Soldado Moisés teve que pagar pedágio para assumir vaga de deputado: 12 cargos

mar 14, 2007 by     22 Comentários    Postado em: Política

Sebastião Oliveira é um daqueles políticos que não tem papas na língua. Perguntei: Qual foi o acordo para que o Soldado Moisés (na foto acima) assumisse sua vaga na Assembléia Legislativa? E ele respondeu na bucha: 12 cargos.

Sebastião justifica. “O que eu ia fazer com as pessoas que me apoiaram, que me ajudaram a conseguir 50 mil votos? Dos 25 cargos que o deputado tem direito, fiquei com 12. Não é justo?”, disse.

Sebastião, atualmente no PR (fusão entre o seu antigo PL e o Prona), diz que é comum os suplentes pagarem pedágio aos titulares.

Soldado Moisés confirma a negociação. Para ler clique aqui.

[tags] Confissões parlamentares [/tags]

22 Comentários + Add Comentário

  • O absurdo todo é o deputado ter 25 cargos indicados por ele. Para quê? Devia haver um corpo técnico fixo concursado na Assembléia. Assim, cargos públicos financiados com nosso dinheiro não serviriam para pagar favores. E olha que há favores muito mais vergonhosos do que esse. Se o deputado quer ter empregos pra distribuir, abra uma empresa e gere empregos de verdade.

  • Eita, o mensalão começou desse mermo jeitim fera.

  • O pior é pensarmos que existem negociatas como estas em todos os níveis do Poder Legislativo em todo o país…É uma pena, um país tão belo sendo explorado por estas excelencias…

  • isso é de praxe e ningué m vai da jeito se disse que vai da e demagogia não é só aqui em Pernambuco e sim em todo pais

  • Não gera muito alarde, afinal a verba que paga os funcionarios é a mesma, a mudança seria só de nomes…
    Esta matéria troca 6 por meia dúzia… :P

  • é uma vergonha, lém de denúncia que os funcionários de gabinete assinam recebendo valores maior do que embolsam, ainda existem essa nojeira.

    o certo era os cargos serem ocupados por funcionários de carreira.

    no caso vertente deviam cassar os dois.

  • O pior é a cara de pau do parlamentar ao responder a pergunta do reporter. Lamentável saber que as coisas mais podres nesse país acabam tornando-se prática comum e a culpa é toda nossa pelo conformismo diante dessas aberrações no poder público.

