Edilson Silva, a maior injustiça dessa eleição

out 8, 2012 by     139 Comentários    Postado em: Política

O presidente do PSOL, Edilson SIlva, obteve a terceira maior votação como candidato a vereador do Recife, mas infelizmente não se elegeu em função da baixa votação dos outros candidatos a vereador da Frente de Esquerda.

Só para termos uma ideia, enquanto Edilson teve 13.661 votos, o segundo mais votado teve 374 votos.

Fica o aprendizado de que será preciso ampliar a frente e se coligar com outras correntes, porque senão fica impossível. Deixar uma pessoa como Edilson de fora, enquanto outras “pérolas” se elegem chega a revoltar.

Por outro lado, nem é preciso dizer o quão absurdo é este sistema eleitoral, que acaba levando gente com 4 mil votos para a Câmara, enquanto deixa outro com 13 mil de fora.

À Edilson os sinceros parabéns pela campanha. Saiu grande e de cabeça erguida da eleição.

O Acerto de Contas se orgulha de tê-lo como parceiro.

139 Comentários + Add Comentário

  • Parabéns ao Acerto de Contas e a Edilson!

    • Parabéns para Edilson. Uma pena mesmo existir estas injustiças, mas, são coisas da “política” fazer o que não é? Edilson, vc é um VITORIOSO!!!

  • Concordo Pierre,

    mas sabemos que sobretudo temos que ter estratégia! Edilson sabia que poderia ter uma votação expressiva e, ao mesmo tempo, sabia que a votação não seria o suficiente para se eleger. Ou n]ao sabia? Ora!

    Acredito que enquanto essa palhaçada do que chamam de festa “democrática” não mudar, quem quiser se eleger e expressar a voz, as ideias, tem que viabilizar outra forma que seria realizar alianças. Ninguém faz nada sozinho. É revoltante ver tantos vereadores medíocres em nossa cidade e pessoas que poderiam fazer a diferença ficarem de fora.

    Nesse sentido, Edilson merece nosso reconhecimento, mas, da mesma forma, é muito ingênuo e perdeu uma ótima oportunidade de crescer.

    • é bem verdade

  • Pierre, o mandato não é essencial. O mais importante é que os apoiadores de Edilson se mantenham engajados para pressionar a prefeitura e a câmara. Pelo menos teremos André Regis e Raul Jungmann como parlamentares “constrangíveis”.

  • “Fica o aprendizado de que será preciso ampliar a frente e se coligar com outras correntes, porque senão fica impossível. Deixar uma pessoa como Edilson de fora, enquanto outras “pérolas” se elegem chega a revoltar”

    Fica provado é que esse sistema proporcional é uma vergonha, isso sim.

    • Fica provado é que esse sistema proporcional é uma vergonha, isso sim[2]

      Pior mesmo é fingir que o processo é democrático. Compra de votos no varejo e atacado!! Pior, tem candidato que se elege comprando a consciência das pessoas que votaram no número porque alguém mandou.

      Mas, o pior de tudo mesmo, foi ver Edilson dizendo que o cargo de vereador tem utilidade. Eu gostaria de tê-lo conosco na trincheira de quem quer acabar com essa farra. Esse gasto sujo e desnecessário para milicianos, bandidos e fraudadores.

    • Esse sistema é democrático? Isso é canalhice! Temos é que lutar para mudar essa vergonha, e colocar no poder os que são mais votados, pois, a eles foram confiados os votos da maioria da população!

    • Exatamente! A votaçao de Edilson refletiu principalmente o fato da Frente de Esquerda nao ter ido atras de coligaçoes “sujas” com a mera intençao de se eleger. Temos eh que mudar esse sistema de proporcionalidade que ja perdeu o sentido faz tempo!!!

      • O sistema, na teoria, é bom. Sabem realmente o que corrompe o sistema do voto proporcional no Brasil?!

        COLIGAÇÕES PARTIDÁRIAS!! e em segundo lugar: propaganda eleitoral individualizada.

        Sistema proporcional é pra votar em ideias partidárias, antes das pessoas. Mas não vai funcionar no Brasil tão cedo. :(

    • Proporcional é quase loteria, mas o pobre/desconhecido ainda pode ser eleito().
      Se for voto direto, só os ricos e poderosos levam.
      Se entrar no esquema de coligações segue a mesma história do PT,
      antes ‘tudo pela ética’, depois ‘tudo pelo Lula’. E aí já viu onde vai chegar…

  • Na verdade, o que faltou ele fazer foi o que os outros partidos fazem. Enchem de zés ninguém no partido e pagam os jingles, carros de som, carreatas, e o escambau pra todos estes. Assim conseguem para cada um, algumas centenas de votos, e aí com uns 20 zés ninguém, conseguem o que falta para atingir o quociente eleitoral. Nenhum zé ninguém é eleito, só servem para chegar no quociente mesmo. E eles próprios sabem disso.

    Já tem Zé Ninguém leiloando sua candidatura entre os partidos, baseado no histórico das eleições. Essa turma diz “eleição passada ganhei mil votos. então quero R$5000 pra me candidatar no seu partido este ano. e você ainda paga toda a minha campanha”.

