Dilma e o Sexo

ago 26, 2015 by     17 Comentários    Postado em: Política

Por Pedro Jácome
para o Acerto de Contas

Acabei de ler o “artigo” de João Luiz Vieira da Época intitulado “Dilma e o Sexo”.

O artigo é um negócio sem pé nem cabeça, que sai do nada pra chegar em canto nenhum.

No entorpecido serpenteado argumentativo, o autor faz várias referências ao impacto sexual e erótico na definição da personalidade e nas atitudes do indivíduo.

Até aí não seria nada tão grave. Kinsey, Reich, Marcuse, Freud… todos eles falaram sobre o assunto, sobre a influência do sexo nas outras dimensões da existência humana.

Mas o artigo deixa o tempo inteiro, subentendido (ma non troppo), a idéia, de certa forma, amplamente difundida, que o problema de Dilma seria abstinência sexual.

Pela sua falta de objetividade, o artigo chama muito mais atenção pelo que não foi dito do que, propriamente, pelo que está explícito no texto.

Nos bons tempos de liberdade de imprensa, é realmente complicado defender que algo não deveria ser publicado. O que deveria nos proteger dessas bobagens seria o bom senso (algo muito em falta, ao menos no Brasil).

A Época resolveu tirar o artigo do ar. Menos pela essência do artigo, imagino, do que repercussão negativa que ele gerou.

Lembrei­-me da campanha à prefeitura de São Paulo, quando Marta Suplicy insinuou que Gilberto Kassab era homossexual.

Eu, particularmente, sou opositor de Dilma. Mas é impossível não se solidarizar com quem sofre esse tipo de patacoada.

O respeito e a seriedade deveriam ser suprapartidários.

17 Comentários + Add Comentário

  • É Jacomé…

    Em menor grau (será?) analise 90% dos comentários absurdos que são escritos aqui nesse blog. Note a juventude (se é que é juventude! Tomara que seja um monte de viúvas da ditadura…) conservadora que salpica seus ódios reprimidos neste canal de comunicação.

    A minha esperança é de que seja apenas um pequeno nicho de “metidos a brabinhos da mamãe”… mas até com esses medíocres medrosos é bom ter cuidado! Na primeira oportunidade em que vislumbrarem que não há mais perigo em serem explicitamente fascistas, o couro vai comer!

    Aí quero ver você dizer “No es mi culpa…”

    Querer moralizar o governo do PT não é pactuação com bandido da forma como o senso comum pensa, e sim um posicionamento para refrear a ascensão silenciosa dos radicalismos de direita, que ao meu ver, são extremamente perigosos, excludentes, nocivos e beligerantes.

    Mas poderia ser pior, você poderia apoiar a bancada evangélica ou Bolsomito! Coisa que se acontecer…

    • Demétrius seu comentário é espetacular.

      • Aliás, o blog depois da entrada de Pedro Jacome anda merecendo os comentadores que tem.

  • Vamos ser honestos: quem vai querer comer uma bruxa picareta dessa?

    Além do mais, corre o boato que a vovozona aí curte colar velcro.

    • kkkkkkkkk

  • Putz… o cara ter sonhos eróticos com Dilma só pode ser doente. Não precisa o cara sonhar com uma panicat super gostosa, mas com Dilma também é foda hehehehehe

    • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • ^

    Sempre tenho razão! Tá vendo Jacomé?

    • Eita!

      Apareceu um candidato para saciar a donadilma!!!

  • Dilma tem é que tirar o país desse atoleiro no qual o PT nos afundou. Se Dilma faz abstinência eu não sei, o que eu sei é que ela está FODENDO os brasileiros.

  • A única abstinência que não existe nesse governo petista é de roubalheira, fraude e corrupção.

  • Engraçado, Marta Suplicy (quando era do PT) questionou publicamente a homossexualidade de Kassab em pleno período eleitoral.

    Mas ninguém pode questionar a sexualidade de Dilma.

    Curiosa essa lógica: quem é do PT pode questionar publicamente tudo, quem é da oposição não pode questionar nada se não é logo criticado. Interessante, reflete bem a cultura “democrática” da esquerda brasileira.

  • A verdade é que nem todos possuem = bom caráter, no seu modus vivendi/operandi é por isto que lemos estas aberrações entre tantas outras, de pessoas que tentam denegrirem a imagem pessoal de alguém. É a vida, fazer o que ? Que cada um assuma as consequências que vierem acontecer face aos seus atos, seja c/ quem for.Eis a questão.!

  • Se ela é comida ou se come alguém é problema dela.

    E outra, quem garante que ela está em abstinência ?

  • Ainda bem que a esquerda brasileira não é preconceituosa :
    https://www.youtube.com/watch?v=c_2csPaWL4s

  • Esquerda brasileira, gente sem preconceito :
    https://www.youtube.com/watch?v=WEwungnwjOs

  • Será que as besteiras que ela fala tem relação com a sua suposta abstinência sexual? Nem Freud explica….. tantas asneiras….. https://www.youtube.com/watch?v=xIyZIq4A0N4 e https://www.youtube.com/watch?v=RIylufGnfBM

Tem algo a dizer? Vá em frente e deixe um comentário!

XHTML: Você pdoe usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Enquetes

Em relação ao impeachment de Dilma Rousseff, qual sua posição?

Ver Resultado

Loading ... Loading ...

Frase do dia

  • A riqueza de uma nação se mede pela riqueza do povo e não pela riqueza dos príncipes.”, Adam Smith.

ARQUIVO

outubro 2019
S T Q Q S S D
« mai    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Informação com Humor

MARCO BAHÉJornalista
É formado em Jornalismo e pós-graduado em História Contemporânea e História do Nordeste do Brasil. Foi repórter da Gazeta Mercantil para os estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Também atuou como repórter do Jornal do Commercio, editor da Folha de Pernambuco e repórter especial do Diario de Pernambuco. É correspondente da revista Época no Nordeste desde 2003. Tamb´m atua com publicidade e marketing eleitoral desde 2004.
PIERRE LUCENADoutor em Finanças
É doutor em Finanças pela PUC-Rio e mestre em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco. É professor adjunto de Finanças da UFPE e foi secretário-adjunto de Educação de Pernambuco. É autor de vários trabalhos publicados no Brasil e no exterior sobre o mercado financeiro, e participa como revisor de várias revistas acadêmicas na área. É sócio-fundador da Sociedade Brasileira de Finanças. Foi comentarista de Economia do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (TV Jornal e Rádio CBN). Atualmente é coordenador do curso de administração da UFPE, e Coordenador do Núcleo de Estudos em Finanças e Investimentos do Programa de Pós-graduação em Administração da UFPE (NEFI).