Impeachment parece inevitável

out 7, 2015 by     20 Comentários    Postado em: Política

Desde o início do seu segundo Governo, Dilma Rousseff só tem se preocupado com uma agenda: a manutenção de seu mandato. À exceção do ajuste fiscal, coordenado por Joaquim Levy, não houve qualquer outra agenda neste Governo.

E como disse Michel Temer, é muito difícil ficar tanto tempo assim. Não há Governo que aguente.

Todos alertaram para o fato do país sair extremamente dividido na eleição passada. Dividido e rachado, com muita gente ofendida. Não apenas gente da oposição mais radicalizada, como o PSDB, mas parcela da antiga coligação governista, como Marina e o PSB.

Convenhamos…foi uma campanha sórdida e covarde contra Marina.

Ali começaram feridas que não cicatrizaram.

Com a eleição radicalizada ao extremo, caberia a Dilma buscar todas as pontes possíveis para unificar o país. No seu discurso logo após a eleição, ao pregar a união, parecia que recuperaria o poder de governar.

Parecia…

De lá para cá foi uma sucessão de erros que beiram o amadorismo completo.

Para começar, escolheu uma série de inaptos para os cargos de articulação: Miguel Rosseto e Pepe Vargas. Com a soberba ao extremo, tentou tratorar Eduardo Cunha na eleição para a Câmara. Naquele momento a luz amarela foi acesa, mas o Governo não percebeu.

Quis enfraquecer o PMDB, bombando Kassab e Cid Gomes com seus partidos de aluguel.

Ali perdia o apoio mais relevante: o dos caciques do PMDB. E nem falo aqui de Eduardo Cunha, que não possui condição moral para comandar nada, mas que serelepe caminha pelo Congresso como se nada fosse com ele, mas dos cardeais que mandam na política nacional.

Mas o Governo não se dava por satisfeito. Após manifestações monstruosas em março, Miguel Rosseto já gritava contra o “golpe”, esquecendo que ir às ruas protestar é direito de todos.

Após as passeatas de março, o Governo se afundou em uma agenda negativa de cortes que não conseguiu mais sair. Isso sem falar no Petrolão, nos presos petistas e nos empreiteiros presos.

Para piorar, o envio de uma proposta amalucada de orçamento deficitário colocou o país no buraco mais profundo de confiança, perdendo o investment grade.

Na semana passada Dilma tentou o que parecia ser a tábua da salvação: um acordo com o PMDB mais fisiológico, através do líder Leonardo Picciani. Entregou a ele dois ministérios: Saúde e Ciência e Tecnologia.

Mas não teve jeito e a realidade veio à tona…Picciani é apenas um estagiário na empresa comandada por Eduardo Cunha, Renan, Sarney e Michel Temer. Isso sem falar na clara chantagem do balcão de negócios formado por PPs e PSDs da vida.

E o PT está tão tonto que nem mesmo consegue manter a coerência de outrora em desacreditar adversários. Hoje Luis Nassif trouxe uma reportagem falando sobre como o PT na Câmara é contra a saída de Eduardo Cunha.

No dia de hoje o Governo sequer conseguiu quórum para votar os vetos de Dilma à pauta bomba.

E como depois da queda vem o coice, o TCU ainda reprovou suas contas por unanimidade, tornando-a praticamente inelegível.

Após esta sucessão de erros, a verdade é que o Governo Dilma não tem a menor condição de governabilidade. Tudo vai mal e o Governo não consegue reverter a agenda negativa, na política e na economia.

E como ganhou a eleição prometendo uma coisa e fez outra completamente diferente, não sobrou ninguém para defender Dilma, nem mesmo o PT.

Com o agigantamento da máquina pública, impressiona o fato de um Governo chegar a esta situação. É preciso muita incompetência gerencial e política para tanto problema.

A esta altura do campeonato, muita gente que não gosta da ideia de um impeachment, como é meu caso, fica se perguntando como ainda aguentaremos três anos e meio de algo assim.

