Servidores anistiados dos Correios fazem manifestação para receber indenizações

ago 28, 2007 by     98 Comentários    Postado em: Política

da Agência Brasil

Servidores da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) acampam hoje (28) na sede da instituição na capital federal. São trabalhadores que foram demitidos sem justa causa durante o regime militar e os governos de Fernando Collor e Fernando Henrique Cardoso, que têm direito a anistia, mas ainda não receberam indenização.

Segundo o secretário nacional da Federação Nacional de Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Fenect), João Maurício Gomes da Silva, o atraso deve-se ao fato de os Correios não estarem enviando a documentação necessária ao Ministério da Justiça, que julga os processos de anistia de servidores.
“Estamos fazendo um ato público pedindo respeito aos trabalhadores que têm direito à anistia da Lei 10.559/02. A empresa vem sentando em cima dos processos e não diligencia a documentação pedida pelo Ministério da Justiça, uma vez que aí atrasa todo o andamento do nosso processo”, afirmou Silva.

Ele informou que cerca de 1.500 servidores anistiados estão fora dos quadros dos Correios pelo mesmo motivo. “Pedimos atenção para que a empresa cumpra com a parte dela para que a gente faça a nossa”, acrescentou Silva.

O anistiado político José Gomes das Neves disse que foi demitido há 22 anos, porque era contra o regime militar. Para ele, as indenizações poderiam ser pagas administrativamente. “Só queremos que as indenizações sejam pagas administrativamente. Somente é necessária uma portaria de retificação desses valores”, ressaltou.

Agora à tarde, os servidores dos Correios fazem manifestação no Ministério do Planejamento. A noite, ficarão acampados na sede da empresa. No dia 12 de setembro, eles se reunirão em assembléia para decidir se entram em greve.

98 Comentários + Add Comentário

  • Peço ao Senador Inacio Arruda que continue empenhando para que o Projeto de LEI da Camara 083/2007 entre logo em votação. Com isso, milhares de funcionários dos Correios que foram demitidos injustamente por perseguição política, possam ser anistiados. Infelismente, muitos desses companheiros perderam suas família e outros suicidaram por conta da corvadia que imperou no Governo passado. O nosso Presidente da República Luis Inacio Lula da Silva sabe muito bem o que é isso. E ele é a favor da anistia. ANISTIA JÁ PRA OS TRABALHADORES DOS CORREIOS!!!

  • Dando continuidade a minha manisfestação em apoio à aprovação do Projeto de Lei da Camara n° n° 083/2007, que anistia os ex-funcionários dos Correios, quero aqui RESSALTAR que, a aprovação desse projeto, poderemos afimar no Congresso Nacional existe SIM políticos sérios. Assim, cairá por terra a velha frase de que ” político bom nasce morto”. À bem da verdade, é que nós sabemos que os parlamentares que lá estão, são homens para nos representar. Ou melhor, representar o Brasil. E o BRASIL só avança com trabalho e não com desemprego. RUMO À VITORIA!

  • TRABALHEI NOS CORREIOS DE 1978 A 1996, FUI DEMETIDO POR PERSEGUIÇAO POLITICA, GOSTARIA DE SABER COMO FAÇO PARA ENTRAR COM PEDIDO DE ANISTIA.

    • Meu camarada,
      Caso voce more no Rio de janeiro, sugiro que entre em contato com o Sindicato dos Trabalhadores na empresa de Correios e Telégrafos (sintect/rj) situado Na Av. Presidente Vargas 502 / 14° andar Tel: 21-2213-2788 e falar com um dos diretores : Damião ou Henrique shaolin. Eles fazem parte da pasta. existe duas situações que podem lhe benificiar: punição até 05 de outubro de 1988 e o PROJETO DE LEI 083/2007 que aguardamos a votação no Senado Federal. Acesse: http://www.antoniocarlosfreitaspinto.blogspot.com

    • FUI DEMITIDO PELOS CORREIOS EM NOVEMBRO DE 1997 EM NOVEMBRO DE 2006 RECEBI UMA CARTA DO SINDICATO DOS CORREIOS (SINTECT-SP). DIZENDO :QUE FAZIA JUS A ANISTIA FIZ O REQUERIMENTO NO SINDICATO EM MAIO DE 2007 FUI READIMITIDO “UMA VITORIA”. MAS NÃO RECEBI O SALARIO DOS MESES DO REQUERIMENTO OUT 2006 ATÉ MAIO DE 2007 SOB ALEGAÇÃO DE TER TRABALHADO EM EMPRESA DE ECONOMIA MISTA COHAB-SP. CASO A ECT PAGASSE DARIA ACUMULO DE CARGO PUBLICO CONVERSEI COM CONPANHEIROS DO SINDICATO UNS CONCORDAM OUTROS NÃO. COMO PODE SER ACUMULO DE CARGO PUBLICO SE NÃO TINHA NENHUM VINCULO EMPREGATICIO COM OS CORREIOS NA DATA DE OUT DE 2006 A MAIO DE 2007 CADÊ A LEI 11282/06 QUE LEI SOMENTE GERARIA EFEITOS A PARTIR DA PUBLICAÇAO DESTA LEI EM FEVEREIRO DE 2006 NAO CONCORDO MEUS AMIGOS GUEREIROS QUE RETORNARAM COMIGO RECEBERAM E EU NÃO. RESPEITO A OPNIÃO DOS DIRIGENTES. MAS VOU LUTAR COM TODA MINHA FORÇA PARA FAZER VALER ESTE MEU DIREITO. NÃO PEDIR SER DEMITIDO. FUI POR ESTAR BRIGANDO DE FORMA JUSTA POR NOSSOS DIREITOS ANISTIA SIGNIFICA PERDÃO ACEITO MAS PAGA O QUE DE DIREITO ABRÇS A LUTA CONTINUA

    • fui funcinario dos correios no ano 1999 sendo perseguido por pessoas no gual figurei totalmente

    • estou no mesmo dilema, quero ajudar um amigo que sofreu danos com atitudes nefastas e odiosas impostas aos cidadãos de bens pela ditadura militar, pelo simples fato de pensar e conceituar politica sustentada em princípios legais e morais. Espero por contato.

