Congresso sem vergonha aprova reajuste salarial em regime de urgência

dez 15, 2010 by     78 Comentários    Postado em: Política

O congresso brasileiro aprovou hoje um aumento salarial que é um verdadeiro escárnio contra o País. O decreto tramitou numa velocidade estonteante ao longo do dia, e foi aprovado com regime de urgência na Câmara e depois no Senado. Os salários dos parlamentares foram reajustados de 16,5 mil para 26,7 mil Reais (um aumento de 61,8%), e também terá o mesmo valor os salários do presidente, do vice-presidente e dos ministros (aumento de 133,9%).

Não tardará e também aumentarão os salários dos ministros do STF para 30,6 mil Reais. A proposta já tramita no Congresso. O efeito cascata deverá vir logo: aumentos para deputados estaduais, vereadores, governadores, prefeitos, juízes federais, desembargadores, et cetera.

Quem gostou bastante do reajuste foi o novo deputado Tiririca. Ele fez sua primeira visita hoje ao congresso e, sobre o reajuste, o excelentíssimo palhaço disse: “cheguei num dia bom. Tô com sorte“.

A apresentação da Casa para Tiririca (PR) foi feito pelo líder do partido, Sandro Mabel (PR-GO). Ironicamente, o nome de Sandro Mabel foi divulgado hoje numa lista de parlamentares flagrados pela Controladoria-Geral da União na máfia de emendas parlamentares que teriam usado laranjas e empresas fantasmas (ver aqui) para desviarem cerca de 20 milhões de Reias de 2008 para cá.

Um dos autores de algumas emendas, o senador Gim Argello (PTB-DF) abandonou a relatoria do orçamento na semana passada. Talvezimaginando que a casa iria cair, mergulhou para fugir dos holofotes. Entre os parlamentares envolvidos no relatório da CGU, tem até um com nome de cantor/a: Sandes Júnior… do PP de Goiás.

Falando com os jornalistas, durante sua visita ao congresso, o excelentíssimo palhaço ainda disse que vai cantar no parlamento quando estiver por lá…

http://www.youtube.com/watch?v=1-wcG8q2cjA&feature=related

Enquanto o excelentíssimo palhaço dá sua palhinha, nós brasileiros vamos assistindo as diabruras desse congresso sem vergonha que legisla em causa própria sem o menor pudor.

Não se espantem se surgirem parlamentares zombando das nossas caras.

Quando falta vergonha, sobra escárnio – e o assalariado que se dane.

78 Comentários + Add Comentário

  • safadeza das melhores! nossa senhora, n tem chance de Lula vetar não? maior frescura, por causa do orçamento, na hora de aumentar o mínimo, criar o piso nacional dos policias e diversas outras coisas, nenhum constrangimento de aumentar assim o salário sem acabar com o bolsa paletó -.-

    • Igor, os reajustes foram feitos através de decreto legislativo, e por isso, a entrada em vigor não passa por sanção presidencial. Vigora a partir da publicação.

      Não tem nem para onde correr. É esperar o efeito cascata, que será uma verdadeira enxurrada…

      • Caros, o fato de parlamentares serem bem remunerados não é nenhum problema ( André pode ajudar-nos em uma revisão histórica de como o movimento Cartista tinha como um dos seus pleitos uma boa remuneração para que os representantes dos trabalhadores podessem exerçer mandato eletivo sem preocupações com subsistência. De forma que o fato do parlamentar receber é ,na verdade ,uma conquista democrática!). O grande problema é o valor que os nossos parlamentares recebem para a contrapartida que dão (para a quantidade de horas efetivamente trabalhadas e o nível da atividade parlamentar desempenhada.) Recentemente , no CQC, os parlamentares federais não sabiam onde fica Pernambuco ou mesmo o nome do Atual Presidente do BC! Mais importante do que importar-se com quanto eles ganham, é melhorar o nível daqueles que elegemos e cobrarmos por atividade legislativa efetiva. Abraço

        • Só corrigindo, “pudessem” e “exercer”. Desculpem!

    • Igor,

      realmente um assalto à população brasileira. Sugiro ao Blog que divulgue os nomes dos parlamentares e senadores pernambucanos que foram a favor deste roubo!

      Quanto a Lula, Igor….acabo de assistir no JN a declaração “do cara” sobre o fato… O cheio de graça “brincou”, pois disse mais ou menos “hoje os parlamentares aprovaram reajuste salarial..enquanto o Lulinha aqui vai ficar de fora, pois é para a próxima legislatura”…

      Pergunto, se ele tivesse chance de vetar, você acreditaria que ele o faria? Huum…..

      Abraço!