Muita gente está apostando na queda do PT, como se isso fosse um desfecho espetacular para a política brasileira, e o engano é completo. A radicalização contra o PT terá consequências dramáticas, seja qual for o próximo Governo. A radicalização terá o efeito contrário caso seja o PSDB.

E independente de qualquer juízo de valor, o único culpado nesta situação é o próprio Governo.

E pior…qual a saída desta crise que nos metemos? Um Governo Temer? Uma coalizão? O parlamentarismo?

A verdade é que a saída de Dilma parece inevitável.

20 Comentários + Add Comentário

  • Sem dúvida… essa indefinição já passou do limite. O PMDB tem que sair do muro da chantagem e colocar esse impeachment pra ser votado. Se a Presidente cair, a vida continua. Se não cair, funciona como um voto de confiança. Aí é esperar bom senso da base “aliada” (entre aspas mesmo) e a “oposição” (também entre aspas) para que construam o mínimo de governabilidade para um governo moribundo.

  • Dilma e PT literalmente fizeram o Diabo na campanha eleitoral. Mentiram, açoitaram Marina nos debates, difamando-a e injuriando-a sem nenhum pudor, assim como os demais candidatos. Abusaram do poder político e econômico, injetando dinheiro desviado dos esquemas da Petrobras na campanha eleitoral, usaram empresas públicas para disseminar as mentiras sem fim propagadas durante a campanha. Ao se eleger, adotaram a agenda da oposição e açoitaram a população com arrochos, sob o argumento de que a conjuntura havia mudado: mentira. Manifestações vieram, de forma legítima, mas passaram a taxar o povo de golpista, dividiram o país numa guerra de classes, amizades se destruíram em razão da guerra social criada pelo próprio PT, como fora noticiado aqui. Pra tentar salvar o governo, lotearam a república de uma forma tão inescrupulosa, nunca antes vista, em total alvedrio a moralidade administrativa. Venderam o estado. O resultado é esse desastre que vemos agora. Mergulhado em esquemas de corrupção e recessão econômica, numa triste segregação social, afastado dos grandes agentes econômicos que celebraram grandes e importantes acordos econômicos (a deturpação ideológica é tão grande que só permite o alinhamento com carniceiros e insignificantes deste bloco medíocre do Mercosul), o brasil caminha para o buraco direcionado por um partido que nasceu para servir o povo mas mudou de rumo e só serve aos próprios interesses. Dilma não merece ser deposta, merece ir pra cadeia assim como todos os demais políticos que levaram à nação a essa situação vergonha.

  • Análise perfeita, Pierre. Essa foi a cronologia da derrocada.

  • A massa de manobra fanática pira com essas matérias kkkk xô PT, xô LIXO.

  • Tambem nao gosto da idea do impeachment, mas tambem nao sei se o Brasil aguenta mais 3 anos de disgoverno.

    Mas tenho uma duvida se ela cair pelo TCU quem assume e o Temer correto?
    Mas se cair por causa da investigacao do TSE quem assume e o cunha?? (na minha opiniao, este seria o pior cenario possivel)

  • O risco é Dilma cair, a oposição assumir e Lula voltar em 2018 pagando de salvador do Brasil assim como ele fez em 2003 aproveitando a casa arrumada que FHC tinha deixado.

    Tudo bem que Lula não passa de um velho decrépito caindo aos pedaços, mas em se tratando de petista, toda precaução é pouca.

    Seria mais interessante deixar Dilma servindo de saco de porrada até 2018, enquanto isso a situação do país só piora na mão do PT, o povão sofre cada vez mais e talvez entenda que em esquerdista não se pode confiar.

    Todo sofrimento tem um lado pedagógico. Só estamos nessa merda hoje porque em 2002 o povo imbecilizado se deixou enganar pelas mentiras de Lula. Então o povo tem que sofrer na pele as consequências das próprias escolhas. Já passou da hora do povão tomar vergonha na cara e deixar de votar em marginal. E infelizmente, o único jeito de o povo aprender alguma coisa é na surra.

  • Só espero que o PT pague caro por tanto mal que causou a este país. Uma eternidade no inferno ainda é pouco diante de tanta desgraça que esses lixos fizeram ao país.

