Força de Júlio Lóssio assusta o PMDB de Pernambuco

fev 21, 2013 by     7 Comentários    Postado em: Política

Por Rossini Barreira
para o Acerto de Contas 

A força adquirida pelo prefeito reeleito de Petrolina, Júlio Lóssio, do PMDB, que derrotou de uma só tacada o ministro Fernando Bezerra Coelho e o governador Eduardo Campos na última eleição municipal, não preocupa apenas o PSB.

Deixa apreensivo, principalmente, o maior líder do seu partido no Estado, o senador Jarbas Vasconcelos.

Depois de reeleito, Lóssio vem buscando ampliar sua base de apoio. Nem tanto para governar Petrolina, não precisa. Mas para começar a sedimentar sua estrada rumo à disputa do Governo do Estado nas eleições do próximo ano. E vem conversando justo com o PT.

Aliados no plano nacional, PT e PMDB, podem reproduzir esta aliança também em Pernambuco. Tudo colabora para isso.

Se Eduardo Campos sair candidato a presidente da República, em oposição a Dilma Roussef, obrigará o PT a buscar um palanque em Pernambuco. Mas o PT pernambucano não tem quadros para essa missão. Suas principais lideranças, Humberto Costa, João Paulo e João da Costa, estão fragilizadas.

Por que, então, não se aliar ao PMDB e tirar este partido dos braços de Eduardo Campos?

Júlio Lóssio seria, assim, o candidato de Lula e Dilma ao Governo de Pernambuco. E Eduardo lançaria um candidato próprio a sua sucessão. O PMDB terminaria, dessa forma, seu curto namoro com o PSB em Pernambuco e cairia nos braços petistas.

Neste caso, Jarbas correrá o sério risco de encerrar a sua vida pública. Porque sem o apoio de Eduardo Campos, dificilmente ele teria condições de se reeleger senador.

O maior desafio de Júlio Lóssio é ganhar essa batalha dentro do PMDB pernambucano, fazendo com que o partido lhe indicasse candidato a governador numa aliança com o PT. Difícil, mas não impossível. Para seu projeto, ele deverá contar com um apoio de peso: o do vice-presidente da República e presidente nacional do partido, Michel Temer, que há muito sonha em tirar das mãos de Jarbas Vasconcelos o comando do PMDB pernambucano.

Rossini Barreira é jornalista 

7 Comentários + Add Comentário

  • Se juntando com o PT ja vira um lixo !

    Jamais terá meu voto !!

  • Meu sentimento é que Eduardo vai dar mais uma pisa no PT… E se vier o PMDB junto, sem problemas… É em Recife, em Pernambuco e, tudo esta caminhando para ser, tb no Brasil!

    Imaginem a “joinha”: Júlio Lossio, junto com Renan, Sarney, Humberto Costa, Temer… Pernambuco não merece isso…

  • Enquanto Jarbas for vivo eu duvido essa união acontecer.

  • Nem joão paulo e humberto ganharam de eduardo, como vão tentar colocar um menor para disputar?

  • Bom artigo, Rossini. Andei pelo sertão nos últimos tempos e vi como é forte a liderança de Júlio
    Lóssio.

  • Interessante hipótese. Parece plausível.
    E o PT vai ficando, a cada dia, mais parecido com o PMDB.
    É um caminho sem volta. Ao lixo da história.

  • Esta na hora de termos um GOVERNADOR DO SERTÃO, esquecido e abandonado. O imperador e novo coronel Eduardo Campos, sem LULA E DILMA é um JARBAS PIORADO. Comprar prefeito com liberaçção de recursos, sem avaliar a seriedade das gestões e em que será aplicado é um grande tiro no pé do CORONEL.Onde está o Ministério Público e órgãso fiscalizadores que ajudam na fiscalização de quem não cumpre o dever. No interior já se brinca com a frase – O coronel vai trazer uma fábrica, e se pergunta de que? de sonho ou de mentira.

Tem algo a dizer? Vá em frente e deixe um comentário!

XHTML: Você pdoe usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Enquetes

Em relação às punições de corruptos...

Ver Resultado

Loading ... Loading ...

Frase do dia


  • “O homem de bem é um cadáver mal informado. Não sabe que morreu.”
    Nelson Rodrigues.

ARQUIVO

julho 2014
S T Q Q S S D
« set    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Informação com Humor

MARCO BAHÉJornalista
É formado em Jornalismo e pós-graduado em História Contemporânea e História do Nordeste do Brasil. Foi repórter da Gazeta Mercantil para os estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Também atuou como repórter do Jornal do Commercio, editor da Folha de Pernambuco e repórter especial do Diario de Pernambuco. É correspondente da revista Época no Nordeste desde 2003. Tamb´m atua com publicidade e marketing eleitoral desde 2004.
PIERRE LUCENADoutor em Finanças
É doutor em Finanças pela PUC-Rio e mestre em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco. É professor adjunto de Finanças da UFPE e foi secretário-adjunto de Educação de Pernambuco. É autor de vários trabalhos publicados no Brasil e no exterior sobre o mercado financeiro, e participa como revisor de várias revistas acadêmicas na área. É sócio-fundador da Sociedade Brasileira de Finanças. Foi comentarista de Economia do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (TV Jornal e Rádio CBN). Atualmente é coordenador do curso de administração da UFPE, e Coordenador do Núcleo de Estudos em Finanças e Investimentos do Programa de Pós-graduação em Administração da UFPE (NEFI).