      • Eis aqui os ilustres deputados pernambucanos que aprovaram o reajuste. O único contrário na votação foi o dep Raul Jungman:

        Pernambuco (PE)
        Ana Arraes PSB PsbPcdobPrb Sim
        Bruno Rodrigues PSDB Sim
        Carlos Eduardo Cadoca PSC Sim
        Eduardo da Fonte PP Sim
        Fernando Coelho Filho PSB PsbPcdobPrb Sim
        Fernando Ferro PT Sim
        Gonzaga Patriota PSB PsbPcdobPrb Sim
        Inocêncio Oliveira PR Art. 17
        José Mendonça Bezerra DEM Sim
        Maurício Rands PT Sim
        Pedro Eugênio PT Sim
        Raul Henry PMDB PmdbPtc Sim
        Raul Jungmann PPS Não
        Wolney Queiroz PDT Sim
        Total Pernambuco: 14

        • André, meu xará, saberias dizer o que danado significa “Art. 17″ no nome de Inocêncio? Estou ignorante sobre isso, supondo que seja algum tipo de regimento interno de determinação de função de bancada, mas realmente confesso que não sei. Agradeço se você, ou outro leitor, puder me ajudar.

          Bom dia e grande abraço!

        • Deve ser algo do regimento interno da Câmara dos Deputados.

        • Procurei no regimento interno da câmara e não é, lá fala sobre as atribuições do presidente da câmara.

          nem é da constituição tb :P .

          Lascou.

  • A mula não pode vetar e nem vetaria tal safadesa…

    Será que alguém votou contra?

    • Houve 35 votos contra

      • Ah, Raboni, cometesse um pequeno erro: Tiririca e Sandro Mabel são do PR e não do PP. PR do nosso querido Inocêncio Oliveira…

        • É verdade, Lucas. Consertei lá.
          Valeu!
          Abs.

    • Krishnamurti,
      No Senado tres parlamentares votaram contra: Marina Silva, Álvaro Dias e José Nery. AInda não sei quem votou contra na Câmara.

      • Nisso Marina Silva manteve sua dignidade.

        É uma pena enorme que ela não tenha ido pro segundo turno – ao invés, foi aquele crápula vampiresco do Cerra.

      • Krishnamurti e Lucas,

        Tem a lista aqui no site do Congresso em Foco (não copio porque é extensa). O link é este:

        http://congressoemfoco.uol.com.br/noticia.asp?cod_canal=1&cod_publicacao=35575

        Abs.

        • Pernambuco (PE)

          Ana Arraes PSB –> Sim
          Bruno Rodrigues PSDB –> Sim
          Carlos Eduardo Cadoca PSC –> Sim
          Eduardo da Fonte PP –> Sim
          Fernando Coelho Filho PSB –> Sim
          Fernando Ferro PT –> Sim
          Gonzaga Patriota PSB –> Sim
          Inocêncio Oliveira PR –> Art. 17
          José Mendonça Bezerra DEM –> Sim
          Maurício Rands PT –> Sim
          Pedro Eugênio PT –> Sim
          Raul Henry PMDB –> Sim
          Raul Jungmann PPS –> Não
          Wolney Queiroz PDT –> Sim

          Total Pernambuco: 14

    • Resultado:
      279 votos favoráveis, 35 contrários e 3 abstenções
      Só o PSol que foi contra…

    • Mesmo que a “mula” quisesse vetar tal “safadesa”, seria, obviamente, impossível.

  • Durante as tratativas para o aumento do salário mínimo o deputado Sandro Mabel disse que havia margem para dar um aumento maior, mas não deveriam fazê-lo porque quando o cara (no caso, o povo) começa a ficar muito “rico”, fica mais exigente (i.e., exigem melhores serviços públicos e representantes mais comprometidos). Mas, para os parlamentares aumentarem o próprio salário e continuarem não fazendo nada, o céu é o limte.

    • Imaginem aumentar o salário mínimo, no “limite do céu”, para milhões de trabalhadores. Seria necessário colocar um “designer previdenciário” para gerir o sistema. “O céu é o limite” é tão original que está a altura do Tiririca, mesmo sem “diproma”.

  • http://www2.camara.gov.br/agencia/noticias/POLITICA/191877-CAMARA-APROVA-REAJUSTE-DE-PARLAMENTARES,-MINISTROS-E-PRESIDENTE.html

    Assunto mais importante.

    Olhem os Deputados Federais de Pernambuco e em que votaram

    http://www2.camara.gov.br/atividade-legislativa/plenario/resultadoVotacao

    Cliquem no requerimento 7575 onde tem votação por UF.

    ou então copiem e colem o link abaixo:

    http://www.camara.gov.br/internet/votacao/mostraVotacao.asp?ideVotacao=4510&numLegislatura=53&codCasa=1&numSessaoLegislativa=4&indTipoSessaoLegislativa=O&numSessao=224&indTipoSessao=E&tipo=uf

    Já vou adiantando que o único que votou contra esse absurdo, essa cuspida na cara do brasileiro, foi Raul Jungman.

    é esse tipo de votação que mostra quem é quem. Com essa ele ganhou alguns bons pontos comigo.