    é ridículo!

    • Meu amigo, o cara foi o terceiro mais votado! Ele não precisou de jingle nem de carros de som, ele mesmo panfletava, eu peguei sei panfleto, não tinha bandeirolas nem nada era ele e mais ninguém. O que precisa é mudar esse quociente eleitoral, isso sim! O Edilson foi o terceiro mais votado e ficou de fora, isso não condiz com o desejo da maioria da população!

  • Votei nele e constato a injustiça se comete. 13.000 votos decentes perdem para 4.000 votos dados a alguns picaretas. Esse Geraldo Júlio tem que ter oposição responsável e ativa, senão vai desmoronar essa cidade.

    • Eduardo vai está com a Câmara dos vereadores, a assembléia legislativa e a prefeitura do Recife na mão. Oposição onde? rsrsrsr

  • odiando essa Câmara infestada de pastores, irmãos e missionários…. o que será do Recife?

    • Elderson, o problema não é essa câmara infestada de pastores, irmãos e missionários… tinha era que fazer duas coisas, tirar TODOS de lá e botar gente nova com consciência e disposta a trabalhar, e mudar esse quociente eleitoral e partidário estúpidos, do tempo da ditadura.

    • Elderson , o nosso Recife será trasnformado em uma legítima SODOMA e GOMÔRRA. Com essa infestação de pastores,missionários e irmãos o melhor é se manter quietos e fingir que tudo vai bem em nome da moral e dos bons costumes, se não queimamos no fogo do inferno ,aleluia.

  • outra decepção foi ver Jayme Asfora não ser eleito! André Ferreira? Irmã Aimee? o que esses b* irão fazer?

    • “Mamãe eu quero…Mamãe eu quero…mamãaaae…”

      • hã?

        • “… mamar”

        • a unica exceção é a Missionaria Michele Collins!

          uma das maiores ativistas no combate as drogas do estado, trabalha em vários centros de reabilitação para dependentes químicos, centenas de jovens vivem nos centros criados por sua igreja!

          tem meu respeito.

        • Aleluia! Espero que ela pague o dizimo com seu salario de vereadora!

    • ele é o primeiro suplente, se algum vereador da coligação dele virar secretario, o q é bem provavel, ele assume.

  • Aqui em Natal, o PSOL elegeu dois vereadores na esteira da votação de Amanda Gurgel. Um com 1.398 e outro com 717 votos. Então, recifenses, vamos parar com essa história de dizer que Edilson Silva foi injustiçado, vítima de um sistema eleitoral que privilegia os grandes. Não foi nada disso. Teve uma votação estupenda, fez uma campanha belíssima. Mas desde o começo estava claro que ele + o partido precisariam fazer mais de 22 mil votos. A regra era essa, e ele aceitou jogar com ela. Eu acho que é preciso acabar com essas coligações proporcionais, sim. Mas discordo do argumento de que os eleitos têm que ser os que tiverem mais votos, independente de partido. Isso apenas personaliza a política, valoriza a individualização da eleição, torna o pleito um cada-um-por-si…..e encarece muito o custo das campanhas.

    • Os candidatos já estão mais que personalizados na política brasileira. Esse sistema de eleição proporciopnal pressupõe que existam partidos políticos com ideologia e coisa e tal…

    • Isso que Fábio falou é o que venho explicando pra muita gente desde ontem (votei em Edilson sabendo que ele não iria ultrapassar o quociente). Uma votação pra o legislativo tem que ser proporcional, não majoritária. Agora vejo motivo pra mudar a legislação eleitoral na medida em que coligações fazem votos no partido X elegerem um candidato do partido Y. Na minha humilde opinião, eleição proporcional não poderia ter coligação e aí cada partido contaria apenas com seus votos.

    • Eu concordo com o Fábio. Não acho que o Edilson foi injustiçado. Ele sabia da regra, assim como todos.
      Acredito que o problema principal está nas coligações. Isso sim é uma lambança e faz com que os eleitores, já confusos que são, passem a votar unicamente em candidatos e não em partidos. Aqui em Recife um partido A apoia o candidato do partido B; em Olinda os partidos A e B são oposição. Isso é ridículo. Além do mais, quando há coligações gigantescas acontece o que está acontecendo aqui no estado, não há oposição; todos são a favor de Eduardo Campos e ele pode aprovar e desaprovar o que quiser e na hora que quiser. Isso não é democracia!
      Eu voto em Jungmann, nem Priscila Krause, mas achei importante a vitória deles para que haja um mínimo de oposição.

  • Tudo bem Fábio…mas que tem algum troço errado nisso, tem!

    • pois é… nem é justo o proporcional que faz com oque os partidos coloquem os Tiriricas pra chamar voto nem o voto direto seria bom concentaria muitos candidatos num partido. talvez fosse bom assim? até X mais votados seriam eleitos e o resto proporção

  • Aliás, o processo de desmonte da cidade já começou. Haja vista a morte de árvores na Av. Caxangá, em nome de um projeto que a população desconheçe. E o que vem por aí não é brincadeira.

    • a população desconhece porque quer!!

      o projeto do corredor leste-oeste esta disponível pra qualquer um ver!

      inclusive contempla requalificação das calçadas, paisagismo, replantio de arvores, etc.