      Carlos Cezar dos Santos.

  • Com relação a carta do senhor Adalton Pascoal Bispo, ele tem aguardar a aprovação do projeto de Lei 083/2007 que está no Senado Pronto para ser votado. Qualquer informação ligue-me: 21-91081714.

  • fui mandado embora do correio em2001 doente e ate hoje nao consegui emprego

    • Companheiro,
      Infelizmente, antes do Lula tomar posse, a covardia IMPERAVA nos Correios. Isso é fato! agora eu queria saber se na sua ficha cadastral tem registro de greve. Caso positivo, você poderá ser contemplado na no projeto de lei 083/2007.Envie mensagens Senado Federal e a Casa Civil para pressionar as autoridades, se quiser, pode me adicionar no orkut: comentarioeresposta@gmail.com

      Um forte abraço

  • Na minha região tem assalto contra os correios praticamente todo dia, e a empresa nao toma providencia! Semana passada eu fui assaltado e nem se quer um telefonema eu recebi como conforto! Fique mais de 30 minutos na mao dos assaltantes. Eu algum direito na justiça???? Quero alguma informação!

    • Meu caro ecetista,
      Quando um trabalhador sofre assalto, é considerado acidente do trabalho. A Empresa é obrigada a prencher a Comunicação de Acidente do Trabalho (cat). Caso ela se recuse, vá ao Sindicato que eles preencherão para você.
      Um forte abraço!

    • toda vez que vc for assaltado tem que fazer a CAT , não se esqueça , e vc tem direito a pegar atestado de 15 dias, isso foi me informado pelo sindicato em belo horizonte, mas cuidado , o sindicato é do lado dos correios pra mim não fizeram nada. a CAT é importantissima e um direito seu. Abraço

  • Companheiros,
    antes de mais nada temos de agradecer o Blog “Acerto de contas”. Muito tem ajudado, diga-se de passagem! voces que foram demitidos sem just-causa dos Correios, eu peço que enviem mensagem “bombardeando” o Senado Federal através do E-mail: romero.juca@senador.gov.br e mercadante@senador.gov.br

    Os Exelentíssimos SRs Senadores Romero Jucá e Aluizio Mercadante são os “capas” respeitados e responsáveis para por o Projeto de Lei 083/2007 para a votação. Com o projeto aprovado, muitos ex- funcionários que foram demitidos por terem participado de greve ou persseguido politicamente por conta disso, será reintegrado aos quadro da Empresa. Basta provar que na sua ficha ( documento que a empresa é obrigada a ceder) possue contando anotação de Greve. A lei comtemplarar os trabalhadores desde 5 de outubro de 1988 a 23 de fevereiro de 2006. Tá bom ou quer mais? tenhamos boa sorte e mais uma vez, obrigado memo o Blog “Acerto de Contas”

    • Boa noite companheiro Antonio Carlos,estou me comunicando com você com a esperança de ter boas
      noticias.Sou mais um entre muitos que foram demitidos
      por ter participado de manifestações junto ao sindicato.Fui demitido em 18/05/1998, e daí em diante
      trabalhando em várias atividades para quê minha família não sofresse tanto quanto muitos companheiros e suas famílias.Estou ansioso por boas notícias,um grande abraço á você e todos os companheiros quê lutam por um retorno.

  • antonio carlos freitas pinto, fui demitido em 02/99 sem justa causa, entrei com pedido na comissao de anistia que esta tramitando esperando a plc083/07 de maria do rosario, que esta preso no casa civil que nao solta para votacao na pauta do senado federal, assim que a dilma que voto dos trabalhadores e ela que foi anistiada politica na ditadura militar abracos

    antonio jorge gomes patricio

    • Companheiro,
      Ou a Dilma ganha as eleições ou esquecemos a volta à Empresa!!!

      • Concordo com voce!

  • Trabalhei nos correios de 1983 a 1999 e fui demitido em um momento que estava passando um serio problema de familia e como eu era da cipa e estava exigindo da chefia condiçao para
    atender os trabalhadores da seçao como sabao ,banheiro limpo etc, não fui tratado de forma correta em um momento de dificuldade e precisava ser encaminhado para um pscologo para ter uma ajuda pois em meu periodo de trabalha fui assaltado quando estava trabalhando e isso tambem contribuiu para o meu trablho não atingir a meta desejada.por favor me ajude a voltar para os correios ja tentei concurso publico mas fui eliminado na barra fixa, que absurdo, ja procurei o sindicato mais não tive nenhuma ajuda .

    • Bem companheiro, sabemos que não podemos chorar o “leite derramado”. A minha esperança e que voce tenha na sua ficha cadastral (documento que a ECT tem obrigaçao de lhe dar), registro de greve. Caso positivo, é esperar a aprovação do PLC 083/2007. aH, QUANDO FALEI “LEITE DERRAMADO”, estava me referindo à época que voce foi demitido, deveria ter registrado esse episódio na ASSITENCIA SOCIAL da Empresa. Mas não desanime não. O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã.
      Deus lhe abençoe!!!

  • A DILMA RUSSEF TEM QUE GANHAR AS ELEIÇOES POIS O BRASIL TEM QUE CONTINUAR A CRESCER COMO VEM CRESCENDO COM O PRESIDENTE LULA E NOS OS DEMITIDOS DOS CORREIOS VAMOS TRABALHAR PARA QUE ISSO ACONTEÇA,PORQUE O PRESIDENTE LULA TEM DADO A MAIOR MORAL PARA OS CORREIOS ISSO EU POSSO DIZER POR EXPERIENCIA , VAMOS ALUTA.