    Isso é pros que adoram babar o FErnando Ferro aqui. Ele mostrou que ferro ele quer é no C* do brasileiro. ¬¬.

    • Comentei há cerca de 20 minutos no post dos bingos. Agora trago pra cá :) .

      Segue o link com a lista.

      Na realidade ainda deve ir para o Senado, não???

  • Nussa agora que vi O.o, já aprovaram. Tempo recorde. :(

  • Parabés aos Petistas e PSDBistas. Isso só mostra que não interessa o Partido. Sempre devemos analisar o candidato.

    Por essas e outras nunca concordei com a decisão do STf em afirmar que o cargo é do partido e não do candidato. Eu não voto em legenda, só em candidato, meu voto é do candidato e pronto.

    Agora eles receberão esse valor absurdo e ainda as verbas indenizatórias e demais.

    Em rápida pesquisa no site do prórpio senado, vi que Jarbas recebeu só em Novembro desse ano, o valor de aproximadamente 15 mil reais. Uns 1500 só de combustível do Posto Espinheiro LOL. Eu coloco 200 por mês e olhe lá.

    Imaginem o resto da patota, dentre os quais pessoas menos probas, como o renan calheiros O.o. Aquilo lá merece uma bomba muito bem colocada.

  • porra, só Raul?!!

    … “José Mendonça Bezerra DEM Sim”
    ô gente, este senhor não é o pai de Mendocinha? N tinha morrido?

    “Nas duas Casas, a votação foi simbólica, ou seja, do tipo em que o congressista não declara seu voto. Na simbólica, quem preside a sessão anuncia: “Aqueles que aprovam, permaneçam como estão”. Para, em seguida, emendar: “Aprovado”.”
    Pera, quem n tava lá teria o voto dado como “sim”? n entendi, alguém explica??

    • Acho que quem não tava lá, não aparece como votante. Acho que antes de iniciar a votação faz-se uma verificação de quem são os presentes.

      Se apareceu ele votando sim, deve ser porque votou sim, mesmo.

      • Aposto que Raul Jungmann votou contra porque não vai estar lá em 2011!

        • e o motivo importa?

        • Do jeito que ele gosta de jogar pra platéia…..

  • Tiririca é um cara de sorte…
    Um cara que sempre justificou o voto, se elegeu na primeira campanha – e ainda como o dep. federal mais votado da história do país – e durante sua primeira visita ao Congresso Nacional recebe tal notícia…
    Se brincar – e se tiver um pouco mais de sorte – será até respeitado lá dentro!

    • Adriana,
      Tiririca foi o mais votado do país nesta eleição. Mas não da história, porque não superou a marca de Enéas. Tiririca teve 1,3 milhão e Enéas 1,5 milhão votos.
      Abs.

  • Senador Cristovam teria se oposto, não? Acho q muita gente q “votou” sim, na verdade não pode se expressar

    • votação eletrônica. Quem votou, votou. Quem não votou não aparece na votação.

      Se ele é pau mandado problema dele :( , perdeu pontos comigo.

      • “Nas duas Casas, a votação foi simbólica, ou seja, do tipo em que o congressista não declara seu voto. Na simbólica, quem preside a sessão anuncia: “Aqueles que aprovam, permaneçam como estão”. Para, em seguida, emendar: “Aprovado”.”

        tirei de um dos links postados acima, não sei qual, acho que Congresso em Foco

        isso n quer dizer q n foi votação eletrônica?

        n tou falando isso só pq gosto do Cristovam nao, é q, até onde eu sei, ele sempre criticou aumento de salário.

        • exato, mais abaixo ressalvei o que falei pra ti ;) . Não foi eletrônico mas ainda acho que os não presentes não devem ter tido o voto contabilizado.

    • entendi sua dúvida agora, amigo. Refere-se ao fato de a votação ser simbólica e talvez ele não tenha estado presente para votar não. É isso?

      Se for acho que tb não é por aí, acho que quem não tava lá não aparece como voto.

      • ahhh…
        nossa senhora, e a gente teve a “sorte” de ter esses 13 deputados lá?
        puta merda, quero tirar a limpo que Raul Henry votou a favor, votei nele e n acredito nisso -.-

  • Parabéns Andre, pelo post e pela critica a decisão dos parlamentares.

    Espero que agora o presidente daquele Poder não o considere, por isso, parte de “midia golpista”, da “elite retrograda”, nem da “oposição raivosa”…

    E aproveito para insistir: Os poderosos nunca são suficientemente atazanados por cobranças. Sofrem muito menos fiscalização que merecem, são muito menos “perseguidos” pela “midia golpista” que deveriam ser….
    E triste mesmo é ver a quantidade de pessoas que se apressam a defender os “PAINHOS” E AS “MÂINHAS” do momento ( de qualquer momento…).

