Eduardo da Fonte também participará de chat no blog

out 5, 2009 by     16 Comentários    Postado em: Política

eduardo da fonte

Acabo de confirmar com o deputado Eduardo da Fonte um chat aqui no Acerto de Contas. A princípio está programado para sexta-feira, dia 16 de outubro, ou segunda-feira, dia19. Até o fim da semana confirmamos a data, que depende ainda da agenda da CPI que apura os aumentos na conta de energia elétrica.

Fizemos o convite ao deputado depois que percebemos que ninguém, simplesmente ninguém, falava nada da participação da Celpe na CPI. E olha que não falta assunto, já que recentemente a empresa foi denunciada pelo Ministério Público por convênio irregular com o Estado.

Nesta próxima sexta-feira, às 11 horas, o Secretário Humberto Costa é o convidado do chat no Acerto de Contas.

16 Comentários + Add Comentário

  • Ótimo. Vamos ver se o super-héroi está usando realmente seus poderes.

  • deputado treinee.

  • Pronto, o Blog que sempre achei da maior seriedade, acaba de formatar o palanque do Lingua Plesa Eduardo da Fonte. Por favor, deem-se a respeito.

    • Marina
      Apenas ele está trabalhando nesse negócio da Celpe. Independente disso abre-se espaço para debate para qualquer pessoa com representação parlamentar. Os leitores podem fazer as perguntas que quiserem.

  • Cruzes. acenderam as luzes..como diria Rita Lee, desculpe a pretensão, mas esse rapazinho Eduardo da Fonte, filho de familia bem educada precisa passar por aulas de educação. Ele e a sua turma deram um show de falta de educação. Mas também pudera, a claque voces precisavam ver…..

    • Caro Eduardo, falta de educação é o grupo Neonergia que faz o que quer, cala todos os jornais de Pernambuco e fica enrolando o consumidor de PE dizendo que vai baixar a energia em 7%, quando na realidade não quis abrir mão de um adiamento de aumento.

      • É fogo, os jornais pernambucanos estão se comprando com qualquer empresa. É incrível.

        • Desculpem, corrigindo, ….estão se vendendo por qualquer empresa.

  • Esse é o cara como diz Obama, tudo que tem em Pernambuco é graças a esse cara, como de sua autoria posso tbm acrescentar o esgoto estorado da rua onde moro.

  • E por falar em deputado pernambucano, eis que inovamos na cena legislativa nacional (PE sempre na vanguarda).

    Segundo o programa Panico na Tv, “Robert” é todo aquele que adora aparecer em um programinha de tv, que adora uma foto na Caras, etc…
    Enfim, nao vive sem um holofote.

    E nao é que emplacamos de uma so vez 3 (isso mesmo, tres!!) Deputados do tipo “Robert” ou Roberputado..Se nao vejamos:

    http://www.viomundo.com.br/voce-escreve/heloisa-villela-o-que-mais-me-chocou-foi-o-encontro-de-deputados-com-micheletti/

    A jornalista Heloisa Villela, correspondente em Washington da TV Record e enviada especial a Honduras, ficou no país de 24 de setembro a 2 de outubro. Ela foi até Manágua, na Nicarágua, onde pegou um carro para Tegucigalpa.

    Nesta entrevista ao Viomundo, faz um balanço dos fatos da sua chegada à sua partida. Até agora Heloisa está chocada com a postura dos parlamentares brasileiros.

    (…)

    Viomundo – Na quinta-feira, os deputados federais Roberto Jungman (PPS-PE), Claudio Cajado (DEM-BA), Bruno Araújo (PSDB-PE), Maurício Rands (PT-PE), Ivan Valente (PSOL-SP)e Janete Pietá (PT-SP)estiveram em Tegucigalpa. Conversaram com parlamentares locais, com o presidente deposto e Manuel Zelaya. No final, os quatro primeiros se reuniram durante quase duas horas com Roberto Micheletti. Esse encontro fazia parte da agenda?

    Heloisa Villela – Não. Por isso mesmo os deputados Ivan Valente e Janete Pietá se recusaram a participar. Os dois ficaram irritadíssimos, pois o encontro não estava previsto e que não era o combinado. Testemunhei os seis parlamentares no elevador discutindo, mas o Ivan e a Janete não conseguiram convencer os outros. E acabou acontecendo aquele encontro.

    Viomundo – Eles viram que você estava no elevador?

    Heloisa Villela – O Raul Jungman, do PPS, percebeu que o cinegrafista da Record, Joaquim Leite Neto, estava gravando, e só dizia assim: “Ivanzinho, por favor”. E o Ivan balançava a cabeça.

    Viomundo – Na matéria que foi ao ar no JR, a imagem que me marcou foi a do Micheletti e dos parlamentares rindo. Foi esse mesmo o clima do encontro? Os quatro apertaram a mão manchada de sangue do Micheletti?

    Heloisa Villela – O tom amistoso e a troca de gracinhas foram irritantes. Não houve cobrança e sim bate-papo. Perguntei ao Micheletti se a presença deputados brasileiros significava um reconhecimento do governo. Ele disse que os parlamentares não tem esse papel, mas completou: “Espero que eles me ajudem”. Eles não só apertaram a mão do Micheletti como posaram para foto, todos juntos.

    Viomundo – Como eles defenderam a visita ao Micheletti?