  • já fui contemplado com a indenização e já recebi. Devo declarar esse valor recebido em minha declaração de imposto de renda? Em rendimento isento de tributação ou na parte de trbutação exclusiva definitiva? Pois recebi o informe de rendimento de 2009 mas não foi citado o montante recebido, apenas o valor do 13º salário.
    Grato.

    Gildo

    • NÃO.
      Não há nenhum desconto de imposto de renda ainda que represente uma fortuma, O VALOR RECEBIDO A TÍTULO DE INDENIZAÇÃO.
      É lastimável, que o causídico (advogado) que vc contratou, não é sabedor desse fato relevante e desconheça, a Súmula 493 do Supremo Tribunal Federal, “verbis”:
      Súmula 493, “o valor da indenização, se consiste em prestações periódicas e sucessivas, compreenderá, para que se mantenha inalterável na sua fixação, parcelas compensatórias do imposto de renda, incidente sobre os juros do capital gravado ou caucionado”

      Qualquer profano das letras jurídicas sabe disso.
      Máxime, agora, que os tribunais desse país seguem a orientação da Suprema Corte.
      Att.
      Sindronio Lagos

    • Sr. GILDO.
      Resnpondi que não há que pagar nada de imposto de renda de nenhum valor, ainda que de milhões seja, ESTÁ ISENTO DE IMPOSTO DE RENDA.
      E transcrevi a Súmula 493 do Supremo Tribunal Federal.
      E. como aqui não é lugar para uma orientação jurídica adequada e completa, aqui vai meu e-mail e telefone:

      rudolf.99@hotmail.com
      31 3450-7625 = 31 9724-1696

    • OLÁ GILDO,
      MEU PAIZINHO TAMBÉM FOI DEMITIDO MAS O PEDIDO DELE FOI DADO COMO INDEFERIDO. COMO VC FEZ P/ GANHAR? POR FAVOR NOS AJUDE, MEU PAIZINHO PRECISA MUITO DISSO, CANSEI DE VE-LO SOFRER E SER HUMILHADO NESSA VIDA. ELE MERECE ESSA RECOMPENSA. OBRIGADA

  • Trabalhei nos correios em 12/2005 à 1999, (4anos), fui muito perseguido pelo chefe e não aguentando mais acabei pedindo para me demitir. Gostaria de saber se tenho chance de voltar e se eu teria que mover um processo para isso?

  • conheço uma pessoa que trabalha em uma das agência dos correios . creio que essa pessoa está sendo perseguida
    tudo que ela faz o chefe considera errado.
    recentemente e infelizmente essa pessoa se envolveu em um acidente de transito com o carro do correio a mais ou menos um ano atrás., então diante dessa situação foi rebaixado de cargo e vai sofrer danos financeiro por isso vai diminuir 400,00 reais de seu salário, gostaria de saber se tem como reverter essa situação ? por favor ajudem.

    • Peça a ele se dirigir ao Sindicato. Essa pessoa sofreu um acidente do trabalho e tem direito a indenização.

  • será que tem alguém ai?

  • Fui demitido em maio de 1999, ja tinha 23 anos de correios alegaram queda da renda da agencias perda do contrato da coelba e embasa na epoca, tenho como reverter a minha demissão foi sem justa causa, preciso entrar na promotoria publica comprovanda essa demisão arbritária

    • A direção da Empresa Brasileira de Correios, deveria ter mais atençao nas demissão arbitraria, e aproveitar funcionarios em muito setores porque os demitidos continua com a mesma competencia, e não ficar dando atenção, a contrato fraudulento de transporte de carga sendo super faturados. em quanto pais de famila passando necessida com a irrersponsabilidade de muito chefe de agencia e setores.

  • Fui demitido no ano de 1997, e sempre levei meu trabalho à sério na ect.
    Agora sou tratado com a maior indiferença. Onde foi parar meus dez anos de indenização que tenho direito? Segundo a lei administrativa , todo funcionário demitido sem justa causa de uma empresa pública , tem direito à reitegração e indenização.

  • Voce está correto. Mas para isso, tem de procurar o Sindicato.

  • OS INCOMPETENTES – DESONESTOS – ROUBADORES – SUMARIAMENTE DEMITIDOS POR JUSTA CAUSA POR TEREM ESFACELADO AS FINANÇAS E ADMINISTRAÇÃO DOS CORREIOS.

    Seria cômico se não fosse trágico, o comportamento hipócrita e dissimulado de determinados administradores das empresas mantidas com o erário publico (dinheiro do povo).
    Os picaretas são demitidos. PIOR. Sumariamente por justa causa (motivo grave); porque então, da omissão do histórico e causa da demissão? Será que é blindagem para proteger esses degenerados e degradados de ressarcirem em espécie os danos por eles adrede perpetrada? E serem responsabilizados, processados, julgados e condenados, criminalmente, pelos crimes por eles cometidos com o dinheiro da nação?

    O certo é que, quem omite prejuízos – extorsões – dinheiro roubado, desviado ou mal administrado do povo por determinadas pessoas, que inescrupulosamente são os principais responsáveis de tal derrocada, MESMO DEMITIDOS, estão sendo protegidos por quem o demitiu, pelo silêncio da não informação do porque foram os tais demitidos…

  • “NÃO EXISTE DIGNIDADE NO TRABALHO QUANDO NOSSO TRABALHO NÃO É ACEITO LIVREMENTE. ” ( ALBERT CAMUS )

    “A PLC 083/2007 É UM PROJETO DE VIDA”
    Fla companheiro Antonio Carlos freitas Pinto, ve se aparece, Gostaria de postar este esclarecimento sobre a plc 083/2007, o entrave do referido projeto, a PLC 083/2007, é puramente politico, e depende do Senador Romero Juca, que é quem determina qual os projetos ira para a pauta de julgamento, no último dia 07 em plenária, o Senador Inacio Arruda, solicitou ao a inclusão do projeto na pauta, e o Romero Juca prometeu estudar a situação para colocar em votação no proximo esforço concentrado dos dias 03, 04, e 05 de agosto.
    abraço atodos.
    Novinho

  • Gostaria de agradecer ao jornalista Marcos Bahé, por este espaço onde nós podemos expor nossas idéias, e nossas manifestação

    Gostaria de fazer um acerto do meu último comentário, em vez de -pauta de julgamento-o certo seria “pauta de votação”, pois estou me referindo da esfera do Executivo, e não do Judiciário.