  • O aumento é mesmo escandaloso e tal…

    Mas, Raboni, não esperava de você uma visão tão restrita de política, bancando a postura de deslegitimação da eleição do Tiririca, usado o deboche.

    E outra, Renato Aragão é tratado sempre como humorista, Tom Cavalcanti é chamado também de humorista, por que o Tiririca é que é palhaço? Pelo significado dúbio, é lógico, que permite a ridicularização. A mídia classista entrou nessa, não aceitam que um humorista, de origem pobre e somente alfabetizado possa chegar a um cargo que sempre foi feudo da elite.

    Tiririca é um representante do povo, faz parte do povão. Isso é democracia: identificação e representatividade.

    Se ele falhar ou roubar, vai merecer críticas. Mas por enquanto merece só parabenizações por ter atingido a maior votação do país. Por ter usado o humor, que é a sua principal arma, para criticar a policia nacional. Tem mesmo que ser muito limitado pra não perceber a crítica sagaz contida em slogans como “eu não sei o que faz um deputado” ou “quero ajudar minha família”.

    • Ele mesmo se diz palhaço de profissão. Daqueles mesmo de circo, que foi onde ele começou. Quanto à Renato e Tom cavalcanti, não sei se começaram como palhaços de circo ou festa de criança.

    • Só pode ser sacanagem…

    • Gabriel, tem que ser muito limitado pra não perceber que se ele roubar, não vai merecer apenas “críticas”, vai merecer cadeia.
      E tiririca não é o problema da questão.
      Isso tudo vai muito além de um simples palhaço. E se levarmos em consideração que ele está num partido não só de “palhaços”, aí é que a vaca tosse, mesmo.

      • “Gabriel, tem que ser muito limitado pra não perceber que se ele roubar, não vai merecer apenas “críticas”, vai merecer cadeia.”

        Que quem rouba merece ir pra cadeia, qualquer um sabe, até um criança, isso não demonstra limitação.

        Na verdade, no entendimento dessa colocação, tem que ser limitado pra não entender que eu estava me referindo ao papel de um blogueiro ou jornalista, que é de criticar o ladrão, e não de colocar as algemas.

        “E tiririca não é o problema da questão. Isso tudo vai muito além de um simples palhaço.”

        Certamente o Tiririca não é mesmo “o” problema. Mas você debochou dele, como se ele fosse um dos problemas, como se houvesse algum problema com a eleição dele que justificasse uma ridicularização de sua figura.

        E você insistindo no uso dúbio do termo palhaço.

        O partido dele é composto por uma imensa maioria de canalhas, não tenho dúvidas, mas isso justifica apenas uma desconfiança prévia, mas não uma condenação prévia, seja do Tiririca ou de qualquer outro parlamentar da sigla.

        De qualquer maneira, é muito evidente que as motivações da ridicularização do seu texto não são o partido do Tiririca, já que todos os partidos aprovaram esse aumento infame, mas sim uma associação do fato de políticos tratarem o eleitor como idiota em um caso como o aumento dos próprios salários, à eleição do Tiririca como uma enganação ao eleitor. Bem ao estilo daquele promotor imbecil que chamou a eleição do humorista de “estelionato eleitoral”.

        Como é difícil admitir que se errou, hein Raboni.

        Como é difícil mandar um: “é, tem razão, entrei sem querer na onda do preconceito de classe, mas pensando bem, não há nada que mereça condenação prévia quanto a eleição do Tiririca”.

        Um pouco e auto-crítica faz bem , Raboni.

  • Nessa hora não tem esquerda, direita, centro, intelectuais, ignorantes, todos se unem e correm para o abraço. Todos os eleitores “conscientes” chiam, passado algum tempo o aumento é esquecido e aparecem por aqui um bando de babaca falando bem desses escrotos. Todo povo tem o governo que merece!

    • Pior que é isso mesmo :(

  • Será que eles tem aqueles MALDITOS descontos no contra cheque???? HAHAHAHAHAHAHHA
    pelo o contrario, eles possuem um belo de acrescimos! aaai Deus, não faço questão de ser uma simples ministra :P

  • Certamente haverá alguma Ação Declaratória de Insconstitucionalidade. Não pode um Ministro de Estado receber o mesmo de um Presidente.

    • Vi os seguinte artigos e acho que podem ser uma parte de alegação de inconstitucionalidade:

      Pra começar o a constituição informa isso quanto às atribuições do congresso nacional

      Art. 49. É da competência exclusiva do Congresso Nacional:

      VIII – fixar os subsídios do Presidente e do Vice-Presidente da República e dos Ministros de Estado, observado o que dispõem os arts. 37, XI, 39, § 4º, 150, II, 153, III, e 153, § 2º, I;

      No entanto, analisando o Art. 59, podemos ver isso:

      Art. 59. O processo legislativo compreende a elaboração de:

      I – emendas à Constituição;

      II – leis complementares;

      III – leis ordinárias;

      IV – leis delegadas;

      V – medidas provisórias;

      VI – decretos legislativos;

      VII – resoluções.