      • ric, esse projeto, de forma técnica e detalhada, está disponível onde?

        • Youtube: corredor leste oeste Recife.

        • Piada, né, Jorge. Eu falei projeto completo e detalhado, e não propaganda.
          No Youtube tem cronograma das obras?
          No Youtube tem dizendo largura do túnel no final da Caxangá?
          No Youtube detalha em quais trechos da Caxangá o BRT será elevado e em quais será no nível do solo?
          No Youtube detalha como vai ficar a Praça do Derby?
          Não, né? Então isso não pode ser apresentado como uma forma técnica e detalhada do projeto.

        • Ou Jorge é um brincante ou um desinformado…

  • Queria neste espaço deixar registrado o quanto Recife perdeu em não ter feito Edilson vereador. Uma grande perda para o aperfeiçoamento da democracia participativa. Mas o poder economico, a compra de votos prevaleceu.

    As regras desta pseudo democracia impediram sua eleição. Todavia Edilson-Psol é um vencedor. Sem duvida a eleição de um vereador seria importantissimo, mas não suficiente. A luta continua. E todos e todas que acreditam que existe “vida” fora do partido socialista (?) e do partido dos trabalhadores (?) tem a obrigação de encontrar formas e formulas de manter o Psol-Edilson na luta diária por uma cidade, estado e pais mais justo, mais democratico e mais respeituoso com a natureza.

    Um grande abraço Edilson, e pode continuar contando comigo.

    • O Recife fez sim Edilson vereador, quem não o fez foi o TSE e a legislação chinfrim!

      • o q é q o TSE tem haver com isso? é legislação criada pelo congresso. qta gente mal informada.

  • Um verdadeiro absurdo esse sistema de contagem de votos do nosso país. É uma vergonha saber que palhaços e prostitutas conseguem ser eleitos com uma quantidade insignificante de votos, enquanto pessoas sérias não conseguem apenas pelo fato de integrarem um partido pequeno. É muito revoltante!

    • o problema não é palhaços e prostitutas serem eleitos com poucos votos, problema é colocar palhados e protitutas de renome pra aumentar os votos no partido

    • Bom, o último palhaço assumido que foi eleito passou longe de ter uma quantidade insignificante de votos…

  • Bom Dia Pierre, equipe Acerto de Contas, demais interespectadores.

    Gostaria de comungar da opinião que o sistema proporcional não presta!!!!

    Contudo, devemos fazer um movimento social, tal qual a Ficha Limpa, de modo a mudarmos esse sistema eleitoral para as próximas candidaturas.

    Isso é uma afronta à democracia, pois se o povo escolheu Edilson Silva para vereador, ocupando o 3º lugar de mais votado, como é que ele não está eleito? Cadê a Democracia nisso?????

    DEVEMOS IMEDIATAMENTE, nos manifestar e movimentar em prol dessa mudança.

    Forte Abraço!

    • de fato devemos mudar, mas não pode ser apenas os 39 mais votados eu acho que assim renova pouco

  • Até parece que Edílson é um menino ingênuo no meio de raposas políticas… É claro que ele já constatara as dificuldades de sua postulação, considerando a dificílima probabilidade de que a sua coligação atingisse o QE.
    Não sou admirador de suas posições políticas, mas entendo que é um político que se estruturou e goza de certo relevo. Mas sabia a situação há muito tempo. Como o autor mesmo frisou, ele deveria ter trabalhado a ampliação de sua coligação, e não tentar ser purista ao extremo, alocando 19 candidatos que não passaram dos 400 votos.
    Minha opinião sobre como melhorar o sistema de representação parlamentar é o de utilizar, gradualmente, o sistema de voto distrital. Permitirá um maior controle sobre os atos do parlamentar, bem como se terá redução nos gastos de campanha, permitindo a pessoas idôneas de classe média ou de classe média baixa, concorrerem com os filhotes de empresários, políticos profissionais e líderes comunitários. Haveria também maior controle de um dos males que assolam o país, como a compra de votos. Haverá, também, controle dos políticos que utilizam seu mandato para inundar a Administração com a introdução de seus apaniguados…

    • Queroz, complemento: Se esses partidos pequenos se unissem fariam muito mais pela democracia e por eles mesmo. É porque nao se entendem de jeito nenhum!

    • Feita pela OAB?? fala sério… Tem que acrescentar reforma no judiciário, como por exemplo, fim das férias de 60 dias das otoridades…

      É melhor nós fazermos a nossa que aderir a uma proposta que concede muitos poderes a quem não fora eleito (poder judiciário)

      • Lista?! Quem vai decidir o candidato é a cúpula partidária, e não o eleitor?! Petralhice detectada…
        Voto distrital já!

        • Voto distrital MISTO, por favor…

  • Gente,

    queria tirar uma dúvida. Por que jayme asfora não conseguiu se eleger? Ele teve uns 7500 votos ou seja está entre os 20 mais votados. E além disso a coligação dele é a frente popular(a mesma do prefeito geraldo julio e a maior). Então não entendi como pessoas da mesma coligação e com menos votos se elegeram no lugar dele. Alguém pode me explicar? VALEU!