    Eu pediria a todos voces que se acha beneficiário do plc 083/2007 que entrem na guerra e doem seu suor e seu sangue para aprovarmos este projeto abrace esse ideal, como nós da Comissão da PLC 083/2007 abraçamos, O PLC 083/2007 PARA NÓS “É UM PROJETO DE VIDA”

    Acreditamos que mudara nossas vidas, acreditamos na votação, acreditamos que IREMOS RESGATAR A NOSSA DIGNIDADE, o Projeto poderá estar na pauta de votação nos próximos esforço concentrado que ocorrera dia 03,04 e 05 de agosto.

    Companheiros temos um modelo de Email já aprovado por todos inclusive pelo companheiro Damião do sintect/RJ que se encontra plantão em Brasília articulando politicamente com os parlamentares para conseguir aprovar o plc 083/2007, façam contatos conosco,enviem email para nós que enviaremos o modelo de email, e os endereços dos políticos mais influente da “Eclesia Corte” ou visitem nosso Blog http://afeiluminaavidaplc832007.blogspot.com/

    email= arodrifer@gmail.com

    abraços.

    “O vencedor é aquele que abdica de seu lazer, doa seu suor seu sangue, em prol da conquista, da vitória!”

    • Faço parte do Plantão de Anistia do SINTECT/RS, estamos juntos nessa luta. Fui demitida em maio de 2000, estou no aguardo da PL 0083 também. Temos que nos unir.

  • Companheiros eu também fui demitido e me acho dentro da PLC 083/2007, concordo com o companheiro Altair, vamos ser coerente, e deixar de ficar na beira da piscina tomando sol, vamos entrar logo na agua e se molhar temos que abraçar esea Ideal.

    Altair conte comigo, estou enviando um email para você me passe o modelo que eu possa repassar para o(s) Senadores Romero Juca, e outros que faça parte da liderança.

    A vitória da Dignidade, da Justiça.

    “O vencedor é aquele que abdica de seu lazer, doa seu suor seu sangue, em prol da conquista, da vitória!”

    Abraços
    Rogério

  • sou eis funcinario dos correos participei da greve de95 fui demitido s/justa causa meu chefe me perseguia todos os dias tenho direito a anestia

    • Estarei aguardando a resposta.

  • ola sai dos correios em janeiro de 1997, demitido por justa causa por perseguição da chefia, fazia greve também

  • Fui demitido dos correios em abril de 1997 injustamente. Já tentei de todas as maneiras me reintegrar na empresa e não consegui.
    Estou desempregado atualmente, o que devo fazer ?

  • trabalhei nos correios no periodo de 02/1975 a 01/1978, quando descobri uma falcatrua no setor de maquinas de franquiar de particulares, eu era encarregado do setor de maquinas das agencias e fui colocado a disposiçao por pura perseguiçao do chefe na epoca. apos um tempo na geladeira fui obrigado a pedir demissao, visto nao ter nenhuma perspectiva de retorno ao meu antigo posto. gostaria de saber como pleitear anistia para reparaçao desta injustiça.
    agradeço a atençao.
    joao porfirio de souza
    matricula 8302048

  • que site esse que nao tem nenhuma resposta para nossas perguntas é dos correio é mais uma manipulação

  • Fui demitido em 27 de maio de 97,após ter participado de um ato de protesto no dia 13 de maio,quando o sintect/sp nos convocou a realizarmos uma doação de sangue em massa no hospital das clínicas de são paulo,uma semana após,iniciaram as demissões sem justa causa,só do CDD artur alvim,foram oito demissões.A plc 083/07 é a nossa salvação,só assim,se fará justiça.Obs: as doações de sangue foram realizadas por centenas de carteiros,não foi uma doação individual,e sim coletiva,por iniciativa do sindicato,tanto que foram várias demissões após o protesto.Senhores senadores,por misericórdia aprovem esta lei,para que a justiça seja feita.Um abraço a todos os companheiros demitidos e muito obrigado por este espaço.

    • oi valdei eu tbm fui demitido do cdd alvim em 97,por doação de sangue,qualquer novidade me add.

      • Então marcos,entre em contato comigo no meu celular (011)95983-6004 (tim),quem sabe a gente pode trocar algumas idéias.Até breve…

  • FUI MANDADO EMBORA DO CORREIOS EM 1987 QUAL MINHA CHANCHE DE VOLTAR….JAIRO CAVACANTI FAZOLATO…

  • Fui demitida dos Correios em 1997.Participei de greve mas não tenho nada em minha ficha pois uma amiga,pensando em me ajudar batia meu ponto,motivo pelo qual meu chefe me perseguiu.Tenho só testemunhas.Qual minha chance de voltar anistiada.Preciso de uma resposta urgente.Depois disso nunca mais consegui emprego fixo pois já tinha quase 40 anos.

  • NÃO ACREDITO NESTA TAL PLC 083/2007.ISTO É BALELA

  • Caros companheiros demitidos dos correios, fui demitido dos correios ”sem justa causa”, mesmo tendo concurso público,em 1997,no Brasil é muito dificil passar num concurso público, e aí, por motivos banais, e por chefias despreparadas para cargos de gerenciamento, somos perseguidos,humilhados,sofremos assédio moral,e sem ter direito de resposta…somos demitidos, o regime do Sr. FHC, foi o maior regime ditatorial deste País,pior doque o regime militar,e o regime de Lula foi o mais democrático de toda a história,esperamos que com a Dilma, tendo a Ministra Maria do Rosário,autora do PL 7320 (parado no senado desde 2006)podemos ter a esperança de ter nossos direitos de volta,se voce faz parte deste projeto me mande emails pra trocarmos idéias de como pressionar o Senado a votar este pl o mais rápido possível meu email é: rodrigues.shalom@hotmail.com. Abraços a todos e força companheiros, onde há fé, há esperança, onde há esperança, há amor, ondehá amor, existe Deus, onde existe Deus, nada falta.( principalmente a justiça e os direitos humanos).