      Parágrafo único. Lei complementar disporá sobre a elaboração, redação, alteração e consolidação das leis.

      Andemos um pouco mais e chegamos à análise deste artigo:

      Art. 61. A iniciativa das leis complementares e ordinárias cabe a qualquer membro ou Comissão da Câmara dos Deputados, do Senado Federal ou do Congresso Nacional, ao Presidente da República, ao Supremo Tribunal Federal, aos Tribunais Superiores, ao Procurador-Geral da República e aos cidadãos, na forma e nos casos previstos nesta Constituição.

      § 1º – São de iniciativa privativa do Presidente da República as leis que:

      I – fixem ou modifiquem os efetivos das Forças Armadas;

      II – disponham sobre:

      a) criação de cargos, funções ou empregos públicos na administração direta e autárquica ou aumento de sua remuneração;

      (…)

      Percebam, então, que, para se conceber o aumento dos ministros de Estado (cargo da administração pública direta), a iniciativa deverai partir do Presidente da República, e nunca do Congresso Nacional.

      Se alguém discorda neste ponto, pode trazer seus embasamentos e podemos discutir a validade do ato.

      Em resume, acho que a competência para criar fixar o subsídio é do Congresso Nacional, entretanto, para tal, deverá o Presidente enviar projeto de lei que vise isto, não pode a lei (no caso, o decreto legislativo tem status de lei) ser de iniciativa do próprio Congresso.

  • Certas coisas me dão comichão. Do mesmo jeito que Tiririca (ele só fez uma piada com esse aumento), os éticos Jarbas, Raul Jungman, Roberto Freire, Pedro Simon também vão usufruir desse privilégio. Ou não? Algum comentário deles indignados? Não, silêncio total. Mas o signatário do post acha um jeitinho de colocar o Tiririca na conversa. Ele pelo menos é palhaço, faz graça involuntária, até por força do hábito.

    • Raul jungman votou contra. Você não lê os comentários não???

      Sem contar que ele não estará no congresso quando os parlamentares passarem a receber o aumento ¬¬. Cadauma, viu?!!

      • e ainda fez um discurso contra…

  • Sandro Mabel é deputado eleito, é líder do PR, partido de Tiririca. O “palhaço”, acompanhado desse deputado, na visita ao Congresso, é tão estranho quanto a mãe, acompanhando o filho de colo, no ato da vacinação. O Tiririca deveria procurar quem, pra ciceroneá-lo na visita? O “cheiroso” Raul Jungman?

  • Na empresa onde trabalho definimos nossos próprios aumentos salariais, quantos dias iremos tirar de férias e julgamos o que achamos ser urgente ou não!
    Há se fosse verdade…

  • Os deputados têm um atenuante, qualquer um pode chamá-los de “sem-vergonha”. Se o aumento é absurdo, pelo menos deles se pode escrachar. Agora, quero ver esses fariseus da imprensa falar de um ministro do Supremo com esse mesmo tom de cabaré com que se referem aos deputados. Agora o Tiririca é a “geni” dos hipócritas.

  • Todo mundo tinha de tolerar o amuado dono da bola, se não, adeus o joguinho de rua. É por isso que nessas horas eu defendo o deputado, pelo menos não são hipócritas. Tem de elogiar, chamar pelo segundo nome… Tem de pegar como se estivesse lidando com um cristal, se não, o amuado passa a borracha.

  • Começou o chorôrô…
    Raboni, quanto isso afeta o orçamento do país?
    A questão não é quanto ganham…e sim o retorno desse investimento que é nulo.
    O funcionario publico vive reclamando que ganha pouco, mas vai cobrar empenho e desenvolvimento deles, a MAIORIA não quer nem trabalhar, tira licensa por qualquer coisa, agora vem todo mundo ficar chorando por esses reajustes…
    Se você for analisar o efeito cascata, esse é o ultimo step. E não o primeiro como você comentou!!
    Besteira esse post…tanta coisa para questionar, vem falar de 100mi num orçamento de 1tri.

    • O efeito é de 1,8 bilhão. Se você acha que é pouco então me empresta um pouco disso.

      Eles não estão lá pra eles não, eles estão lá por nós. Deviam apenas se importar com a “res publica” e não em engordar seus bolsos.

      Some-se a isso os valores que continuarão ganhando com verbas de gabinete, indenizações de todos os tipos e auxílios vários.

      Defender o aumento só pode ser falta de seriedade com que leva a vida.

      Não é chorôrô, é defesa dos interesses do país. Aqueles covardes são um estorvo para a Nação.

      Concordo com o que falou sobre os servidores públicos, que, NA GRANDE MAIORIA (acredite, existem os que trabalham), só vão fazer corpo mole, receber o salário e fazer comprar (quando não forem professores e policiais, pois esses apenas pagam os custos de vida).