    • não teve ninguem da coligação dele q se elegeu com menos votos q ele. vc ta mal informado.

      • O cara está só perguntando amigo. Conhecer ao pé da letra a lesgialação eleitoral não é formação curricular obrigatória.

        • não precisa ter formação eleitoral, é so consultar o UOL. kkkkkkkkkkkkk

  • O coeficiente eleitoral dá origem a uma LaranjaCracia. Cada pessoa que vota em um candidato laranja estará elegendo um cacique, sendo que este último (o cacique) vai remunerar os laranjas de alguma forma (mensalinhos). E tome compra de votos no varejo e atacado. Isso acontece a muitos anos… Toda eleição é a mesma coisa.

    E ainda tem gente que acredita que o PT inventou a corrupção…

    • Claro que não foi o PT. Mas foi ele que pregava que faria diferente se no poder.

  • Ele entrou no jogo sabendo as regras. Espero que não dê uma de Sport em 87!!!!

    • Concordo. Achei bom isso acontecer para ele (Edilson) aprender que não é se tornando mais um vereador que irá resolver os problemas. Precisamos acabar com os vereadores e a corrupção e imoralidade para elegê-los.

  • “Como o autor mesmo frisou, ele deveria ter trabalhado a ampliação de sua coligação, e não tentar ser purista ao extremo…” É nas ampliações de coligações que o PT meteu a mão na merda e sifu…

  • Injustiça Edilson não ter sido eleito?

    Injustiça é o povo ter que trabalhar feito burro de carga pra sustentar 57.434 VAGABUNDOS e PARASITAS (isso mesmo, quase 60 mil vereadores no Brasil).

    Sem contar os deputados estaduais, deputados federais, senadores, prefeitos, governadores, seus vices, seus assessores e 2.039.499 de servidores e suas intermináveis regalias (isso mesmo, mais de DOIS MILHÕES de servidores públicos só na esfera federal, segundo dados do Ministério do Planejamento). Ainda segundo o Ministério do Planejamento, a União gastou, de julho de 2009 a junho de 2010, (PASMEM!!!!) R$ 173,6 BILHÕES com os salários e demais mordomias dos servidores, que acham pouco e ainda vivem querendo fazer greve.

    Alguém tem que rever o conceito de injustiça urgentemente.

    • Perfeito, Ricardo. Esse é o debate!!

    • Uma injustiça não exclui a outra.

      Mas do jeito que as coisas estão no Brasil, você está certo.

  • “O Recife fez sim Edilson vereador, quem não o fez foi o TSE e a legislação chinfrim!”
    Concordo.
    Mas devemos criar as condições materiais para ele exercer este “mandato”.

    • Tem condição materal melhor que o voto?

      E acreditem, se não houver uma mobilização como o da “ficha limpa”, nem em sonho essa reforma eleitoral vai sair! Se depender apenas de vontade política, a democracia de fachada irá se perpetuar!

      • seria bom vc ler a constituição.kkkkkkkkkkkkkkkk

        • Seria bom MUDARMOS a constituição.

        • se os brasileiros q sabem ler , lessem a constituição tb seria muito bom.

    • O TSE é um órgão executor, os responsáveis são os picaretas do congresso federal.

      Quanto a reforma eleitoral, se vier feito a Ficha Limpa, é melhor ficar com está, pois esta não atingiu ao que se propunha.

      A única coisa que lavou minha alma foi a derrota de Jarbas Filho, a voz ativa que iria renovar o recife, mas nem no guia eleitoral falava.

      • Ainda bem que o filho de Jarbas não ganhou, pelo amor de Deus!!

        O cara nem falar sabe. O pessoal deveria trabalhar dignamente e estudar muito antes de pensar em ser político.

        O problema é que aqui no Brasil é assim: o cara não deu pra nada na vida, vai pra política.

        As câmaras e assembléias estão repletas de religiosos, artistas falidos, vagabundos e filhinhos de papai, ou seja, todo tipo de desocupado e falido que não conseguiu nada de melhor na vida e viu na política a oportunidade para continuar na malandragem e mamar muito.

        • Concordo, Cláudio.
          Então que país pode ser construído com políticos desse nível?? O nosso Brasil.

        • Mas foi eleito um tal de um Eriberto Rafael que também era dublado pelo pai, o obscuro deputado Eriberto.

  • Injusto nada, o Recife não quer o PSOL no poder.

    • Mas teve vereador do PHS, PMN e outras importantes legendas partidária.

    • É cada uma, não querem partidos sérios para fiscalizar as ações da Prefeitura, mas acha que tá tudo bem tendo um bando de mafiosos da coligação de tio DUDU, que por sinal tem até o Pseu do B.
      É lindo de ser vê né, aqueles baba ovos do prefeito, mamando na teta da cidade! e ainda não querem o PSOL na Câmara, ah me faça um favor, rasgue seu titulo de eleitor e quebre seu teclado, para não escrever mais asneiras como essas.

  • Só resta a Jarbinhas e a Coelhinho pedirem a tio Dudu e tio Gê um carguinho pra ganhar uns R$ 25 mil por mês.