  • Celso Daniel deve estar rindo muito vendo o PT se fuder.

  • Esses comunistas de bosta vão fazer o diabo para se manterem no poder. As Forças Armadas brasileiras tem que ficar atentas a qualquer tentativa de invasão dos exércitos boliviano, venezuelano e cubano no Brasil. Fora isso, ainda tem as guerrilhas das FARC, o PCC e o exército do MST de Stédile, tudo aliado do PT. A Forças Armadas tem que meter bala nesses estrumes comunistas e livrar o país desse pesadelo.

  • Óbvio que o governo está ingovernável, mas não por causa do PT e sim do pessoal do “quanto pior melhor”. É impossível navegar pra frente com 20 remando para trás.

    Também vejo uma situação insustentável, e se Dilma, nossa Mãe Maior, não cair pelo impítimam, cairá pela estafa emocional.

    Aí que a farofa ficará boa: O país será governado pelo partido sem ideologia chamado PMDB, o qual é uma síntese de tudo que o personaem O´Brien explicou a Smith em 1984: “Se tem o poder apenas pelo poder! Pensar diferente foi o erro de todos antes de nós”.

    A única esperança que tenho é Lula voltar, aquele que sem dúvida foi e sempre será o melhor presidente que este país já teve!

    E o plano B é Ciro Gomes…

    O plano M (“M” de merda) é os direitistas voltarem ao poder com suas idéias do século XIX.

    • Lula é o melhor presidente, a maioria dos presidiários pensa assim, KKKKK

      Envolvido com um monte de maracutaias mas ficou milionário e… continua livre, KKKK

      Herói nacional!!! KKKKKKKKKKKKK

      Eu não sabia de nada, eu não sabia de nada….

      Maluf fez escola!!! KKKKKKK

  • Se derrubarem Dilma, os esquerdistas vão passar os próximos 100 anos falando em golpe. É preferível deixar essa maluca na presidência até 2018.

    Já Lula é apenas um psicopata senil e doente que vive no mundo da fantasia acreditando que é amado pelo povo. Não acredito que essa sucata humana tenha condições de assumir em 2018.

  • O movimento esquerdista do continente latino-americano depende do PT. Os governos petistas, desde a “era” Lula, sempre saquearam dinheiro brasileiro (Petrobras, BNDES etc) para financiar regimes socialistas falidos na Venezuela, na Bolívia, em Cuba e na África. O povo brasileiro trabalhou e pagou imposto para ajudar o PT a financiar o decadente comunismo internacional.

    Os esquerdistas sabem que se o PT cair, todo o esquema comunista do continente capitaneado por Fidel Castro e pelo Foro de São Paulo será fulminado (incluindo o narcotráfico sob o comando das FARC, do Comando Vermelho e do PCC).

    Isso explica o desespero dos esquerdistas para salvar essa canoa furada chamada PT.

    • Olavo de Carvalho, o homem disse que Isaac Newton é uma “fonte de burrice formidável” é o seu mentor?

      • Lá vem esse amarelinho come-barro, de novo, se comparar com Olavo de Carvalho, KKKKK

        Mais um que quer conhecer o estádio de Pelotas KKKKKKKKKK

  • Sobre o impedimento presidencial, ele é algo que está sendo exageradamente temido sem necessidade, fantasiando-se um caos social se ele for concretizado advindo da possível reação dos petistas e dos seus satélites da extrema-esquerda.

    Trata-se de um instrumento previsto na Constituição e na lei (Lei nº 1079/50, recepcionada pela CF/88), o qual sendo configurada sua hipótese de incidência deve ser aplicado como qualquer outra lei. É destituído de razão falar que uma solução de continuidade do mandato de um chefe do poder executivo (ou de qualquer outro poder do Estado) implicaria numa desordem tal que só devesse ser utilizado num cenário de convulsão social de alto grau. Países parlamentaristas convivem harmoniosamente com a ascensão e queda de gabinetes em curtos espaços de tempo, muitos gabinetes novos assumem sem eleições, e a continuidade administrativa daqueles Estados e de seus serviços públicos em nada é abalada. Grande exemplo disso ocorreu na Austrália recentemente: o então primeiro-ministro Tony Abbott perdeu a liderança do Partido Liberal (partido governante) para Malcolm Turnbull por 10 votos e consequentemente perdeu o cargo de primeiro-ministro para este. Cadê o desastre, a tragédia?