      • Prezados, a visão que vcs têm do funcionalismo público é compreensível mas estereotipada. Falo isso com todo respeito e apenas no intuito de esclarecer. Desde que foram retomadas as contratações via concurso público, esse quadro deplorável vem mudando. Embora ainda existam, principalmente nas prefeituras do interior, aqueles inúmeros cargos políticos ocupados por pessoal incompetente e, talvez, indolente (mas com certeza “bem relacionado”). Sou servidor público e posso afirmar, menos por corporativismo que por conhecimento de causa, que todos os concursados com quem já trabalhei se empenham no serviço. E muito. O que há de negativo hoje no serviço público é a perseguição aos funcionários que não se rebaixam perante os desmandos de alguns chefes comissionados.

        • Vai resolver algum problema em processo parado há dois anos em qualquer vara dessas.

          Quem atende, atende como se estivesse fazendo um favor e acha ruim que você o está incomodando ¬¬.

          Não são todos. Mas muitos.

  • Cadê os protestos? Deve estar todo mundo pensando na roupa de fim de ano.

    • Na roupa, no peru e na listinha de superstições e resoluções.

      Não é por acaso que a notícia bombástica tenha saído nesta época.

    • That’s 2 celrve by half and 2×2 clever 4 me. Thanks!

  • Obrigada pela correção, Raboni!

    Sobre esta situação acerca do aumento de salários, isso ocorre porque a sociedade permite que seus governantes – ou nossos funcionários – se ponham na posição de chefes. Daí, a situação se inverte. Mandam e desmandam, quando nós (sociedade + mídia) é que deveríamos assumir esta posição. Os esforços ainda são bastante tímidos.

    Quanto ao “palhaço” (termo pejorativo criado pela grande mídia para dequalificá-lo…): os votos a Tiririca, em boa parte, foram “de protesto”. Acho lindo que haja democracia, sobretudo que esta democracia eletiva contemple pessoas como ele e Lula, por exemplo. Lula deu um show (para os padrões do Brasil)! Quem sabe Tiririca também não surpreenda?

    Eu acredito que não, mas…

    • Lula já era um líder político há 25 anos quando se elegeu presidente.

      Tiririca não será um líder político nem daqui a 25 anos.

  • Os comentarios aqui indicando surpresa pelo fato de “seu” ou “sua” paralamentar ter votado pelo AUMENTO de salario, É UMA PIADA. Pobres inocentes úteis. Não sabem de nada sobre o passado e presente destes parlamentares (ou candidatos a).
    Que votação relampago hein!!!! nas duas casas (da mãe Joana) foi “vapt-vupt”. Nunca na historia desse país se votou tão rapidamente no Congresso Nacional.
    O PSOL votou contra o aumento nas duas casas.

  • DEMOCRACIA MEUS CAROS, INDEPENDÊNCIA DOS PODERES, ORÇAMENTO PRÓPRIO PARA O CONGRESSO E PARA O JUDICIÁRIO (5% da arrecadação para cada, se não me engano).

    Daí os caras vão aumentar o próprio salário infinitamente até alguém ter coragem de mudar a constituição. O dinheiro do contribuinte foi sequestrado, simples assim.

  • E Paulo Rubem? Não votou?

    • Ele só será deputado ano que vem, não???

  • Formem grupos, procurem os políticos locais, dirijam-se até a casa deles, incomodem, liguem, escrevam e-mails, procurem conhecidos que tenham espaço na mídia de massa, informem-se, decorem os nomes dos que votaram a favor desse aumento imoral, divulguem seus perfis nos quatro cantos, falem com firmeza e indignação. Façamos qualquer coisa a mais do que discutir uns com os outros e falar mal de certas correntes políticas. Agora é momento de união dos cidadãos contra um inimigo comum: malversação dos recursos públicos.

  • Bom, a gente vai expressar nossa indignação de que maneira?vamos usar a net só pra enviar emails carregados de decepção ou vamos fazer algo mostrando q somos contrario a atitudes como está q prejudicam uma nação inteira…contenção de gastos para a maioria ” desfavorecidos”…e a maioria q tem o poder(politicos) aumentam os proprios salarios e se beneficiam de vantagens…vamos chegar a um consenso? q todos opinem e de boas idéias para agirmos de forma efetiva…señ mudarmos, señ agirmos a situação ñ mudará…vamos continuar a assistir e só reclamar de barbáries como está?espero q ñ!

  • Na hora de votar para o aumento de salário mínimo, para o aumento da maior idade, para o aumento dos professores, a implantação do piso do magistério, a PEC da polícia, orçamento para saúde, educação e segurança e tantos outros temas relevantes e de interesse da sociedade é mais que uma novela e todos os parlamentares fazem corpo mole, dizem que são temas que merecem mais estudo, que vai impactar no orçamento etc., mas em causa própria, rapidíssimos, sabidíssimos. Por que será que esse aumento não aconteceu antes das eleições?
    Somos idiotas mesmo!