    • acho q ele vai ganhar , já q disse a geraldo, q ia ser fiel e guerreiro.kkkkkk, pois é, quem quer ser plotitico tem q se acostumar a engolir cada coisa.kkkkkkkkkkkkk

    • Com certeza eles terão seus cargos comissionados, se não for em uma das diversas secretarias, quem sabe na própria Câmara de Vereadores. rsrsrs Cada vereador tem direito a um número x de funcionários. Alguém sabe quantos?

      • No dia que acabarem com todos os cargos comissionados, a compra de votos vai começar a mudar pois são eles a moeda de troca mais valiosa em troca de votos e apoio em todas os níveis de poder.

        E tem mais: profissional do legislativo que é convidado para exercer cargo no executivo teria que ser obrigado a pedir demissão.

  • O pior é ver as assembléias legislativas e câmaras municipais virando verdadeiras igrejas com pastores, irmãos etc.

    Daqui a pouco a turma vai tá fazendo culto dentro das assembléias e das câmaras.

    E o mais engraçado (pra não dizer trágico) é ver a “transformação” de algumas figuras. O cara se candidata usando o “título” de ex-BBB e vira religioso depois que se elege. As mulheres entram ex-BBB putas/garotas de programa e se tornam religiosas convictas e só sabem falar na palavra do senhor depois que se elegem.

    Se isso não é um circo, eu não sei mais o que é.

    • Culto, eu não sei, mas em muitas Câmaras de Vereadores é obrigatória a leitura de um trecho da bíblia, antes de começarem as sessões.

  • Pelo menos Edilson sabe falar e tem uma certa visão. Infelizmente, tem vereador eleito que não sabe nem falar e não enxerga um palmo na sua frente. Tem vereador que só ganhou pelo JINGLE, comprado muito caro no sul do país. Toda eleição essa raposa faz isso com o povo pobre e ainda tem um bom tempo no guia para isso. É incrível, ruim por ruim, prefiro Edilson. Também acho injusto.

    • Agora, Edilson tem sair dessa porcaria de partido. Tantos já deixaram ideologia para assumir o cargo lá. Pelo menos ficaríamos sem alguns picaretas burros que foram eleitos.

      • E vai pra onde mar? Pro PDT comprado de Dudu Imperator?

        Nos poupe cara.

        • Não importa pra onde ele vá…..Rapaz, Dudu malvadeza está com tudo e com todos na
          mão. Relaxa…. Não adianta! Pra onde ele vai Dudu vai atrás! kkkkkk A prefeitura, o Estado, a Assembléia e agora a Câmara de Vereadores é de Eduardo Campos. E priu para os demais partidos….. Relaxa….rsrsrsrs

    • Do jeito que está, os ” nanicos” estarão sempre presentes nas campanhas, nos guias. Uma vergonha! Dá nojo ver o guia eleitoral! é muita mediocridade na campanha!

  • Este video feito pelo próprio Edilson Silva explica muito bem como funciona a picaretagem para se eleger vereador: http://www.youtube.com/watch?v=yxKttMXUBmI

  • “Fica o aprendizado de que será preciso ampliar a frente e se coligar com outras correntes, porque senão fica impossível.”

    Concordo que foi um absurdo o que aconteceu com Edilson. Estou ainda tão consternado que ainda não acredito no ocorrido. Sua campanha foi belíssima, e foi, sobretudo, por conta das adversidades por ele enfrentada, pouco tempo para veicular propaganda e poucos recursos disponíveis, além de o PSOL ser pouco conhecido para boa parte dos eleitores, todas essas dificuldades assomadas dignificam ainda mais seu resultado. O que não dá para concordar com a análise é que PSOL deveria se coligar com outras legendas. Coligar-se com quem? Com os grandes partidos comprometidos com o capital, como no caso dos “socialistas”? Não dá, né?

  • Antes PSOL do que mal acompanhado!

  • Edilson fez uma campanha maiúscula e certamente continuará sendo um grande representante dos anseios do povo recifense. Na torcida pra que a avaliação da campanha trace metas ousadas pro legislativo estadual. Certamente estaremos juntos. Parabéns Edilson!

  • Ficou mais que provado que esse sistema proporcional é o maior despautério que existe, chega a ser revoltante isso!!
    Fiquei feliz pelo Edilson, uma pena nao ter conseguido chegar lá por causa desse sistema ridiculo!

  • Pierre meu querido, não estou na cidade de Olinda, estou viajando. Preciso saber o resultado da eleição na cidade de Olinda, o qual você vinha sempre falando aqui no blog. A nossa querida musa Izabel ganhou? Por que não colocasse nada ainda?

