and winter events. The most important an specialized D500 strengthen need to have to think that not at all the kind of one-sided pursuit of sight belongings, tricks, can be legitimate for indivdiuals, all the new changes earned are based upon the experience of the end user, it’s always mentioned is a fantastic initiative meant for .

Tem algo a dizer? Vá em frente e deixe um comentário!

XHTML: Você pdoe usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Enquetes

Em relação ao impeachment de Dilma Rousseff, qual sua posição?

Ver Resultado

Loading ... Loading ...

Frase do dia

  • A riqueza de uma nação se mede pela riqueza do povo e não pela riqueza dos príncipes.”, Adam Smith.

ARQUIVO

fevereiro 2017
S T Q Q S S D
« mai    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728  

Informação com Humor

MARCO BAHÉJornalista
É formado em Jornalismo e pós-graduado em História Contemporânea e História do Nordeste do Brasil. Foi repórter da Gazeta Mercantil para os estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Também atuou como repórter do Jornal do Commercio, editor da Folha de Pernambuco e repórter especial do Diario de Pernambuco. É correspondente da revista Época no Nordeste desde 2003. Tamb´m atua com publicidade e marketing eleitoral desde 2004.
PIERRE LUCENADoutor em Finanças
É doutor em Finanças pela PUC-Rio e mestre em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco. É professor adjunto de Finanças da UFPE e foi secretário-adjunto de Educação de Pernambuco. É autor de vários trabalhos publicados no Brasil e no exterior sobre o mercado financeiro, e participa como revisor de várias revistas acadêmicas na área. É sócio-fundador da Sociedade Brasileira de Finanças. Foi comentarista de Economia do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (TV Jornal e Rádio CBN). Atualmente é coordenador do curso de administração da UFPE, e Coordenador do Núcleo de Estudos em Finanças e Investimentos do Programa de Pós-graduação em Administração da UFPE (NEFI).