  • Fui demitido em 12/1997, “por baixa produtividade”, na verdade por ter participado da greve de set/out de 1997. Eu e mais 12 companheiros aqui do Pará fomos anistiados em 02/2006 pela LEI 11.282, voltamos como readmitidos em 01/2007. Reintegrados em 04/2008. Recebemos alguns valores a titulo de “ACORDO”, mas nunca fomos consultados pra ter esse tal “ACORDO”, simplesmente jogaram em nossas contas algumas merrecas. Quanto o recolhimento da Previdência e o FGTS destes 10 anos parados? Como é que fica? Gostaria de saber como foi desenvolvido nos outros Estados. Na esperança de consolidar a Democracia em nosso País, elegemos a Sra. Dilma Rousseff. E dá continuidade a tudo de bom que o ex-presidente LULA nos proporcionou. Um Abraço! E tudo de Bom.

  • aguardo tambem, ser anistiado . gostaria de saber como esta o andamento,pois nunca recebi nenhuma comunicacao,
    .

  • nunca recebi nenhum comunicado a respeito. tambem aguardo ser anistiado.

  • O Nome do meu pai foi publicada no D.O.U, anistiado da ECT
    más ele se encontra doente, o que fazemos que ele ainda não se aprensentou.

  • Meu Pai tev o nome publicado no D.O.U, se encontra cirugiado não teve condições de se apresentar, ela já e de idade, o que vamos fazer…

  • Fui demitido em 1987/1990. como na maioria dos casos tambem fui demitido sem justa causa. Fui perseguido pelo meu chefe (se é que chamamos de chefe, pois não tinha nenhum preparo para exerer tal função) e demitido em plena eleição coisa que não podia. Até limpar o chão ele me mandou, pois tinha o pessoal da limpeza para isso. Fui demitido assim que minha esposa ganhou nosso primeiro filho. Mas, são coisas que eu deixo para o maior dos homens, que está lá em cima. Desde esta data conseguir apenas um emprego por quatro anos. Depois não conseguir mais nada, apenas passatempo. Tenho certeza que esse cara vai ter a dele. Nunca faltei e nem tão pouco cheguei atrasado. Meu processo está tramitando a algum tempo, e não tenho notícias dele. Gostaria de saber se eu tenho razão, pois cada dia que passa a coisa aperta mais e não sei mais o que fazer para que isso seja resolvido. Por favor me dê uma luz. Abraços.

  • Fui demitido dos correios, em Recife, em maio de 1990,sem justa causa, gostaria de saber se ainda posso requerer a anistia pela lei 8.878/94.

    • sim tem direito pois meu pai esta na mesma condicao esta precisando de tres assinatura para nma nda para brasilia vc procure o sindicato se poder mim ajuda a consegir as tre assinatura seria bom meu telefone e 84466017

    • Fui demetido dos correios de SÃO PAULO no de 1991,gostaria de saber se tenho algum a anistia ou

      indenização

  • Fui funcionário da EBCT- Diretoria Regional de Minas Gerais por praticamente 32 anos.
    Faltando apenas 03 anos para a aposentadoria, fui demitido injustamente pela cassação da Lei de Anistia em 15/02/2011.
    Estou tentando a reintegração e preciso saber qual seria a melhor opção, pelo SINDICATO DOS CORREIOS e através de Advogado particular?

    • Boico, sugiro procurar o Dr, Caldeira ou outro advogado para pedir os 40% e retorno.

  • É justo a EBCT extinguir o Contrato de Trabalho apenas por que eu era ANISTIADO.
    Liminar que autorizava eu trabalhar na ECT e depois é cassada esta autorização agora em 2011 após 32 anos de serviços ininterruptos.

  • fui demitido em 1998,sem saber por que,gostaria de saber mais informaçoes sobre a lei da anistia e quem tem direito a ela,e como faço pra saber se meu caso se encaixa nessa lei e se devo procurar um advogado para esse caso,para todos os que foram demitidos nessa epoca desejo felicidades e sei o que cada um de nós passou no momento da demissao,um abraço a tds e vms torcer juntos e pedir a DEUS que nos de a citoroa de podermos retornar.

  • no lugar de citoroa leia-se vitoria ok.

  • fui demitido 15/02/1995,gostaria de saber se posso ser integrado no quadro funcionarios do correio

  • fui demitido dos correios em 1993 injustamento e até hoje eu não recebi nada ,gostaria de sber como me encaixar na anistia

  • Inaldo Genuino Mota:
    11/06/2011 às 20h17min

    Trabalhei nos correios de 1994 a 2006, quando fui demitido. Fui funcionário da EBCT- Diretoria Regional de Pernambuco em Recife; fui demitido injustamente pela cassação da Lei de Anistia em 11 de maio de 1994.
    Estou tentando a reintegração através do SINDICATO DOS CORREIOS, e preciso saber qual seria a melhor opção, e se tenho chance de votar os quando desta Empresa.

  • Caros companheiros, venho convocar a todos que possam estar presentes em Brasilia na proxima semana, pois estará sendo realizado o XXX conrep e nós do RS nos mobilizamos e além dos nossos 10 delegados estamos levando mais 30 ativistas em sua grande maioria anistiandos, temos a ideia de entregarmos um carta para os senadores e tambem fazermos atos no congresso e tambem na ECT, tentaremos fazer um fato politico em prol da 083/2007 que seja logo aprovada e assim devolva aos quadros da ECT os héroicos trabalhadores de correios que foram demitidos sumariamente. Messalla Sec.de anistia SINTECT-RS.