    • Vai saiba ler, dê uma liga no blog que vai encontrar

      • Sério? Não vi. “Vai saiba ler”? Ler eu sei, mas por favor, escreva de uma forma legível, da próxima vez. =*

  • Foi Recife quem perdeu. Pois Edilson ia botar pra quebrar de verdade. Ao invés disso, tem a raposa da priscila krause por lá…

  • http://eleicoes.uol.com.br/2012/candidatos/2012/vereador/pe/10011989-felipe-pontes.htm?placar-id=2611606

    Felipe Francismar, filho do deputado estadual Francismar Pontes, com 23 anos tem o segundo grau incompleto. Não quero dizer que a educação formal é indispensável, pois tem muito semi analfabeto que tem mais serviços prestados à sociedade que muitos doutores por aí… Mas um semianalfabeto, filho de deputado é demais…

    • e depois dizem q educação é prioridade.kkkkkkkkk

    • Alguém se equivocou na informação. Conheço a família e Felipe era estudante de Direito da Unicap até bem pouco tempo atrás…

  • Nada disso! Antes de entrar no jogo ele conhecia as regras. Sabia do risco e dessa possibilidade. Sem chororôs, por favor. Incompetência pura dele, que não fez a ”básica lição de casa”.
    Aliás, que texto mais mal escrito…

  • #REFORMA ELEITORAL JÁ!

  • É incrível tamanha desproporção, a gente luta faz pedido de voto aos amigos, fala da admiração e trabalho do Edilson, da necessidade de tê-lo na Casa para fiscalizar o “trabalho do Perfeito Prefeito” e dá nisso. PQP

  • Oxente! O povo da capital reelegeu praticamene toda a cambada que votou nos 62% de aumento.
    Afemaria! Que povo complicado, esse.

    Descanse em paz, Recife. Minha ex paixão.

  • Meus parabéns à publicação, na televisão aí ninguém sabe da barbárie cometida com Edilson. Parabéns mais uma vez a ele que é trabalhador de verdade honrador de seus compromissos, não está lá na câmara mas é vitorioso sim.

  • O texto subverte a lógica de um bom debate eleitoral – sem fisiologismo ou alianças espúrias: “Fica o aprendizado de que será preciso ampliar a frente e se coligar com outras correntes, porque senão fica impossível.”

    Fica o aprendizado que é possível construir uma candidatura sem dinheiro, uma campanha linda. É esse o aprendizado. Para se coligar com outras correntes, já existe o aprendizado do que ocorreu com o PT, PMDB e afins.

    E isso que a eleição de Edílson representa – uma alternativa para a cidade (e não mais do mesmo)

    • É melhor perder, do que se corromper pra ganhar.

  • Uma pessoa que é filiada ao PSOL não merecia vencer essa eleição.

    • Mata todos fascistinha.

  • Não há injustiça alguma.O candidato sabia das regras.Não coligou-se,problema.Esse filme das candidaturas heróicas de esquerda eu já vi na década de 80 com o PT.Hoje sabemoss no que deu.E esse papo de “gabinete paralelo” é outra retórica comunista jurássica.Não há mais espaço para isso no mundo.Perdeu,perdeu.Aguarde 2014,se una a dois ou tres partidos e se eleja.É simples,Edilson….

    • Regras…muito mal feitas inclusive!

  • Avisa a Edilson, o eterno candidato, que daqui a 2 anos tem mais eleição…

  • Mesmo discordando da orientação política de Edilson, era realmente merecida sua eleição, tanto pelos votos que obteve e pelo modo de fazer política do PSOL, sem alianças abomináveis com intuito de ganhar eleição.
    Esse modelo de representação é uma democracia falsa, pois muito escolhidos pelo povo não assumem mandatos e aqueles que o povo não quer acabam ganhando por causa de tal modelo.

  • PARABÉNS EDILSON SILVA vc tem futuro continue focado nos seu objetivos RECIFE precisa de pessoas como vc.

  • Edilson agora é o santo que combate todos os males, e quem teve menos voto do que ele deve ser um bandido, ladrão, ficha suja…..entre outras coisas. kkkkk. Edilson é o dono do PSOL em PE, assim como Dudo é dono do PSB, Humberto do PT e por aí vai, que político é esse que não tem capacidade de agregar absolutamente NADA durante esse tempo todo, não merece ser político, isso de personalizar, de criar um personagem de Dom Quixote que luta contra todos os maus políticos sendo ele o ÚNICO realmente puro feito uma virgem parece piada, e ainda tem uma horda de seguidores ingênuos e fanáticos, que se acham mais espertos do que a humanidade porque são os únicos capazes de enxergar a verdade suprema, aos ilumindados um recado, ACORDEM!!!

    • Que projeto? estúpido!!! Qual o projeto de Edilson? aquele blablabla eterno da esquerda de 30 atrás? agregou quem? qual liderança política? só vai atrás do Edilson universitários de sociologia, ciência política e afins, que passam mais tempo bebendo e conversando asneiras. O discurso dele é vazio, precisamos de políticos que entendam de economia, administração,direito. Esses oradores de abobrinhas já eram, vão continuar a fazer bonito com todos os 15.000 conversadores de besteiras que concentram seu voto no coitado que luta com seu projeto utópico dos anos 70.

      • Matem todos esses 15 mil conversadores!

  • Deus meu! Um professor da UFPE empregar crase antes de palavra masculina.. Estamos Perdidos!
    Pierre, não é “À Edilson os sinceros parabéns [...]“, mas: “Ao Edison… ”
    Putz!

    • Que comentário afetado em….

      • Que comentário “inteligente” e pleno de sabujice a Pierre…

        • Muito afetadinho… Como se um erro de português fosse mudar o mundo.
          Tem uns afetados que, não falta do que falar, se agarram em besteiras formais.