  • É PQ AINDA N FALARAM Q A “MAIORIA” DOS DEPUTADOS FAZEM DO “GABINETE” UMA EMPRESA.. NORMALMENTE CHEFIADA POR SEUS “CHEFES DE GABINETES’ ESSES Q FICAM RESPONSAVEIS COM A PARTE PODRE DO NEGOCIO.. TIPO COM ESSA LEI DE NEPOTISMO.. A MAIORIA DOS DEPUTADOS NÃO CONTENTES COM A LEI.. N DÃO MOLE P/ SEUS NOVOS ASSESSORES, ESTES SÃO POR LIVRE E ESPONTANEA “PRESSÃO” A DAR UMA FATIA DO SEUS SALARIOS P/ O CAIXA 2 Q EXISTE NORMALMENTE EM MTS GABINETES.. ESTES “CAIXAS” OS PROPRIOS DEPUTADOS OU CHEFES DE GABINETES ALEGAM Q É PRA ASSISTENCIA DO ELEITORADO.. RS ” Q BOM SERIA SE TODO ESSE DINHEIRO DESVIADO FOSSE P/ O ELEITORADO”
    JA Q OS SALARIOS DE ASSESSORES VARIAM DE 1500 ATÉ 4500 E PRA UM SERVIDOR PUBLICO NÃO CONCURSADO É MT.. MAS DAI VC VER CASOS EM Q OS DEPUTADOS E SEUS CHEFES DE GABINETES, FICAM DE OLHO GRANDE ATE NOS SALARIOS DOS PROPRIOS ASSESSORES..É UM ABSURDO!!! ( FORA OS ASSESSORES FANTASMINHAS…)RS OQ MOSTRA Q A CORRUPÇÃO AQUI EM RECIFE E NO BRASIL EM GERAL, VEM DE CIMA PRA BAIXO.. MTS ASSESSORES SÃO CONIVENTES COM ISSO, ATE PQ É MELHOR DO Q N TER NADA.. MAS ISSO SE TRATA DE COAÇÃO E EXTORSÃO CRIMES NOS QUAIS NGM NUNK APUROU NA ASSEMBLEIA!!! PQ CREIO EU Q 90 % DA CASA USAM DESSE METODO JUSTAMENTE P/ ENGORDAR UM POUCO MAIS OS SALARIOS DOS DEPUTADOS.. ESTES Q N SE SATISFAZEM COM OQ TEM E SEMPRE QUEREM MAIS.. E DINHEIRO PUBLICO NESSAS ORAS É BOIA.. E O POVO AI SE FUDEN** PRA ARRUMAR EMPREGO, PRA TER UMA EDUCAÇÃO BOA, TER ASSITENCIA MEDICA ADEQUADA.. VCS GOVERNANTES DESSE ESTADO SE QUEREM UMA MELHORIA NA ECONOMIA, NA EDUCAÇÃO, SAUDE E ETC.. PROCUREM FAZER UMA REFORMA P/ ADEQUAR E ENXUGAR MELHOR ESSAS SALARIOS E VERBAS DE GABINETES.. POIS É UM DESPERDICIO DE DINHEIRO PUBLICO MT GRANDE.. Q SO FAVORECEM A POUCOS ..( DEPUTADOS E CHEFES DE GABINETES)NORMALMENTE…
    E O CIDADÃO COMO É Q FICA?? E CADE A MELHORIA?? QD A GENTE VOTA.. VOTA NA ESPERANÇA DE MELHORA, NA ESPERANÇA DE ACHAR UM REPRESENTANTE Q REPRESENTE “DIGNAMENTE” SUA POPULAÇÃO.. INFELIZMENTE ISSO É DE “PRAXE” NA ALEPE.. DA NOJO, DA REVOLTA E DA PENA.. POIS COM TAMANHA CORRUPÇÃO E TAMANHO DESPERDICIO DO DINHEIRO PUBLICO.. AS VEZES NOS PERGUNTAMOS AONDE E QD VAOPÁRAR COM ISSO?! SO DEUS SABE.. COM TANTA GENTE PASSANDO FOME, O CRACK COMENDO O JUIZO INDIVIDUO, ESSA DROGA VEIO PRA CÁ PRA PIORAR JA MAIS A SITUAÇÃO Q JÁ TÁ , POIS AS MAIORES VITIMAS DESSA DROGA SÃO OS CIDADÕES REJEITADOS, MARGINALIZADOS E REVOLTADOS COM O SISTEMA.. PQ SERÁ HEIN??? AGORA SE PERGUNTEM QUAL É A ESTRUTURA Q O “ESTADO” DAR PRA ESSE SUJEITO FRAGILIZADO PELO SISTEMA…RESP: NENHUMA!!!! AGORA NÃO ESPEREM Q SO A POLICIA VAI RESOLVER O PROBLEMA DA VIOLENCIA.. PQ NÃO VAI!!
    E NÃO ADIANTAM SE ESCONDER EM CARROS BLINDADOS EM CONDOMINIOS FECHADOS , MANDANDO FILHOS PRO EXTERIOR.. AXANDO Q ASSIM TA RESOLVIDO SEUS PROBLEMAS, E O RESTO Q SE FODA!! UM COMPORTAMENTO NO QUAL MTS TOMAM.. LEVADOS PELO EGOISMO E GANANCIA Q O PODER TRAZ PRO SUJEITO .. ESSE EGOISMO , ESSA GANANCIA JUNTO COM A AMBIÇÃO DOS POLITICOS.. É A CAUSA MAIOR DA DESIGUALDADE SOCIAL , E NÃO SE ILUDAM A “VIOLENCIA” VEM EM DECORRENCIA DISSO: MÁ ADMINISTRAÇÃO, DROGAS E INJUSTIÇA .. POIS O CIDADÃO CANSOU DE FICAR PAGANDO IMPOSTOS E NAO VER MELHORIA NENHUMA EM NADA.. E VCS COTINUAM TRATANDO O CIDADÃO COMO ‘OTARIO’ E DPS RECLAMAM DA VIOLENCIA.. ME POUPE!! A POPULAÇÃO NO GERAL TA PAGANDO PELA MÁ ADMINISTRAÇÃO DE VCS PARLAMENTARES.. POIS ESSA VIOLENCIA ND MAIS É UM RELEXO DA MÁ ADMINISTRAÇÃO PUBLICA. AGORA QUERIA SABER DE VCS DEPUTADOS .. VCS ACHAM Q SER POLITICO É UMA PROFISSÃO??? E OUTRA GABINETE POR ACASO É UMA EMPRESA??……….REFLITAM NISSO!! EXECUTIVO, JUDICIARIO E POLICIA FEDERAL ABRAM OS OLHOS.. POIS DEPENDEMOS DO LEGISLATIVO PRA CRIARMOS LEIS DECENTES, OQ N ACONTECEM A ANOS, POIS TD SE EMPERRA POR LÁ.. SO APROVAM OQ É CONIVENTE PRA ELES (DEPUTADOS) E NÃO PRA MAIORIA DA POPULAÇÃO!!!