    No presidencialismo, quando ocorreram impedimentos ou descontinuidade de mandatos presidenciais em nações minimamente civilizadas (e o Brasil apesar dos pesares ainda o é), também não houve crises institucionais: Nixon em 1974 nos EUA, Collor em 1992 aqui no Brasil e Fernando Lugo no Paraguai em 2012. Os substitutos constitucionais determinados assumiram e deram continuidade ao restante do mandato presidencial (e no caso de Gerald Ford ele sequer tinha sido eleito vice-presidente em 1972, sendo escolhido para o cargo indiretamente pelo congresso americano após o escândalo Watergate).

    Atentando contra a Constituição ou incidindo em um dos incisos elencados como “crime de responsabilidade” (designação infeliz e atécnica, visto que se de trata de infração político-administrativa e não crime tal como concebido no Direito Penal, possuindo portanto regime jurídico de responsabilização totalmente diverso), impõe-se a cassação do mandato do presidente. Simples assim. Um presidente cometer crimes de responsabilidade e passar incólume é que é desastroso institucional, politica e moralmente a uma nação e um passo largo para ele se tornar uma ditadura, uma república de bananas, tal qual hoje é a Venezuela e outros países da América Latina.

    Dilma incidiu em vários dispositivos do art. 85 da CF e da Lei 1079. Sua cassação se impõe juridicamente, cabendo ao Congresso viabilizá-la politicamente. O que vejo nessa “vontade de evitar o impeachment” é muito mais um medo de ser rotulado pelo PT e suas linhas auxiliares, que controlam quase todas as instituições sociais/culturais (ONGs, cátedras universitárias, redações de jornal, sindicatos, etc.) e tentam – e muitas vezes conseguem – constranger moralmente aqueles que fazem oposição ao governo e consideram cabível legalmente sua destituição. Exemplo disso é o tratamento totalmente diverso dispensado a Eduardo Cunha, tão chefe de um poder da República quanto a Sra. Rousseff: ninguém se constrange em pedir abertamente sua saída da presidência da Câmara ou a cassação do seu mandato parlamentar após os indícios apontados contra ele, mesmo sem lhe haver sentença judicial criminal condenatória.

    A diferença de Cunha (e de Collor ou de qualquer outro vermelhinho que assuma a presidência de algum poder da República) é que ele não tem o glacê ideológico e o consequente exército de fanáticos de seita dele derivado.