  • Que farei para resgatar a Dignidade e o Respeito como cidadão Anistiado e novamente Demitido dos Correios de Recife, fui demitido em 1990, readmitido pela anistia em 1994. E novamente tive o meu contrato cancelado em 2006, apos 11 anos de retorno, quando a própria lei impede que sejamos demitidos após cinco anos, e o mais grave, já havia sido anistiado. Não dar para entender nem as lei Brasileira, tão pouco os demais políticos do Brasil. Gostaria muito de me sentir feliz e realizado em meu Pais, mas mesmo com a troca de partido e representantes, não tive de volta o que é meus por direitos. Não peço nada alem do que é meu. Por favor, devolva-me peço pelo amor de Deus, devolva Meu emprego, minha dignidade, minha vida, minha alegria, em fim minha vida!

  • fui demitido dos correios no ano de 2006, tinha quase doze anos de serviço, pra mim foi perseguição politica, pois os correios puniram 3 funcionarios deixando o principal lá, ou seja o que cadastrou a pensao com valor adulterado não foi mandado embora e parece-me que nem foi incluido no processo administrativo, no valor da pernoite o funcionario regional ronaldo amorim, cadastrou a pensao de modo que a comida estava junto; e com ele nada aconteceu, porisso entendo isso como grande perseguição politica. os correios fizeram um processo administrativo mal feito, eu coloquei na justiça, mas na pude falar nada no dia da audiencia, não deixaram…
    isto é justo???
    01 funcionario consegui revogar pela justiça
    outro morreu, estourou cancer por todo lado, depressão, pelo que os correios fizeram contra ele.
    Queria que o voce me informasse se tenho chance de reintegrar a empresa atraves do pedido de anistia.
    informo ainda que sofri tres assaltos dentro da empresa, estou traumatizado até hoje.
    obs: era funcionario volante, itinerante.
    me dê uma luz, ainda posso talvez retornar as atividades dentro dos correios , tenho 38 anos e tenho certeza que fui injustiça, e sempre peço a Deus Justiça!!!!
    fui demitido por justa causa, nunca faltei ao trabalho,tinha poucos atestados, boa avaliação no gcr, passei parte da minha juventude dentro dos correios pra receber justa causa, por erros dos outros, pois o correio puniu quem eles quiseram punir, fica aqui meu desabafo, tudo que relato é verdade.
    o funcionario ronaldo na qual não foi demitido, mandou para a cidade de paracatu um gerente chegado dele, tão grande é o poder dele lá dentro. Ele estava em santa rosa da serra/mg e enviou um gerente de campos altos/mg pra gerenciar a unidade de paracatu, onde eu era lotado. mandou essa pessoa pra lá pra defender o nome sujo dele.
    por gentileza me oriente amigo, e Deus te dará muito mais em saúde,paz e felicidade jorge paulo silveira novelino -forte abraço

  • trabalhei no correio de 1993 a 1996 estou dentro da lei maria do rosario sim ou não fui mandado embora decorrente a greve de 1995 e ate hoje aguardo uma noticia anciosa grato

  • Como todos os colegas também fui demetido por participar das greves no correios, mais fui anistiado na epoca que eu voltei recebi um valor que eu considero pouco pelo 10anos que fique de fora da empressa por ser concursado e demetido sem justa causa de uma impressa publica não teria que ser idenizado pelos 10anos que fique fora dos correios?E fundo de garantia deses anos tambem não teriam que ser pagos e o inss tambe? ESTOU AGUARDANDO A RESPOSTA

  • SO PARA VCS SABEREM ESTOU COM MEUS COLEGAS DE GREVE NOVAMENTE TODOS ANISTIADOS TAMBEM VAMOS A LUTA AMIGOS.

  • Eu tambem fui a greve dos correios fui demitido
    na época do plano color,fui caluniado sofri preconceitos,
    meus filhos não receberam salario familia,era punido atoa , tinha 3(três)funçoes que não era da minha especialidades.
    Minha função era carteiro fiquei no correio há 10(dez)anos
    e estou esperando meus direiro desde de 2008 eu estou nessa luta estou com 63(sessenta e trÊs)anos não estou trabalhando não consigo nada,e até agora não fui anistiado de nada estou esperando a resposta deles que só ficam prometendo,e não sai nada… e estou na luta tambem com vocÊs

  • prezados senhores, gostaria de uma informação. Trabalhei na ECT desde Janeiro de 1976 à março de 1997 quando recebi aquela micharia do PDV, o salario na época estava muito baixo, todos encontravam endividados, e caimos no conto do vigario, todos fomos lesados em nossos direitos, pois entramos nessa empresa mediante concurso. O que devo fazer para retornar ao trabalho, uma vez que estou desempregada, tenho 57 anos e gostaria de me aposentar com dignidade. o que devo fazer? aguardo resposta, desde já muito obrigada… ANA

  • caros senhores, gostaria de saber como devo fazer para retomar meu trabalho, uma vez que me encontro desempregada. Trabalhei na ECT de 1976 a 1997 entrei mediante concurso. mas fui enganada, lesada com o PDV do plano Collor, o que devo fazer gostaria de uma orientação…Ana

  • entrei no correio em 1993 e fui demitido em janeiro de 1996 decorrente a greve de dezembro de 1995 aguardo a le Maria do Rosario tenho direito aguardo uma resposta grato