        • Carlos, o boquiroto e “especialista” em generalidades, bosteja sobre tudo e a pretexto de tudo sem a maior sem-cerimônia, como se fosse um intelectual vigoroso.
          Não consegue ir além das obviedades, das análises epidérmicas, quando não aberrantes.
          Vive o autoengano de ser o núncio das verdades essenciais!

          P.S.: gostou do aposto? kkkkkkkk…..

        • Esse comentário afetado é a cara do velho João Romão. Lembram dele?

          Tinha sumido mas agora voltou disfarçado para salvar o português de “nóis ingnorante”?

        • É ele mesmo. Afetada!!

  • Não entendo como injustiça tal fato. Aliás, repete-se em todas as eleições proporcionais do país, e em todos os estados e municípios. A reação do Edilson foi pueril para um politico que imaginava maduro; A principio, defendendo essa posição , Edilson demonstra ser desinformado e incompetente. Caso tivesse o talento do deputado Eriberto ou do vereador Edilson teria preparado uma chapa que lhe propiciasse cauda, e com a expressiva votação seria eleito. Essas regras, apesar de criticadas, sempre, no pós eleição, não são modificadas por interesse da classe politica. Insistindo na tese do gabinete paralelo, inquestionavelmente, o Edilson passará a ser conhecido como vereador do paraguai. A sua biografia não merece isso.

  • Voto no primeiro candidato que propuser:

    1- Extinção do Senado Federal;
    2- Extinção do cargo de vereador;
    3- Acabar com 2/3 da Câmara dos Deputados;
    4- Acabar com 2/3 das Assembléias Legislativas;
    5- Extinção do presidencialismo e adoção do regime parlamentarismo puro com mandato de 4 anos (podendo o primeiro ministro ser destituído a qualquer momento);
    6- Teto salarial para cargos eletivos e QUALQUER cargo no serviço público (a começar pelo cargo mais alto, o de primeiro ministro) de R$ 10 mil reais (sem penduricalhos abusivos);
    7- DRÁSTICO enxugamento do Estado (a começar pelos ministérios);
    8- Reforma do Código Penal com rígido endurecimento das penas, pena capital, trabalho obrigatório para os presos e escolarização obrigatória dentro dos presídios;
    9- Escolarização OBRIGATÓRIA em regime integral para todos os cidadãos até os 18 anos de idade;
    10- Maciços investimentos em educação de alta qualidade, saúde e infra-estrutura;
    11- Severas punições para enriquecimento ilícito, sonegação, corrupção (passiva e ativa), fraudes de todo tipo;
    12- Pesados (pesados mesmo) investimentos nas áreas de ciência, tecnologia de ponta, química fina, industrial, biotecnologia, informática, engenharia e medicina avançada;
    13- Pesados investimentos das forças armadas e valorização dos militares, tendo como meta as Forças Armadas Brasileiras serem as maiores e mais poderosas do planeta, com ênfase na defesa nacional;
    14- Pesada tributação de igrejas;
    15- Aumento de impostos para grandes fortunas.

    Em 30 anos este país entrava nos eixos e assumiria o posto de maior potência mundial.

    • concordo.

      mas os tópicos 14 e 15 são piadas de mau gosto!!

      tributação de igrejas? Aumento de impostos para grandes fortunas??

      o 14 é rasgar a constituição! o 15 é burrice!! no brasil já se paga imposto demais!!

      nessas condições, se fosse rico seria o primeiro a tirar meu dinheiro do brasil!

      • TRIBUTAÇÃO DAS IGREJAS PRA ONTEM!!!!!!!!

    • Pontos 1 a 5 são IMPOSSÍVEIS pois atentam contra a forma federativa, que é uma cláusula pétrea, logo não são passíveis de alteração via emenda constitucional.

      E sobre o ponto 14, as imunidades tributárias também já foram reconhecidaspelo STF como cláusulas pétras.

      Esse povo nunca leu a Constituição da República Federativa Brasileira e vêm na internet falar besteira… Para mudar o sistema de governo tão radicalmente só com uma ruptura institucional e uma nova Consituição.

      • ric e Danilo,

        é claro que eu conheço as inúmeras impossibilidades apresentadas pela CF para os pontos que eu apresentei.

        Evidentemente, tenho plena consciência que todos esses pontos que indiquei não passam de sonho no Brasil de hoje, não somente por que a CF impede vários deles, mas por pura falta de vontade política de nossos “representantes” de melhorarem a realidade.

        Essa zona em que vive o país interessa a muita gente que ganha com isso. Mudar certas coisas nesse país incomodaria muita gente que quer que tudo continue exatamente do jeito que está hoje. Se o país está essa bagunça alguém está faturando alto com isso. Eu sou daqueles que acha que nada nesse mundo acontece por acaso.

        E, ric, sou sim a favor da tributação das igrejas. Veja bem, para onde vai o dinheiro que os coitados ignorantes dão para as igrejas? Para financiar tudo que não presta, inclusive para bancar as fazendas, cabeças de gado, mansões e ferraris dos donos das igrejas. Seria muito mais lógico o Estado pegar o dinheiro desses pilantras charlatões para investir em educação e saúde, o que favoreceria os mais necessitados e daria a eles oportunidades reais de melhora de vida (se fossemos um país minimamente sério, é claro).

