Gentili, do CQC, é agredido por seguranças de Sarney

jul 2, 2009 by     19 Comentários    Postado em: Política

http://www.youtube.com/watch?v=s04KfvKy3fU

Danilo Gentili, o reporter do Programa CQC, foi agredido ontem pelo segurança de José Sarney.

Segundo a Polícia Legislativa, o segurança, que nem é funcionário do Senado, não agrediu o humorista. Resta saber quem é que paga o salário do cidadão.

A cena de ontem só retrata a podreira que se transformou o Senado brasileiro, cuja utilidade ninguém conhece.

19 Comentários + Add Comentário

  • O Senado é um mero penduricalho institucional que custa caro e ainda acrescenta várias doses de infâmia e indignidade em nossa indigesta vida política. Estamos diante de uma crise de enorme gravidade e o Senado Federal nunca representou tanto vexame quanto agora.

  • Não é a primeira vez que o pessoal do CQC é hostilizado no congresso. Danilo tb foi agredido verbalmente pelo deputado Sérgio Moraes (aquele que tá pouco se lixando p/ opinião pública), pelos seguranças de Edmar Moreira e Genuíno, além de uma situação em que os seguranças de Marta Suplicy partiram p/ grosseria, durante uma campanha política.

    O que mais irrita é saber que esse pessoal do legislativo pensa que não deve satisfação nenhuma à sociedade. Errado são aqueles que descobrem seus “negócios” e atrapalham seu enriquecimento ilícito.

    A grande mídia, infelizmente, não ajuda os brasileiros entenderem o que acontece de verdade, pois notícias são baseadas em mentiras ou tendências não declaradas. Imparcialidade não existe em nenhum meio midiático, mas deveria haver um mínimo de ética na públicação de informações, preservando a veracidade das mesmas.

  • Deu no Globo.com que o nobre “reporter” comemorou quando foi fotografado no chão.É preciso ver os dois lados da notícia.Em tempo:Alguem assiste a esse abestalhado programa?Ví uma vez e detestei.Também,um alesado feito Marcelo Tas não poderia fazer coisa que prestasse.

    • Joao tu é muito *%$#@# mesmo…gente como vc que elege gente como sarney…

      Nota: comentário editado por conter palavra de baixo calão.

      • Lucio vá t$%&*r no &%/!!
        Eu mesmo editei as palavras de baixo calão.Mas esse %*$*&6 sabe o que eu quiz dizer.

    • Esse deve ser fã de Zorra Total ou A praça é nossa!

    • joao, de fato é preciso ver os dois lados da notícia. Eu li essa materia do G1 e assisti a reportagem do Jornal da Band. Pelas imagens, eu não vi nenhuma comemoração de Gentili. Pelo contrário, vi que ele se levantou da queda um pouco constrangido.

  • É joão, eu também detestei o programa. Por isso, os seguranças do senado tem mais que descer o cacete nesses desocupados. Imagina a audácia de tentar fazer perguntas ao Sarney, a essas alturas.

    Falar de liberdade de expressão condicionada a concordar o não com o ponto de vista de quem fala é dose…

    • Eles fazem a pergunta que todo brasileiro gostaria de ter coragem para fazer.

      Além disso, todo tipo de violência é para ser reprovado.

      • Eles fazem a pergunta que todo brasileiro gostaria de ter coragem para fazer.[2]

        • É isso aí, João e Raquel nem todo brasileiro jornalista tem a coragem que os repórteres do CQC fazem.
          Muitos dos políticos não respondem porque tem vergonha de responder, medo, incompetencias e consciencia pesadas.

        • Retificando acima, digo Rodrigo e Raquel.

  • O mais engraçado é a resposta da segurança do Senado, dizendo que o repórter teria se jogado no chão após a passagem dos seguranças.

    Absurdo.

  • João e Bruno

    Sinceramente, não importa se os repórter do CQC são alesados ou não, incovenientes ou não, o que está em discussão é a falta de respeito a cidadania e ao povo brsileiro, se a forma humoristica de abordarem os assuntos politicos fere, vcs deveriam observar que em parte ali é um circo e náo somos feitos de palhaços… Francisco

  • errata: Nó somos feitos de palhaços…
    João e Bruno

    Sinceramente, não importa se os repórter do CQC são alesados ou não, incovenientes ou não, o que está em discussão é a falta de respeito a cidadania e ao povo brsileiro, se a forma humoristica de abordarem os assuntos politicos fere, vcs deveriam observar que em parte ali é um circo e nós somos feitos de palhaços… Francisco

    • O problema é que esses caras provocam, e os seguranças baixam o sarrafo.E será assim sempre.

      • É verdade, joão. Por isso, eles não poderão provocar nunca. Só adular.

  • Em se tratando de um programa humorístico é bem provável que o reporter tenha forçado a barra e se atirado ao chão.

    Quando vivemos um estágio em que o congresso nacional vira motivo de chacota, a República perde a razão, a nação e a democracia se enfraquecem; mas os maus políticos jamais perderão o seu espaço no poder.

  • Esse Danilo é uma figura, bicho cara-de-pau arretado :-D

Tem algo a dizer? Vá em frente e deixe um comentário!

XHTML: Você pdoe usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Enquetes

Em relação ao impeachment de Dilma Rousseff, qual sua posição?

Ver Resultado

Loading ... Loading ...

Frase do dia

  • A riqueza de uma nação se mede pela riqueza do povo e não pela riqueza dos príncipes.”, Adam Smith.

ARQUIVO

dezembro 2018
S T Q Q S S D
« mai    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Informação com Humor

MARCO BAHÉJornalista
É formado em Jornalismo e pós-graduado em História Contemporânea e História do Nordeste do Brasil. Foi repórter da Gazeta Mercantil para os estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Também atuou como repórter do Jornal do Commercio, editor da Folha de Pernambuco e repórter especial do Diario de Pernambuco. É correspondente da revista Época no Nordeste desde 2003. Tamb´m atua com publicidade e marketing eleitoral desde 2004.
PIERRE LUCENADoutor em Finanças
É doutor em Finanças pela PUC-Rio e mestre em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco. É professor adjunto de Finanças da UFPE e foi secretário-adjunto de Educação de Pernambuco. É autor de vários trabalhos publicados no Brasil e no exterior sobre o mercado financeiro, e participa como revisor de várias revistas acadêmicas na área. É sócio-fundador da Sociedade Brasileira de Finanças. Foi comentarista de Economia do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (TV Jornal e Rádio CBN). Atualmente é coordenador do curso de administração da UFPE, e Coordenador do Núcleo de Estudos em Finanças e Investimentos do Programa de Pós-graduação em Administração da UFPE (NEFI).