    • Projeto anistia empregados de estatais que aderiram a PDV nos anos 90
      A Câmara analisa o Projeto de Lei 7546/10, que anistia ex-empregados de empresas públicas e sociedades de economia mista demitidos nos anos 1990 em razão de programas de desligamento voluntário (PDV).
      Se a medida for aprovada, a reintegração ao serviço ocorrerá a pedido do funcionário demitido em um prazo de até seis meses, contados a partir da publicação da nova regra.
      O interessado deverá apresentar requerimento fundamentado, acompanhado dos documentos necessários. Quem retornar ao serviço deverá devolver aos cofres públicos os valores recebidos em razão da adesão ao PDV. Segundo o texto, a devolução poderá ser parcelada e o valor de cada parcela será de, no máximo, 10% da remuneração.
      De autoria da Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público, o projeto determina ainda o retorno desses empregados aos cargos correspondentes aos ocupados antes da demissão.
      Em caso de extinção da vaga, eles ocuparão cargos compatíveis e receberão salários equivalentes aos recebidos anteriormente. O empregado poderá participar de cursos de reciclagem, por conta do empregador, se necessitar de atualização para executar suas tarefas.
      Prioridade
      Terão prioridade de retorno ao trabalho os desempregados, os maiores de 60 anos e os empregados que recebam até cinco salários mínimos, nessa ordem. Os portadores de doenças incapacitantes para o trabalho que forem reintegrados poderão aposentar-se por incapacidade.
      Ficará proibida qualquer remuneração retroativa. Além disso, a anistia só gerará efeitos financeiros a partir do efetivo retorno ao trabalho, e os custos serão bancados pelas empresas.
      Desmembramento
      O projeto é um desdobramento do PL 4293/08, também sobre a reintegração de servidores, que foi aprovado em junho pela Comissão de Trabalho com parecer do relator Sebastião Bala Rocha (PDT-AP). O substitutivo aprovado permite a reintegração de ex-servidores federais regulados pelo regime jurídico estatutário (Lei 8.112/90). Já o PL 7546/10 restringe-se à reintegração de empregados de estatais, regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT – Decreto 5.452/43).
      “Não há cabimento tratar indistintamente servidores de estatais e de órgãos ou autarquias públicas”, explicou Bala Rocha.
      Tramitação
      O projeto será analisado pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania, antes de ser votado pelo Plenário.

  • Boa Tarde,
    Trabalho no SINTECT/SP sou funcionaria da Anistia, dei uma olhada em alguns comentários e resolvi ajuda-los, peço que entrem em contato, caso tenham alguma duvida, penso em montar um Blog para a Anistia, porém me falta tempo, pois tem muita gente que tem direito a anistia porém não sabe…

    Lei: 10.559/02. Artigo 8° Abrange os trabalhadores demitidos até 05/10/1988

    Lei: 11.282/06. Paulo Rocha II Abrange os trabalhadores demitidos de 04/03/1997 á 23/03/1998

    Projeto de Lei Mara do Rosario 7320
    Abrange os trabalhadores demitidos de 05/10/1988 a 31/12/2002, SEM JUSTA CAUSA, OU QUE TENHAM REVERTIDO A MESMA NA JUSTIÇA.

    meu e-mail sintect.anistia@gmail.com

    espero ter ajudado,

  • As leis da Anistia, são para os trabalhadores, que no período compreendido, em que estiveram na ECT, foram evidentemente perseguidos politico, em razão de movimento paredista deflagrado pela categoria GREVE.
    se você fez as greves e foi demitido nos períodos da lei (tem no meu comentário a cima) tem direito a fazer o pedido de Anistia,
    basta me enviar um e-mail, e entrarei em contato Ok?

  • Trabalhei nos correios de 21/O5/1992 à 15/08/1999.ainda tenho direito a reintegrar-me nos correios,fui Delegado Sindical e Cipeiro,e participei de todas as greves no período,sendo inclusive vitima de perseguição política,fui transferido para a REOP 09 no periodo contra minha vontade

  • desculpe-me a data de saida foi (15/03/1999).

  • A PL 083/2007,mais conhecida como lei Maria do Rosario era para ser votada em dezembro de 2011, até agora nada aconteceu,o ultimo encontro em Brasilia,foi tirado encaminhamento para escolher repressentantes de cada Estado para ficar atentos, mas os da CNA/FECTECT é que estão dormindo o não se interessam em levar esse caso a frente. Estamos aguardando se esse lei vai ser votada ou não,pelo que ja pesquizei, ainda está no senado,
    O que stá faltando para que essa lei seja votada,se não tiver alguem em cima.ela vai continuar parada, AGORDEM OS NOSSOS REPRESENTANTES, VÃO CUTUCAR AQUELES QUE ESTÃO DORMINDO.
    jose maria f. pimenta
    manaus-am
    campodourado@hotmail.com

  • fui demitido em 17 / 01 / 1996 pela falsa demissao voluntaria da epoca , recebi um comunicado em carater irrecusavel se eu nao assinasse meus superiores poderiam assinar ,amarguei todo esse tempo vendo meus sonhos indo embora, pois foi o emprego dos meus sonhos lutei por isso ainda com meus filhos pequenos perdi o meu emprego ,mas agora quero lutar pelos meus direitos , quero meu emprego de volta. e ter o privilegio de poder falar , vi a justiça ser feita a favor de um trabalhador.

  • amigos gostaria que alguem me orientasse ,entrei nos correios em 03 de agosto de 1987 e fui enganado pela falsa demissao voluntaria ( livre e espontania pressao ) em 17 de janeiro de 1996. ja procurei o sindicato e nao tive a orientaçao que preciso , tenho direito ainda de recorrer ao sindicato da categoria ,preciso do meu emprego de volta.

  • Participei da Greve de Fome que fizemos em Brasília acredito que em 85 ou 87, fui anistiado, mas decidi por nao voltar.. Mas nao me pagaram por eu ter trabalhado em cargo comissionado no Governo Municipal do PT em Vitoria. A alegação e que nos poucos meses que trabalhei, como funcionário publico, eu ganhei mais do que se tivesse no correios. Mas e os meses que eu nao trabalhei em lugar nenhum?
    Eu hoje moro no Rio, mas era funcionário do espirito santo.

  • trabalhei nos correios de 1977 a1987 , fui demitido sem justa causa po ter feito greve estou dando entrada no sindicato com processo de anistia mas gostaria de saber minhas chaces em meu historico consta a palavra greve ,tambem queria cotactar com outros que estavam na minha situaçao . moro em sao gonçalo rio de janeiro desde ja agradeço respostas.Em tempo trabalhei no Serca no rio de madrugada.