        • Nada é impossível. Que mania de acreditar que um pedaço de papel é que manda no povo. O povo é que manda no pedaço de papel.

          Ora, se queremos mudar. Nova constituinte e pronto.

          Os homens não foram feitos para as leis. As leis é que foram feitas pelos homens. Detalhe, entre os homens que fizeram a constituição tinha um monte de bandidos, corruptos e ladrões.

          A nova forma de dominação é essa: jurídica-legal.

        • Perfeito, Carlos. É assim que penso também.

          Se as coisas vão mal, então que elas sejam mudadas. Um pedaço de papel não pode travar um país.

          Qual o problema de uma nova constituinte com o objetivo de corrigir os problemas da atual (que aliás, não são poucos)?

          As pessoas ficam presas a esse constitucionalismo como se os rumos do universo dependesse do que está escrito na constituição.

          Eu já percebi que essa é uma característica comum do pessoal de Direito. Se a constituição proíbe, lascou, nem Deus pode mudar. Se Deus quiser mudar o mundo vai ter que propor uma proposta de emenda à constituição.

          E o pior é que nessa palhaçada várias discussões importantes ficam travadas pois a constituição não permite nem falar no assunto (p.ex. a facultatividade do voto, trabalho obrigatório para presos, etc). Enquanto o Brasil perde tempo com debates jurídicos inúteis que não levam a a absolutamente nada e que só servem para inflar o ego dos bacharéis debatedores, o mundo moderno e civilizado avança em questões nas quais o Brasil ainda se encontra na idade média.

          Esse bacharelismo cego e porra-louca é um dos males que atrapalham o Brasil.

  • Off post: Pierre, quando Roberto Magalhães deu a banana que contribuiu pra vitória do PT, tornou-se algo emblemático, já foi até post aqui no Acerto de Contas. Agora é hora de um post em homenagem ao algoz de Roberto Magalhães naquele momento: João Paulo, o coveiro do PT. Estou esperando o post de homem, o poço de orgulho que cabe em si, e vira e mexe mete os pés pelas mãos…

  • Off post: Pierre, quando Roberto Magalhães deu a banana que contribuiu pra vitória do PT, tornou-se algo emblemático, já foi até post aqui no Acerto de Contas. Agora é hora de um post em homenagem ao algoz de Roberto Magalhães naquele momento: João Paulo, o coveiro do PT. Estou esperando o post do homem, o poço de orgulho que cabe em si, e vira e mexe mete os pés pelas mãos…

  • É importante tambem não criarmos ilusões a respeito do candidato Edilson Silva. Reconheço que o mesmo sabe propagar uma imagem de ético, justo. No entanto, é fundamental adentrarmos também na trajetoria que está sendo construida com essa imagem, sobretudo, se conhecermos as razões e justificativas que fizeram Edilson Silva aliar-se com Clóvis Correia, por exemplo, entre outros. Portanto, o personalismo do voto em nosso país muitas vezes impede que nossa visão perceba o que está a fundo em determinadas circunstâncias eleitorais. O número de votos obtido pelo candidato Edilson Silva o credencia para nesse momento tornar-se um dos candidatos mais bajulados por partidos de direita e de uma dita esquerda, que visualizam no próprio candidato a certeza e a segurança de um grande recebedor de votos. Não me srpreenderia se em um futuro próximo esse candidato surgisse como uma aposta de uma tradicional legenda no Estado.

Tem algo a dizer? Vá em frente e deixe um comentário!

XHTML: Você pdoe usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Enquetes

Em relação ao impeachment de Dilma Rousseff, qual sua posição?

Ver Resultado

Loading ... Loading ...

Frase do dia

  • A riqueza de uma nação se mede pela riqueza do povo e não pela riqueza dos príncipes.”, Adam Smith.

ARQUIVO

agosto 2019
S T Q Q S S D
« mai    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Informação com Humor

MARCO BAHÉJornalista
É formado em Jornalismo e pós-graduado em História Contemporânea e História do Nordeste do Brasil. Foi repórter da Gazeta Mercantil para os estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Também atuou como repórter do Jornal do Commercio, editor da Folha de Pernambuco e repórter especial do Diario de Pernambuco. É correspondente da revista Época no Nordeste desde 2003. Tamb´m atua com publicidade e marketing eleitoral desde 2004.
PIERRE LUCENADoutor em Finanças
É doutor em Finanças pela PUC-Rio e mestre em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco. É professor adjunto de Finanças da UFPE e foi secretário-adjunto de Educação de Pernambuco. É autor de vários trabalhos publicados no Brasil e no exterior sobre o mercado financeiro, e participa como revisor de várias revistas acadêmicas na área. É sócio-fundador da Sociedade Brasileira de Finanças. Foi comentarista de Economia do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (TV Jornal e Rádio CBN). Atualmente é coordenador do curso de administração da UFPE, e Coordenador do Núcleo de Estudos em Finanças e Investimentos do Programa de Pós-graduação em Administração da UFPE (NEFI).