    Heloisa Villela – Que graças à visita ao Micheletti, eles conseguiram a garantia de que a integridade da embaixada brasileira jamais será violada. Isso não é correto. Essa garantia já havia sido dada, por Micheletti, há dias. Eles também disseram que, na conversa, pediram que as linhas de telefone da embaixada fossem restabelecidas e que o golpista prometeu fazer o favor. Nossa… que favor!

    Viomundo – É verdade que o encontro foi regado a vinho e comidinhas?

    Heloisa Villela – Infelizmente, é. Na hora acabou o encontro, eu disse ao Mauricio Rands, que tinha sido informada há poucos minutos da provável transferência dos camponeses para um presídio de segurança máxima, onde some muita gente. E perguntei como ele se sentia ao apertar a mão do representante do governo que estava fazendo isso. Ele não respondeu. Não se referiu a direitos humanos, direitos civis, nada. Ficou apenas repetindo o discurso ensaiado de véspera. E pior. Disse que a OEA vai negociar também com os golpistas. Quando comentei que a OEA tem mandato para isso, ele saiu sem dizer mais nada. Uma decepção…

    Viomundo – Na sua permanência em Honduras, qual o acontecimento que mais te chocou?

    Heloisa Villela – Nada me chocou mais do que esse encontro dos deputados brasileiros com o Micheletti. Nem o cerco policial e militar à embaixada brasileira. Na verdade, uma barricada humana, que fica ali dia e noite. A grande maioria deles, meninos de 18 a 20 anos que vem do interior para garantir um sustento trabalhando na polícia e nas forças armadas. Aposto que muitos estão com o Zelaya. O Tenente Molina, porta-voz da polícia, disse abertamente que está com o presidente Zelaya. Mas ver nossos representantes fazendo aquele papelão, para jogar para a platéia no Brasil ou tentar com isso criticar o governo brasileiro, que não negocia com golpistas, realmente me deixou superchocada. Confesso, tremia de raiva na hora que fiz a primeira pergunta ao Rands.

    Viomundo – Você esteve frente a frente com o Micheletti. Que impressão ficou?

    Heloisa Villela – A impressão que tive foi a que já tinha antes de ir para Honduras. Ele pode ser alto, baixo, gordo, magro, jovem, idoso. Não importa. É um político que sempre desejou a presidência e nunca chegou lá pelo voto. Agora que usurpou o poder, não quer largar o osso. Se conta piada ou é carrancudo, não faz a menor diferença. Ele, agora, é apenas isso: o chefe da gangue que deu o golpe de estado em Honduras.

  • gostaria que coloca-se pessoas que tive-se gosto pelo que faz e respeito.tem pessoas que querem trabalhar mais são escluido porque.

  • Acho que falar não vale o que vale é colocar na pratica,exemplo tá na hora de darem valor a quem quer trabalha e tirar esses que não querem nada.conheço pessoas por querer fazer o melhor no trabalho foi perseguido ao ponto de quase perder sua integridade e o imprego.mais Deus é a fortaleza e quem tem Deus tem tudo.

  • oi pessoal quem quiser falar mais sobre esse assunto por favor instale o ventrilo que é um programa de chat online com voz
    e se conecte no servidor: helpcompl.dyndns.org

  • Sr. Eduardo acho importante também você se envolver com
    o processo de reestruturação do Sistema Eletrobrás e os reflexos para a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), procurar tratar e entender sobre o futuro da Companhia como também ter acesso a maiores informações sobre o processo. O povo pernambucano está preocupado com situação da CHESF.

  • [...] TAMBÉM: Eduardo da Fonte também participará de chat no blog Autor: Marco Bahé. Blog Acerto de [...]

  • Que legal parabéns

Tem algo a dizer? Vá em frente e deixe um comentário!

XHTML: Você pdoe usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Enquetes

Em relação ao impeachment de Dilma Rousseff, qual sua posição?

Ver Resultado

Loading ... Loading ...

Frase do dia

  • A riqueza de uma nação se mede pela riqueza do povo e não pela riqueza dos príncipes.”, Adam Smith.

ARQUIVO

fevereiro 2020
S T Q Q S S D
« mai    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
242526272829  

Informação com Humor

MARCO BAHÉJornalista
É formado em Jornalismo e pós-graduado em História Contemporânea e História do Nordeste do Brasil. Foi repórter da Gazeta Mercantil para os estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Também atuou como repórter do Jornal do Commercio, editor da Folha de Pernambuco e repórter especial do Diario de Pernambuco. É correspondente da revista Época no Nordeste desde 2003. Tamb´m atua com publicidade e marketing eleitoral desde 2004.
PIERRE LUCENADoutor em Finanças
É doutor em Finanças pela PUC-Rio e mestre em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco. É professor adjunto de Finanças da UFPE e foi secretário-adjunto de Educação de Pernambuco. É autor de vários trabalhos publicados no Brasil e no exterior sobre o mercado financeiro, e participa como revisor de várias revistas acadêmicas na área. É sócio-fundador da Sociedade Brasileira de Finanças. Foi comentarista de Economia do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (TV Jornal e Rádio CBN). Atualmente é coordenador do curso de administração da UFPE, e Coordenador do Núcleo de Estudos em Finanças e Investimentos do Programa de Pós-graduação em Administração da UFPE (NEFI).