  • E vergonhoso o deputado querer 12 vagas do s. moises, e f0ra as que
    o Deputado nomeou na secretaris de transporte, e só ler o D.O.

  • isso é uma vergonha, q força tem este deputado de falar algunha coisa no plenario,se vc for contra eu tiro vc e coloco o sebastiaõ,ok se senhor,fica um pau mandado.É UMA VERGONHA….

  • É lamentável que coisa desse tipo aconteça, ao meu ver isso prova uma falta de caráter, de ambos os lado, de quem dá e quem recebe. O ser humano tem que ser digno de sua existência, zelar por seu nome, do contrario seremos vermes que ratejam e sobrevivem da miséria humana.
    Acredito ainda que possa existir politicos sérios e digno de nosso voto e admiração assim como o foi Cristina Tavares.

  • OS BALAIOS DE GATOS SÃO CORRIQUEIROS, NO BRASIL INTEIRO, PORQUE A IMPUNIDADE IMPERA. TORNA-SE MAIS VERGONHOSO E IMORAL, PORQUE O MINISTÉRIO PÚBLICO E NOSSA JUSTIÇA, TOTALMENTE DESACREDITADA, ESTÃO AMORDAÇADAS PELAS LEIS FEITAS PELOS POLÍTICOS “CARAS-DE-PAU”. SE FOSSE COM A SOCIEDADE CIVIL, TODOS OS BENEFICIADOS EM CAUSA PRÓPRIA ESTARIAM NAS CADEIAS. O PIOR É QUE NINGUÉM TOMA UMA PROVIDÊNCIA. COM A PALAVRA, TODO O POVO BRASILEIRO !!!!
    NOS UNAMOS PARA EXIGIR UMA MUDANÇA RADICAL, SENÃO CONTINUAREMOS TRABALHANDO E OS “CARAS-DE-PAU” GASTANDO!!!
    NESSA “CORJA” NUNCA VOTEI E NEM VOTO. ISTO É UMA VERGOOOOO NHAAAAAAAAAAAAA !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Realmente isso é um absurdo, entretanto isso não vem de agora, e não só na Assembleia. Isso existe desde a Câmero Municipal e federal, Assembleia Estadual e Federal.
    Outro absurdo é a indicação de Deputados para cargos de presidentes em empresas federais e estadual. Na grande maioria pessoas que não dispõem de capacidade técnica e intelectual para exercer tal cargo. Mas faz parte é nosso Brasil, pais brilhante no futebol e horivel politicamente.
    Mas não adianta só falar, o brasileiro fala de mais, e esquece das atitudes, o povo tem força e infelizmente não usa para o bem comum.

  • Mesmo com a cotidianidade dessas práticas, os eleitores não podem deixar de indignarem por essas práticas esdrúxulas.
    Cargos de assessorias, tudo bem. Mas já tá mais do que na hora da justiça acabar com essa festa de cargos comissionados,e exigir um trato maior com o funcionarismo público. Precisa de funcionários faz concurso.
    Acaba um ?cidadão já empregado acumulando vários empregos, enquanto uma massa capacitada encontr-se fora do mercado de trabalho!!!