  • Sei que não dará em nada mas encaminhei o texto a seguir, tanto para os Senadores quanto para os Deputados. Pelo menos, creio ser um caminho para externar meu descontentamento.
    Infelizmente, não pude escrever mais, por conta da restrição quanto ao tamanho do texto.

    =======================================

    Com que cara voces pretendem encarar o povo depois deste aumento abusivo em seus próprios proventos ?

    Como podem dizer que sou “O PATRÃO” ?!?!?!?

    Que “Patrão” é este que deixa seus “funcionários” aumentarem seus próprios proventos sem que o mesmo seja consultado !?!?!?!?!

    Como voces justificam este procedimento se na hora de aumentar o salário mínimo ou dos aposentados… é melhor nem falar. Voces já sabem o resultado final.

    Não me venham falar de “orçamento”, pois não importa como voces utilizam o dinheiro, o mesmo sai É DO MEU BOLSO, sem que eu tenha o mínimo de retorno.

    Não pago meus impostos para que voces façam uma orgia com o dinheiro arrecadado.

    ISSO É UMA VERGONHA ! ! ! !

  • Quando a vergonha perde a vergonha.

    Resolva a expressão matemática:
    [(R$ 26.723,13 + R$ 60.000,00 de verba de gabinete + R$ 15.000,00 de verba indenizatória + R$ 3.000,00 de auxílio moradia + R$ 1.000,00 de verba para assinatura de revistas + R$ 4.000,00 de verba para telefone e correio + R$ 9.000,00 de verba para passagens + R$ 8.000,00 de verba para assistência médica + 13º salário + 14º salário + 15º salário) x (513 + 81)].

    R$ 16.512, 09 de salário era muito pouco, ainda bem que os excelentíssimos deputados federais e senadores (as) – em um ato realmente nobre – adiaram suas viagens de fim de ano para votarem o aumento de suas parcas remunerações. Eu, particularmente, fico comovido ao perceber que estes nobres senhores (as) aguentaram até os últimos dias do ano de 2010 para aprovarem a equiparação dos seus tetos salariais com o dos ministros do STF. Já estava mais do que na hora da sociedade olhar com mais atenção para estes aguerridos trabalhadores e valorizá-los pela sua contribuição à nação brasileira, profissionais estes que agem sempre preocupados com as possibilidades reais do erário público.
    Neste sentido, o Brasil não poderia se furtar de negar tal benefício ao legislativo, haja vista a situação econômica de todos os setores institucionais públicos e privados. Não há – por exemplo- nenhum professor insatisfeito com o salário e com o apoio do governo concernente a melhoria das escolas; nenhum policial descontente com a sua renda e com a aprovação na íntegra da PEC 300; nenhum cidadão sem assistência médica pública de qualidade; nenhum empresário carente de estruturação para melhor desenvolver o seu trabalho; nenhuma pessoa intranqüila preocupada com a segurança; nenhum hospital sem equipamentos adequados para atender todos os seus pacientes sem fila; enfim, não há razão pela qual não dividir a renda com os nossos auspiciosos representantes do povo e dos Estados.
    Orgulho-me muito por saber que temos 513 notórios deputados federais representando os interesses do povo, estamos na frente de Portugal, Finlândia e Dinamarca que só têm –respectivamente – 230, 200 e 179 ilustres parlamentares preocupados com os interesses de seus representados. Regozijo-me ao saber que nossos 81 senadores se aposentarão com 8 anos de incansável serviço, pois acredito que ninguém acha isso injusto ao comparar com o seu próprio tempo de contribuição à previdência social.
    Compreendo que se faz necessário, desde a idade média, a cobrança compulsória de tributos (jus imperis) para a manutenção do contrato social, no entanto, peço humildemente a vossas excelências que não votem pelo retorno do direito de pernada. Isto é, direito da primeira noite (jus primae noctis) que o senhor feudal da Europa Ocidental tinha sobre as donzelas recém casadas. Lastimo não ter desprendimento e complacência, mas afinal já dividimos nosso dinheiro com o Estado em troca da nossa educação, saúde, segurança, infra-estrutura… acredito que dividir mulher seria um tanto quanto exagerado, pois para tudo há um limite.

    Resultado da expressão: R$ 75.273.539,22 mensais + décimo 3º, 4º e 5º.

  • [...] Raboni, from the blog Acerto de Contas [Settlement of Accounts], repudiates the salary increase indicating its percentage, and calls one's attention to the “ripple [...]