  • Fui demitido em 9 de janeiro de 2001, ate o momento aguardo a votação da ANISTIA, vamos solicitar avanço nesta questão. Será que devemos suplicar o que e de direito????

  • Fui demitido no dia 31/05/1991, durante o governo Color fiquei sabendo que o senado federal aprovou projeto lei mandando o governo readimitir os anistiados, o que devo fazer para ser readimitido

  • Fui demitido em 21/02/1997, sem cumprir aviso prévio, a progressão do aviso pode ser contada, então posso ter direito a anistia, quais os meus direito, entrei em contato com o nosso sindicato e Santos a mais de trinta dias até hoje aguardo resposta, quem pode me auxiliar

    Lidio Maciel

  • fui demitido em 1990 por ter sido representante do cdd vergueiro, em 20/09/1990 apos assembreia na praça da se,sem justa causa, ja tentei por varias vezes no sindicato minha reitegraçao porem nao consigo nen siquer ser atendido, sera que neste pais quem realmente luta por um ideal nao deve ter o direito de trabalhar, fica ai meu desabafo minha matricula e 8.8585.237.0. jose castilho sobrinho

  • Fui mandado embora 2002, dos Correios era concursado, trabalhei 21 anos na empresa, foi sem justa causa, não consegui trabalhar em empresa nenhuma até hoje vivo de bico, não consigo me aposentar tenho 63 anos sofro até hoje as consequência. o que devo fazer para saber se tenho direito de voltar? se indenizado? me ajude por favor agradeço desde já pela orientação.

  • FUI DEMITIDO NOS CORREIOS EM 2008 E GANHEI A CAUSA NA ECT NO MES DE AGOSTO DE 2013 E QUANDO FUI DEMITIDA DOENTE. AGUARDO O DIA E A HORA DE REINTEGRAR O OFICIO JA FOI ENTREGUE AOS CORREIOS.E VC TEM ESSE PROBLEMA PROCURE DR ALCEU ELE ERA DO SINDICATO,MAS ELE SAIU DE LÁ E CONTINUOU COM MEU PROCESSO,SE EU DEPENDESSE DESSE SINDICATO,ESTAVA MORTA.SE VC TEM DIREITO DOI MANDADO EMBORA PROCURE DR ALCEU E DRA LUCILA CARRERA,TRABALHA VIU!
    Depto. Jurídico
    Avenida Nossa Senhora de Fátima, 14-37
    Jd América, Bauru/SP, CEP 17017-337
    Tel / Fax: (14) 3879-0070 / 3223-2218
    contato@carreiraesartorello.com.br

  • Sou anistiado do plano Collor, faz 20 anos que retornei para ECT , Hoje 04/04/2014 sexta feira recebi infeliz noticia de um dirigente sindical que o supremo tribunal cassou a liminar dos anistiado do plano Collor, caso alguém saiba da maiores informações ficarei muito grato.

  • bom, dia companheiros trabalhei no correio em 1987 à 1989 fui demitido por justa causa ou seja uma justa causa forjada, não fui enquadrado em situações ilícitas sempre procurei cumprir com minhas obrigações de forma séria, participei de greves fui muito perseguido pelos chefes daquela agência. A minha justa causa se deu em alegações por parte do correio, que eu não tinha saído para rua, no dia seguinte tinha saído com a metade do serviço e por ter dirigido palavras de baixo calão à chefia, essas foram as alegações do correio. Obs: tamanha é minha indignação, até hoje me pergunto uma pessoa que é titular de um distrito (setor de entrega), não conhece outro setor a não ser o de origem, esta prestes a sair para rua, o chefe manda parar o setor e sair em um outro que estava parado por três dias, distrito de centro já fora de hora, vc pede alguém para lhe ajudar, o chefe manda vc se virar então vc passa a colecionar aquele distrito com o mapa do setor. Então na ocasião não tem como sair para rua mais no dia seguinte vc sai com o deposito auxiliar e mais quatorze kilos nas costas, vc encontra um carteiro entregando somente registrado, chega na agência vc é ofendido moralmente pelo chefe e com os ânimos elevados vc responde à altura. Passado alguns dias vem a punição demissão por justa causa, eu sei que foi perseguição pois já estavam de marcação com minha pessoa.

  • Qual seria minha chance, uma vez que fui demitido em um ano eleitoral , Fernando Color e Lula segundo turno na época

  • Obrigado pela oportunidade.

Tem algo a dizer? Vá em frente e deixe um comentário!

XHTML: Você pdoe usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Enquetes

Em relação às punições de corruptos...

Ver Resultado

Loading ... Loading ...

Frase do dia


  • “O homem de bem é um cadáver mal informado. Não sabe que morreu.”
    Nelson Rodrigues.

ARQUIVO

outubro 2014
S T Q Q S S D
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Informação com Humor

MARCO BAHÉJornalista
É formado em Jornalismo e pós-graduado em História Contemporânea e História do Nordeste do Brasil. Foi repórter da Gazeta Mercantil para os estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Também atuou como repórter do Jornal do Commercio, editor da Folha de Pernambuco e repórter especial do Diario de Pernambuco. É correspondente da revista Época no Nordeste desde 2003. Tamb´m atua com publicidade e marketing eleitoral desde 2004.
PIERRE LUCENADoutor em Finanças
É doutor em Finanças pela PUC-Rio e mestre em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco. É professor adjunto de Finanças da UFPE e foi secretário-adjunto de Educação de Pernambuco. É autor de vários trabalhos publicados no Brasil e no exterior sobre o mercado financeiro, e participa como revisor de várias revistas acadêmicas na área. É sócio-fundador da Sociedade Brasileira de Finanças. Foi comentarista de Economia do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (TV Jornal e Rádio CBN). Atualmente é coordenador do curso de administração da UFPE, e Coordenador do Núcleo de Estudos em Finanças e Investimentos do Programa de Pós-graduação em Administração da UFPE (NEFI).