  • O Brasil só ta assim pq pessoas ignorantes como vcs aí mesmo votaram aí depois fazem protestos reclamam e isso aquilo mas mas na hora de protestar mesmo se cagam todinhos e vão as urnas apoiar esse bando de ladrão bando de monstros que tomam o lancha das mãos das nossas crianças os remédios dos nosso avós e avó não falo só do PT PMDB P NAO SEI DO QUE P DISSO DAQUILO falo te todos políticos safados roubam nossos aposentados que ralaram muito pra descansar e ter o direito de comer c vestir curtir o resto da pouca vida que lhes sobraram com o dinheirinho deles mas que são obrigados a continuar a trabalhar pq se não morrem de fome …. Enquanto os safados ganhou rios de dinheiros benefícios e isso aquilo pra fuder essa e a palavra correta fuder a gente … Todos não me venha dizer falando e honesto siclano e honesto se e tão honesto pq não vai vive com um salário.mínimo ?! Andar de busao ou até mesmo a pé ….. Estudou muito pra isso vcs vão dizer. Mentira pq lula não estudou e foi presidente …. Oq não acabam logo com esse tanto de ministro disso deputado daquilo senador disso pq vcs acham que todos querem se eleger não importa aque seja senador deputado presidente … Oq sabe que vai ganhar muito dinheiro roubando vai poder roubar que ninguém vai ta nem aí … Querem fazer bonito nas eleições não votem nem apareça agora fica protestando dia de domingo que não vai interferir em nada na vida de ninguém no dia em que os safados estão de boa na casa de praia ou na fazenda rindo da cara de vcs bando de idiotas que perdem tempo gritando quebrando ônibus banco e isso aquilo …. Na verdade político nenhum ta nem aí pra ninguém. Color ta de volta nos noticiários ….por que …. Pq o brasileiro e cego e tem amnesia …..
    Protesto na copa das confederações .xingaram Dilma fizeram barulho…. nas eleições ??? Ninguém fez nada foinka votou e onde estamos agora …. Aí vem fala de governo arrumado casa arrumada dizer que p não sei doque e melhor que p não sai da onde vai resolver resolve mesmo e jogandobuna bomba naquela porra de lugar ou fazer como fizeram no Carandiru …. Sim pq.lá mataram um monte de bandido ladrão e talz …. E lá no tem oque mesmo ?? Aaaa só gente honesta lutando pra tira o Brasil do buraco. … Na moralzinha mesmo …. Todos vcs são burros pq falam merda o tempo todo mas na hora de votar botao o rabo entre as pernas e votam no ladrão que mais falo bonito…. Desculpe se ofendi ta mas isso e oque penso e infelismente e assim que e !!!
    #brasilmostrouasuacara

  • E o Mané Vermelho apareceu para defender os marginais petistas. Vale tudo em nome dessa ideologia fracassada! Até defender bandido!

  • E mais de um mês depois, Dilma continua presidenta. Acho interessante essa bola de cristal que as pessoas acham que têm. O governo tentou evitar a eleição de Cunha porque ele é um canalha e um corrupto. O ministério público da Suíça provou isso para nós. A mídia está afirmando que há um caos social e que estamos a beira de um penhasco… Só que não. Da última vez que eu olhei não havia guerra civil nas ruas. Afirmam que Dilma fez isso e aquilo, mas na hora de apresentar provas, sequer delações premiadas existem. Sem prova, sem Impeachment. Outra coisa: Collor ? O pessoal adora falar do “Fiat Elba”, como se esse fosse o motivo. Papo furado ! Collor só não foi preso porque seu operador, o PC Farias morreu em um “crime passional” (KKKK). O Lugo ? Cara, lê como ele foi posto para fora e veja se isso foi um processo normal ou democrático.

Tem algo a dizer? Vá em frente e deixe um comentário!

XHTML: Você pdoe usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Enquetes

Em relação ao impeachment de Dilma Rousseff, qual sua posição?

Ver Resultado

Loading ... Loading ...

Frase do dia

  • A riqueza de uma nação se mede pela riqueza do povo e não pela riqueza dos príncipes.”, Adam Smith.

ARQUIVO

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« mai    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Informação com Humor

MARCO BAHÉJornalista
É formado em Jornalismo e pós-graduado em História Contemporânea e História do Nordeste do Brasil. Foi repórter da Gazeta Mercantil para os estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Também atuou como repórter do Jornal do Commercio, editor da Folha de Pernambuco e repórter especial do Diario de Pernambuco. É correspondente da revista Época no Nordeste desde 2003. Tamb´m atua com publicidade e marketing eleitoral desde 2004.
PIERRE LUCENADoutor em Finanças
É doutor em Finanças pela PUC-Rio e mestre em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco. É professor adjunto de Finanças da UFPE e foi secretário-adjunto de Educação de Pernambuco. É autor de vários trabalhos publicados no Brasil e no exterior sobre o mercado financeiro, e participa como revisor de várias revistas acadêmicas na área. É sócio-fundador da Sociedade Brasileira de Finanças. Foi comentarista de Economia do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (TV Jornal e Rádio CBN). Atualmente é coordenador do curso de administração da UFPE, e Coordenador do Núcleo de Estudos em Finanças e Investimentos do Programa de Pós-graduação em Administração da UFPE (NEFI).