  • BOM DIA AMIGO.
    CASO VOCÊ TENHA CONHECIMENTO, ENVIE PRA NÓS OS NOMES DOS POLITICOS QUE VOTARAM O REAJUSTE DELES E DO SALÁRIO MÍNIMO TAMBÉM, POR ESTADO E PARTIDO SE POSSÍVEL.
    TAL COMO FOI ENVIADO O DE PERNAMBUCO.
    PRETENDO ENVIAR BRASIL AFORA E MUNDO AFORA TAMBÉM PARA QUE NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES POSSAMOS VER ESTES NOMES FORA DO CONGRESSO E SENADO.
    DESDE JÁ AGRADEÇO.

    GILBERTO PEREIRA.

  • ESTOU ENVIANDO EMAILS A TODOS OS SENADORES E DEPOIS AOS DEPUTADOS FEDERAIS TAMBÉM, COM O SEGUINTE TEOR.
    <
    BOM DIA.
    LEVANDO EM CONSIDERAÇÃO APENAS O ART 3° DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL DE 1988:
    Art. 3º Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil:
    I – …
    II – …
    III – erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais;
    IV – …
    DADO O EXPOSTO, SOLICITO A V.Exa. ENCAMINHAR UM PROJETO DE LEI PARA QUE REALMENTE SE CUMPRA O “ERRADICAR A POBREZA” COM O SEGUINTE TEOR.
    ?TODO REAJUSTE A TODO FUNCIONALISMO PÚBLICO FEDERAL (E DIGO QUE, TAMBÉM EU, O SOU) NÃO SEJA SUPERIOR A 50% DO REAJUSTE DADO AO SALÁRIO MÍNIMO NO MESMO PERÍODO. DE FORMA QUE A CLASSE POLÍTICA QUE RECEBE REAJUSTE SALARIAL DE 4 EM 4 ANOS OU DE 8 EM 8 ANOS NÃO SEI AO CERTO E VExa O SABE, SOME-SE OS REAJUSTES SALARIAIS MÍNIMOS DADOS A POPULAÇÃO BRASILEIRA E APOSENTADOS DO INSS NO PERÍODO DOS 4 EM 4 OU 8 EM 8 ANOS, DIVIDA-SE POR DOIS E SEJA SOMENTE ESTE O REAJUSTE A SER DADO A TODOS OS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS?.
    TENHO CERTEZA QUE ESTA MEDIDA VAI AJUDAR E MUITO A SE ERRADICAR A POBREZA E DAR DIGNIDADE AO POVO BRASILEIRO.
    COMO PODE O GOVERNO DAR UM REAJUSTE AO SALÁRIO MÍNIMO NA ORDEM DE +/- 6.9% AO POVO EM GERAL E O MESMO GOVERNO REAJUSTAR O PRÓPRIO SALÁRIO EM MAIS DE 63%, É VERGONHOSO.
    TOME POR EXEMPLO O DEPUTADO FEDERAL JOSÉ ANTONIO REGUFFE, QUE POR INICIATIVA PRÓPRIA JÁ INICIOU O PROCESSO DE IGUALDADE SOCIAL DE DIREITO.
    CERTO EM SABER QUE ESTA PROPOSTA VAI REALMENTE SER ENTREGUE NO SENADO, POR VOSSA EXCELÊNCIA, DESDE JÁ AGRADEÇO.
    INFORMO AINDA QUE, ENVIAREI ESTA MENSAGEM A TODA CLASSE POLÍTICA E PARTIDOS EM GERAL.
    BOM DIA COM ALEGRIA.

    GILBERTO PEREIRA
    <

Tem algo a dizer? Vá em frente e deixe um comentário!

XHTML: Você pdoe usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Enquetes

Em relação ao impeachment de Dilma Rousseff, qual sua posição?

Ver Resultado

Loading ... Loading ...

Frase do dia

  • A riqueza de uma nação se mede pela riqueza do povo e não pela riqueza dos príncipes.”, Adam Smith.

ARQUIVO

novembro 2019
S T Q Q S S D
« mai    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Informação com Humor

MARCO BAHÉJornalista
É formado em Jornalismo e pós-graduado em História Contemporânea e História do Nordeste do Brasil. Foi repórter da Gazeta Mercantil para os estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Também atuou como repórter do Jornal do Commercio, editor da Folha de Pernambuco e repórter especial do Diario de Pernambuco. É correspondente da revista Época no Nordeste desde 2003. Tamb´m atua com publicidade e marketing eleitoral desde 2004.
PIERRE LUCENADoutor em Finanças
É doutor em Finanças pela PUC-Rio e mestre em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco. É professor adjunto de Finanças da UFPE e foi secretário-adjunto de Educação de Pernambuco. É autor de vários trabalhos publicados no Brasil e no exterior sobre o mercado financeiro, e participa como revisor de várias revistas acadêmicas na área. É sócio-fundador da Sociedade Brasileira de Finanças. Foi comentarista de Economia do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (TV Jornal e Rádio CBN). Atualmente é coordenador do curso de administração da UFPE, e Coordenador do Núcleo de Estudos em Finanças e Investimentos do Programa de Pós-graduação em Administração da UFPE (NEFI).