  • O segundo-secretário da Câmara, deputado Ciro Nogueira (PP-PI), informou hoje que a Mesa Diretora da Casa vai apresentar, até o final deste mês, um projeto de resolução para aumentar os salários dos deputados. A proposta é de elevar os salários dos atuais R$ 12.800 para R$ 16.500 e a verba de gabinete para cada um dos 513 deputados de R$ 50.000 para R$ 65.000. Os reajustes – tanto da verba de gabinete quanto dos salários – representam um porcentual de 28%, equivalente à reposição da inflação dos últimos quatro anos.

    O LELÊ ISSO É BRASIL – POLÍTICA SUJA HÁ EM TODAS AS ESFERAS.. SEJA: MUNICIPAL,ESTADUAL E FEDERAL.. E O POVO SE MATANDO POR SALARIOS MEDIOCRES V SE PODE UM NEGOCIO DESSES.. É UM TAPA NA CARA DO CIDADÃO!!

  • Irmãos ? posso chamá-los assim ?
    vamos colorir essa que hoje tem suas
    lágrimas misturadas aos rios e ventos!
    Vamos alegrar novamente
    com o perfume da vitória
    essa que sempre nos acolheu em seus braços
    e que agora chora!

    E ASSIM QUE E O RECIFE, CHEIO DE ESPERTO QUE NO FINAL CHORA PELO O CAMINHO ESCOLHIDO

  • sebastião oliveira, é filhote de inocencio, pelo visto aprendeu muito rapido,onde fica o decoro parlamentar, se é que existe. Bom seria se fossem cassados os direitos politicos do soldado e do médico.

  • [...] Soldado Moisés, para assumir o mandato, tem que pagar um pedágio mensal nos cargos do gabinete (leia aqui)?” Autor: Pierre Lucena – 27/07/07 às 15:30 – Indique este post – [...]

  • Isto poderia, não esta acontecendo, somos culpado porque não votamos em que realmente lutou pela tropa, que foi o nossop deputado soldado Moises.

  • o dep.mosseis e o unico representante dos policias de pernambuco,.

  • Um Deputado Moises quem fala aqui é Maria Madalena vem aqui pedir ao senhor um livro sobre a constituição ……

  • O sd. Moisés que se elegeu na primeira legislatura, por ter liderado e ser preso na Pmpe nos anos de 1997. Foi distinguido por toda tropa como uma grande liderança perante a tropa. Quando nesse período teve um grande avanço nos acordos salariais. E ai no segundo mandato, o sd. Moisés começou a se definhar passando a apoiar o governo de Eduardo Campos, votando em todos os projetos do governo. Daí então, deixando a corporação órfã. Sem mais se eleger, ficando no ostracismo. Se ele estivesse ao lado da tropa em todo seu tempo de mandato. Daí poderia garantir muitos e muitos anos a frente dos seus mandatos.

Tem algo a dizer? Vá em frente e deixe um comentário!

XHTML: Você pdoe usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Enquetes

Em relação ao impeachment de Dilma Rousseff, qual sua posição?

Ver Resultado

Loading ... Loading ...

Frase do dia

  • A riqueza de uma nação se mede pela riqueza do povo e não pela riqueza dos príncipes.”, Adam Smith.

ARQUIVO

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« mai    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Informação com Humor

MARCO BAHÉJornalista
É formado em Jornalismo e pós-graduado em História Contemporânea e História do Nordeste do Brasil. Foi repórter da Gazeta Mercantil para os estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Também atuou como repórter do Jornal do Commercio, editor da Folha de Pernambuco e repórter especial do Diario de Pernambuco. É correspondente da revista Época no Nordeste desde 2003. Tamb´m atua com publicidade e marketing eleitoral desde 2004.
PIERRE LUCENADoutor em Finanças
É doutor em Finanças pela PUC-Rio e mestre em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco. É professor adjunto de Finanças da UFPE e foi secretário-adjunto de Educação de Pernambuco. É autor de vários trabalhos publicados no Brasil e no exterior sobre o mercado financeiro, e participa como revisor de várias revistas acadêmicas na área. É sócio-fundador da Sociedade Brasileira de Finanças. Foi comentarista de Economia do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (TV Jornal e Rádio CBN). Atualmente é coordenador do curso de administração da UFPE, e Coordenador do Núcleo de Estudos em Finanças e Investimentos do Programa de Pós-graduação em Administração da UFPE (NEFI).